Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

CoronaVirus, panico justificado...?

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por GaioAzul » 22/5/2020 16:12

Na minha opinião, independentemente de especular se terão clientes ou não, tudo tem de reabrir. Ninguém chegará a lado nenhum sem tentar.
As pessoas não se devem deixar por vencidas logo à partida.
Para mim, isso não faz sentido em qualquer situação.
"A wise man makes his own decisions but an ignorant man follows the public opinion."

I love getting advice from people that do not live with the results...
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 223
Registado: 30/4/2020 1:39

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por GaioAzul » 22/5/2020 16:14

cansm Escreveu:Sobre a utilidade do uso de máscaras...
In the first experiment, no surgical masks were placed between the two cages. In the second one, a surgical mask was placed closer to the healthy hamsters. In the third experiment, the mask was placed closer to the infected, as if the healthy ones or the infected were wearing masks.

With no partition in between the cages, two-thirds of the healthy hamsters were infected a week later. In the following two experiments with masks in between, the infection rates were lowered to one-third and one-sixth respectively.

https://fightcovid19.hku.hk/hku-hamster ... nsmission/


É um estudo interessante. Obrigado por postar.
"A wise man makes his own decisions but an ignorant man follows the public opinion."

I love getting advice from people that do not live with the results...
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 223
Registado: 30/4/2020 1:39

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por Pata-Hari » 22/5/2020 16:28

Provavelmente esse factor (o do uso das máscaras) é a explicação para o aumento bastante controlado que temos tido nos novos casos em Portugal.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20485
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por Pata-Hari » 22/5/2020 16:29

djovarius Escreveu:Bom,

Eu costumo ler este tópico, sem muito escrever...

mas hoje não consigo deixar de manifestar uma certa preocupação.
Estão a aparecer casos que parecem relacionados com a abertura da sociedade. Ainda é só uma impressão, mas, mas...

Querem um exemplo? Aqui no Algarve, apareceram 2 casos (um casal) numa Freguesia que não tinha casos há um mês, estando todos os anteriores recuperados. O mesmo noutro concelho.
Parece-me que esta reabertura, necessária, está a ser muito rápida... quer dizer, daqui a pouco o esforço anterior pode ser jogado fora.
Já há bares travestidos de restaurantes só para poderem abrir até às 23 horas, mas na prática não se vende comida, só copos até altas horas.
Então, está a começar o desenrascanço à Portuguesa, o pessoal, desesperado por negócio já não quer saber de nada.
Esplanadas com dezenas de pessoas sem distanciamento, sem máscaras.
Lojas onde, na prática, todos teriam de entrar de máscara, há sempre um que não entra, ninguém lhe diz nada também.

Confesso que tenho mais medo agora do que nos tempos do "lockdown".... :shock:

dj



Curioso, tenho a impressão oposta, que o aumento tem sido muito controlado.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20485
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por djovarius » 22/5/2020 16:51

Olá Patinha,

É só uma questão de visitares as "periferias", ou os subúrbios, onde as pessoas se juntam ao fim do dia, mais ainda com este calor.

Hoje, mesmo de manhã, estavam a entrar 3 estrangeiros (não eram turistas, pareciam mais ex-pats) numa loja de "pomadas" e cigarradas.
Dois foram barrados, por só levar um de cada vez, mas o outro entrou sem máscara.

O pessoal só respeita quando há fiscais e quejandos, Marta. Aliás, esta era a temática, a que o lhfm respondeu: ninguém tem dinheiro, o pessoal não vai respeitar, porque a fome aperta.

Já não havia fenómenos de fome disseminada no Algarve desde os anos setenta. Agora, temos fome a aparecer por todos os lados. Desde o pequeno empresário ao dependente, ao independente, ao imigrante, um pouco de tudo !

Um vizinho de um Restaurante que só vai reabrir a 1 de Junho (se abrir) deixou uma caixa de frutas, com algumas coisas, até alguns limões, enfim, junto a uma inscrição dizendo "take what you need, leave what you don` t". Eles são ingleses. Parecia o "fear the walking dead". :wall:

Passei lá uma hora depois.... nada mais para levar !!

É isto.

dj
Cuidado com o que desejas pois todo o Universo pode se conjugar para a sua realização.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7165
Registado: 10/11/2002 19:32
Localização: Planeta Algarve

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por Garfield » 22/5/2020 17:10

Boas,

De novo temos uma sequência de 3 dias acima da LTd de novos casos diários, esperemos que o fim de semana traga a sua habitual redução para recolocar a tendência no seu desejado caminho descendente.

Pessoalmente, julgo que apenas cerca de metade da população está a levar a sério os cuidados "banais" que são necessários para evitar formas de transmissão desnecessárias.

Com esta aparente acalmia, julgo que se começa a entranhar uma falsa sensação de facilitismo que eu espero sinceramente que não nos traga dissabores mais à frente. Gostava que fosse pelo menos possível termos um verão relativamente sossegado e apenas termos de lidar, se tiver de ocorrer, com uma segunda vaga mais para o Outono, mesmo isso de preferência antes da chegada da gripe sazonal para não haver misturas e o consequente caos.

Aproveitem o bom tempo mas com CAUTELA!.


BN
Garfield
Anexos
CovidAT_20200522.jpg
 
Mensagens: 2260
Registado: 9/2/2005 4:29
Localização: Porto

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por GaioAzul » 22/5/2020 17:17

https://www.google.com/amp/s/www.washin ... utType=amp

With experts warning of a second wave of infections in parts of the South and Midwest as all 50 states ease pandemic restrictions, President Trump said the United States would not shut down again if the novel coronavirus comes roaring back. “We’re not going to close the country — we’re going to put out the fires,” Trump said Thursday as more than 25,000 new infections and at least 1,278 virus-related deaths were recorded across the United States.

Meanwhile, the Centers for Disease Control and Prevention has quietly updated its guidance to say that the virus “does not spread easily” from contaminated surfaces and is primarily transmitted through person-to-person contact. The change to the CDC website was made earlier this month without formal announcement or explanation, and some public health experts worry that it could give people the impression that they don’t have to wash their hands quite so often
"A wise man makes his own decisions but an ignorant man follows the public opinion."

I love getting advice from people that do not live with the results...
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 223
Registado: 30/4/2020 1:39

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por mais_um » 22/5/2020 18:02

Suécia. “Um exemplo a não seguir” e a insistência na responsabilidade individual: imunidade de grupo ainda é uma miragem

Um endocrinologista sueco diz que se está “a sacrificar os idosos e os doentes”, pelo que a estratégia “não é algo que alguém deva copiar”. A ministra da Saúde já reconheceu que as autoridades “falharam na proteção dos idosos”, mas quer que os profissionais essenciais regressem ao trabalho mais rapidamente. O plano é descrito como “muito irresponsável”, mas também há quem fale nos “muitos equívocos” de quem olha para a abordagem sueca à covid-19

A estratégia sueca de combate ao coronavírus não passou, ao contrário da generalidade dos outros países, pela aplicação de medidas de confinamento. Desde o início da pandemia, as pessoas estão autorizadas a deslocar-se aos seus postos de trabalho, a comer em restaurantes e a frequentar espaços públicos. A maioria das escolas, restaurantes e bares mantém-se aberta e o distanciamento social é encorajado mas não imposto. A estratégia concentrou-se ainda no isolamento de grupos de risco e no apelo à responsabilidade individual dos cidadãos. As consequências desta gestão mais relaxada da crise pandémica começam a ser conhecidas: a Suécia é atualmente o oitavo país com mais mortes por milhão de habitantes e na última semana foi mesmo o que registou mais vítimas mortais per capita associadas à covid-19.

A abordagem menos restritiva terá razões culturais e só terá sido possível dada a robustez do sistema nacional de saúde, mas não é acompanhada por todos os suecos nem é consensual entre a comunidade científica do país. No mês passado, mais de dois mil especialistas assinaram duas cartas abertas apelando à adoção de medidas mais duras e com instruções de cumprimento obrigatório por parte dos cidadãos. Aqueles especialistas advertiram os restantes países a não seguirem o exemplo sueco, que, garantiram, ignora muita da melhor investigação que tem sido feita relativamente ao novo coronavírus.

O endocrinologista Olle Kämpe, consultor destacado do Karolinska Institutet de Estocolmo, disse ao site Business Insider que o país está “a sacrificar os idosos e os doentes”, pelo que a estratégia “não é algo que alguém deva copiar”. O Governo começou por garantir que a sua abordagem não está assente na aquisição de “imunidade de grupo”. Também conhecida como “imunidade de rebanho”, trata-se de uma forma de proteção indireta contra doenças infecciosas que ocorre quando uma grande percentagem da população se torna imune à infeção, através da vacinação ou de infeções anteriores, conferindo proteção a indivíduos que não estão imunes.

No entanto, o epidemiologista-chefe sueco e o principal arquiteto do plano do país, Anders Tegnell, tem sublinhado o progresso feito no sentido da tal imunidade coletiva. Segundo o responsável, 20% da população de Estocolmo estava imune no final do mês passado, o que poderia servir de salvaguarda contra uma eventual segunda vaga. Mas a Autoridade de Saúde Pública revelou esta quinta-feira que apenas 7,3% dos habitantes da capital sueca tinham desenvolvido, até ao final de abril, os anticorpos necessários para combater a doença. Não só esta percentagem é semelhante a outros países, como está bastante abaixo do intervalo de 70%-90% necessário para se atingir a “imunidade de grupo”, sublinhou a CNN.

Tegnell, que acusou os subscritores das cartas abertas de citarem dados “imprecisos”, reconheceu que a percentagem revelada esta semana se situa “um pouco abaixo” do esperado. “Mas não extraordinariamente abaixo, talvez um ou dois pontos percentuais”, acrescentou, garantindo, apesar de tudo, que bate certo com os modelos de que dispõe. O valor foi aferido com base em 1.118 testes realizados numa semana. A Autoridade de Saúde Pública irá conduzir o mesmo número de testes semanalmente durante um período de dois meses, sendo que os resultados de outras regiões serão revelados mais tarde, adiantou um porta-voz da instituição.

Já na terça-feira, a ministra da Saúde, Lena Hallengren, tinha anunciado que os testes seriam alargados a todas as pessoas com sintomas moderados e que haveria mais testes disponíveis para os trabalhadores considerados essenciais. “Não podemos ter uma situação em que as pessoas ficam em casa ao mais pequeno sintoma se não têm necessidade de ficar”, disse a ministra, citada pela agência de notícias France-Presse. Até meados de abril, as autoridades só faziam testes aos doentes hospitalizados e aos profissionais de saúde. Desde então, têm vindo a alargá-los aos profissionais considerados essenciais para que estes possam regressar ao trabalho mais rapidamente.


“Estão a deixar os idosos sufocar e dão-lhes morfina em vez de oxigénio”

A autora sueca Katerina Janouch, que concorreu, sem sucesso, por uma coligação de cidadãos às eleições legislativas de 2018, avalia a gestão da crise como “muito irresponsável”. As autoridades “não protegeram os idosos nem os profissionais de saúde e não aplicaram a quarentena a pessoas que vinham do exterior”, refere, em declarações ao Expresso. Além isso, fala na escassez de testes e de máscaras, em “autocarros sobrelotados”, na “insuficiência de medicamentos” e em “mentiras das autoridades”. “Estão a deixar os idosos sufocar e dão-lhes morfina em vez de oxigénio”, critica.

As autoridades de saúde garantem que o seu plano se destina a proteger os mais vulneráveis, pelo que quem tiver mais de 70 anos é aconselhado a ficar em casa e as visitas aos lares de idosos foram proibidas. Contudo, cerca de metade das mortes associadas à covid-19 ocorreu nos lares, enquanto quase 90% das vítimas mortais são pessoas com idade superior a 70 anos, o que está em linha com o que acontece com outros países europeus como França e o Reino Unido. A Suécia está a tentar “atingir a imunidade de grupo matando pessoas”, insiste o endocrinologista Olle Kämpe. “Está a dizer que as pessoas mais velhas ou com doenças como obesidade ou diabetes valem menos do que o resto de nós. Por isso, podemos simplesmente deixá-los morrer e atingir a imunidade de grupo”, critica.

O epidemiologista-chefe rejeita que o plano que traçou passe por sacrificar determinados grupos da população, descrevendo o elevado número de mortes como um acontecimento imprevisto. Mas a ministra da Saúde já veio reconhecer publicamente que as autoridades “falharam na proteção dos idosos”. Funcionários de lares têm-se queixado da falta de acesso a equipamento de proteção individual e alguns dizem não ter autorização para tratar os pacientes com oxigénio, tendo ainda sido instruídos a não os levarem para os hospitais.

Em meados de março, Katerina Janouch mudou-se de Estocolmo para o campo. “A minha vida mudou muito porque não consigo visitar os meus pais idosos e também limitei os meus contactos sociais ao mínimo. Independentemente do que dizem as autoridades, tomei as minhas precauções e trabalho a partir de casa e não em cafés, como costumava fazer”, conta. Devido à “recessão económica”, diz que perdeu “alguns dos seus trabalhos” e que já se sentem os impactos da crise: “muitas falências e uma taxa de desemprego nos 8%, com tendência a subir”.

“O Governo pede à população que use o bom senso. Isto dá muita flexibilidade”

O programador informático Eskil Steenberg faz ao Expresso uma avaliação diferente: “Penso que há muitos equívocos sobre a abordagem da Suécia. Levamos a covid-19 muito a sério mas, em vez de forçar a aplicação de uma lei, o Governo pede à população que use o bom senso. Isto dá muita flexibilidade.” “Enquanto leigo, esta abordagem faz sentido para mim, mas ninguém sabe se é a abordagem certa. É preciso deixar as pessoas pensarem por si a certa altura. Por outro lado, se se dá muita responsabilidade às pessoas, algumas não vão agir responsavelmente”, concede. Steenberg mostra-se, ainda assim, preocupado com “a incapacidade dos líderes políticos de pressionar a indústria a produzir testes e equipamento de proteção”. “Mas este não é um problema apenas na Suécia, antes uma cultura de inação política em todo o mundo ocidental”, relativiza.

“Não sei se fui infetada porque não há testes, mas estive muito doente em março e a minha filha também”, conta Katerina Janouch. A escritora assegura que “todos conhecem alguém” que foi infetado ou morreu vítima de covid-19, entre “amigos próximos e mais afastados”. “Uma amiga da minha filha e a família estiveram doentes. A mãe esteve nos cuidados intensivos, mas já recuperou. Familiares de amigos morreram. Um amigo meu, a celebridade televisiva Adam Alsing, morreu com a doença aos 51 anos. Foi um choque terrível”, relata. Já o programador informático confessa que, em termos económicos, está “melhor do que nunca”. “A maioria dos meus amigos está bem, mas obviamente houve muitas perdas de empregos. Comparativamente, penso que estamos a sair-nos bem”, conclui.

O número de mortos na Suécia (3.925, segundo a Universidade Johns Hopkins) está bastante acima do registado nas vizinhas Noruega (235), Finlândia (306) e Dinamarca (561). E isso já começa a provocar problemas de vizinhança. O epidemiologista-chefe finlandês, Mika Salminen, considerou um risco o seu país receber turistas suecos, avançou esta quarta-feira a SVT Nyheter. O responsável descreveu a situação como “lamentável”, acrescentando: “É uma decisão política, mas a diferença atual [entre os dois países] na propagação da infeção é um facto. E suponho que o Governo certamente terá isso em consideração.”

As vítimas mortais por milhão de habitantes na Suécia são cerca de quatro vezes mais do que na Dinamarca e oito vezes mais do que na Noruega. Os três países têm densidades populacionais e sistemas de saúde e políticos semelhantes.

https://expresso.pt/coronavirus/2020-05 ... a-miragem#
"Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana. Mas no que respeita ao universo ainda não tenho a certeza" Einstein
“Com os actuais meios de acesso à informação, a ignorância não é uma fatalidade, mas uma escolha pessoal" Eu
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7048
Registado: 14/11/2008 0:48
Localização: Lisboa

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por MarcoAntonio » 22/5/2020 18:03

Pata-Hari Escreveu:Curioso, tenho a impressão oposta, que o aumento tem sido muito controlado.


Same. É ir controlando os números mas até ver não vejo razão para alarme, parece-me que vamos no bom caminho (leia-se, tudo bastante controlado).
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 33863
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por ricardmag » 22/5/2020 19:07

Garfield Escreveu:Boas,

De novo temos uma sequência de 3 dias acima da LTd de novos casos diários, esperemos que o fim de semana traga a sua habitual redução para recolocar a tendência no seu desejado caminho descendente.

Pessoalmente, julgo que apenas cerca de metade da população está a levar a sério os cuidados "banais" que são necessários para evitar formas de transmissão desnecessárias.

Com esta aparente acalmia, julgo que se começa a entranhar uma falsa sensação de facilitismo que eu espero sinceramente que não nos traga dissabores mais à frente. Gostava que fosse pelo menos possível termos um verão relativamente sossegado e apenas termos de lidar, se tiver de ocorrer, com uma segunda vaga mais para o Outono, mesmo isso de preferência antes da chegada da gripe sazonal para não haver misturas e o consequente caos.

Aproveitem o bom tempo mas com CAUTELA!.


BN
Garfield


O gráfico dos relatórios tem correções.

Screenshot_20200522-190702.png
"Quando a música acaba, apagam-se as luzes." The Door's
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4940
Registado: 3/4/2014 15:17

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por MarcoAntonio » 22/5/2020 19:14

Esse gráfico redistribui os casos onde existe informação sobre o início dos sintomas, pelo que não é bom para avaliar a evolução (a não ser a posteriori, isto é, qualquer aumento em detecções que ocorra agora, nessa versão vai tender a ser visível apenas dias/semanas mais tarde). Seja como for, o aumento de novos casos é, para já, modesto.
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 33863
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por ricardmag » 22/5/2020 19:29

Para mim faz sentido assim. Um teste positivo hoje não é uma infeção hoje se bem que a data dos sintomas também não é a data da infecção mas está mais próxima.
"Quando a música acaba, apagam-se as luzes." The Door's
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4940
Registado: 3/4/2014 15:17

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por MarcoAntonio » 22/5/2020 19:32

ricardmag Escreveu:Para mim faz sentido assim. Um teste positivo hoje não é uma infeção hoje se bem que a data dos sintomas também não é a data da infecção mas está mais próxima.


A questão a que me referi não é se o gráfico faz sentido ou não.
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 33863
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por pepe7 » 22/5/2020 22:10

Aqui está um belo exemplo da importância do uso da mascara... :)

Como é óbvio, no uso da mascara temos que ter em conta diversos cuidados, como :
- Normas e características da mascara, se pode ou não ser reutilizável, etc ;
- Evitar tocar com as mãos na mascara (na verdade para a generalidade das pessoas é muito difícil e falo por mim), caso aconteça temos que desinfectar as mãos de imediato.

É muito importante, sem dúvida, evitar o contacto das mãos com o rosto (boca, olhos e nariz), todos sabemos disso, mas na pratica...
Quanto mais cuidado tivermos no uso da mascara melhor (torna-se mais eficaz), caso não tínhamos todos os cuidados, parece-me que mesmos assim ajuda a evitar o contagio.
Ah, se todos usamos mascara a eficácia é maior.
Anexos
Mascaras.JPG
Mascaras.JPG (32.2 KiB) Visualizado 1093 vezes
Editado pela última vez por pepe7 em 22/5/2020 22:13, num total de 1 vez.
 
Mensagens: 1259
Registado: 29/4/2010 22:36

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por pepe7 » 22/5/2020 22:12

....
Editado pela última vez por pepe7 em 22/5/2020 22:14, num total de 1 vez.
 
Mensagens: 1259
Registado: 29/4/2010 22:36

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por pepe7 » 22/5/2020 22:13

....
 
Mensagens: 1259
Registado: 29/4/2010 22:36

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por pepe7 » 23/5/2020 0:34

miguellene Escreveu:
pepe7 Escreveu:Aqui está um belo exemplo da importância do uso da mascara... :)

Como é óbvio, no uso da mascara temos que ter em conta diversos cuidados, como :
- Normas e características da mascara, se pode ou não ser reutilizável, etc ;
- Evitar tocar com as mãos na mascara (na verdade para a generalidade das pessoas é muito difícil e falo por mim), caso aconteça temos que desinfectar as mãos de imediato.

É muito importante, sem dúvida, evitar o contacto das mãos com o rosto (boca, olhos e nariz), todos sabemos disso, mas na pratica...
Quanto mais cuidado tivermos no uso da mascara melhor (torna-se mais eficaz), caso não tínhamos todos os cuidados, parece-me que mesmos assim ajuda a evitar o contagio.
Ah, se todos usamos mascara a eficácia é maior.


por esta ordem de razão não andes nunca de calções e usa sempre umas ceroulas…

MiguelLené.


E não só, avental de talhante tb ajuda, é impermeável.
 
Mensagens: 1259
Registado: 29/4/2010 22:36

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por artista_ » 23/5/2020 3:00

lfhm83 Escreveu:Sim que vai haver gente, nos sítios onde se pode sair a economia volta a reactivar-se imediatamente até porque quem manteve o emprego acumulou poupanças. Tem de se abrir fronteiras já e deixar fluir o turismo para pelo menos haver algum cash flow.


Acredito nisto se os números de infetados/óbitos se mantiver baixo, se aumentar não acredito. Parece-me que é isso que estão a tentar, ir ganhando e transmitindo confiança aos poucos... mas se os números começarem a aumentar é quase indiferente se aplicam medidas mais ou menos restritivas, as pessoas não vão para onde não se sentem seguras...
Sugestões de trading, análises técnicas, estratégias e ideias http://sobe-e-desce.blogspot.com/
http://www.gamesandfun.pt/afiliado&id=28
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 17277
Registado: 17/3/2003 22:51
Localização: Almada

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por pepe7 » 23/5/2020 17:30

artista_ Escreveu:
lfhm83 Escreveu:Sim que vai haver gente, nos sítios onde se pode sair a economia volta a reactivar-se imediatamente até porque quem manteve o emprego acumulou poupanças. Tem de se abrir fronteiras já e deixar fluir o turismo para pelo menos haver algum cash flow.


Acredito nisto se os números de infetados/óbitos se mantiver baixo, se aumentar não acredito. Parece-me que é isso que estão a tentar, ir ganhando e transmitindo confiança aos poucos... mas se os números começarem a aumentar é quase indiferente se aplicam medidas mais ou menos restritivas, as pessoas não vão para onde não se sentem seguras...


Sem duvida, faz todo o sentido, vai depender da evolução do numero de infetados.
Quanto ao turismo, tenho conhecimento que muitos pessoas aqui do norte, com excelentes recursos financeiros, tendo em conta que tem os filhos em casa e o Algarve está calma. Estão todos a alugar apartamentos e aproveitar para rumar a Sul, já para a semana, tal como nas próximas semanas. E prescindir especialmente do mês de agosto.
O problema será os hotéis e restaurantes, etc; pois internamente a percepção que tenho, os Portugueses (até os com "carteiras recheadas"), mesmo que os números continuem baixos, não me parece que vão hospedar-se em hotéis, falta saber quanto à questão da restauração, etc :-k
Quanto ao turista estrangeiro, tenho amigo no Algarve que trabalha em hotel, informou-me que estão "todos" a ligar para fazer reservas, nem sabem o que fazer...pois depende dos voos, isto é, se vão efetuar-se e a partir de quando. Isto para dizer que temos imensa procura externa.
 
Mensagens: 1259
Registado: 29/4/2010 22:36

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por GaioAzul » 23/5/2020 23:03

https://www.google.com/amp/s/amp.thegua ... s-exposure

A Missouri hairstylist may have exposed 91 customers and coworkers to coronavirus, public health officials said, after the state’s governor allowed businesses including salons to reopen on 4 May.

The stylist who tested positive for Covid-19 worked at a salon in Springfield on eight different days while experiencing coronavirus symptoms.

Riscos..
"A wise man makes his own decisions but an ignorant man follows the public opinion."

I love getting advice from people that do not live with the results...
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 223
Registado: 30/4/2020 1:39

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por GaioAzul » 23/5/2020 23:07

https://www.google.com/amp/s/amp.cnn.co ... index.html

White House coronavirus task force member Dr. Anthony Fauci, one of the nation's top infectious disease experts, told the public this week that going outside was fine, with cautious measures.

"Go out, wear a mask, stay 6 feet away from anyone so you can have the physical distancing," he told a CNN coronavirus town hall. "Go for a run. Go for a walk. Go fishing. As long as you're not in a crowd and you're not in a situation where you can physically transmit the virus."

More than 1.6 million people in the United States have tested positive for coronavirus, which has killed more than 96,000 nationwide


O mesmo se está a observar aqui pelas praias fluviais.
"A wise man makes his own decisions but an ignorant man follows the public opinion."

I love getting advice from people that do not live with the results...
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 223
Registado: 30/4/2020 1:39

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por Qualnhick » 23/5/2020 23:20

‘Nothing can justify this destruction of people’s lives’
Yoram Lass, former director of Israel’s Health Ministry, on the hysteria around Covid-19.

https://www.spiked-online.com/2020/05/2 ... les-lives/
 
Mensagens: 680
Registado: 19/12/2002 2:50

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por GaioAzul » 23/5/2020 23:24

https://www.google.com/amp/s/mobile.reu ... SKBN22Y23G

Tanto nos EU como aqui, tudo indicava que os voos intercontinentais eram inexistentes. Afinal, nunca desapareceram completamente. Esta notícia deveria ser mais precisa: não vão reabrir as fronteiras. Elas vão mas é alargar!
"A wise man makes his own decisions but an ignorant man follows the public opinion."

I love getting advice from people that do not live with the results...
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 223
Registado: 30/4/2020 1:39

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por cansm » 24/5/2020 13:10

GaioAzul Escreveu:https://www.google.com/amp/s/mobile.reuters.com/article/amp/idUSKBN22Y23GTanto nos EU como aqui, tudo indicava que os voos intercontinentais eram inexistentes. Afinal, nunca desapareceram completamente. Esta notícia deveria ser mais precisa: não vão reabrir as fronteiras. Elas vão mas é alargar!

Segundo tenho entendido os vôos intra e intercontinentais continuaram a existir como instrumento de repatriação de nacionais. Tenho também ideia que os jets privados continuaram a ter autorização de circulação. e.g. o CR foi da Madeira para Turim e tive conhecimento de um cidadão Argentino que há cerca de mês e meio voltou de Espanha para o seu país.
 
Mensagens: 38
Registado: 6/12/2016 21:58

Re: CoronaVirus, panico justificado...?

por mais_um » 24/5/2020 15:56

artista_ Escreveu:
Acredito nisto se os números de infetados/óbitos se mantiver baixo, se aumentar não acredito. Parece-me que é isso que estão a tentar, ir ganhando e transmitindo confiança aos poucos... mas se os números começarem a aumentar é quase indiferente se aplicam medidas mais ou menos restritivas, as pessoas não vão para onde não se sentem seguras...


Com a abertura dos serviços parece-me provável o aumento do nº de infectados, mas não espero um aumento exponencial.
É algo que deve ser gerindo com cuidado, tendo em conta o aumento de casos hospitalizados (e UCI).
Esta semana pela primeira vez desde 13 de Março fui jantar um restaurante e confesso algum desconforto pela situação.
Hoje em São Martinho do Porto via-se mais pessoas sem mascara do que com mascara. Com mascara eram principalmente pessoas de idade.
Esplanadas compostas e alguns restaurantes abertos, bastantes pessoas na praia mas respeitando o afastamento entre grupos.
Férias.... ainda não sei, mas seguramente em Portugal continental, talvez Algarve.

E sim Portugal está bem posicionado para ser atractivo para turistas estrangeiros, passou nos OCS internacionais como sendo um oásis no meio da pandemia. haja voos para trazê-los e depois levá-los.
"Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana. Mas no que respeita ao universo ainda não tenho a certeza" Einstein
“Com os actuais meios de acesso à informação, a ignorância não é uma fatalidade, mas uma escolha pessoal" Eu
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7048
Registado: 14/11/2008 0:48
Localização: Lisboa

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Bing [Bot], CC-5, fgomes, Google Feedfetcher, MCMAD1977, pattern, Qualnhick, Ropamosa, visit e 67 visitantes