Espelho de nós

Colecção de Artigos Didácticos do Caldeirão de Bolsa.

Espelho de nós

por Ulisses Pereira » 24/1/2008 14:28

Espelho de nós

“Todos têm aquilo que querem do mercado”
Ed Sekyota


Se tivesse que escolher a frase que mais me cativou ao longo dos vários anos que dedico aos mercados financeiros, esta seria sem dúvida a eleita. Franzi o sobrolho quando a li pela primeira vez, olhando para esta afirmação mais como uma tentativa de dizer algo surpreendente do que verdadeiro. No entanto, quanto mais conheço os mercados e a mente humana, mais concordo com esta frase e a considero genial na forma de caracterizar o papel de cada investidor perante o mercado.

Levada a ideia da frase ao limite, poderíamos concluir que só perde dinheiro no mercado quem quer. Parece absolutamente irrealista mas não o é. Muitos dos investidores procuram muito mais coisas no mercado do que ganhar dinheiro e, por isso, muitas vezes o facto de perderem dinheiro não quer dizer que não obtiveram aquilo que pretendiam.

No fantástico livro “Market Wizards”, em que Jack Schwager entrevista os maiores “traders” mundiais, Sekyota exemplifica com um caso real, numa passagem que não resisto a transcrever: “Conheço um “trader” que parecia apanhar sempre o início de todas as subidas substanciais e transformou os seus 10 mil dólares em 250 mil num par de meses. Depois, mudava a sua personalidade e perdia tudo o que tinha ganho. Este processo repetia-se com regularidade. Desde que eu comecei a negociar com ele, saindo quando a sua personalidade mudava, dobrei o meu dinheiro, enquanto ele foi à falência como era costume. Mas ele não conseguia ajudar-se a si mesmo. Não acredito que ele conseguisse fazê-lo de uma forma diferente. Ele não o queria. Tinha uma grande dose de excitação, tornava-se um mártir, conseguia a simpatia dos seus amigos e conseguia ser o centro das atenções. De certa forma, julgo que ele realmente tem aquilo que quer.”

Apesar deste ser um exemplo extremo, é muito frequente encontrar investidores que negoceiam, sobretudo, em busca de excitação e adrenalina. São muito mais do que se possa imaginar aqueles que investem nos mercados como se estivessem a comprar um bilhete para andar na montanha russa ou ver um jogo de futebol. Só que esquecem-se que aqui o bilhete pode ser muito mais caro.

Claro que, na maior parte das vezes, os investidores não têm consciência das suas verdadeiras motivações para negociarem. Quase todos acreditam que aquilo que os move é a vontade de ganhar dinheiro. Mas como pode você concluir se negoceia pela simples vontade de ganhar dinheiro ou pela excitação e a adrenalina? Experimente ficar algum tempo sem negociar. Se não o conseguir fazer, é sinal que a Bolsa é para si um vício e que está no mercado para satisfazer as necessidades que esse vício lhe proporciona, seja a emoção, a adrenalina, o risco ou simplesmente a pura diversão.

E esta incapacidade de estar, serenamente, de fora a assistir ao desenrolar do mercado reflecte-se nos resultados do investidor, pois muitas vezes são fulcrais esses períodos em que não se negoceia. Parafraseando o mítico “trader” Jesse Livermore, “Depois de passar muitos anos em Wall Street, ganhando e perdendo milhões de dólares, eu quero-vos dizer o seguinte: Nunca foram os meus pensamentos que me fizeram ganhar as grandes fortunas. Foi sempre quando eu estive sem negociar.”

Uma das grandes diferenças entre um “trader” perdedor e um “trader” ganhador é a forma como reage às vitórias e às derrotas. Um “trader”perdedor fica eufórico com os grandes ganhos e completamente deprimido com as derrotas, enquanto que um ganhador consegue controlar as suas emoções e perceber que o seu sucesso nos mercados não depende daquele negócio, mas sim da capacidade em ser consistente ao longo de vários negócios.

Um “trader” ganhador, quando sofre uma grande perda, procura tentar perceber as razões para a sua falha, de forma a poder corrigi-la no futuro. Um “trader” perdedor, pelo contrário, começa a responsabilizar outros pelas suas perdas. Analistas, jornalistas, corretores, manipuladores, CMVM, tudo serve para que o perdedor fuja às suas responsabilidades e as atire para cima dos outros.

Depois dessa perda, o “trader” perdedor muda de corretora, começa a ler outros analistas, mas esquece-se de perceber que o erro faz parte do processo de aprendizagem e que talvez devesse procurar dentro dele a explicação para esse erro.

Enquanto não conseguir mudar essa sua forma de encarar as perdas, ele nunca vai conseguir passar a ganhar dinheiro consistentemente nos mercados. Ou, como diria Sekyota, “Um trader perdedor pode fazer muito pouco para se tornar num ganhador. Um trader perdedor não se vai querer transformar. Esse é aquele género de atitudes que só os traders ganhadores têm.”

Por isso, da próxima vez que perder dinheiro nos mercados e der por si a culpar outros pelo seu insucesso, pare para pensar. Provavelmente, está mais interessado em ter razão do que em ganhar dinheiro. É sinal que ainda tem um longo percurso pela frente até ao sucesso nos mercados financeiros.

Ulisses Pereira
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 29223
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Nota máxima ao post

por Gncl_C » 15/3/2008 22:06

Muito bom o post, concordo com quase tudo, quem é estático e não se modifica não melhora. Os mercados são dinâmicos, logo as nossas estratégias têm que ser da mesma forma.

Outro ponto importante é que existe de facto uma vertente psicológica nestes investimentos de risco elevado que fazemos, só isso já diz algo das nossas personalidades, porque há muita gente que não é capaz de arriscar, não faz parte da personalidade deles. Talvez muitos de nós gostaremos da adrenalina que advém deste " jogo ".

Os melhores cumprimentos, Gncl
 
Mensagens: 229
Registado: 18/2/2007 17:55

Re: Espelho de nós

por AC Investor Blog » 21/3/2008 1:08

Ulisses Pereira Escreveu: São muito mais do que se possa imaginar aqueles que investem nos mercados como se estivessem a comprar um bilhete para andar na montanha russa ou ver um jogo de futebol. Só que esquecem-se que aqui o bilhete pode ser muito mais caro.


Excelente post, só um reparo. O bilhete na bolsa nunca tem preço, somos nós que o ditamos, ou é de borla ou não tem preço :wink:

Boa Páscoa,
AC Investor Blog
www.ac-investor.blogspot.com -
Análises Técnicas de activos cotados em Wall Street. Os artigos do AC Investor podem também ser encontrados diariamente nos portais financeiros, Daily Markets, Benzinga, Minyanville, Solar Feeds e Wall Street Pit, sendo editor e contribuidor. Segue-me também no Twitter : http://twitter.com/#!/ACInvestorBlog e subscreve a minha newsletter.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4891
Registado: 8/12/2007 23:01
Localização: Vila Nova de Gaia

por João Joaquim » 22/3/2008 16:38

...
Editado pela última vez por João Joaquim em 26/9/2015 19:55, num total de 1 vez.
 
Mensagens: 235
Registado: 29/11/2007 4:14
Localização: Minho

por artista_ » 12/5/2008 18:35

Vim ver este artigo através do link que o Ulisses colocou hoje num tópico recente... acho que este me tinha passado e parece-me que merece ser reposto nas primeiras páginas para continuação do debate, e não é só para os mais novos, nem sequer só para os menos experientes, acho que todos o devemos ler... e refletir sobre o mesmo!

O que mais me chamou a atenção foi aquele exercício, que o Ulisses sugeriu, de ficar de fora uns meses sem negociar... não é algo que seja novo para mim mas nunca tinha colocado as coisas dessa forma, ou seja, sei que é importantissimo conseguir ficar fora do mercado quando estes andam "avariados" mas nunca tinha pensado no exercício como uma estratégia, e/ou avaliação, de aprendizagem... e este ponto parece-me extremamente importante, acho que todos os que ainda não experimentaram o deviam fazer!! Se realmente quiserem claro :)

Bons negócios para todos!
Sugestões de trading, análises técnicas, estratégias e ideias http://sobe-e-desce.blogspot.com/
http://www.gamesandfun.pt/afiliado&id=28
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 16119
Registado: 17/3/2003 22:51
Localização: Almada


Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Google [Bot] e 2 visitantes