BREXIT - O Referendo britânico.

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Opcard33 » 19/12/2018 23:16

MarcoAntonio Escreveu:Soluções que dependam de tecnologia são contornáveis e de eficácia questionável. Onde há (muito) dinheiro envolvido não tarda surjem soluções. Acresce que é cada vez mais comum a micro-geração e semi-autonomia dos consumidores pelo que a energia nem tem de vir da rede, necessariamente.

E de difícil fiscalização. Depois da energia estar na bateria é impossível determinar a fonte...

Daí que eu estou em crer que a substituição do ISP dificilmente vá passar só por aí e terá de se suportar, em grande parte, em alternativas "seguras" de cobrança.

:wink:



A alternativa já sexiste e será está a escolhida na maioria dos países :

“A Taxa quilométrica belga é um sistema de débito quilométrico inteligente. Visa os veículos pesados de mais de 3,5 toneladas (peso total autorizado em carga > 3,5 Toneladas) belgas e estrangeiros que circulam nas autoestradas e certas vias regionais ou comunais das 3 regiões da Bélgica.”

AS SUAS SOLUÇÕES DE PORTAGENS AS 24 NA BÉLGICA: COMO FUNCIONA?

Desde o dia 1 de abril de 2016 que é aplicado um novo sistema de portagem na Bélgica. Cada camião com mais de 3,5 toneladas deve estar equipado de um dispositivo satélite designado OBU (On Board Unit). Substitui a Eurovignette na Bélgica para os camiões com mais de 12 toneladas.
O OBU contabiliza os quilómetros e regista as estradas utilizadas pelos seus camiões.
Este novo sistema aplica-se às autoestradas belgas e a certas vias principais do país, cobrindo no total mais de 6.800 km.
Conheça a rede tributável detalhada, ao clicar nos seguintes links:
Cartão da rede tributável da Flandres
Cartão da rede tributável da Valónia
Cartão da rede tributável de Bruxelas Capital
As tarifas (€/km) variam em função de quatro critérios:
peso
tipo de estrada
classe de emissão
quilómetros percorridos....”
 
Mensagens: 389
Registado: 9/9/2013 15:13

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 17/1/2019 18:04

Curiosamente este novo chumbo no parlamento britânico está a ter pouco impacto nas bolsas!!!
Será que os "medos" já estão todos descontados, ou será antes que ninguém acredita no Brexit?

Uma coisa parece certa... os Ingleses parecem achar que a europa estará sempre à espera deles, mas a meu ver essa espera é apenas na europa ocidental... pois não tarda muito, alguns países poderão perder a paciência e bater na mesa!

Se esse momento chegar, vamos ver até onde vai o orgulho inglês e o verdadeiro impacto de uma saída com um acordo minimalista!!
 
Mensagens: 4386
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Goya777 » 17/1/2019 19:26

Marco Martins Escreveu:Curiosamente este novo chumbo no parlamento britânico está a ter pouco impacto nas bolsas!!!
Será que os "medos" já estão todos descontados, ou será antes que ninguém acredita no Brexit?

Uma coisa parece certa... os Ingleses parecem achar que a europa estará sempre à espera deles, mas a meu ver essa espera é apenas na europa ocidental... pois não tarda muito, alguns países poderão perder a paciência e bater na mesa!

Se esse momento chegar, vamos ver até onde vai o orgulho inglês e o verdadeiro impacto de uma saída com um acordo minimalista!!


Já se sabia que o acordo em cima da mesa ia ser chumbado. Nunca teve hipotese de ser aprovado.

E é certo também que vao ter de pedir mais tempo à UE...
 
Mensagens: 750
Registado: 17/7/2014 22:33

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por MarcoAntonio » 29/1/2019 15:12

Discussão sobre o Plano B em directo disponível no Negócios:

Vídeo em direto: May apresenta plano B e pede renegociação do Brexit com a UE
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31618
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Minsk » 29/1/2019 15:47

MarcoAntonio Escreveu:Discussão sobre o Plano B em directo disponível no Negócios:

Vídeo em direto: May apresenta plano B e pede renegociação do Brexit com a UE


Bom agora cabe à UE tentar inclinar a "coisa" para onde deseja: Se deixar cair o backstop terá de haver concessões consideráveis noutro lado do acordo as quais May terá de aceitar e aí provavelmente o acordo passa no parlamento. Não alterar o acordo pela UE é jogar nas probabilidades e na esperança que o parlamento UK não deixa seguir um no-deal, logo levará à demissão de May e eventualmente a um voto popular sobre o actual acordo sendo que esse voto popular poderá ter uma questão extra se concorda ou não com o Brexit.

Penso que a UE está a meter as fichas nesta segunda hipótese, a ver vamos
 
Mensagens: 157
Registado: 29/2/2012 0:44

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 29/1/2019 20:03

Curiosamente a ruptura pode chegar com aqueles que menos esperava!!

https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... -do-acordo
 
Mensagens: 4386
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 30/1/2019 18:39

Parece que estamos a chegar ao momento em que se "zangam as comadres e se descobrem as verdades..."!

https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... ltimasSite

Uma saída sem acordo inviabiliza todo e qualquer mau acordo que tenha sido feito... por exemplo a livre circulação de pessoas e mercadorias, só por si, provocará o caos em inglaterra (ou seja, os produtos que hoje demoram 1 dia a chegar ou a sair, passarão a demorar pelo menos uns 10 dias.. não pela distância mas pela questão burocrática que não terá normas).
 
Mensagens: 4386
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 4/2/2019 11:26

Curiosamente aquilo que se passa com o Brexit, faz-me lembrar a acalmia dos mercados antes de alguns crashes, ou aquela máxima de que "devemos ter medo quando mais ninguém parece ter medo"!

Neste momento, parece que todos já absorverem o "medo" do Brexit e que toda esta confusão das negociações, não há-de ser nada!

Sinceramente, acho que o pior ainda h´á-de vir, principalmente se estas negociações se alongarem até ao 3ºtrimestre, que é quando se preve uma nova contração da economia e talvez um ambiente/cenário idêntico ao de 2008!!
 
Mensagens: 4386
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por ativo » 6/2/2019 15:20

In Negócios Online, em 06/02/2019:

«Tusk: “Haverá um sítio especial no inferno para quem defende o Brexit sem ter um plano”.

O tom está a subir entre a União Europeia e os defensores do Brexit. Donald Tusk afirmou que deve haver um sítio especial no inferno para os defensores da saída do Reino Unido da União Europeia sem que tenham um plano viável para o fazer.».

Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, esteve reunido com o primeiro-ministro da Irlanda, tendo reiterado a disponibilidade da Europa em manter-se ao lado dos irlandeses no processo de saída do Reino Unido da União Europeia. E aproveitou a conferência de imprensa conjunta para usar um tom dramático e que já mereceu reações.

"Tenho pensado sobre que sítio especial no inferno haverá para os que promovem o Brexit sem sequer terem um esboço de um plano para o fazer de forma segura", afirmou Tusk, numa conferência de imprensa, acompanhado pelo primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar.

A Reuters realça que a declaração foi mais do que intencional, tendo sido publicada na sua página do Twitter assim que foi proferida.
».
 
Mensagens: 3390
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 7/2/2019 19:30

Não tarda muito os principais bancos de Londres começam a sair e a tirar dinheiro do país... um Brexit sem regulação e acordos não vai ser o mesmo que uma suíça!!!
O que vai passar a acontecer com a troca de informação bancária sobre os depósitos e depositantes se não houver uma norma?
De certeza que eu não posso ir a Inglaterra e levantar dinheiro, se eles não tiverem informação das minhas contas na europa!
 
Mensagens: 4386
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por ativo » 8/2/2019 14:53

O que sempre fez mover os negociadores no processo do BREXIT foi a possibilidade do Reino Unido sair sem acordo. Neste momento isso está em cima da mesa, estando as duas partes a olharem-se olhos nos olhos, mas tendo o parlamento britânico rejeitado o acordo firmado entre a União Europeia e Theresa May, em matéria de BREXIT, o Reino Unido deu mostra de conviver bem com essa possibilidade (claro, isso pode ser um enorme "bluff" do Reino Unido).

A União Europeia declarou que não renegociava aquele acordo alcançado com Theresa May. Depois do recente encontro com Theresa May, a União Europeia deu já mostra de estar disponível para renegociar (sem lhe chamar renegociação) o acordo antes alcançado com ela. Deste modo, quem deu, para já, o primeiro sinal de fraqueza foi a União Europeia ao recuar na sua posição.

Assim, quer-me parecer que os britânicos ainda vão conseguir, em matéria de BREXIT, o que querem, seja lá o que isso for… Será que mais uma vez os britânicos conseguem fazer valer a sua vontade? :evil:
 
Mensagens: 3390
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 8/2/2019 16:59

Curiosamente, até no portal das financas faz referencia ao Brexit:
http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt ... rexit.aspx
 
Mensagens: 4386
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 19/2/2019 11:20

Quando a Honda anuncia o fecho de uma fabria em 2022 por motivos do Brexit ou quando um dos maiores milionarios da city (apoiante do Brexit) sai para o Mónaco para poupar nos impostos... isto só dá "boas indicações" do caminho e da crença desta separação...

O investimento e o pib inglês vão cair... e pode ser a pique... o problema vai ser se não conseguem revuperar depressa e se entram num ciclo de quedas....
 
Mensagens: 4386
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por ativo » 26/2/2019 15:52

Em 08/02/2019:

ativo Escreveu:O que sempre fez mover os negociadores no processo do BREXIT foi a possibilidade do Reino Unido sair sem acordo. Neste momento isso está em cima da mesa, estando as duas partes a olharem-se olhos nos olhos, mas tendo o parlamento britânico rejeitado o acordo firmado entre a União Europeia e Theresa May, em matéria de BREXIT, o Reino Unido deu mostra de conviver bem com essa possibilidade (claro, isso pode ser um enorme "bluff" do Reino Unido).
(...)

In Negócios Online, hoje:

«May admite adiar Brexit em alternativa a saída sem acordo.

Os deputados britânicos vão ter de escolher entre o acordo de saída negociado com Bruxelas e já chumbado pela Câmara dos Comuns, o adiamento do Brexit ou uma saída da União Europeia sem acordo.

A primeira-ministra britânica admitiu pela primeira vez esta terça-feira a possibilidade de adiar a saída do Reino Unido da União Europeia, dando aos deputados três opções: ou aprovam o acordo de saída já negociado com Bruxelas, ou o adiamento do Brexit ou uma saída desordenada da União Europeia.

A imprensa britânica já dava conta esta manhã que Theresa May estava disponível para adiar a saída da União Europeia. A primeira-ministra confirmou esta opção, tendo anunciado que será esta a alternativa caso chumbem um Brexit sem acordo.

Theresa May anunciou no Parlamento a sequência de votações que vão decorrer e que provavelmente vão determinar o adiamento da saída do Reino Unido da UE.

A 12 de março os deputados britânicos vão votar o acordo que May alcançou com a União Europeia e que, em janeiro, mereceu um chumbo estrondoso no Parlamento. Os líderes europeus têm repetido que não vão alterar o conteúdo deste acordo fechado com o governo britânico, pelo que o mais provável é que este volte a ser chumbado no Parlamento.

Neste cenário, os deputados são chamados a nova votação no dia seguinte. A 13 de março irão deliberar sobre uma eventual saída do Reino Unido da União Europeia a 29 de março sem acordo. É o chamado "hard Brexit", ou saída desordenada, que apesar de ter adeptos no Parlamento britânico tem, à partida, chumbo garantido. Os parlamentares já votaram recentemente uma emenda que exclui a possibilidade de saída sem acordo.

Assim, a votação que interessa deverá acontecer a 14 de março. Nesse dia os deputados britânicos vão votar sobre um "curto adiamento" do Brexit (que não deverá ir além do final de maio, para o Reino Unido ficar de fora das eleições europeias) .

May tinha insistido que adiar o Brexit não era solução, usando o trunfo da falta de tempo até 29 de março para conseguir concessões por parte da União Europeia. Mas os líderes europeus não cederam um milímetro face ao que está inscrito no acordo fechado com May, deixando a primeira-ministra sem alternativas a reconhecer mais uma derrota neste conturbado processo, ao aceitar uma alternativa para a qual não estava antes disponível.

"O Reino Unido só vai sair [da União Europeia] sem um acordo a 29 de março se tiver um consentimento explícito do Parlamento nesse sentido", disse May, esclarecendo contudo que uma extensão do prazo para o Brexit não "retira de cima da mesa a possibilidade de um não acordo"
.».

A queda do"bluff" do Reino Unido (e de Theresa May) de que o Reino Unido não rejeitaria um BREXIT sem acordo ("hard BREXIT") está eminente!
 
Mensagens: 3390
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por forza algarve » 26/2/2019 16:19

Fosse ingles teria votado a favor da brexit...agora este suposto adiamento cheira a palhaçada
 
Mensagens: 300
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por ativo » 27/2/2019 0:09

forza algarve Escreveu:Fosse ingles teria votado a favor da brexit...agora este suposto adiamento cheira a palhaçada

Sendo português, também votarias a favor de um "Portugalexit"?
 
Mensagens: 3390
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por forza algarve » 27/2/2019 10:31

ativo Escreveu:
forza algarve Escreveu:Fosse ingles teria votado a favor da brexit...agora este suposto adiamento cheira a palhaçada

Sendo português, também votarias a favor de um "Portugalexit"?



Ha paises que se beneficiaram e outros nao...
eu na Italia voto nos partidos anti UE..fosse na Alemanha votaria a favor...

acho que Portugal nos ultimos anos se beneficiou..ja a Grecia viram que nao...
 
Mensagens: 300
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 27/2/2019 10:36

Dúvido que com a Teresa May o Hard Brexit (saída sem acordo) aconteça, pois isso seria mergulhar o país num buraco sem fundo, com saídas do país avultadas somas de capitais.

Agora, o que me parece que vai acontecer, será um novo referendo... pois só com isso a Teresa May poderá continuar com força e poderes para o que precisa fazer...
Mudar o rumo de um país com várias fragilidades internas no que diz aos poderes, é o mesmo que andar em cima de uma linha entre dois prédios!

Acho que todos estão a ver o autocarro em direcção a eles, mas ainda estão a discutir para que lado da rua vão correr...
 
Mensagens: 4386
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por SFT » 27/2/2019 10:38

Quando a esmola é muita, o pobre desconfia.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1250
Registado: 20/5/2014 19:02

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por ativo » 27/2/2019 10:42

forza algarve Escreveu:
ativo Escreveu:
forza algarve Escreveu:Fosse ingles teria votado a favor da brexit...agora este suposto adiamento cheira a palhaçada

Sendo português, também votarias a favor de um "Portugalexit"?



Ha paises que se beneficiaram e outros nao...
eu na Italia voto nos partidos anti UE..fosse na Alemanha votaria a favor...

acho que Portugal nos ultimos anos se beneficiou..ja a Grecia viram que nao...

Portanto, quer a "coisa" corra bem, quer corra mal, a "culpa" é sempre da União Europeia. Fiquei esclarecido ... :?
 
Mensagens: 3390
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por forza algarve » 27/2/2019 11:17

ativo Escreveu:Portanto, quer a "coisa" corra bem, quer corra mal, a "culpa" é sempre da União Europeia. Fiquei esclarecido ... :?


Qualquer governo tem que obedecer aos diktat da UE..por tanto a culpa de quem e' se por cima dos nossos governos ha alguem que nos dirige..

olha a Italia o mes passado..apresentou um plano economico apoiado por 70% dos eleitores e a UE o chumbou e a Italia teve que recuar..
 
Mensagens: 300
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Flavc » 27/2/2019 11:59

SFT essa forma de fazer contas até ao cêntimo!! num periodo alargado de 20 anos é obra!! Depois sem apesentar as premissas do "estudo" e sem fazer cálculos alternativos (por exemplo sem euro e sem UE), só pode ser para enganar o pagode, lol. E STF tenho em muito boa conta ( com esta exceção) as tuas intervenções.
 
Mensagens: 585
Registado: 9/3/2017 16:10

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por SFT » 27/2/2019 12:15

Flavc, longe de mim sugerir seja o que for.

Esse estudo saiu há dias, sujeito a críticas e interpretações.

Apenas quis demonstrar que o efeito da UE, e da Zona Euro, nos países a elas pertencentes é ainda hoje sui generis: alguma vez pensava eu que a bomba nuclear troikiana, na Grécia, contribuísse para os 190 eur de prosperidade dos gregos? Imagino a prosperidade se não tivesse havido troika...

Já agora, a vírgula no quadro é separador de milhar. Não há lá cêntimos nenhuns.

(por momentos lembraste.me de um livro lido há muito sobre a intervenção militar portuguesa na guerra colonial onde o autor, angolano se não me engano, admirava.se capacidade dos dados estatísticos da metrópole serem capazes de contabilizar baixas à unidade)

Abraço.
Quando a esmola é muita, o pobre desconfia.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1250
Registado: 20/5/2014 19:02

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por forza algarve » 27/2/2019 17:56

O Presidente francês e a chanceler da Alemanha fecharam hoje a porta a qualquer renegociação do acordo do ‘Brexit’ e admitiram um adiamento da saída do Reino Unido apenas se este for justificado por uma “nova perspetiva”.
 
Mensagens: 300
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por djovarius » 27/2/2019 18:12

Boas,

O quadro acima é suspeito, porém, revelador. Não sei se é para levar a sério, mas admitindo que sim, o que é notório é como a França saiu prejudicada e o Alemanha beneficiada.
Lógico: uma economia exportadora industrial, consegue um espaço de exportação na sua moeda corrente. Já a França perdeu toda e qualquer vantagem competitiva.
Por alguma coisa, importantes quadros alemães dizem que quem deve sair da zona EUR é a Alemanha e não os outros. O novo marco poderia se valorizar e ajudar os restante da área do euro.
Assim se poderia compensar a asneira que foi a não criação do euro dos ricos e de outro dos pobrezinhos, um sistema de "dual currency" que seria a base para a equalização das economias num espaço de 30 a 40 anos.

Quanto ao Reino Unido, sempre teve um "problema". Entrou na CEE renitente. Se vocês entrarem num casamento de uma forma renitente, dá em divórcio. Eis o dito cujo.
Não vai ver caos nenhum. O Reino Unido tem uma forte economia interna e é um excelente caldo de cultura financeira. Pode sempre fazer um acordo com os EUA e com o ex-império. Em relação à Europa, pode ter o mesmo tipo de relação que a Noruega tem com a UE.
Até a Suíça pertence a Schengen sem pertencer à UE.

Isto são tudo jogos para iludir as massas :D

Salud

dj
Cuidado com o que desejas pois todo o Universo pode se conjugar para a sua realização.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6790
Registado: 10/11/2002 19:32
Localização: Planeta Algarve

AnteriorPróximo