Finanças & Fundos de Investimento

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Rick Lusitano (New) » 7/11/2016 2:21

VirtuaGod Escreveu:
Rick Lusitano (New) Escreveu:Eu já automatizei o processo de recolha de dados estatísticos de cerca de 40.000 fundos, sem perder muito tempo, (apenas gasto 1 segundo), é o Excel que faz o trabalho todo. O Excel até se passa! :mrgreen:

Podias ter partilhado :? Onde é que o excel vai buscar a info? Queria usar a morningstar.com mas não deve estar para breve, e nem sei se os fundos europeus lá estão. 40k fundos? Quanto tempo é que o excel demora?



I talk with U, tomorrow. :wink:

Destes 40k, muitos são denominados em moedas "exóticas", NOK, SEK, PLN, HKD, CNY, etc. Para além de GBP/GBX, JPY, CHF e milhares em USD. Muitos fundos são domiciliados em França, Alemanha, Áustria, Noruega, Dinamarca, Holanda, Bélgica, Jersey, Guernsey, Malta, etc, domicílios que dificilmente, vamos encontrar em Portugal, apesar de terem passaporte UCITS. E incluí versões para institucionais e versões que não serão vendidas em Portugal, (com menos comissões de gestão, mas com comissões de subscrição/resgate).

O problema não é a recolha dos dados, mas sim, o tratamento dos mesmos, eliminar a palha, fundos que não teremos em Portugal e os fundos descontinuados (sim, ele retira as últimas cotações dos fundos que já não existem, alguns que já morreram á anos). Limpo, deve ficar com 20-25k, pois nunca limpei ao máximo, apesar de saber de cor, as versões dos fundos que são comercializados em Portugal por algumas gestoras, existem dezenas de gestoras, que teria que analisar-las uma a uma, para ver as versões que nos interessa. Algumas gestoras são algo confusas...
Fundos à la carte - UCITS (SICAV, OEIC, Unit Trusts, FCP) & US mutual funds

Fundos de Investimento, Mercados Financeiros, Gestão de Carteiras, Alternative Finance, FinTech
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2791
Registado: 10/5/2014 0:59

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por chico_laranja » 7/11/2016 13:06

Isto está bastante interessante por estes lados embora comece a ser um pouco técnico :twisted:

Onde vão buscar os dados de forma automática?

A parte automática de angariar os dados não será o mais difícil, seja Python, R, Visual* (Macros Excel, o * é porque julgo que tanto pode ser Visual Basic, Asp#, C#..... é ao gosto desde que seja suportado por VisualStudio) seja C ou Java.

Morningstar? Qual delas? Para isso precisam da chave específica do fundo? o id=F0000001V1 que é ticker interno da MS, neste caso AXA WF 5-7. Isto obriga a que se procure o fundo numa das muitas morningstars.
Casa gestora? Isto é uma solução pior pois não acredito que a estrutura dos dados seja mantida de forma transversal a todas as gestoras (devia ser :-" )
Bloomberg? Novamente, precisariam do ticker BLOOM. Nem sei sequer se a BB tem csv com as cotações.

Existirá sempre um header file com a lista do que procuram e o link com a informação não?

Agora algo mais técnico.

Rick

Usas força bruta, tipo vai buscar tudo ou tens uma entrada booleana em que indicas quais os fundos "activos" para os cálculos que queres quando vais estudar 1 carteira nova, tipo com 3-5 fundos.

Esse Excel deve ser uma brutalidade e uma lesma ou então usas cloud computing e tens uma ilha de PC's por tua conta 8-)

VG

Consegues adicionar a esses cálculos o efeito dos custos de trading? Já não falo dos de custódia pois já há traders sem esses custos, como por exemplo a DeGiro.

Seria bastante interessante ver o efeito erosivo que isso teria nas diversas vertentes:
- Reforço anual, semestral, trimestral e mensal a 1, 2 e 3 entradas, assumindo que a carteira tem apenas 3 partes
- Efeitos para valores iniciais de 1k, 2.5k, 5k e 10k bem como reforços de 50, 100, 500 e 1k (todos já sabem que mexo com trocos).
- Rebalanceamento anual com venda de 1 activo e de seguida compra de outro activo.
- Rebalanceamento automático.

Sobre os rebalanceamentos tenho muita dúvida para levantar:

É genericamente benéfico ou contraproducente a carteira estar desfasada da proporção inicial em momentos interavaliação para rebalanceamento? Pelo que indicas foi benéfico a reavaliação ter sido anual pois manteve a proporção favorável em 2008 e 2013. Mas é a regra ou no muito longo prazo acaba por ser 50/50 em que umas vezes é benéfico e outras contraproducente?

Isto tudo porque os rebalanceamentos por trigger aka automáticos podem levar 1001 tweaks.

O mais simples é os desvios aceites não serem simétricos.

Um outro mais exótico para evitar ser apanhado por um varrer de stops bastante comum antes de um arranque dos mercados, seria ter um debouncing em que o disparo não é activado apenas com o avaliar do valor de um dia mas sim com a observância de que a regra foi quebrada x dias seguidos(este nº requer vários testes e afinações tal como a proporção e os limites de swing aceitáveis), indicando que a regra foi efectivamente quebrada.

Mais lenha para a máquina R.
Ao fim de semana o tempo é para o mercado dos afectos para com a cara metade e com os filhos .
Uma vez que o meu tempo disponível para o acompanhar o fórum é mínimo, se precisarem de algo da minha parte mandem PM que tento passar por cá.
Um abraço e bons investimentos.
 
Mensagens: 1341
Registado: 29/11/2007 2:37
Localização: Avanca

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Rick Lusitano (New) » 7/11/2016 18:44

chico_laranja Escreveu:Isto está bastante interessante por estes lados embora comece a ser um pouco técnico :twisted:

Onde vão buscar os dados de forma automática?

A parte automática de angariar os dados não será o mais difícil, seja Python, R, Visual* (Macros Excel, o * é porque julgo que tanto pode ser Visual Basic, Asp#, C#..... é ao gosto desde que seja suportado por VisualStudio) seja C ou Java.

Morningstar? Qual delas? Para isso precisam da chave específica do fundo? o id=F0000001V1 que é ticker interno da MS, neste caso AXA WF 5-7. Isto obriga a que se procure o fundo numa das muitas morningstars.
Casa gestora? Isto é uma solução pior pois não acredito que a estrutura dos dados seja mantida de forma transversal a todas as gestoras (devia ser :-" )
Bloomberg? Novamente, precisariam do ticker BLOOM. Nem sei sequer se a BB tem csv com as cotações.

Existirá sempre um header file com a lista do que procuram e o link com a informação não?

Agora algo mais técnico.

Rick

Usas força bruta, tipo vai buscar tudo ou tens uma entrada booleana em que indicas quais os fundos "activos" para os cálculos que queres quando vais estudar 1 carteira nova, tipo com 3-5 fundos.

Esse Excel deve ser uma brutalidade e uma lesma ou então usas cloud computing e tens uma ilha de PC's por tua conta 8-)

VG

Consegues adicionar a esses cálculos o efeito dos custos de trading? Já não falo dos de custódia pois já há traders sem esses custos, como por exemplo a DeGiro.

Seria bastante interessante ver o efeito erosivo que isso teria nas diversas vertentes:
- Reforço anual, semestral, trimestral e mensal a 1, 2 e 3 entradas, assumindo que a carteira tem apenas 3 partes
- Efeitos para valores iniciais de 1k, 2.5k, 5k e 10k bem como reforços de 50, 100, 500 e 1k (todos já sabem que mexo com trocos).
- Rebalanceamento anual com venda de 1 activo e de seguida compra de outro activo.
- Rebalanceamento automático.

Sobre os rebalanceamentos tenho muita dúvida para levantar:

É genericamente benéfico ou contraproducente a carteira estar desfasada da proporção inicial em momentos interavaliação para rebalanceamento? Pelo que indicas foi benéfico a reavaliação ter sido anual pois manteve a proporção favorável em 2008 e 2013. Mas é a regra ou no muito longo prazo acaba por ser 50/50 em que umas vezes é benéfico e outras contraproducente?

Isto tudo porque os rebalanceamentos por trigger aka automáticos podem levar 1001 tweaks.

O mais simples é os desvios aceites não serem simétricos.

Um outro mais exótico para evitar ser apanhado por um varrer de stops bastante comum antes de um arranque dos mercados, seria ter um debouncing em que o disparo não é activado apenas com o avaliar do valor de um dia mas sim com a observância de que a regra foi quebrada x dias seguidos(este nº requer vários testes e afinações tal como a proporção e os limites de swing aceitáveis), indicando que a regra foi efectivamente quebrada.

Mais lenha para a máquina R.



É um pouco complicado explicar aqui no Fórum. :-$

O processo até é bastante simples, não envolve brutalidades computacionais, para a recolha. Agora se quiseres fazer analises financeiras de milhares de fundos, nem digo dezenas de milhar, "apenas", por exemplo, 2.000 ou 5.000 fundos, usando por exemplo, algumas ideias já faladas aqui, rebalanceamentos, reforços, backtests, Drawdrowns, carteiras optimas, estrategias de compra e venda, etc, aí a conversa já é outra. :mrgreen:

A recolha dos cerca dos 40k fundos, é fácil, estou limitado apenas pela fonte, que não tem mais informação agregada. Espremi todos dados possíveis agregados num só ficheiro. Os restantes dados que o VG e eu gostaríamos de ter, são o histórico de cada fundo, mas de forma automatizada e actualizada. Eu consigo tirar a cotação diária de todos os fundos, mas é de dia após dia, o que daria 200 e tal ficheiros por ano, o que não é nada práctico...

Penso que a solução até é fácil para quem perceba de Excel Avançado (Programação), é conciliar a parte que já consigo e juntar um pequeno ajuste no Excel, para ele colocar as cotações sempre em células diferentes. :-k


Em relação á limpeza dos 40k, depois de ter falado aqui, pus-me a pensar, e penso ter descoberto uma forma de limpar logo no início a recolha dos dados, é só criar filtros, apenas uma só vez, perde-se agora algum tempo, e depois, quando for fazer as recolhas, o Excel fica já limpo de grande parte da palha, dando para configurar quais os fundos que queremos.

Como agora, o Banco Best tem entraves (comissões de subscrição :wall: ) para fundos offline, portanto, o ficheiro ficaria bastante reduzido, para os fundos só do BB, ou só do AB, ou só de outro intermediário financeiro (IF), mas para não existir distinções de IF, mas poderei limitar aos fundos comercializados em Portugal, e depois cada pessoa pode escolher os fundos que a tem acesso no seu IF.

Para ti, Chico, como gostas de fundos mais acessíveis, pode-se configurar a recolha só para as gestoras, que têm baixos montantes de investimento inicial. Em vez, de andares sempre a limpar os fundos que não queres, cada vez que fazes a recolha dos dados. :wink:
Fundos à la carte - UCITS (SICAV, OEIC, Unit Trusts, FCP) & US mutual funds

Fundos de Investimento, Mercados Financeiros, Gestão de Carteiras, Alternative Finance, FinTech
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2791
Registado: 10/5/2014 0:59

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 7/11/2016 20:41

@chico_laranja - Como o Rick disse ele consegue ir buscar milhentos fundos mas apenas a cotação diária. Eu por outro lado apenas quero ir buscar "apenas" 100 fundos mas a cotação histórica TODA.

Embora o que o Rick faz me interesse pouco, na conversa telefónica com ele tive uma epifania. Como disseste e bem o ID é a chave para os fundos na morningstar. Estou já a criar um programa em R para ir buscar o histórico de cotações TODO com base "apenas" na ID :wink: Em breve partilharei aqui no fórum 8-)

O programa é ridiculamente simples como podes imaginar, o problema foi apenas saber onde ir buscar os dados. Vai buscar à API da morningstar.com
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Rick Lusitano (New) » 7/11/2016 21:36

VirtuaGod Escreveu:@chico_laranja - Como o Rick disse ele consegue ir buscar milhentos fundos mas apenas a cotação diária. Eu por outro lado apenas quero ir buscar "apenas" 100 fundos mas a cotação histórica TODA.

Embora o que o Rick faz me interesse pouco, na conversa telefónica com ele tive uma epifania. Como disseste e bem o ID é a chave para os fundos na morningstar. Estou já a criar um programa em R para ir buscar o histórico de cotações TODO com base "apenas" na ID :wink: Em breve partilharei aqui no fórum 8-)

O programa é ridiculamente simples como podes imaginar, o problema foi apenas saber onde ir buscar os dados. Vai buscar à API da morningstar.com


E será que consegues se tiveres fundos offline? :wink:

Como exemplo, o teu Oddo Haut Rendement 2021... :mrgreen:

Ou se tiveres fundos que só existem noutros intermediários financeiros? (Nem todas pessoas são clientes do Best) :-"

Daí a fonte ser importante. Tendo acesso a esses milhares de fundos, é só escolher os que interessam para cada pessoa ou estratégia de investimento.
Fundos à la carte - UCITS (SICAV, OEIC, Unit Trusts, FCP) & US mutual funds

Fundos de Investimento, Mercados Financeiros, Gestão de Carteiras, Alternative Finance, FinTech
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2791
Registado: 10/5/2014 0:59

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 7/11/2016 21:41

Rick Lusitano (New) Escreveu:
VirtuaGod Escreveu:@chico_laranja - Como o Rick disse ele consegue ir buscar milhentos fundos mas apenas a cotação diária. Eu por outro lado apenas quero ir buscar "apenas" 100 fundos mas a cotação histórica TODA.

Embora o que o Rick faz me interesse pouco, na conversa telefónica com ele tive uma epifania. Como disseste e bem o ID é a chave para os fundos na morningstar. Estou já a criar um programa em R para ir buscar o histórico de cotações TODO com base "apenas" na ID :wink: Em breve partilharei aqui no fórum 8-)

O programa é ridiculamente simples como podes imaginar, o problema foi apenas saber onde ir buscar os dados. Vai buscar à API da morningstar.com


E será que consegues se tiveres fundos offline? :wink:

Como exemplo, o teu Oddo Haut Rendement 2021... :mrgreen:

Ou se tiveres fundos que só existem noutros intermediários financeiros? (Nem todas pessoas são clientes do Best) :-"

Daí a fonte ser importante. Tendo acesso a esses milhares de fundos, é só escolher os que interessam para cada pessoa ou estratégia de investimento.


Assumo que a resposta às tuas questões será, Sim, Sim e Sim. Daqui a pouco já testo. Ora dá aí um mais estranho ainda que o Oddo sff. Preciso de ID morningstar, não do ISIN
Editado pela última vez por VirtuaGod em 7/11/2016 21:52, num total de 2 vezes.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Rick Lusitano (New) » 7/11/2016 21:46

VirtuaGod Escreveu:
Rick Lusitano (New) Escreveu:
VirtuaGod Escreveu:@chico_laranja - Como o Rick disse ele consegue ir buscar milhentos fundos mas apenas a cotação diária. Eu por outro lado apenas quero ir buscar "apenas" 100 fundos mas a cotação histórica TODA.

Embora o que o Rick faz me interesse pouco, na conversa telefónica com ele tive uma epifania. Como disseste e bem o ID é a chave para os fundos na morningstar. Estou já a criar um programa em R para ir buscar o histórico de cotações TODO com base "apenas" na ID :wink: Em breve partilharei aqui no fórum 8-)

O programa é ridiculamente simples como podes imaginar, o problema foi apenas saber onde ir buscar os dados. Vai buscar à API da morningstar.com


E será que consegues se tiveres fundos offline? :wink:

Como exemplo, o teu Oddo Haut Rendement 2021... :mrgreen:

Ou se tiveres fundos que só existem noutros intermediários financeiros? (Nem todas pessoas são clientes do Best) :-"

Daí a fonte ser importante. Tendo acesso a esses milhares de fundos, é só escolher os que interessam para cada pessoa ou estratégia de investimento.


VirtuaGod Escreveu:Vai buscar à API da morningstar.com


Assumo que a resposta às tuas questões será, Sim, Sim e Sim. Daqui a pouco já testo. Ora dá aí um mais estranho ainda que o Oddo sff. Preciso de ID morningstar, não do ISIN


Checka a tua cx de mail...
Fundos à la carte - UCITS (SICAV, OEIC, Unit Trusts, FCP) & US mutual funds

Fundos de Investimento, Mercados Financeiros, Gestão de Carteiras, Alternative Finance, FinTech
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2791
Registado: 10/5/2014 0:59

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 7/11/2016 21:51

Pensava que sim, mas tens razão. Deixa lá. A gente ultrapassa isso mais cedo ou mais tarde :wink:
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Rick Lusitano (New) » 7/11/2016 23:14

Quando mentes brilhantes se juntam, geram resultados. :wink: :mrgreen:
Fundos à la carte - UCITS (SICAV, OEIC, Unit Trusts, FCP) & US mutual funds

Fundos de Investimento, Mercados Financeiros, Gestão de Carteiras, Alternative Finance, FinTech
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2791
Registado: 10/5/2014 0:59

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 8/11/2016 1:54

Deixo aqui o código para quem quiser e perceber um pouco. Fiz os comentários de forma mais informativa possível. Saquem o R e o RStudio e coloquem este código como script novo. Para correm o código é no botão de 'source', não é no 'run' (vocês vão perceber). Para exemplificar estou a ir buscar o histórico (completo) do Fidelity Consumer Industries (FCI), do Nordea Stable Return (NordeaSR) e do MFS Global Total Return (MFSTR). Caso queiram substituir via RStudio em vez de ser à pata usem o botão com a lupa. Basicamente são 5 passos. Demora-se uns 15 a 30 segundos a adicionar um fundo novo.

Como já tive oportunidade de dizer ao Rick o "na.locf" no passo 3 compatibiliza as cotações. Imaginemos que é feriado nos EUA e não na Europa (ou vice-versa). Não há este tipo de problemas em ETFs mas são importantes e normais em fundos. Às vezes um fundo não tem cotação num dia e o outro tem. Neste caso o script cria uma cotação nova com o valor do dia anterior, como se simplesmente o fundo tivesse fechado (o que é verdade). Caso queiram os valores sem tratamento apaguem o passo 3 (ou transformem-o em comentários se quiserem usar no futuro).

Código: Selecionar todos
# A primeira vez que correrem o script instalem o pacote quantmod. Tirem o '#' da linha 3,
# corram o script depois voltem a pôr o #
#install.packages("quantmod")

## Initial script commands ##
library(quantmod) # Carrega o pacote Quantmod na presente sessão

# Passo 0: # Coloquem o directório onde estão a trabalhar. Este é o meu.
setwd("C:/Users/a/Dropbox/_Programacao/R/Web_Scraping")

rm(list = ls()) # Clears the environment (R objects) # Não mexam nesta linha

## Passo 1: Ler histórico completo dos fundos. Façam copy/paste para criar um novo fundo
# Deêm um nome/abreviação para o identificar e alterem o link apenas no id= com o id
# morningstar do fundo
FCI <- read.csv2(url("https://lt.morningstar.com/api/rest.svc/timeseries_price/okhysb8aoh?id=F0GBR04EAN&currencyId=BAS&idtype=Morningstar&frequency=daily&startDate=12/31/1900&outputType=CSV"))
NordeaSR <- read.csv2(url("https://lt.morningstar.com/api/rest.svc/timeseries_price/okhysb8aoh?id=F0GBR067EZ&currencyId=BAS&idtype=Morningstar&frequency=daily&startDate=12/31/1900&outputType=CSV"))
MFSTR <- read.csv2(url("https://lt.morningstar.com/api/rest.svc/timeseries_price/okhysb8aoh?id=F0GBR05ZUY&currencyId=BAS&idtype=Morningstar&frequency=daily&startDate=12/31/1900&outputType=CSV"))

## Passo 2: Eliminar uma coluna extra/desnecessária/vazia que aparece na importação
# do histórico. Copy/paste. Ponham o mesmo nome que usaram no passo 1
FCI <- FCI[, 1:2]
NordeaSR <- NordeaSR[, 1:2]
MFSTR <- MFSTR[, 1:2]

## Passo 3:Fazer na.locf(merge) para compatibilizar as cotações. Copy/paste da linha
# 36 e mudar o nome para o fundo novo como no passo 2
date <- data.frame(FCI$date) # Não mexer
colnames(date) <- paste("date") # Não mexer

NordeaSR <- na.locf(merge(date, NordeaSR, by = "date", all.x = TRUE))
MFSTR <- na.locf(merge(date, MFSTR, by = "date", all.x = TRUE))

## Passo 4: Fazer o R reconhecer as datas, dar o nome do fundo à coluna (senão chama-se
#'price') e fazer o R reconhecer as cotações como números. Façam copy paste de um dos
# 'paragrafos' e subtituam pelo novo nome
FCI$date <- as.Date(FCI$date, format = "%Y-%m-%d")
colnames(FCI) <- paste(c("Date", "FCI"))

NordeaSR$date <- as.Date(NordeaSR$date, format = "%Y-%m-%d")
colnames(NordeaSR) <- paste(c("Date", "NordeaSR"))
NordeaSR$NordeaSR <- as.numeric(NordeaSR$NordeaSR)

MFSTR$date <- as.Date(MFSTR$date, format = "%Y-%m-%d")
colnames(MFSTR) <- paste(c("Date", "MFSTR"))
MFSTR$MFSTR <- as.numeric(MFSTR$MFSTR)

## Passo: 5: Juntar (tudo) num objecto/data.frame de nome Cotacoes.
# Copy/paste e substituir
Cotacoes <- merge(FCI, NordeaSR)
Cotacoes <- merge(Cotacoes, MFSTR)

## Exporta as cotações para um ficheiro .CSV Não precisam de mexer aqui
write.table(Cotacoes, "Cotacoes.csv", row.names = F, col.names = T, sep = ";")

# xts(). Quando perceberem de R vão entender o que isto faz. Entretanto deixem como
# comentário. O ficheiro .CSV com as cotações todas já deve ter sido criado no passo 6
# Não se esqueçam de fazer substituir . por , no excel para ele reconhecer os números
#Cotacoes <- xts(Cotacoes[2:4], order.by = Cotacoes[, 1])

P.S. Só dá para fundos que estão no site do BEST. Se souberem de outro banco que disponibilize as cotações dos fundos como o Banco BEST faz, indo ao site e clicando em 'exportar', avisem-me que eu analiso a possibilidade de automatização de download.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Mini Tutorial de Recolha de Cotações Diárias

por Rick Lusitano (New) » 8/11/2016 3:06

Mini Tutorial de Recolha de Cotações Diárias

Até é fácil para quem percebe um pouco da lógica da programação. Quem tiver muitos fundos, vai ter dar á la pata, para colocar no script, os fundos todos que pretende ter as cotações diárias. Mas é só uma vez na vida. :lol:


Substituir um dos fundos do script:

Para substituir um dos fundos do script, substituindo um dos tickers já existente, usando por exemplo, o Fidelity Gl Consmr Industries A-EUR.


Dica 1: Colocar o ticker Morningstar que cada fundo tem, aonde diz no Passo 1, por exemplo:

id=F0GBR04EAN



Para quem não sabe aonde está o ticker Morningstar, é tirar o ticker do URL da própria página do fundo: :wink:




Dica 2: Nos vários passos, mudar para umas letras á vossa escolha para identificar o novo fundo, aonde diz: (chamo a isto, ticker do VG)

FCI





Adicionar um novo fundo no script:

Copiando uma linha do URL de um fundo que já existe, criando um novo histórico de cotações:

FCI <- read.csv2(url("https://lt.morningstar.com/api/rest.svc/timeseries_price/okhysb8aoh?id=F0GBR04EAN&currencyId=BAS&idtype=Morningstar&frequency=daily&startDate=12/31/1900&outputType=CSV"))



Dica 3: Substituir o ticker antigo pelo novo (ver Dica 1)

Dica 4: Substituir o ticker do VG pelo vosso novo (ver Dica 2)
Fundos à la carte - UCITS (SICAV, OEIC, Unit Trusts, FCP) & US mutual funds

Fundos de Investimento, Mercados Financeiros, Gestão de Carteiras, Alternative Finance, FinTech
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2791
Registado: 10/5/2014 0:59

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por chico_laranja » 8/11/2016 13:16

E porque não usar o ticker bloomberg dentro do vosso código?

Em vez de FCI usariam FIDCIFELX

Tem várias vantagens:
- Ticker tem tamanho fixo (7 caracteres+2 de país de domiciliação, neste caso LX = Luxemburgo)
- Em tabelas grandes poderiam mais tarde sem querer criar 2 tickers iguais e iam ter comportamentos inesperados no script e é daqueles erros que pode demorar a descobrir
- O ticker ter tamanho fixo facilita no código pois linhas ficam alinhadas usando editores com tipo de letra monospaced.
- Têm uma Base de dados gigante de tickers que tem coerência (assumo que a bloomberg tem regras para a criação de tickers e não são criados com um gato a passear em cima do teclado)
- Em debug simples para fazer prints de tabela em ambiente consola é tudo mais simples se tiver tamanho fixo para ter colunas alinhadas.
- Não há processos criativos na criação de tickers novos pois um mesmo fundo já tem uma dúzia de tickers não é preciso criair ainda o ticker VirtuaGod (temos que pensar em grande. Quem sabe se o vosso futuro não passará por aqui e isto não atinja uma escala global :D)
Ao fim de semana o tempo é para o mercado dos afectos para com a cara metade e com os filhos .
Uma vez que o meu tempo disponível para o acompanhar o fórum é mínimo, se precisarem de algo da minha parte mandem PM que tento passar por cá.
Um abraço e bons investimentos.
 
Mensagens: 1341
Registado: 29/11/2007 2:37
Localização: Avanca

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por chico_laranja » 8/11/2016 13:25

Vamos agora às questões técnicas.

Esse script suporta adicionar um fundo com histórico de a ano com outro de 2 anos?

Que valor assume para as cotações do fundo que ainda não existia?

Estas questões servem para o óbvio: preparar chão para os típicos cálculos usados: rácios, correlações, etc.....
Ao fim de semana o tempo é para o mercado dos afectos para com a cara metade e com os filhos .
Uma vez que o meu tempo disponível para o acompanhar o fórum é mínimo, se precisarem de algo da minha parte mandem PM que tento passar por cá.
Um abraço e bons investimentos.
 
Mensagens: 1341
Registado: 29/11/2007 2:37
Localização: Avanca

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por chico_laranja » 8/11/2016 13:39

Deduzo que o mestre do R já tenha isto debaixo de olho (ou em uso activo)
https://cran.r-project.org/web/packages ... lytics.pdf
Ao fim de semana o tempo é para o mercado dos afectos para com a cara metade e com os filhos .
Uma vez que o meu tempo disponível para o acompanhar o fórum é mínimo, se precisarem de algo da minha parte mandem PM que tento passar por cá.
Um abraço e bons investimentos.
 
Mensagens: 1341
Registado: 29/11/2007 2:37
Localização: Avanca

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 8/11/2016 15:49

Post 1: Estás a pensar como programador. Nada de errado. É mais funcional do que eu faço mas para uso preciso de saber qual os fundos. FIDCIFELX não me diz nada, FCI sim. O que o Rick chamou de 'código VG' não é mais do que uma simples identificação que EU uso para EU identificar os fundos já há vários anos quando apenas usava Excel. Cada pessoa pode (e deve) usar o seu próprio 'código'. Se quiseres usar o da bloomberg estás à vontade :wink: Sabes bem que a personalização é uma das grandes vantagens de programação.

Post 2: Em anexo (em baixo) o printscreen do meu PC onde podes ver a resposta à tua questão (com o excel a sobrepor o RStudio). Quando analiso uma carteira (mesmo quando foi com o ETFs) tenho uma linha de código fulcral. Crio um objecto de nome "Begin_End" deste género:

Begin_End <- "2006-11-05/2016-11-05"

Como apercebes facilmente é a data de inicio e fim da carteira/portefólio. Obviamente só podes analisar a carteira se os activos existirem. Se eu quisesse analisar uma carteira com os 4 fundos que tenho na imagem em anexo teria de começar sempre depois de 20/04/2007 porque só ai é que os 4 fundos existiam. Um Begin_End <- "2007-04-20/2099-12-31" analisaria todo o histórico dos fundos até à data presente, sem se desactualizar.

P.S. Tenho muito orgulho no Begin_End não só porque é importante e facilita a vida mas principalmente foi mesmo desenvolvido por mim/ideia minha :mrgreen: A maioria do pessoal deixa as datas perdidas no meio do código não percebo bem pk, uma vez que se pode usar um objecto simples logo no topo para alteração rápida das datas.

Post 3: A questão é que não sou mestre de nada (nem de finanças sou pk não fiz a tese :mrgreen: :-$ ). Ainda agora estava a dizer a uma amiga o quanto estou espantado com o que consigo fazer com o pouco que sei (nem sei fazer um bom 'for loop'). Conseguir fazer tudo isto quando só comecei a estudar a linguagem há 4 meses apenas mostra o poder e simplicidade de R. Não tenho muito crédito, acredita. Percebo o código e "roubo"/"adapto" muito código de livros/blogs. Se me pedisses para fazer um algoritmo que fizesse X e Y muito provavelmente não conseguiria. A minha questão é o que eu conseguirei fazer daqui a 5 anos, se em tão pouco tempo avancei tanto.

Em relação à questão que fizeste vai ler as Fontes e Notas no final do meu post de "Com que periodicidade devemos rebalancear?"
Anexos
Capture.PNG
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por chico_laranja » 8/11/2016 18:42

VirtuaGod Escreveu:Post 1: Estás a pensar como programador. Nada de errado. É mais funcional do que eu faço mas para uso preciso de saber qual os fundos. FIDCIFELX não me diz nada, FCI sim. O que o Rick chamou de 'código VG' não é mais do que uma simples identificação que EU uso para EU identificar os fundos já há vários anos quando apenas usava Excel. Cada pessoa pode (e deve) usar o seu próprio 'código'. Se quiseres usar o da bloomberg estás à vontade :wink: Sabes bem que a personalização é uma das grandes vantagens de programação.

Post 2: Em anexo (em baixo) o printscreen do meu PC onde podes ver a resposta à tua questão (com o excel a sobrepor o RStudio). Quando analiso uma carteira (mesmo quando foi com o ETFs) tenho uma linha de código fulcral. Crio um objecto de nome "Begin_End" deste género:

Begin_End <- "2006-11-05/2016-11-05"

Como apercebes facilmente é a data de inicio e fim da carteira/portefólio. Obviamente só podes analisar a carteira se os activos existirem. Se eu quisesse analisar uma carteira com os 4 fundos que tenho na imagem em anexo teria de começar sempre depois de 20/04/2007 porque só ai é que os 4 fundos existiam. Um Begin_End <- "2007-04-20/2099-12-31" analisaria todo o histórico dos fundos até à data presente, sem se desactualizar.

P.S. Tenho muito orgulho no Begin_End não só porque é importante e facilita a vida mas principalmente foi mesmo desenvolvido por mim/ideia minha :mrgreen: A maioria do pessoal deixa as datas perdidas no meio do código não percebo bem pk, uma vez que se pode usar um objecto simples logo no topo para alteração rápida das datas.

Post 3: A questão é que não sou mestre de nada (nem de finanças sou pk não fiz a tese :mrgreen: :-$ ). Ainda agora estava a dizer a uma amiga o quanto estou espantado com o que consigo fazer com o pouco que sei (nem sei fazer um bom 'for loop'). Conseguir fazer tudo isto quando só comecei a estudar a linguagem há 4 meses apenas mostra o poder e simplicidade de R. Não tenho muito crédito, acredita. Percebo o código e "roubo"/"adapto" muito código de livros/blogs. Se me pedisses para fazer um algoritmo que fizesse X e Y muito provavelmente não conseguiria. A minha questão é o que eu conseguirei fazer daqui a 5 anos, se em tão pouco tempo avancei tanto.

Em relação à questão que fizeste vai ler as Fontes e Notas no final do meu post de "Com que periodicidade devemos rebalancear?"


VG o que chamas vantagem, com o evoluir da ferramenta passa a anarquia :)

Funciona de forma excelente até 30-40 fundos e em que tens o contexto completo (basicamente quando estás a fazer para ti). Quando passares a centena de fundos ou usares a ferramenta para outra pessoa, como por exemplo em uso profissional, já te trocarás todo e há a possibilidade de fazeres dupla atribuição e até te aperceberes disso perdes dias se não for detectado no momento em que a crias.

Eu não sou bem programador pois, como já no passado indiquei, trabalho em mais baixo nível: microelectrónica: VHDL e FPGAs (FPGAs esses que no meu caso estão dedicados às telecomunicações mas noutros meandros são usados para as supermáquinas de HFT :evil: )
Ao fim de semana o tempo é para o mercado dos afectos para com a cara metade e com os filhos .
Uma vez que o meu tempo disponível para o acompanhar o fórum é mínimo, se precisarem de algo da minha parte mandem PM que tento passar por cá.
Um abraço e bons investimentos.
 
Mensagens: 1341
Registado: 29/11/2007 2:37
Localização: Avanca

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 8/11/2016 19:37

Chico concordo contigo. Se fosse para fazer uma mega implementação usaria dessa forma. Provavelmente usaria até os ISINs e depois fazia facilmente as ligações via VLOOKUP em excel etc etc. Vocês (tu e o rick) estão a pensar em mega projectos. Eu é um passito de cada vez. Ainda por cima, isto é feito para mim. Não para implementação industrial. 50 fundos max. Os do excel para backtest são menos de 30 e talvez aumente uns quantos agora, mas em princípio manterei abaixo de 50.

O R, por enquanto, para mim tem sido um MEGA excel. Muito mais simples de usar para fazer o que quero (independentemente de ter perdido meses a aprender e se calhar se tivesse perdido o mesmo tempo em excel ia dar ao mesmo :mrgreen: ). Para já mantenho os 'tickers VG' porque o programa é meu :lol: Quem quiser que mude :mrgreen:

Devido ao excelente RStudio demoraria 5 segundos por fundo a mudar os tickers (dos 'tickers VG' para os ISIN por exemplo). Demoraria esse mesmo tempo a descobrir onde estava um erro de "dupla atribuição".

P.S. Os IDs da morningstar tb funcionavam porreiro para os tickers. Principalmente como já estão no link seria ridiculamente simples alterar. Nem precisa de pesquisar outro ticker, como o ISIN ou o da bloomberg. O ID da morningstar JÁ está no código.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por chico_laranja » 9/11/2016 12:16

VirtuaGod Escreveu:
P.S. Os IDs da morningstar tb funcionavam porreiro para os tickers. Principalmente como já estão no link seria ridiculamente simples alterar. Nem precisa de pesquisar outro ticker, como o ISIN ou o da bloomberg. O ID da morningstar JÁ está no código.


Essa é a jogada inteligente a fazer :twisted:
Ao fim de semana o tempo é para o mercado dos afectos para com a cara metade e com os filhos .
Uma vez que o meu tempo disponível para o acompanhar o fórum é mínimo, se precisarem de algo da minha parte mandem PM que tento passar por cá.
Um abraço e bons investimentos.
 
Mensagens: 1341
Registado: 29/11/2007 2:37
Localização: Avanca

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por nabo » 10/11/2016 16:38

Boa tarde,


Gostaria de colocar questões de novato.

Qual é a rentabilidade média desta estratégia de baixo risco? Que tipo de fundos usam?

Obrigações e acções? Proporção que deve ser usada de cada? 25 a 30% de acções e o restante obrigações?

Para uma carteira pequena entre 30 a 40k compensa esta estratégia? Ou mais vale por tudo em CTPM e ter os 2.25% anualizados no final dos 5 anos? No caso de compensar esta estratégia podiam dar um exemplo de carteira com apenas 2 ou 3 fundos?

Desculpem a quantidade de questões mas como o tópico já tem quase 300 páginas é difícil localizar esta informação mais especifica para pequeno investidor.

Desde já o meu muito obrigado.
 
Mensagens: 31
Registado: 29/11/2007 10:53
Localização: PARCEIROS S. JOAO

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por chico_laranja » 11/11/2016 13:17

NABO

Tens várias diferenças entre CTPM e estas carteiras.

1º - nos CTPM tens 1 ovo numa única cesta. Se ela cai.......... Nos fundos... um fundo é ter 100 ovos espalhados pelo chão. Mesmo que 1 seja calcado sobram muitos ovos e a perda é diluída.
2º - nos CTPM temos algo tipo depósitos a prazo: valor sempre igual e na data X caem os juros. Nos fundos tens algo "vivo" que todos os dias varia de valor. Isto faz com que a pessoa tenha tendência a vir espreitar as cotações diárias e possa de vez em quando ter ataques de pânico ou euforia. Estás mentalizado para isso?
3º - Há diferenças grandes de fiscalidade
4 - Nos CTPM, se nada de anormal acontece, tens um rendimento que sabes à partida qual é. Nos fundos só sabes passado mas não sabes o futuro. Nos últimos 30 anos pode ter dado algo como 3-5% anualizado bruto em média mas nos próximos 5 vai dar isso? Nesses 30 anos houve certamente blcos de 5 anos dourados mas outros terão sido fel e vinagre. Quem investiu em 2009, no pós crash, ganhou muito mas quem investiu em 01/01/2004 viu o dourado no arranque do 4º ano evaporar todo e poderá até ter entrado em perdas.

Os 30-35% Acções/Obrigações é uma abordagem próxima da fronteira eficiente.... relação risco benefício maximizada... com dados em histórico... nunca esquecer esta parte. Esta optimização se por um lado baixa o risco da carteira também corta retorno potencial.... é uma balança.

Eu diria que para ter uns 3-4% líquidos nos próximos 5 anos, e com uma margem de erro potencial gritante até porque os tempos são novos (Trump, Brexit, Migrações, abrandamento da China, fim do Boom de 30 anos das obrigações) e o passado pode enganar, terás que ter algo entre os 25%-30% de acções e o resto em obrigações.

Depois é essencial o rebalancear da carteira como podes verificar nesta ou na página anterior.

Carteiras possíveis terás uma imensidão delas. Depende do banco que usas.

Com os 30-40k que falas não há restrições ao nível de subscrição pelo que algo como o MFS Global Equity para acções e o PIMCO Global Bond serão pontos de partida interessantes.

Agora depende também do que procuras: Mais lucro aceitando perdas potenciais maiores/Risco? O inverso?

Convém ambientares-te um pouco aos fundos antes de meter "a carne toda no assador".

Já ficas com um cheirinho do que pode aparecer e quero é que tenhas dúvidas pois é sinal que estás interessado.
Ao fim de semana o tempo é para o mercado dos afectos para com a cara metade e com os filhos .
Uma vez que o meu tempo disponível para o acompanhar o fórum é mínimo, se precisarem de algo da minha parte mandem PM que tento passar por cá.
Um abraço e bons investimentos.
 
Mensagens: 1341
Registado: 29/11/2007 2:37
Localização: Avanca

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Mouro_Emprestado » 11/11/2016 14:28

VirtuaGod Escreveu:Mouro_Emprestado ora testa aí para 90/10 sff (90% obrigações).


Se tiver tempo no fim-de-semana, faço isso (ainda assim acho que é um peso excessivo em obrigações...)
 
Mensagens: 379
Registado: 13/9/2013 0:16

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 11/11/2016 16:42

Mouro_Emprestado Escreveu:
VirtuaGod Escreveu:Mouro_Emprestado ora testa aí para 90/10 sff (90% obrigações).


Se tiver tempo no fim-de-semana, faço isso (ainda assim acho que é um peso excessivo em obrigações...)

Eu tb mas a matemática está lá. Vou colocar se calhar ainda hoje uma análise. A carteira 10/90 (MFS Global Equity/Pimco Global Bond) desde 31-12-2007 teve uma performance(ajustada ao risco) impressionante :shock: Por alguma coisa foi a carteira com maior Sharpe neste período 8.8 anos!!
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Mouro_Emprestado » 11/11/2016 17:25

VirtuaGod Escreveu:
Mouro_Emprestado Escreveu:
VirtuaGod Escreveu:Mouro_Emprestado ora testa aí para 90/10 sff (90% obrigações).


Se tiver tempo no fim-de-semana, faço isso (ainda assim acho que é um peso excessivo em obrigações...)

Eu tb mas a matemática está lá. Vou colocar se calhar ainda hoje uma análise. A carteira 10/90 (MFS Global Equity/Pimco Global Bond) desde 31-12-2007 teve uma performance(ajustada ao risco) impressionante :shock: Por alguma coisa foi a carteira com maior Sharpe neste período 8.8 anos!!


A meu ver, e posso estar totalmente errado, teres uma carteira concentrada em obrigações mundiais poderá depender mais do par EUR/outras moedas do que dos activos em si.

Basta ao EUR ter desvalorizado face a um cabaz de outras moedas nestes últimos 10 anos (por exemplo o EUR/USD estava a 1.2840431952 há 10 anos atrás), para essa análise temporalmente limitada poder ficar demasiado enviesada.
 
Mensagens: 379
Registado: 13/9/2013 0:16

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 11/11/2016 19:04

Mouro_Emprestado Escreveu:
VirtuaGod Escreveu:A meu ver, e posso estar totalmente errado, teres uma carteira concentrada em obrigações mundiais poderá depender mais do par EUR/outras moedas do que dos activos em si.

Basta ao EUR ter desvalorizado face a um cabaz de outras moedas nestes últimos 10 anos (por exemplo o EUR/USD estava a 1.2840431952 há 10 anos atrás), para essa análise temporalmente limitada poder ficar demasiado enviesada.


O Pimco GB tem hedge cambial. O que ele se mexe diáriamente dá para ver bem que não leva com as variações cambiais. Está completamente em linha com as variações de mercados obrigacionistas. De qualquer das formas uma carteira 10/90 foi a que teve melhor performance ajustada ao risco desde 2007-12-31. É uma optimização matemática do passado. Ora todos sabemos que as bonds tiveram uma performance fenomenal, coisa que não se repetira num futuro próximo daí os meus "cálculos" que 70/30 deverá estar mais próximo de um valor que poderá apresentar bom retorno/risco no futuro :wink:

Vou começar agora a escrever o post da carteira 10/90. Logo vês a boa performance/risco que teve :wink:

P.S. Tb testei SPY/AGG aí para trás e deu o mesmo resultado +/- e aí não há situação cambial. Tenho que fazer um agregador destes posts mais sumarentos em termos de informação que é para não se perder no meio das 300 páginas :mrgreen:
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 11/11/2016 20:35

Mouro_Emprestado Escreveu:A meu ver, e posso estar totalmente errado, teres uma carteira concentrada em obrigações mundiais poderá depender mais do par EUR/outras moedas do que dos activos em si.

Basta ao EUR ter desvalorizado face a um cabaz de outras moedas nestes últimos 10 anos (por exemplo o EUR/USD estava a 1.2840431952 há 10 anos atrás), para essa análise temporalmente limitada poder ficar demasiado enviesada.


Aqui tens o teste em Portfolio Visualizer de SPY/AGG desde 2008 a 2015 (incluindo ambos os anos). É a versão americanizada dos fundos/activos que uso no post anterior. Em tudo comparável (desvio padrão e rentabilidade). Não tem qualquer risco de câmbio envolvido. Recomendo a visão dos "data points" também.

https://www.portfoliovisualizer.com/efficient-frontier?s=y&mode=2&assetClass1=TotalStockMarket&assetClass2=LongTermBond&symbol1=SPY&symbol2=AGG&startYear=2008&endYear=2015&fromOrigin=true
Editado pela última vez por VirtuaGod em 12/11/2016 4:46, num total de 6 vezes.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: caralmeida030267, Dc team, fgomes, Francisco Miguel, Google Feedfetcher, HENDIXS, jlmt, Kathy, lfhm83, LoneWolf, MSN [Bot], pattern e 49 visitantes