Poker e Bolsa, o que os une?

Colecção de Artigos Didácticos do Caldeirão de Bolsa.

Poker e Bolsa, o que os une?

por Ulisses Pereira » 30/5/2011 15:57

Como comentador na Sic Radical, Fox e TVI do European Poker Tour, Latin American Poker Tour e Asian Pacific Poker Tour, estou numa posição privilegiada para estabelecer paralelismos entre o Poker e a Bolsa.

Confesso que, há mais de 2 anos, tinha pensado escrever um artigo sobre o tema mas o facto do poker estar ainda com uma conotação negativa, fez-me refrear os ânimos.

Felizmente, mudaram-se as mentalidades, o Poker é hoje um fenómeno mundial e um jogo muito popular e transversal em toda a sociedade. Não vou entrar aqui na discussão se a Bolsa é um jogo ou não. O que é claro para mim é que o "trading" e o poker têm muito em comum.

"Money management": Por grandes qualidades que um "trader" ou um jogador de Poker tenha, se não souber gerir correctamente a percentagem do capital que coloca em cada negócio ou em cada jogo de poker, basta uma série de maus negócios ou maus jogos para destruir o seu capital. Este é um dos aspectos menos mediáticos da Bolsa e do Poker mas, provavelmente, um dos mais importantes.

A capacidade de ficar de fora: Por mais estranho que possa parecer, em Bolsa, a capacidade de não negociar e ficar de fora à espera de boas oportunidades é um factor importante para o sucesso. No poker, não ceder à tentação de estar sempre em jogo, acaba por ser muito importante, sobretudo para quem está a dar os primeiros passos no poker.

Probabilidades: Muito além da imagem de um jogo de "bluff", o Poker é, sobretudo, um jogo de probabilidades e quem não as dominar dificilmente poderá ter sucesso ao mais alto nível. Para quem negoceia com base na análise técnica, o mercado de capitais é visto sob uma abordagem probabilística, medindo cenários, suportes, resistências e rácio da expectativa de ganhos e perdas.

Decisões sobre pressão:
A capacidade de decidir, em momentos de grande pressão, é uma das características comuns aos grandes "traders" e jogadores de poker. Aqui entram todas as questões psicológicas decisivas para um bom desempenho, como a confiança, a concentração e a capacidade de abstracção da importância do momento.

Disciplina: É verdade que, muitas vezes, os grandes negócios ou as grandes jogadas de "poker" resultam quase de momentos de génio mas, na esmagadora maioria das vezes, o "trading" e o "poker" têm menos génio e "glamour" do que as pessoas imaginam. A maior parte dos ganhos vem de uma disciplina rigorosa que tenta eliminar, ao máximo, decisões extemporâneas. O objectivo não é a diversão, mas sim ganhar dinheiro.

Stops: Como sabem, sou um defensor acérrimo do uso de "stops" nos mercados de capitais. No Poker, o uso dos "stops" é também fundamental. É importante que os jogadores estabeleçam limites máximos de perda, de forma a que abandonem as sessões quando esses limites são alcançados. É uma forma de preservar o equilíbrio emocional, algo sempre difícil de conseguir em dias em que tudo parece estar contra nós.

Ajustamento em função do ambiente: "Traders" e jogadores de poker têm que ser autênticos camaleões para se poderem adoptar às condições do que os rodeia. Um mercado lateral exige uma estratégia diferente por parte de um "trader" do que um mercado tendencial. Uma acção mais volátil exige estratégias diferentes do que uma acção mais tranquila. Numa mesa de poker, essa adaptação é também decisiva, em função da qualidade dos jogadores adversários e de outras características como serem mais ou menos agressivos.

A capacidade de assumir os erros: Quem não admite errar jamais deveria investir em Bolsa ou jogar Poker a sério. O erro faz parte do processo e a capacidade de o admitir, mesmo perdendo dinheiro, é um factor crítico de sucesso em ambas as actividades.

A leitura dos restantes actores: Perceber para onde se move a multidão, os "insiders" e o "smart money" ajuda muito na tomada de decisões em Bolsa. No Poker, perceber o padrão das apostas dos adversários e as suas características são essenciais para tomarmos as melhores decisões. No fundo, Bolsa e Poker têm muito de "mind games", o que as tornam em duas actividades tão interessantes intelectualmente.

Na Bolsa, como no Poker, nem sempre precisamos de ter a melhor mão (acção) para vencermos.

Ultrapassei já o tamanho recomendado para o artigo. E soube-me a pouco. Acabei por não desenvolver em profundidade nenhum dos aspectos e ficaram tantos por enumerar. As paixões são assim, sabem-nos sempre a pouco.

Ulisses
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 29187
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

por carf2007 » 9/6/2011 23:12

...
"Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos." Shakespeare
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3051
Registado: 9/3/2007 23:32
Localização: Planeta Terra

por andre.p » 10/6/2011 0:36

Ulisses, sabes a que dias dão os torneios na TV?

Cumps
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 334
Registado: 9/11/2008 23:27

por Ulisses Pereira » 11/7/2011 14:06

Que torneios, André?

Um abraço,
Ulisses
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 29187
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

por AceOnTheRiver » 15/3/2012 19:47

Boa tarde a todos,

Apesar de acompanhar regularmente o caldeirão, este artigo obrigou-me a fazer o registo e a participar.

Quero dar os meus parabéns ao Ulisses por esta comparação entre poker e bolsa.

O Poker e a Bolsa são as minhas 2 grandes paixões (para alem da minha mulher, claro).

E concordando com o Ulisses penso que muito do que faz um bom jogador de poker faz um investidor de sucesso: capacidade de análise, paciência e disciplina.

Pessoalmente, quer no poker quer na bolsa, aprendi estas lições da melhor maneira possivel: perdendo dinheiro.

Iniciei-me no poker com uma pequena conta num famoso e popular site com $50 e após alguns meses de ganhos modestos, consegui um honroso e lucrativo 3º lugar num torneio e vi a minha conta ficar recheada com $1300. Nessa altura a minha inexperiência fez-me quebrar as minhas regras pré-estabelecidas e com um mau bankroll management e muita arrogancia perdi rapidamente $500. Felizmente parei para pensar... larguei o poker durante 1 mês e retomei o meu percurso de relativo sucesso.

Também na bolsa comecei com uma pequena carteira após leitura do "Ganhar em Bolsa" e seguindo todas as boas práticas (e aproveitando um Bull Market) a carteira foi engordando com investimentos no PSI20. Aí mais uma vez a ganância, a inexperiência e a arrogância de ganhador tomaram conta de mim.Uns investimentos mais arriscados no NASDAQ bem como uma incursão no mundo dos warrants deram-me uma valente tareia. Mais uma vez fui obrigado a parar para reflectir e em boa altura o fiz, se não todos os ganhos pacientemente acumulados teriam sido perdidos.

A lição que tirei é que no Poker como na Bolsa (como na vida) se não nos questionarmos se acharmos que os nossos insucessos são culpa das cartas ou dos mercados, se não questionarmos a nossa estratégia de jogo ou investimento, acabamos eventualmente a zeros.

Um abraço e um obrigado a todos os que participam neste forum.
 
Mensagens: 4
Registado: 15/3/2012 18:03
Localização: 17

por helderfg » 24/3/2012 1:02

Aprender lendo....Uma das conclusões que posso tirar após algum tempo a navegar por este fórum.

Obrigado.
 
Mensagens: 17
Registado: 15/2/2012 22:37
Localização: 16

Re: Poker e Bolsa, o que os une?

por pvg80713 » 22/2/2014 19:18

entrei na Bolsa com o objectivo de fazer dinheiro.

não consegui...

entrei no Poker com o objectivo de me divertir.

nao consigo, porque a minha mulher acha que é um mau exemplo para os filhos.........
 
Mensagens: 4190
Registado: 19/4/2005 11:11

Re: Poker e Bolsa, o que os une?

por kony » 7/4/2014 23:21

Olá Ulisses,

Antes de mais não posso deixar de te dar os parabéns pelos excelentes comentários no EPT e também no big game (o que é feito deste programa?) Tu e o João Nunes fazem uma excelente dupla.

Escrevo aqui apenas para dizer que me identifico muito com o que escreves, já que também sou jogador de Poker online, mas de pequena dimensão (NL25) :)
Quanto à bolsa, é algo que me fascina, apesar de estar fora há bastante tempo, basicamente desde o 2009. Ainda andei um pouco pelo forex, mas depois parei de vez e dediquei todo o tempo ao poker.

Entretanto acho que é altura de voltar, os mercados estão a subir e é uma boa altura para retomar, vamos lá ver no que dá. Eu não sou um analaista técncico puro, gosto de misturar análise técnica com a fundamental. Basicamente pretendo utilizar a análise fundamental para escolher as empresas a investir e a análise técnica para ajudar a definir os pontos de entrada e saída.

Também aqui sou um pequeno investidor, mas mais próximo do mercado americano, principalmente devido ao facto de haver muito mais informação sobre as empresas que negoceiam lá e também devido à grande parte das maiores e melhores empreses serem americanas.
Afina de contas, se eu quiser negoicar ações no mercado alemão ou inglês, fica mais caro do que na NYSE.

Enfim, ando a retomar o estudo e a definir a estratégia para tentar ter algum sucesso nisto:)

Se tiveres algum conselho, será sempre bem-vindo.

:)
Editado pela última vez por kony em 7/4/2014 23:25, num total de 1 vez.
 
Mensagens: 14
Registado: 26/7/2008 2:04
Localização: 14


Quem está ligado:
Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante