Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 19/8/2022 18:25

A escala horária acaba também por disparar uma ordem de compra oscilatória às 18h 20m, abrindo uma nova posição longa ao preço limite de 4237 Usd / contrato., corrigindo assim uma ordem idêntica que não foi atingida há 2 dias atrás.

O que obriga a carteira do S&P 500 a subir o seu nível de risco para +281 %.

BN


S&P 500 20220819 NM 1H_A.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 1H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 19/8/2022 20:19

Também sucedeu situação semelhante na escala 2H, com a tendência ascendente a ceder para negativa no final da barra que terminava às 20 horas de hoje, através duma venda ao mercado a 4224 Usd / contrato.

Este facto acabou por dar origem a 3 trades diferentes:

A) Fecho das posições tendenciais longas na escala das 2 horas, com o resultado de +60 Usd / contrato (= 4224 - 4154 – 10 de comissões).

B) Abertura duma nova posição curta na escala 2H.

C) Fecho ao mercado da posição oscilatória que se encontrava comprada na escala 30M, porque as duas escalas imediatamente acima (1H e 2H) passaram a deter tendências descendentes. O resultado do fecho desta posição longa oscilatória na escala dos 30 minutos deu origem a uma perda na carteira de -48 Usd / contrato (= 4224 - 4271 - 1 de comissões).

Temos assim que o risco positivo, ou de subida do índice S&P 500, diminui de forma um pouco abrupta, seguindo agora nos +205 %.

BN


S&P 500 20220819 NM 2H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 2H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 19/8/2022 22:03

Gostava já agora de fazer uma chamada de atenção para um tema um pouco lateral que não é mais que um erro muito comum nos traders que ainda se estão a iniciar nestas lides do trading, isto é válido quer para negócios tendenciais quer para oscilatórios.

Trata-se da forma como se pretende encerrar determinada trade, muitas vezes por teimosia ou orgulho próprio não se fecha determinado negócio ainda em aberto porque simplesmente o resultado vai dando um pequeno prejuízo, “vou esperar mais um pouco até o preço da venda superar o valor da compra, isto tem de ir lá ao meu preço para fechar com lucro”!

Pois, pois, várias das vezes estes tristes episódios acabam em infelizes e custosos arrependimentos, o preço de venda nunca mais chega e a cotação continua a baixar mais e mais.

O motivo do erro é muito simples: o preço de venda não tem nada a ver com o preço de compra, isso só conta para as estatísticas dos sucessos ou insucessos. Todos os sinais, sejam eles de compra ou venda, têm ou deveriam ter a ver apenas com as condições das regras estabelecidas onde estatisticamente se encontram as zonas teoricamente mais favoráveis para se abrir e fechar um determinado negócio. Apenas isso!

Havia até quem dissesse que um negócio só termina quando se vende. E um trader vai esperar anos e anos para despachar o papel quando a tal for obrigado por circunstâncias mandatórias e o prejuízo atingir já proporções monumentais?

Portanto, se as vossas regras ou análise ditam uma saída em determinada acção, mesmo que isso envolva uma pequena perda, saiam, mesmo que seja com uma ordem de stop-loss!

Os sistemas de trading que registam as maiores taxas de rentabilidade trabalham em geral com taxas de sucesso, ou relação entre trades vencedoras sobre trades totais, abaixo de 50%. O segredo deste tipo de regras, lidando com este tipo de sistemas de trading, está simplesmente no pequeno / grande detalhe em manter de forma constante a média das perdas em valor bastante mais baixa do que a média dos ganhos. A longo prazo a vossa carteira vai agradecer.

Tomem este princípio do parágrafo anterior como um conselho de amigo…



-----



Bem, isto hoje foi demais. Pela terceira vez durante a sessão o gráfico 1H acaba de disparar nova ordem, desta vez para interromper a tendência descendente para neutral mesmo na hora do fecho da sessão.

Tivemos assim às 21h uma ordem de compra ao mercado para encerrar uma posição curta tendencial ao preço de 4229 Usd / contrato.

Esta trade encerrou portanto um resultado positivo quase simbólico de +8 Usd / contrato (= 4237 - 4229 - 0 de comissões).

Como consequência a carteira S&P 500 irá entrar na próxima semana com uma exposição ao risco de +213 %, a continuar a aposta nas subidas do S&P 500.

BN


S&P 500 20220819 NM 1H_B.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 1H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por MNPTLIS » 20/8/2022 11:59

Este video retrata um pouco aquilo que já começa a ser evidente nos USA.

https://www.youtube.com/watch?v=ZSpSKeV_6LE

abraço
 
Mensagens: 399
Registado: 7/11/2014 12:30

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 21/8/2022 22:34

Mesmo no final da sessão da passada 6ª feira o EuroDollar disparou um sinal de inversão de tendência, de ascendente para descendente, na parte do gráfico diário.

Uma vez que o mercado Forex já se encontrava fechado, a operação de venda acabou por ser feita ao mercado apenas no dia de hoje pelas 21h 12m, ao preço de 1,0035 USD / EUR.

A venda neste caso implicou duas trades internas distintas:

A) Fecho da posição longa que vinha de trás na escala diária, com o resultado negativo de -1325 Eur / contrato (( = 1,0035 - 1,0300) x 50.000 Eur / contrato).

B) Abertura de nova posição curta na escala diária.

Dá para reparar que o prejuízo da operação longa encerrada é substancial. Fiquei preocupado?

Sim e não. Sim, porque o valor do prejuízo foi elevado e nenhum trader que se preze gosta disso. Não, porque esse risco foi consciente e faz parte das regras e do que pode suceder no trading, e não também porque na prática a carteira do EuroDollar possuía e possui outros contratos que se encontravam do lado curto do mercado, os que estão abertos na escala semanal, que compensam com lucros os prejuízos ocorridos na escala diária. Por isso nestes últimos dias a carteira do EUR/USD detinha um risco neutral, era indiferente que o par fosse para cima ou para baixo para influenciar qualquer mexida real na carteira do EuroDollar.

Evidentemente que agora já não é assim, com a abertura da nova posição curta diária o risco de exposição do conjunto passou a ser negativo no valor de -387 %, ou seja, se o EuroDollar descer 1% na próxima sessão a carteira específica do EURUSD ganhará 3,87%. Se o par vier para cima, pois, ficarei a “arder”! Mas são as regras e é assim que têm de ser cumpridas, quem segue e confia em sistemas de trading artilhados para estes mercados só tem de obedecer aos sinais disparados, mesmo sabendo que existem mais de 50% de probabilidades dos resultados futuros da trade serem negativos. Só que isso será tema de futura abordagem!

O que é uma certeza incontornável é que a trade longa agora fechada no par cambial foi a que registou o pior resultado na carteira conjunta desde que se iniciou este portfolio, not good.

BN


EURUSD 20220819 NM LP.png
EURUSD - Sistema de trading Nova Maquineta / Layout com escalas 1S + 1D





Acho piada que um dos foristas que muito respeito, e com o qual acabei por criar laços de amizade que sempre perduraram, refiro-me ao “rsacramento”, gosta de brincar comigo e chamar-me no fórum não de “Cem” mas sim de “Sem Stops”, pelo facto de ser conhecido por não gostar de usar sinais “stops” no meu trading.

Só que tal não corresponde à realidade porque possuo algumas pequenas contas de trading onde aplico sinais de stop: seja stops para entrada em trades como os respetivos sinais defensivos de stop-loss durante as posições abertas.

Resolvi por isso dar-vos a conhecer uma dessas sugestões bem interessantes.

Deixo então aqui por curiosidade uma dessas ideias de trading, que apresenta resultados bem interessantes mas que variam de papel para papel, só que quase todos com taxas de sucesso claramente positivas, que não é da minha autoria.

Trata-se dum método adaptado duma ideia de terceiros e que alterei ligeiramente nessa tal carteira que referi atrás, porque os testes detetaram pequenas melhorias nos rácios de sucesso desse método acrescido dessas pequenas alterações.

Donde apareceram estas regras? De vez em quando gosto de referir o nome dum trader lendário que foi 3 vezes campeão do mundo de trading profissional, o Larry Williams, exato, trata-se dum método desse trader de craveira excecional. Vale a pena avaliarem se a ideia pode ser aproveitada em vosso favor, eu aconselho-vos a não desperdiçar a sugestão!

Um dos livros que ele escreveu, o “Long-term secrets to short-term trading”, serviu-me de referência para várias ideias que mais tarde me forneceram alguma inspiração para desenvolver alguns dos sistemas de trading que mais tarde vim a desenvolver para mim próprio.

A parte mais inspiradora do referido livro baseia-se no tema do famoso capítulo 13 sobre money management mas existem também muitas sugestões nas partes dedicadas aos sinais do trading propriamente dito.

Um desses métodos que ele aplicou com bastante sucesso foi baseado no método das famosas barras de “smash”. Podem encontrar várias leituras sobre o tema na net se colocarem na pesquisa do browser o tema “smash trading”.

O que é isto duma barra “smash”? Trata-se duma barra em qualquer gráfico de escalas que goza de uma das seguintes 2 caraterísticas, que podem ser para preparar uma compra ou uma venda:

A) “Smash” de compra: o fecho da barra deve ser menor que o mínimo da barra anterior e o fecho deve ser menor que qualquer dos fechos nas 3 barras anteriores. Se tal acontecer estamos em presença duma “smash buy bar”: a condição de compra é colocar um stop buy em 1 tick acima do máximo da barra “smash buy bar” no final da sessão em que esta ocorrer. O “stop buy” só é válido para a barra seguinte, se o máximo dessa barra estiver acima da barra “smash” significa que a compra foi disparada. Se o máximo da barra seguinte não ultrapassar o máximo da barra “smash” o processo volta à estaca zero. A sequência ou o seguimento da trade pode ter várias variantes: ao entrar na trade o plano defensivo consiste em deixar uma ordem permanente de “stop-loss” de venda igual ao mínimo da barra “smash” até despachar os contratos comprados e há quem faça em seguida vários tipos de movimentos para sair. No primeiro há quem siga um movimento tipo SAR ou “stop and reverse” mas no meu caso achei resultados mais interessantes num dos métodos básicos do Larry Williams, bastante mais fácil de acompanhar e que exige menos trabalho: comprar com o “stop buy” o equivalente a 3 lotes de contratos e sair no fecho do 1º dia (ou seja, no fecho do dia em que entrámos na trade), no fecho do 3º dia e no fecho do 5º dia com cada um dos lotes.

B) “Smash” de venda: o fecho da barra deve ser maior que o máximo da barra anterior e o fecho deve ser maior que qualquer dos fechos nas 3 barras anteriores. Se tal acontecer estamos em presença duma “smash sell bar”: a condição de venda é colocar um stop sell em 1 tick abaixo do mínimo da barra “smash sell bar” no final da sessão em que esta ocorrer. O “stop sell” só é válido para a barra seguinte, se o mínimo dessa barra estiver abaixo da barra “smash” significa que a venda foi disparada. Se o mínimo da barra seguinte não vier abaxo do mínimo da barra “smash” o processo volta à estaca zero. A sequência ou o seguimento da trade pode ter várias variantes: ao entrar na trade o plano defensivo consiste em deixar uma ordem permanente de “stop-loss” de compra igual ao máximo da barra “smash” e há quem faça em seguida vários tipos de movimentos para sair. No primeiro há quem siga um movimento tipo SAR ou “stop and reverse” mas no meu caso achei resultados mais interessantes num dos métodos básicos do Larry Williams, bastante mais fácil de acompanhar e que exige menos trabalho: vender com o “stop sell” o equivalente a 3 lotes de contratos e sair no fecho do 1º dia (ou seja, no fecho do dia em que entrámos na trade), no fecho do 3º dia e no fecho do 5º dia com cada um dos lotes.


No meu caso particular introduzi algumas condições suplementares, por crer que melhoram um pouco a performance dos resultados originais do Larry Williams.

Atenção: podem também observar várias pequenas variantes e inovações que vos podem interessar ou chamar a atenção, vejam para isso por exemplo este excerto no youtube no local https://youtu.be/jB-9gu-MUaQ .

As pequenas introduções que introduzi têm a ver com duas situações: as “smash buy bars” só são válidas em cenários de tendências ascendentes e as saídas em venda das trades, no caso por exemplo de contratos comprados, não correspondem exatamente aos fechos dos dias 1, 3 e 5 que se seguem às barras “smash buy” mas sim aos maiores dos valores entre fecho dessas barras e preços de venda sugeridos pelo programa que utilizo. O mesmo é válido em efeito de espelho para o caso de contratos vendidos: as “smash sell bars” só são válidas em cenários de tendências descendentes e as saídas dos contratos vendidos serão para os menores dos valores entre os fechos do 1º, 3º e 5ª dias e os valores de compra do programa que utilizo após a barra “smash sell”.

Se não levarmos em conta estas introduções que assinalei, sugerindo apenas as ideias originais do Larry Williams, deixo para vossa eventual utilização a linguagem do respetivo programa em Metastock, que gera sinais de +1 na validação das barras “smash buy” e -1 na confirmação das barras “smash sell”:


-----


Nome do indicador:


Smash




Fórmula:


smash:=
If(
C < Ref(L,-1)
AND
C < Ref(C,-1)
AND
C < Ref(C,-2)
AND
C < Ref(C,-3) ,
1 ,
If(
C > Ref(H,-1)
AND
C > Ref(C,-1)
AND
C > Ref(C,-2)
AND
C > Ref(C,-3) ,
-1 ,
0 )) ;

Smash



-----


Deixo abaixo o gráfico diário do S&P 500, com o simples sistema que deteta barras “smash”, onde curiosamente ocorreu uma barra “smash buy” na passada 6ª feira e um exemplo dum conjunto das 3 trades na última barra de “smash buy” do passado dia 26 de julho em que resultou uma compra de ordem stop, ocorrida na barra seguinte e a forma como os 3 lotes de contratos comprados foram despachados.

Espero que gostem, um sistema de trading curioso e bastante interessante!


S&P 500 20220819 Smash 1D.png
S&P 500 - Sistema de trading Smash / Escala 1D
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 22/8/2022 15:04

O programa abre de novo uma nova posição curta na escala 1H, que no final da sessão de 6ª feira tinha passado a neutral.

A operação de venda foi efetuada às 15h 00m ao preço de mercado de 4169 Usd / contrato.

Pelo facto da quantidade de contratos tendenciais nesta escala ser pouco significativa o risco de exposição na carteira S&P 500 desceu um pouco para +197 %.

BN


S&P 500 20220822 NM 1H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 1H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 22/8/2022 18:08

A segunda trade da sessão acabou de ser disparada no gráfico 4H do S&P 500, na posição tendencial que se encontrava aberta e que agora passa de ascendente para descendente, com venda ao mercado executada às 18h 00m ao preço de 4157 Usd / contrato.

A operação assumiu na carteira do S&P 500 um conjunto de 3 trades distintas:

A) Fecho da posição tendencial longa na escala 4H, com um prejuízo líquido de -51 Usd / contrato (= 4157 - 4201 - 7 de comissões).

B) Abertura no gráfico 4H de posição curta tendencial no índice S&P 500.


C) Por arrasto as regras obrigam ao fecho das posições oscilatórias longas na escala 1H, porque as tendências nas 2 escalas imediatamente acima (2H e 4H) passaram a assumir um sinal contrário ao ciclo oscilatório horário. O resultado desta trade encerrou em negativo, com o valor de -82 Usd / contrato (= 4157 - 4237 - 2 de comissões).

O risco da carteira, na parte que toca ao índice norte-americano, continua a descer, desta vez de forma substancial, marcando agora o nível +70 %.

BN


S&P 500 20220822 NM 4H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 4H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 22/8/2022 21:33

Costuma-se dizer que não há duas sem três, no final da sessão lá tive de ouvir o apito para preparar a 3ª operação do dia.

Ainda não foi executada porque se trata duma ordem de abertura de posições longas oscilatórias na escala 2H. Todas as entradas em novas posições oscilatórias são efetuadas de acordo com preços do tipo limite.

Como o preço de compra limite nesta operação se encontra cerca de 9 pontos do S&P 500 abaixo do seu preço de fecho da sessão, certamente a operação só terá chances de ser executada na sessão de amanhã, vamos ver.

De todas as formas fica o preço de compra estabelecido pelo programa de trading para abrir novos contratos: 4130 Usd / contrato.

Se a operação for executada deixarei aqui uma nota complementar.

Nota: Às 5h 35m do dia 23 a operação acabou por ser concretizada ao preço previsto. O risco da carteira S&P 500 fica agora exposto ao nível +132 %, aguardando subidas próximas do índice.

BN


S&P 500 20220822 NM 2H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 2H





Também ao encerrar a sessão sucedeu uma nova trade na escala 1H, onde a tendência descendente deu lugar a uma saída da posição para uma tendência neutral.

A operação de compra foi executada às 21h ao preço de mercado de 4142 Usd / contrato.

A trade curta encerrada terminou assim com um pequeno lucro líquido de +27 Usd / contrato (= 4169 - 4142 - 0 de comissões).

Em resumo, nesta altura temos a seguinte foto rápida em todas as escalas:

1S – Tendência neutral.
2D – Tendência ascendente e vendida no setor oscilatório.
1D - Tendência ascendente e vendida no setor oscilatório.
4H – Tendência descendente e oscilação neutral.
2H – Tendência descendente e oscilação neutral, embora possa passar amanhã a uma posição longa oscilatória (ver trade acima).
1H – Tendência neutral e oscilação neutral.
30M – Oscilação neutral.

O risco de exposição subiu um pouco para +83 %.

BN


S&P 500 20220822 NM 1H_A.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 1H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 23/8/2022 20:06

A sessão em Wall Street estava a decorrer demasiado morna, até que o programa acabou por disparar um sinal de compra na escala 2H, para encerrar, ou passar a neutra, uma posição curta tendencial.

O motivo desta saída das posições vendidas na tendência prende-se com o facto do algoritmo da força tendencial, ou se quiserem o seu desvio-padrão, estar a ser avaliado por um fator considerado demasiado forte em termos da sua comparação com os dados históricos.

Como tal o programa acha que vai haver a curto prazo um possível retorno ou reversão da tendência descendente à sua média mais regular, prevendo por isso uma pequena subida de curto prazo no índice norte-americano.

A compra foi executada ao mercado às 20h ao preço de 4135 Usd / contrato. Pelo que o resultado desta trade acaba por gerar um lucro de +89 Usd / contrato (= 4224 - 4135 - 0 de comissões).

O risco da carteira S&P 500 volta a subir, agora para a zona dos +149 %.

BN


S&P 500 20220823 NM 2H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 2H



Para explicar um pouco melhor aquela questão que referi atrás, sobre o facto da força tendencial se encontrar demasiado forte, decidi acrescentar aqui o gráfico de fundo azul ampliado na vertical onde se pode ver que aquela linha de cor laranja mais grossa estava a desenvolver-se fora dos limites das linhas brancas tracejadas simétricas, neste caso na área negativa ou marcando a força tendencial descendente num sinal de que a essa força negativa se encontrava muito forte.

Essas linhas tracejadas, que são espelho uma da outra, marcam os valores positivos e negativos dos extremos a partir dos quais na sua parte externa só cerca de 10% da força tendencial se costuma desenvolver.

BN


S&P 500 20220823 NM 2H Ampliação Ind_2.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 2H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 24/8/2022 15:06

Retoma na tendência descendente na escala horária obriga à abertura de nova posição de venda executada às 15h 00m ao valor de mercado de 4128 Usd / contrato.

O risco da carteira S&P 500 baixa ligeiramente para +140 %.

BN


S&P 500 20220824 NM 1H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 1H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 24/8/2022 16:00

O money management que vou abordar mais adiante dirá respeito unicamente ao sistema de trading “Nova Maquineta” que aqui utilizo, mas antes disso gostava de fazer uma pequena introdução para quem está menos familiarizado com o tema.

Isto significa que cada trader que use um sistema de trading ou regras de negociação com parâmetros que se aplicam exclusivamente à sua forma de abordar o trading, terá obviamente de conhecer, por testes do passado e aplicações do presente, quais os fatores com valores devidamente modificados e adaptados a cada caso particular.

Doutra forma jamais poderia aplicar o money management que lhe poderia permitir alavancar a sua carteira de forma estatisticamente confiante, para multiplicar os retornos a longo prazo de forma exponencial.

Acreditem neste detalhe: jamais poderão chegar a milionários através do trading se não usarem regras adequadas de aplicação de técnicas de alavancagem calculadas pelo money management.

Se este assunto fosse fácil de explicar toda a gente usaria essas regras “corretas”, o problema é que o money management é o assunto menos falado no trading, talvez por não existirem abordagens transparentes e claras sobre o tema, e aquele em que não existem consensos maioritários, pelo menos até agora.

Há milhares de teorias e de fórmulas totalmente diferentes mas mais de 99% dos traders e especuladores a nível mundial nunca aplicou ou aplicará qualquer fórmula a este respeito, para essa esmagadora maioria trata-se mais de assunto cinzentão de teóricos e dum nicho de setor que pouco ou nada lhes dirá para a sua forma de abordar os mercados. É pena que assim seja porque se conhecessem o que está por trás das consequências duma aplicação correta sobre o tema certamente os seus resultados poderiam ser substancialmente diferentes, mesmo sem ter necessidade de modificar as regras habituais de compra e venda nos mercados, mas desde que estas detenham estatisticamente alguma probabilidade de sucesso porque se forem regras discricionárias apenas executadas ao sabor de impulsos emocionais e de notícias exteriores, esqueçam!

Há a história interessante dum campeão do mundo de trading profissional, o lendário Larry Williams que venceu por 3 vezes esse torneio com dinheiro real (duas em seu nome e um terceiro em nome da filha, conhecida atriz de Hollywood). Este trader venceu o seu primeiro campeonato reconhecendo que usou fórmulas de alavancagem que jamais deveriam ter sido aplicadas, porque mais tarde veio a reconhecer que o seu risco teórico de falência da carteira se encontrava para lá dos limites admissíveis! Essa história é muito curiosa e foi objeto integral do capítulo 13 do seu livro “Long term secrets to short term trading”.

Chamo portanto a atenção que tudo o que aqui vou referir poderá ser contestado porque reflete apenas o que eu pessoalmente penso sobre este assunto, baseado unicamente nos meus anos de experiência sobre o tema do trading.

De facto trata-se de lidar com um conjunto de fatores que ainda hoje está envolto em polémicas constantes, com cada “expert” a dizer de sua justiça sobre o uso de conceitos e fórmulas bastante diversos.

Para já nesta primeira apresentação, pensem no seguinte:

- Suponham que têm por exemplo a vossa carteira iniciada por exemplo com 10.000 Euros, usada com sucesso nos mercados através dum determinado sistema de trading, com eventuais regras estritas de compras e vendas que estivessem a utilizar, e com médias de retorno positivas anuais de por exemplo 10% ao ano.

Ao fim de 20 anos, capitalizando os lucros todos os anos para os reinvestir de novo na carteira, o vosso capital cresceria para um valor estimado de:

10.000 Euros x 1,10 ^20 = 67.275 Euros

Um resultado excelente quase a multiplicar por 7 o capital inicial, não há dúvidas.

- Imaginem agora que as vossas conclusões sobre money management vos permitiam usar uma alavancagem de x2 sobre o vosso capital, usando o tal vosso sistema de trading específico citado atrás no exemplo. Atenção que alavancagens exageradas conduzem facilmente à falência duma carteira, pelo que mesmo considerando uma alavancagem de 2 as consequências podem ser problemáticas ou desastrosas, já que o risco de falência neste caso não será o dobro, como poderia parecer, mas sim bastante maior que esse fator multiplicador; digamos que se trata dum multiplicador do tipo exponencial no que toca à quebra duma carteira alavancada!

Usando então neste exemplo um risco a dobrar, sem considerar os perigos inerentes à falência que mais tarde voltarei a abordar, significaria que a rentabilidade prevista passaria também para o dobro, ou seja, 20%. Como seria nesse caso o capital previsto obter ao fim de 20 anos, se a carteira não quebrar pelo caminho? Aqui está:

10.000 Euros x 1,20 ^20 = 383.376 Euros

Ou seja, o resultado final multiplica o capital inicial em mais de 38 vezes, um valor absurdo que nada tem a ver com a rentabilidade inicial de metade da utilizada nas novas circunstâncias! É quase como se tivessem uma máquina paralela de fabricar dinheiro: o ganho médio anual em 20 anos teria sido de (383.376 – 10.000) / 20 = 18.669 Euros, ou seja, os ganhos médios anuais seriam quase o dobro do capital de arranque! Mas atenção que tal lucro substancial só se materializa verdadeiramente nos últimos anos do período neste tipo de crescimento exponencial.

Não ficariam logo milionários mas estariam lá próximos. Ao fim de 26 anos, então sim, a carteira ultrapassaria neste cenário o valor de 1 milhão de Euros, atingindo mais precisamente 1.144.755 Euros.

Parabéns a quem de algum modo já utiliza critérios de money management, sabendo conscientemente como poderá calcular uma alavancagem conveniente e conhecendo os riscos em que se vai meter!

Reparem, um simples sistema de trading com uma rentabilidade média razoável de 10% ao ano poderia aumentar razoavelmente o vosso capital mas só com uma alavancagem segura e confiável, que envolve obviamente riscos calculados, poderão almejar atingir o estatuto de milionários, mesmo com um sistema de trading de ROE simples na casa dos 10% anuais, um valor razoavelmente bom e que não se pode considerar nada de especial!

Penso que entenderam a importância de falarmos deste tema das carteiras hedge-fund alavancadas, as verdadeiras “fórmula 1” do trading!

Dá para ganharmos em alta velocidade ou transformarmo-nos em destroços irrecuperáveis ao espatifarmo-nos nas primeiras curvas do circuito, assumir riscos terá de ser sempre uma escolha consciente.

Escusado será dizer que todos os que utilizam sistemas de trading terão de aplicar as regras de compra e venda de forma mecânica, automatizada e sem questionar ou pôr em dúvida determinados sinais, só assim é que isto pode funcionar como deve ser. Uma rotina que acabamos por interiorizar com a passagem dos anos.

Ah, outro pormenor importante, para aplicar regras de money management há um requisito importante: isto só funciona com sistemas de trading ou regras de negociação muito estritos em que os retornos médios das carteiras sejam razoavelmente positivos, em princípio tudo o que esteja acima de 0% ao ano e preferivelmente na zona acima dos 5%, sem contar ainda com a alavancagem que venha a ser calculada.

Daqui para a frente falarei então dos parâmetros que influenciam as alavancagens utilizadas na carteira global do sistema de trading “Nova Maquineta”, usando o S&P 500 e o EURUSD.

Não duvidem, este tema fascinante equivale a entrar numa twilight zone, quase uma ficção científica num mundo imaginário paralelo em novas dimensões! O prémio é óbvio: alcançar a longo prazo rentabilidades bem acima do normal dos mortais e procurar crescer o capital da carteira à maior velocidade possível, tendo sempre em atenção um olho no burro e outro no cigano, com o risco das coisas poderem ir ao charco quando menos esperamos…


-----


A operação anunciada há uma hora atrás na escala 1H, com a retoma da posição curta tendencial, acaba por ser anulada e revertida de novo para terreno neutral, foi um falso sinal agora anulado, por vezes acontece, com compra efetuada às 16h 00m ao preço de mercado de 4138 Usd / contrato.

O resultado acabou por registar na carteira um pequeno prejuízo de -10 Usd / contrato (= 4128 - 4138 - 0 de comissões).

O risco de exposição da carteira do índice norte-americano volta de novo ao seu ponto de partida há uma hora atrás: +149 %.

BN
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 25/8/2022 16:39

Após um início em tom otimista o mercado acionista acaba por estacionar para respirar um pouco a meio da sessão.

Precisamente na altura em que o sistema de trading assinala uma venda oscilatória na escala mais baixa da meia hora, a tentar aproveitar o otimismo de curto prazo deste ciclo atual.

Foi assim aberta uma posição curta no gráfico 30M às 16h 31m ao preço limite de 4164 Usd / contrato.

O risco da carteira baixa portanto para o percentual de +117 %.

BN


S&P 500 20220825 NM 30M.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 30M
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 26/8/2022 16:07

O gráfico 1H do índice norte-americano assinalou um regresso da tendência, atualmente neutra, para o sentido descendente.

Este facto implicou uma venda ao mercado, executada às 16h 00m, ao preço de 4133 Usd / contrato na abertura das novas posições curtas.

Esta nova venda obriga de novo a baixar um pouco o risco atual da carteira S&P 500 para +110 %.

BN


S&P 500 20220826 NM 1H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 1H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 26/8/2022 18:04

O gráfico 2H gerou uma ordem semelhante à anteriormente assinalada na escala horária, ou seja, a abertura de novas posições vendedoras na tendência que se encontrava neutral até agora.

Esta operação foi efetuada às 18 horas ao preço de mercado de 4109 Usd / contrato.

A exposição da carteira S&P 500 ao risco baixa de novo para a zona de +93 %, registando assim a sua 3ª venda consecutiva. Esta baixa do valor do risco ainda em terreno positivo significa que o programa vai continuando a apostar em subidas, mas com um pé atrás, de forma bastante mais cautelosa.

BN


S&P 500 20220826 NM 2H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 2H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 27/8/2022 18:00

No dia 21 de agosto deixei aqui no tópico uma pequena introdução / sugestão acerca dum sistema de trading original de finais dos anos 90, sem ser da minha autoria, chamado “Smash”.

Durante a semana em curso estive a fazer uns testes adicionais ao dito sistema de negociação e na verdade reconheço que o mesmo possui um grande potencial.

Para obter melhores resultados introduzi-lhe umas pequenas alterações que, estou certo, melhoram bastante a eficiência das regras originais.

Apenas por curiosidade reparem que os números 1, 3, 8 e 21 são números de Fibonacci alternados da série conhecida 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, … que possuem a caraterística do número seguinte corresponder ao somatório dos 2 números anteriores e em que o número anterior a dividir pelo seguinte tende como limite para o valor conhecido como “golden ratio” de 0.61803… em que muitas das relações no universo se apresentam em inúmeras facetas, se quiserem estudem alguns dos métodos esotéricos de Gann!

Assim,

1) Usem apenas os gráficos de escala diária.

2) Se a tendência estiver a favor o stop de entrada deverá entrar com 5 lotes de ações ou contratos, consoante se tratem por um lado de ações ou por outro lado de índices de futuros ou CFDs ou Forex. Os 5 lotes em causa serão designados por “Smash 1”, “Smash 3”, “Smash 8”, “Smash 21” e “Smash SR”. Mais abaixo indicarei o que cada um deles significa.

3) Se a tendência for contrária deverá ser arriscado no negócio apenas um lote em vez de 5, porque o risco dos resultados darem para o torto, ou serem negativos através de saída em stop, são claramente superiores. O lote em causa será designado por “Smash SR”, que também existe no caso dos 5 lotes da tendência favorável.


4) As entradas em stop e o acompanhamento defensivo nas posições abertas, também com stops, são dadas pelas regras que deixei no referido tópico do “Negociando ao sabor dos mercados”.

5) Focando-me nas posições longas ou compradas (nas posições vendidas é só efetuar o mesmo raciocínio em “espelho”), a saída das posições, se não for entretanto interrompida pelo stop defensivo de acompanhamento da trade que deverá ser o mesmo para todos os lotes em aberto, deverá ser a seguinte para cada um dos lotes, contando como sessão nº 1 a correspondente à abertura da posição, a nº 2 a da sessão seguinte, etc:

- “Smash 1”: Verificar qual o valor da venda da fórmula “Compra Venda Smash” e escolher o valor máximo entre a venda dada pela fórmula referida ou o valor do fecho na sessão nº 1. Isto é, se o valor da venda for superior ao valor do fecho na sessão nº 1, colocar esse valor de venda válido para a sessão nº 2 para fechar a posição comprada. Se o valor de venda não for atingido, verificar o valor de venda da fórmula “Compra Venda Smash” e colocar esse valor de venda na sessão nº 3 e assim sucessivamente até encerrar a posição do lote correspondente ao “Smash 1”.

- “Smash 3”: Verificar qual o valor da venda da fórmula “Compra Venda Smash” e escolher o valor máximo entre a venda dada pela fórmula referida ou o valor do fecho na sessão nº 3. Isto é, se o valor da venda for superior ao valor do fecho da sessão nº 3, colocar esse valor de venda válido para a sessão nº 4 para fechar a posição comprada. Se o valor de venda não for atingido, verificar o valor de venda da fórmula “Compra Venda Smash” e colocar esse valor de venda na sessão nº 5 e assim sucessivamente até encerrar a posição do lote correspondente ao “Smash 3”.

- “Smash 8”: Verificar qual o valor da venda da fórmula “Compra Venda Smash” e escolher o valor máximo entre a venda dada pela fórmula referida ou o valor do fecho na sessão nº 8. Isto é, se o valor da venda for superior ao valor do fecho na sessão nº 8, colocar esse valor de venda válido para a sessão nº 9 para fechar a posição comprada. Se o valor de venda não for atingido, verificar o valor de venda da fórmula “Compra Venda Smash” e colocar esse valor de venda na sessão nº 10 e assim sucessivamente até encerrar a posição do lote correspondente ao “Smash 8”.

- “Smash 21”: Verificar qual o valor da venda da fórmula “Compra Venda Smash” e escolher o valor máximo entre a venda dada pela fórmula referida ou o valor do fecho na sessão nº 21. Isto é, se o valor da venda for superior ao valor do fecho na sessão nº 21, colocar esse valor de venda válido para a sessão nº 22 para fechar a posição comprada. Se o valor de venda não for atingido, verificar o valor de venda da fórmula “Compra Venda Smash” e colocar esse valor de venda na sessão nº 23 e assim sucessivamente até encerrar a posição do lote correspondente ao “Smash 21”.

- “Smash SR”: distingue-se das modalidades anteriores porque as posições são encerradas e revertidas no sentido contrário com o stop defensivo quando o mesmo é atingido. Por isso o termo “SR” das iniciais de “Stop and Reverse”.


Temos portanto 2 fórmulas a introduzir:


- Fórmula “Smash”: que indica quantos lotes devemos preparar para a sessão seguinte agora terminada. Se o valor for diferente de zero estamos em presença duma barra “smash”. Os valores diferentes de zero poderão ser: 1, 5, -1 e -5. Se tivermos por exemplo um valor de -1 deverá ser colocado um stop de venda para um único lote de contratos, se for por exemplo +5 deveremos preparar a sessão seguinte para um stop de compra de 5 lotes de contratos.

- Fórmula “Compra Venda Smash”: que retorna 2 linhas a colocar junto ao gráfico do papel a ser analisado. A linha de baixo é a linha verde das compras e a de cima é a linha vermelha das vendas, ambas válidas para serem ativados para a sessão seguinte nos respetivos valores de compra e venda, se o programa assim o ditar, conforme referi mais acima nos setups de saída.

Para quem estiver interessado nesta fórmula, em linguagem Metastock, deixo-a aqui para quem quiser:



Nome:

Compra Venda Smash


Fórmula:

buysmash:=
(1/2*(3*WC()-Ref(WC(),-1))+C-(H+L)/2+(C+WC())/2)/2-1.382*(Mov(WC(),4,S)-Mov(L,4,S)) ;

sellsmash:=
(1/2*(3*WC()-Ref(WC(),-1))+C-(H+L)/2+(C+WC())/2)/2+1.382*(Mov(H,4,S)-Mov(WC(),4,S));


sellsmash ;
buysmash ;


-----

Neste sistema de trading “Smash” modificado, desde o passado dia 21 para cá, apenas na sessão de 6ª feira foi acionada uma ordem stop de venda colocada na 5ª feira à noite quando foi assinalada uma barra vermelha “smash” com o valor -1, ou seja, para assumir na sessão de 6ª feira uma venda de 1 lote em stop no S&P 500 se o valor do mínimo da barra de 5ª feira, e descontado 1 tick abaixo, fosse atingido, o que se confirmou com uma venda de 1 lote ao preço de 4147 Usd / contrato.


Uma vez que se trata dum lote do tipo “Smash SR” e a barra no final de 6ª feira terminou como barra “smash” de valor +5, na sessão da próxima 2ª feira deverá ser colocado um stop de compra ao preço do máximo da barra de 6ª feira de 4203 Usd / contrato, através de 6 lotes (um do tipo defensivo para a posição aberta no lote “Smash SR” e cinco para abrir 5 novos lotes comprados na zona do máximo da barra de 6ª feira).


Claro que nesta altura do campeonato a probabilidade de tal valor do stop de compra ser alcançado na próxima 2ª feira é problematicamente baixa, mas isso são histórias de outro rosário!

BN


S&P 500 20220826 Smash.png
S&P 500 - Sistema de trading Smash / Escala Diária
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por NirSup » 28/8/2022 11:05

Os Traders, o Maomé e o Toucinho

Há quem diga dos Traders (jogadores da Bolsa que fazem apostas diárias baseadas nos sinais da Análise Técnica, através de produtos de curto prazo alavancados) o que Maomé não ousou dizer do toucinho.

Uma pesquisa recente da Fundação Getúlio Vargas (Brasil) e que ganhou bastante notoriedade, logo que foi divulgada, afirma que a maior parte (97%) dos investidores individuais (pessoas físicas), que se baseiam em gurus do Youtube, usando operações de curto prazo alavancadas, perdem parte relevante do seu património. Mas isso não quer dizer que Tu não possas fazer parte dos outros 3%.

Convido-te a fazer uma consulta ao Google, através das entradas (Day Trade, Daytrading ou faz Tu mesmo as seguintes perguntas ao sabichão Google e retira daí as tuas próprias conclusões:

1. Is day trade a good idea?
2. How difficult is day trading?
3. Can you get rich day trading?
4. Why do most day traders fail?

Análise Técnica.PNG

Não há poções mágicas nesta matéria, mas continuo firmemente convencido de que a forma mais fácil e garantida de ganhar dinheiro na Bolsa é investir, continuadamente, no cavalo certo, naquele que irá cortar a meta em primeiro lugar (Apples, Coca-Colas, Amazons, Teslas and so on). Claro que isto é fácil de dizer. Difícil, difícil, é acertar no cavalo certo, nomeadamente no cavalo que esteja, agora, a iniciar a corrida.

Continuo firmemente convencido que o preço de um ativo financeiro, sejam ações ou outros ativos, reflete, regra geral, o valor fundamental do seu valor. E se nalgum momento isso não é verdade, tendencialmente, irá ocorrer esse ajustamento. Basta dar tempo ao tempo. Se há coisas que se resolvem com tempo, outras o tempo resolve.

Após a aprovação da Inflation Reduction Act, uma Lei (EUA) para combater a mudança climática, apostar em empresas ligadas às energias renováveis, criadas recentemente e com uma capitalização bolsista baixa, pode ser uma boa aposta.

PORAMORDASANTA, vê isto com um propósito meramente informativo e não o tomes como aconselhamento de investimento.

Utilities Americanas.PNG


By Nirvana
Why 99% of the technical analysis you guys see on the internet is complete bullshit? ( r/wallstreetbets)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3810
Registado: 29/4/2014 15:34

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por mais_um » 28/8/2022 14:58

NirSup, há muitos anos, muito antes de tu apareceres no CdB que acompanho os post do Cem (e de outros raros participantes que ainda vão partilhando as suas ideias de uma forma clara e fundamentada), mesmo quando estava afastado do CdB, alguém que partilha e explica a sua estratégia de uma forma tão transparente merece o meu respeito e atenção, independentemente de concordar com ele (e até não faço daytrade).
Nesse sentido, não querendo ser ofensivo contigo considero o teu comentário no mínimo um pouco deselegante.
Fazer perguntas ao Google? Francamente.... :roll:
"Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana. Mas no que respeita ao universo ainda não tenho a certeza" Einstein
“Com os actuais meios de acesso à informação, a ignorância não é uma fatalidade, mas uma escolha pessoal" Eu
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 8058
Registado: 14/11/2008 0:48
Localização: Lisboa

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por NirSup » 28/8/2022 17:17

mais um Escreveu:Fazer perguntas ao Google? Francamente.... :roll:

Caro mais um,
Dei a minha visão, o meu ponto de visto, sobre esta matéria. E escrevi o que escrevi, de alma nua (naked soul), sem pretender ofender quem quer que seja, sem qualquer interesse ou trunfo na manga. Apenas tive um propósito em vista: informar e esclarecer os mais incautos que andam nas redes sociais a perder dinheiro com cursos da treta e na Bolsa de Valores a dissipar o seu parco património.
Fazer perguntas ao Google? Porque não? Eu faço constantes perguntas ao Google. Não sei se as respostas são dadas por um humano ou por um algoritmo criado pelo Google. E, se nem sempre fico satisfeito com a resposta por incompleta, estou longe, muito longe, de ficar dececionado.

Estava à espera de mais, de uma resposta que tentasse desmontar os meus argumentos com novos argumentos, que combatesse as minhas ideias e não a minha pessoa (como vai sendo habitual). Nada de novo, portanto.
Infelizmente, a única resposta que recebi foi um francamente com reticências.
Francamente, esperava mais, muito mais.
By Nirvana
Why 99% of the technical analysis you guys see on the internet is complete bullshit? ( r/wallstreetbets)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3810
Registado: 29/4/2014 15:34

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por MarcoAntonio » 28/8/2022 18:42

NirSup Escreveu:Dei a minha visão, o meu ponto de visto, sobre esta matéria.


Nirsup, que matéria? O teu post cobre várias coisas ao mesmo tempo e de forma algo desorganizada e (inclusivamente) inconsistente (veja-se o que tu escreves e o que está nas imagens que postas). Admitindo que os tópicos que abordas são relevantes e/ou passíveis de discussão, a forma como os colocas soa a um exercício de bota-abaixismo algo despropositado (há partes que nem se percebe bem porque é que as estás a colocar neste tópico em particular).

Como sugestão, talvez abrires o teu próprio tópico para discutires estas questões de forma mais organizada? Uma espécie de repositório para as tua ideias/posições/opiniões? Ou a cobrir um tópico específico que consideres relevante?

Convém esclarecer que este meu reparo não cai do céu nem este teu post surge no vácuo: é já teu costume andar por diversos tópicos a criticar (indirectamente) os restantes participantes do forum (nalguns casos, por tão despropositados que eram, foram removidos). Ora, no forum todos os pontos de vista são bem-vindos, desde que os participantes se respeitem mutuamente. E, também, há que ter cuidado com a forma (por exemplo, fazer spam pelos diversos tópicos para repetir sempre as mesmas ideias, naturalmente não será bem-vindo).

Portanto, antes de te vitimizares, tem lá atenção a estes aspectos também.
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 36858
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 30/8/2022 17:29

Caros amigos,

Obrigado pelas vossas intervenções, é sempre preferível ouvir comentários acerca do que aqui se diz do que transformar este tópico num mero monólogo. O ideal seria haver mais intervenções.

Do conteúdo de alguns pontos referidos, permitam-me ressaltar dois deles:

- Tenho uma enorme simpatia e respeito por quem faz investimentos baseado na Análise Fundamental, neste espaço há muita gente que a segue, seguramente uns com mais sucesso que outros, e há também quem siga a Análise Técnica, como é o meu caso. E há outros que seguem apenas o seu instinto e notícias e seguramente outras dicas de amigos, etc, há de tudo.

Não quero aqui estabelecer se uma metodologia é melhor que outra, provavelmente uma mistura de AF + AT seria a solução desejável mas existem dezenas de tópicos aqui no fórum onde o debate é seguramente muito mais interessante que estas breves linhas. Pessoalmente, por me ter sempre dado bem com a Análise Técnica, trata-se dum método que pretendo continuar a seguir por considerar que possui bastantes méritos e pontos positivos.

Já agora só uma pequena nota lateral a que achei piada: investir no cavalo certo como se fosse uma corrida, faz algum sentido! Isto vem a propósito dum amigo meu fanático da Bolsa nos anos 90 que me dizia que os mercados eram como apostar numa corrida de … caracóis, exatamente: os que andavam para a frente nunca mais chegavam à meta (dos grandes lucros, certamente!) e infelizmente um número substancial das apostas incidia sobre moluscos a andar para trás!

- Se bem entendi o argumento chave que resume uma chamada de atenção deveras importante: à medida que o nosso período médio de permanência numa trade diminui, diminuem igualmente a rentabilidade e a eficiência dos negócios efetuados. Ora aqui está uma grande verdade que partilho, no passado já o afirmei também por diversas vezes aqui no fórum e chamei a atenção para os perigos do day trading! E podem ter a certeza que voltarei a chamar a atenção para os riscos deste tema sempre que achar oportuno.

No entanto o método que aqui vos apresentei incide em gráficos entre os quais estão escalas de day trading que incluem períodos de tempo até à meia hora, é inegável.

Uma pergunta imediata pode vir então a terreiro: esta história de usar escalas temporais mais reduzidas não colide com o que foi dito acima, estarei a auto prejudicar-me? Sim, se não houvesse formas alternativas de mitigar essa questão e que de facto foram implementadas neste sistema do “Nova Maquineta”.

Por isso desde o início do tópico que sublinhei várias nuances importantes: indiquei que as tendências, pelo menos as que utilizo no âmbito do sistema de trading, não funcionam da escala horária para baixo e que os resultados das trades tendenciais vão subindo, pelo menos nos testes prévios efetuados, à medida que vão dependendo da escala temporal que vai subindo também.

As razões desse insucesso de aplicação simples de fórmulas tendenciais nas escalas reduzidas são várias mas entre os principais motivos encontra-se a elevada rotação de posições com os inerentes custos de inúmeras “slippages” de entradas e saídas e dos gaps entre a abertura e o fecho, que acabam por pesar muito em resultados de trades teoricamente mais baixos que aqueles a que estamos habituados na escala diária.

Daí ter concluído na prática que uma solução adequada seria calibrar a quantidade de contratos tendenciais, que vai diminuindo mais e mais à medida que nos vamos aproximando das escalas mais baixas, até que no gráfico da meia hora a tendência é completamente desprezada deixando de haver negociação tendencial nesse período.

No entanto há que sublinhar pelo lado positivo que as escalas baixas possuem caraterísticas bastante interessantes no aproveitamento potencial em matéria oscilatória e isso pode ser comprovado por testes e por resultados do trading real.

Aliás terei todo o gosto em partilhar as conclusões preliminares deste método que aqui apresento, baseado no sistema de trading “Nova Maquineta”, logo que a quantidade de negócios totais em trading real se aproxime da entrada nos 3 dígitos, onde a fiabilidade e confiabilidade nos resultados já poderá ser considerada mais credível.

Incluirei também naturalmente nessa altura, talvez daqui a uns 2 ou 3 meses, um pequeno gráfico com a rentabilidade da carteira “S&P 500 + EURUSD” comparando-a com o retorno do índice S&P 500 e do par EuroDollar, a fim de aferir o “Alpha” da carteira.

Por outro lado este método de usar papéis em multi-escalas no S&P 500 (nota: a escala mais baixa usada no EUR/USD é a diária) não o considero de todo um day trading, seria se negociasse exclusivamente em períodos abaixo do diário. A definição mais rigorosa será atribuir-lhe um conceito misto porque as regras incidem em períodos temporais que vão desde a meia hora até à escala semanal; isso faz uma enorme diferença nas taxas de sucesso e de eficiência nos resultados líquidos obtidos e a obter por este sistema de trading.

Em relação ao método “Smash”, que não é originalmente da minha autoria e que aqui também sugeri, pelo facto de ter apontado a introdução de algumas alterações ao método original, ponderei melhor a situação e concluí que o melhor será ficar por aqui e não voltar a referi-lo mais daqui em diante, até porque poderia dar a entender que estaria aqui a promover algum produto comercial, que não é nem de perto nem de longe o meu objetivo mas sim procurar divulgar ideias e metodologias alternativas que possam ser dicas positivas para melhorar as performances do pessoal menos experiente nestas lides.



-----



A primeira trade do dia acabou de ser disparada na escala mais curta da carteira, a da meia hora, através do fecho da posição curta oscilatória aberta vendida no passado dia 25, encerrando com uma compra ao mercado efetuada às 17h 15m ao preço de 4003 Usd / contrato.

O indicador de cor castanha escura no 3º gráfico a contar de cima teve de atingir o valor de +50 para proceder à compra, uma vez que as tendências nas duas escalas temporais imediatamente acima de 30M, refiro-me à 1H e 2H, se mantêm com sentido descendente.

O resultado líquido da trade acabou por ser razoavelmente positivo, retornando um valor de +161 Usd / contrato (= 4164 - 4003 - 0 de comissões).

O risco da carteira S&P 500 volta agora a subir acima da performance do índice S&P 500 para o nível +125 %.

BN


S&P 500 20220830 NM 30M.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 30M
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 31/8/2022 19:39

Desta vez o programa regista uma compra no gráfico 4H através da sua área oscilatória.

No passado dia 24 já tinha havido um sinal idêntico nesta mesma escala mas a operação não foi executada porque o preço limite de compra não foi atingido, ao contrário do que hoje sucedeu.

A operação de compra para abertura da nova posição longa foi executada às 19h 33m ao novo preço limite de 3964 Usd / contrato.

Consequentemente o risco da carteira S&P 500 subiu para o patamar dos +180 %, um aumento substancial após esta operação.

BN


S&P 500 20220831 NM 4H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 4H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 31/8/2022 21:45

A situação dos mercados americanos não está nada fácil, nesta altura logo a seguir ao final da sessão o sistema de trading acaba de assinalar uma importante mudança tendencial num gráfico crucial, o diário.

Temos assim a passagem da tendência de ascendente para descendente efetuada logo a seguir ao final da sessão ao preço de mercado com uma venda global a 3958 Usd / contrato.

O resultado da trade longa tendencial foi dececionante para a carteira, através dum prejuízo líquido de -266 Usd / contrato (= 3958 - 4211 - 13 de comissões).

Apesar do principal gráfico apontar para baixo em termos tendenciais o conjunto da carteira ainda possui uma resultante global de contratos maioritariamente comprados, embora cada vez menos, representando um risco de +62 %.

BN


S&P 500 20220831 NM 1D.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 1D



Na sequência da constatação de tendências descendentes nos gráficos 4H e 1D as regras obrigaram ao fecho compulsório das posições longas oscilatórias na escala 2H, operação que foi efetuada ao preço de mercado de 3956 Usd / contrato às 23h de hoje.

Esta trade encerra assim com novo prejuízo significativo para a carteira S&P 500 com um valor de -179 Usd / contrato (= 3956 - 4130 - 5 de comissões).

As perdas fazem parte desta atividade, paciência, há que cumprir as regras e esperar por melhores dias!

A exposição ao risco diminui francamente para a casa dos +8 %, ou seja, nesta altura do campeonato a carteira do índice norte-americano possui uma quantidade de contratos comprados francamente reduzida.

BN


S&P 500 20220831 NM 2H.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 2H
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por António Vieira » 1/9/2022 11:57

Caro Cem,

antes de mais espero que estejas bem.

Que diz a tua maquineta no eurusd ?

Não estará esticado de mais o movimento de queda do euro?

Obrigado e um abraço
 
Mensagens: 205
Registado: 14/12/2014 20:38

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por J Alves » 1/9/2022 12:26

100

a tua maquineta acho que se precipitou a despachar os longos, mas isto sou eu a pensar.

Forte abraço
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7014
Registado: 3/3/2006 11:17
Localização: Mundo Rural

Re: S&P 500 e EUR/USD - Negociando ao sabor dos mercados

por Cem pt » 2/9/2022 15:24

Caros amigos António e Alves:

O EURUSD continua vendido na carteira em ambas as escalas negociadas do semanal e diário. Quando irá parar este movimento esticado? Desconheço completamente, os mercados lá saberão quando isto estiver pronto para virar.

Como não tem havido mudança de sinais tenho deixado andar e nada tenho dito sobre o assunto, no entanto nem é preciso ser um observador atento para constatar que há por ali umas mãos fortes “misteriosas” a tentar segurar a cotação do EuroDollar na zona da paridade, será que conseguem manter a cotação nessa zona por muito tempo? Prefiro não me pronunciar.

Sobre o engano do programa quanto ao fecho dos longos no diário do S&P 500, o futuro certamente se encarregará de confirmar… ou não. É a beleza da Bolsa, esta incerteza que está sempre presente a toda a hora e instante e que nos mantém agarrados a esta expetativa de procurar adivinhar o futuro.

A única certeza que tenho é que terei de seguir religiosamente os sinais do bicho, senão está tudo estragado, porque é com regras que isto funciona, independentemente de me saber muito bem comer um belo churrasco na brasa o meu médico da “Nova Maquineta” proíbe-me de entrar nessas orgias gastronómicas do verão!

Abraços e BN



-----



O programa acaba de dar uma machadada final na esperança do S&P 500 ainda se manter com contratos maioritariamente comprados no seu conjunto, tudo isso desapareceu a partir de agora, numa operação assinalada na escala 2D e efetuada às 15h da sessão de hoje ao preço de mercado de 3982 Usd / contrato.

Esta venda acaba por ser significativa porque na verdade inclui de facto 3 operações distintas na carteira do índice norte-americano.

Aqui estão as 3 operações:

1) Gráfico 2D – A tendência reverteu de ascendente para descendente, obrigando à abertura duma nova posição curta.

2) Gráfico 2D – O fecho da posição longa tendencial ascendente aberta em 1 de agosto deu origem a um resultado negativo na carteira no valor de -155 Usd / contrato (= 3982 - 4118 - 19 de comissões).

3) Gráfico 4H – O facto das tendências nos gráficos imediatamente acima do 4H (escalas 1D e 2D) se encontrarem ambas negativas, obrigou ao fecho obrigatório das posições longas oscilatórias que tinham sido abertas em 31 de agosto, originando uma trade com resultado positivo de +17 Usd / contrato (=3982 - 3964 - 1 de comissões).

A exposição ao risco com estas vendas significativas faz com que a carteira só ganhe dinheiro daqui em diante através das quedas do índice norte-americano, e falamos já de uma alavancagem com peso superior à unidade de 1,89 ou de -189 %.

Estas transições muito bruscas de reversões na posição da carteira de longo para curto e vice-versa, confesso que vão contra o meu gosto. Se o mercado continuar a cair as posições aguentam-se e a carteira lucra com isso mas se o mercado virar rapidamente para positivo irá originar um golpe violento no balanço geral da carteira, até que as posições sejam de novo reconduzidas aos carris corretos. Vamos aguardar serenamente, é assim que estas coisas funcionam, para o bem ou para o mal!

BN


S&P 500 20220902 NM 2D.png
S&P 500 - Sistema de trading Nova Maquineta / Escala 2D
Editado pela última vez por Cem pt em 2/9/2022 17:49, num total de 1 vez.
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 3090
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: AlfaTrader, Bar38, cali010201, Google [Bot], lfa, m-m, malakas, maturidade, OCTAMA, PAULOJOAO, Phil2014, PMP69, RuiGerente, VALHALLA, vinas1976, vmb1426, zulu404 e 72 visitantes