Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Off topic - orçamento 2021

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Off topic - orçamento 2021

por Marco Martins » 13/10/2020 14:01

[url]
https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... -nao-desce

https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... m-portugal
[/url]

Que surpresas teremos em 2021?

Pelo que me parece, de uma forma simplista, haverá alterações mas só para show off e todos os impostos continuarão iguais!

Curiosamente todo este bloco (PCP, BE,PS) que tanto reclamou com o aumento dos impostos após terem falido o país, ainda não tiveram a capacidade de baixar impostos!!!

Neste momento temos os país mais próximo de uma nova falência do que de uma recuperação sustentável.

Afinal de contas, o que é que esperamos para o país nos próximos anos? Um contínuo endividamento, um contínuo aumento de impostos e uma contínua apatia económica?

Certamente existem empresas que se vão diferenciando em termos de captação de investimentos (como a Farfetch), mas será isso suficiente para o país?
 
Mensagens: 4846
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Off topic - orçamento 2021

por Alpha* » 13/10/2020 14:16

Portugal é um país de pobres que votam em quem os fará ainda mais pobres.
 
Mensagens: 45
Registado: 9/10/2020 16:50

Re: Off topic - orçamento 2021

por TTM62 » 13/10/2020 15:11

Mais do mesmo. Pura ilusão para portuguesito ver. Temos elites que só olham para o curtissimo prazo e formas de manter o poder. Lançam uns tremoços de aumentos que só o serão a partir de 2021. Não há estratégia para sair deste marasmo. Há decadas que é assim. Crises variadas, petroleo, divida pública, subprime, covid, etc. estamos sempre no fio da navalha. Os politicos só querem salvar a pele e quem vier que feche a porta!!!
viva a vida k vai passar mt tempo morto
 
Mensagens: 123
Registado: 5/11/2002 0:54
Localização: Baião

Re: Off topic - orçamento 2021

por Flav » 13/10/2020 15:20

Pois os bons e imaculados circulam todos fora dos partidos políticos, com comentários nos fóruns, nos jornais, no Face, etc, lol. Os nossos políticos devem ser todos uma espécie de ETs que não têem nada a ver com os portugueses que os elegem, lol. Já diziam os gauleses, esta raça não se governa, nem se deixa governar, lol. Está sempre tudo mali.
 
Mensagens: 246
Registado: 13/1/2017 13:00

Re: Off topic - orçamento 2021

por Alpha* » 13/10/2020 15:44

Com o Estado a gastar metade do PIB e essa metade a servir, quase na totalidade, para pagar pensões, salários e juros, é impossível mexer num euro sem que alguém comece a berrar.
 
Mensagens: 45
Registado: 9/10/2020 16:50

Re: Off topic - orçamento 2021

por Ulisses Pereira » 13/10/2020 16:00

O Pedro Santos Guerreiro escreveu um brilhante artigo sobre o tema que reflecte muito também do que eu penso.

“É um Orçamento com mais coração que cabeça. Com segurança social sem segurança financeira. Com mais despesa necessária e mais despesa desnecessária. Com austeridade, sem expansionismo. Não é um orçamento de esquerda, é um Orçamento do Bloco de Esquerda. É um Orçamento de assistência do Estado à sociedade e de assistência da UE ao Estado. Dá para um ano, não dá para mais. É um carro com amortecedores laborais sem motor empresarial. Para a economia pegar de empurrão numa subida. É, entre tantos riscos, um orçamento otimista numa economia pessimizada. Torcendo para que tudo corra bem. Se correr mal, tudo começa a estoirar daqui a um ano: as contas públicas, a estabilidade social e o governo. Boa sorte, João Leão, vai precisar dela. Nós também. (...)”

Quando não se sabe a realidade nada é irrealista. Análise às linhas do OE mais arriscado de sempre. Aos apoios sociais certos. Aos estímulos errados. E à força do Bloco de Esquerda"

( https://expresso.pt/opiniao/2020-10-13- ... Q9wisCYqXQ )
"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30631
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Re: Off topic - orçamento 2021

por djovarius » 13/10/2020 16:20

Boas,

É mais do mesmo. Ainda por cima, os apoios sociais de emergência deixam dezenas de milhar de pessoas de fora. É coisa de miserável, mesmo.

P.S. - a frase de que não se governam nem deixam governar vem do Império Romano, talvez do General Galba, no séc. III A.C. :)
Ainda hoje é verdadeira!!

Abraço

dj
Cuidado com o que desejas pois todo o Universo pode se conjugar para a sua realização.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7455
Registado: 10/11/2002 19:32
Localização: Planeta Algarve

Re: Off topic - orçamento 2021

por Caramelo » 13/10/2020 16:22

O povo português adora ser governado por socialistas e rico :-k :lol:
Anexos
IRS.jpeg
IRS.jpeg (16.56 KiB) Visualizado 993 vezes
 
Mensagens: 196
Registado: 25/4/2007 21:23
Localização: Lisboa

Re: Off topic - orçamento 2021

por Alpha* » 13/10/2020 17:31

https://24.sapo.pt/economia/artigos/joa ... ito-baixas
João Leão: "É absolutamente crucial manter as taxas de juro da dívida muito baixas"

E o resto é conversa fiada...
 
Mensagens: 45
Registado: 9/10/2020 16:50

Re: Off topic - orçamento 2021

por nunoand99 » 13/10/2020 18:08

Não se vislumbra um único apoio ao investimento, ou medida estrutural, para alem da sempre usada modernização da administração pública.

Mais, vai reduzir as compras ao sector privado de uma série de serviços de consultoria e advocacia, os quais os serviços passarão a ser obrigados a fazer com recursos próprios, e só poderão ser adquiridos mediante decisão do orgão superior do serviço em causa, com despacho do ministro respetivo, se bem li :lol:

Para além disso, a habitual subversão....o único apoio que vi que vai ser dado a empresas, é o não aumento da taxa autónoma em 10% caso se tenha prejuizo em 2020 (e acho que em 2021)...

Portanto, isto em 2020 é para carregar nos prejuizos com compras de carros, barcos, jactos privados, despesas de representação (vulgo despesas em restaurantes e hotelaria à grande e à francesa), e até nas não documentadas, porque o Estado está a dar incentivo para que assim seja.

E se por acaso tiveste lucro, e pagas imposto, burro!!! Comprasses o carro, qual capitalizar empresas qual quê???

Não admira nada, porque aprendi recentemente que no nosso país, dos que cá ficaram, só há três tipo de pessoas:

1. Os ignorantes (que não sabem como o sistema está montado, e se fiam na sorte);
2. Os pobres (que sabendo, não tem como mudar);
3. Os que retiram proveito do status quo, e modus operandi, dito de outra forma, os corruptos e os bandidos.

Eu estava incluido nos IGNORANTES até à pouco tempo.

Da forma como a nossa Justiça está montada, e isto é uma das principais aversões ao investimento em Portugal (quanto mais cá morar!), nenhuma pessoa de bem poderá querer viver em Portugal.

Ficam os corruptos, e os bandidos, os que beneficiam do sistema vigente. E que nunca o alterarão. E que estão no poder.

Mas como aqui já disseram, os que nos governam são o espelho dos governados.

Voltamos ao ponto 1., 2. e 3.

Saudações & Bons Negócios
 
Mensagens: 1198
Registado: 16/5/2005 21:38

Re: Off topic - orçamento 2021

por TTM62 » 13/10/2020 22:12

Este comentário está mesmo bem "esgalhado". O que achei com mais piada foi mesmo "os 3 tipos de pessoas", não diria melhor, é completamente adequado `às circunstancias.
viva a vida k vai passar mt tempo morto
 
Mensagens: 123
Registado: 5/11/2002 0:54
Localização: Baião

Re: Off topic - orçamento 2021

por LoneWolf » 14/10/2020 9:22

nunoand99 Escreveu:E se por acaso tiveste lucro, e pagas imposto, burro!!! Comprasses o carro, qual capitalizar empresas qual quê???

Não admira nada, porque aprendi recentemente que no nosso país, dos que cá ficaram, só há três tipo de pessoas:

1. Os ignorantes (que não sabem como o sistema está montado, e se fiam na sorte);
2. Os pobres (que sabendo, não tem como mudar);
3. Os que retiram proveito do status quo, e modus operandi, dito de outra forma, os corruptos e os bandidos.

Eu estava incluido nos IGNORANTES até à pouco tempo.

Da forma como a nossa Justiça está montada, e isto é uma das principais aversões ao investimento em Portugal (quanto mais cá morar!), nenhuma pessoa de bem poderá querer viver em Portugal.

Ficam os corruptos, e os bandidos, os que beneficiam do sistema vigente. E que nunca o alterarão. E que estão no poder.

Mas como aqui já disseram, os que nos governam são o espelho dos governados.

Voltamos ao ponto 1., 2. e 3.

Saudações & Bons Negócios



nunoand99, grande comentário!
E aos outros utilizadores, obrigado pela partilha de comentários.

Nao resisti deixar aqui os meus 2Cents. Antes de mais, nao pertenço a nenhum dos 3 tipos de pessoas. Sou do grupo que emigrou, como ja referi noutros posts.
Engraçado, na altura em q vim para a europa central, nos tempos da troika, brincava com o termo refugiado fiscal quando me perguntavam quais os motivos que me tinham levado a sair de Portugal.
Mais curioso ainda, quando tinha uns 16-17 anos, já dizia q Portugal era bom era para férias. E agora atesto bem isso, adoro ir aí para comer e ir à praia. Um país q tem um bocadinho de tudo! Tudo, menos justiça e bom senso.

O meu pai pagou sempre os impostos direitinhos do seu pequeno negócio, sempre com a contabilidade acertada. Desde os 23 anos até aos 60 e muitos. Levou porrada da grossa quando nos anos 90 liberalizaram o foco do seu negócio. Tem agora uma reforma q é uma anedota. O tal limiar da pobreza.
Já esses FDPs que mandaram abaixo bancos como o BPP, BPN, BES, sócrates e companhia Lda, os q limpam dinheiro nas autarquias , PPPs e empresas publicas.... esses... maravilha! Anda tudo a curtir, livre como um passarinho. Vai tudo prescrever, pq o sistema assim está montado. E quem paga?

Eu não, pq emigrei. Vá... ando a dar dinheiro ao PSI20 q é uma forma de masoquismo saudoso.

Não é q nao haja corrupçao na holanda, alemanha, ou mesmo na áustria. Ou mesmo na comissao europeia e no parlamento europeu. Ou nos países de leste. Mas... é só olhar para os gráficos de crescimento, PIB, etc.

O marasmo à beira-mar plantado.

LW
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 666
Registado: 29/4/2015 16:02

Re: Off topic - orçamento 2021

por Marco Martins » 14/10/2020 9:44

Ulisses Pereira Escreveu:O Pedro Santos Guerreiro escreveu um brilhante artigo sobre o tema que reflecte muito também do que eu penso.

“É um Orçamento com mais coração que cabeça. Com segurança social sem segurança financeira. Com mais despesa necessária e mais despesa desnecessária. Com austeridade, sem expansionismo. Não é um orçamento de esquerda, é um Orçamento do Bloco de Esquerda. É um Orçamento de assistência do Estado à sociedade e de assistência da UE ao Estado. Dá para um ano, não dá para mais. É um carro com amortecedores laborais sem motor empresarial. Para a economia pegar de empurrão numa subida. É, entre tantos riscos, um orçamento otimista numa economia pessimizada. Torcendo para que tudo corra bem. Se correr mal, tudo começa a estoirar daqui a um ano: as contas públicas, a estabilidade social e o governo. Boa sorte, João Leão, vai precisar dela. Nós também. (...)”

Quando não se sabe a realidade nada é irrealista. Análise às linhas do OE mais arriscado de sempre. Aos apoios sociais certos. Aos estímulos errados. E à força do Bloco de Esquerda"

( https://expresso.pt/opiniao/2020-10-13- ... Q9wisCYqXQ )


Infelizmente, toda esta governação me parece que é feita de esperanças... esperança de um euro estável, uma economia estável, um turismo estável e uma dívida estável!! E se tudo correr bem, não ficaremos melhor, nem pior, ficaremos apenas estáveis!

Não dúvido que tanto a esquerda como a direita queiram o melhor para o país e para as pessoas! Uns querem uma melhoria primeiro do lado social esperando depois que essas pessoas contribuam com mais impostos para todos mantendo um estado pesado e dominador mas justo! Do outro lado, preferem primeiro um estado mais simples para que o dinheiro chegue à sociedade na esperança que ela prospere e se torne mais rica e mais justa.

A meu ver ambas as visões têm a sua razão de ser e num mundo perfeito funcionariam... no entanto quanto mais poder o estado tem, mais problemas existem porque a economia tende a ser limitada.
 
Mensagens: 4846
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Off topic - orçamento 2021

por balta » 14/10/2020 10:41

É tão fácil criticar os políticos, os outros, o país, em suma os portugueses, esse tipos que mais não são que nós próprios, quando se emigra o espírito é outro, vamos ser positivos, dar o litro, agarrar as oportunidades ainda que sejam a fazer o mesmo que já fizemos na nossa terra ou às vezes ainda pior mas como é mais remunerado aqui sim vale a pena, só que passados uns tempos as contas vêm ao de cima é como o azeite e chega.se à conclusão que se tem o mesmo nível de vida aqui com mil que lá com 2 mil.
Isto é só para dizer que sempre que vem um orçamento antes de nos preocuparmos (jornalistas e comentadores públicos inclusive) e apresentar propostas alternativas mostrar que indo por este caminho seria melhor, não o que nos interessa é dividir para reinar, agora há que estigmatizar bem a esquerda que logo logo vem aí a direita para mais tarde fazermos o mesmo com ela quando estiver no poder, então os criticos das anteriores políticas de direita com cortes no social já se cansaram? Eu também critico tanto social (parece despesismo a mais), mas é o que digo se derem mais 50€ a quem é pobre, mas trabalhador e de família, então acham que ele vai fazer férias no estrangeiro? não, vai é viver um pouco melhor vai calçar os filhos e dar-lhes mais possibilidades para serem educados, em suma vão consumir e o dinheiro vai chegar ao capital à mesma, queriam o quê baixar impostos? Na atual conjuntura a baixa de impostos é difícil acontecer.
Acho injusto para além da novela do BES/NOVOBANCO (maior rouba da história em Portugal e ninguém está preso) critico o dinheiro a rodos para a tap para gente com altos vencimento e que à 1/2 ano está de papo para o ar, critico benesses na Adm pública quando é só porque há dinheiro então vamos gastar, critico estarem muito vencimentos da ad pública desfasados da média do privado e a organização do trabalho na adm pública em que há muitos postos de trabalho que exprimidos não precisavam sequer de existir ou podiam estar a fazer coisas necessárias, mas isso é uma complicação de mexer.
Espero que o OE traga capacidade de com medidas simples mas robustas do ponte de vista do valor de apoio possam utilizar a tal bazuca para distribuir algum pelas empresas que estão fragilizadas mas não é à toa, é por exemplo ajudando a melhorar as competências digitais, a renovar o parque informático, a produzir energia renovável, a modernizar as infraestrturas agricolas, etc e isso trará no futuro crescimento, Já era bom. Agora criticas sem ler o papel...
 
Mensagens: 296
Registado: 6/4/2005 10:39
Localização: Castelo Branco

Re: Off topic - orçamento 2021

por yggy » 14/10/2020 10:56

balta Escreveu:É tão fácil criticar os políticos, os outros, o país, em suma os portugueses, esse tipos que mais não são que nós próprios, quando se emigra o espírito é outro, vamos ser positivos, dar o litro, agarrar as oportunidades ainda que sejam a fazer o mesmo que já fizemos na nossa terra ou às vezes ainda pior mas como é mais remunerado aqui sim vale a pena, só que passados uns tempos as contas vêm ao de cima é como o azeite e chega.se à conclusão que se tem o mesmo nível de vida aqui com mil que lá com 2 mil...


Bom dia balta...como voce disse é facil criticar os outros, o país..para os que emigram...
Uma pergunta, voce ja emigrou?

Eu vou lhe dizer...porque tenho experiencia própria...as diferenças..
Antes de mais...estive emigrado com a minha esposa...durante 7 anos e meio...e voltamos em Julho...e pasme.se que estamos em Outibro e já queremos voltar a emigrar...

Sabe porque? Nao tem a ver com o ordenado...alias ate ganhamos mais igual...mas sabe qual é a diferença? è a quelidade de vida...e olhe estavamos na Belgica...e chovia quase todos os dias de setembro a Abril/Maio...

A diferença? Aqui trabalha-se que nem 1 cão...não ha oportunidades que existem lá fora...
Nos la saimos as 17h30...para ir buscar os miudos a creche/escola...e la fecham as 18...Aqui fecham as 19h30...so por ai ja pode ver que ha algo que nao bate certo...
Tinhamos tempo para tudo...aqui perdemos mais ou menos 2 horas a menos com os miudos...

Lá ha transparencia, lá há lugar para opinião..o chefe escuta-te, o director escuta-te, a comissão executiva escuta-te...aqui...tratam-te como 1 zé ninguem...

A nivel de apoios sociais...lá nao tem nada a ver como aqui...

Esta a ver a diferença?

Voce ja esteve emigrado?
 
Mensagens: 180
Registado: 29/11/2007 11:56
Localização: Moscavide

Re: Off topic - orçamento 2021

por Alpha* » 14/10/2020 10:59

Com 3 600 000 pensionistas e 700 000 funcionários públicos, os impostos e contribuições nunca irão baixar.
 
Mensagens: 45
Registado: 9/10/2020 16:50

Re: Off topic - orçamento 2021

por Flav » 14/10/2020 11:54

Alpha tentando ser um pouco mais objetivo, sobre os pensionistas, os impostos que pagam servem no essencial (tirando as pensões de sobrevivência e outras prestações de ação social), para "garantir" as suas futuras pensões, num esquema atual e de há muitos anos de solidariedade geracional. Aí não vejo como diminuir impostos, sem diminuir (ainda mais!!) as futuras pensões de reforma.
Não me cabe a mim defender os FPs, mas devias saber que todos pagam os impostos devidos sem qq hipótese de fuga ao fisco. Noutras profissões e setores de atividade não tenho a mesma certeza.
Sobre emigração a grande maioria dos emigrantes que conheço (e eu tb já fui emigrante) querem sempre voltar, mesmo com alguma perca de rendimento.
 
Mensagens: 246
Registado: 13/1/2017 13:00

Re: Off topic - orçamento 2021

por balta » 14/10/2020 12:00

Yggy, bom dia, eu respeito muito os emigrantes às vezes penso em o ser, mas isso também não é para todos e há timings que decidem a nossa vida, sei +/- bem o que é, sou filho de emigrantes, mas também digo que quem já foi emigrante e em países como refere, irá ter sempre termos de comparação e não será fácil equilibrar o prato da balança pois como diz lá os apoios sociais são maiores. Mais uma razão ao que eu dizia, o problema é que apoios sociais são muitas vezes vistos como mais despesismo pois os recursos tendem a ser mal geridos por questões várias entre as quais os fundos são entregues muitas das vezes a incapazes de atos de boa gestão corrente, e depois o clientelismo aparece facilmente quando a máxima é "hoje há amanhã (o estada) dará"... e o estado não fiscaliza em condições.
 
Mensagens: 296
Registado: 6/4/2005 10:39
Localização: Castelo Branco

Re: Off topic - orçamento 2021

por LoneWolf » 14/10/2020 12:06

Flav Escreveu:Sobre emigração a grande maioria dos emigrantes que conheço (e eu tb já fui emigrante) querem sempre voltar, mesmo com alguma perca de rendimento.


Tens tanta certeza ou é apenas a tua amostra de opiniõs? è q a minha amostra de opiniões é exatamente oposto. Conheço centenas de portugueses emigrados. Dos q voltaram, só 2 ou 3 estão realmente contentes. Maioria nao quer voltar, apesar das saudades das pequenas coisas como praia, comida, familia e amigos.


Tenho de me pôr do lado do Yggy. As hierarquias instaladas (sejam na AP, sejam em empresas privadas ou simplesmente psicológicas), a mentalidade de "negocio de familia", dos novos riquinhos e das manias de superioridade q tanto vejo qnd vou a lisboa não dão margem de manobra a quem quer voltar. Em portugal a escada social está bloqueada. É muito dificil subir se nao se vier de "familias". Tanto em empresas, como no publico, como na politica... Como exemplo: quem teve aulas na Universidade com o Prof. Marcelo viu isso todos os dias.

LW
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 666
Registado: 29/4/2015 16:02

Re: Off topic - orçamento 2021

por Alpha* » 14/10/2020 12:46

Flav Escreveu:Alpha tentando ser um pouco mais objetivo, sobre os pensionistas, os impostos que pagam servem no essencial (tirando as pensões de sobrevivência e outras prestações de ação social), para "garantir" as suas futuras pensões, num esquema atual e de há muitos anos de solidariedade geracional. Aí não vejo como diminuir impostos, sem diminuir (ainda mais!!) as futuras pensões de reforma.
Não me cabe a mim defender os FPs, mas devias saber que todos pagam os impostos devidos sem qq hipótese de fuga ao fisco. Noutras profissões e setores de atividade não tenho a mesma certeza.
Sobre emigração a grande maioria dos emigrantes que conheço (e eu tb já fui emigrante) querem sempre voltar, mesmo com alguma perca de rendimento.


Não fiz um juízo de valor sobre os pensionistas e funcionários públicos. Como alguém referiu que não é o momento para reduzir impostos, apenas quis completar que não é possível reduzir a receita do estado, pois a despesa, devido à sua natureza, é quase intocável. Como Portugal não controla a moeda que usa e não tem autorização para apresentar um grande défice, os impostos não baixarão.
 
Mensagens: 45
Registado: 9/10/2020 16:50

Re: Off topic - orçamento 2021

por Marco Martins » 14/10/2020 14:29

Em relação ao orçamento e orientações para o proximo ano, porque é que não se corrige a questão dos professores contratados?

Querem iniciar um processo de respeito pelas pessoas, podem começar por aí!!!

A minha esposa é professora de história e há 20 anos que todos os anos é um filme!! Nos últimos anos tem estado em regime temporário!!!
Como se aceita que pessoas contratadas e pessoas no quadro tenham uma diferença de 100% no vencimento só porque uma nunca conseguiu ingressar nos quadros, e ainda tenham de estar sugeitas a viajar todos os anos?
 
Mensagens: 4846
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Off topic - orçamento 2021

por Marco Martins » 14/10/2020 14:34

Marco Martins Escreveu:Em relação ao orçamento e orientações para o proximo ano, porque é que não se corrige a questão dos professores contratados?

Querem iniciar um processo de respeito pelas pessoas, podem começar por aí!!!

A minha esposa é professora de história e há 20 anos que todos os anos é um filme!! Nos últimos anos tem estado em regime temporário!!!
Como se aceita que pessoas contratadas e pessoas no quadro tenham uma diferença de 100% no vencimento só porque uma nunca conseguiu ingressar nos quadros, e ainda tenham de estar sugeitas a viajar todos os anos?


Não quero com isto entrar também em questões onde alguns professores conseguem trabalhar apenas 4 dias por semana ou ter horários só de manhã ou de tardes... porque em relação a isso, acho que deveria haver uma normalização e os professores terem um horário de 7/8 hrs /dia de trabalho como toda a gente e acima de tudo ser proibido trazerem trabalhos para fazer em casa!!!
 
Mensagens: 4846
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Off topic - orçamento 2021

por nunoand99 » 14/10/2020 15:39

LoneWolf Escreveu:
Flav Escreveu:Sobre emigração a grande maioria dos emigrantes que conheço (e eu tb já fui emigrante) querem sempre voltar, mesmo com alguma perca de rendimento.


Tens tanta certeza ou é apenas a tua amostra de opiniõs? è q a minha amostra de opiniões é exatamente oposto. Conheço centenas de portugueses emigrados. Dos q voltaram, só 2 ou 3 estão realmente contentes. Maioria nao quer voltar, apesar das saudades das pequenas coisas como praia, comida, familia e amigos.


Tenho de me pôr do lado do Yggy. As hierarquias instaladas (sejam na AP, sejam em empresas privadas ou simplesmente psicológicas), a mentalidade de "negocio de familia", dos novos riquinhos e das manias de superioridade q tanto vejo qnd vou a lisboa não dão margem de manobra a quem quer voltar. Em portugal a escada social está bloqueada. É muito dificil subir se nao se vier de "familias". Tanto em empresas, como no publico, como na politica... Como exemplo: quem teve aulas na Universidade com o Prof. Marcelo viu isso todos os dias.

LW


A escada social está bloqueada, mas isso é tanto verdade para quem sobe, como para quem desce!

Eu sou um privilegiado, portanto não me posso identificar com o que disseste, e mais, já empreguei várias pessoas que chamarias "de familias", e foram excelentes profissionais, o que não é de estranhar, porque normalmente são formados nos melhores sitios, porque as pessoas de "famillias" sabem escolher, e além disso, a melhor educação é a que vem de casa.

E ao contrário do que possam pensar, normalmente são extremamente humildes!

O grande problema em Portugal (embora a dificuldade em subir e descer a escada seja comum a toda a Europa), não é o problema em subir a escada, o grande problema é uma suposta classe média, onde abundam os medos, e portanto tem PAVOR de descer a escada!

E portanto governa-se para não descer na escada, em vez de se governar para subir na escada! :roll:

E depois isto é transversal a tudo o que se possa imaginar.

Como por exemplo, na Justiça, a prioridade é salvaguardar direitos dos bandidos. Porque se considera mais grave punir um inocente (descer a escada), do que deixar livre um criminoso (subir a escada).

Numa sociedade como a nossa, e mais uma vez, transversal a quase toda a Europa, principalmente a latina, onde se privilegiam segurança sobre liberdade (os mesmos países que, pela mesma razão, geraram no passado ditaduras), vai ser sempre mais importante dificultar o descer da escada, do que o subir na escada, sendo que, como a escada é a mesma, ao dificultar uma estás a dificultar a outra.

Ainda agora começou o tópico, e já abundam por aqui as questões da função publica. Este é um dos melhores exemplo de MEDO em descer a escada em Portugal! As pessoas vão vir para aqui com queixas, e exigências, as quais até vão parecer as mais naturais do mundo em certos casos, mas que padecem todas da mesma falácia.

Porque é que não se despedem (descer a escada, mesmo que seja só 2 ou 3 dias), para se virarem para outro sitio (subir a escada)?

Subir a escada é tão f´ácil, basta não ter medo :wink:

Mas subir a escada é um acto individual, e o medo de descer a escada, é uma questão colectiva, e as colectividades é que geram governos.

Voltamos ao ponto 1., 2. e 3. 8-)

Saudações & Bons Negócios

P.S. Até na medida que referi em cima da taxa autónoma, o objectivo é não descer na escada, reparem bem, é um apoio para quem tem prejuizo, mesmo que por via de despesas de representação, ou comprar de carros e afins. Não é um apoio para quem tem os maiores lucros, ou criou mais emprego.

P.P.S. Bom, e no apoio às empresas no COVID? Para quem teve descidas das vendas superiores a 80% (e para descer vendas é só fechar as portas!), havia, atente-se na palavra, um BONUS (um prémio, portanto), majorativo que permitia acarretar o maior valor monetário. E os que cresceram vendas? Os que mais se esforçaram e ultrapassaram a situação? ZERO.

P.P.P.S Como é que fizeram aqueles que privilegiam liberdade sobre segurança, como a América, mas não só? Flat Rate para todos. O mesmo cheque para toda a gente independentemente do que quer que seja.
 
Mensagens: 1198
Registado: 16/5/2005 21:38

Re: Off topic - orçamento 2021

por Alpha* » 14/10/2020 16:45

Marco Martins Escreveu:Em relação ao orçamento e orientações para o proximo ano, porque é que não se corrige a questão dos professores contratados?

Querem iniciar um processo de respeito pelas pessoas, podem começar por aí!!!

A minha esposa é professora de história e há 20 anos que todos os anos é um filme!! Nos últimos anos tem estado em regime temporário!!!
Como se aceita que pessoas contratadas e pessoas no quadro tenham uma diferença de 100% no vencimento só porque uma nunca conseguiu ingressar nos quadros, e ainda tenham de estar sugeitas a viajar todos os anos?

O sistema está montado para beneficiar alguns, não todos...
Quem é ainda relativamente jovem e professor deveria procurar seguir a vida por outro lado. O Estado irá apenas pagar-lhes o estritamente necessário para tomarem conta dos filhos daqueles que não têm dinheiro para meter as crianças no privado.
 
Mensagens: 45
Registado: 9/10/2020 16:50

Re: Off topic - orçamento 2021

por Alpha* » 14/10/2020 16:56

A escada social está muito bem oleada para se descer. Existe uma geração de jovens que em 10 anos apanhou duas recessões, mesmo sendo filhos da classe média alta, irão criar as suas crianças na média baixa, assim que os pais partam.
Quanto a subir, um miúdo que nasça numa aldeia da Serra da Estrela tem exactamente a mesma probabilidade de sucesso na vida que um que nasceu em Cascais... (Seria bom, mas é mentira)
 
Mensagens: 45
Registado: 9/10/2020 16:50

Próximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Bing [Bot], leomiguel77, loverfoto, Phil2014, Zuckerman, zulu404 e 49 visitantes