Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Nighttrading on the Big Apple

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Nightrader » 9/11/2022 20:00

O Nasdaq está em modo de queda livre, não sei se tem alguma relação com as eleições de ontem.

O destaque pela negativa de hoje é a Telos (TLS). Apresentou resultados ontem, acima do esperado, mas baixou a guidance para o ano fiscal de 2022 de $226M-$242M para $213M-$217M. Está a cair quase 70% na sessão de hoje. O mercado não está para brincadeiras.
Anexos
Captura de ecrã 2022-11-09, às 18.58.31.png
Captura de ecrã 2022-11-09, às 18.58.31.png (40.33 KiB) Visualizado 1588 vezes
 
Mensagens: 264
Registado: 28/2/2013 18:52

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Nightrader » 11/11/2022 15:10

O Nasdaq apresenta neste momento grandes oportunidades. Ontem, a Digital Turbine apresentou resultados em linha com o esperado e a melhoria da guidance associada a um dia muito positivo na bolsa americana levou a cotação a disparar 60% num só dia.
Anexos
Captura de ecrã 2022-11-11, às 13.57.01.png
Captura de ecrã 2022-11-11, às 13.57.01.png (38.75 KiB) Visualizado 1525 vezes
Captura de ecrã 2022-11-11, às 13.56.32.png
Captura de ecrã 2022-11-11, às 13.56.32.png (33.55 KiB) Visualizado 1525 vezes
 
Mensagens: 264
Registado: 28/2/2013 18:52

Re: Nighttrading on the Big Apple

por BearManBull » 12/11/2022 2:43

:arrow: zona de compra.
Anexos
AI-Diario.png
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6817
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Nightrader » 14/11/2022 14:20

BearManBull Escreveu::arrow: zona de compra.


Quinta e sexta feira foram dias de fortes subidas. Todos os títulos deste tópico deram sinal de compra, ou foi apenas este?
 
Mensagens: 264
Registado: 28/2/2013 18:52

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Nightrader » 14/11/2022 14:45

A Monday.Com (MNDY), título que estamos a acompanhar e no qual abri uma posição há uma semana, apresentou hoje resultados.
Deixo uma breve análise aos resultados:


- As receitas cresceram 65% YoY (68% a moeda constante).
É uma taxa de crescimento muito elevada, portanto muito bom resultado neste aspecto.

- DBNR acima de 120% e acima de 145% para clientes acima dos $50K ARR.
Um valor muito sólido e que demonstra a capacidade da empresa em expandir os seus produtos.

- A margem operacional GAAP caíu de -35% para -21%.
Evolução muito positiva da margem operacional. Um dos pontos que mais me agradou nestes resultados.

- Margem Free Cash Flow, passou de -15% no trimestre anterior para +10% neste trimestre.
Voltamos ao FCF positivo!

Regra dos 40: (A soma do crescimento das receitas com a margem FCF deve ser superior a 40%).

65%+10%= 75%

Numa altura em que a maioria dos títulos não consegue satisfazer a regra dos 40, a MNDY faz quase o dobro do valor requerido!!

Em resumo, excelentes resultados sem pontos fracos numa primeira análise. Agora é necessário dar atenção aos detalhes.
 
Mensagens: 264
Registado: 28/2/2013 18:52

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Nightrader » 17/11/2022 18:39

Um dos títulos da Watch List, a DLocal, caíu ontem mais de 50% num só dia.

A DLocal (DLO) é uma fintech uruguaia que opera na América do Sul e que apresenta crescimento das receitas da ordem dos 100% YoY enquanto a margem líquida é da ordem dos 30% (positiva). A razão da queda de ontem foi um "short report" emitido pela Murky Waters que acusa a empresa de martelar as contas:

https://www.muddywatersresearch.com/res ... short-dlo/

Por seu turno, a Murky Waters está a ser investigada por manipulação do mercado com o objectivo de favorecer "hedge funds".

https://www.reuters.com/business/financ ... 022-02-16/


É difícil avaliar se estamos perante uma oportunidade de compra a preço de saldos ou se pelo contrário há de facto manipulação das contas. Nos fóruns de discussão, como sempre, as opiniões dividem-se, mas há muita gente a comprar.
 
Mensagens: 264
Registado: 28/2/2013 18:52

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Opcard » 19/11/2022 19:02

Mas mais reconhecidas :


Imagem
 
Mensagens: 3660
Registado: 14/3/2009 0:19
Localização: 16

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Nightrader » 20/11/2022 5:07

Farfetch (FTCH)

Fazendo um ponto da situação da Farfetch após a apresentação de resultados esta semana;

A Farfetch está a atravessar uma tempestade perfeita. A inflação e o abrandamento económico naturalmente afectam negativamente as vendas no sector. O encerramento da operação mercado russo e os lock-downs na China também afectaram negativamente as vendas. A juntar a tudo isto. a forte valorização do dólar implica uma significativa redução das receitas quando convertidas em dólares. Por fim, a FTCH vem de um período de aceleração que torna as comparações dos resultados actuais difíceis. Era difícil encontrar uma mais completa combinação de adversidades.

Assim, na apresentação de resultados, pela primeira vez o número de utilizadores activos diminuiu 7.9% YoY. O GMV (volume bruto de vendas através das suas plataformas) caiu também 4.9% em dólares. Porém, a moeda constante o GMV cresceu 4.1%. As receitas cresceram 1.9%, 14.1% a moeda constante. Apesar de todas as contrariedades, o negócio continua a expandir-se.

A margem bruta também melhorou de 43.3% para 44.9%. Já a margem de EBIDTA ajustada passou de positiva 1.1% no 2Q 2021 para negativa -0.9% no 2Q 2022.

Para o final do ano, a empresa espera o GMV a cair entre 5% a 7%, e a margem de EBITDA ajustada de -3% to -5%.

Além disso a empresa contraiu um empréstimo de $400 milhões à taxa de 6.5% a pagar em 2027.

Por fim, quanto à avaliação, o EV/S está em 1.59.


Em resumo, apesar de todas as adversidades o negócio continua a crescer a um ritmo razoável (15% a moeda constante) e ainda melhorando a margem bruta. Por outro lado, a margem operacional está a degradar-se e não há melhoria à vista. No curto prazo, enquanto a envolvente macroeconómica não melhorar é pouco provável que a empresa possa apresentar grandes melhorias. No entanto a empresa continua a ser líder dominante do sector e quando o clima inflacionário e recessivo estiver ultrapassado, irá provavelmente retomar o seu crescimento e melhorar as margens. Para o longo prazo continuo a ter uma perspectiva positiva para a empresa. No curto prazo, as dificuldades não estão ultrapassadas.
Anexos
Captura de ecrã 2022-11-20, às 02.00.33.png
 
Mensagens: 264
Registado: 28/2/2013 18:52

Re: Nighttrading on the Big Apple

por NirSup » 20/11/2022 17:44

Concordo com a tua publicação e também eu acredito que a médio e longo prazo a Farfetch vai ser capaz de dar a volta por cima.
Neste momento, as coisas não estão bem. Não adianta tapar o sol com a peneira. E o empréstimo feito a taxas tão altas mostra que a empresa tem um outlook negativo por parte do mercado no que diz respeito à sua saúde financeira.
De positivo: a alta margem de lucro (bruta). Isso significa que a empresa pode dar lucro, reduzindo os custos operacionais (dentro do que for possível obviamente). Mas não estou a criticar a opção do José Neves que prioriza o crescimento em vez do lucro.
By Nirvana
Why 99% of the technical analysis you guys see on the internet is complete bullshit? ( r/wallstreetbets)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3873
Registado: 29/4/2014 15:34

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Artista Romeno » 20/11/2022 21:59

Nightrader Escreveu:Farfetch (FTCH)

Fazendo um ponto da situação da Farfetch após a apresentação de resultados esta semana;

A Farfetch está a atravessar uma tempestade perfeita. A inflação e o abrandamento económico naturalmente afectam negativamente as vendas no sector. O encerramento da operação mercado russo e os lock-downs na China também afectaram negativamente as vendas. A juntar a tudo isto. a forte valorização do dólar implica uma significativa redução das receitas quando convertidas em dólares. Por fim, a FTCH vem de um período de aceleração que torna as comparações dos resultados actuais difíceis. Era difícil encontrar uma mais completa combinação de adversidades.

Assim, na apresentação de resultados, pela primeira vez o número de utilizadores activos diminuiu 7.9% YoY. O GMV (volume bruto de vendas através das suas plataformas) caiu também 4.9% em dólares. Porém, a moeda constante o GMV cresceu 4.1%. As receitas cresceram 1.9%, 14.1% a moeda constante. Apesar de todas as contrariedades, o negócio continua a expandir-se.

A margem bruta também melhorou de 43.3% para 44.9%. Já a margem de EBIDTA ajustada passou de positiva 1.1% no 2Q 2021 para negativa -0.9% no 2Q 2022.

Para o final do ano, a empresa espera o GMV a cair entre 5% a 7%, e a margem de EBITDA ajustada de -3% to -5%.

Além disso a empresa contraiu um empréstimo de $400 milhões à taxa de 6.5% a pagar em 2027.

Por fim, quanto à avaliação, o EV/S está em 1.59.


Em resumo, apesar de todas as adversidades o negócio continua a crescer a um ritmo razoável (15% a moeda constante) e ainda melhorando a margem bruta. Por outro lado, a margem operacional está a degradar-se e não há melhoria à vista. No curto prazo, enquanto a envolvente macroeconómica não melhorar é pouco provável que a empresa possa apresentar grandes melhorias. No entanto a empresa continua a ser líder dominante do sector e quando o clima inflacionário e recessivo estiver ultrapassado, irá provavelmente retomar o seu crescimento e melhorar as margens. Para o longo prazo continuo a ter uma perspectiva positiva para a empresa. No curto prazo, as dificuldades não estão ultrapassadas.

mas o setor está mal? eu olho para a LV, a Hermes, ou até a ferrari e nao vejo nada disso.....pode vir até a estar, mas ate aqui nao esteve
As opiniões expressas baseiam-se essencialmente em análise fundamental, e na relação entre o valor de mercado dos ativos e as suas perspectivas futuras de negocio, como tal traduzem uma interpretação pessoal da realidade,devendo como tal apenas serem consideradas como uma perspetiva meramente informativa sobre os ativos em questão, não se constituindo como sugestões firmes de investimento
 
Mensagens: 5347
Registado: 4/4/2014 18:06
Localização: Iberia

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Nightrader » 21/11/2022 2:36

Artista Romeno Escreveu:mas o setor está mal? eu olho para a LV, a Hermes, ou até a ferrari e nao vejo nada disso.....pode vir até a estar, mas ate aqui nao esteve


Na verdade quando falei no sector nem pensei no sector da moda de luxo tipo Louis Vuitton mas sim no sector das vendas online (ex: Revolve (RVLV)). A Ferrari e a Louis Vuitton são empresas muito diferentes. São empresas grandes e com lucros sólidos, ambas estão a crescer receitas 15-20% YoY o que é bastante bom para empresas com essas características. Mesmo a Revolve está a crescer 10%, o que seria bom para a maioria das empresas mas para empresas na fase de expansão é pouco.
 
Mensagens: 264
Registado: 28/2/2013 18:52

Re: Nighttrading on the Big Apple

por Celsius-reloaded » 21/11/2022 15:52

Nightrader Escreveu:Farfetch (FTCH)

Fazendo um ponto da situação da Farfetch após a apresentação de resultados esta semana;

A Farfetch está a atravessar uma tempestade perfeita. A inflação e o abrandamento económico naturalmente afectam negativamente as vendas no sector. O encerramento da operação mercado russo e os lock-downs na China também afectaram negativamente as vendas. A juntar a tudo isto. a forte valorização do dólar implica uma significativa redução das receitas quando convertidas em dólares. Por fim, a FTCH vem de um período de aceleração que torna as comparações dos resultados actuais difíceis. Era difícil encontrar uma mais completa combinação de adversidades.

Assim, na apresentação de resultados, pela primeira vez o número de utilizadores activos diminuiu 7.9% YoY. O GMV (volume bruto de vendas através das suas plataformas) caiu também 4.9% em dólares. Porém, a moeda constante o GMV cresceu 4.1%. As receitas cresceram 1.9%, 14.1% a moeda constante. Apesar de todas as contrariedades, o negócio continua a expandir-se.

A margem bruta também melhorou de 43.3% para 44.9%. Já a margem de EBIDTA ajustada passou de positiva 1.1% no 2Q 2021 para negativa -0.9% no 2Q 2022.

Para o final do ano, a empresa espera o GMV a cair entre 5% a 7%, e a margem de EBITDA ajustada de -3% to -5%.

Além disso a empresa contraiu um empréstimo de $400 milhões à taxa de 6.5% a pagar em 2027.

Por fim, quanto à avaliação, o EV/S está em 1.59.


Em resumo, apesar de todas as adversidades o negócio continua a crescer a um ritmo razoável (15% a moeda constante) e ainda melhorando a margem bruta. Por outro lado, a margem operacional está a degradar-se e não há melhoria à vista. No curto prazo, enquanto a envolvente macroeconómica não melhorar é pouco provável que a empresa possa apresentar grandes melhorias. No entanto a empresa continua a ser líder dominante do sector e quando o clima inflacionário e recessivo estiver ultrapassado, irá provavelmente retomar o seu crescimento e melhorar as margens. Para o longo prazo continuo a ter uma perspectiva positiva para a empresa. No curto prazo, as dificuldades não estão ultrapassadas.


Obrigado pela análise.
The market gives; The market takes.
 
Mensagens: 2283
Registado: 29/11/2007 2:35
Localização: Coimbra

Re: Nighttrading on the Big Apple

por J_Investidor » 21/11/2022 20:23

Boas, conheces a Fiverr? Penso que se enquadre aqui com o teu tópico.
Cumprimentos e obrigado pelo conteúdo
 
Mensagens: 419
Registado: 15/12/2018 19:39

Re: Nighttrading on the Big Apple

por ASimoes » 12/12/2022 21:22

8-) investi, na Esperança do fim de ano :shock:
https://www.zonebourse.com/cours/action ... -46303601/ sinto-me confuso :!: :roll:
pois, "quem nao sabe, é como quem, nao lê!"
 
Mensagens: 378
Registado: 10/2/2006 23:18
Localização: Lisboa

Anterior

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: andraderui, Bar38, Barão de Soestrova, Bing [Bot], cali010201, cmmanel, Google [Bot], Google Adsense [Bot], leão2, navaldoc, OCTAMA, ParaCima, PAULOJOAO e 59 visitantes