Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Políticas para Portugal

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Políticas para Portugal

por Marco Martins » 21/9/2022 11:58

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/energia/detalhe/produtores-de-gnl-alegam-escassez-de-stocks-para-quebrar-contratos-com-eletricas-europeias?ref=DET_Engageya_JNegocios

A par do que está a acontecer com as pellets em Portugal onde o preço aumentou e a disponibilidade no mercado diminuiu, os países mais fortes conseguem pagar mais pelos mesmos produtos fazendo com que os pequenos fiquem sem nada e ainda com mais dificuldades!!!

Ao nível das barragens, acredito que Espanha também vai conter mais os caudais para portugal, deixando passar o mínimo possível.

Ou seja, Portugal está num cantinho e se não houver uma união energética na europa isto vai ser um problema, onde cada qual se vai tentar safar da melhor forma...
 
Mensagens: 6047
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Políticas para Portugal

por caldeirum » 21/9/2022 13:06

Marco Martins Escreveu:https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/energia/detalhe/produtores-de-gnl-alegam-escassez-de-stocks-para-quebrar-contratos-com-eletricas-europeias?ref=DET_Engageya_JNegocios

A par do que está a acontecer com as pellets em Portugal onde o preço aumentou e a disponibilidade no mercado diminuiu, os países mais fortes conseguem pagar mais pelos mesmos produtos fazendo com que os pequenos fiquem sem nada e ainda com mais dificuldades!!!

Ao nível das barragens, acredito que Espanha também vai conter mais os caudais para portugal, deixando passar o mínimo possível.

Ou seja, Portugal está num cantinho e se não houver uma união energética na europa isto vai ser um problema, onde cada qual se vai tentar safar da melhor forma...



Lembram-se quando se começou a falar da necessidade de solidariedade europeia por causa da falta de gás na Alemanha? Alguns saíram logo a dizer porque é que devíamos ajudar a Alemanha quando fizeram exatamente o contrário na anterior crise?
É claro que o que os alemães fizeram não foi correto, mas temos de ser espertos. Não estamos numa situação que nos permita ter essa posição. Temos de ser pragmáticos.

Quanto à água, vamos ter sérios problemas com Espanha. É uma questão de tempo. Um governo de direita em Espanha já teria mandado Portugal à fava, garanto-vos. As regiões autónomas espanholas têm problemas entre elas quanto à partilha de água. Agora imaginem com Portugal!
Há que construir reservatórios, alterar a nossa dieta e não produzir certos produtos.

Eu tenho uma posição radical quanto à produção agrícola/pecuária -esse setor só deveria servir de apoio das restantes. Só em anos de excesso de água é que a produção poderia ser exportada ou situações de ajuda humanitária. Poderá ter inconvenientes como já aconteceu durante o estado novo - pouco desenvolvimento técnico, mas conhecendo a história podemos evitar os mesmos acontecimentos.

Cumprimentos
 
Mensagens: 233
Registado: 14/10/2021 22:31

Re: Políticas para Portugal

por BearManBull » 21/9/2022 17:01

caldeirum Escreveu:Lembram-se quando se começou a falar da necessidade de solidariedade europeia por causa da falta de gás na Alemanha? Alguns saíram logo a dizer porque é que devíamos ajudar a Alemanha quando fizeram exatamente o contrário na anterior crise?


Fachadas para se mostrarem diante do povo. Tanto Espanha como Portugal acabaram por adoptar medidas de poupança (pelo menos no papel).

Vamos ir contra a Alemanha? No ano seguinte montam os terminais de LNG e como têm $$$ podem comprar gás mais caro aos nosso provedores e acabaríamos por ficar nos em maus lençóis.



caldeirum Escreveu:Quanto à água, vamos ter sérios problemas com Espanha. É uma questão de tempo. Um governo de direita em Espanha já teria mandado Portugal à fava, garanto-vos.


Chega agua porque têm de produzir electricidade. Mesmo assim o Tejo ficou praticamente seco.

Espero que tenha sido apesar de tudo um ano bastante atípico. Nem da para imaginar o que vai ser do pais se isto for o novo "normal".
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6584
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Políticas para Portugal

por BearManBull » 21/9/2022 17:08



O preço da transição energética.

Afinal os produtores de combustíveis fosseis sao os que mais lucram com a maior fraude da historia.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6584
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Políticas para Portugal

por BearManBull » 25/9/2022 19:15

Realizador Asghar Farhadi elogia "mulheres progressistas e corajosas" e pede "solidariedade" com manifestantes iranianos


Agora lutar por uma liberdade universal de ter o direito a mostrar a cara e vestir-se como bem se entende é um acto de progressismo...

Eu nem sou progressista e sou acérrimo critico do feminismo moderno e obviamente que acredito que é uma luta digna, necessária e corajosa. Acima de tudo é uma questão de liberdade de pensamente e de expressão, não absolutamente nada que ver com progressismo que assenta num modelo que é o caminho para autoritarismos.


As feministas nem piam nestes dias, ninguém se manifestou pela UE como foi com BLM, enfim mais uma vergonha civilizacional do ocidente.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6584
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Políticas para Portugal

por Marco Martins » 26/9/2022 21:55

https://www.google.com/amp/s/www.dinheirovivo.pt/economia/amp/excedente-orcamental-publico-dispara-para-mais-de-23-mil-milhoes-de-euros-em-agosto-15199922.html

Então o governo andava a ponderar traxar as empresas que beneficiavam da crise, mas parece que o governo também beneficiou, pois arrecadou mais impostos com o aumento dos combustíveis, tal como beneficiou com o aumento generalizado de todos os produtos que subiram e pagaram mais impostos!

Será que o governo também vai ser taxado e obrigado a distribuir r esses ganhos pelo povo?
 
Mensagens: 6047
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Políticas para Portugal

por Marco Martins » 27/9/2022 20:08

Marco Martins Escreveu:https://expresso.pt/politica/2022-09-17-O-que-vem-ai-e-mau-avisa-Marcelo-e-aconselha-Governo-a-antecipar-a-sua-visao-para-o-proximo-ano-7b47c8b3

Pois pois!
Vamos ver se o governo consegue ser realista!
A meu ver, antecipar e encarar os problemas não é criar um pânico desnecessário!
Encarar os problemas, deve ser feito com a iniciativa de os tentar corrigir e diminuir o impacto negativo.

O governo está com medo que se for realista, haverão investimentos que não serão feitos, consumos que serão evitados e uma penalização directa na economia.

Contudo se o governo for sério, as empresas poderão ajustar os seus investimentos, as pessoas poderão conter-se nos gastos e poderão ser tomadas medidas para garantir que em 2024 possa haver novamente uma recuperação.

Curiosamente, nos últimos tempos, tem havido várias agências de rating a aumentar as notações de Portugal e empresas portuguesas! Num cenário de conspiração (se calhar muita conspiração mesmo) , eu tenderia a acreditar que o fazem de forma a que se possam livrar dos seus investimentos, sabendo o que por aí vem.



https://www.rtp.pt/noticias/economia/bce-contra-apoios-transversais-marcelo-preocupado-com-discurso-de-lagarde_n1435781

Ora então o professor Marcelo 10 dias depois de ter dados na mão e dizer para o governo falar a verdade ao povo sobre as dificuldades que aí vêm, vem agora criticar o discurso da Lagarde ?!?!?!?

Em que ficamos então?? O prognóstico era bom para Portugal ??!?!?

Podem vir com as teorias que quiserem, mas neste momento acho que Portugal é muito dependente dos países da UE e UK que vão sofrer mais o impacto dos combustíveis e da inflação e como tal isso terá impacto no nosso turismo e nas exportações!!!
Se os outros mercados que poderiam absorver as nossas exportações como a China também estão mal, então como vamos fazer?

Se a par de tudo isto, a nossa dívida está alta e as taxas de juro aumentam assim tão rapidamente, isto vai ter um impacto generalizado e directo na nossa economia, nas empresas com altos empréstimos e nas famílias muito endividadas.

Sendo Portugal pequeno e muito depedente do exterior, vai tentar procurar novos mercados.... mas isso só seria possível com uma desvalorização forte da nossa moeda, o que não acredito que aconteça, pois a europa tenderá a conter a descida do Euro para que isso não penalize ainda mais os combustíveis.

Bom, perante isto o que poderemos fazer? Se calhar teremos de rever o que foi feito durante a troika para conter a subida da dívida, alocar recursos para a dinamização da economia e eventualmente cortar naquilo que pode (que embora necessário, não será prioritário para o funcionamento do motor).
Aqui o governo terá de fazer opções e isto nada tém a ver com o corte em novos investimentos, pois eles serão muito necessários... terão é de ser estratégicos tendo em conta contribuirem para manter o motor a funcionar e não trazerem ainda mais despesas....
 
Mensagens: 6047
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Políticas para Portugal

por BearManBull » 27/9/2022 22:26

Marco Martins Escreveu:Em que ficamos então?? O prognóstico era bom para Portugal ??!?!?


Em 2007-2008 a ordem do dia era que Portugal ia passar ao lado da crise. E tardou em chegar, mas quando chegou foi um furacão de nível 5.



Relativo às exportações em teoria simples desvalorizar a moeda estimula as exportações. Mas as importações ficam mais caras, portanto empresas de industrias transformadoras podem mesmo ficar a perder dinheiro, o mesmo no caso de Portugal para empresas que tenham grande dependência de combustíveis.

Acima de tudo o pior de uma moeda desvalorizada é a perda de poder de compra, que pode consequentemente levar à fuga de talento. No geral acredito que o melhor para um país é ter o máximo possível de valorização de moeda, caso crasso é a Suíça que consegue aumentar as exportações continuamente ao mesmo tempo que mantem uma das moedas mais fortes do mundo.
https://tradingeconomics.com/switzerland/exports
Anexos
swissexports.PNG
swissexports.PNG (21.65 KiB) Visualizado 3000 vezes
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6584
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Políticas para Portugal

por Masterchief » 28/9/2022 12:57

Alta velocidade entre Porto e Lisboa vai ter 60 serviços
Porto, Gaia, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa vão ter estações para a alta velocidade. IP prevê triplicar oferta e procura.

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/alta-velocidade-entre-porto-e-lisboa-vai-ter-60-servicos

Qual é o objectivo desta noticia nesta altura?
Já não sei se ria ou se chore...
 
Mensagens: 452
Registado: 29/11/2007 2:53
Localização: V.N.Gaia

Re: Políticas para Portugal

por BearManBull » 28/9/2022 16:42

Precisamente antes da ultima grande crise o TGV e o aeroporto eram os assuntos da ordem do dia. :mrgreen:

Creio que para o TGV Lisboa Madrid ainda se construiu alguma coisa.

Um país com o SNS devastado e com divida de mais de 120% vai-se meter a fazer obras faraônicas de retorno duvidoso. É este tipo de atitude que começa a acender luz amarela para os credores.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6584
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Políticas para Portugal

por Marco Martins » 28/9/2022 17:12

Masterchief Escreveu:
Alta velocidade entre Porto e Lisboa vai ter 60 serviços
Porto, Gaia, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa vão ter estações para a alta velocidade. IP prevê triplicar oferta e procura.

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/detalhe/alta-velocidade-entre-porto-e-lisboa-vai-ter-60-servicos

Qual é o objectivo desta noticia nesta altura?
Já não sei se ria ou se chore...


Com o novo aeroporto em Santarém ainda terão de considerar mais uma paragem :)

Até entendo que o TGV seja uma necessidade, mas eventualmente faria mais sentido haver uma primeira linha entre Lisboa e Madrid ou entre Porto ou Coimbra para ligarem a Espanha se uma dessas linhas desse ligação simples para depois seguir para França.

Internamente a alta velocidade é importante, mas num país tão pequeno será que faz sentido um TGV com tantas paragens?

Se calhar faria mais sentido criar um hub no centro interior do país (ou mesmo Santarém) que pudesse fazer a ligação dos comboios de alta velocidade portugueses com ligação aos TGV espanhois... permitindo assim garantir as velocidades de 200km/h (que o nosso alfa ainda não mantém em toda a linha) e todas as linhas permitirem a ligação à Europa por TGV.
Nesse hub, poderiam haver muitos mais serviços com ligação ao mar, terminais de TIR, aeropoto, etc, etc...

Se essa linha de TGV tivesse a procura esperada, depois com o tempo poderiamos avançar para fazer o upgrade das outras linhas do Alfa para o TGV.
 
Mensagens: 6047
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Políticas para Portugal

por caldeirum » 28/9/2022 20:54

Não tenho conhecimento dos números, mas creio que será difícil para um país com um Pib per capita de ~26000€ e com uma população na maioria das cidades inferior a 50 mil pessoas, ter uma rede ferroviária ( e rodoviária - outra conversa) que seja viável.

Foram eliminados milhares de km de ferrovia porquê? Esse constrangimento foi eliminado?

Na construção e exploração há outro problema, na minha opinião. O equipamento ( locomotivas) serão adquiridas, como é óbvio, no estrangeiro pois não temos fabrico em Portugal (PT). Pois bem, esse material vai ser comprado ao preço dos alemães, franceses ou espanhóis. Quero dizer com isto que como temos salários baixos em PT, os impostos coletados são como consequência baixos. O esforço que o nosso país tem de fazer para adquirir essas locomotivas é muito mais alto do que nesses países (pib percapita/preço locomotiva). Não sei como encontrar preços de comboios, mas como termo de comparação procurem os preços dos automóveis. É para ficar com raiva!

É este ciclo vicioso que não conseguimos abandonar. Por isso temos uma dívida tão alta e por isso sempre faltará dinheiro.

Cumprimentos,
 
Mensagens: 233
Registado: 14/10/2021 22:31

Re: Políticas para Portugal

por BearManBull » 29/9/2022 8:53

Preços para viajar na próxima semana sexta dia 07 de Outubro.

Neste momento operam 3 operadores de TGV diferentes (embora uma seja a low cost da RENFE -> CP espanhola).

:arrow: Tanto Barcelona com Madrid são mega metrópoles com mais de 5M de habitantes na área urbana que distam 600km o cenário perfeito para TGVs

:arrow: Mesmo assim, ir de avião é mais barato (claro que temos de considerar que a concorrência do TGV reduz o preço mas também reduz o numero de companhias aéreas a operar a ponte aérea).

:arrow: A viagem de avião demora menos 1:20 vs 2:30 de TGV, no entanto as estações de comboio são mais centrais.


Para o caso de uma viagem internacional também para dia 07 de Outubro tanto a nível temporal como de preço os valores caem dentro do ridículo.

:arrow: Barcelona-Paris 200 euros 6:30 de viagem

:arrow: Madrid-Paris 230 euros e nem sequer existe directo são 10 horas...



Moral da historia, o TGV é uma ilusão que só compensa em cenários muito específicos para além que é um sistema de transporte altamente exclusivo. Suponho que a ideia seria ficar só a linha de TGV operacional entre Lisboa-Porto, ficando assim sem as linhas convencionais e quem quiser viajar ICs teria de ir de TGV e pagar o correspondente.
Anexos
madrid-barcelona.PNG
madrid-barcelona2.PNG
madrid-barcelona2.PNG (33.39 KiB) Visualizado 2732 vezes
madrid-barcelona plain.PNG
madrid - paris.PNG
madrid - paris.PNG (24.31 KiB) Visualizado 2732 vezes
barcelona - paris.PNG
barcelona - paris.PNG (23.64 KiB) Visualizado 2732 vezes
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6584
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Políticas para Portugal

por Marco Martins » 29/9/2022 9:58

BearManBull Escreveu:
Moral da historia, o TGV é uma ilusão que só compensa em cenários muito específicos para além que é um sistema de transporte altamente exclusivo. Suponho que a ideia seria ficar só a linha de TGV operacional entre Lisboa-Porto, ficando assim sem as linhas convencionais e quem quiser viajar ICs teria de ir de TGV e pagar o correspondente.


Exactamente!

Num cenário de expansão da economia até acho que poderia ser um investimento a ponderar... mas num cenário onde ainda não temos uma ideia de quando teremos as contas controladas nem uma economia pujante, acho que só estaremos a arranjar mais despesas fixas sem um retorno correspondente!

Se o investimento for privado, por mim tudo bem... desde que as restantes linhas continuem estatais...
Agora para um investimento público, passaremos a ter o dobro de custos (ou mais) na linha férrea....
 
Mensagens: 6047
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Políticas para Portugal

por yggy » 29/9/2022 10:59

O Governo vai fazer PPP para poder fazer o TGV...nao tem guito para isso...
 
Mensagens: 352
Registado: 29/11/2007 11:56
Localização: Moscavide

Re: Políticas para Portugal

por caldeirum » 29/9/2022 11:03

yggy Escreveu:O Governo vai fazer PPP para poder fazer o TGV...nao tem guito para isso...


Se forem PPPs com alíneas no contrato que garantem ao privado ser ressarcido no caso de não ter um determinado volume de tráfego, não obrigado. Negócios desses são tudo menos economia de mercado. Negócios abutres.
 
Mensagens: 233
Registado: 14/10/2021 22:31

Re: Políticas para Portugal

por BearManBull » 29/9/2022 11:09

Nada se tivessem o AP a funcionar em condições era mias do que suficiente.

Mesmo assim um AP são 40-50 euros Lisboa-Porto imagine-se quanto custaria o TGV...
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6584
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Políticas para Portugal

por caldeirum » 29/9/2022 17:15

A necessidade que viajar rápido está relacionada com a forma como ocupamos o nosso dia a dia. Como trabalhamos muitas horas, é normal que queiramos gastar o mínimo de tempo em viagens. Mais velocidade mais energia gasta. Já era um problema antes da guerra, mas agora colide com todos os discursos de eficiência e menor gasto de energia.

Não se mexe nas horas de trabalho há 100 anos. Participamos numa máquina que não se pode parar, ou pior, não se sabe como parar.
Só um evento terrível a nível mundial irá alterar isto, mas talvez para pior.

Cumprimentos
 
Mensagens: 233
Registado: 14/10/2021 22:31

Re: Políticas para Portugal

por Masterchief » 29/9/2022 20:54

TAP deve ser privatizada nos próximos 12 meses, diz Costa
O primeiro-ministro foi questionado pela Iniciativa Liberal se a passagem da companhia de bandeira para as mãos dos privados poderia acontecer durante este período.
https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/tap-deve-ser-privatizada-nos-proximos-12-meses-diz-costa

:shock: :shock: :shock: :wall: :wall: :wall:
 
Mensagens: 452
Registado: 29/11/2007 2:53
Localização: V.N.Gaia

Re: Políticas para Portugal

por PXYC » 1/10/2022 16:09

Marco Martins Escreveu:
BearManBull Escreveu:Moral da historia, o TGV é uma ilusão que só compensa em cenários muito específicos para além que é um sistema de transporte altamente exclusivo. Suponho que a ideia seria ficar só a linha de TGV operacional entre Lisboa-Porto, ficando assim sem as linhas convencionais e quem quiser viajar ICs teria de ir de TGV e pagar o correspondente.


Num cenário de expansão da economia até acho que poderia ser um investimento a ponderar...

Que argumento mais ambivalente @marcomartins!
Um investimento público faz sentido ou não faz, não tem nada a ver se a economia está em expansão.

O TGV não faz sentido em Portugal:
- se realmente fosse preciso velocidade, porque é que a via ferroviaria que temos nunca chegou a atingir a sua velocidade máxima possível? é ridiculo argumentar pelo TGV quando temos um Alfa Lisboa-Porto que apenas atinge a velocidade máxima 23% do seu percurso, LOL literalmente ir de alfa ou carro é o mesmo tempo! ;
- estamos na cauda da Europa, não precisamos interligar outros países numa rede de alta velocidade;
- as únicas cidades com massa crítica que temos são Lisboa e Porto, uma apenas com 2M a outra com 1M. depois das pessoas que preferem não viajar de carro (3h), que preferem não viajar de alfa (3h), haverá assim tanta gente que prefira pagar extra por uma viajem de TGV? porque o preço seria, pelo menos, o dobro do alfa;
- o TGV é um sonho português que equivale a um sonho sebastiânico de progresso nunca concretizado, quase que tenho pena que não precisemos realmente de TGV.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 396
Registado: 13/10/2014 16:44

Re: Políticas para Portugal

por Opcard » 1/10/2022 18:32

Fala-se em 5 000 milhões vai ser uma festa , a cidade de Paris tem 3 vezes o PIB de Portugal ,Londres semelhante entre estas 2 cidades há clientes , mesmo assim é mau em França 80% do investimento na ferrovia vai para o TVG que tem menos 10% dos passageiros já onde andam 90% dos passageiros tem 20% , isto é imoral .

Lisboa Porto só com bilhetes fortemente subsidiados , em Espanha as linhas são quase todos deficitárias mesmo esquecendo o investimento .

Recordo o disse o saudoso Medina Carreira sobre o TVG

Medina Carreira diz que TGV em Portugal é um disparate

Medina Carreira aponta o dedo ao que considera «um enorme disparate» do Executivo: «o TGV em Portugal é uma tontice, um projecto dispensável», diz, em declarações à Agência Financeira.

Por isso mesmo, Medina Carreira diz que «não faz sentido um TGV em Portugal, vai endividar-nos inutilmente, não é para um país como o nosso, nem pela sua dimensão, nem pela sua riqueza».

O dinheiro, lembra, podia muito bem ser gasto em algo mais premente, como a reforma do Estado ou a sua informatização.
 
Mensagens: 3569
Registado: 14/3/2009 0:19
Localização: 16

Re: Políticas para Portugal

por caldeirum » 1/10/2022 20:25

Vou mandar um bitaite para o ar: o dinheiro que vão gastar na construção e manutenção do tgv daria provavelmente para ligar todas as cidades do interior com ferrovia decente. O interior só interessa a 6 meses das eleições.
 
Mensagens: 233
Registado: 14/10/2021 22:31

Re: Políticas para Portugal

por NirSup » 2/10/2022 1:46

Mais uma pornochanchada socialista

E então os outros concorrentes que saíran vencidos (prejudicados) no concurso por alguém ter oferecido preços imbatíveis e pelos vistos inviáveis, vão aceitar de ânimo leve esta decisão?
Ou vão pedir junto dos tribunais para ser ressarcidos ?
Mais uma trapalhada obscena deste governo que nos desgoverna.
IMG_20221002_013826.jpg

By Nirvana
Why 99% of the technical analysis you guys see on the internet is complete bullshit? ( r/wallstreetbets)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3801
Registado: 29/4/2014 15:34

Re: Políticas para Portugal

por Marco Martins » 2/10/2022 9:37

Opcard Escreveu:Fala-se em 5 000 milhões vai ser uma festa , a cidade de Paris tem 3 vezes o PIB de Portugal ,Londres semelhante entre estas 2 cidades há clientes , mesmo assim é mau em França 80% do investimento na ferrovia vai para o TVG que tem menos 10% dos passageiros já onde andam 90% dos passageiros tem 20% , isto é imoral .



Totalmente imoral!

A única hipótese que vejo onde o tgv faria sentido, seria na substituição das linhas que existem, por linhas com a mesma bitola de Espanha e sem ser necessário terem as mesmas características para permitirem a velocidade de um tgv, reduzindo assim em muito o investimento.

É claro que para fazer essa mudança também terá custos grandes pois será necessário parar linhas e troços, no entanto existe sempre a possibilidade de transbordo para camioneta, ou se tudo for bem feito, fazer o transbordo para outro comboio na nova linha uns metros à frente.

Tal como já foi falado aqui, enquanto o alfa não atingir a velocidade máxima em toda a linha que lhe permitiria fazer Porto-Lisboa em 90 min, não nos compensa gastar milhões para passar a ter essa ligação em 75min!
 
Mensagens: 6047
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Políticas para Portugal

por caldeirum » 3/10/2022 16:19

NirSup Escreveu:Mais uma pornochanchada socialista

E então os outros concorrentes que saíran vencidos (prejudicados) no concurso por alguém ter oferecido preços imbatíveis e pelos vistos inviáveis, vão aceitar de ânimo leve esta decisão?
Ou vão pedir junto dos tribunais para ser ressarcidos ?
Mais uma trapalhada obscena deste governo que nos desgoverna.
IMG_20221002_013826.jpg

By Nirvana


E se fosse o inverso, iriam rever o processo? Tenho certeza que as empresas estariam caladinhas a encher os bolsos. O leilão foi realizado em determinado momento, e imagino, com um um caderno de encargos. Se não está contemplada a inflação, temos pena. Deviam ter feito o trabalho de casa.
Também me parece que as empresas que perderam o leilão não vão ficar de braços cruzados. Se vão rever os valores, deve haver novo leilão.


Se eu comprar uma casa hoje por 200mil euros e dentro de 2 meses uma quebra no mercado imobiliário faz descer o valor 30%, posso pedir pedir para ser ressarcido? Economia de mercado uma ova....


Economia de amizades e interesses, é o que temos.

Cumprimentos
 
Mensagens: 233
Registado: 14/10/2021 22:31

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Jonas74, Palmira287, PAULOJOAO, RuiGerente, Ugly bull, vinas1976 e 35 visitantes