Outros sites Cofina
  • Notificações
Caldeirão da Bolsa

Greenvolt

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Greenvolt

por trend=friend » 21/7/2021 13:51

.
If you want a guarantee, buy a toaster.
Clint Eastwood
 
Mensagens: 3272
Registado: 27/8/2013 19:39

Re: Greenvolt

por vmb1426 » 21/7/2021 14:08

Foi essa a minha questão.
Então para institucionais foi ao preço de 4,25, para acionistas a 4,67!! Será o preço de fecho do primeiro dia de negociação?
Enfim.!.. os pequenos sempre comidos...
 
Mensagens: 12
Registado: 29/11/2007 14:21
Localização: 15

Re: Greenvolt

por Optimiza » 21/7/2021 14:28

vmb1426 Escreveu:Foi essa a minha questão.
Então para institucionais foi ao preço de 4,25, para acionistas a 4,67!! Será o preço de fecho do primeiro dia de negociação?
Enfim.!.. os pequenos sempre comidos...


Não fomos "comidos". Milionários e sociedades também foram alvo da retenção. Trata-se de um dividendo, em que retiram a fatia de 28% da mais valia sobre o preço de abertura de 4,67€ (mas que no englobamento IRS em 2022, se tiveres menos valias de outras operações, podes recuperar esse cash).

De qualquer modo, numa ação cotada a 4,41, tens uma ação que te "custou" na realidade um "preço" de 1.30€ (uma bela 3,3 bagger). Reforçei no primeiro dia a 4,72€ e mesmo assim tenho um preço médio de 4,02€.

nota - resultados 29 de Julho vão surpreender os mais incautos. Mesmo para market cap de 540M€ julgo que o PER será inferior a 19, CRESCIMENTO SUPERIOR A 25% YoY, price/sales 3/1, Ebitda/sales 1/3,3 » do melhor entre todas as renováveis da Europa
Editado pela última vez por Optimiza em 22/7/2021 22:37, num total de 1 vez.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1696
Registado: 1/11/2012 23:18
Localização: Ítaca

Re: Greenvolt

por LoneWolf » 21/7/2021 14:44

P-Mendes Escreveu:Na DeGiro os direitos das ações da Greenvolt ainda aparece como "Altri - Non tradeable" e sem possibilidade de negociação.

ja me foram convertidas e posso negocia-las na degiro holandesa.
LW
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1030
Registado: 29/4/2015 16:02

Re: Greenvolt

por P-Mendes » 21/7/2021 15:20

Sim, acabaram de converter e já é possível vender
 
Mensagens: 496
Registado: 25/1/2017 0:43

Re: Greenvolt

por NirSup » 21/7/2021 15:27

Sem pretender alimentar polémicas inúteis, para quem estiver verdadeiramente interessado na informação, aqui fica a distribuição do Capital Social da GreenVolt, no caso de haver lugar ao greenshoe (o que não está garantido).
Ver mapa infra.

By Nirvana
Anexos
GV Shareholders.PNG
GV Shareholders.PNG (33.04 KiB) Visualizado 2108 vezes
Porque é que João Batista pregava no deserto? Porque era lá que ele vivia.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2555
Registado: 29/4/2014 15:34

Re: Greenvolt

por ZéManuel » 22/7/2021 21:25

Depois dos pequenos sacudidos das suas ações dadas na operação, estou convencido que é para subir.
Isso já se fez sentir hoje.
 
Mensagens: 266
Registado: 7/8/2014 18:53

Re: Greenvolt

por 5640533 » 23/7/2021 13:24

As renovaveis estão hoje com constipação.
 
Mensagens: 1534
Registado: 29/11/2007 1:36
Localização: 4

Re: Greenvolt

por Agasht » 23/7/2021 15:12

A degiro não me quer dar as acções greenvolt pois diz que como comprei altri no dia 6 não tenho direito a elas. Entao não era até dia 7? Pagaram o dividendo mas não me dão as acções. Estou a insistir com eles mas está complicado. Insistem que não tenho razão.... Algum feedback? Tenho direito ou não? Alguém na mesma situação?
 
Mensagens: 7
Registado: 2/10/2008 13:33
Localização: 21

Re: Greenvolt

por trend=friend » 23/7/2021 15:18

Agasht Escreveu:A degiro não me quer dar as acções greenvolt pois diz que como comprei altri no dia 6 não tenho direito a elas. Entao não era até dia 7? Pagaram o dividendo mas não me dão as acções. Estou a insistir com eles mas está complicado. Insistem que não tenho razão.... Algum feedback? Tenho direito ou não? Alguém na mesma situação?


Se tens direito a um tens ao outro, é a melhor argumentação… tens os comunicados na cmvm a comprovar os dias e a record date, é enviares
If you want a guarantee, buy a toaster.
Clint Eastwood
 
Mensagens: 3272
Registado: 27/8/2013 19:39

Re: Greenvolt

por Optimiza » 23/7/2021 15:19

Agasht Escreveu:A degiro não me quer dar as acções greenvolt pois diz que como comprei altri no dia 6 não tenho direito a elas. Entao não era até dia 7? Pagaram o dividendo mas não me dão as acções. Estou a insistir com eles mas está complicado. Insistem que não tenho razão.... Algum feedback? Tenho direito ou não? Alguém na mesma situação?


Dia 6 estava coberto (aex dividend dia 7) - tens direito às ações Agasht!

Até no enquadramento factual/legal/ético a Degiro ao pagar o dividendo das Altri, dá-te formalmente razão sobre a atribuição de ações Greenvolt » um facto é indissociável do outro. Pede-lhes resposta por escrito, asap, mas salienta que a Degiro já te deu, aprioristicamente razão quando te atribuiu os dividendos.

https://www.jornaldenegocios.pt/mercado ... -greenvolt

p.s se puderes dá dp feed-back. Bom FDS
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1696
Registado: 1/11/2012 23:18
Localização: Ítaca

Re: Greenvolt

por Agasht » 23/7/2021 15:30

já anexei os comunicados oficiais da altri e continuam a insistir que nao tenho direito as accoes . Já começo a perder a paciencia com eles .
 
Mensagens: 7
Registado: 2/10/2008 13:33
Localização: 21

Re: Greenvolt

por Optimiza » 23/7/2021 15:35

Agasht Escreveu:já anexei os comunicados oficiais da altri e continuam a insistir que nao tenho direito as accoes . Já começo a perder a paciencia com eles .


Nesse caso, coloca-lhes apenas verbalmente, uma desconstrução argumentativa: Se não concordam com os comunicados oficiais e da imprensa (apenas dia 7 era aex dividend), se não te atribuiram as ações Greenvolt, porque raio te atribuiram os dividendos?
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1696
Registado: 1/11/2012 23:18
Localização: Ítaca

Re: Greenvolt

por Lusitanus » 23/7/2021 15:39

Agasht Escreveu:já anexei os comunicados oficiais da altri e continuam a insistir que nao tenho direito as accoes . Já começo a perder a paciencia com eles .

Não justificam o entendimento deles?
Diz-lhes que exporás o caso à CMVM para análise.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 379
Registado: 19/3/2021 0:23

Re: Greenvolt

por Agasht » 23/7/2021 15:48

Exmo. Sr. da Silva Raimundo,

Obrigado por negociar com a DEGIRO.



Gostaria de esclarecer que a ex-date para estar elegível ao recebimento das ações resultantes da spin-off da Altri foi 06/07/2021.

Verifico no seu resumo de conta que apenas adquiriu as acções exactamente no mesmo dia da ex-date, não estando assim elegível, uma vez que não completou um ciclo de 24 horas de detenção das acções antes da ex-date.

Esta informação pode ser encontrada nos canais oficiais seguindo este link: https://live.euronext.com/pt/product/eq ... ltr/quotes (em REGULATED NEWS, data 05/07/2021).
Esclareço também que a ex-date para recebimento dos dividendos em dinheiro era 07/07/2021 e portanto recebeu os mesmo por completo, enquanto que a ex-date para elegibilidade da spin-off foi a 06/07/2021.


Continuam a insistir com esta resposta
 
Mensagens: 7
Registado: 2/10/2008 13:33
Localização: 21

Re: Greenvolt

por Optimiza » 23/7/2021 15:59

Agasht Escreveu:Exmo. Sr. da Silva Raimundo,

Obrigado por negociar com a DEGIRO.



Gostaria de esclarecer que a ex-date para estar elegível ao recebimento das ações resultantes da spin-off da Altri foi 06/07/2021.

Verifico no seu resumo de conta que apenas adquiriu as acções exactamente no mesmo dia da ex-date, não estando assim elegível, uma vez que não completou um ciclo de 24 horas de detenção das acções antes da ex-date.

Esta informação pode ser encontrada nos canais oficiais seguindo este link: https://live.euronext.com/pt/product/eq ... ltr/quotes (em REGULATED NEWS, data 05/07/2021).
Esclareço também que a ex-date para recebimento dos dividendos em dinheiro era 07/07/2021 e portanto recebeu os mesmo por completo, enquanto que a ex-date para elegibilidade da spin-off foi a 06/07/2021.


Continuam a insistir com esta resposta


Anexa este documento (valor probatório) e que curiosamente se encontra no link Euronext no dia 5 de Julho (versão em Ingês). Basta na Degiro alguém que saiba ler inglês ou Português e tens o teu caso resolvido.

Documento Altri apenas menciona dia 6 como último dia com acesso à distribuição (nunca menciona dia 5)
https://www.greenvolt.pt/fileManager/co ... _pt_36.pdf
Editado pela última vez por Optimiza em 23/7/2021 16:06, num total de 1 vez.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1696
Registado: 1/11/2012 23:18
Localização: Ítaca

Re: Greenvolt

por Agasht » 23/7/2021 16:02

Ja tinha anexado esse documento esta manhã mas redigido em inglês . e mesmo assim não foi suficiente , mas vou voltar a enviar agora em portugues
 
Mensagens: 7
Registado: 2/10/2008 13:33
Localização: 21

Re: Greenvolt

por Lusitanus » 23/7/2021 16:52

Agasht Escreveu:Exmo. Sr. da Silva Raimundo,

Obrigado por negociar com a DEGIRO.



Gostaria de esclarecer que a ex-date para estar elegível ao recebimento das ações resultantes da spin-off da Altri foi 06/07/2021.

Verifico no seu resumo de conta que apenas adquiriu as acções exactamente no mesmo dia da ex-date, não estando assim elegível, uma vez que não completou um ciclo de 24 horas de detenção das acções antes da ex-date.

Esta informação pode ser encontrada nos canais oficiais seguindo este link: https://live.euronext.com/pt/product/eq ... ltr/quotes (em REGULATED NEWS, data 05/07/2021).
Esclareço também que a ex-date para recebimento dos dividendos em dinheiro era 07/07/2021 e portanto recebeu os mesmo por completo, enquanto que a ex-date para elegibilidade da spin-off foi a 06/07/2021.


Continuam a insistir com esta resposta

De certo modo percebo a justificação da DEGIRO. Tu compraste as ações no dia 6. quem tas vendeu deteve-as até dia 6. O vendedor também pode achar-se com direito ao recebimento das ações da Greenvolt, dado tê-las detido no dia 6 (tendo nesse dia vendido as ações). Ora não podem ser dadas também ações da Greenvolt ao vendedor.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 379
Registado: 19/3/2021 0:23

Re: Greenvolt

por Optimiza » 24/7/2021 19:02

Long squeeze.gif
Long squeeze.gif (65.25 KiB) Visualizado 1135 vezes

Apesar da mini correção S&P500 durante as 3 primeiras sessões GreenV, projetei cotação nos 5.20€ no terminus desta primeira semana completa. O volume vai ser baixo durante meses (pelas condicionantes temporais naturalmente impostas a quase todos os acionistas qualificados), o que pode - espero que não - até porque para mim está desde o momento 0 no PSi20 (porque sem base fundamental, no primeiro dia de transações PSI20 começaria a cair, tecnicamente desamparada) - levar a acumulação diária (escala 2/3 na 2ª quinzena de Agosto e em Setembro), num forte LONG SQUEEZE prévio à entrada no PSI20.

O motivo inerente a tal movimento prender-se-ia com a antecipação à entrada no PSi20, com determinada acumulação, por parte de fundos indexados, fundos soberanos, fundos Europeus e mundiais de renováveis que são "obrigados" a exposição ao título, outros fundos, hedge funds e particulares. Risco surge pelo facto de o free float REAL estar temporária e artificialmente muito baixo (+/- 12%).

nota - Anexo gráfico básico, Greenvolt ainda sem Memória dos preços, sem leading indicators com mínimo de fiabilidade (MACD, ADX, RSI, Williams RR, Force Index), sem MMS20/50/100/200, recorro aos marcos existentes SEM grande significado » MMS5, acumulação/distribuição, Preços referência, na venda preliminar, na abertura e fecho, na Price action de 6 sessões e no target primário nos 5€.

Greenvolt SF2 4.25€ /acumulação acima da MMS5 nos 4,63€/ SF1 4,67 RF1 4,8€ / RF2 5€
Anexos
Greenvolt  SF2 4.25€ acumulação acima da MMS5 4,63€ SF1 4,67  RF1 4,8€  RF2 5€.png
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1696
Registado: 1/11/2012 23:18
Localização: Ítaca

Re: Greenvolt

por yaya » 25/7/2021 1:29

NirSup Escreveu:Mentiras mais comuns sobre a biomassa ou sobre a energia gerada a partir da biomassa

1. É uma energia renovável e de carbono neutro.
Verdade.
A legislação comunitária assim a considera, de acordo com o ciclo natural de carbono neutro (o dióxido de carbono que emite já foi absorvido no seu ciclo de formação).

2. É uma energia pouco poluente.
Mentira.
Apesar de ser legalmente considerada como energia renovável, é uma energia altamente poluente (a absorção do carbono pode ter ocorrido centenas de anos antes e noutro país ou continente).
E é altamente poluente na medida em que tem um poder calorifero baixo, comparada com o carvão. Quer dizer, é uma energia pouco eficiente: gera pouca energia para a quantidade de poluentes que lança na atmosfera.

“Não consigo pensar em nada que prejudique mais a natureza do que cortar árvores e queimá-las”, disse William Moomaw, professor emérito de política ambiental internacional na Tufts University.


Até pode ser neutra em carbono mas é altamente poluente e nociva para a qualidade do ar dos residentes à volta das centrais de queima de biomassa.

Por isso, houve e continua a haver uma grande discussão na União Europeia sobre a classificação desta fonte de energia como energia renovável e limpa. Porque, se é renovável (as árvores voltam a crescer daqui a 20, 50,100 anos) e neutra em carbono , de limpa tem muito pouco.
Foi publicada, recentemente, uma versão da Diretiva relativa às Energias Renováveis - RED II - com novas regras para o uso sustentável da biomassa florestal na produção de eletricidade e calor.
E as coisas vão piar mais fino. Muitas práticas abusivas e ineficientes vão acabar. O setor terá de se tornar mais limpo e ambientalmente sustentável. Os legisladores comunitários vão tornar cada vez mais difícil o uso da biomassa para a produção de energia elétrica.

3. A biomassa é extremamente barata.
Mentira.
Segundo um responsável do setor, dada a quantidade de centrais de biomassa existentes em Portugal, a matéria prima para as centrais de biomassa aproxima-se, perigosamente, do preço da matéria prima da indústria da pasta de papel, tornando economicamente inviável a produção de energia eléctrica a partir da biomassa. E isto apesar dos preços absurdos a que é vendida ao sistema a energia eléctrica gerada a partir da biomassa, como já foi referido no post anterior do Artista Romeno.
By Nirvana


Tendo em conta o aperto que a UE está fazer por causa das alterações climáticas tenho as minhas dúvidas que a produção de energia pela biomassa seja sustentável ou que tenha futuro. Cortar árvores para produzir móveis ou pasta é uma coisa, agora abater árvores exclusivamente para produzir energia parece-me pouco ecológio e existem outras fontes mais limpas como sol, vento, mar que não implicam "sacrificar" a natureza. Já não basta aquilo que está acontecer na Amazônia.
 
Mensagens: 762
Registado: 28/8/2013 22:19

Re: Greenvolt

por 5640533 » 25/7/2021 17:59

Certíssimo.
 
Mensagens: 1534
Registado: 29/11/2007 1:36
Localização: 4

Re: Greenvolt

por ZéManuel » 25/7/2021 18:18

A Grennvolt pode certamente entrar nas renováveis por outra via, a solar, a eólica etc.
A Biomassa provém dos restos das árvores que eles utilizam para fabricar a pasta, parece-me um aproveitamento desse desperdicio que é bem aproveitado.
 
Mensagens: 266
Registado: 7/8/2014 18:53

Re: Greenvolt

por Optimiza » 25/7/2021 23:26

yaya Escreveu:Tendo em conta o aperto que a UE está fazer por causa das alterações climáticas tenho as minhas dúvidas que a produção de energia pela biomassa seja sustentável ou que tenha futuro. Cortar árvores para produzir móveis ou pasta é uma coisa, agora abater árvores exclusivamente para produzir energia parece-me pouco ecológio e existem outras fontes mais limpas como sol, vento, mar que não implicam "sacrificar" a natureza. Já não basta aquilo que está acontecer na Amazônia.

Todo o contrário! Temos de louvar as centrais de Biomassa pela missão ecológica e vidas que salva, pela redução das centenas e centenas de toneladas de gases nocivos que contribuem para o efeito estufa (alguns deles mortais) emitidas anualmente nos dramáticos incêndios nacionais (alguns mais destrutivos do que na húmida Amazónia), de norte a sul e pelos ecossistemas que protege!
Biomassa Greenvolt tem na missão proteger a floresta primeiro face ao lucro.gif
Biomassa Greenvolt tem na missão proteger a floresta primeiro face ao lucro.gif (35.06 KiB) Visualizado 643 vezes

I - A melhor solução encontrada pelos Governos Europeus do Sul para reduzir 25% da àrea florestal nacional queimada anualmente, para o mesmo nº de incêndios (80% dos quais são provocados por seres humanos, 15% por cabos elétricos e apenas 5% por razões naturais). Curiosamente, por causa da massa composta florestal (geradora de metano), os países do Norte da Europa também são adeptos (embora nem sofram dos incêndios típicos dos países mediterrânicos).

"A GreenVolt usa a biomassa certa, produzindo energia exclusivamente a partir de resíduos florestais e agroflorestais, em Portugal e de reciclagem de madeira proveniente de resíduos de demolições urbanas no Reino Unido" (na região de Londres). https://www.greenvolt.pt/

As centrais de biomassa mereciam uma subsidiação ainda mais alta (e já é excecional até 2033*) como as únicas Renováveis que protegem ecossistemas inteiros, salvam dezenas de vidas humanas e biliões de euros a Portugal são as centrais de biomassa. Greenvolt, entre outras, é também um Projeto de salvação do património florestal de Portugal face aos incêndios, de vidas humanas, e evita emissões de centenas de toneladas de gases nocivos e de Co2 e do património nas regiões do interior.

Quem atacar as centrais de biomassa (SEM DAR UMA ALTERNATIVA VIÁVEL) está a ser "cúmplice", em Portugal, de todos os incendiários e cúmplice nas mortes anuais de dezenas de seres humanos, dezenas de milhar de animais, cúmplice na poluição tenebrosa de cada incêndio e na destruição de magníficos ecossistemas nacionais. Sem a queima anual de 837 milhões de toneladas de matéria composta, troncos, folhas secas, a destruição, perda económica de biliões e mortes continuariam a escalar!

Greenvolt dixit:

"Contribuir para a recolha e tratamento de sobrantes florestais e agroflorestais, de modo a acrescentar valor económico às comunidades e atuar na prevenção de incêndios florestais."
"Estabelecer e implementar condições que conduzam à satisfação das necessidades e expectativas dos acionistas, clientes, colaboradores, fornecedores, comunidade e demais partes interessadas, com respeito pelo meio ambiente e em condições de sustentabilidade económica, social e ambiental, numa perspetiva de melhoria contínua, e de prevenção da poluição, das lesões, ferimentos e dos danos para a saúde dos trabalhadores."
https://www.greenvolt.pt/pt/sustentabil ... p=politica
"Os 3 níveis de filtros colocados garantem um nível de emissões zero de gases nocivos para a atmosfera".
"O ambiente e a sua salvaguarda e sustentabilidade é um pilar essencial e crítico em todas as áreas de atuação da GreenVolt."
"A floresta é um recurso absolutamente essencial para a GreenVolt."
https://www.greenvolt.pt/pt/sustentabilidade/ambiente

No dia em que Greenvolt sacrificar uma árvore saudável para queimar em biomassa vai haver despedimentos!
Imagina o absurdo de Altri a abdicar de uma árvore adulta cortada para pasta e dar a mesma para a queima na Greenvolt, seria um contra-senso económico para a Altri e Greenvolt (e incompreensível do ponto dos subsídios estaduais e dogmas ecológicos que norteiam Greenvolt). Por cada árvore que Altri corta, plantam 1,2 árvores (a um custo médio de 50€ por árvore plantada - Greenvolt não corta, não pode cortar e nunca vai consumir árvores saudáveis).

Produção de Biomassa a questão da poluição na queima é praticamente inexistente - com tripla filtragem (em países desenvolvidos como USA, UK, Portugal, Espanha, Itália) https://www.hetas.co.uk/wp-content/medi ... mass_s.pdf

E a subsidiação altissima para mais 11 anos, só ajuda a que as margens operacionais biomassa GreenVolt sejam funtásticas (já as produções eólicas e até as solares GreenV vão ser menos rentáveis).

Na história pós 25 de Abril, morreram em Portugal mais de 600 pessoas em incêndios florestais, perdeu-se uma àrea equivalente ao Alentejo e Algarve juntos, perdeu-se uma riqueza natural em fauna e flora irreparável (150 mil milhões de euros).

IMPORTANTE: Centrais de biomassa Greenvolt queimam matéria composta (evitando a llibertação do metano em incêndios), madeira podre, restos de madeira e cartão de obras, contraplacados deitados no lixo, mato, troncos (até provindo de lixeiras municipais e de grandes empresas).

"O Decreto-Lei n.º 64/2017 explana o âmbito do Plano Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios, pelo qual o Governo desenvolveu apartir 2006, procedimentos de concurso público “visando a construção e exploração de centrais dedicadas a biomassa florestal ...........a localizar em áreas de rede escolhidas numa óptica de sustentabilidade do abastecimento do recurso florestal e limitar o impacto e o risco de incêndios”.

*Estratégia de forte subsidiação e apoios reflexos União Europeia e Portuguesa (Grécia, Itália, Inglaterra, Croácia, Alemanha e Espanha) para reduzir a tragédia anual económica, humana:
As centrais de biomassa “são, portanto, não só a solução principal da política florestal e da sustentabilidade desta mas também uma preocupação da protecção civil na dupla vertente da defesa da integridade física das populações e igualmente da preservação dos seus meios de subsistência e bens patrimoniais”.

II - Claro que não há bela sem senão (em termos de poluição e destruição da natureza), e a Greenvolt já está a diversificar para energia eólica e solar (que vão ser a maioria da sua produção apartir de 2023/24, mas menos subsidiada :x :cry: ). E todos sabemos a poluição e destruição da fauna e flora por estas fontes renováveis (mas é um mal menor que temos de suportar para salvar o planeta):
Sobre energia solar e eólica Greenvolt https://www.greenvolt.pt/pt/negocios?top=solar

Mini crimes ecológicos das Eólicas (do tipo EDPR e em construção Greenvolt » Que matam milhões de aves, criam stress e surdez, poluição visual terrível, poluição sonora deprimente para as populações locais, colocam toneladas de betão nas bases das torres (e depois não as retiram), em zonas, até aí, 100% naturais e no fim do curto ciclo de vida, o inaceitável problema dos resíduos.....
https://www.npr.org/2019/09/10/75937611 ... ind-energy
Antes de se abordar os mini crimes ecológicos das Solares EDPR e em construção Greenvolt, destruidoras da fauna e flora em milhões de hectares, que geram mini-efeito de estufa local, as hídricas (do tipo EDP brasil e EDP) que destroem ecossistemas inteiros e alteram o clima em regiões inteiras, temos de afirmar que tudo é MUIIITO melhor que centrais a carvão e centrais a fuel óleo.

EXAGERANDO » A queima de Biomassa é uma DÁDIVA para o nosso país e a Greenvolt até devia ser considerada como Instituição de Solidariedade Social (salvar vidas, salvar a natureza e salvar biliões na economia), lucrativa (porque a sociedade reconhece o papel salvífico e utilitário deste projeto). Neste período, como pequeno acionista Greenvolt e EDP, ainda sinto mais que estou a apoiar, com uns euros, a "salvação do planeta e de vidas" a investir na primeira do que na segunda.
Anexos
Central de biomassa moderna polui zero, até as cinzas se recuperam.jpg
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1696
Registado: 1/11/2012 23:18
Localização: Ítaca

Re: Greenvolt

por yaya » 26/7/2021 2:07

Optimiza Escreveu:
yaya Escreveu:Tendo em conta o aperto que a UE está fazer por causa das alterações climáticas tenho as minhas dúvidas que a produção de energia pela biomassa seja sustentável ou que tenha futuro. Cortar árvores para produzir móveis ou pasta é uma coisa, agora abater árvores exclusivamente para produzir energia parece-me pouco ecológio e existem outras fontes mais limpas como sol, vento, mar que não implicam "sacrificar" a natureza. Já não basta aquilo que está acontecer na Amazônia.

Todo o contrário! Temos de louvar as centrais de Biomassa pela missão ecológica e vidas que salva, pela redução das centenas e centenas de toneladas de gases nocivos que contribuem para o efeito estufa (alguns deles mortais) emitidas anualmente nos dramáticos incêndios nacionais (alguns mais destrutivos do que na húmida Amazónia), de norte a sul e pelos ecossistemas que protege!
Biomassa Greenvolt tem na missão proteger a floresta primeiro face ao lucro.gif

I - A melhor solução encontrada pelos Governos Europeus do Sul para reduzir 25% da àrea florestal nacional queimada anualmente, para o mesmo nº de incêndios (80% dos quais são provocados por seres humanos, 15% por cabos elétricos e apenas 5% por razões naturais). Curiosamente, por causa da massa composta florestal (geradora de metano), os países do Norte da Europa também são adeptos (embora nem sofram dos incêndios típicos dos países mediterrânicos).

"A GreenVolt usa a biomassa certa, produzindo energia exclusivamente a partir de resíduos florestais e agroflorestais, em Portugal e de reciclagem de madeira proveniente de resíduos de demolições urbanas no Reino Unido" (na região de Londres). https://www.greenvolt.pt/

As centrais de biomassa mereciam uma subsidiação ainda mais alta (e já é excecional até 2033*) como as únicas Renováveis que protegem ecossistemas inteiros, salvam dezenas de vidas humanas e biliões de euros a Portugal são as centrais de biomassa. Greenvolt, entre outras, é também um Projeto de salvação do património florestal de Portugal face aos incêndios, de vidas humanas, e evita emissões de centenas de toneladas de gases nocivos e de Co2 e do património nas regiões do interior.

Quem atacar as centrais de biomassa (SEM DAR UMA ALTERNATIVA VIÁVEL) está a ser "cúmplice", em Portugal, de todos os incendiários e cúmplice nas mortes anuais de dezenas de seres humanos, dezenas de milhar de animais, cúmplice na poluição tenebrosa de cada incêndio e na destruição de magníficos ecossistemas nacionais. Sem a queima anual de 837 milhões de toneladas de matéria composta, troncos, folhas secas, a destruição, perda económica de biliões e mortes continuariam a escalar!

Greenvolt dixit:

"Contribuir para a recolha e tratamento de sobrantes florestais e agroflorestais, de modo a acrescentar valor económico às comunidades e atuar na prevenção de incêndios florestais."
"Estabelecer e implementar condições que conduzam à satisfação das necessidades e expectativas dos acionistas, clientes, colaboradores, fornecedores, comunidade e demais partes interessadas, com respeito pelo meio ambiente e em condições de sustentabilidade económica, social e ambiental, numa perspetiva de melhoria contínua, e de prevenção da poluição, das lesões, ferimentos e dos danos para a saúde dos trabalhadores."
https://www.greenvolt.pt/pt/sustentabil ... p=politica
"Os 3 níveis de filtros colocados garantem um nível de emissões zero de gases nocivos para a atmosfera".
"O ambiente e a sua salvaguarda e sustentabilidade é um pilar essencial e crítico em todas as áreas de atuação da GreenVolt."
"A floresta é um recurso absolutamente essencial para a GreenVolt."
https://www.greenvolt.pt/pt/sustentabilidade/ambiente

No dia em que Greenvolt sacrificar uma árvore saudável para queimar em biomassa vai haver despedimentos!
Imagina o absurdo de Altri a abdicar de uma árvore adulta cortada para pasta e dar a mesma para a queima na Greenvolt, seria um contra-senso económico para a Altri e Greenvolt (e incompreensível do ponto dos subsídios estaduais e dogmas ecológicos que norteiam Greenvolt). Por cada árvore que Altri corta, plantam 1,2 árvores (a um custo médio de 50€ por árvore plantada - Greenvolt não corta, não pode cortar e nunca vai consumir árvores saudáveis).

Produção de Biomassa a questão da poluição na queima é praticamente inexistente - com tripla filtragem (em países desenvolvidos como USA, UK, Portugal, Espanha, Itália) https://www.hetas.co.uk/wp-content/medi ... mass_s.pdf

E a subsidiação altissima para mais 11 anos, só ajuda a que as margens operacionais biomassa GreenVolt sejam funtásticas (já as produções eólicas e até as solares GreenV vão ser menos rentáveis).

Na história pós 25 de Abril, morreram em Portugal mais de 600 pessoas em incêndios florestais, perdeu-se uma àrea equivalente ao Alentejo e Algarve juntos, perdeu-se uma riqueza natural em fauna e flora irreparável (150 mil milhões de euros).

IMPORTANTE: Centrais de biomassa Greenvolt queimam matéria composta (evitando a llibertação do metano em incêndios), madeira podre, restos de madeira e cartão de obras, contraplacados deitados no lixo, mato, troncos (até provindo de lixeiras municipais e de grandes empresas).

"O Decreto-Lei n.º 64/2017 explana o âmbito do Plano Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios, pelo qual o Governo desenvolveu apartir 2006, procedimentos de concurso público “visando a construção e exploração de centrais dedicadas a biomassa florestal ...........a localizar em áreas de rede escolhidas numa óptica de sustentabilidade do abastecimento do recurso florestal e limitar o impacto e o risco de incêndios”.

*Estratégia de forte subsidiação e apoios reflexos União Europeia e Portuguesa (Grécia, Itália, Inglaterra, Croácia, Alemanha e Espanha) para reduzir a tragédia anual económica, humana:
As centrais de biomassa “são, portanto, não só a solução principal da política florestal e da sustentabilidade desta mas também uma preocupação da protecção civil na dupla vertente da defesa da integridade física das populações e igualmente da preservação dos seus meios de subsistência e bens patrimoniais”.

II - Claro que não há bela sem senão (em termos de poluição e destruição da natureza), e a Greenvolt já está a diversificar para energia eólica e solar (que vão ser a maioria da sua produção apartir de 2023/24, mas menos subsidiada :x :cry: ). E todos sabemos a poluição e destruição da fauna e flora por estas fontes renováveis (mas é um mal menor que temos de suportar para salvar o planeta):
Sobre energia solar e eólica Greenvolt https://www.greenvolt.pt/pt/negocios?top=solar

Mini crimes ecológicos das Eólicas (do tipo EDPR e em construção Greenvolt » Que matam milhões de aves, criam stress e surdez, poluição visual terrível, poluição sonora deprimente para as populações locais, colocam toneladas de betão nas bases das torres (e depois não as retiram), em zonas, até aí, 100% naturais e no fim do curto ciclo de vida, o inaceitável problema dos resíduos.....
https://www.npr.org/2019/09/10/75937611 ... ind-energy
Antes de se abordar os mini crimes ecológicos das Solares EDPR e em construção Greenvolt, destruidoras da fauna e flora em milhões de hectares, que geram mini-efeito de estufa local, as hídricas (do tipo EDP brasil e EDP) que destroem ecossistemas inteiros e alteram o clima em regiões inteiras, temos de afirmar que tudo é MUIIITO melhor que centrais a carvão e centrais a fuel óleo.

EXAGERANDO » A queima de Biomassa é uma DÁDIVA para o nosso país e a Greenvolt até devia ser considerada como Instituição de Solidariedade Social (salvar vidas, salvar a natureza e salvar biliões na economia), lucrativa (porque a sociedade reconhece o papel salvífico e utilitário deste projeto). Neste período, como pequeno acionista Greenvolt e EDP, ainda sinto mais que estou a apoiar, com uns euros, a "salvação do planeta e de vidas" a investir na primeira do que na segunda.


Produzir energia através de restos madeira é a chamada economia circular. Como o fabrico de aglomerados madeira ou paineis OSB.

O que eu falei foi de cortar árvores exclusivamente para produzir energia, algo que não é ecológico, coisas distintas.

Gostava de saber o porquê da sonae capital ter colocado recentemente à venda uma central biomassa.

quanto ao que referiste:

- também tens milhares de aves que morrem ao colidirem com arranha-ceus envidraçados, ou com aviões

- se viveres ao pé de uma auto-estrada ou a ponte 25 abril ouves um zombido bem pior que viver junto a eólicas (o desenho das pás vai-se aperfeiçoando para reduzir o seu ruido)

- poluição visual, isso é subjectivo, prefiro mil vezes ver eólicas no meio da natureza do que ver urbanizações caóticas horríveis ou nuvens de smog produzidas por carros a combustão. a mim não me choca as turbinas na paisagem desde que bem integradas, choca-me mais centrais de queima carvão ou centrais nucleares ou máquinas a extrair petróleo do solo

- quanto ao betão, qualquer construção necessita dela (não consigo provar se retiram ou não as sapatas), parece-me especulação

- a vida das turbinas é de 20 a 25 anos, como qualquer máquina necessita de manutenção

- as turbinas são recicláveis, já há empresas que tratam disso, é falso que as pás não são recicláveis e que são colocadas em aterros

- hídricas que destroem ecossitemas? não sei o que será pior se uma zona completamente seca sem água com centenas de animais mortos ou uma zona fértil com água numa barragem

- quanto aos paineis solares se forem bem pensados e integrados em harmonia com a paisagem podem fornecer sombra aos animais como os chaparros alentejanos :wink:

pesando os prós e contras é incomparável os benefícios que as energias renováveis trazem ao ambiente quando comparado com os combustíveis fósseis
 
Mensagens: 762
Registado: 28/8/2013 22:19

Re: Greenvolt

por NirSup » 26/7/2021 8:32

Caro yaya,
Concordo em absoluto com o que escreveste.
Não é usando verborreia delirante que se debate de forma racional e séria um tema que está na ordem do dia, quer em Portugal, quer na União Europeia.
A Zero questiona e muito bem a origem madeira de boa qualidade que é queimada nas centrais de biomassa. Na União Europeia essa discussão está igualmente acesa.

A Zero tem muitas dúvidas sobre a forma como o Governo está e pretende vir a utilizar a biomassa enquanto recurso energético, defendendo que o modelo actual promove a “exploração insustentável da floresta com a queima de madeira de qualidade para a produção de electricidade”.


Que as centrais de biomassa emitem gases poluentes para a atmosfera com efeitos nocivos evidentes e comprovados junto das comunidades envolventes, isso nem sequer merece ser discutido.
E não venham com o argumento peregrino de que o uso de filtros resolve o problema. Não resolve o problema. Atenua o problema. Se têm dúvidas, visitem a zona envolvente da Central do Pego e retirem as vossas próprias conclusões. A Central do Pego também tem filtros.

Os ambientalistas alertam que “a queima de biomassa florestal contribui com a emissão de grandes quantidades de gases de efeito de estufa para a atmosfera, assim como para a destruição de ecossistemas cruciais para a captura de carbono, atrasando em décadas a luta contra as alterações climáticas.”


No Fundão, uma central de biomassa está a menos de 500 metros de residências e as queixas dos moradores prolongam-se desde Junho do ano passado, por causa “do excesso de ruído e da má qualidade do ar”, refere a Associação Zero.
By Nirvana

Ver mais AQUI:
https://www.publico.pt/2020/10/25/socie ... ro-1936507
Porque é que João Batista pregava no deserto? Porque era lá que ele vivia.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2555
Registado: 29/4/2014 15:34

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Aqui_Vale, cali010201, cris:sol, Google [Bot], Google Adsense [Bot], Goya777, HCC1, J_Investidor, Jonas74, LoneWolf, maturidade, Mavericks7, OCTAMA, Penaforte, Phil2014, Pmart 1, rg7803, Shift72 e 70 visitantes