Crise afecta compras de Natal?

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Crise afecta compras de Natal?

por Elias » 21/11/2008 12:19

Crise afecta compras de Natal

Consumidores mais moderados, excepto nos brinquedos

No ano passado, apenas 69% dos portugueses consideravam que o país estava em recessão, mas este ano são 93% que têm essa opinião sobre a economia, de acordo com um estudo da consultora Deloitte às famílias, a propósito das compras de Natal. Como consequência, os consumidores dizem que vão moderar os gastos, com excepção nos brinquedos, onde a electrónica continuará a ter boa saída.

A consultora estima uma quebra de 4,8% face aos gastos efectuados pelas famílias portuguesas no ano transacto, com 77% dos dos inquiridos a declarar que têm hoje um poder de compra inferior ao ano passado.

Com menos rendimento disponível, "os portugueses pretendem adquirir presentes mais úteis e estarão muito atentos às promoções efectuadas nesta época do ano", afirma o estudo da Deloitte.

Contenção no sector alimentar, com preferência hipermercados, supermercados e lojas hard discount, em vez das lojas tradicionais é uma das tendências, mas na área dos brinquedos não haverá tanta poupança.

"Os brinquedos electrónicos serão bastante procurados, pelo que a expectativa de comportamento deste mercado pode ser encarada com optimismo", refere o estduo.

Ou seja, as famílias poderão até destinar uma verba inferior à do ano passado para comprar presentes, mas esse dinheiro vai continuar a ser aplicado em produtos caros como brinquedos electrónico, mas também "electrodomésticos, artigos de luxo e produtos de marca".

Segundo a consultora que fez o estudo em 15 países europeus, os portugueses continuam a preferir oferecer roupa, livros e dinheiro (ordem decrescente) aos familiares e amigos. Os cosméticos e a música são também populares na Europa.

"2008 irá marcar uma mudança significativa nos gastos de Natal e Fim de Ano na Europa. Os retalhistas podem contar com índices de venda inferiores aos registados nos últimos anos, (...), mas alguns ainda podem obter resultados positivos desde que consigam responder às expectativas dos consumidores e disponibilizar produtos práticos e com boa relação preço/qualidade em vez de produtos supérfluos e mais dispendiosos", considera Luís Belo, o partner da Deloitte responsável pelo sector de Consumer Business.

Fonte: sic online
Editado pela última vez por Elias em 17/12/2010 21:36, num total de 1 vez.
 
Mensagens: 35428
Registado: 5/11/2002 12:21
Localização: Barlavento

por carf2007 » 21/11/2008 12:52

Apesar de ser contraditorio, ou seja, se vamos gastar menos, deviamos cortar em coisa "inuteis" como brinquedos, em que a maioria das crianças utiliza 2 ou 3 dias e depois vai "pro monte".

O problema é que não queremos desapontar os miúdos, como iriamos explicar que neste natal não há brinquedos ??

Talvez :

"Durante a distribuição dos presentes o Pai Natal sofreu um acidente com o trenó, tendo caido de uma grande altura, sendo aparado por uma árvore, o que lhe amorteceu a queda.

Mas, crianças, não fiquem preocupadas porque o Pai Natal apenas sofreu uns arranhões e para o ano já estará em condições para voltar à distribuição de presentes."

Ou :

"O Pai Natal este ano não vai distribuir nada, porque tinha o dinheiro para os presentes, investido em acções e futuros, e devido à crise, perdeu quase tudo, e agora está à espera de dias melhores ..."
Anexos
dsc00029.jpg
dsc00029.jpg (26.85 KiB) Visualizado 1946 vezes
"Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos." Shakespeare
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3051
Registado: 9/3/2007 23:32
Localização: Planeta Terra

por chuva » 21/11/2008 13:48

Por um lado compreende-se, por outro lado é pena deixar de lado por exemplo os livros mas não os brinquedos, porque no fundo eu acho que a maioria das crianças de hoje tem brinquedos a mais...(don't get me wrong)
 
Mensagens: 40
Registado: 29/11/2007 3:10
Localização: barcelos

por Elias » 9/11/2010 23:09

O tópico é de há dois anos mas vou puxá-lo para cima para acrescentar esta pérola:

Natal. Famílias portuguesas vão gastar 575 euros
por Cláudia Garcia, Publicado em 09 de Novembro de 2010

Valor é superior aos gastos das famílias de Alemanha, Holanda, Grécia, Bélgica ou Polónia

Com o aproximar do mês de Dezembro, ainda se espera por um dos apelos de Cavaco Silva, como aquele que lançou em Agosto para se passar férias no país. Desta vez o pedido seria: "Comprem produtos nacionais." Isto porque o valor destinado pelas famílias portuguesas para a quadra natalícia é de 575 euros, que será dividido entre alimentação, presentes, viagens e outros gastos. Porém, de acordo com o economista João Duque, este consumo trará benefícios para a economia, se for em produtos internos.

"Gastar dinheiro é bom, porque aumenta o consumo interno, mas o mais provável é que a maioria dos produtos adquiridos sejam importados", diz João Duque. Mas o economista alerta que o orçamento natalício é elevado, tendo em conta o salário médio nacional. E a melhor forma de contribuir para a situação do país, seria "aumentar a poupança". "Tratando-se de bens importados e não nacionais, o melhor é mesmo reduzir o consumo e aumentar a poupança", diz.

Mas as medidas de austeridade, os cortes salariais anunciados e a crise não estão a afectar o orçamento de Natal em prendas, que mal reflecte contenção. "Os portugueses são muito generosos a dar prendas", ironiza João Duque. Enquanto em 2007 as famílias gastaram 275 euros em presentes, este ano vão gastar mais cem. Sérgio Lee, consultor da Deloitte, responsável pelo estudo, assegura que apesar deste aumento há uma maior preocupação com os preços e a aquisição de marcas brancas. "As pessoas estão mais sensíveis ao preço e também oferecem presentes com mais utilidade."

Os presentes com utilidade são adquiridos sobretudo no comércio de retalho e hipermercados. E como pagam os portugueses? "O nosso problema é o crédito", diz João Duque. O facto de 45% dos inquiridos responderem que vão recorrer menos ao cartão de crédito em 2010 não tranquilizou o economista. Apesar do estudo da Deloitte revelar uma diminuição de recurso ao crédito e empréstimos para "sustentar" o mês de Dezembro, 14% das 700 famílias abrangidas pelo estudo garantem que vão usar mais o cartão de crédito para fazer face às despesas natalícias.

Mais pobres porque mais gastadores? As despesas das famílias portuguesas dividem-se entre 375 euros para prendas, 150 para alimentação e 50 euros para outros gastos. Países como a Alemanha e Holanda, com salários médios (bem) superiores ao português, vão ter gastos inferiores. Alemães vão às compras com 290 euros e fazem a ceia com 125. Na Holanda, o consumo natalício divide-se entre 250 para prendas e 120 na alimentação. Para Sérgio Lee a explicação está num sentido emotivo. "Portugal é um dos países da Europa que mais dá importância à quadra natalícia", esclarece o consultor.

Apesar da tradição, houve um corte de 6% nos gastos face a 2009. Porém, até na contracção os portugueses ficam aquém da Europa. Irlandeses vão gastar menos 11% do que em 2009 - ainda que gastem mais que os portugueses. E na Grécia, depois de resgatada pelo FMI e ter recebido a ajuda da União Europeia, os gregos vão reduzir os gastos em 21%. "Independentemente do clima económico, a época festiva é muito importante para os portugueses e o orçamento para a quadra varia muito pouco", conclui Sérgio Lee.

http://www.ionline.pt/conteudo/87536-na ... -575-euros
 
Mensagens: 35428
Registado: 5/11/2002 12:21
Localização: Barlavento

por Lion_Heart » 9/11/2010 23:20

Oh Elias o que esperavas do País que deve ter mais shoppings da Europa e onde o passatempo Nacional é ir aos ditos?

So mostra o quanto ignorantes somos.
" Richard's prowess and courage in battle earned him the nickname Coeur De Lion ("heart of the lion")"

Lion_Heart
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7050
Registado: 6/11/2002 22:32
Localização: Toquio

por Elias » 9/11/2010 23:25

Lion_Heart Escreveu:Oh Elias o que esperavas do País que deve ter mais shoppings da Europa e onde o passatempo Nacional é ir aos ditos?

So mostra o quanto ignorantes somos.


Lion, eu isso já dou de barato.

Para mim o aspecto mais interessante desta história é que toda a gente se queixa da crise, que isto este ano anda tudo muito mal e o camandro, mas toca a gastar mais 100 euros no Natal do que se gastava em 2007 e mais do que se gasta lá fora. Venham cá falar da crise que eu conto-lhes uma história :mrgreen:

(Daqui a umas semanas puxo para cima o meu tópico predilecto sobre o tema da crise: o que fala do fim-de-ano e das taxas de ocupação dos hotéis 8-) )
 
Mensagens: 35428
Registado: 5/11/2002 12:21
Localização: Barlavento

por tonirai » 9/11/2010 23:30

Bem, falando por mim, nos últimos 2 Natais gastei ZERO em prendas :P

Ressalvo que sou solteiro sem filhos, e filho único... a haver prendas, teria sido para os pais, e quiçá para 1 ou 2 amigos - mas não houve.

Até porque não ligamos nada de especial ao Natal, aniversários... celebrações em geral.
Fazemos uma refeição especial e pouco mais.
Prendas, só quando temos plena ideia de algo que faz falta ou daria jeito, e nesse caso podemos aproveitar a ocasião natalícia... mas ultimamente não tem sido o caso.

No entanto, minutos antes deste tópico ser puxado... tinha acabado de encomendar pela net a prenda do meu pai :lol:
Simplesmente porque é algo que vou comprar para mim, e penso que lhe dará muito jeito a ele também - por isso comprei dois.

Por isso, este ano volto a entrar como consumidor nas estatísticas dos gastos em prendas... 151€ já foram, em 2 prendas (para mim e para o meu pai) 8-)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1951
Registado: 19/4/2007 18:26
Localização: Cronologicamente... Paris/Resende/Gaia

por Lion_Heart » 9/11/2010 23:31

Elias Escreveu:
Lion_Heart Escreveu:Oh Elias o que esperavas do País que deve ter mais shoppings da Europa e onde o passatempo Nacional é ir aos ditos?

So mostra o quanto ignorantes somos.


Lion, eu isso já dou de barato.

Para mim o aspecto mais interessante desta história é que toda a gente se queixa da crise, que isto este ano anda tudo muito mal e o camandro, mas toca a gastar mais 100 euros no Natal do que se gastava em 2007 e mais do que se gasta lá fora. Venham cá falar da crise que eu conto-lhes uma história :mrgreen:

(Daqui a umas semanas puxo para cima o meu tópico predilecto sobre o tema da crise: o que fala do fim-de-ano e das taxas de ocupação dos hotéis 8-) )


Continuas a ignorar o facto que mais de 2/3 das pessoas dependerem do Estado e terem por garantido que não lhes vão deixar de pagar salarios (e muitos com a esperança que o Governo caia em breve para terem promessas de aumentos salariais e regalias).
Editado pela última vez por Lion_Heart em 9/11/2010 23:40, num total de 1 vez.
" Richard's prowess and courage in battle earned him the nickname Coeur De Lion ("heart of the lion")"

Lion_Heart
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7050
Registado: 6/11/2002 22:32
Localização: Toquio

por Elias » 9/11/2010 23:33

Lion, não digo o contrário, mas então qual a justificação para as queixas acerca da crise?
 
Mensagens: 35428
Registado: 5/11/2002 12:21
Localização: Barlavento

por Lion_Heart » 9/11/2010 23:34

Elias Escreveu:Lion, não digo o contrário, mas então qual a justificação para as queixas acerca da crise?


Os tugas tem sempre que se queixar de alguma coisa :mrgreen:
" Richard's prowess and courage in battle earned him the nickname Coeur De Lion ("heart of the lion")"

Lion_Heart
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7050
Registado: 6/11/2002 22:32
Localização: Toquio

por tonirai » 9/11/2010 23:41

Embora não directamente relacionado com este tópico (com tanto tópico da crise, já não sei o que pertence onde), acaba de dar uma reportagem sobre a Suiça, onde as pensões estão limitadas a uma só, e no máximo de 1700€ (mesmo que o salário fosse de, por exemplo 20.000€)... creio que impor isso cá dava numa nova revolução :mrgreen:

Dizem que assim, até lhes sobra dinheiro na S.S. para outras coisas, directamente relacionadas com apoiar os que realmente mais necessitam.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1951
Registado: 19/4/2007 18:26
Localização: Cronologicamente... Paris/Resende/Gaia

por Elias » 9/11/2010 23:44

tonirai, também vi a reportagem, achei interessante, mas convém não esquecer de referir que na Suíça os PPR são obrigatórios e aí sim quem mais desconta mais recebe.
 
Mensagens: 35428
Registado: 5/11/2002 12:21
Localização: Barlavento

por tonirai » 9/11/2010 23:50

Elias Escreveu:tonirai, também vi a reportagem, achei interessante, mas convém não esquecer de referir que na Suíça os PPR são obrigatórios e aí sim quem mais desconta mais recebe.

Sim, um sistema semi-privado de pensões. Algo que provavelmente deveria ter sido pensado há muito para cá.

De qualquer forma, pensei logo para mim que, caso não houvesse tal obrigação, seria louco quem não fosse montando voluntariamente um PPR ao longo da sua vida/carreira.

Desconheço é como será o sistema de descontos na Suiça (percentagens alocadas a isto ou aquilo)... tenho de me lembrar de perguntar a algum primo ou amigo que venha cá em breve.

(Desculpa este offtopic).
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1951
Registado: 19/4/2007 18:26
Localização: Cronologicamente... Paris/Resende/Gaia

por mais_um » 9/11/2010 23:51

epa, eu em prendas só para os miudos vou gastar uma pipa de massa, 300€, é o que a minha empresa e a da minha mulher dão.... :mrgreen:
"Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência! " Mark Twain
"Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana. Mas no que respeita ao universo ainda não tenho a certeza" Einstein
“Com os actuais meios de acesso à informação, a ignorância não é uma fatalidade, mas uma escolha pessoal" Eu
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6514
Registado: 14/11/2008 0:48
Localização: Lisboa

por Elias » 9/11/2010 23:52

mais_um Escreveu:epa, eu em prendas só para os miudos vou gastar uma pipa de massa, 300€, é o que a minha empresa e a da minha mulher dão.... :mrgreen:


Haja guito.

Vai-te embora ó crise :lol:
 
Mensagens: 35428
Registado: 5/11/2002 12:21
Localização: Barlavento

por Mcmad » 9/11/2010 23:52

Elias Escreveu:
Lion_Heart Escreveu:Oh Elias o que esperavas do País que deve ter mais shoppings da Europa e onde o passatempo Nacional é ir aos ditos?

So mostra o quanto ignorantes somos.


Lion, eu isso já dou de barato.

Para mim o aspecto mais interessante desta história é que toda a gente se queixa da crise, que isto este ano anda tudo muito mal e o camandro, mas toca a gastar mais 100 euros no Natal do que se gastava em 2007 e mais do que se gasta lá fora. Venham cá falar da crise que eu conto-lhes uma história :mrgreen:

(Daqui a umas semanas puxo para cima o meu tópico predilecto sobre o tema da crise: o que fala do fim-de-ano e das taxas de ocupação dos hotéis 8-) )


Isso a mim diz-me que ainda estamos para ver o pior da crise!
Confira as minhas opiniões

http://markoeconomico.blogspot.com/
 
Mensagens: 1477
Registado: 29/11/2007 10:26
Localização: Maia

por mais_um » 10/11/2010 0:00

Elias Escreveu:
mais_um Escreveu:epa, eu em prendas só para os miudos vou gastar uma pipa de massa, 300€, é o que a minha empresa e a da minha mulher dão.... :mrgreen:


Haja guito.

Vai-te embora ó crise :lol:


Epá, mesmo que queira não posso gastar o $$$ noutras coisas, recebo em cheques brindes (a minha mulher) e no meu caso tenho que entregar a factura dos presentes para receber o $$$.
"Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência! " Mark Twain
"Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana. Mas no que respeita ao universo ainda não tenho a certeza" Einstein
“Com os actuais meios de acesso à informação, a ignorância não é uma fatalidade, mas uma escolha pessoal" Eu
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6514
Registado: 14/11/2008 0:48
Localização: Lisboa

por MarcoAntonio » 10/11/2010 0:02

Elias Escreveu:Para mim o aspecto mais interessante desta história é que toda a gente se queixa da crise, que isto este ano anda tudo muito mal e o camandro, mas toca a gastar mais 100 euros no Natal do que se gastava em 2007 e mais do que se gasta lá fora. Venham cá falar da crise que eu conto-lhes uma história :mrgreen:


A crise resulta, entre outras coisas, desta atitude.

A atitude dos portugueses não vai mudar de uma forma profunda assim da noite para o dia. As atitudes vão continuar a ser as mesmas, apenas ligeiramente mais adaptadas às circunstâncias críticas do(s) momento(s)...

Já as atitudes moldarem-se à nova realidade, é um processo muito mais lento (de resto, ainda nem existe uma nova realidade, quanto muito existe um "começo de" ou um "ameaço de").
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31532
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

por Automech » 10/11/2010 1:44

Lion_Heart Escreveu:Oh Elias o que esperavas do País que deve ter mais shoppings da Europa e onde o passatempo Nacional é ir aos ditos?

So mostra o quanto ignorantes somos.


<object width="480" height="360"><param name="movie" value="http://sic.sapo.pt/online/flash/playerSIC2009.swf?urlvideo=http://videos.sapo.pt/v7mulWVAqQ3J7S2YV63v/mov/1&Link=http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/Reportagem+SIC/2010/10/portugal-shopping18-10-2010-135758.htm&ztag=/sicembed/info/&hash={29E6AEC0-D992-47D3-AEA4-3489AAE4DC81}&embed=true&autoplay=false"></param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><embed src="http://sic.sapo.pt/online/flash/playerSIC2009.swf?urlvideo=http://videos.sapo.pt/v7mulWVAqQ3J7S2YV63v/mov/1&Link=http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/Reportagem+SIC/2010/10/portugal-shopping18-10-2010-135758.htm&ztag=/sicembed/info/&hash={29E6AEC0-D992-47D3-AEA4-3489AAE4DC81}&embed=true&autoplay=false" type="application/x-shockwave-flash" allowfullscreen="true" width="480" height="360"></embed></object>
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 9360
Registado: 4/6/2010 12:12
Localização: 16

por Mcmad » 10/11/2010 2:08

Em quais dos países enumerados se recebe SN ?
Confira as minhas opiniões

http://markoeconomico.blogspot.com/
 
Mensagens: 1477
Registado: 29/11/2007 10:26
Localização: Maia

Está de tanga

por dfviegas » 10/11/2010 16:54

O meu filho de 4 anos é que sabe viver à tuga, o Pai Natal não tem dinheiro mas não faz mal pede emprestado ao menino jesus.
 
Mensagens: 988
Registado: 29/11/2007 2:53
Localização: Alto do Moinhi

por rmachado » 10/11/2010 17:44

Estou a ver que esta malta não compra prendas no Natal.. (mesmo que seja para os filhos).

Ou seja, vejo que dizem mal do gasto excessivo (concordo plenamente) mas não contribuem tb para ele?

Mais acrescento.. como chegam a estes valores? Eu não me lembro de gastar isto nem perto disto..
 
Mensagens: 2125
Registado: 24/8/2004 10:42
Localização: Carregado

por Elias » 10/11/2010 17:49

rmachado eu não acho mal que as pessoas gastem mais ou gastem menos ou gastem tudo ou não gastem nada. Cada um gasta o que quer.

O que eu acho interessante é ver a despesa de Natal a aumentar fortemente ao mesmo tempo que aumentam as queixas de que "isto anda tudo muito mal" e "a crise" e tal.
 
Mensagens: 35428
Registado: 5/11/2002 12:21
Localização: Barlavento

por pepi » 10/11/2010 17:54

os efeitos do PEC 3 ainda não se sente no bolso, por isso continuamos cantando e rindo... em Janeiro começamos a pagar a factura!

MarcoAntonio Escreveu:
Elias Escreveu:Para mim o aspecto mais interessante desta história é que toda a gente se queixa da crise, que isto este ano anda tudo muito mal e o camandro, mas toca a gastar mais 100 euros no Natal do que se gastava em 2007 e mais do que se gasta lá fora. Venham cá falar da crise que eu conto-lhes uma história :mrgreen:


A crise resulta, entre outras coisas, desta atitude.

A atitude dos portugueses não vai mudar de uma forma profunda assim da noite para o dia. As atitudes vão continuar a ser as mesmas, apenas ligeiramente mais adaptadas às circunstâncias críticas do(s) momento(s)...

Já as atitudes moldarem-se à nova realidade, é um processo muito mais lento (de resto, ainda nem existe uma nova realidade, quanto muito existe um "começo de" ou um "ameaço de").
 
Mensagens: 935
Registado: 17/3/2009 14:43
Localização: 16

por pocoyo » 10/11/2010 18:16

Crise!!!

Só está mau para quem perdeu o emprego, porque de resto vivemos melhor que em 2007.
Os juros estão mais baixos e os combustiveis estão mais baratos.

Eu gastei 350€ em brinquedos.
Pode faltar a comida, mas não irá faltar o sorriso dos miudos ao abrir as prendas. :)

Ah, os 175€ dos 50% são para o jantar de Natal.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2056
Registado: 15/1/2010 15:30

Próximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: acintra, Blak, cali010201, Francisco Miguel, GaussSLB48, LoneWolf, m-m, PAULOJOAO, rafaglorioso, SERRA LAPA, Xadrezinho e 39 visitantes