Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Cofina - Tópico Geral

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Cofina - Tópico Geral

por tami » 27/11/2019 12:42

novato Escreveu:Bom dia!!
repararam que ontem e hoje houve, na primeira compra (pouco volume), a fazer subir a cotada e depois volta ao valor de abertura!!!
Ser´a jogada por parte de quem a gere :roll:
abraço


Nah, a primeira compra fui eu que fiz, para baixar o meu preço médio! :)

Abraço
 
Mensagens: 59
Registado: 28/12/2015 16:15

Re: Cofina - Tópico Geral

por novato » 27/11/2019 13:00

jdourado Escreveu:
novato Escreveu:Bom dia!!
repararam que ontem e hoje houve, na primeira compra (pouco volume), a fazer subir a cotada e depois volta ao valor de abertura!!!
Ser´a jogada por parte de quem a gere :roll:
abraço


Nah, a primeira compra fui eu que fiz, para baixar o meu preço médio! :)

Abraço

Ma foi a de hoje? ontem curiosamente foi igual, julgo ter sido um volume algo acima.
obrigado pelo esclarecimento.
Acreditas portanto na subida da cotada?
Abraço
 
Mensagens: 238
Registado: 30/3/2003 22:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por tami » 27/11/2019 13:40

Sim, hoje pelas 10h. Ontem não reparei, não acompanho a transações diariamente. Respondendo à tua questão, acredito que tudo o que de mau pudesse acontecer, já está descontado na deprimida cotação atual. E que quem tiver paciência pode ter aqui retornos engraçados.

Abraço
 
Mensagens: 59
Registado: 28/12/2015 16:15

Re: Cofina - Tópico Geral

por pattern » 1/12/2019 18:46

 
Mensagens: 209
Registado: 1/3/2018 16:46

Re: Cofina - Tópico Geral

por Manuel_13 » 1/12/2019 19:21

jdourado Escreveu:Sim, hoje pelas 10h. Ontem não reparei, não acompanho a transações diariamente. Respondendo à tua questão, acredito que tudo o que de mau pudesse acontecer, já está descontado na deprimida cotação atual. E que quem tiver paciência pode ter aqui retornos engraçados.

Abraço


Infelizmente, a evolução da cotação nos próximos tempos vai estar indexada à OPA, consequente aumento de capital e ao valor a que ele vai ser feito. O resto é irrelevante.
 
Mensagens: 411
Registado: 21/10/2010 13:08
Localização: 13

Auditor Independente

por BOMBA99 » 2/12/2019 13:55

O desgraçado do Auditor Independente que a CMVM nomeou para fazer a avaliação da Media Capital deve ter o ábaco avariado.

Se alguém tiver disponibilidade para dar uma ajudinha ao homem com a folha de excell dava jeito.

Senão, ainda vamos ver o OK ou os remédios da ADC a saírem só lá para 2022.
 
Mensagens: 74
Registado: 1/7/2015 14:37

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 2/12/2019 14:32

BOMBA, é provável que demore um tempo, pois fala-se na necessidade do regulador explicitar os remédios que escreveu deverem ser tomados à posteriori. O que se diz é que se precisa de remédios que se diga primeiro quais. 8-)
 
Mensagens: 3975
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por novato » 2/12/2019 15:42

Boas!!
E enquanto isso esta menina continua em queda livre!!
Muita nuvem pelo meio, urge uma resolução...
Até lá resta ir aguentando até dar :roll:
Boa semana.
 
Mensagens: 238
Registado: 30/3/2003 22:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por lfa » 3/12/2019 10:11

Carissimos,

O mercado sem ter começado o AC está calmante a abastecer-se.

Ontem e hoje há um aumento de volume.

Abraço
 
Mensagens: 410
Registado: 29/11/2007 9:41
Localização: Lisboa

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 3/12/2019 11:02

Ifa, quando olho para a Cofina vejo um suporte em 0.36 e a minha leitura é a seguinte: só se partir 0.36 com volume é que acredito que alguém bem informado acredita convictamente no aumento de capital. Até 0.36 não estou nada convencido. Se cair daí passo a estar convencido. 8-)
 
Mensagens: 3975
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por Ativo » 3/12/2019 11:30

Àlvaro Escreveu:Ifa, quando olho para a Cofina vejo um suporte em 0.36 e a minha leitura é a seguinte: só se partir 0.36 com volume é que acredito que alguém bem informado acredita convictamente no aumento de capital. Até 0.36 não estou nada convencido. Se cair daí passo a estar convencido. 8-)

Então, mais tarde ou mais cedo, vais ficar convencido! :lol:
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3672
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 3/12/2019 11:59

ativo, não me referi a tempo. Não é mais tarde, nem mais cedo, é mais abaixo. :D
 
Mensagens: 3975
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por Ativo » 3/12/2019 12:36

Àlvaro Escreveu:ativo, não me referi a tempo. Não é mais tarde, nem mais cedo, é mais abaixo. :D

É as duas coisas! :lol:
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3672
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 3/12/2019 22:26

Finalmente uma pessoa está do mesmo lado que eu, isto é, do lado daqueles que acham que a Cofina está "irritantemente optimista". Marcelo tem razão: estão inchados e parecem ignorar a história do sapo na panela. :D

https://jornaleconomico.sapo.pt/noticia ... dia-521241
 
Mensagens: 3975
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por Ativo » 4/12/2019 9:54

Àlvaro Escreveu:Finalmente uma pessoa está do mesmo lado que eu, isto é, do lado daqueles que acham que a Cofina está "irritantemente optimista". Marcelo tem razão: estão inchados e parecem ignorar a história do sapo na panela. :D

https://jornaleconomico.sapo.pt/noticia ... dia-521241

In Jornal Económico, em 03/12/2019:

«Marcelo lança indireta à Cofina: “ninguém está imune à crise dos media“.

No encerramento da conferência sobre o financiamento dos media, o Presidente da República deixou farpas aos grupos que, em sua opinião, se acham protegidos da crise devido a cenários de consolidação.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou hoje que o setor dos media nacional atravessa uma crise mais grave que a dos seus pares europeus e que é necessário encontrar soluções.

”A nossa comunicação social encontra-se em crise económica e financeira, institucional e cívica”, defendeu Marcelo, contestando quem critica este diagnóstico.
”Tenho dificuldade em acompanhar o otimismo dos que sobreavaliam os seus recursos numa ótica de muito curto prazo”, disse o Chefe do Estado no discurso de encerramento da Conferência sobre Financiamento dos Media, que decorreu ontem e hoje na Cidadela de Cascais, promovida pelo Sindicato dos Jornalistas, com o alto patrocínio da Presidência da República.
Marcelo acrescentou que a crise no setor dos media nacional não é semelhante à que se faz sentir noutros países europeus, dada a menor massa crítica das empresas do setor em Portugal. E acrescentou que nenhum player do setor está realmente alheio à crise, apesar de haver quem acredite que poderá crescer com operações de consolidação em curso, numa referência implícita à fusão entre a Cofina e a Media Capital, a dona da TVI.
Recorde-se que a Cofina boicotou a conferência promovida pelo Sindicato, alegando que os seus jornalistas não foram convidados para os painéis de debate. Alegação que o sindicato rejeita.
“Não consigo subscrever o otimismo de alguns minoritários”, disse o Presidente, acrescentando que “aqueles que acham que escapam à crise não escaparão”.
Marcelo criticou a inércia e a omissão da sociedade civil e dos decisores públicos, prometendo continuar a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para encontrar soluções. Defendeu ainda que é necessário regular as grandes plataformas digitais.
”Tudo o que a sociedade civil possa lançar, seja a reorganização dos grupos de media, com ou não estrutura fundacional, a incentivos à leitura, chegando mesmo a novos modelos de negócio digitais que mereçam compromissos estáveis por parte de fundações de referência na nossa sociedade – será bem vindo”, disse Marcelo.
Passaram pela Cidadela cerca de 40 jornalistas, gestores do setor dos media, investigadores universitários e responsáveis políticos, para discutir soluções para a crise do setor.
Ao longo de dois dias (ver notícias relacionadas), houve um consenso no diagnóstico, mas faltou um acordo em relação a temas como a existência de apoios do Estado.
Em debate estiveram as dificuldades causadas pela transformação digital, que tem consequências não só a nível económico e financeiro, mas também no domínio da ética e dos princípios deontológicos.
”O eixo da roda acompanha a roda, não anda. O eixo da roda representa o núcleo dos valores. Esta metáfora, belíssima, pode ser adaptada aos desafios da transição digital”, resumiu o relator da conferência, o jornalista Adelino Gomes.
”O jornalismo profissional, sem os princípios éticos e sem o princípio da excelência, não faz sentido”, resumiu.
A presidente do Sindicato dos Jornalista, Sofia Branco, revelou no final da conferência que esta entidade vai entregar ao Presidente da República e ao Governo um conjunto de propostas apresentadas pelos oradores da conferência.
».

Sem dúvida que o setor nacional dos media atravessa uma crise grave, económica, institucional e cívica, como afirmou o Presidente da República. Todavia, penso que Marcelo proferiu as declarações, acima mencionadas, muito preocupado com o seu amigo Balsemão ,,,
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3672
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: Cofina - Tópico Geral

por pattern » 4/12/2019 10:00

Conferência sobre Financiamento dos Media, que decorreu ontem e hoje na Cidadela de Cascais, promovida pelo Sindicato dos Jornalistas, com o alto patrocínio da Presidência da República.

Uma conferência pouco democrática, onde só alguns, os tais, tiveram assento.
Ora, ora meu caro. Quem não os conhece que os compre. A tentarem prevenir o inevitável despedimento de jornalistas .
 
Mensagens: 209
Registado: 1/3/2018 16:46

Re: Cofina - Tópico Geral

por mediafc » 4/12/2019 15:38

Estive a ler o R&C do 3º Trimestre de 2019 que foi divulgado na passada sexta-feira, e vi um dado interessante: a NOSSA APOSTA parece finalmente ter começar a dar lucro; os resultados atribuídos a empresas associadas foi positivo nos primeiros 9 meses em 94649€, quando no 1º semestre tinha sido negativo em 24382€ (bem como em todos os restantes trimestres dos últimos 3 anos)
Tendo em conta que as outras empresas do grupo são a VASP (distribuição de jornais, etc) e Grafedisport (impressão) e que ao longo dos últimos anos têm mantido sempre os mesmos resultados, isto quer dizer que no 3º Trimestre a NOSSA APOSTA pode ter tido um lucro de cerca 300000€ dos quais 40% são da Cofina ou seja 120000€. Not bad :)
 
Mensagens: 31
Registado: 20/11/2008 11:49
Localização: 20

Re: Cofina - Tópico Geral

por suminvestido » 4/12/2019 15:58

mediafc Escreveu:Estive a ler o R&C do 3º Trimestre de 2019 que foi divulgado na passada sexta-feira, e vi um dado interessante: a NOSSA APOSTA parece finalmente ter começar a dar lucro; os resultados atribuídos a empresas associadas foi positivo nos primeiros 9 meses em 94649€, quando no 1º semestre tinha sido negativo em 24382€ (bem como em todos os restantes trimestres dos últimos 3 anos)
Tendo em conta que as outras empresas do grupo são a VASP (distribuição de jornais, etc) e Grafedisport (impressão) e que ao longo dos últimos anos têm mantido sempre os mesmos resultados, isto quer dizer que no 3º Trimestre a NOSSA APOSTA pode ter tido um lucro de cerca 300000€ dos quais 40% são da Cofina ou seja 120000€. Not bad :)



Em 30 de setembro de 2019 e 31 de dezembro de 2018 a rubrica do balanço “Investimentos em associadas” pode ser
detalhada como segue:
30.09.2019 31.12.2018
Investimento financeiro (a)
VASP – Sociedade de Transportes e Distribuições, Lda. 3.008.009 3.023.740
A Nossa Aposta - Jogos e Apostas Online, S.A. 515.516 405.135
Mercados Globais - Publicação de Conteúdos, Lda. 6.015 6.015
3.529.540 3.434.890

Lucro de 110.381,00 €, não é muito mas já é alguma coisa.
 
Mensagens: 350
Registado: 15/1/2008 23:45

Re: Cofina - Tópico Geral

por mediafc » 4/12/2019 16:12

suminvestido Escreveu:
mediafc Escreveu:Estive a ler o R&C do 3º Trimestre de 2019 que foi divulgado na passada sexta-feira, e vi um dado interessante: a NOSSA APOSTA parece finalmente ter começar a dar lucro; os resultados atribuídos a empresas associadas foi positivo nos primeiros 9 meses em 94649€, quando no 1º semestre tinha sido negativo em 24382€ (bem como em todos os restantes trimestres dos últimos 3 anos)
Tendo em conta que as outras empresas do grupo são a VASP (distribuição de jornais, etc) e Grafedisport (impressão) e que ao longo dos últimos anos têm mantido sempre os mesmos resultados, isto quer dizer que no 3º Trimestre a NOSSA APOSTA pode ter tido um lucro de cerca 300000€ dos quais 40% são da Cofina ou seja 120000€. Not bad :)



Em 30 de setembro de 2019 e 31 de dezembro de 2018 a rubrica do balanço “Investimentos em associadas” pode ser
detalhada como segue:
30.09.2019 31.12.2018
Investimento financeiro (a)
VASP – Sociedade de Transportes e Distribuições, Lda. 3.008.009 3.023.740
A Nossa Aposta - Jogos e Apostas Online, S.A. 515.516 405.135
Mercados Globais - Publicação de Conteúdos, Lda. 6.015 6.015
3.529.540 3.434.890

Lucro de 110.381,00 €, não é muito mas já é alguma coisa.


Sim não é muito, mas tendo em conta que em 2018 a NOSSA APOSTA teve um prejuízo de 2.1M€, é uma boa inversão.
 
Mensagens: 31
Registado: 20/11/2008 11:49
Localização: 20

Re: Cofina - Tópico Geral

por suminvestido » 4/12/2019 16:15

Lucro de 110.381,00 €, não é muito mas já é alguma coisa.[/quote]

Sim não é muito, mas tendo em conta que em 2018 a NOSSA APOSTA teve um prejuízo de 2.1M€, é uma boa inversão.[/quote]

Completamente de acordo, grande inversão
 
Mensagens: 350
Registado: 15/1/2008 23:45

Re: Cofina - Tópico Geral

por Manuel_13 » 6/12/2019 13:24

Deve estar por dias a decisão da Autoridade da Concorrência sobre a OPA.
É natural que o papel reaja a isso mas o verdadeiro teste será quanto ao valor do aumento de capital. Era engraçado ser feito a um preço superior à cotação actual...
 
Mensagens: 411
Registado: 21/10/2010 13:08
Localização: 13

A ver vamos...

por BOMBA99 » 10/12/2019 10:45

A Autoridade da Concorrência (AdC) vai emitir até ao final deste ano o seu parecer, vinculativo, sobre a proposta de compra da Media Capital por parte da Cofina, confirmou a própria entidade reguladora ao SOL.

Apesar de não ser ainda conhecida a decisão da Concorrência, o SOL sabe que, para já, não há nada que impeça o negócio, pelo que o parecer da Concorrência deverá ser favorável às pretensões da Cofina.

A decisão da concorrência é definitiva e é uma decisão crucial para que o negócio seja – ou não – efetivado. Caso a decisão seja negativa, repete-se o cenário aquando da tentativa de compra da TVI por parte da Altice. Contudo, na altura, a Anacom deu um parecer negativo, algo que não aconteceu desta vez.

Depois de o negócio ter sido recusado, a Altice lamentou as decisões dos reguladores portugueses, que não permitiram a compra do grupo Media Capital, detido pela espanhola Prisa, considerando que se perdeu «uma oportunidade crucial» para o setor no país. «A Altice lamenta que, apesar de ter desenvolvido os melhores esforços nesse sentido, os reguladores não tenham emitido as decisões necessárias à concretização da transação em tempo útil», avançou a operadora.

Recorde-se que, até ao momento, tanto a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) como a Anacom – Autoridade Nacional de Comunicações, deram parecer positivo à junção dos dois grupos. A ERC entende que não se conclui «que tal operação coloque em causa os valores do pluralismo e da diversidade de opiniões, cuja tutela incumbe à ERC aí acautelar».

Já a Anacom aprovou, com caráter não vinculativo, a operação de concentração Cofina / Media Capital, por esta não suscitar «questões concorrenciais relevantes nos mercados de comunicação eletrónicas».



O depois da compra

Como o SOL já tinha avançado, a compra da Media Capital pela Cofina está a ser assessorada pela Clearwater International, fundada pelo socialista José Lemos.

E o o SOL também apurou que a operação vai ser financiada por dois bancos: Santander Portugal e Société Générale.

Entretanto, a Cofina anunciou um aumento de capital estimado em 85 milhões de euros destinado ao financiamento parcial da Operação Pública de Aquisição (OPA) sobre a Media Capital, que tinha sido anunciada no passado mês de setembro e que envolve um valor de 255 milhões de euros.

O anúncio foi comunicado pela empresa liderada por Paulo Fernandes à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários (CMVM), onde a Cofina explicou que «divulgará ao mercado as informações legalmente exigidas relacionadas com a aprovação pelos órgãos competentes e a realização do referido aumento de capital, quando se encontrarem definidos os termos e condições em que será proposto à assembleia geral».

Não muito tempo depois, o conselho de administração da Media Capital reagiu à OPA lançada pela Cofina, considerando-a «oportuna», uma vez que «as respetivas condições são adequadas». A dona da TVI diz ainda que a oferta «não afeta o normal desenvolvimento da Media Capital».



Grupo com duas estruturas

Paulo Fernandes pretende um grupo com duas estruturas. Separar os conceitos entre Correio da Manhã e CMTV e TVI é um dos objetivos da Cofina. O SOL apurou que os canais televisivos vão funcionar como dois projetos distintos. Uma tarefa que poderá ser facilitada já que os registos junto da ERC são já hoje diferentes. A CMTV está registada como um canal generalista no cabo, enquanto a TVI24 aparece como um canal de notícias.

Além disso, a compra é feita pela holding e não pela empresa detentora do Correio da Manhã.

As mudanças não ficam por aqui. A junção dos dois grupos não vai implicar despedimentos. O SOL sabe que o objetivo é reforçar equipas e manter as direções. O futuro já tinha suscitado a preocupação do Sindicato dos Jornalistas: «Lamentavelmente, este tipo de fusões tem-se traduzido em cortes de pessoal e emagrecimento de redações», disse o sindicato, considerando «fulcral obter esclarecimentos por parte das administrações dos dois grupos envolvidos no negócio, no sentido de antecipar o impacto laboral de uma eventual fusão e de proteger os direitos dos jornalistas».

Também o target de cada um dos canais vai ser direcionado para diferentes classes. A CMTV vai continuar a apostar em áreas como a criminalidade e, como tal, está dirigida às classes mais populares (C e D). Ou seja, o mesmo foco que tem a SIC atualmente. Isto significa que os dois canais vão concorrer entre si em termos de receitas publicitárias. Já a TVI irá focar-se mais na área política e económica e com isso pretende abranger as classes (A e B) premium. O mesmo irá acontecer com o canal aberto da TVI.



Governo e concorrência

Recorde-se que, tal como SOL já tinha avançado, o CEO da Cofina esteve reunido informalmente com o primeiro-ministro, António Costa, e com a AdC antes de oficializar o interesse em comprar a Media Capital. Apesar de ter estado afastado destes encontros, Marcelo Rebelo de Sousa foi informado por António Costa. O SOL sabe que a ideia do empresário foi garantir que nenhuma das entidades se oporia à operação, pois só assim avançaria para negociações com a Prisa, tal como aconteceu.

Entretanto, esta possível junção dos dois grupos causou algum descontentamento junto da Impresa, que esteve reunida com as operadoras de telecomunicações para criticar o negócio que, caso avance, criará o maior grupo de comunicação em Portugal. Ao que o SOL apurou, o objetivo destes encontros passará por arrastar o processo de compra. A ideia é desvalorizar o ativo TVI e seguir o exemplo do que se passou com a tentativa de compra por parte da Altice.
 
Mensagens: 74
Registado: 1/7/2015 14:37

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 10/12/2019 11:09

Bomba, tudo o que escreveste está correcto, falta saber porque estão os remédios excluídos da equação. Não faz sentido que estejam excluídos porque o regulador já os referiu no parecer favorável. Já sabemos que terão de existir, só não sabemos quais. E também não sabemos se voltará a esse regulador para clarificação. Portanto, tudo muito bem, mas... há um "mas". Se a Cofina conseguir a compra com os remédios, então aí acredito que Balsemão terá de ceder e vender a SIC à Altice, com quem já tem um acordo para três anos. Penso que esse acordo aconteceu para evitar que a NOS metesse a cabeça.
 
Mensagens: 3975
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por Ulisses Pereira » 10/12/2019 13:02

Bomba, sempre que transcreveres artigos de outras pessoas ou fontes, é obrigatório que as cites, pois estás não apenas a violar as regras do Caldeirão como as leis deste país.

Abraço,
Ulisses
"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30199
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Obviamente

por BOMBA99 » 10/12/2019 16:43

A notícia é do sol. Como copiei o texto para reproduzir nem me lembrei de colocar o link por lapso.

Obviamente não quis usurpar o texto que já tinha lido no sábado. Apenas pretendi colocá-lo aqui para ver se o pessoal comenta.

O meu comentario foi no assunto: A VER VAMOS (se há um fundo de verdade ou se é apenas mais uma bujarda do SOL.
 
Mensagens: 74
Registado: 1/7/2015 14:37

AnteriorPróximo