ZON Multimédia - Tópico Geral

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

ZON Multimédia - Tópico Geral

por Nyk » 10/5/2007 19:38

PTM diz triple play vai acelerar crescimento


10/05/2007


LISBOA, 10 Mai (Reuters) - O spin-off da PT Multimedia (PTM) face à casa-mãe Portugal Telecom (PT) e a concorrência no 'triple play' vai acelerar o crescimento do mercado e da PTM, disse fonte oficial da empresa.

Acrescentou que o lançamento de novos serviços e produtos também vai suportar o crescimento da base de subscritores da empresa em 2007.

Disse ainda que, no caso do serviço de fornecimento de acesso à Internet, "há espaço para mais um milhão de lares portugueses terem banda larga".

"O spin-off vai trazer mais dinâmica ao mercado. Com o 'triple play' vamos acelerar o negócio", afirmou, em declarações à Reuters.

A PTM é controlada pela PT mas os accionistas desta aprovaram, em Assembleia Geral, no dia 27 de Abril passado, o spin-off da PTM.

Acrescentou que, dentro de 45 dias, a TV Cabo vai lançar novas set-top-boxes e um novo software de electronic programing guide (EPG).

Disse que, no terceiro trimestre, a empresa planeia lançar o TIVO - personal video recorder - no satélite e um ou dois trimestres depois no cabo.

A PTM vai ainda apostar no serviço de voz sobre o cabo tendo já seis mil clientes neste serviço lançado há três meses.

Lembrou que, até aqui, a PTM tem investido mais em rede mas que agora vai investir mais no desenvolvimento de serviços.

A PTM registou uma subida de 8,9 pct do seu lucro líquido no primeiro trimestre de 2007 para 18,5 milhões de euros (ME) face a 17 ME em igual período de 2006.

As receitas subiram 8,6 pct para os 174,6 ME enquanto o EBITDA-Earnings Before Interests Taxes Depreciations and Amortizations cresceu 7,6 pct para os 54,1 ME.

A actividade de TV por subscrição e Internet de banda larga representou 88,9 pct do total de receitas da PTM.

"Estamos bastante satisfeitos com estes resultados pré-voz", afirmou a mesma fonte.

O serviço de TV cabo da PTM atingiu os 1,5 milhões de clientes no final de Março de 2007, com oito mil adições líquidas nos primeiros três meses do ano, mostrando uma descida dos desligamentos.

O número de casas passadas aumentou 7,5 pct face ao primeiro trimestre de 2006 para 2,9 milhões no final do primeiro trimestre de 2007.

A receita média mensal por cliente total da TV cabo e Internet de Banda Larga aumentou 6,7 pct, face a igual período de 2006, para 30,4 euros, reflectindo, o sucesso do serviço digital 'TV Cabo Funtastic Life', o crescimento dos acessos de banda larga e das subscrições do canal Sport TV, bem como o aumento de preço do serviço de TV cabo.
Editado pela última vez por Nyk em 31/10/2008 20:06, num total de 2 vezes.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 11/5/2007 17:15

Berardo quer ter 5% da PT Multimédia antes da separação da PT
O empresário Joe Berardo disse hoje à agência Lusa que quer reforçar a sua participação no capital da PT Multimédia para 5%, antes da cisão (spin-off) da empresa do grupo PT, que deverá ocorrer até Setembro.

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios com Lusa



O empresário Joe Berardo disse hoje à agência Lusa que quer reforçar a sua participação no capital da PT Multimédia para 5%, antes da cisão (spin-off) da empresa do grupo PT, que deverá ocorrer até Setembro.

"Quero construir essa posição [de 5%] antes da distribuição da PT", disse à agência Lusa o investidor, que vai receber o equivalente a 2,2% da PT Multimédia (PTM) no âmbito do spin-off.

"E depois vamos ver", acrescentou o empresário, recordando que os estatutos da PTM limitam os direitos de voto dos accionistas a 5% do capital social.

"Essa é uma questão que vamos ter de ver", reforçou Berardo, que assim conseguirá mais de 7% da PTM, tornando-se o terceiro maior accionista da empresa, a manter-se a actual estrutura de capital.

As acções da PTM fecharam hoje a subir 0,33%, para 12,34 euros.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 14/5/2007 6:07

Estado recusa ficar com acções da PT Multimédia no "spin off"
O Ministério das Finanças negou as pretensões da Portugal Telecom (PT) de pagar os impostos do "spin off" da PT Multimédia (PTM) com acções, uma decisão que vai obrigar a operadora de telecomunicações a inundar o mercado com mais de 23 milhões de acções para conseguir o "cash" para entregar ao fisco.

--------------------------------------------------------------------------------

Pedro Carvalho
pc@mediafin.pt


Elisabete Miranda
elisabetemiranda@mediafin.pt



O Ministério das Finanças negou as pretensões da Portugal Telecom (PT) de pagar os impostos do "spin off" da PT Multimédia (PTM) com acções, uma decisão que vai obrigar a operadora de telecomunicações a inundar o mercado com mais de 23 milhões de acções para conseguir o "cash" para entregar ao fisco.

Este factor poderá pressionar a cotação da PTM, às portas da realização da operação de cisão. Contactada, fonte oficial do ministério das Finanças disse não fazer comentários "pois, nos termos legais, a Administração Fiscal e o Ministério não podem tecer qualquer comentário sobre casos concretos relativos aos contribuintes".

O Jornal de Negócios apurou junto de fonte próxima das negociações que o Governo recusou a intenção da PT de efectuar o pagamento dos impostos em espécie, pelo que terá de ser a própria operadora a converter parte das acções da Multimédia em "cash" para que as entidades registadoras (bancos e corretoras) das acções possam fazer a retenção na fonte.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 15/5/2007 17:27

PTM diz CGD detém 11,3% capital social PTM


15/05/2007


LISBOA, 15 Mai (Reuters) - A estatal Caixa Geral de Depósitos (CGD) adquiriu ao Barclays Bank 30,6 milhões de acções da PT Multimédia (PTM) pelo que passou a deter 11,3 pct do capital social da empresa, anunciou a PTM.

"A CGD (...) passou a deter, em 14 de Maio de 2007, directa, indirectamente e no seu Fundo de Pensões, 34.815.983 acções, correspondentes a 11,2638 pct do capital social da PTM", refere em comunicado.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 16/5/2007 17:03

Caixa entra na PTM para travar gula dos accionistas
A Caixa fechou ontem a compra dos 10% que o Barclays detinha na PT Multimedia. Estado quer ter a palavra final no futuro da operadora.

Alda Martins

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai ser o guardião dos interesses nacionais na estrutura accionista da PT Multimédia após a separação da Portugal Telecom (PT) (’spin-off’). A preocupação do Estado é dupla: não só moderar os próprios accionistas - constituídos num núcleo duro que deverá contar com a presença do BPI, da Controlinveste de Joaquim Oliveira e do BES - mas também o apetite dos investidores estrangeiros (’private equity’, por exemplo). À partida, o banco de Ricardo Salgado terá na PTM uma posição meramente financeira, tendo em conta o lugar de relevo que já ocupa na estrutura accionista da PT. A CGD concretizou a compra da posição de 11,25% que o Barclays detinha na PT Multimédia, mostrando que não se trata, apenas, de um investimento financeiro. Isto porque, após a cisão, a CGD passará a deter 4,6% da PTM que, somados aos 11,25% agora adquiridos, a transformam no maior accionista da dona da TV Cabo, com 15,85%. Numa altura em que se define o futuro da PTM, a accionista CGD passa a assegurar um equilíbrio de interesses dentro da empresa
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 17/5/2007 17:24

Após a compra 90% da GRIPCOM
Joaquim Oliveira aumenta posição na PTM para 3,77%
Joaquim de Oliveira aumentou a sua posição no capital da PT Multimédia, a dona da TV Cabo, cuja a cisão do capital do Grupo PT deverá ocorrer até ao final deste ano, para 3,77%, em resultado da aquisição de 90% do capital da GRIPCOM.

--------------------------------------------------------------------------------

Paulo Moutinho
paulomoutinho@mediafin.pt


Joaquim de Oliveira aumentou a sua posição no capital da PT Multimédia, a dona da TV Cabo, cuja a cisão do capital do Grupo PT deverá ocorrer até ao final deste ano, para 3,77%, em resultado da aquisição de 90% do capital da GRIPCOM.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), Joaquim de Oliveira afirma que o aumento da sua posição no capital da PT Multimédia ficou a dever-se à compra de "90% do capital social e direitos de voto da sociedade denominada GRIPCOM SGPS, anteriormente denominada Colaney Investments Limited".

A GRIPCOM é titular de 6,93 milhões de acções, representativas de 2,24% do capital social e dos direitos de voto da PT Multimédia pelo que, com a compra de 90% da mesma, Joaquim de Oliveira passou a ter uma participação qualificada na dona da TV Cabo.

No total, são imputáveis 11,63 milhões de acções da PT Multimédia ao patrão da Controlinveste. Estes títulos são representativos de 3,77% do capital social da empresa que, até ao final deste ano, será removida do capital da Portugal Telecom.

Joaquim de Oliveira tem sido apontado como um dos principais interessados na aquisição da dona da TV Cabo, após o "spin off".

Os títulos da PT Multimédia [Cot] encerraram a sessão de hoje em queda, perdendo 0,5% para os 12,00 euros.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 18/5/2007 16:30

PT Multimédia convoca AG para nomear novos órgãos sociais
A PT Multimédia comunicou hoje a convocatória de uma assembleia geral dos accionista da empresa para o próximo dia 20 de Junho, que irá votar sobre a alteração dos estatutos da empresa, assim como deliberar sobre a alteração da composição dos órgãos sociais para o triénio 2007/09, designar um revisor oficial de contas e deliberar sobre a alteração da composição da comissão de vencimentos.

--------------------------------------------------------------------------------

Filipe Paiva Cardoso
filipecardoso@mediafin.pt



Zeinal Bava é o actual CEO da PTM
A PT Multimédia comunicou hoje a convocatória de uma assembleia geral dos accionista da empresa para o próximo dia 20 de Junho, que irá votar sobre a alteração dos estatutos da empresa, assim como deliberar sobre a alteração da composição dos órgãos sociais para o triénio 2007/09, designar um revisor oficial de contas e deliberar sobre a alteração da composição da comissão de vencimentos.

Os pontos dos estatutos da PT Multimédia que vão ser alterados prendem-se com o direito do CA da empresa "deliberar o aumento do capital social, por uma ou mais vezes, até ao limite de 20 milhões de euros, mediante novas entradas em dinheiro", a aprovação também pelo CA as "escrituras de redução de capital", assim como o artigo dos estatutos que definem os órgãos sociais da PT Multimédia, que actualmente são compostos pela "assembleia geral, o conselho de administração e o fiscal único ou o conselho fiscal".

Zeinal Bava é o actual CEO da PTM, empresa que no terceiro trimestre irá sair da esfera do Grupo PT.

A AG irá ainda deliberar sobre a alteração dos artigos dos estatutos da empresa que definem os requisitos para participar numa reunião magna da PT Multimédia, nomeadamente os pontos que colocam em "até cinco dias úteis" o tempo necessário para comprovar "a inscrição em conta de valores mobiliários escriturais das suas acções" e assim participar numa AG, e o artigo que estipula que "consideram-se como pertencendo ao accionista as acções que seriam contadas como dele para efeito de oferta pública de aquisição, nos termos do Código do Mercado de Valores Mobiliários".

Alterar as competências da assembleia geral irão igualmente ser alvo de deliberação por parte dos accionista da PT Multimédia a 20 de Junho próximo, sendo que o artigo dos estatutos da empresa que define a eleição da mesa da AG e dos membros do CA, como competências da assembleia geral, também vai ser alterado. O ponto dos estatutos que define os requisitos para a convocatória da AG – se convocada pelo conselho de administração ou fiscal da empresa ou por accionistas que representem pelo menos 5% do capital – também irá ser alterado.

A composição do CA por um número ímpar de membros, no máximo de quinze, assim como o artigo que estipula que "o CA poderá delegar a gestão corrente da sociedade numa comissão executiva, a qual será composta por três a cinco administradores", são outras dos pontos dos estatutos que irão ser alterados.

A PT Multimédia ainda não anunciou quais as alterações que irá propor a todos estes estatutos.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por luiz22 » 21/5/2007 7:36

Cofina e Oliveira disputam TV Cabo


21/05/2007


A luta pela PT Multimedia acaba de envolver outro grupo de media: depois de Joaquim Oliveira, a Cofina acaba de entrar em campo tendo já ultrapassado a posição de 2% no capital da empresa.

Paulo Fernandes, presidente do grupo Cofina, já terá ultrapassado a posição de 2% no capital da PT Multimedia (PTM), noticia o Diário Económico citando fonte próxima do processo.

Questionado sobre este assunto, o empresário referiu apenas ao DE que "sempre" manifestou o seu "interesse na PTM", mas a primeira comunicação "será para as autoridades do mercado". Tendo em conta a cotação de sexta-feira, com as acções da PTM fixadas nos 11,98 euros, uma fatia de 2% do capital da empresa está avaliada em cerca de 74 milhões de euros.

O interesse de Paulo Fernandes na PTM não é de hoje. Em Abril, o empresário já tinha emitido um empréstimo obrigacionista de 50 milhões de euros por oito anos e meio. E o objectivo era apenas um: "obter meios adicionais para o desenvolvimento da empresa".

O dono da Cofina não está, contudo, sozinho neste ataque à PT Multimedia. Outros grupos de media olham para a PTM com especial atenção, sobretudo Joaquim Oliveira. Aos poucos, o empresário vai reforçando a sua participação na empresa. Foi o que aconteceu agora ao comprar 90% do capital da Gripcom (ex Colaney Investments Limited), ficando com um total de 3,77% do capital da empresa de Granadeiro. Há quem diga que ele "não brinca em serviço" e se, neste momento, já se assume como um -partner- da PTM, tudo aponta que não vá ficar por aqui.

Também Pinto Balsemão, o homem forte da Impresa, apresenta-se como um dos potenciais investidores. Afinal, já tem uma relação de proximidade com a PTM nem que seja a pretexto da SIC Notícias, uma vez que 40% do canal televisivo é controlado pela PTM.

Por último, Miguel Pais do Amaral, enquanto empresário independente, é sempre um jogador a ter em conta. Mesmo depois de ter tido aprovada uma linha de crédito no BCP para comprar acções da PT, nunca chegou a utilizá-la. De facto, a PT veio a revelar-se que não fazia parte das suas prioridades. Mas talvez a PTM possa fazer, uma vez que nunca recusou por completo a hipótese de ter uma posição naquela empresa.
As decisões fáceis podem fazer-nos parecer bons,mas tomar decisões difíceis e assumi-las faz-nos melhores.
 
Mensagens: 1700
Registado: 26/11/2004 23:00
Localização: Belém-Lisboa

por luiz22 » 21/5/2007 7:39

Banca 2007-05-21 00:05
BES também quer continuar na PT Multimedia
O presidente do bes diz que gostaria de manter uma posição financeira na empresa que controla a TV Cabo.

Sílvia de Oliveira

O presidente do BES aguarda pelo parecer dos reguladores, mas diz que gostaria que o banco fosse autorizado a manter, após o ‘spin-off’, uma participação financeira na PT Multimedia semelhante à que detém na PT, ou seja, cerca de 8%. “Pela posição que temos na PT, acredito que uma participação financeira [na PT Multimedia] poderia rondar isso mesmo. Temos cerca de 8%, pelo que uma posição semelhante à que temos na PT seria positivo”, adiantou, na sexta-feira, Ricardo Salgado, à margem do ‘Strategy Day’ do BES, evento que serviu para divulgar as novas metas do banco até 2010.

Consciente de que terá que reduzir a sua posição após o ‘spin-off’, o grupo português mantém, ainda assim, a intenção de ser um dos accionistas de referência da empresa da TV Cabo. Na sequência desta operação, que será concretizada até ao final do ano, o BES ficaria com uma participação de cerca de 13% da PT Multimedia. Uma fatia que terá de ser reduzida, já que é convicção generalizada que, por forma a assegurar uma concorrência efectiva entre a PT e a sua participada PT Multimedia, as estruturas accionistas das duas empresas não devem coincidir. “O BES está à espera de que os reguladores nos indiquem qual é a visão que têm para as componentes accionistas dos dois lados, PT e PT Multimedia, para tomarmos uma decisão. Mas será sempre uma participação financeira minoritária”, acrescentou o banqueiro. Quanto à participação na PT, essa manter-se-á intacta. Ricardo Salgado reafirmou que o BES assume-se como um dos pilares nacionais da estrutura accionista da PT.

A propósito do recente reforço da CGD no capital da PT Multimedia, o presidente do BES disse que gostaria de ouvir do banco estatal uma explicação para esta estratégia que, na sua opinião, é “salutar” porque “garante alguma estabilidade à empresa”. Na semana passada, a Caixa concretizou a aquisição dos 10% do Barclays na PT Multimedia, tendo-se tornado no segundo maior accionista da empresa, com mais de 15%, logo a seguir à própria PT. Um claro sinal de que a sua aposta não é meramente financeira.

Repto aos grupos de ‘media’
Na sexta-feira, Ricardo Salgado deixou ainda um desafio aos grupos de ‘media’. Segundo defende, estes devem assumir um papel relevante no futuro da PT Multimédia. “O que nos parece essencial é que apareçam grupos de ‘media ligados’ à PT Multimedia e até agora o único que apareceu foi o de Joaquim Oliveira”. A Controlinvest detém 3,77% do capital da empresa. Questionado sobre se este repto visava, por exemplo, a Cofina e a Impresa, o presidente do BES recusou fazer referências concretas, mas defendeu que “seria importante que os grupos de ‘media’ interessados na PT Multimedia dessem um salto em frente, já que esses grupos, que assim o desejem, devem ter uma
As decisões fáceis podem fazer-nos parecer bons,mas tomar decisões difíceis e assumi-las faz-nos melhores.
 
Mensagens: 1700
Registado: 26/11/2004 23:00
Localização: Belém-Lisboa

por luiz22 » 21/5/2007 8:58

Cofina compra um milhão de acções da PT Multimédia


21/05/2007


A PT Multimédia foi alvo de uma passagem de um bloco de um milhão de acções. Segundo fontes próximas do processo, citadas pela Reuters, o comprador desta participação foi a Cofina, que passou a deter mais de 2% do capital da empresa.

As acções da PT Multimédia [ptm] subiam 1,92% para os 12,21 euros, depois de já terem estado a valorizar mais de 2%.

Apenas num negócio foram transaccionados um milhão de títulos, que segundo fontes próximas do processo foram adquiridas, num só bloco, por um investidor: a Cofina.

Com este reforço, Paulo Fernandes, dono da Confina, passou a deter uma participação qualificada no capital da PTM.

Na edição de hoje o "Diário Económico" noticiava que a Cofina e a Controlinveste, detida pelo Joaquim Oliveira, estão na luta pelo controlo da PT Multimédia.

O Caixa Banco de Investimento (CaixaBI) considera que "a entrada da Cofina no capital da PTM não constitui uma total surpresa tendo em conta o seu -portfólio- de conteúdos de media e o seu público interesse em participar no negócio de televisão", de acordo com uma nota de "research" hoje divulgada.

O analista João Fidalgo, do CaixaBI, considera que será "curioso verificar se a Impresa também não pretenderá ter uma participação na PTM criando-se desta forma uma frente nacional de accionistas estratégicos".
As decisões fáceis podem fazer-nos parecer bons,mas tomar decisões difíceis e assumi-las faz-nos melhores.
 
Mensagens: 1700
Registado: 26/11/2004 23:00
Localização: Belém-Lisboa

começa a GUERRA pela PTM ...

por Luka! » 21/5/2007 14:59

Começa a Guerra pela PTM !

Paulo Fernandes já tem mais de 2% na PTM
Cofina e Oliveira disputam TV Cabo
[ 2007/05/21 | 07:42 ] EditorialCPS

A luta pela PT Multimedia acaba de envolver outro grupo de media: depois de Joaquim Oliveira, a Cofina acaba de entrar em campo.
Paulo Fernandes, presidente do grupo Cofina, já terá ultrapassado a posição de 2 por cento no capital da PT Multimedia (PTM), soube o «Diário Económico» junto de fonte próxima do processo.

Questionado sobre este assunto, o empresário referiu apenas que «sempre» manifestou o seu «interesse na PTM», mas a primeira comunicação «será para as autoridades do mercado».

Tendo em conta a cotação de sexta-feira, com as acções da PTM fixadas nos 11,98 euros, uma fatia de 2% do capital da empresa está avaliada em cerca de 74 milhões de euros.

O interesse de Paulo Fernandes na PTM não é de hoje. Em Abril, o empresário já tinha emitido um empréstimo obrigacionista de 50 milhões de euros por oito anos e meio. E o objectivo era apenas um: «obter meios adicionais para o desenvolvimento da empresa».

O dono da Cofina não está, contudo, sozinho neste ataque à PT Multimedia. Outros grupos de media olham para a PTM com especial atenção, sobretudo Joaquim Oliveira.

Aos poucos, o empresário vai reforçando a sua participação na empresa. Foi o que aconteceu agora ao comprar 90% do capital da Gripcom (ex Colaney Investments Limited), ficando com um total de 3,77% do capital da empresa de Granadeiro. Há quem diga que ele «não brinca em serviço» e se, neste momento, já se assume como um «partner» da PTM, tudo aponta que não vá ficar por aqui.

Também Pinto Balsemão, o homem forte da Impresa, apresenta-se como um dos potenciais investidores. Afinal, já tem uma relação de proximidade com a PTM nem que seja a pretexto da SIC Notícias, uma vez que 40% do canal televisivo é controlado pela PTM.

Por último, Miguel Pais do Amaral, enquanto empresário independente, é sempre um jogador a ter em conta. Mesmo depois de ter tido aprovada uma linha de crédito no BCP para comprar acções da PT, nunca chegou a utilizá-la.

De facto, a PT veio a revelar-se que não fazia parte das suas prioridades. Mas talvez a PTM possa fazer, uma vez que nunca recusou por completo a hipótese de ter uma posição naquela empresa.


http://www.agenciafinanceira.iol.pt/not ... iv_id=1728


O Berardo também quer esperar para ver ...por isso não vende

Berardo quer continuar accionista da PT e da PTM
15:01 O investidor Joe Berardo, accionista de referência da PT e da PT Multimédia, afirmou à Lusa que quer manter-se no capital das duas empresas, mas defendeu que é urgente que ambas definam as suas estratégias de desenvolvimento.



aqui fica uma sintese do que esta agora a começar ...


Caixa BI coloca acções da PTM 'sob revisão'
DiarioEconomico.com - 4 horas atrás
Para a Caixa BI será curioso ainda verificar se a Impresa também não pretenderá ter também uma participação na PTM criando-se desta forma uma frente ...

Cofina compra um milhão de acções da PT Multimédia
Jornal de Negócios - Portugal - 5 horas atrás
O analista João Fidalgo, do CaixaBI, considera que será "curioso verificar se a Impresa também não pretenderá ter uma participação na PTM criando-se desta ...

Cofina e Oliveira disputam TV Cabo
Agência Financeira - 7 horas atrás
Também Pinto Balsemão, o homem forte da Impresa, apresenta-se como um dos potenciais investidores. Afinal, já tem uma relação de proximidade com a PTM nem ...



:arrow: QUEM VAI "CONQUISTAR" A BANDEIRA da PTM ?

:wink:
Anexos
BandeiraPTM.jpg
BandeiraPTM.jpg (0 Bytes) Visualizado 37587 vezes
... if you feel like doubling up a profitable position, slam your finger in a drawer until the feeling goes away !
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3349
Registado: 21/10/2003 21:48

por INICIADO_2000 » 21/5/2007 20:44

Sem comentários... :wink:

cumps
user
Anexos
PTMOlala.png
PTMOlala.png (0 Bytes) Visualizado 37351 vezes
 
Mensagens: 476
Registado: 12/12/2004 18:57

Lisbon Brokers sobe preço-alvo da PTM para 14,80 euros

por FRAGON » 22/5/2007 16:32

"Mantém "strong buy" 2007-05-22 15:37
Lisbon Brokers sobe preço-alvo da PTM para 14,80 euros
Embora permaneçam algumas incertezas em torno da PT Multimédia após o "spin-off", como a continuidade de Zeinal Bava na liderança ou a própria estrutura accionista, a Lisbon Brokers elevou o preço-alvo na operadora para 14,80 euros por acção, contra os 13,70 euros anteriores, mantendo a recomendação "strong buy".

Pedro Latoeiro

"É difícil acreditar que qualquer empresa concorrente, excepto a própria Portugal Telecom, vai conseguir perturbar a hegemonia da PT Multimédia", refere um research.

O analista John dos Santos estima que as receitas da PTM aumentem a uma taxa média anual de 4% até 2010 e que o negócio de TV por subscrição cresça 3,4% por ano, considerando ainda que "as estimativas de um crescimento médio de 8,7% do EBITDA e de 14,5% do lucro por ano são muito conservadoras".

A Lisbon Brokers elevou assim em 7% o preço-alvo na PTM para 14,80 euros, o que representa um potencial de valorização de 22% face aos actuais níveis de mercado.

Na sessão desta terça-feira, as acções da PTM seguem a ganhar 0,99% para os 12,19 euros."................................................in DEonline, hoje
Quem não sabe o que quer, obtém o que não deseja, OU MELHOR, para barco sem rumo não há vento favorável.
 
Mensagens: 254
Registado: 7/4/2006 15:30
Localização: ODIVELAS

por INICIADO_2000 » 22/5/2007 19:24

Perspectiva Bull

1- Ruptura em alta do triangulo( ltd a vermelho);

2-Ruptura em alta do canal ascendente a branco;

3- Caso sucedam as permissas anteriores...parece-me ter caminho aberto dentro do canal de L.Prazo a vermelho.

Negativos se quebrar em baixa o canal de c.prazo, desenhado a branco.

Cumps
user
Anexos
ptm fura canal.png
ptm fura canal.png (0 Bytes) Visualizado 36949 vezes
PTMésmaefeiamaseslinda.png
PTMésmaefeiamaseslinda.png (0 Bytes) Visualizado 36733 vezes
 
Mensagens: 476
Registado: 12/12/2004 18:57

por Nyk » 29/5/2007 17:29

AR Telecom diz que a "PT Multimédia está muito cara"
A AR Telecom não descarta crescer por aquisições em Portugal, ainda que Miguel Martins, CEO da operadora, aponte que a PT Multimédia, "a este preço", está completamente descartada dos planos. TvTel e Pluricanal são alvos possíveis.

--------------------------------------------------------------------------------

Filipe Paiva Cardoso
filipecardoso@mediafin.pt


A AR Telecom não descarta crescer por aquisições em Portugal, ainda que Miguel Martins, CEO da operadora, aponte que a PT Multimédia, "a este preço", está completamente descartada dos planos. TvTel e Pluricanal são alvos possíveis.

"A PT Multimédia está a ser transaccionada a um valor de 18 vezes o EBITDA, quando lá fora as empresas do cabo valem 8 ou 10 vezes o EBITDA. Está muito cara" apontou o responsável da operadora de telecomunicações do grupo de João Pereira Coutinho.

Já sobre as operações da TvTel e da Pluricanal, Miguel Martins apontou que "podem ser interessantes", sendo tudo uma "questão de preço".

Apesar destas hipóteses, o Miguel Martins sublinhou que o mais importante, por agora, é a estratégia de crescimento orgânica delineada pela empresa para Portugal.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 5/6/2007 6:08

Proença substitui Granadeiro na PTM
Daniel Proença de Carvalho vai ser o próximo presidente do Conselho de Administração ("chairman") da PT Multimédia, substituindo Henrique Granadeiro, que abdicará do cargo, apurou o Jornal de Negócios. O advogado liderará assim o processo de cisão ("spin off") da PT Multimédia (PTM).

--------------------------------------------------------------------------------

Pedro S. Guerreiro
psg@mediafin.pt



Daniel Proença de Carvalho vai ser o próximo presidente do Conselho de Administração ("chairman") da PT Multimédia, substituindo Henrique Granadeiro, que abdicará do cargo, apurou o Jornal de Negócios. O advogado liderará assim o processo de cisão ("spin off") da PT Multimédia (PTM).

O Jornal de Negócios sabe que a renúncia de Henrique Granadeiro será comunicada hoje, último dia para comunicações relativas à Assembleia Geral da PTM, agendada para 20 de Junho. O gestor corta assim a relação com a PTM, isolando-se na sua posição de presidente do Grupo Portugal Telecom, que, recorde-se, prometeu destacar a PTM até Setembro.

A separação entre presidentes da PT e da PTM pretende viabilizar a cisão, servindo ao mesmo tempo de prova da vontade de fazê-la e evitando conflitos de interesses. Ora, a AG da PTM elegerá dois órgãos essenciais para o processo de cisão: o "chairman" (Proença é a proposta de consenso entre os accionista de referência e será ele a liderar o processo de "spin off") e a Comissão de Auditoria -- para presidi-la será proposto Vítor Gonçalves, professor da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Gustavo » 5/6/2007 11:17

Os 11,88 onde foi o minimo deste mes até hoje parecem um bom ponto para comprar. outras opiniões são bem vindas obg
 
Mensagens: 43
Registado: 19/9/2006 15:15

por Gustavo » 5/6/2007 11:20

desculpem o minimo não é dete mês é de Maio
 
Mensagens: 43
Registado: 19/9/2006 15:15

por AgeOfDawn » 5/6/2007 14:55

Acho que esta cotada está meia esquecida, a espera de (boas) notícias...
O que custa é o primeiro milhão....
 
Mensagens: 370
Registado: 24/10/2006 13:08
Localização: Porto

por Nyk » 20/6/2007 6:00

Futuro de Zeinal Bava ensombra AG da PTM
A PT Multimédia (PTM) dá hoje mais um passo a caminho da cisão, com a nomeação de Daniel Proença de Carvalho como 'chairman' da empresa, em substituição de Henrique Granadeiro.

--------------------------------------------------------------------------------

Celso Filipe
cfilipe@mediafin.pt


Maria João Gago
mjgago@mediafin.pt



A PT Multimédia (PTM) dá hoje mais um passo a caminho da cisão, com a nomeação de Daniel Proença de Carvalho como 'chairman' da empresa, em substituição de Henrique Granadeiro.

Mas a questão de fundo, que tem a ver com a futura liderança da empresa, deverá continuar sem resposta. Zeinal Bava é o grande xis desta equação.

Fontes próximas dos accionistas admitem que o presidente executivo (CEO) da PTM continuará na administração da Portugal Telecom (PT), o que o obrigará a sair da Multimédia após a separação das duas empresas.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por maquiavel » 20/6/2007 10:36

AgeOfDawn Escreveu:Acho que esta cotada está meia esquecida, a espera de (boas) notícias...


Espero bem que sim e que a AG possa trazer algum frenezim a esta menina a ver se ela anima de novo

abrç
 
Mensagens: 110
Registado: 28/4/2007 14:57
Localização: Caldas Rainha

por Nyk » 20/6/2007 16:56

Accionistas da PT Multimédia aprovam todos os pontos
Os accionistas da PT Multimédia estiveram hoje reunidos em assembleia geral (AG) e aprovaram os sete pontos de discussão.

--------------------------------------------------------------------------------

Ana Torres Pereira
atp@mediafin.pt


Os accionistas da PT Multimédia estiveram hoje reunidos em assembleia geral (AG) e aprovaram os sete pontos de discussão.

A AG da PT Multimédia já terminou e os accionistas presentes aprovaram todos os pontos inscritos na ordem de trabalhos.

Ao todo foram discutido sete pontos, entre os quais a aprovação de alterações de estatutos que adaptam o modelo de governação da empresa às novas regras definida no Código das Sociedades Comerciais e o aumento do limite mínimo de direitos de voto de 5% para 10%.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

foi tudo aprovado (nada que não fosse esperado)

por JUKIMSUNG » 20/6/2007 17:10

Pontos da AG
- Aprovar alterações de estatutos que adaptam o modelo de governação da empresa às novas regras definida no Código das Sociedades Comerciais;

- Votar o aumento do limite mínimo de direitos de voto de 5% para 10% e a alteração de estatutos que impede uma empresa concorrente de ter mais de 10% do capital da PT Multimédia. Este impedimento só pode ser levantado por deliberação da assembleia geral;

- Nomear Daniel Proença de Carvalho como presidente não executivo, em substituição de Henrique Granadeiro;

- Eleger três novos administradores não executivos, que passarão a integrar a comissão de auditoria, órgão que passará a ser constituído por uma maioria de membros independentes, como impõe o Código das Sociedades Comerciais;

- Nomear Júlio Castro Caldas para presidente da mesa da assembleia geral, o que permitirá respeitar a regra de que o titular deste cargo deve ser independente da gestão;

- Designar o revisor oficial de contas efectivo e suplente para o triénio 2007/2009;

- Eleger novos membros para a comissão de vencimentos, por forma a respeitar a recomendação de que estes elementos sejam independentes do órgão de administração.


De tudo isto o melhor é sem dúvida:

alteração de estatutos que impede uma empresa concorrente de ter mais de 10%... Isto é um convite a nova OPA, acho muito bem que assim seja, pois a sonae.com fica com caminho livre daqui a algum tempo.

Estou curioso em relação à PTM amanhã...
 
Mensagens: 971
Registado: 7/3/2007 19:42
Localização: évora

por Nyk » 20/6/2007 17:28

Proença de Carvalho diz que o objectivo é manter a PTM autónoma


20/06/2007


A Assembleia Geral da PTM aprovou a nomeação de Daniel Proença de Carvalho, como "chairman" da empresa. À saída, o responsável sublinhou que "o objectivo é manter a PTM autónoma (da PT)", acrescentando que estas "serão as principais concorrentes com beneficio para os consumidores".

Daniel Proença de Carvalho não quis comentar se Zeinal Bava iria permanecer como presidente executivo da PTM, remetendo essa decisão para os accionistas. No entanto, o responsável sublinhou que "não haverá administradores comuns entre a PT e a PTM".

Após a separação da PTM da PT será convocada uma Assembleia Geral para nomear a nova administração.

O "spin off" da PTM está previsto para Setembro, marcado pela saída da PT como accionista da empresa. Proença de Carvalho assegurou que, apesar de os maiores accionistas da PT e PTM serem comuns, "vamos garantir a independência" e que "não aceitaria o cargo se não fosse para agir com autonomia".

Henrique Granadeiro, presidente da PT, à saída da AG, referiu que "a simultaneidade da estrutura accionista é uma falsa questão, isso acontece com várias empresas".

Com a saída da PT da estrutura accionista da PTM, a Caixa Geral de Depósitos e o BES passarão a ser os maiores accionistas da empresa.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por algarvio_ » 21/6/2007 21:57

Fui buscar á PTM lá a baixo (hoje ninguem falou sobre ela, apesar da espectativa que alguns caldeireiros - eu incluído, depositava no dia pós AG)

O dia não foi bom, mas tb não foi mau. Aguentou-se com uma valorização mt tímida, sem grande volumes - está a marinar.

Está neste momento sobre a LTa que vem desde o início do ano, o MACD está com vontade, e perto, de ficar positivo, o Momentum está a aumentar e o RSI e o Estocástico estão suficientemente folgados para permitir uma puxada um dia destes.

Gostaria de ter mais opiniões...
Anexos
ptm.PNG
ptm.PNG (0 Bytes) Visualizado 35926 vezes
 
Mensagens: 169
Registado: 19/6/2006 22:57
Localização: Faro

Próximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: andre.vez, Bing [Bot], Google [Bot], jbernar63, LISBOA_CASINO, LoneWolf, pattern e 23 visitantes