BES - Tópico Geral

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

BES - Tópico Geral

por Nyk » 17/1/2007 20:54

Que me dizem a uma entrada no BES ao valor actual? Estava a pensar em entrar amanha na abertura do mercado.
Editado pela última vez por Nyk em 31/10/2008 20:14, num total de 1 vez.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Aurora » 17/1/2007 20:58

Eu entrei a semana passada a 14.30€ ao valor actual espero que suba.
Uma questão de bom senso,rigor e disciplina.
 
Mensagens: 31
Registado: 3/1/2007 23:29
Localização: 16

por Nyk » 18/1/2007 8:37

ING coloca BES na lista de bancos preferidos na Europa
A banca portuguesa registou o melhor comportamento bolsista na Europa em 2006, mas o ING continua optimista para o desempenho dos bancos portugueses ao longo deste ano, tendo aumentado a recomendação de "neutral" para "overweight". O BES é mesmo um dos seus bancos preferidos na Europa para 2007.

--------------------------------------------------------------------------------

Nuno Carregueiro
nc@mediafin.pt



A banca portuguesa registou o melhor comportamento bolsista na Europa em 2006, mas o ING continua optimista para o desempenho dos bancos portugueses ao longo deste ano, tendo aumentado a recomendação de "neutral" para "overweight". O BES é mesmo um dos seus bancos preferidos na Europa para 2007.

Os bancos nacionais subiram em média 32% no ano passado, o que representou a melhor "performance" da banca europeia (apreciou 18,5%). O ING explica este desempenho "impressionante" com "os excelentes fundamentais e boas condições para operações de consolidação". Para a banca europeia, o ING continua a recomendar "neutral", tendo seleccionado quatro mercados preferidos.

Um deles é Portugal, com o ING a recomendar aos seus clientes uma sobre-exposição, devido ao "potencial de criação de valor da fusão BCP/BPI e a possível melhoria nas provisões do BES". "No nosso ponto de vista, os mercados grego, espanhol e português podem [em 2007] registar uma expansão nos seus múltiplos, em consequência de taxas de crescimento acima da média, por isso recomendamos ‘overweight’".

Evolução das acções do BES no último ano

BES entre os melhores
O ING seleccionou também os bancos que acredita que vão ter a melhor "performance" em 2007. Ao todo são nove e entre eles está o banco liderado por Ricardo Salgado.

"Acreditamos que o BES é a melhor opção para estar presente na recuperação da economia portuguesa, pois a sua exposição ao segmento empresarial deve dar frutos, com mais receitas e menos provisões", refere o ING, que subiu o preço-alvo do BES de 14,40 para 16 euros, mantendo a recomendação de "comprar".

O outro catalizador para as acções do BES está, segundo o ING, nos ganhos potenciais com a possível fusão do BCP com o BPI. O banco de investimento estima que, no espaço de 12 meses, o BES pode ganhar dois pontos percentuais de quota de mercado no segmento empresarial. Acrescenta que o fluxo de notícias no futuro deverá impulsionar o banco, como a apresentação dos resultados (1 de Fevereiro), a divulgação de dados económicos e a decisão da AdC sobre a OPA ao BPI.

Este optimismo dos analistas para as acções do BES surgiu sobretudo depois da OPA e do aumento de capital efectuado em 2006. Só este ano, foram cinco os bancos a emitirem "research" para o banco de Ricardo Salgado, apontando para uma avaliação média 15,43 euros por acção, o que se traduz numa capitalização bolsista próxima de 8 mil milhões de euros.

Evolução das acções do BCP no último ano

OPA ao BCP?
Apesar do BES ser o banco preferido do ING, o BCP e o BPI recebem também recomendações positivas, de "comprar" e "manter", respectivamente. Para o banco liderado por Paulo Teixeira Pinto, o preço-alvo é de 2,85 euros, mas o ING coloca o BCP na lista de bancos europeus que poderão ser alvo de uma OPA em 2007, um cenário que eleva substancialmente o valor do maior banco privado português. "Reconhecemos que o mercado pode considerar o banco português como um alvo de OPA, se a fusão com o BPI falhar, o que colocaria a gestão numa posição frágil, depois do fracasso na aquisição do romeno BCR", diz o ING, que ainda assim atribui uma "probabilidade baixa" a esta possibilidade. Tendo em conta a média dos avaliações de outros bancos adquiridos, o ING calcula que uma OPA ao BCP teria que ser feita a 3,70 euros.

No estudo efectuado no início do ano passado, o ING colocou o BPI na lista de bancos "opáveis"...
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por ljbk » 18/1/2007 10:30

Relativamente ao BES ha que não esquecer que a sua cotação está indirectamente ligada a OPA da Sonae sobre a PT devido à participação do BES na PT.
Em caso de sucesso da OPA, a mais valia do BES ou não, dependendo se vende ou não e do preço, terá impacto na cotação.
Caso a OPA não seja bem sucedida, parte da suposta mais valia que já pode estar considerada na cotação actual desaparece.
Assim considero que é necessário algum cuidado com uma entrada no BES apesar das recomendações, pelo menos até 9 de Março.
 
Mensagens: 1000
Registado: 25/11/2005 11:15

por LordHenry » 18/1/2007 10:41

quanto mais ela subir, mais cuidado há que ter!
e o efeito da OPA do BCP ao BPI? não conta?
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 342
Registado: 28/4/2006 17:30

por ljbk » 18/1/2007 10:56

LordHenry Escreveu:quanto mais ela subir, mais cuidado há que ter!
e o efeito da OPA do BCP ao BPI? não conta?


Confesso que não entendi.
Em termos de AT, parece-me claro que é uma boa aposta.
O efeito da OPA do BCP sobre o BPI é que não entendo.
O BES é controlado pela familia Espirito Santo e já existe uma parceria com o Credit Agricole.
Acha que a familia Espirito Santo vai vender a alguem ?
Acha que o Credit Agricole pode querer vender ou lançar uma OPA ?
Havendo sucesso dessa mesma OPA sobre o BPI, o BES fica até eventualmente pior no meio de dois grandes bancos portugueses e de um gigante europeu: o Santander.
 
Mensagens: 1000
Registado: 25/11/2005 11:15

por LordHenry » 18/1/2007 11:10

esta notícia é de 27 de julho, de qualque forma mantem-se actual...



Segundo a Morgan Stanley
Aquisição do BPI pelo BCP deverá aumentar quota de mercado do BES
A Morgan Stanley aumentou o preço-alvo do BES para os 13 euros, reiterando a recomendação de «equal-weight», em virtude do «forte segundo trimestre» do banco, e afirma que o próximo catalizador para o papel será a potencial aquisição do BPI pelo BCP, que deverá implicar ganhos de quota de mercado para o BES.

--------------------------------------------------------------------------------

Paulo Moutinho
paulomoutinho@mediafin.pt


A Morgan Stanley aumentou o preço-alvo do BES para os 13 euros, reiterando a recomendação de «equal-weight», em virtude do «forte segundo trimestre» do banco, e afirma que o próximo catalizador para o papel será a potencial aquisição do BPI pelo BCP, que deverá implicar ganhos de quota de mercado para o BES.

Em nota de «research», a casa de investimento afirma que «desde o aumento de capital em Maio, o BES tem superando a performance do sector da banca europeia em cerca de 10%».

Os analistas da Morgan Stanley referem que depois de um «forte segundo trimestre estamos a rever em alta as nossas previsões em alta de 3,5% para os lucros por acção do BES em 2006 e em 2007».

A casa de investimento reiterou a recomendação de «equal-weight» para os títulos do BES, aumentando o preço-alvo de 12,50 euros para os 13 euros, o que implica um potencial de valorização de 14%, para os próximos doze meses.

Apesar deste potencial de valorização, a Morgan Stanley justifica a manutenção da recomendação de «equal-weight», dado que «a nossa recomendação de ‘overweight’ para a banca europeia tem um potencial de valorização de 25% face aos preços-alvo».

O próximo catalizador para os títulos do BES é, segundo a Morgan Stanley, a aquisição potencial do BPI pelo BCP, o que «deverá implicar ganhos de quota de mercado para o BES», no entanto, salienta o facto de ser «difícil que isso aconteça antes de Novembro».

O BES pretende aumentar a sua quota de mercado em 200 pontos base (2 pontos percentuais) até ao final de 2009. Caso consiga conquistar entre 250 a 500 pontos base de quota de mercado, a casa de investimento afirma que vê valor até aos «14 euros para as acções do banco».

O banco de investimento afirma que o BES é o seu «preferido no sector nacional», uma vez que demonstra uma «maior consistência de resultados em virtude de um forte crescimento de créditos às pequenas e médias empresas e à sua forte posição de capital», acrescentando que no segundo trimestre, o BES conseguiu «margens acima do esperado em Portugal e um forte aumento das comissões a nível internacional».

As acções do BES [Cot] seguiam valorizar 0,88% para 11,45 euros.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 342
Registado: 28/4/2006 17:30

por castelbranco » 18/1/2007 11:17

aqui vai o grafico do bes

o que eu nunca me esqueço e nem me quero esquecer, é que tudo o que sobe desce (corrige) e tudo ou quase tudo o que desce sobe

neste caso o grafico deixa perceber que o titulo já andou cerca de 40% desde o deu fundo de junho

tambem deixa perceber que está numa subida bem picada

quanto a mim as entradas longas são sempre mais comfortaveis quando existem rompimentos em alta depois de lateralizações mais ou menos consistentes

neste caso eu diria que este trend poderá estar prestes a esgotar a sua força, no entanto´esta é apenas uma opinião e val o que val
Anexos
BES.png
BES.png (22.55 KiB) Visualizado 150651 vezes
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1168
Registado: 10/11/2002 12:19
Localização: Sobreira Formosa/Castelo Branco

por LordHenry » 18/1/2007 11:52

pois eu acho que este trend vai levar o BES aos 25 euros, mas isto é a minha opinião, vale o que vale.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 342
Registado: 28/4/2006 17:30

por petar » 23/1/2007 14:50

BES deverá apresentar resultados recorde em 2006
O Banco Espírito Santo (BES) deverá ter alcançado resultados recorde em 2006, vai expandir a operação de retalho em Angola e está a estudar entrar no Congo-Brazzaville e na Namíbia, referiu Ricardo Espírito Santo Salgado, Chief Executive Officer (CEO).

Rita Paz com Reuters

Numa entrevista à revista Exame, que estará nas bancas na próxima quinta-feira, refere que julga que os resultados "serão bastante apreciados pelo mercado, embora este já os tenha antecipado", adiantando: "isso é um dos elementos que tem contribuído para a valorização das acções".

As acções do BES estão a deslizar 0,21% para os 14,42 euros, mas já se valorizaram seis por cento em 2007 depois de subirem 30,5% em 2006.

O BES deverá anunciar os seus resultados de 2006 a 1 de Fevereiro próximo, tendo o seu lucro subido 46,5% para 304,7 milhões de euros (M€) no terceiro trimestre do ano passado.

"Não posso falar sobre o último trimestre, primeiro tenho de comunicar ao mercado. O que posso dizer é que, em condições normais de evolução dos três trimestres anteriores, o BES deverá apresentar, em 2006, resultados recorde", afirma o CEO do BES.

Ricardo Salgado adiantou que a parceria com o francês Crédit Agricole é de longa data e de confiança, sendo que este nunca fez pressão para assumir o controlo do segundo grupo bancário privado de Portugal.

"(...) no nosso caso nunca manifestaram qualquer intenção de ficar com o controlo do banco (BES)", vincou.

O mesmo responsável lembra que, em Angola, o banco já tem 17 balcões e o "objectivo é chegar aos 50 rapidamente", estando, além disso, o grupo está a pensar expandir-se geograficamente.

"Estamos a estudar entrar no Congo-Brazaville e na Namíbia", afirmou Ricardo Espírito Santo Salgado.

O CEO do BES adianta que a Tranquilidade - seguradora do Grupo Espírito Santo - "tenciona adquirir ou fusionar-se com outras companhias, podendo estudar parcerias, mas nunca vendendo".

"A ideia é fazer a Tranquilidade crescer. Gostaríamos de aumentar a quota de mercado", afirmou.

Ricardo Salgado explicou que "a concentração que se deu no sector bancário não aconteceu no sector segurador", onde "ainda há uma pulverização

in DE
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 456
Registado: 5/11/2002 17:43
Localização: 1

por Nyk » 30/1/2007 19:32

O BES teve um bom fecho, deixando adivinhar que vai ter um bom dia amanha...
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 31/1/2007 10:17

BES, a caminho dos 15€ :) :) :)
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Zorro » 31/1/2007 10:44

Com os excelentes resultados que se perspectivam e sendo o BES o banco de eleição para este ano penso que mais dia menos dia o ataque aos 15 será uma realidade.Existirá alguma resistência por esse valor?Z
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 351
Registado: 31/3/2006 10:10
Localização: Porto

Portucel para BES

por joao bravo » 31/1/2007 11:29

Saída da Portucel e entrei no BES hoje pois acredito nos excelentes resultados que o banco deverá apresentar ;) veremos a evolução ;)
Abraços a todos
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 357
Registado: 20/1/2007 2:00
Localização: Lisboa

por castelbranco » 31/1/2007 12:23

a perda de momentum acentua-se! :mrgreen:
Anexos
BES.png
BES.png (17.02 KiB) Visualizado 149268 vezes
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1168
Registado: 10/11/2002 12:19
Localização: Sobreira Formosa/Castelo Branco

por LordHenry » 31/1/2007 12:54

confirma-se a perda de "momentum"...
Anexos
BES.png
BES.png (71.68 KiB) Visualizado 149175 vezes
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 342
Registado: 28/4/2006 17:30

por LordHenry » 31/1/2007 13:28

confirmadíssimo está-se a perder o "momentun de entrada".. :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 342
Registado: 28/4/2006 17:30

por Barra » 31/1/2007 13:32

exactamente, este momentum é o ideal...


ele á cada uma, agora é o momentum..., enfim cada analista analisa a seu "bel prazer"
 
Mensagens: 725
Registado: 19/10/2004 19:26

Momentum??

por Zorro » 31/1/2007 13:37

:lol: Quando estiver nos 15 euros e continuar a subida vai-se dizer que se está a perder o momentum do momentu...querem que ela caia e dizem cada coisa...já dizem isto desde os 11 euros...Z
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 351
Registado: 31/3/2006 10:10
Localização: Porto

por Nyk » 31/1/2007 19:34

Mais um bom fecho do BES, com a saida dos resultados que se prevê serem fabulosos, o titulo tem tudo para finalmente cotar nos 15€. :) :) :)
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 12031
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por jeso » 31/1/2007 19:44

Não há qualquer dúvida de que quem está fora tem perdido bons "momentuns". :cry:
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1154
Registado: 24/6/2006 12:52
Localização: Via Lactea

por Zorro » 1/2/2007 8:55

Lucros do BES sobem 50% e atingem recorde de 420,7 milhões


01/02/2007


O Banco Espírito Santo (BES) aumentou os lucros de 2006 em 50% para um valor recorde de 420,7 milhões de euros, ligeiramente acima das previsões dos analistas, num ano em que a instituição liderada por Ricardo Salgado captou 150 mil novos clientes particulares.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] diz que os lucros em 2006 atingiram os 420,7 milhões de euros.

Uma "poll" de analistas contactados pela agência Reuters previa lucros de 416 milhões de euros.

No período, a actividade comercial "experimentou um forte dinamismo" com os recursos totais de clientes a crescerem 13,9%, enquanto que o crédito a clientes, incluindo o crédito securitizado, aumentou 14,4%.

O grupo captou, em 2006, 150 mil novos clientes particulares e 700 novas empresas.

O produto bancário cresceu 10,9%, atingindo os 1.705 milhões de euros, com o BES a sublinhar "o contributo da área internacional com um crescimento de 28%. A contribuição do resultado financeiro e do comissionamento foi decisiva", tendo aumentado 12% e 10%, respectivamente".

Os custos operativos, registaram um crescimento "moderado". O rácio "cost to income" baixou de 56% em 2005 para os 52,3% em 2006.

No período em análise, o BES diz que os rácios de solvabilidade foram "significativamente reforçados", em resultado do aumento de capital, com o rácio "core tier I" a evoluir para os 7%.

Z
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 351
Registado: 31/3/2006 10:10
Localização: Porto

por Zorro » 1/2/2007 8:57

BES com mais-valia de 66,3 milhões de euros na Portugal Telecom


01/02/2007


A carteira de acções do Banco Espírito Santo (BES) está a registar uma mais-valia potencial de 656,3 milhões de euros, sendo que a maior fatia provém da posição detida no Bradesco. Na Portugal Telecom (PT), o ganho potencial mais do que duplicou no ano da OPA da Sonaecom.

No comunicado para a apresentação dos resultados, o Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] diz que a carteira de "activos disponíveis para venda" continua a evidenciar "ganhos potenciais expressivos".

No final de 2006,os ganhos potenciais totais eram de 656,3 milhões de euros, acima dos 472,1 milhões de euros registados em idêntico período do ano anterior.

A mais-valia no Banco Bradesco continuou a ser a mais relevante, passando dos 397,7 para os 496,1 milhões de euros.

Na Portugal Telecom (PT) [PTC], a valorização que se seguiu à oferta pública de aquisição (OPA) da Sonaecom permitiu que os ganhos mais do que duplicassem, passando dos 29,1 para os 66,3 milhões de euros.

O BES destaca ainda os ganhos no Banco Marocaine (2,8 milhões), no Bradespar (8,3 milhões), na Energias de Portugal (68 milhões de euros) e outras não identificadas que totalizam os 14,8 milhões de euros.

Z
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 351
Registado: 31/3/2006 10:10
Localização: Porto

BES Up Up

por joao bravo » 1/2/2007 10:30

Se os resultados forem tão bons quanto aparentam ser ui ui ;) o BES vai subir bem bem. Será que ainda hoje toca nos 15€ ?! ;)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 357
Registado: 20/1/2007 2:00
Localização: Lisboa

por Zorro » 1/2/2007 11:15

BES confiante em manter forte performance de 2006


01/02/2007


Ricardo Salgado acredita que o Banco Espírito Santo vai conseguir manter a forte performance obtida em 2006 graças ao foratalecimento da actividade doméstica e ao reforço da posição internacional, depois de ter registado lucros anuais recorde no ano passado.

O presidente executivo do BES, em entrevista publicada no "site" do banco, afirma que "estamos muito fortes no mercado doméstico", acrescentando que "estamos a aumentar a nossa rede e o número de balcões".

Além do mercado nacional, a "nível internacional estamos a reforçar a nossa posição". "Eu acredito que o negócio internacional irá continuar a prosperar, tendo em conta as previsões do FMI para a economia mundial", sendo que o BES deverá beneficiar do facto de estar "bem localizado, em países que estão em rápido crescimento".

Ricardo Salgado refere que os "drivers" para a manutenção desta performance do BES [besnn] são, "no lado doméstico", o facto de "estarmos próximo das empresas, muito próximo desta nova tendência exportadora de Portugal e das empresas portuguesas".

Além disso, "estamos bem posicionados no reforço das relações e nos negócios entre Portugal e Espanha", acrescenta o CEO, destacando que o seu banco de investimento "foi número um nas fusões e aquisições na Península Ibérica, em 2006".

Z
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 351
Registado: 31/3/2006 10:10
Localização: Porto

Próximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Google Adsense [Bot], NG777, RuiGerente e 15 visitantes