Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Finanças & Fundos de Investimento

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por tonirai » 6/5/2020 19:20

Jonhy_Rico Escreveu:É interessante que na Austrália, onde vivo, não tenho de me preocupar se os ETFs são de distribuição ou não. Pelo menos com os da Vanguard, a decisão sobre se vão distribuir ou reinvestir automaticamente é minha.

Explica isso melhor por favor - os ETFs têm um código que os identifica e mediante o qual posso pesquisar a sua cotação a qualquer momento;

Pelo que entendo do que dizes, isso não seria possível - se eu e tu tivéssemos o mesmo ETF e um de nós optasse pela distribuição e o outro pela acumulação, a cotação do mesmo ETF teria de divergir para cada um de nós... aquele que reinvestisse aumentaria de valor, e outro manteria.
Isso torna impossível terem o mesmo "nome" (código), specs e valor.

A única maneira que vejo isso ser possível é, na base, o ETF ser de distribuição, mas nos casos em que o investidor opte por reinvestir o dividendo, eles converterem-no em unidades do Fundo, atribuindo-te mais unidades de participação em proporção ao dividendo.

E, nesse caso, é na sua base um ETF de distribuição, e a lei local é que permitirá que se reinvista os lucros distribuídos sem cobrança de impostos (e a corretora fá-lo por ti, em vez de teres tu o trabalho).

Um pouco como quem aqui vende casa pr´ópria e, se reinvestir o lucro na compra de outra, não é taxado (ou é taxado a taxa reduzida, não sei bem).

Um verdadeiro ETF de acumulação ganha valor por unidade com o dividendo, sem "comprares" mais unidades... tens 100 ETFs ao valor de 50€ e ele tem 5€ de dividendo - no dia seguinte continuas com 100 ETFs mas ao valor de 55€.
O mesmo ETF em versão distribuição receberá 500€, e continuará com 100 ETFs ao valor de 50€;
O que suspeito que acontece no teu caso é passares a ter 110 ETFs ao valor de 50€.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1985
Registado: 19/4/2007 18:26
Localização: Cronologicamente... Paris/Resende/Gaia

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por Jonhy_Rico » 7/5/2020 8:59

tonirai Escreveu:A única maneira que vejo isso ser possível é, na base, o ETF ser de distribuição, mas nos casos em que o investidor opte por reinvestir o dividendo, eles converterem-no em unidades do Fundo, atribuindo-te mais unidades de participação em proporção ao dividendo.

E, nesse caso, é na sua base um ETF de distribuição, e a lei local é que permitirá que se reinvista os lucros distribuídos sem cobrança de impostos (e a corretora fá-lo por ti, em vez de teres tu o trabalho).

Um verdadeiro ETF de acumulação ganha valor por unidade com o dividendo, sem "comprares" mais unidades... tens 100 ETFs ao valor de 50€ e ele tem 5€ de dividendo - no dia seguinte continuas com 100 ETFs mas ao valor de 55€.
O mesmo ETF em versão distribuição receberá 500€, e continuará com 100 ETFs ao valor de 50€;
O que suspeito que acontece no teu caso é passares a ter 110 ETFs ao valor de 50€.


É isso mesmo. Eles são de distribuição e nós temos de optar pela opção "dividend reinvestment plan".

"How DRPs operate

An example: Say you own 10,000 shares in a company and have elected for 100 per cent participation in its DRP. The company is due to pay a dividend of 17 cents per share. The shares have a market value of $8.50 each and are offered at a 2 per cent discount through the DRP (i.e. $8.33). Instead of receiving $1700 in cash, you receive 204 shares, which increases your total holding to 10,204 shares.

The cash you have forgone has not equated exactly to the value of the shares you have received so to compensate, a fractional dollar amount is carried forward to the next dividend payment."

Se quiseres ver um exemplo do principal ETF que utilizo pesquisa VDGR.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 96
Registado: 18/7/2014 8:38

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por MarketGodzilla » 7/5/2020 14:51

Nos estados unidos é igual, DRIP, escolhem e os dividendos são logo reinvestidos. Por isso é que lá eles não tem acc. nem dist., são todos de distribuição e depois eles é que escolhem. Países evoluídos no que toca a investimentos, aqui na europa andamos a dormir há muito e a prejudicar fortemente os investidores.
 
Mensagens: 713
Registado: 11/1/2012 17:40

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por LTCM » 10/5/2020 12:14

The Navigator Escreveu:
LTCM Escreveu:
Esse que referes (IE0032620787) não é uma verdadeira alternativa, se não estou errado, já que se destina a investidores institucionais.

Para o retalho existem outras opções, passivas, suficientemente boas.

Tens razão, não sei se é apenas para institucionais, mas pelo valor inicial de 100K é possivel.

Que outras opções referes, se é que podes indicar?


IE0004234583

LU0474966248

IE00BYX5MX67

E devem existir mais uns quantos
Remember the Golden Rule: Those who have the gold make the rules.
***
"A soberania e o respeito de Portugal impõem que neste lugar se erga um Forte, e isso é obra e serviço dos homens de El-Rei nosso senhor e, como tal, por mais duro, por mais difícil e por mais trabalhoso que isso dê, (...) é serviço de Portugal. E tem que se cumprir."
 
Mensagens: 3009
Registado: 28/2/2007 14:18

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por Sergon15 » 11/5/2020 18:43

IE0004234583
LU0474966248
IE00BYX5MX67
E devem existir mais uns quantos

LTCM,
Aconselhas comprar ETF's com uma comissão de subscrição de 5%?
Não vi rendibilidades tão boas assim para diluir tamanha comissão inicial!
Que dizes? Gostava de saber a tua opinião.
Sergon
 
Mensagens: 42
Registado: 3/10/2009 21:39
Localização: 19

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por LTCM » 12/5/2020 8:49

Sergon15 Escreveu:
IE0004234583
LU0474966248
IE00BYX5MX67
E devem existir mais uns quantos

LTCM,
Aconselhas comprar ETF's com uma comissão de subscrição de 5%?
Não vi rendibilidades tão boas assim para diluir tamanha comissão inicial!
Que dizes? Gostava de saber a tua opinião.
Sergon


Esses não são EFT, são FIGP.
Essa comissão não existe na realidade e confunde as pessoas menos informadas.

Não te preocupes com isso. Pesquisa mas é no banco / corretora que usas se os comercializa. Telefona, ou manda mail para lá com as tuas dúvidas que eles respondem.
Remember the Golden Rule: Those who have the gold make the rules.
***
"A soberania e o respeito de Portugal impõem que neste lugar se erga um Forte, e isso é obra e serviço dos homens de El-Rei nosso senhor e, como tal, por mais duro, por mais difícil e por mais trabalhoso que isso dê, (...) é serviço de Portugal. E tem que se cumprir."
 
Mensagens: 3009
Registado: 28/2/2007 14:18

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por VirtuaGod » 13/5/2020 1:03

The Navigator Escreveu:Estava a ler as questões relativas a ETF’s que replicam o SP500 e gostava da tua opinião VG ou de quem tenha uma sugestão em relação a qual o melhor instrumento para investir no SP500 a longo prazo.


ETF? Assim de repente pesquisando no Invest:

SC0H
XD9U
PSPX

Estou certo que no Best encontras outros 3 sem grandes dificuldades

A questão aqui é perceber que S&P 500, MSCI USA e russell 1000 são praticamente a mesma coisa do ponto de vista quantitativo. (Atenção:O russell 1000, não o russell 2000).

Compra ETFs físicos e não sintéticos. O Source da invesco tem uma pequena parte (até 5%) sintético para fazer face a custos. Fica a teu critério se vale a pena (pessoalmente até acho piada a isso)

Estou certo que em correctoras ainda encontravas algo como o CSPX
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
 
Mensagens: 5699
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por The Navigator » 18/5/2020 1:19

VirtuaGod Escreveu:
The Navigator Escreveu:Estava a ler as questões relativas a ETF’s que replicam o SP500 e gostava da tua opinião VG ou de quem tenha uma sugestão em relação a qual o melhor instrumento para investir no SP500 a longo prazo.


ETF? Assim de repente pesquisando no Invest:

SC0H
XD9U
PSPX

Estou certo que no Best encontras outros 3 sem grandes dificuldades

A questão aqui é perceber que S&P 500, MSCI USA e russell 1000 são praticamente a mesma coisa do ponto de vista quantitativo. (Atenção:O russell 1000, não o russell 2000).

Compra ETFs físicos e não sintéticos. O Source da invesco tem uma pequena parte (até 5%) sintético para fazer face a custos. Fica a teu critério se vale a pena (pessoalmente até acho piada a isso)

Estou certo que em correctoras ainda encontravas algo como o CSPX.


Obrigado.

ETF ou Fundo. O importante é ter custos anuais reduzidos. Alguns fundos tem fees elevados que condicionam a rentabilidade.

Vou ver os que indicas.

Tenho o CSPX disponível na corretora.

Também procuro um que replique o STOXX50.

Já agora, qual a tua opinião sobre este alerta do Michael Burry no ano passado acerca da distorção provocada pela "moda" da procura de Fundos de Índice passivos nos próprios Índices?

Colo o artigo, para quem não tenha acesso.

The Big Short’s Michael Burry Explains Why Index Funds Are Like Subprime CDOs
By
Reed Stevenson
4 de setembro de 2019, 11:41 WEST

For an investor whose story was featured in a best-selling book and an Oscar-winning movie, Michael Burry has kept a surprisingly low profile in recent years.

But it turns out the hero of “The Big Short” has plenty to say about everything from central banks fueling distortions in credit markets to opportunities in small-cap value stocks and the “bubble” in passive investing.

One of his most provocative views from a lengthy email interview with Bloomberg News on Tuesday: The recent flood of money into index funds has parallels with the pre-2008 bubble in collateralized debt obligations, the complex securities that almost destroyed the global financial system.

Burry, who made a fortune betting against CDOs before the crisis, said index fund inflows are now distorting prices for stocks and bonds in much the same way that CDO purchases did for subprime mortgages more than a decade ago. The flows will reverse at some point, he said, and “it will be ugly” when they do.

“Like most bubbles, the longer it goes on, the worse the crash will be,” said Burry, who oversees about $340 million at Scion Asset Management in Cupertino, California. One reason he likes small-cap value stocks: they tend to be under-represented in passive funds.

Here’s what else Burry had to say about indexing, liquidity, Japan and more. Comments have been lightly edited and condensed.


Index Funds and Price Discovery

“Central banks and Basel III have more or less removed price discovery from the credit markets, meaning risk does not have an accurate pricing mechanism in interest rates anymore. And now passive investing has removed price discovery from the equity markets. The simple theses and the models that get people into sectors, factors, indexes, or ETFs and mutual funds mimicking those strategies -- these do not require the security-level analysis that is required for true price discovery.

“This is very much like the bubble in synthetic asset-backed CDOs before the Great Financial Crisis in that price-setting in that market was not done by fundamental security-level analysis, but by massive capital flows based on Nobel-approved models of risk that proved to be untrue.”


Liquidity Risk

“The dirty secret of passive index funds -- whether open-end, closed-end, or ETF -- is the distribution of daily dollar value traded among the securities within the indexes they mimic.

“In the Russell 2000 Index, for instance, the vast majority of stocks are lower volume, lower value-traded stocks. Today I counted 1,049 stocks that traded less than $5 million in value during the day. That is over half, and almost half of those -- 456 stocks -- traded less than $1 million during the day. Yet through indexation and passive investing, hundreds of billions are linked to stocks like this. The S&P 500 is no different -- the index contains the world’s largest stocks, but still, 266 stocks -- over half -- traded under $150 million today. That sounds like a lot, but trillions of dollars in assets globally are indexed to these stocks. The theater keeps getting more crowded, but the exit door is the same as it always was. All this gets worse as you get into even less liquid equity and bond markets globally.”


It Won’t End Well

“This structured asset play is the same story again and again -- so easy to sell, such a self-fulfilling prophecy as the technical machinery kicks in. All those money managers market lower fees for indexed, passive products, but they are not fools -- they make up for it in scale.”

“Potentially making it worse will be the impossibility of unwinding the derivatives and naked buy/sell strategies used to help so many of these funds pseudo-match flows and prices each and every day. This fundamental concept is the same one that resulted in the market meltdowns in 2008. However, I just don’t know what the timeline will be. Like most bubbles, the longer it goes on, the worse the crash will be.”


Bank of Japan Cushion

“Ironically, the Japanese central bank owning so much of the largest ETFs in Japan means that during a global panic that revokes existing dogma, the largest stocks in those indexes might be relatively protected versus the U.S., Europe and other parts of Asia that do not have any similar stabilizing force inside their ETFs and passively managed funds.”


Undervalued Japan Small-Caps

“It is not hard in Japan to find simple extreme undervaluation -- low earnings multiple, or low free cash flow multiple. In many cases, the company might have significant cash or stock holdings that make up a lot of the stock price.”

“There is a lot of value in the small-cap space within technology and technology components. I’m a big believer in the continued growth of remote and virtual technologies. The global retracement in semiconductor, display, and related industries has hurt the shares of related smaller Japanese companies tremendously. I expect companies like Tazmo and Nippon Pillar Packing, another holding of mine, to rebound with a high beta to the sector as the inventory of tech components is finished off and growth resumes.”


Cash Hoarding in Japan

“The government would surely like to see these companies mobilize their zombie cash and other caches of trapped capital. About half of all Japanese companies under $1 billion in market cap trade at less than tangible book value, and the median enterprise value to sales ratio for these companies is less than 50%. There is tremendous opportunity here for re-rating if companies would take governance more seriously.”

“Far too many companies are sitting on massive piles of cash and shareholdings. And these holdings are higher, relative to market cap, than any other market on Earth.”


Shareholder Activism

“I would rather not be active, and in fact, I am only getting active again in response to the widespread deep value that has arisen with the sell-off in Asian equities the last couple of years. My intention is always to improve the share rating by helping management see the benefits of improved capital allocation. I am not attempting to influence the operations of the business.”


Betting on a Water Shortage

“I sold out of those investments a few years back. There is a lot of demand for those assets these days. I am 100% focused on stock-picking.”

— With assistance by Heejin Kim

Fonte:Bloomberg
Bons Trades,
The Navigator

"The Navigator is responsible for providing information to the skipper about the boat’s current position, and plotting an optimal course for the destination on a long-distance race. The navigator should be able to provide information including tide patterns, possible wind conditions and so on."
 
Mensagens: 85
Registado: 3/6/2015 0:29

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por Pata-Hari » 18/5/2020 10:55

Muito bom e muito assustador. O facto é que a legislação actual em que atira toda a responsabilidade do stock picking para cima dos gestores profissionais faz com que a consequência seja exactamente a indexação por uma questão de diminuição do perigo da responsabilização de gestão. A legislação acabou em grande parte com o stock picking por institucionais que vendem serviço de gestão.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20552
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por VirtuaGod » 18/5/2020 14:43

The Navigator Escreveu:Já agora, qual a tua opinião sobre este alerta do Michael Burry no ano passado acerca da distorção provocada pela "moda" da procura de Fundos de Índice passivos nos próprios Índices?

Colo o artigo, para quem não tenha acesso.

The Big Short’s Michael Burry Explains Why Index Funds Are Like Subprime CDOs
By
Reed Stevenson
4 de setembro de 2019, 11:41 WEST

For an investor whose story was featured in a best-selling book and an Oscar-winning movie, Michael Burry has kept a surprisingly low profile in recent years.

But it turns out the hero of “The Big Short” has plenty to say about everything from central banks fueling distortions in credit markets to opportunities in small-cap value stocks and the “bubble” in passive investing.

One of his most provocative views from a lengthy email interview with Bloomberg News on Tuesday: The recent flood of money into index funds has parallels with the pre-2008 bubble in collateralized debt obligations, the complex securities that almost destroyed the global financial system.

Burry, who made a fortune betting against CDOs before the crisis, said index fund inflows are now distorting prices for stocks and bonds in much the same way that CDO purchases did for subprime mortgages more than a decade ago. The flows will reverse at some point, he said, and “it will be ugly” when they do.

“Like most bubbles, the longer it goes on, the worse the crash will be,” said Burry, who oversees about $340 million at Scion Asset Management in Cupertino, California. One reason he likes small-cap value stocks: they tend to be under-represented in passive funds.

Here’s what else Burry had to say about indexing, liquidity, Japan and more. Comments have been lightly edited and condensed.


Index Funds and Price Discovery

“Central banks and Basel III have more or less removed price discovery from the credit markets, meaning risk does not have an accurate pricing mechanism in interest rates anymore. And now passive investing has removed price discovery from the equity markets. The simple theses and the models that get people into sectors, factors, indexes, or ETFs and mutual funds mimicking those strategies -- these do not require the security-level analysis that is required for true price discovery.

“This is very much like the bubble in synthetic asset-backed CDOs before the Great Financial Crisis in that price-setting in that market was not done by fundamental security-level analysis, but by massive capital flows based on Nobel-approved models of risk that proved to be untrue.”


Liquidity Risk

“The dirty secret of passive index funds -- whether open-end, closed-end, or ETF -- is the distribution of daily dollar value traded among the securities within the indexes they mimic.

“In the Russell 2000 Index, for instance, the vast majority of stocks are lower volume, lower value-traded stocks. Today I counted 1,049 stocks that traded less than $5 million in value during the day. That is over half, and almost half of those -- 456 stocks -- traded less than $1 million during the day. Yet through indexation and passive investing, hundreds of billions are linked to stocks like this. The S&P 500 is no different -- the index contains the world’s largest stocks, but still, 266 stocks -- over half -- traded under $150 million today. That sounds like a lot, but trillions of dollars in assets globally are indexed to these stocks. The theater keeps getting more crowded, but the exit door is the same as it always was. All this gets worse as you get into even less liquid equity and bond markets globally.”


It Won’t End Well

“This structured asset play is the same story again and again -- so easy to sell, such a self-fulfilling prophecy as the technical machinery kicks in. All those money managers market lower fees for indexed, passive products, but they are not fools -- they make up for it in scale.”

“Potentially making it worse will be the impossibility of unwinding the derivatives and naked buy/sell strategies used to help so many of these funds pseudo-match flows and prices each and every day. This fundamental concept is the same one that resulted in the market meltdowns in 2008. However, I just don’t know what the timeline will be. Like most bubbles, the longer it goes on, the worse the crash will be.”


Bank of Japan Cushion

“Ironically, the Japanese central bank owning so much of the largest ETFs in Japan means that during a global panic that revokes existing dogma, the largest stocks in those indexes might be relatively protected versus the U.S., Europe and other parts of Asia that do not have any similar stabilizing force inside their ETFs and passively managed funds.”


Undervalued Japan Small-Caps

“It is not hard in Japan to find simple extreme undervaluation -- low earnings multiple, or low free cash flow multiple. In many cases, the company might have significant cash or stock holdings that make up a lot of the stock price.”

“There is a lot of value in the small-cap space within technology and technology components. I’m a big believer in the continued growth of remote and virtual technologies. The global retracement in semiconductor, display, and related industries has hurt the shares of related smaller Japanese companies tremendously. I expect companies like Tazmo and Nippon Pillar Packing, another holding of mine, to rebound with a high beta to the sector as the inventory of tech components is finished off and growth resumes.”


Cash Hoarding in Japan

“The government would surely like to see these companies mobilize their zombie cash and other caches of trapped capital. About half of all Japanese companies under $1 billion in market cap trade at less than tangible book value, and the median enterprise value to sales ratio for these companies is less than 50%. There is tremendous opportunity here for re-rating if companies would take governance more seriously.”

“Far too many companies are sitting on massive piles of cash and shareholdings. And these holdings are higher, relative to market cap, than any other market on Earth.”


Shareholder Activism

“I would rather not be active, and in fact, I am only getting active again in response to the widespread deep value that has arisen with the sell-off in Asian equities the last couple of years. My intention is always to improve the share rating by helping management see the benefits of improved capital allocation. I am not attempting to influence the operations of the business.”


Betting on a Water Shortage

“I sold out of those investments a few years back. There is a lot of demand for those assets these days. I am 100% focused on stock-picking.”

— With assistance by Heejin Kim

Fonte:Bloomberg

Pela segunda vez este ano alguém me tenta mostrar algo "bombástico" e eu fico a pensar que algo me escapou porque achei que a "bomba" simplesmente repete coisas que já são superdiscutidas.

Alías a questão do liquidity risk em acções até é "gerível". O pior são os ETFs de obrigações, que até levaram à intervenção da FED, nesta crise, para estabilizar a coisa. E ainda continuam a intervir: https://www.bloomberg.com/news/articles/2020-05-14/fed-buys-305-million-of-etfs-at-start-of-historic-program

Em relação ao banco central do Japão tb já partilhei no meu site: https://www.wsj.com/articles/the-centra ... 1588026341

Quem quiser ler algo "a sério" sobre ETFs e perigos sistémicos: https://www.cfainstitute.org/-/media/documents/article/rf-brief/etfs-and-systemic-risks.ashx

Tb tive a oportunidade de partilhar várias coisas no meu site sobre os ETFs de obrigações no início desta crise e os problemas que se passaram:

https://www.futureproof.pt/blog/o-que-andamos-a-ler

É como que só em períodos de crise as pessoas se lembram dos problemas em vez de se precaverem deles quando ainda se está em bull market!!
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
 
Mensagens: 5699
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por VirtuaGod » 5/6/2020 15:46

A FUTILIDADE DE TENTAR ADIVINHAR O FUTURO!

Imagem

O ano ainda nem vai a meio e já tivemos a entrada mais rápida em bear market do Dow Jones, um dos mais conhecidos e antigos índices americanos, assim como números inimagináveis de desemprego em tempo record e danos económicos devastadores.

Como se isto não fosse suficiente, e em simultâneo, temos visto violentos protestos e tumultos sociais nos EUA com demostrações noutras cidades do mundo - tendo até o presidente dos EUA chegado a ser temporariamente transportado para o bunker presidencial da Casa Branca.

Mas o que tem vindo, entretanto, a suceder no mercado accionista? Depois de uma violenta queda de quase 35% em cerca de 3 semanas, o S&P recuperou já três quartos da queda estando a subir perto de 14% a 12 meses e o MSCI World (do ponto de vista do investidor europeu, sem proteção câmbial) cerca de 7.5% no mesmo período.

Imaginemos que alguém há um ano vos dizia como o mundo e a economia estariam hoje. Teriam apostado na subida do mercado accionista?

Esta constante obsessão por tentar adivinhar o futuro não só é uma distração como leva os investidores a ter uma menor performance. Quase vos ouço a dizer: “mas não estou na média, sou melhor investidor, sigo sempre as notícias e estou em cima do acontecimento”. Contudo, vários estudos ao longo dos anos têm-nos demostrado que a maioria das pessoas pensam que são mais inteligentes que a média (“On a scale of one to 10, you probably think you're a seven. And you wouldn't be alone.”) Diria que a maioria dos investidores sendo, por definição, mediano acha que é melhor que a média.

Admito que emocionalmente sou um investidor “péssimo”. Tenho sempre vontade de vender quando as coisas estão a cair e vontade de reforçar quando está tudo a subir e a correr bem. Quem não sente isso? Devido a estes sentimentos (que, reforço, são normais, sejamos nós investidores amadores ou profissionais) entro num enorme conflito emoção vs razão quando há uma queda forte como a que se verificou este ano.

Queria com isto transmitir-vos que para ganhar dinheiro nos mercados não é necessário “andar em cima das notícias”, tentar prever o futuro do mercado acionista ou ser uma pessoa emocionalmente muito resiliente. E a idea que temos de o ser é apenas uma ilusão. Não sou e nem faço nenhum dos três. O que aprendi com a experiência e anos a seguir os mercados accionistas é que os sentimentos não são bons conselheiros no que diz respeito a tomar decisões sobre investimentos e devemos seguir o nosso plano.

Por esta razão, um dos focos da Future Proof é a IPS, Investment Policy Statement, onde este plano de investimento de médio-longo prazo é delineado quando estamos com a cabeça fria e emocionalmente calmos. As crises virão sempre. Não será com certeza a última vez que os mercados caem 30 ou 40% a uma velocidade vertiginosa.

Uma boa política de investimento, ajudada com uma análise comportamental e autorreflexão de como agiríamos em períodos de fortes quedas são essenciais, na minha opinião, para atingirmos os nossos objetivos a médio e longo prazo através dos mercados. Diria que o primeiro passo para ter sucesso nos mercados é conhecermo-nos a nós próprios, assim como os nossos enviesamentos e limitações.

No Site: https://www.futureproof.pt/blog/a-futilidade-de-tentar-adivinhar-o-futuro (com vários links ao longo do texto, para artigos, notícias etc etc)
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
 
Mensagens: 5699
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por BearManBull » 5/6/2020 16:50

Melhor nem abrir os jornais. Pela AT vimos os sinais de reversão e nunca existiu nenhum sinal de venda consistente, todos os suportes ficaram intactos desde que os mercados iniciaram as subidas. O único senão serão alguns indicadores de sobre compra mas mesmo esses não adivinhavam o fim da retoma, no NASDAQ 100 por exemplo só agora é que temos RSI em sobre compra.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3845
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por Cem pt » 5/6/2020 17:23

Amigo DeusVirtual:

Muito bom artigo que elaboraste, contudo quem segue gestão activa dos mercados poderia aproveitar muito melhor as grandes ondas que indicaste e retirar retornos muito superiores ao "buy and hold" a propósito dum exemplo do gráfico que publicaste num outro artigo do teu excelente blog, datado de 23 de março, relativo ao dia em que quiseram vender tudo.

O que pretendo dizer com isto é que cada vez mais as fórmulas estatísticas e matemáticas ajudadas por AI, estamos a falar de Análise Técnica mais elaborada que envolve critérios de tendências, volatilidade e momentum e não tanto dos indicadores tradicionais isolados (veja-se o caso do Jim Simons), estão a alcançar retornos cada vez mais expressivos e a criar "Alphas" positivos de 2 dígitos percentuais bastante significativos, que vão deixando para trás as teorias um tanto ou quanto ultrapassadas da gestão passiva dos mercados eficientes, na MHO evidentemente.

Infelizmente reconheço que os fundos de gestão activa só batem os passivos no extremo do topo superior dos melhores retornos porque na média a gestão passiva ganha à activa por uma margem confortável na ordem dos 2% a 3% de diferença, ano sim ano sim.

A grande dificuldade está precisamente em pesquisar onde está esse grupo minoritário de hedge-funds de topo, mas que existem é um facto. Lembro-me a esse propósito dum artigo muito interessante do LTCM a respeito das conclusões do parágrafo anterior.

Evidentemente quem não tiver tempo para se debruçar a sério sobre o tema e achar que deve entregar o seu dinheiro a fundos de gestão passiva, não tenho nada contra isso. A maioria são simples cidadãos que guardaram umas poupanças e não sabem como investir. No longo prazo terão lá sempre qualquer pequeno retorno para gastar numas férias da reforma mas nunca chegarão a milionários!

Nos dias de hoje já existem formas bem mais elaboradas de alcançar retornos extraordinários recorrendo a um misto de gestão activa e técnicas de alavancagem de money management.

Abraço e parabéns pelo blog.
O autor não assume responsabilidades por acções tomadas por quem quer que seja nem providencia conselhos de investimento. O autor não faz promessas nem oferece garantias nem sugestões, limita-se a transmitir a sua opinião pessoal. Cada um assume os seus riscos, incluindo os que possam resultar em perdas.


Citações que me assentam bem:


Sucesso é a habilidade de ir de falhanço em falhanço sem perda de entusiasmo – Winston Churchill

Há milhões de maneiras de ganhar dinheiro nos mercados. O problema é que é muito difícil encontrá-las - Jack Schwager

No soy monedita de oro pa caerle bien a todos - Hugo Chávez


O day trader trabalha para se ajustar ao mercado. O mercado trabalha para o trend trader! - Jay Brown / Commodity Research Bureau
 
Mensagens: 2866
Registado: 4/3/2008 17:21
Localização: 16

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por Andre___ » 6/6/2020 20:03

Bom dia :)

Alguém sabe com investir directamente (acções) ou indirectamente (fundos, ETFs, ...) no Star Market?

Thanks!
 
Mensagens: 11
Registado: 27/4/2020 23:54

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por VirtuaGod » 7/6/2020 16:02

Cem pt Escreveu:O que pretendo dizer com isto é que cada vez mais as fórmulas estatísticas e matemáticas ajudadas por AI, estamos a falar de Análise Técnica mais elaborada que envolve critérios de tendências, volatilidade e momentum e não tanto dos indicadores tradicionais isolados (veja-se o caso do Jim Simons), estão a alcançar retornos cada vez mais expressivos e a criar "Alphas" positivos de 2 dígitos percentuais bastante significativos, que vão deixando para trás as teorias um tanto ou quanto ultrapassadas da gestão passiva dos mercados eficientes, na MHO evidentemente.

Compreendo o que queres dizer. A verdade é que tenho uma opinião semelhante mas os factos à minha volta acabam sempre por dizer o oposto. Tenho um amigo matemático que percebe de mercado e a verdade é que ele me diz "Já tentei de tudo mas bater os mercados é complicado...". Estamos a falar de uma pessoa que usa estatística, programação e todo o tipo de análise de machine learning no dia a dia uma vez que é data scientist numa grande empresa. (um de 2 amigos cujos conhecimentos eu invejo)

Depois às vezes leio coisas como:

https://quantdare.com/predicting-the-fa ... xperiment/

e volto a pensar que é possível (eu li o primeiro post a falar deste algoritmo, por isso não foi apenas uma questão de survivorship bias)

[quote="Cem pt"Abraço e parabéns pelo blog.[/quote]
Obrigado ;-)
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
 
Mensagens: 5699
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto


Re: Finanças & Fundos de Investimento

por Ulisses Pereira » 8/6/2020 16:50

André, não leves a mal, mas não podes andar pelos vários tópicos a tentar obter respostas para a mesma questão. Levantaste-a num tópico próprio, se ninguém te respondeu é porque não sabe ou não te quer responder. Tens que aceitar isso e, daqui a uns dias, voltar a tentar a tua sorte nesse tópico. Não podes é estar a desviar o tema dos vários tópicos em função dessa tua dúvida.

Abraço,
Ulisses
"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30525
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por Andre___ » 8/6/2020 19:13

Tens razão.
Peço desculpa.
Não foi por mal.
 
Mensagens: 11
Registado: 27/4/2020 23:54

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por Pata-Hari » 9/6/2020 1:04

VirtuaGod Escreveu:A FUTILIDADE DE TENTAR ADIVINHAR O FUTURO!

Imagem

O ano ainda nem vai a meio e já tivemos a entrada mais rápida em bear market do Dow Jones, um dos mais conhecidos e antigos índices americanos, assim como números inimagináveis de desemprego em tempo record e danos económicos devastadores.

Como se isto não fosse suficiente, e em simultâneo, temos visto violentos protestos e tumultos sociais nos EUA com demostrações noutras cidades do mundo - tendo até o presidente dos EUA chegado a ser temporariamente transportado para o bunker presidencial da Casa Branca.

Mas o que tem vindo, entretanto, a suceder no mercado accionista? Depois de uma violenta queda de quase 35% em cerca de 3 semanas, o S&P recuperou já três quartos da queda estando a subir perto de 14% a 12 meses e o MSCI World (do ponto de vista do investidor europeu, sem proteção câmbial) cerca de 7.5% no mesmo período.

Imaginemos que alguém há um ano vos dizia como o mundo e a economia estariam hoje. Teriam apostado na subida do mercado accionista?

Esta constante obsessão por tentar adivinhar o futuro não só é uma distração como leva os investidores a ter uma menor performance. Quase vos ouço a dizer: “mas não estou na média, sou melhor investidor, sigo sempre as notícias e estou em cima do acontecimento”. Contudo, vários estudos ao longo dos anos têm-nos demostrado que a maioria das pessoas pensam que são mais inteligentes que a média (“On a scale of one to 10, you probably think you're a seven. And you wouldn't be alone.”) Diria que a maioria dos investidores sendo, por definição, mediano acha que é melhor que a média.

Admito que emocionalmente sou um investidor “péssimo”. Tenho sempre vontade de vender quando as coisas estão a cair e vontade de reforçar quando está tudo a subir e a correr bem. Quem não sente isso? Devido a estes sentimentos (que, reforço, são normais, sejamos nós investidores amadores ou profissionais) entro num enorme conflito emoção vs razão quando há uma queda forte como a que se verificou este ano.

Queria com isto transmitir-vos que para ganhar dinheiro nos mercados não é necessário “andar em cima das notícias”, tentar prever o futuro do mercado acionista ou ser uma pessoa emocionalmente muito resiliente. E a idea que temos de o ser é apenas uma ilusão. Não sou e nem faço nenhum dos três. O que aprendi com a experiência e anos a seguir os mercados accionistas é que os sentimentos não são bons conselheiros no que diz respeito a tomar decisões sobre investimentos e devemos seguir o nosso plano.

Por esta razão, um dos focos da Future Proof é a IPS, Investment Policy Statement, onde este plano de investimento de médio-longo prazo é delineado quando estamos com a cabeça fria e emocionalmente calmos. As crises virão sempre. Não será com certeza a última vez que os mercados caem 30 ou 40% a uma velocidade vertiginosa.

Uma boa política de investimento, ajudada com uma análise comportamental e autorreflexão de como agiríamos em períodos de fortes quedas são essenciais, na minha opinião, para atingirmos os nossos objetivos a médio e longo prazo através dos mercados. Diria que o primeiro passo para ter sucesso nos mercados é conhecermo-nos a nós próprios, assim como os nossos enviesamentos e limitações.

No Site: https://www.futureproof.pt/blog/a-futilidade-de-tentar-adivinhar-o-futuro (com vários links ao longo do texto, para artigos, notícias etc etc)


Não será exactamente o factor emocional que transforma o investimento passivo interessante em termos de retorno para a maior parte dos investidores?

O que quero dizer é que um investidor activo tem efectivamente que lutar constantemente contra a vontade de fugir nas quedas e de entrar nas épocas onde não há prémio de risco. Um investidor passivo consegue passar esses momentos com menor stress e menores movimentos "nocivos".
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20552
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por VirtuaGod » 9/6/2020 14:42

Pata-Hari Escreveu:O que quero dizer é que um investidor activo tem efectivamente que lutar constantemente contra a vontade de fugir nas quedas e de entrar nas épocas onde não há prémio de risco. Um investidor passivo consegue passar esses momentos com menor stress e menores movimentos "nocivos".

Visão curiosa. Eu tenho o sentimento exactamente oposto. Tendo sido já ambos os tipos de investidores como investidor passivo é que tenho "efectivamente que lutar constantemente contra a vontade de fugir nas quedas e de entrar nas épocas onde não há prémio de risco"

Como investidor activo sempre tive a ideia que tinha mais controlo sobre o resultado (pura ilusão porque nunca ganhei dinheiro consistentemente enquanto investidor activo) e não tinha de "aguentar" quedas de 20% ou mais para ter retornos aceitáveis.

Acho que até hoje me sinto mais confortável com um sistema de trend following e (pelo menos sentir) que tenho uma almofada contra quedas gigantes porque tem um stop ou reverte o sinal, do que como investidor passivo em que me questiono quando é que virá a próxima queda e já sei de antemão que vou ter de "aguentar" com uma queda de 20 ou 30% num mês (na parte de equity da carteira)!!

Emocionalmente acho muito mais complicado ser investidor passivo.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
 
Mensagens: 5699
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por Pata-Hari » 9/6/2020 16:36

Vou dar-te um exemplo do que escrevi: há uns anos atrás conheci uma senhora, reformada, que tinha sido professora toda a sua vida. O seu conhecimento sobre mercados era verdadeiramente reduzido. Eu era suposta reestruturar a carteira da senhora de acordo com o asset mix e os instrumentos recomendados pela minha instituição. O espantoso é que sem qualquer cuidado particular, a senhora tinha uma carteira que era quase impossível de bater em termos de rentabilidade. A estratégia tinha sido, ao longo dos anos, de cada vez que somava umas poupanças ia ao banco e investia num "qualquer" fundo de acções que lhe recomendassem. E mantinha. O resultado era espantoso e dificilmente "batível".

Ora já vejo o oposto nos investidores que tentam fazer timing de mercado. Até podem ter tido a clarividência de sair do mercado numa correcção. O problema é que simplesmente não voltam a entrar num momento igualmente bom e na maior parte dos casos entram acima do seu ponto de saída anterior. Quando fazes o exercicio de calcular a rentabilidade se estivessem estado quietos, normalmente é sempre melhor. Saem em bom momento, o seu sentimento de conforto é enorme e depois encolhem-se à ideia de voltar ao desconforto do mercado até o prémio de risco já não existir (ou seja, até ao momento de sentirem que "agora é seguro")
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20552
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por VirtuaGod » 9/6/2020 16:55

ui... Parece que sabias o que eu vou escrever num dos próximos posts :shock:

Percebo-te. Mas aqui acho que entra mais no campo de "ignorância é uma bênção" do que no investidor passivo vs activo. Também tenho uma cliente assim (embora seja uma "jovem"). Acho que tem a haver com a personalidade das pessoas. A maioria das pessoas acho que não são assim. Acho que é uma mistura entre "desapego" saudável ao dinheiro e confiança no gestor/a.

Não só a maioria das pessoas tem uma fixação não muito saudável com o dinheiro e as variações diárias (ou mensais no caso de só ver no extrato) como pós 2008 o gestor é quase sempre visto com desconfiança :-s

O que escrevo é mais a minha visão de uma pessoa "comum", a maioria dos clientes, e mesmo as minhas emoções com o $ dos clientes. Quem me lê acha que sou muito conservador. A verdade é que o sou em relação ao dinheiro dos outros. Não me custa muito a MIM perder 30% num mês (na parte acionista). Custa-me muito mais o $ dos clientes, principalmente os que não percebem o suficiente!!
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
 
Mensagens: 5699
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por BearManBull » 9/6/2020 18:03

Pata-Hari Escreveu: O problema é que simplesmente não voltam a entrar num momento igualmente bom e na maior parte dos casos entram acima do seu ponto de saída anterior. Quando fazes o exercicio de calcular a rentabilidade se estivessem estado quietos, normalmente é sempre melhor.


Também depende da escala que te moves mas sim é verdade que acontece muito no swing vender caro e comprar mais caro.
Claro que fazer swing no semanal não tem nada que ver com fazer swing no diário e tem resultados muito melhores. Depois é o critério de identificar o estado do mercado, num bull market podemos suportar mais facilmente as perdas e com mais confiança.

Na minha experiencia pessoal andei grande parte do meu tempo no PSI que desde que comecei a investir anda num bear market infindável. Ora nessa situação é tudo muito mais complicado, é que elas caem e realmente não voltam aos níveis anteriores. Cada um deve definir a almofada com que se sente confortável e ter a estratégia bem definida de acordo com essa almofada, se bem que eu sou mais apologista de comprar junto a zonas de suporte e vender logo que vejo que o preço não evolui no sentido do plano que tinha traçado é que senão estamos a falar de random walk e para isso é como dizes da senhora nascer com sorte e comprar um cabaz tipo lotaria.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3845
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por VirtuaGod » 9/6/2020 18:44

BearManBull Escreveu: para isso é como dizes da senhora nascer com sorte e comprar um cabaz tipo lotaria.

Não me parece que tenha sido isto que a Pata tentou transmitir. Acho que foi mais na perspetiva de que mais vale não se mexer do que ter a mania que tem de se ser "activo" para ganhar dinheiro nos mercados. Nem me parece que tenha a haver com sorte. Simplesmente comprar um bom fundo ou ETF do MSCI World por exemplo não envolve muita sorte (envolve sim algum conhecimento).

No caso de dúvida compra-se tudo. Para isso é que existe a diversificação. Para evitar que tenhamos que ter "sorte". E como eu costumo dizer, o PSI 20 não é mercado...
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
 
Mensagens: 5699
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento

por rg7803 » 9/6/2020 22:26

A maneira que resolvi este tema (gestão passiva versus activa) foi não optar na íntegra por nenhuma das vertentes, mas sim - e considerando-me eu um trader/investidor mediano, mas com algum vício do trading - ter simultaneamente várias carteiras e vários modos de negociar.

Mantenho carteiras de fundos praticamente imutáveis, salvo indicação do "especialista" que me aconselha.

Noutras, vou alimentando a "dependência" de ir comprando/vendendo ...

Já agora, como conheço o VG algum tempo, aproveito para lhe agradecer o que me ensinou a mim e a muitos neste espaço, e a ajuda que tem dado a esclarecer (aqui e noutros lugares) alguns temas mais obscuros dos mercados. Sempre grato e reconheço a qualidade do teu trabalhoQ!

Grande abraço e aproveita os feriados!
“Buy high, sell higher...”.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3367
Registado: 1/5/2008 23:09
Localização: Almada.

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Bing [Bot], Google Adsense [Bot], Google Feedfetcher, jlmt, ParaCima, Phil2014 e 36 visitantes