Novo artigo: "Fragilidades"

Colecção de Artigos Didácticos do Caldeirão de Bolsa.

Novo artigo: "Fragilidades"

por Ulisses Pereira » 28/6/2010 11:55

Acabou de ser publicado o meu novo artigo. Uma reflexão sobre algumas das fragilidades de quem negoceia em Bolsa:

Quando começam a negociar, muitos investidores não têm a noção de que estão, logo à partida, condenados ao fracasso. Muitos iniciam o seu percurso nos mercados financeiros transportando sonhos de sucesso, ignorando que possuem fragilidades que fazem com que o seu insucesso em Bolsa seja altamente provável.

"Todos pensam em mudar o mundo, mas ninguém pensa em mudar-se a si mesmo"
Tolstoi

Quando começam a negociar, muitos investidores não têm a noção de que estão, logo à partida, condenados ao fracasso. Muitos iniciam o seu percurso nos mercados financeiros transportando sonhos de sucesso, ignorando que possuem fragilidades que fazem com que o seu insucesso em Bolsa seja altamente provável.

A teimosia é uma fragilidade intrínseca a muitos investidores. Frases como "Eu estou certo, o mercado é que está errado", são comuns a inúmeros investidores que ficam amarrados às suas posições, fechando os olhos ao que o mercado lhes está a mostrar.

A flexibilidade deve ser de tal ordem que, em determinadas circunstâncias, o investidor deve fechar a sua posição e abrir outra no sentido exactamente contrário ao perceber que a direcção do mercado era exactamente a oposta à que previa. Este "stop and reverse" é um dos aspectos do "trading" que, apesar dos 19 anos de mercado, sinto ainda dificuldades em colocar em prática, o que mostra que ainda terei que trabalhar mais neste campo psicológico.

Outra das fragilidades fatais para qualquer investidor é a sua falta de disciplina. Ter um plano de acção nos mercados, uma boa leitura da conjuntura e um bom raciocínio de nada serve se depois não tiver disciplina na hora de agir. Ou talvez deva dizer na hora de não agir, uma vez que a falta de disciplina normalmente manifesta-se em situações que o investidor tinha planeado estar de fora do mercado e a sua impaciência o levam a agir.

Quem não sabe perder não deve andar nos mercados. Saber perder implica não só assumir as suas responsabilidades, como fechar a sua posição, reconhecendo o erro. Quem não sabe perder, passa mais tempo a procurar culpados e bodes expiatórios para os seus maus negócios, do que em perceber porque é que errou, algo essencial para evitar erros semelhantes no futuro. Mas - mais grave do que isso - é que quem não sabe perder, de forma a evitar assumir a derrota, não fecha as posições, deixando as perdas avolumarem-se.

Cortar as perdas continua a ser, para mim, a regra número 1 dos mercados. Mas fechar uma posição, assumindo o erro, é muito doloroso para quem não sabe perder. Esses investidores esquecem-se que a vitória final não é feita só de uma sucessão de vitórias, mas sim de um intercalar de grandes vitórias com pequenas perdas.

O sentimento de vingança é outra das fragilidades de alguns investidores. Depois de sofrerem uma perda apreciável, alguns investidores ficam enraivecidos e invadidos por um desejo de vingança em relação ao mercado. A lógica passa por quererem ir buscar ao mercado aquilo que ele lhes tirou. Obviamente, isto leva a negócios efectuados mais de uma forma emotiva do que racional, aumentando as probabilidades de perdas. "A vingança serve-se a frio" é uma frase difícil de aplicar nos mercados...

Deixei para o final a fragilidade que me parece mais evidente mas que os investidores negligenciam que é a falta de capacidade e preparação para negociar. Quanto tempo de preparação e estudo têm os investidores antes de se iniciarem nos mercados? Geralmente, é muito escasso. Como em qualquer outra actividade, para se ter sucesso é necessária uma longa e cuidada preparação antes do seu início. Quando isso não acontece, o início é sempre marcado por graves erros até se adquirir a experiência e conhecimentos necessários. Mas arrisco-me a dizer que o pior que pode acontecer a um investidor que começa a dar os primeiros passos no mercado é ter grandes ganhos no início. Tudo parece fácil e o pior ainda está para vir...

Fragilidades. Quem não as tem? Mas quando as que referi neste artigo se acumulam no mesmo indivíduo, os mercados estão longe de ser um bom destino para essa pessoa. Nem todos têm vocação para serem investidores de sucesso. E os que tiverem a lucidez de perceber isso serão vencedores. Não no mercado, mas na vida.

Um abraço,
Ulisses
Editado pela última vez por Ulisses Pereira em 8/9/2010 13:14, num total de 1 vez.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 29140
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

por Bramador » 28/6/2010 12:16

Ulisses

Infelizmente revejo-me inteiramente nesse teu artigo, e apesar de saber isso na teoria, quando chega a hora de o fazer é q são elas. Estou mto desapontado comigo mesmo e quase q me vêem as lágrimas aos olhos, de tanta falta de disciplina e de tanta Burrice.
 
Mensagens: 53
Registado: 29/11/2007 2:19
Localização: Oeiras

por Ulisses Pereira » 28/6/2010 12:32

Calma. Quase todos os investidores passam por isso. Uns têm a capacidade e a vontade de mudar. Reconhecer os erros e as nossas fragilidades é meio caminho andado para a mudança.

Um abraço,
Ulisses
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 29140
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

por mancargon » 28/6/2010 12:40

Olá Ulisses como sempre parabéns! Muito bom o artigo!

Eu sou uma prova de que tudo o que dizes é verdade :lol:

Pelo que aconselho que quem tem umas massas e quer investir na bolsa:

- Não entre na bolsa, porque «a sua mulher a dias disse que ia comprar acções».
-Não Pense que é mais esperto que as outras pessoas e vai duplicar o seu capital, brincando.
-Treine com contas demo antes de investir dinheiro Real.
-Leia os livros antes de estar a perder muito dinheiro.
-Treine análise técnica e descubra que período de negociação se adequa mais ao seu capital e sistema nervoso.
-Use stop loss desde o primeiro negócio, e não o retire.
- Deve ter consciência que o discurso de muitos investidores de bolsa é «Perdi e resolvi sair por uns anos para ler uns livros!» por isso faça ao contrário.

Na minha opinião, do que o Ulisses Escreveu, o mais difícil de alguém admitir (falo por mim), é que não se tem aptidão para negociar em bolsa!

Defacto, a maior dificuldade é aprender a perder e a ser flexivel, estar em grande forma em bolsa, requere muito treino, e é indispensável, ninguém joga na 1.ª divisão se não passar anos a treinar!!!!

No meu caso, cometi todos os erros que o Ulisses falou!

Quem estiver para começar a investir na bolsa, deve ler este artigo sem dúvida nenhuma!

P.S. A consequência se não tiverem estas cautelas, é que em vez de investir estarão a «JOGAR NA BOLSA». e isso sim é arriscado.

Um abraço

Manuel Carlos Gonçalves
 
Mensagens: 586
Registado: 29/11/2007 10:07
Localização: Santiago do Cacém

por EuroVerde » 28/6/2010 12:41

Olá
Só não concordo com uma coisa: quando dizes que o pior que pode acontecer a alguém que se inicia é ter logo de inicio grandes ganhos. (foi o meu caso)

Se nos primeiros 3 trades um trader iniciante tem ganhos, deverá ser-lhe reconhecido algum mérito.
Mas ao mesmo tempo deve ter sempre a flexibilidade de mudar e ter um pé atrás.
No meu ponto de vista, é essencial que os primeiros trades na vida dum investidor sejam ganhadores, pois isso lhe dá confiança e margem para continuar a subir por forma a que não cometa muitos erros.
Para não cometer erros, deverá não negociar com ansiedade e isso só é possivel se se deparar em circunstâncias que o obriguem a ser disciplinado e acuteloso.

Se por outro lado, o 3 primeiros trades forem perdedores, o trader fica com menos dinheiro (logo menos capacidade de crescer mais depressa) e menos confiança, menos seguro de si próprio e mais cauteloso. E isso obriga-o a rever-se a sí próprio e ver onde errou. E assim aprenderá aos poucos e com muito estudo e tempo a ultrapassar os erros.
Daí a probabilidade de erro estar sempre aliada aos mercados.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4960
Registado: 29/11/2007 11:19

Re: Novo artigo: "Fragilidades"

por zecatreca_2 » 28/6/2010 12:44

Ulisses Pereira Escreveu:...Outra das fragilidades fatais para qualquer investidor é a sua falta de disciplina. Ter um plano de acção nos mercados, uma boa leitura da conjuntura e um bom raciocínio de nada serve se depois não tiver disciplina na hora de agir.


Exacto.

Tive varias situaçoes em que tinha duas possibilidades. Só porque tinha uma posiçao(perdedora contra o mercado) é que insistia na errada.
É comum/frequente este tipo de atitude.

Agora, depois de algum treino ja estou preparado para assumir perdas.

Uma das regras é: "Se fores stopado, PÁRA durante esse dia. Á excepçao se houver figuras bem visiveis em que a quebra aconteça nesse dia(quebras de canais/cunhas/hs activados.)"

A disciplina, é assim a principal ferramenta psicologica.

Cumprimentos
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5588
Registado: 29/11/2007 10:54
Localização: Aveiro

por EuroVerde » 28/6/2010 12:51

Volatidade é oportunidade, não risco.

O risco vem de não se saber o que se faz, e vem da alteração dos fundamentais das empresas e das situações macroeconomicas ou decisões políticas de curto prazo e nunca da volatidade. - isto no meu ponto de vista.

Se um trader não tem um minimo de segurança em relação a um activo, então porque ainda assim investe com base em AT.
É que a disciplina é uma palavra muito vaga...

Que tipos de disciplina existem?
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4960
Registado: 29/11/2007 11:19

por mancargon » 28/6/2010 12:53

Euroverde, sei que o teu caso é um ex.º de sucesso, estou-me a lembrar do bom negócio na Ibersol. Mas isso de crescer rápido, faz-me lembrar que «Quanto mais depressa se sobe, mais depressa se cai!»

Mas ganhar é melhor que perder! Porém na minha opinião mais vale começar com pequenos ganhos em progressão geométrica se possível.

tipo no primeiro ano tens como objectivo 3 no segundo 6 no terceiro 12... etc etc etc.

Pois, caso contrário, a pessoa pode pensar: «é pá sou mesmo bom nisto!!!! fazer um investimento super alavancado e perder tudo o que já ganhou de uma vez só!

Eu acho que mesmo quem começou por ganhar 3 bons trades, por ex.º deve actuar como se tivesse perdido dinheiro.

Um abraço

Manuel
 
Mensagens: 586
Registado: 29/11/2007 10:07
Localização: Santiago do Cacém

por canguru » 28/6/2010 13:57

EuroVerde Escreveu:Olá
Só não concordo com uma coisa: quando dizes que o pior que pode acontecer a alguém que se inicia é ter logo de inicio grandes ganhos. (foi o meu caso)


Podes não concordar mas basta-te ler o Market Wizards para mudares rapidamente a tua opinião. Enormes ganhos inicias colocam a tua auto estima em patamares elevadíssimos. Vais-te considerar o tipo que "domina os mercados" e no momento em que isso acontecer "your fuc**** dead"!


EuroVerde Escreveu:Se por outro lado, o 3 primeiros trades forem perdedores, o trader (...) aprenderá aos poucos e com muito estudo e tempo a ultrapassar os erros.


Noto uma enorme contradição no teu discurso, de qualquer das formas subscrevo essa frase por inteiro.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2239
Registado: 6/4/2008 22:41
Localização: lx

por EuroVerde » 28/6/2010 13:59

Manuel, repare que:

- só invisto do lado longo para o médio/ longo prazo.

- não alavanco.

- não tenho mais de 3 empresas ao mesmo tempo.

- parto do principio que posso estar errado e digo mais vezes Não do que Sim.

- do saldo que tenho, umas vezes divido em 3 outra em 4 e o montante a investir é precisamente umas vezes 1/3 outras 1/4 do saldo total.

- Não me baseio só em AT (como a maioria)


O meu caso na Ibersol em 2008 foi apenas mais um negócio positivo para além do caos que reinava na altura. Segundo a AT aquele momento era descendente em todos os horizontes temporais, mas se o preço de uma empresa baixa para determinado patamar e os fundamentais não se alteram, então algo não está certo com o mercado, uma vez baseado nisto, se o preço diminui, o risco diminui.

Simplesmente devemos manter-nos com o que compreendemos e é apenas o que eu tento fazer sem me "aventurar" para outros patamares mais complexos.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4960
Registado: 29/11/2007 11:19

por pdcarrico » 28/6/2010 14:33

Bom artigo!

Sempre achei que mais do que entender de AT ou AF, o que faz um bom trader é dominar medo e ganância. Dominando estas duas, tem-se mais desprendimento para aceitar uma perda e controlar o entusiasmo quando as coisas correm bem.

Eu como nunca consegui dominar nem uma nem outra ... nunca fui bom trader de curto prazo. Agora estou resignado a investimentos de longo prazo, mas pelo menos são assim definidos logo de início, e não são reciclados de outros de curto prazo.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1156
Registado: 29/11/2007 11:42
Localização: Salvador, Bahia

por Bull Bull » 28/6/2010 14:52

Ulisses,

Terias um enorme sucesso com a publicação de um livro, reunindo os diversos artigos por ti publicado.

Pensas um dia escrever um livro ou está longe dos teus horizontes

abraço
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2543
Registado: 21/12/2009 18:46
Localização: Faro

Concordo

por migluso » 28/6/2010 15:03

Bom texto. O aforismo que uso no meu trading, para me lembrar todos os dias, é: "In a losing game such as trading, we shall start against the majority and assume we are wrong until proven correct" Phantom of the Pits.
Quem quiser aprofundar a ideia, o livro chama-se Phantom's Gift e está disponível para download gratuito em vários sites.
Abraço
[/i][/b]
"In a losing game such as trading, we shall start against the majority and assume we are wrong until proven correct!" - Phantom of the Pits
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3146
Registado: 16/11/2009 18:45
Localização: Porto

por Ulisses Pereira » 28/6/2010 15:38

Bull, talvez um dia.

Um abraço,
Ulisses
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 29140
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

por artista_ » 28/6/2010 15:53

EuroVerde Escreveu:O meu caso na Ibersol em 2008 foi apenas mais um negócio positivo para além do caos que reinava na altura. Segundo a AT aquele momento era descendente em todos os horizontes temporais, mas se o preço de uma empresa baixa para determinado patamar e os fundamentais não se alteram, então algo não está certo com o mercado, uma vez baseado nisto, se o preço diminui, o risco diminui.

Simplesmente devemos manter-nos com o que compreendemos e é apenas o que eu tento fazer sem me "aventurar" para outros patamares mais complexos.


Se conheces realmente bem a empresa faz sentido o teu raciocínio... eu tenho é alguma dificuldade em conseguir estar seguro de que conheço muito bem uma empresa, a informação que dispomos é escassa e a informação importante chega sempre tarde de mais!

Em muitos casos quando o preço diminui o risco não diminui...

Concordo plenamente com o último parágrafo, o problema de muitos é que não percebem ou conseguem por em prática, ou seja, falta-lhes disciplina...

ah, já me esquecia, excelente artigo Ulisses... o habitual! :wink:

abraços

artista
Sugestões de trading, análises técnicas, estratégias e ideias http://sobe-e-desce.blogspot.com/
http://www.gamesandfun.pt/afiliado&id=28
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 16068
Registado: 17/3/2003 22:51
Localização: Almada

por yabadoo » 28/6/2010 16:11

EuroVerde Escreveu:mas se o preço de uma empresa baixa para determinado patamar e os fundamentais não se alteram, então algo não está certo com o mercado

Só não percebo porque que dizes (implicitamente) que o teu método de trading também se baseia na AT. Para mim, dizer que o mercado está certo ou errado não faz sentido do ponto de vista de AT. A ideia, penso eu, é perceber, através dos seus movimentos, o que mercado nos está a contar, não é opinar sobre se o preço está alto ou baixo em relação aos fundamentais.
Já agora também concordo contigo quando dizes que volatilidade não tem haver com risco. Infelizmente também não tem relação com oportunidade. O risco é que pode dar origem a oportunidades. Mas isso é outra história.
"Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..." (Fernando Pessoa)
 
Mensagens: 535
Registado: 5/3/2010 17:06
Localização: 16

E se fosse um DVD???

por mancargon » 28/6/2010 18:36

A partir da ideia do Livro, que o Ulisses poderia escrever, eu dedafiava-o para lançar um DVD, sobre investimentos em Bolsa.

Ou um Seminário on-line, ou as duas coisas???

Estou a ver um seminário, de um trader brasileiro que se chama Leandro Stormer sobre position trade e é pena que em Portugal não exista nada do genero!!!


Cumprimentos

Manuel Carlos Gonçalves
 
Mensagens: 586
Registado: 29/11/2007 10:07
Localização: Santiago do Cacém

por Adam hedge » 28/6/2010 20:28

Ola.

Muito bom o artigo,muito bom mesmo,para quem se está a iniciar,se ler e fizer o que o ulisses escreveu, fica já com uma boa preparação psicologica,para o que vai enfrentar.

Eu revejo-me em muito no artigo,e se o tivesse lido qd me iniciei,(acho) que iria ter menos dissabores.

O meu 1º grande erro foi comprar acções da Jeronimo Martins,qd desceu dos 12 contos para os 4700$00 comprei, ainda dava as ordens ao balcão do banco,isto por volta de 98/99.

Aquilo começou a subir,a subir e em 3 meses vendi a 9000$00, UUiii,as ilusões aponderaram-se de mim,e quanto maior é a ilusão,pior a desilusão... :shock: :?

cheguei a comprava empresas que nem sabia a area em que estavam,era realmente um tonto á espera de milagres :oops:

Julgava que chegava antes do 30 anos milionario 8-)

Infelismente apreendi da pior maneira,se é que sei alguma coisa :roll: mas o que apreendi foi em muito nos foruns de bolsa,e claro em especial o caldeirao. Mas o melhor que o caldeirão me deu a ganhar foi amigos pessoais,pessoas que muitas vezes aturaram me qd estava (histerico) :mrgreen: :oh: com as perdas e sem saber o que fazer,em que atravez de msg. privadas lá tiveram a paciência de me ilusidar :wink: muito ,muito lhes devo... :clap:

E qd um homem tem um trade todo planeado,estar ali á espera 2 ou 3 dias (ou mais) :shock: que o preço chegue aos seus objectivos de entrada e faz tudo ao contrário :wall: Burrrooooo :arrow:

Mas no fundo...no fundo,mesmo lá no fundo isto tem o seu encanto,lá isso tem :twisted: :-$
Volta teu rosto sempre na direção do sol e então as sombras
ficarão para trás.

Lembra-te : se não tivesses lido e ouvido falar em aumento de capital tinhas entrado no bes... portanto...
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2001
Registado: 21/2/2007 18:24
Localização: zamzibar

por cientista » 28/6/2010 20:30

Bull Bull Escreveu:Ulisses,

Terias um enorme sucesso com a publicação de um livro, reunindo os diversos artigos por ti publicado.

Pensas um dia escrever um livro ou está longe dos teus horizontes

abraço


Allo
Concordo nessa coisa de escrever um livro, mas nunca nos artigos ja passados. Reanalisar tudo e escrever um livro "Á SERIA!" para os mais leigos da matéria de investimento bolsista. E, cá fica uma recomendação minha se tiver algum interesse : " A pornografia da bolsa!"
Ai sim, vendas teriam de certeza e poderias levantar o véu de muita maneira de um caramelo com os parcos rendimentos do IRS ganhar alguns cobres.
 
Mensagens: 2
Registado: 29/11/2007 2:38
Localização: 2495 fátima

por am6903 » 29/6/2010 9:29

Excelente artigo,

De facto, depois deste artigo posso considerar o Ulisses um excelente trader. Só um trader maduro é que consegue reunir em poucas palavras e desmontar em alguns minutos toda a turbulência que vivemos nos momentos de pânico e indecisão nas nossas tomadas de posição na bolsa.
Eu apesar de estar convencido de tudo o que li, ainda estou em fase de negação e as perdas são elevadas. Não queria enriquecer apenas complementar o rendimento familiar e envolvi-me demasiado ao ponto de ficar viciado em acompanhar as perda ao minuto.
Ando em "terapia" auto infligida e espero recuperar parte das perdas e sair dos mercados por uns tempos e depois de recuperado, voltar e aplicar as regras que reconheço serem as melhores

Um abraço de um rookie
 
Mensagens: 121
Registado: 29/11/2007 1:52
Localização: 14

por mancargon » 29/6/2010 11:32

Lá está, estou a tentar recuperar e sair dos mercados! Frase célebre e errada!
Porquê fugir, tens é que te manter no mercado, ganhar experiência, recuperar, aprender a por em prática os teus SETUPS e respeitá-los. Aprender a ganhar defesas psicológicas e flexibilidade para que possas estar a ver o teu capital a desvalorizar e mesmo assim saibas perfeitamente o que fazer para o recuperar!

Cumprimentos

Manuel
 
Mensagens: 586
Registado: 29/11/2007 10:07
Localização: Santiago do Cacém

por am6903 » 29/6/2010 12:20

Caro Manuel,

Obrigado pelo conselho em jeito de critica... mas na minha humilde opinião, penso que falta uma conclusão para o artigo das fragilidades do Ulisses.... Não são de aplicação preventivas, ou seja, teremos de as violar para percebermos que são verdadeiras, um pouco como a história de "bater com a cabeça na parede".
Não reclamo a razão, apenas a penitência para purificar
Abraço
 
Mensagens: 121
Registado: 29/11/2007 1:52
Localização: 14

por mancargon » 29/6/2010 13:06

Sim mas o que eu estava a dizer, é que a maioria das pessoas, inclusivé eu, já fiz, é começou com uma perca, e sai do mercado, ferido!

Isso já me aconteceu, mas não volta a acontecer, pois sempre que o mercado me tira dinheiro, eu tenho aprendido muito com isso, e viro-me novamente para ele, e no próximo trade estarei mais aperfeiçoado.

Ler, estudar, sim! Mas fora do mercado, serve de pouco, dentro do mercado a cabeça estará muito mais disperta.

Um abraço

Manuel
 
Mensagens: 586
Registado: 29/11/2007 10:07
Localização: Santiago do Cacém

por Automech » 29/6/2010 15:44

mancargon Escreveu:«Ler, estudar, sim! Mas fora do mercado, serve de pouco, dentro do mercado a cabeça estará muito mais disperta.


Serve de pouco ? Só se a pessoa não levar a sério o estudo ou uma conta demo (mas isso é a pessoa a enganar-se a ela própria).

Se os aspirantes a cirurgiões seguissem este principio era lindo...
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 9360
Registado: 4/6/2010 12:12
Localização: 16

por RCF » 29/6/2010 16:12

Caro Ulisses, o seu artigo é coerente com as suas opiniões anteriormente expressas.

A sua opinião é valida e respeitável mas penso que parte de um ponto de vista maximalista, do género só há uma verdade.

A sua opinião é a opinião de um investidor que usa a analise técnica como base para definir a sua estratégia de investimento e desse ponto de vista as suas conclusões são inatacáveis mas por exemplo para um investidor como eu que define a sua estratégia de investimento com base na analise fundamental são completamente descabidas.

Portanto, penso que deveria ter esclarecido no início a base da qual parte para abordar o mercado.

Mas não é este o assunto que me leva a escrever este post.
E confesso que hesitei bastante antes de o fazer.

Eu hoje estou numa situação em que com frequência me dirijo a uma audiência apreciável de pessoas.
Quando esta oportunidade me surgiu tive de definir um critério de como iria estruturar a minha mensagem e apresenta-la à audiência.
O critério que usei foi construir a minha mensagem como se estivesse na posição oposta.
Ou seja colocar-me na posição do receptor da mensagem, do género: quando estou a elaborar a minha comunicação vou-me colocando na posição do receptor e vou analisando qual seria a minha reacção se estivesse a receber a mensagem que estou a construir.

A conclusão que tirei e que pude comprovar posteriormente perante as reacções do auditório que tinha a minha frente que frequentemente são diametralmente opostas às do orador que me antecedeu é que um dos principais erros que um emissor deve evitar é o de adoptar um tom professoral.

Normalmente, a audiência interpreta essa atitude como a atitude de uma pessoa que considera estar acima dos comuns mortais na audiência e isso do ponto de vista da eficácia da mensagem não é positivo.

No meu caso, para alem disso eu goste de respeitar as pessoas a quem me dirijo e de ser respeitado por elas, sem estar nem acima nem abaixo mas sim numa posição de igualdade com respeito mútuo. E incomoda-me que os meus receptores pudessem pensar que não era essa a minha atitude.

Eu penso que as suas comunicações no geral são irrepreensíveis na substância do ponto de vista da analise técnica mas que falham na forma devido ao tom professoral que adopta.

http://ruifilipecoelhofernandes.blogspot.com

Cumprimentos,
RCF.
 
Mensagens: 134
Registado: 22/2/2008 12:02

Próximo

Quem está ligado:
Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante