Contra-indicação

Colecção de Artigos Didácticos do Caldeirão de Bolsa.

Contra-indicação

Mensagempor MarcoAntonio » 10/1/2008 16:54


Contra-indicação

Os indicadores técnicos constituem uma das mais populares componentes da Análise Técnica. Alguns dos erros comuns na sua utilização...

Para contextualizar a discussão dos erros que se seguem convém começar por referir dois aspectos essênciais no conceito dos indicadores que embora possam parecer demasiado óbvios, na práctica não o são:

:arrow: Um indicador técnico não passa disso mesmo, de um indicador. E como indicador que é, por definição, dá indicações. Nada mais!...

A tendência é a de, numa primeira instância, ver os indicadores como uma espécie de Santo Graal do trading, capazes de nos dizer quando entrar e quando sair como que advinhando o futuro imediato do activo.

:arrow: O outro aspecto é o de que os indicadores não fornecem qualquer informação que já não esteja na cotação ou no volume. O indicador limita-se a realçar determinados aspectos do comportamento do activo que, embora implícitos no preço, possam não ser evidentes ou facilmente detectáveis.

Posto isto e desmistificado o conceito e a aplicação práctica de um indicador técnico - e refiro-me neste artigo obviamente aos indicadores convencionais já amplamente conhecidos - vejamos alguns dos erros mais comuns na sua utilização:



Negociar com base nos indicadores

A primeira tentação é, quase sempre, a de negociar com base num ou em vários indicadores. Convém salientar que os indicadores não são negociáveis. Se espera que, colocando ordens de compra e venda com base nos sinais convencionais fornecidos pelos indicadores, vá obter uma boa performance bolsista o melhor talvez seja preparar-se para a decepção.

Os indicadores são ferramentas auxiliares e embora a cada um deles estejam associados diversos sinais técnicos, não é difícl constatar que na práctica seguir esses sinais está longe de garantir resultados animadores. Se umas vezes funcionam de forma fantástica de outras falham redondamente, quando não falham sucessivamente. Convirá ainda referir que não é o indicador que comanda a cotação e não é um determinado valor num determinado indicador que vai obrigar ou impedir a cotação de fazer o que quer que seja por muito que tal possa parecer em determinadas circunstâncias.

Para obter uma boa estratégia de trading é necessário bastante mais do que um indicador técnico conhecido por todos quantos já se debruçaram sobre a Análise Técnica.




Extrair mais do que aquilo que ele pode fornecer


Outra das habituais falhas está relacionada com o facto de cada indicador constituir uma ferramenta limitada cujo o objectivo, geralmente, é o de medir/quantificar um determinado aspecto do comportamento do activo (momentum, volume, volatilidade, tendência, etc). No entanto, a tendência natural é a de considerar o indicador como algo mais do que ele realmente é extraindo dele mais sinais/indicações do que ele é realmente capaz de fornecer.

Será um bom ponto de partida, quando olhar para um indicador, ter consciência que se trata de uma ferramenta limitada e que em muitos casos na maior parte do tempo não fornece qualquer indicação válida ou de interesse real.

Outro aspecto intimamente ligado e decorrente deste é o de existirem por vezes alguns equívocos na análise dos indicadores e nos sinais que dele se extraiem. Um bom exemplo, para citar um caso concreto, é habitual confusão gerada pelos indicadores de momentum em situação de «sobrecompra»/«sobrevenda»: este sinal é geralmente um bom e mau sinal, respectivamente, não constituindo per si um sinal de venda/compra.

Como referido nas notas introdutórias, não é uma indicação de «sobrecompra» que vai impedir a cotação de continuar a subir, mesmo que o indicador se encontra em níveis nunca visitados ou raramente visitados. Aliás, neste aspecto, valerá a pena sublinhar que o investidor não negoceia o indicador mas a cotação a ele associado. Ora, facto de um indicador estar em níveis raramente visitados não significa que a cotação não poderá subir mais mas sim que provavelmente o indicador não subirá muito mais mesmo que a cotação o faça.

Voltando à questão da «sobrecompra», como faço frequentemente questão de sublinhar, o facto de um indicador estar em «sobrecompra» significa essencialmente que o nível de risco para uma entrada nesse momento, subiu. Não é uma justificação suficiente para abrir posições curtas (contrariando o mercado) mas antes para moderar as entradas, não entrar de todo ou por exemplo ponderar a redução da exposição longa, caso exista.



Utilização de um sem número de indicadores em simultâneo

Um erro relativamente frequente, talvez mais discutível mas que ainda assim o considero um erro, é a tendência para a utilização em simultâneo de um sem número de indicadores o que acaba por confundir mais o investidor do que o que o esclarece.

Frequentemente o investidor acaba a retirar sinais e indicações contraditórias acabando por complicar o processo decisional:

:arrow: Uma série de indicadores em contradição podem baralhar o investidor e eclipsar um bom momento que o activo realmente atravessa.

:arrow: Uma série de indicadores em bom estado podem levar o investidor a acreditar mais no activo do que aquilo que ele realmente merece.

Talvez fosse conveniente, no prospecto anexo a cada indicador e na secção das contra-indicações: não aconselhável a utilização com n outros indicadores em simultâneo.


Marco António
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é absolutamente necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
MarcoAntonio
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31224
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: Contra-indicação

Mensagempor Mateus89 » 4/8/2016 16:41

Obrigado pelas dicas! Sou iniciante e ainda tenho muito para aprender.
Mateus89
 
Mensagens: 0
Registado: 4/8/2016 16:16


Voltar para Artigos Didácticos

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante