Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Mário Centeno abandona o Governo

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por BearManBull » 16/6/2020 13:12

Marco Martins Escreveu:O Mário Centeno, fez aquilo para o qual foi contratado e pago.


Fez na óptica do PS, do PSD, do BE e do PCP não o fez na óptica dos cidadãos portugueses.

O maior problema actual de Portugal é a excessiva carga fiscal que esmaga o empreendedorismo e o poder de compra das classes na base.

Tem de se baixar IVA, SS, TSU, IRC, reduzir escalões de IRS e aumentar os níveis pelo menos para o dobro. Tivesse feito isso já tinha a divida a 80% e crescia constantemente a 4-5% ao ano.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3586
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Pata-Hari » 16/6/2020 17:25

Bem, mas os ministros estão ao serviço do governo e do seu partido, nunca da população. O que fazem é eleitoralista e não gestão (todos sabemos que o estado não sabe gerir nem produzir). O que descreves é o conflito de interesses entre politicos e população.

Tu acreditas que os prolongamentos dos layoffs sejam actos de boa gestão? são boa gestão ou são populares?
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20467
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Flav » 16/6/2020 17:41

Pata com essa ideia ( a meu ver errada) que também transmites dos políticos (á la mode populista Ventura ou Arnaldo Matos, lol), é de admirar como ainda há gente competente que se presta a ser ministro ou a exercer outros cargos políticos. Pelos vistos é moda e cai bem fazer dos políticos os bombos da festa. Infelizmente com essas avaliações acabam por ficar na política muitos incompetentes e bem sabemos ou deviamos saber o quanto podem influenciar as nossas vidas.
 
Mensagens: 178
Registado: 13/1/2017 13:00

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Pata-Hari » 16/6/2020 18:02

FLAV, sabes bem que o que atrai na política é a exposição e o poder. E que mesmo que se seja competente, e sabes bem que muitos não são (sem praticamente nem formação nem sequer experiência profissional em algo real), os interesses político-eleitoralistas se sobrepõem ao interesse do que é certo e do que é tecnicamente mais que sabido e conhecido. Os poucos que passsam pelo governo ou por cargos "politizados" e que não se dobram ao interesse do partido, saem rapidamente, nunca duram nada.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20467
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Ulisses Pereira » 16/6/2020 18:19

Continue-se com a demagogia e o populismo de não se pagar em condições a quem governa e depois a quererem que fiquem lá por amor à pátria...
"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30303
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por BearManBull » 16/6/2020 19:09

Ulisses Pereira Escreveu:Continue-se com a demagogia e o populismo de não se pagar em condições a quem governa e depois a quererem que fiquem lá por amor à pátria...


Quem é que recebe em condições em Portugal?
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3586
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Marco Martins » 16/6/2020 19:26

Ulisses Pereira Escreveu:Continue-se com a demagogia e o populismo de não se pagar em condições a quem governa e depois a quererem que fiquem lá por amor à pátria...


Acho que o problema não é totalmente pagar ou não pagar... temos exemplos de pessoas que foram pagas a peso de ouro e só fizeram asneiras, e temos pessoas que fizeram muito e foram pouco valorizadas, e isto acontece tanto no sector público como privado.
Temos o exemplo do presidente da PT (Zeinal Bava quepara além dos milhões até prémios recebeu; temos ministros aparentemente bons que só fizeram asneiras visíveis depois de saírem ou foram presos e isto acontece em todas as cores políticas ).

Acho que o maior problema, é por vezes estarmos à procura daquela pessoa que seja um faz-tudo e que desenrasque tudo para que possa ser bem paga, mas o problema é que as equipas não se fazem com uma pessoa apenas... tal como as empresas (embora o líder seja sem dúvida o motor para um bom percurso)!!

O que se tem de mudar é o respeito pelo trabalho de cada um e organizar as empresas e o estado também para que todos possam fazer o seu trabalho sem se estar à espera que as pessoas constantemente tirem coelhos da cartola e que uma pessoa consiga fazer o trabalho de 3.
Os pagamentos igualmente devem subir, de forma equitativa conforme as possibilidades das empresas (no sector privado) e no estado também, mas aqui tem de haver um teto de gastos relativamente a uma limitação nos impostos cobrados., pois assim, o estado poderia e deveria ser reduzido conforme o valor dos impostos colectados varie.

A meu ver, a questão de pagamentos extra por mérito no estado é complicada de se definir, pois tenderá a acontecer muitas áreas serem sobrevalorizadas de uma forma geral e não individualmente (embora eu tenha trabalhado para o estado e tenha tido o salário diferente de colegas.. mas com contrato individual de trabalho, que nunca teria as regalias de quem está nos quadros do estado).
Por exemplo, como podemos ter uma avaliação diferenciada para os políticos, quando o estado seguramente é o empregador com maior número de precários (p.ex. nos professores contratados) ?

Mas principalmente, acho que o nosso problema é social, e muitas vezes queremos julgar as pessoas em praça pública sem respeitar o seu trabalho ou as instituições.
 
Mensagens: 4682
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Ulisses Pereira » 16/6/2020 19:38

Quem é que recebe em condições em Portugal?


Um CEO de uma grande empresa em Portugal recebe 10 vezes mais do que um ministro. Que ainda por cima tem depois de levar com insultos, enxovalhos públicos, etc... É óbvio que a maioria não está para isso.
"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30303
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Caramelo » 16/6/2020 19:40

Consumou-se hoje formalmente a saída de Mário Centeno do governo. Foi a pessoa que mais tempo chefiou o Ministério das Finanças nos últimos 55 anos. É verdade: desde o governo de Salazar, mais precisamente desde 1965, que ninguém esteve tanto tempo no governo como Ministro das Finanças.

Antes de Mário Centeno, e por mais tempo, apenas o Prof. António Pinto Barbosa, penúltimo Ministro das Finanças do Prof. António de Oliveira Salazar.

Mas vamos falar claro: Mário Centeno até pode ter saído com a sua imagem pessoal e a sua reputação profissional e académica intactas, o que nem sempre é fácil no Ministério das Finanças. Até pode ter chegado à presidência do Eurogrupo com o apoio da Alemanha, da França,e da Itália. Até pode ter conseguido o primeiro superavit orçamental português desde 1973 (feito nosso, sobretudo).Mas a sua atitude de sair agora, quando o país mais precisava dele, e quando uma nova crise se está a instalar, não é uma atitude patriótica. É, no mínimo, uma atitude egoísta. E é não só uma desconsideração pelos seus colegas mas sobretudo um virar de costas às dificuldades de milhões de portugueses.

Não se pode chamar outra coisa que não seja egoísta e calculista a um homem que abandona o governo do seu país apenas com o fito de ir ganhar 4 vezes mais na liderança do Banco de Portugal. Por coisas deste género os espanhóis chamar-lhe-iam pesetero. Ou señorito.

Vamos falar a verdade: isto tem apenas a ver com DINHEIRO. Trata-se, nem mais nem menos, da troca de um salário bruto de 4.959,71 € por mês, no Ministério das Finanças, por um salário de 16.900,00 € por mês, no Banco de Portugal.

O resto são histórias para totós (isto é: para nós).

E só em países institucionalmente débeis do terceiro-mundo, ou em ditaduras sem escrutínio, é que já na terceira década do Século XXI um Ministro passa quase de imediato do governo de um país para um órgão regulador e de supervisão, precisamente no mesmo sector que tutelou.

A verdade é esta: um acto destes não passa de fraqueza institucional e de discricionariedade do poder. E é totalmente impróprio em democracias estabelecidas e consolidadas.

Se António Costa e o PS forçarem isto, e o Presidente da República também alinhar, então começamos a estar mesmo muito parecidos aos tempos do Prof. Salazar e do Prof. António Pinto Barbosa. Em 1965 o Ministro das Finanças também estava cansado de dirigir o Ministério há quase 10 anos consecutivos. Tinha uma família para sustentar, não queria grandes enfados, nem ter de aturar mais os pedidos dos colegas de governo, e queria simplesmente ganhar mais dinheiro. E o lugar de Governador do Banco de Portugal estava vago: o anterior Governador tinha atingido o limite de idade legal e teve de passar à reforma, e quem o substituiu estava interino. Então arranjaram-se as coisas e o Prof. António Pinto Barbosa foi para o Banco de Portugal.

Mas ao menos Salazar ainda teve a preocupação de manter as aparências: impôs um período de nojo de quase um ano, entre a saída do ministro e a sua posse no BdP, e assim o Prof. António Pinto Barbosa só ocupou o lugar no Banco de Portugal, passado um ano, já em 1966.

Foi precisamente aí, nesse lugar, que a revolução de 25 de Abril o foi apanhar, oito anos depois. Foi saneado e foi para a Suíça trabalhar para o Banco de Pagamentos Internacionais. Mas a democracia reintegrou-o: regressou a Portugal, leccionou na Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa até se jubilar. Escreveu livros e manuais de Economia e Finanças. E faleceu respeitado e descansado.

António Costa e Mário Centeno querem fazer agora (e ainda com mais descaramento) precisamente o mesmo que fez Salazar com o seu Ministro das Finanças.

Apenas se espera que o Prof. Marcelo Rebelo de Sousa não queira fazer a mesma figura que o Almirante Américo Thomaz.

Mas pressinto que podemos esperar sentados.

https://www.facebook.com/carlos.reisdossantos
 
Mensagens: 188
Registado: 25/4/2007 21:23
Localização: Lisboa

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por BearManBull » 16/6/2020 22:15

Ulisses Pereira Escreveu:
Quem é que recebe em condições em Portugal?


Um CEO de uma grande empresa em Portugal recebe 10 vezes mais do que um ministro. Que ainda por cima tem depois de levar com insultos, enxovalhos públicos, etc... É óbvio que a maioria não está para isso.


Nisso deves ter razão, provavelmente alguém bom e quem tente implementar reformas de redução de estado vai ser vaiado por todas as partes.

Por outro lado duvido que haja tantos CEOs de grandes empresas como ministros :mrgreen:
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3586
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Pata-Hari » 16/6/2020 23:29

Ulisses, os CEOs de grandes empresas ganham sempre mais do que ministros pelo planeta todo. Não me parece que esse seja o tema.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20467
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Punitor » 17/6/2020 0:49

Centeno teve uma postura política e de sentido de estado profundamente censurável em abandonar as finanças públicas agora.
Em vez do Ronaldo faz-me lembrar o Jorge Jesus que só tem êxitos com jogadores bem escolhidos...
O mesmo se passou com o Centeno: teve êxito porque todos os ventos foram favoráveis, incluindo a brutal carga de impostos.
Quanto à sua ida para o BP, bem, pior do que o Carlos Costa é difícil que seja.
 
Mensagens: 1097
Registado: 1/11/2015 12:47

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Marco Martins » 17/6/2020 8:29

Se calhar temos de ver o que é um cargo político.
Se fosse por dinheiro, o Trump certamente nao seria presidente.
Um cargo político é a oportunidade de se fazer algo de bom pelo país e pela nossa sociedade.
É claro que se as pessoas forem muito competentes, será uma mais valia.
Se tentarmos colocar a gestão do estado, cuja finalidade não pode ser apenas de lucro, ao nível do sector privado, poderemos conseguir ter um estado rico mas com uma população socialmente desprotegida.
Certamente os sectores da saúde, sociais, e tudo o que não seja lucrativo, teriam de ter cortes brutais.
Mas qualquer estado capitalista ou comunista incorre em erros e corrupcoes se não existir uma justiça funcional e rápida, nem organismos capazes de controlar e legislar.
 
Mensagens: 4682
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Bar38 » 17/6/2020 9:21

Marco Martins Escreveu:Se calhar temos de ver o que é um cargo político.
Se fosse por dinheiro, o Trump certamente nao seria presidente.
Um cargo político é a oportunidade de se fazer algo de bom pelo país e pela nossa sociedade.
É claro que se as pessoas forem muito competentes, será uma mais valia.
Se tentarmos colocar a gestão do estado, cuja finalidade não pode ser apenas de lucro, ao nível do sector privado, poderemos conseguir ter um estado rico mas com uma população socialmente desprotegida.
Certamente os sectores da saúde, sociais, e tudo o que não seja lucrativo, teriam de ter cortes brutais.
Mas qualquer estado capitalista ou comunista incorre em erros e corrupcoes se não existir uma justiça funcional e rápida, nem organismos capazes de controlar e legislar.



Esquece como já foi dito atrás é tudo uma questão de poder e só há duas formas de lá chegar dinheiro e política. Uns servem-se da política para chegar ao dinheiro outros servem-se do dinheiro para chegar a política
 
Mensagens: 895
Registado: 20/6/2011 21:37
Localização: 16

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Opcard » 17/6/2020 10:00

Pata-Hari Escreveu:Ulisses, os CEOs de grandes empresas ganham sempre mais do que ministros pelo planeta todo. Não me parece que esse seja o tema.



Pois até acredito que sim é uma garantiria sólida dá para acumular, em pouco tempo dá milhares ... a reforma .

Hoje existe o BCE onde se trabalha há queM diga que é nos bancos centrais dos países do Euro onde há o melhor emprego muito dinheiro boas reformas e pouco trabalho , o espantoso nos países do sul mantiverem o mesmo emprego já o do Norte reduziram .

Recordo de ter um visto a lista de famosos Reformados do Banco de Portugal do
do PCP a presidentes a ministros , com grandes rendas e são vitalícias .
 
Mensagens: 2432
Registado: 14/3/2009 0:19
Localização: 16

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Pata-Hari » 17/6/2020 11:41

Bar, os que se servem do dinheiro para chegar à politica normalmente são os melhores: já deram provas e já criaram alguma coisa. Aliás, acho que esses são mesmo a melhor escolha e quase a única escolha. Quando se mistura dinheiro na politica, quando o dinheiro serve de atractivo, atrai-se à partida quem escolhe a gestão pública como trampolim que é exactamente o que não se quer. Digo eu. Mas tenho um profundo desprezo pelos politicos, é uma coisa pessoal.

Opcard, exacto, partilho da opinião (embora dentro dos bancos centrais apenas os governadores são politicos, a maior parte dos funcionários são técnicos e normalmente muito competentes e bons).
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20467
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Bar38 » 17/6/2020 12:05

Pata-Hari Escreveu:Bar, os que se servem do dinheiro para chegar à politica normalmente são os melhores: já deram provas e já criaram alguma coisa. Aliás, acho que esses são mesmo a melhor escolha e quase a única escolha. Quando se mistura dinheiro na politica, quando o dinheiro serve de atractivo, atrai-se à partida quem escolhe a gestão pública como trampolim que é exactamente o que não se quer. Digo eu. Mas tenho um profundo desprezo pelos politicos, é uma coisa pessoal.


No caso Português temos o pior dos dois mundos quem tem poder quer é dinheiro e quem tem dinheiro quer poder sem ser politico.
 
Mensagens: 895
Registado: 20/6/2011 21:37
Localização: 16

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Marco Martins » 17/6/2020 12:33

Bar38 Escreveu:
Pata-Hari Escreveu:Bar, os que se servem do dinheiro para chegar à politica normalmente são os melhores: já deram provas e já criaram alguma coisa. Aliás, acho que esses são mesmo a melhor escolha e quase a única escolha. Quando se mistura dinheiro na politica, quando o dinheiro serve de atractivo, atrai-se à partida quem escolhe a gestão pública como trampolim que é exactamente o que não se quer. Digo eu. Mas tenho um profundo desprezo pelos politicos, é uma coisa pessoal.


No caso Português temos o pior dos dois mundos quem tem poder quer é dinheiro e quem tem dinheiro quer poder sem ser politico.


Acho que o que temos são apenas pessoas, onde por causa de uns pagam todos... e isto é em todos os sectores (público ou privado).
Embora no público estas situações impunes relativamente à má conduta dos políticos ou funcionários, passe mais impune devido às dificuldades de despedir alguém nesse sector.

Em muitas autarquias temos bons e maus exemplos, infelizmente estamos a viver um momento como os polícias estão, onde por causa de uns, todos são considerados maus.

O problema é sempre a justiça não funcionar atempadamente e exemplarmente.
 
Mensagens: 4682
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por mais_um » 17/6/2020 14:35

Do que tenho lido por aqui e do que vou ouvindo nas conversas com outras pessoas, concluo que se os portugueses fossem tão exigentes consigo próprios como são com os outros, éramos um país fantástico....

Não deve haver por aqui ninguém que queira ganhar mais ou melhorar a sua vida e da sua família, são só pessoas altruístas que tomam as suas decisões na sua vida também tendo em conta o bem estar e interesses das pessoas que os rodeiam... sejam eles familiares, vizinhos, colegas de trabalho ou simplesmente pessoas, vulgo cidadãos.

Sobre o tema do tópico, não havendo mais nada, sem ter em conta a vontade do PM em que ele continuasse como ministro das finanças (alguém sabe se o Costa queria que ele continuassem ? ) sem saber a envolvente familiar, depois do que o PR e o PM disseram no caso do Novo Banco, se fosse comigo eu também ia embora. Sem o caso do Novo Banco, ficaria, caso fosse essa a vontade do PM. Concordo com o Marco, não se abandona o navio a meio da tempestade mas como não estou na posse de todos os dados, não vou atirar pedras...
"Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana. Mas no que respeita ao universo ainda não tenho a certeza" Einstein
“Com os actuais meios de acesso à informação, a ignorância não é uma fatalidade, mas uma escolha pessoal" Eu
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7040
Registado: 14/11/2008 0:48
Localização: Lisboa

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Pata-Hari » 17/6/2020 14:47

Não percebi exactamente onde querias chegar (mes estou com uma "moca" de anti-histamínico que não me ajuda em nada, nem sequer a soletrar...). O que queres dizer com "Não deve haver por aqui ninguém que queira ganhar mais ou melhorar a sua vida e da sua família, são só pessoas altruístas que tomam as suas decisões na sua vida também tendo em conta o bem estar e interesses das pessoas que os rodeiam... sejam eles familiares, vizinhos, colegas de trabalho ou simplesmente pessoas, vulgo cidadãos."?
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20467
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por mais_um » 17/6/2020 14:56

Pata-Hari Escreveu:Não percebi exactamente onde querias chegar (mes estou com uma "moca" de anti-histamínico que não me ajuda em nada, nem sequer a soletrar...). O que queres dizer com "Não deve haver por aqui ninguém que queira ganhar mais ou melhorar a sua vida e da sua família, são só pessoas altruístas que tomam as suas decisões na sua vida também tendo em conta o bem estar e interesses das pessoas que os rodeiam... sejam eles familiares, vizinhos, colegas de trabalho ou simplesmente pessoas, vulgo cidadãos."?


Uma moca de vinho era melhor.... :mrgreen: As melhoras :wink:

O que quis dizer, resumindo de uma forma muito simples, foi que somos muito rápidos apontar o dedo e esquecemos-nos que também temos defeitos.
"Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana. Mas no que respeita ao universo ainda não tenho a certeza" Einstein
“Com os actuais meios de acesso à informação, a ignorância não é uma fatalidade, mas uma escolha pessoal" Eu
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7040
Registado: 14/11/2008 0:48
Localização: Lisboa

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por MarcoAntonio » 17/6/2020 15:20

´Sobre os vencimentos, não se esqueçam que todos os politicos em cargos publicos recebem abonos adicionais vários. Só o abono para despesas de representação é um valor fixo que corresponde a 40% do vencimento base no caso dos ministros e é tudo menos irrelevante se se discutem vencimentos.
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 33863
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Opcard » 17/6/2020 15:45

Não é para o ordenado que devemos olhar isso não conta , nos actores destes nichos , vendo o que recebem em funções é uma gota de água quando comparado com o que vão receber até ao resto da vida .

O vencimentos de quem beneficia de pensões de privilégio e há vários sectores é várias vezes superior à realidade .

Tentem ir a uma companhia de seguros fazer um cálculo para uma pensão de vários milhares de euros , esse devia ser o valor que devíamos juntar ao salário dos filhos da republica .

Quando se comparam salários ninguém pensa nessas vantagens .
 
Mensagens: 2432
Registado: 14/3/2009 0:19
Localização: 16

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por Pata-Hari » 17/6/2020 16:41

mais_um Escreveu:
Pata-Hari Escreveu:Não percebi exactamente onde querias chegar (mes estou com uma "moca" de anti-histamínico que não me ajuda em nada, nem sequer a soletrar...). O que queres dizer com "Não deve haver por aqui ninguém que queira ganhar mais ou melhorar a sua vida e da sua família, são só pessoas altruístas que tomam as suas decisões na sua vida também tendo em conta o bem estar e interesses das pessoas que os rodeiam... sejam eles familiares, vizinhos, colegas de trabalho ou simplesmente pessoas, vulgo cidadãos."?


Uma moca de vinho era melhor.... :mrgreen: As melhoras :wink:

O que quis dizer, resumindo de uma forma muito simples, foi que somos muito rápidos apontar o dedo e esquecemos-nos que também temos defeitos.



A interpretação literal, percebi. Não percebi é qual era o defeito sobre o qual se está a apontar o dedo. Ou seja, estás a discordar de algo que eu tenha dito? ou de que parte estás a discordar e achar excessiva? em concreto estás a discordar do quê que foi escrito? não te quero nunca deixar sem resposta :).
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20467
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Mário Centeno abandona o Governo

por mais_um » 17/6/2020 18:04

Pata-Hari Escreveu:
A interpretação literal, percebi. Não percebi é qual era o defeito sobre o qual se está a apontar o dedo. Ou seja, estás a discordar de algo que eu tenha dito? ou de que parte estás a discordar e achar excessiva? em concreto estás a discordar do quê que foi escrito? não te quero nunca deixar sem resposta :).


Não estou a discordar de nada em particular do que tenhas dito, o facto de desprezares os politico, é uma coisa pessoal e não me meto em algo pessoal. :mrgreen:

Em termos genéricos, as pessoas esperam que os políticos sejam pessoas que devam abdicar de tudo aquilo que elas próprias não estão dispostas a abdicar, na realidade queremos que os políticos sejam santos e eles são pessoas normais como nós, uns melhores outros piores, como qualquer pessoa.

Eu ganho mais que um deputado, não tenho o lugar em risco de 4 em 4 anos, ou está dependente de resultados eleitorais, que motivação é que eu tenho para ir para a politica? Já fiz parte de movimentos associativos em prole da comunidade, mas tinha um propósito, resolver problemas nas escolas para onde os meus filhos iam estudar, por isso na realidade não foi totalmente desinteressado.

Tu, porque não vais para a politica? O que podia motivar-te a tal decisão? :mrgreen:

Para terminar, consideras que deve existir políticos?
"Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana. Mas no que respeita ao universo ainda não tenho a certeza" Einstein
“Com os actuais meios de acesso à informação, a ignorância não é uma fatalidade, mas uma escolha pessoal" Eu
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 7040
Registado: 14/11/2008 0:48
Localização: Lisboa

AnteriorPróximo

Quem está ligado: