Guia IRS

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Guia IRS

por thestudio » 29/3/2019 13:27

Está a chegar de novo a altura de apresentar o IRS e há sempre dúvidas em como preencher a declaração e quais as opções mais vantajosas em termos de impostos. Segue um guia com os dados que compilei o ano passado. Se detectarem algum erro ou se houver informação útil que possam acrescentar, agradeço que o façam.



DIVIDENDOS

Dividendos de acções nacionais:
Os dividendos de acções nacionais estão sujeitas a uma taxa liberatória de 28%. Caso não se opte pelo englobamento, não é necessário declarar este rendimento. Caso se opte pelo englobamento, deve declarar-se apenas METADE do valor recebido e todo o valor retido. A opção pelo englobamento compensa SEMPRE.
Os dividendos são declarados no anexo E, quadro 4B com o código de rendimentos E20. É declarada uma linha por cada entidade depositária.

Dividendos de acções internacionais:
São declarados no anexo J, quadro 8 A com o código E11. No caso de dividendos de empresas de países da União Europeia e optando pelo englobamento, deve declarar-se também apenas metade do rendimento obtido. O imposto pago no país a que a empresa pertence deve ser inscrito na coluna “Imposto pago no estrangeiro / No país de fonte” e caso haja retenção em Portugal deve ser inscrita na coluna “Imposto retido em Portugal” bem como o NIF da entidade retentora.
Dupla tributação: Ao preencher este anexo, o imposto pago no estrangeiro poderá ser devolvido no caso de existirem acordos sobre dupla tributação entre o país da fonte e Portugal.

MAIS-VALIAS:
São declaradas no anexo G, quadro 9, com o código G01. Podem ser declarados encargos tanto com a compra como com a alienação de títulos. As mais valias são taxadas a 28% pelo que poderá ser vantajoso optar pelo englobamento para quem tenha baixos rendimentos declarados (simular).

MENOS-VALIAS:
As menos-valias devem também ser declaradas no anexo G, quadro 9, com o código G01, com opção pelo englobamento. A existirem mais-valias nos 5 anos subsequentes, ser-lhes-á subtraído o valor das menos-valias declaradas em anos anteriores sem que o contribuinte tenha que fazer mais nada, i.e., não tem que voltar a declarar as menos valias.
 
Mensagens: 72
Registado: 10/2/2016 0:38

Re: Guia IRS

por Pedro2018 » 29/3/2019 13:33

Como declarar os fundos?
Em que quadro do anexo G …. 11 A - 11B?
Como saber se são fundos nacionais ou internacionais através de código?

Os fundos, mesmo os nacionais devem ser declarados, uma vez que deixou de ser tributado o IRS no ato da liquidação, desde o ano passado?
 
Mensagens: 163
Registado: 4/4/2003 15:20
Localização: Beira Litoral

Re: Guia IRS

por freitax » 29/3/2019 14:08

Porque é que é sempre mais vantajoso englobar dividendos?
 
Mensagens: 384
Registado: 16/4/2011 14:51
Localização: 14

Re: Guia IRS

por thestudio » 29/3/2019 16:50

freitax Escreveu:Porque é que é sempre mais vantajoso englobar dividendos?


Porque optando pelo englobamento de dividendos provenientes de empresas Portuguesas ou da UE só se declara metade do valor dos dividendos.
 
Mensagens: 72
Registado: 10/2/2016 0:38

Re: Guia IRS

por Goya777 » 29/3/2019 16:52

Nao residents podem optar pelo englobamento?
 
Mensagens: 686
Registado: 17/7/2014 22:33

Re: Guia IRS

por freitax » 29/3/2019 16:57

thestudio Escreveu:
freitax Escreveu:Porque é que é sempre mais vantajoso englobar dividendos?


Porque optando pelo englobamento de dividendos provenientes de empresas Portuguesas ou da UE só se declara metade do valor dos dividendos.


Estive a fazer uns cálculos e tens razão.. mesmo que o escalão de categoria A seja o mais alto, compensa o englobamento dos rendimentos, obrigado :D
 
Mensagens: 384
Registado: 16/4/2011 14:51
Localização: 14

Re: Guia IRS

por freitax » 29/3/2019 17:09

E os valores de UPs em fundos, como devem ser declarados?
 
Mensagens: 384
Registado: 16/4/2011 14:51
Localização: 14

Re: Guia IRS

por fjcbolsa » 30/3/2019 16:52

Boas
"A existirem mais-valias nos 5 anos subsequentes, ser-lhes-á subtraído o valor das menos-valias declaradas em anos anteriores sem que o contribuinte tenha que fazer mais nada, i.e., não tem que voltar a declarar as menos valias."
Tens a certeza que é assim? tinha na ideia que as menos valias eram dedutíveis apenas de dois anos anteriores?
Cumprimentos
 
Mensagens: 729
Registado: 24/11/2010 10:03
Localização: 20

Re: Guia IRS

por MarketGodzilla » 30/3/2019 20:21

Têm a certeza que compensa sempre o englobamento dos dividendos? O imposto ´é progressivo, se estiverem num escalão baixo e receberem muitos dividendos isso pode catapultar-vos para um escalão superior e se a taxa média a aplicar sobre os rendimentos forem superiores a 28% já não compensa. Claro que estamos a falar de ganhar mesmo muito em dividendos para isso acontecer, ainda mais sendo cobrados apenas metade.

Outra situação, se optarem pelo englobamento dos dividendos (já não somos obrigados a englobar todas as categorias) são obrigados a englobar todos os ganhos de capital, os da mesma categoria, por isso não esquecer de pedir a declaração a todos os bancos onde tiverem depósitos a prazo e a plataformas como portuguesa Raize também, dá um bocadinho mais trabalho.
 
Mensagens: 671
Registado: 11/1/2012 17:40

Re: Guia IRS

por MarketGodzilla » 30/3/2019 20:31

Ora vejam lá se acima do 5º escalão compensa. E reparem então no tombo de quem está no 6º escalão.
Agora, se me disseram assim, ainda é preciso bastante fruta, ainda mais se considerarmos que se englobam só metade, até aí concordo, dizer que compensa sempre, isso é falso.
Anexos
Screenshot_2019-03-30 Escalões de IRS 2019.png
Screenshot_2019-03-30 Escalões de IRS 2019.png (18.82 KiB) Visualizado 3226 vezes
 
Mensagens: 671
Registado: 11/1/2012 17:40

Re: Guia IRS

por pata-hari » 30/3/2019 20:59

Qual a fonte do guia que colaste?
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20083
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Guia IRS

por MarketGodzilla » 30/3/2019 21:23

pata-hari Escreveu:Qual a fonte do guia que colaste?


Pata-hari, está melhor assim?
Anexos
Screenshot_finanças -C.IRS.png
 
Mensagens: 671
Registado: 11/1/2012 17:40

Re: Guia IRS

por freitax » 31/3/2019 16:32

Alguém tem experiência de nas mais valias de ações nacionais ser possível entregar apenas uma linha com o saldo global destes movimentos? Isto, é, no valor de realização colocar o valor total de mais-valias e no valor de aquisição o valor total de menos-valias do ano? Este procedimento facilitará imenso o processo, se for poss´ível..
 
Mensagens: 384
Registado: 16/4/2011 14:51
Localização: 14

Re: Guia IRS

por ricardmag » 31/3/2019 16:41

Há dois ou três anos preenchi uma linha por emitente e não tive problemas.
"Quando a música acaba, apagam-se as luzes." The Door's
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4678
Registado: 3/4/2014 15:17

Re: Guia IRS

por freitax » 31/3/2019 16:48

ricardmag Escreveu:Há dois ou três anos preenchi uma linha por emitente e não tive problemas.


Mas e agregar o "saldo" dos vários emitentes?
 
Mensagens: 384
Registado: 16/4/2011 14:51
Localização: 14

Re: Guia IRS

por ricardmag » 31/3/2019 20:24

Isso nunca experimentei, mas como na declaração tem o campo do nif do emitente é possível que dê erro ao validar.

A minha declaração 2018 já foi, assim evitasse o engarrafamento :twisted:
Com alguma pena minha este ano vou receber :evil:

Cumprimentos
"Quando a música acaba, apagam-se as luzes." The Door's
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4678
Registado: 3/4/2014 15:17

Re: Guia IRS

por Krassimir » 31/3/2019 20:40

Boas pessoal,

Sou novo nos investimentos e é o primeiro ano que estou a declarar dividendos.

E em relação a dividendos de ETFs? Neste caso o S&P500 da Vanguard na Bolsa de Amesterdão. Este dividendo, ao contrário dos das acções, não foi taxado e "chegou por inteiro".

Pelo que vejo será igualmente no anexo J, quadro 8, código E11?

Imagem

País fonte: EUA
O que se colocaria nos três últimos quadrados?

Atenciosamente
 
Mensagens: 9
Registado: 12/1/2019 21:26

Re: Guia IRS

por pedrofpais » 1/4/2019 8:22

fjcbolsa Escreveu:Boas
"A existirem mais-valias nos 5 anos subsequentes, ser-lhes-á subtraído o valor das menos-valias declaradas em anos anteriores sem que o contribuinte tenha que fazer mais nada, i.e., não tem que voltar a declarar as menos valias."
Tens a certeza que é assim? tinha na ideia que as menos valias eram dedutíveis apenas de dois anos anteriores?
Cumprimentos


Posso confirmar que é assim por experiência própria. Tens é de englobar sempre a categoria de rendimentos em questão, tanto no ano das mais-valias como das menos-valias. No meu caso fiz isto sempre com rendimentos da categoria G mas dado que em geral são ETFs estrangeiros, tenho declarado no anexo J. Tem funcionado bem.


Krassimir Escreveu:Boas pessoal,

Sou novo nos investimentos e é o primeiro ano que estou a declarar dividendos.

E em relação a dividendos de ETFs? Neste caso o S&P500 da Vanguard na Bolsa de Amesterdão. Este dividendo, ao contrário dos das acções, não foi taxado e "chegou por inteiro".

Pelo que vejo será igualmente no anexo J, quadro 8, código E11?

Imagem

País fonte: EUA
O que se colocaria nos três últimos quadrados?

Atenciosamente


Diria que sim. Nos últimos 3 quadros, só deves preencher se foi retido algum imposto no estrangeiro. Pelo que dizes não foi, pelo que não terás de preencher. Já agora, se foi retido imposto no estrangeiro, prepara-te para ter isso muito bem documentado. Consta que a AT é particularmente esquisita com isso e parece em geral não aceitar as declarações do teu banco em relação ao tema.
 
Mensagens: 2
Registado: 2/1/2014 11:14

Re: Guia IRS

por Krassimir » 1/4/2019 11:35

Diria que sim. Nos últimos 3 quadros, só deves preencher se foi retido algum imposto no estrangeiro. Pelo que dizes não foi, pelo que não terás de preencher. Já agora, se foi retido imposto no estrangeiro, prepara-te para ter isso muito bem documentado. Consta que a AT é particularmente esquisita com isso e parece em geral não aceitar as declarações do teu banco em relação ao tema.


Obrigado pela dica.

Neste caso foi através da Degiro. Mas realmente recebi o dinheiro na conta da correctora sem ser taxado. Pelo menos, em relação aos outros dividendos costuma vir especificado o valor taxado (15% dos EUA) e neste pagamento não vejo nenhuma taxa aplicada.

Vem somente o valor em dólares, e a conversão para euros.

Alguém por aqui tem tido a mesma experiência com ETFs americanos em bolsas europeias com distribuição de dividendos?

Cumpts
 
Mensagens: 9
Registado: 12/1/2019 21:26

Re: Guia IRS

por pata-hari » 1/4/2019 12:06

MarketGodzilla Escreveu:
pata-hari Escreveu:Qual a fonte do guia que colaste?


Pata-hari, está melhor assim?


POr acaso não, ehhe. Era a citação do inicio, o primeiro post...
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20083
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Guia IRS

por MarketGodzilla » 1/4/2019 12:25

pata-hari Escreveu:
MarketGodzilla Escreveu:
pata-hari Escreveu:Qual a fonte do guia que colaste?


Pata-hari, está melhor assim?


POr acaso não, ehhe. Era a citação do inicio, o primeiro post...


Continuo sem perceber então. Que o imposto é progressivo? A forma de cálculo? Em fiscal na faculdade. Mas encontro facilmente isso com uma pesquisa na net.
 
Mensagens: 671
Registado: 11/1/2012 17:40

Re: Guia IRS

por pata-hari » 1/4/2019 14:05

Não sabia que os dividendos eram declarados pela metade desde que recebidos de países da UE em caso de englobamento. Não sei se isso muda muito as contas porque raramente compensa englobar mas é importante e queria ter a certeza de que é mesmo assim.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20083
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Guia IRS

por pata-hari » 1/4/2019 14:11

Aproveitando a sessão de dúvidas: nas despesas familiares tenho que ter o cuidado de ao longo do ano distribuir por todos os elementos do agregado ou posso pôr tudo apenas no meu NIF? sou eu quem gasto mais dinheiro em casa e quem acumula praticamente todas as despesas familiares.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20083
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: Guia IRS

por OCTAMA » 1/4/2019 14:26

pata-hari Escreveu:Não sabia que os dividendos eram declarados pela metade desde que recebidos de países da UE em caso de englobamento. Não sei se isso muda muito as contas porque raramente compensa englobar mas é importante e queria ter a certeza de que é mesmo assim.


Boa Tarde Pata,

Correto. E aretenção declara-se por inteiro. Por vezes compensa. Há que uma vez mais fazer simulações.

Cps
 
Mensagens: 359
Registado: 19/4/2016 10:08

Re: Guia IRS

por OCTAMA » 1/4/2019 14:33

pata-hari Escreveu:Aproveitando a sessão de dúvidas: nas despesas familiares tenho que ter o cuidado de ao longo do ano distribuir por todos os elementos do agregado ou posso pôr tudo apenas no meu NIF? sou eu quem gasto mais dinheiro em casa e quem acumula praticamente todas as despesas familiares.


Boa Tarde Pata,

É NIF a NIF. Se uma rubrica for ultrapassada no seu limite de dedução, o excesso é desperdiçado......

Claro, que o limite de 250€/cada nas despesas gerais de um casal, se já for atingido por cada um. O excesso não servirá para nada. Mas nada se poderia fazer mais. Agora, se os dois somados atingem por ex 350€, os filhos podem “ajudar” a chegar aos 500€ do casal com despesas gerais próprias....nos seus NIFs.

Cps
 
Mensagens: 359
Registado: 19/4/2016 10:08

Próximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Curioso59, Dmca, fgomes, fjcbolsa, Francisco Miguel, GamesOver, José Costa, lfa, LoneWolf, luísmanso, m-m, MSN [Bot], PXYC, Sacanitajose e 43 visitantes