Portfolio PXYC

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por Thoth » 19/12/2017 11:30

PXYC, existem algumas que me parecem boas (ex. google, facebook, boieng, etc) mas o timing de entrada talvez não seja o melhor. É esperar a melhor altura.
Ferreiranrf, a trigano é das que "nunca cai"...

Cumprimentos e bons negócios
“O que está em cima é como o que está em baixo, e o que está em baixo é como o que está em cima”
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1732
Registado: 29/9/2016 16:38
Localização: Antigo Egito

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por JohnyRobaz » 19/12/2017 12:37

Por acaso neste momento, a nível de acções, apenas tenho nacionais, tanto porque acho que o PSI-20 iniciou este ano o Bull, como pelos mais baixo custos de comissões.

Quanto a mim, detenho neste momento posições nas cotadas:
- BCP (17%)
- Corticeira Amorim (23%)
- Mota-Engil (16%)
- Semapa (23%)
- Sonae Industria (21%)

Cumps
“E assim como sonho, raciocino se quero, porque isso é apenas uma outra espécie de sonho.”, Fernando Pessoa
“Nothing good ever comes of love. What comes of love is always something better” , Roberto Bolaño
"A ciência e o poder do homem coincidem, uma vez que, sendo a causa ignorada, frustra-se o efeito. Pois a natureza não se vence, senão quando se lhe obedece." Francis Bacon
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4241
Registado: 20/8/2014 16:50

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por pcm79 » 19/12/2017 12:51

JohnyRobaz Escreveu:Por acaso neste momento, a nível de acções, apenas tenho nacionais, (...) como pelos mais baixo custos de comissões.


No que diz respeito às comissões, acho difícil haver mais barato do que comprar ações da NYSE na DeGiro.
 
Mensagens: 438
Registado: 24/2/2014 22:44

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por Rcs1972 » 19/12/2017 12:57

PXYC Escreveu:antes de mais, para os mais sensíveis nisto de ortografia, aviso que o meu teclado nao tem todos os caracteres latinos. :wink:
ora entao:

desde 2014 que invisto na bolsa, e, a cada ano, escolho uma nova accao para seguir e investir, conforme as oportunidades de mercado. neste momento tenho em carteira BCP (desisti de investir), REN, EDP e PORTUCEL. prefiro accoes com dividendo e acumular as ditas. consulto a valorizacao quase todos os dias, para agir em caso de situacoes excecionais, mas nao pretendo ter em carteira accoes que exijam atencao constante.

chegados a 2016 pretendo escolher uma nova accao do PSI20 para seguir e investir, e tenho em mente uma destas:
- F RAMADA
- CTT
- CORTICEIRA AMORIM
- SEMAPA
- SONAE GPS
- NOS

tendo em conta o meu perfil, abro a discussao a sugestoes e argumentos para a escolha. claro que no final será a minha decisao. 8-)


Não queres investir fora de Portugal? É que isto é tão pequeno que na realidade tens pouca ou nenhuma diversificação.

Por outro lado, se queres continuar a investir em Portugal, e como isto é tudo correlacionado, calculo que a escolha seja mais ou menos indiferente. :) :)
 
Mensagens: 67
Registado: 23/2/2015 18:37

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por Rcs1972 » 19/12/2017 13:01

PXYC Escreveu:o ano passado, como podem ver pelo histórico, usei esta thread para obter novas sugestoes de investimento.
gostava de insistir na mesma estratégia este ano! 8-)

o meu contexto: sou um investidor de baixo risco, sem objectivos a curto prazo (por isso prefiro accoes estáveis com dividendo). entrei na bolsa há 3 anos para acumular uma % das minhas poupancas num período de 20 anos, com uma rentabilidade jeitosa, e além disso, porque já possuo os tradicionais depósitos a prazo, carteiras de aforro, investimento em imóvel e PPR, este era a última ferramenta apetecível onde diversificar poupancas.
neste momento estou com rentabilidad negativa de -12% ( :wall:), com a seguinte distribuicao:

BCP: -81% (suspenso)
REN: -4%
EDP: -11%
NAVIGATOR: +2%
CORT.AMORIM: +14%

chegados entao ao objectivo desta thread, todos os anos decido entrar numa nova accao, 'a medida que reforco nas existentes conforme o estado/tendencia de cada uma. gostaría muito de consolidar sugestoes dos companheiros aqui do fórum, base ao perfil que descrevi.

tenho algumas candidatas: ALTRI, MEDIA CAPITAL, NOVABASE, CTT e F RAMADA.

desaconselham/aconselham?

(disclaimer: nao escrevi em teclado portugues)


Tendo em conta o teu perfil, compra um ETF de baixo custo no S&P ou no Dow e vai dormir nos próximos 20 anos. Depois acorda e corres o risco de teres uma boa surpresa.

Um investidor de baixo risco não anda metido em Portugal (aliás, nem de baixo risco nem de alto risco: a bolsa portuguesa é para suicidas).
 
Mensagens: 67
Registado: 23/2/2015 18:37

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por JohnyRobaz » 19/12/2017 14:00

pcm79 Escreveu:
JohnyRobaz Escreveu:Por acaso neste momento, a nível de acções, apenas tenho nacionais, (...) como pelos mais baixo custos de comissões.


No que diz respeito às comissões, acho difícil haver mais barato do que comprar ações da NYSE na DeGiro.


Pois, não sei. Na GoBulling as acções portuguesas pagam 5€ na compra e 5€ na venda. As acções americanas, por exemplo a Apple, pagam 14 dólares no mínimo por operação.
“E assim como sonho, raciocino se quero, porque isso é apenas uma outra espécie de sonho.”, Fernando Pessoa
“Nothing good ever comes of love. What comes of love is always something better” , Roberto Bolaño
"A ciência e o poder do homem coincidem, uma vez que, sendo a causa ignorada, frustra-se o efeito. Pois a natureza não se vence, senão quando se lhe obedece." Francis Bacon
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4241
Registado: 20/8/2014 16:50

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por pcm79 » 20/12/2017 12:50

Scana levou uma tareia monumental, é expectável que a reforce em breve (ainda bem que tem pouco peso no portfolio!)
Editado pela última vez por pcm79 em 27/4/2018 10:50, num total de 3 vezes.
 
Mensagens: 438
Registado: 24/2/2014 22:44

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por Ingenting » 20/12/2017 12:59

JohnyRobaz Escreveu:
pcm79 Escreveu:
JohnyRobaz Escreveu:Por acaso neste momento, a nível de acções, apenas tenho nacionais, (...) como pelos mais baixo custos de comissões.


No que diz respeito às comissões, acho difícil haver mais barato do que comprar ações da NYSE na DeGiro.


Pois, não sei. Na GoBulling as acções portuguesas pagam 5€ na compra e 5€ na venda. As acções americanas, por exemplo a Apple, pagam 14 dólares no mínimo por operação.



A DeGiro tem comissões ao preço da uva mijona: 0.50 € + 0.004 USD * númeroDeAcções. 100 acções da Apple: 0.50 €+ 0.40 USD. Por alguma razão escolhi a DeGiro em detrimento da GoBulling; em relação à plataforma, é evidente que a da DeGiro é muitíssimo mais incipiente.

Já agora, JohnyRobaz e outros: vocês, ao construírem a vossa carteira, calculam a covariância, entre outras coisas? Ou limitam-se a uma análise fundamental e/ou técnica?
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 394
Registado: 11/4/2017 23:13

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por JohnyRobaz » 20/12/2017 13:14

Ingenting Escreveu:
A DeGiro tem comissões ao preço da uva mijona: 0.50 € + 0.004 USD * númeroDeAcções. 100 acções da Apple: 0.50 €+ 0.40 USD. Por alguma razão escolhi a DeGiro em detrimento da GoBulling; em relação à plataforma, é evidente que a da DeGiro é muitíssimo mais incipiente.

Já agora, JohnyRobaz e outros: vocês, ao construírem a vossa carteira, calculam a covariância, entre outras coisas? Ou limitam-se a uma análise fundamental e/ou técnica?


Eu tenho duas carteiras, em que numa, destinada a acções onde não faço propriamente uma gestão analítica da carteira, tento equilibrar "a olho" os ovos na cesta, com base na volatilidade/confiança que tenho na acção.
A outra carteira, destinada a trading com base em alavancagem e onde utilizo um sistema de trading "automático" para CFD de S&P500, Ouro e EURUSD, aí sim utilizo a matriz de covariância e rácios como o Sortino e o Sharpe, entre outros, para ir avaliando a sua performance e reduzir/aumentar a exposição aos vários produtos. A ver se agora no final do primeiro ano de utilização deste sistema, caso tenha tempo, crio um tópico onde apresento mais ou menos o que considerei, os resultados e estes rácios obtidos.

Cumps
“E assim como sonho, raciocino se quero, porque isso é apenas uma outra espécie de sonho.”, Fernando Pessoa
“Nothing good ever comes of love. What comes of love is always something better” , Roberto Bolaño
"A ciência e o poder do homem coincidem, uma vez que, sendo a causa ignorada, frustra-se o efeito. Pois a natureza não se vence, senão quando se lhe obedece." Francis Bacon
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4241
Registado: 20/8/2014 16:50

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por Ingenting » 20/12/2017 13:17

JohnyRobaz Escreveu:
Ingenting Escreveu:
A DeGiro tem comissões ao preço da uva mijona: 0.50 € + 0.004 USD * númeroDeAcções. 100 acções da Apple: 0.50 €+ 0.40 USD. Por alguma razão escolhi a DeGiro em detrimento da GoBulling; em relação à plataforma, é evidente que a da DeGiro é muitíssimo mais incipiente.

Já agora, JohnyRobaz e outros: vocês, ao construírem a vossa carteira, calculam a covariância, entre outras coisas? Ou limitam-se a uma análise fundamental e/ou técnica?


Eu tenho duas carteiras, em que numa, destinada a acções onde não faço propriamente uma gestão analítica da carteira, tento equilibrar "a olho" os ovos na cesta, com base na volatilidade/confiança que tenho na acção.
A outra carteira, destinada a trading com base em alavancagem e onde utilizo um sistema de trading "automático" para CFD de S&P500, Ouro e EURUSD, aí sim utilizo a matriz de covariância e rácios como o Sortino e o Sharpe, entre outros, para ir avaliando a sua performance e reduzir/aumentar a exposição aos vários produtos. A ver se agora no final do primeiro ano de utilização deste sistema, caso tenha tempo, crio um tópico onde apresento mais ou menos o que considerei, os resultados e estes rácios obtidos.

Cumps


Onde é que corres o teu sistema de trading automático? Já tive para me meter nisso, mas nem sei bem que plataforma ou linguagem deva usar.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 394
Registado: 11/4/2017 23:13

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por JohnyRobaz » 20/12/2017 14:11

Ingenting Escreveu:
JohnyRobaz Escreveu:
Ingenting Escreveu:
A DeGiro tem comissões ao preço da uva mijona: 0.50 € + 0.004 USD * númeroDeAcções. 100 acções da Apple: 0.50 €+ 0.40 USD. Por alguma razão escolhi a DeGiro em detrimento da GoBulling; em relação à plataforma, é evidente que a da DeGiro é muitíssimo mais incipiente.

Já agora, JohnyRobaz e outros: vocês, ao construírem a vossa carteira, calculam a covariância, entre outras coisas? Ou limitam-se a uma análise fundamental e/ou técnica?


Eu tenho duas carteiras, em que numa, destinada a acções onde não faço propriamente uma gestão analítica da carteira, tento equilibrar "a olho" os ovos na cesta, com base na volatilidade/confiança que tenho na acção.
A outra carteira, destinada a trading com base em alavancagem e onde utilizo um sistema de trading "automático" para CFD de S&P500, Ouro e EURUSD, aí sim utilizo a matriz de covariância e rácios como o Sortino e o Sharpe, entre outros, para ir avaliando a sua performance e reduzir/aumentar a exposição aos vários produtos. A ver se agora no final do primeiro ano de utilização deste sistema, caso tenha tempo, crio um tópico onde apresento mais ou menos o que considerei, os resultados e estes rácios obtidos.

Cumps


Onde é que corres o teu sistema de trading automático? Já tive para me meter nisso, mas nem sei bem que plataforma ou linguagem deva usar.


Utilizei mal a palavra. O sistema é mecânico, mas sou eu que dou as ordens manualmente. Programei o sistema no Pro Real Time e vejo as ordens dadas pelo sistema diariamente, executando ou não o que ele ordena. A linguagem é bastante acessível e têm templates.
“E assim como sonho, raciocino se quero, porque isso é apenas uma outra espécie de sonho.”, Fernando Pessoa
“Nothing good ever comes of love. What comes of love is always something better” , Roberto Bolaño
"A ciência e o poder do homem coincidem, uma vez que, sendo a causa ignorada, frustra-se o efeito. Pois a natureza não se vence, senão quando se lhe obedece." Francis Bacon
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4241
Registado: 20/8/2014 16:50

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por Ingenting » 20/12/2017 16:09

JohnyRobaz Escreveu:Utilizei mal a palavra. O sistema é mecânico, mas sou eu que dou as ordens manualmente. Programei o sistema no Pro Real Time e vejo as ordens dadas pelo sistema diariamente, executando ou não o que ele ordena. A linguagem é bastante acessível e têm templates.


Estive agora a ver a página deles. O programa custa cerca de 30€/mês. É a versão que usas ou a profissional?
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 394
Registado: 11/4/2017 23:13

Re: Sugestao Diversificacao de Carteira

por PXYC » 29/12/2017 21:35

gostaria a opiniao do fórum dos seguintes titulos:

NOVABASE SGPS
F RAMADA [2017-01-02 update: opcao eliminada porque accao está muito cara]
GALP
JER. MARTINS
SANTANDER

se pudessem escolher apenas um para investimento em longo prazo, qual escolheriam? e pela negativo, de qual ficariam longe?
 
Mensagens: 94
Registado: 13/10/2014 16:44

Re: Portfolio PXYC

por PXYC » 25/4/2018 20:26

Para seguir o exemplo do mercado, e para meu próprio controlo, deixo aqui uma reflexao sobre os resultados da Carteira PXYC no 1T 2018.

1. Objectivos:

O facto de ter comecado a carteira em 2014 e ter definido objectivos pela primeira vez em 4T 2017 revela a minha imaturidade... :? , isto aconteceu porque literalmente não percebo muito de bolsa e porque os montantes baixos de investimento não me tiravam o sono.

Chegados ao final do 1T 2018, redefino os meus Objectivos de Curto Prazo:
    - Atingir 8% valorizacao em 2019;
    - Iniciar negocaciacoes noutras bolsas fora de Portugal em 2019.
O Objectivo de Longo Prazo mantém-se: ter em 2040 uma carteira com valorizacao mínima de 30% e valor mínimo de 300.000 euros - tenho uma dúvida relacionada a isto no final deste texto.

2. Evolucao/Analise:

A imagem indica o valor actual e a evolucao de valorizacao da minha carteira:
Imagem

Neste 1T 2018 fiz compras no valor de 716 euros (incluindo comissoes), os quais valem agora 715 euros.., e nao vendi nada. É caso para dizer que as transaccoes efectuadas nao aqueceram nem arrefeceram a % de valorizacao. De resto, a Navigator (pela yield), a Ren (pela yield) e o BCP (pelo potencial) sao as accoes onde prioritariamente penso continuar a investir em 2018.
Numa perspectiva YoY, o que aqueceu verdadeiramente foi a Navigator! :clap: , a qual sendo a accao com maior peso na minha carteira, duplicou num ano a sua valorizacao, e também vi melhorar os resultados na EDP e no BCP.

Imagem

Para atingir a valorizacao desejada de 8% em 2019, aposto nos resultados do BCP como principal força de valorizacao, e na estabilidade das restantes cotaçoes (os CTT estao a puxar para baixo, mas de qualquer forma nao teem muito peso no valor total da carteira, e dependendo das analises fundamentais que saiam e do sentimento de se estamos ou nao a atingir o valor mínimo, poderarei fazer novas compras para equilibrar o meu preco de custo médio nesta accao).
Também penso entrar na Novabase a longo prazo (pela yield).


3. Dúvidas:
Tenho agora as seguintes dúvidas... qualquer informacao ou opiniao vossa será muito útil, este fórum é a principal fonte de informacao para mim desde 2014.

    - Eu queria definir uma ordem stop loss no valor de 4.20 para a Navigator, mas segundo entendi, se uma só pessoa der uma ordem de venda por 4.19 agora (por engano ou por má fé) e essa for efectivada, isso pode fazer triggar inesperadamente a minha ordem de venda stop loss e eu posso perder as accoes a um valor inferior ao mercado, certo? Existe alguma forma de prevenir estas situacoes? Porque os meus objectivos sao de longo prazo, nao quero vender as accoes a nao ser que seja uma tendencia descendente verdadeira.

    - Eu tinha definido como meta de longo prazo uma valorizacao de 30% a 20 anos, mas, se em 5 anos, estou a apontar para os 10%, parece-me que os 30% sao muito pouco ambiciosos. Quais as vossas % de rendibilidade para uma carteira num prazo de 20 anos? alguém tem alguma informacao a respeito? - eu sei que isto depende de muitos factores de contexto económico/politico e arte de saber fazer boas compras, mas, o que queria saber era se existe alguma expectativa média..

    - Alguém dá algum bitaite fundamentado de quando é que o BCP poderá estar em condicoes de voltar a pagar dividendos? Porque se já levantaram restricoes aos ordenados dos administradors, isso significa que os accionistas também podem comecar a pensar em receber algum em 2019? 2020? O que acham?
Editado pela última vez por PXYC em 10/3/2019 21:57, num total de 2 vezes.
 
Mensagens: 94
Registado: 13/10/2014 16:44

Re: Portfolio PXYC

por SFT » 26/4/2018 0:38

PXYC, antes de mais parabéns pelos resultados.

Tenho algumas questões para contrapor às tuas dúvidas (sobretudo a nível operacional):

PXYC Escreveu:3. Dúvidas:
Tenho agora as seguintes dúvidas... qualquer informacao ou opiniao vossa será muito útil, este fórum é a principal fonte de informacao para mim desde 2014.

    - Eu queria definir uma ordem stop loss no valor de 4.20 para a Navigator, mas segundo entendi, se uma só pessoa der uma ordem de venda por 4.19 agora (por engano ou por má fé) e essa for efectivada, isso pode fazer triggar inesperadamente a minha ordem de venda stop loss e eu posso perder as accoes a um valor inferior ao mercado, certo? Existe alguma forma de prevenir estas situacoes? Porque os meus objectivos sao de longo prazo, nao quero vender as accoes a nao ser que seja uma tendencia descendente verdadeira.


Se os teus objectivos são de longo prazo porque queres definir um stop loss? Doutra forma, quem investe no longo prazo tende a não querer saber das flutuações do mercado já que investidor tende a reforçar o valor em vez do preço.

Se verificares uma tendência descendente verdadeira, saltas logo. Não precisas de stop loss. Ou então crias um quando o preço estiver a rondar o alvo que tinhas definido.

Acho que não há forma de prevenir o que apresentas.

PXYC Escreveu:- Eu tinha definido como meta de longo prazo uma valorizacao de 30% a 20 anos, mas, se em 5 anos, estou a apontar para os 10%, parece-me que os 30% sao muito pouco ambiciosos. Quais as vossas % de rendibilidade para uma carteira num prazo de 20 anos? alguém tem alguma informacao a respeito? - eu sei que isto depende de muitos factores de contexto económico/politico e arte de saber fazer boas compras, mas, o que queria saber era se existe alguma expectativa média..


Ambição todos temos.

O teu operacional permite.te rendibilidades maiores? Se sim, usa.o. Se não, tens de alterá.lo. Podes comparar a tua performance com a de outros, mas os mercados de há 20 anos para cá não são os mesmos de hoje até daqui a 20 anos.

Os resultados que obtemos é uma questão de operacional, independentemente do feitio do mercado.

Se tiveres interessado em operacionais de médio/longo prazo vê estes livros (são livros de Análise Técnica, para AF não te consigo ajudar):
. Stan Weinstein - Stan-Weinstein's SecretsProfiting Markets
. Michael Covel - Trendfollowing (este tem muito blá blá, pelo menos a edição que li, mas elucida um pouco da forma como alguns players se posicionam no mercado)

PXYC Escreveu:- Alguém dá algum bitaite fundamentado de quando é que o BCP poderá estar em condicoes de voltar a pagar dividendos? Porque se já levantaram restricoes aos ordenados dos administradors, isso significa que os accionistas também podem comecar a pensar em receber algum em 2019? 2020? O que acham?


Não te consigo responder a isto. Não sigo o BCP e parece.me que é futurologia, por enquanto.

Abc.
Quando a esmola é muita, o pobre desconfia.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1245
Registado: 20/5/2014 19:02

Re: Portfolio PXYC

por Ingenting » 26/4/2018 7:49

PXYC Escreveu:
- Eu tinha definido como meta de longo prazo uma valorizacao de 30% a 20 anos, mas, se em 5 anos, estou a apontar para os 10%, parece-me que os 30% sao muito pouco ambiciosos. Quais as vossas % de rendibilidade para uma carteira num prazo de 20 anos? alguém tem alguma informacao a respeito? - eu sei que isto depende de muitos factores de contexto económico/politico e arte de saber fazer boas compras, mas, o que queria saber era se existe alguma expectativa média..

Uma valorização de 30% ao final de 20 anos representa um ganho médio de pouco mais de 1.32% ao ano. Não me parece nada interesse, dado que há sempre risco associado ao investimento em acções e produtos derivados.

Falar-se em expectativa média é uma redundância: o valor expectável, o valor esperado, a esperança matemática e a média são sinónimos. Quando invisto/especulo no mercado de acções tenho apenas expectativas de que terei lucros, ao final do ano, de 15% a 20% (antes de impostos), caso contrário não vale a pena o tempo empregue nem as chatices. A verdade é que não tenho empregue um valor muito generoso e, nesse sentido, é mais fácil atingir tais metas (posso entrar e sair em acções com menos liquidez com mais facilidade). Não ando sempre a mexer na carteira mas, sempre que surge uma oportunidade, entro, nem que seja para fazer day trading. Ando nisto desde o início de 2017 e, portanto, não sou a pessoa mais indicada para estar aqui a dar palpites. Contudo, é mais fácil ganhar do que se pensa (e muitíssimo mais fácil perder-se dinheiro).
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 394
Registado: 11/4/2017 23:13

Re: Portfolio PXYC

por PXYC » 26/4/2018 20:28

SFT Escreveu:
PXYC Escreveu:3. Dúvidas:
Tenho agora as seguintes dúvidas... qualquer informacao ou opiniao vossa será muito útil, este fórum é a principal fonte de informacao para mim desde 2014.

[list]- Eu queria definir uma ordem stop loss no valor de 4.20 para a Navigator, mas segundo entendi, se uma só pessoa der uma ordem de venda por 4.19 agora (por engano ou por má fé) e essa for efectivada, isso pode fazer triggar inesperadamente a minha ordem de venda stop loss e eu posso perder as accoes a um valor inferior ao mercado, certo? Existe alguma forma de prevenir estas situacoes? Porque os meus objectivos sao de longo prazo, nao quero vender as accoes a nao ser que seja uma tendencia descendente verdadeira.


Se os teus objectivos são de longo prazo porque queres definir um stop loss? Doutra forma, quem investe no longo prazo tende a não querer saber das flutuações do mercado já que investidor tende a reforçar o valor em vez do preço.

Se verificares uma tendência descendente verdadeira, saltas logo. Não precisas de stop loss. Ou então crias um quando o preço estiver a rondar o alvo que tinhas definido.

Acho que não há forma de prevenir o que apresentas.


Com os argumentos que apresentas, realmente nao faz sentido... efectivamente eu vejo as cotacoes 2 a 3x por semana. Como já li tantas referencias aos stop losses, pensei que fosse uma coisa que se deveria fazer sempre.
 
Mensagens: 94
Registado: 13/10/2014 16:44

Re: Portfolio PXYC

por PXYC » 26/4/2018 20:43

Ingenting Escreveu:
PXYC Escreveu:PXYC Escreveu:
- Eu tinha definido como meta de longo prazo uma valorizacao de 30% a 20 anos, mas, se em 5 anos, estou a apontar para os 10%, parece-me que os 30% sao muito pouco ambiciosos. Quais as vossas % de rendibilidade para uma carteira num prazo de 20 anos? alguém tem alguma informacao a respeito? - eu sei que isto depende de muitos factores de contexto económico/politico e arte de saber fazer boas compras, mas, o que queria saber era se existe alguma expectativa média..


Uma valorização de 30% ao final de 20 anos representa um ganho médio de pouco mais de 1.32% ao ano. Não me parece nada interesse, dado que há sempre risco associado ao investimento em acções e produtos derivados.

Falar-se em expectativa média é uma redundância: o valor expectável, o valor esperado, a esperança matemática e a média são sinónimos. Quando invisto/especulo no mercado de acções tenho apenas expectativas de que terei lucros, ao final do ano, de 15% a 20% (antes de impostos), caso contrário não vale a pena o tempo empregue nem as chatices. A verdade é que não tenho empregue um valor muito generoso e, nesse sentido, é mais fácil atingir tais metas (posso entrar e sair em acções com menos liquidez com mais facilidade). Não ando sempre a mexer na carteira mas, sempre que surge uma oportunidade, entro, nem que seja para fazer day trading. Ando nisto desde o início de 2017 e, portanto, não sou a pessoa mais indicada para estar aqui a dar palpites. Contudo, é mais fácil ganhar do que se pensa (e muitíssimo mais fácil perder-se dinheiro).


right... matemática básica. :oh:
na realidade, eu tive uma valorizacao de 3% desde 1T 2017, isso significa que mantivesse uma valorizacao constante, daqui a 20 anos teria uma valorizacao de 60%.. bolas, estou muito longe dos teus 15% anuais (valorizacao de 300% em 20 anos)!
 
Mensagens: 94
Registado: 13/10/2014 16:44

Re: Portfolio PXYC

por Ingenting » 27/4/2018 1:47

PXYC Escreveu:
Ingenting Escreveu:
PXYC Escreveu:PXYC Escreveu:
- Eu tinha definido como meta de longo prazo uma valorizacao de 30% a 20 anos, mas, se em 5 anos, estou a apontar para os 10%, parece-me que os 30% sao muito pouco ambiciosos. Quais as vossas % de rendibilidade para uma carteira num prazo de 20 anos? alguém tem alguma informacao a respeito? - eu sei que isto depende de muitos factores de contexto económico/politico e arte de saber fazer boas compras, mas, o que queria saber era se existe alguma expectativa média..


Uma valorização de 30% ao final de 20 anos representa um ganho médio de pouco mais de 1.32% ao ano. Não me parece nada interesse, dado que há sempre risco associado ao investimento em acções e produtos derivados.

Falar-se em expectativa média é uma redundância: o valor expectável, o valor esperado, a esperança matemática e a média são sinónimos. Quando invisto/especulo no mercado de acções tenho apenas expectativas de que terei lucros, ao final do ano, de 15% a 20% (antes de impostos), caso contrário não vale a pena o tempo empregue nem as chatices. A verdade é que não tenho empregue um valor muito generoso e, nesse sentido, é mais fácil atingir tais metas (posso entrar e sair em acções com menos liquidez com mais facilidade). Não ando sempre a mexer na carteira mas, sempre que surge uma oportunidade, entro, nem que seja para fazer day trading. Ando nisto desde o início de 2017 e, portanto, não sou a pessoa mais indicada para estar aqui a dar palpites. Contudo, é mais fácil ganhar do que se pensa (e muitíssimo mais fácil perder-se dinheiro).


right... matemática básica. :oh:
na realidade, eu tive uma valorizacao de 3% desde 1T 2017, isso significa que mantivesse uma valorizacao constante, daqui a 20 anos teria uma valorizacao de 60%.. bolas, estou muito longe dos teus 15% anuais (valorizacao de 300% em 20 anos)!


Na realidade 15% ao ano significaria cerca de 1537% (aplicação da expressão dos juros compostos). Creio que me interpretaste mal: eu não disse que terei uma valorização, todos os anos, de 15% a 20%. O que afirmo é que pretendo ter à volta disso, caso contrário, para mim, o esforço diário de andar a estudar acções, criar modelos e perder tempo com relatórios (por exemplo de empresas de Biotecnologia) não compensa. Não há quaisquer garantias que todos os anos serão tão interessantes quão o primeiro (e cuja valorização foi bem melhor que esse valor; mas também é verdade que especulei bastante em criptodivisas e quejandos).

Já agora, os teus 3% trimestrais corresponderiam a cerca de 964% em 20 anos. A expressão é a seguinte: 1.03^(4*20)-1. No final do ano: 1.03^4-1=12.55%. Portanto, não estás longe das minhas expectativas.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 394
Registado: 11/4/2017 23:13

Re: Portfolio PXYC

por PXYC » 19/10/2018 17:32

Para seguir o exemplo do mercado, e para meu próprio controlo, deixo aqui uma reflexão sobre os resultados da Carteira PXYC no 2T e 3T 2018.

1. Evolução/Analise:

Imagem

Neste 2T 2018 e 3T 2018:

    - Fiz compras no valor de 1268 euros (incluindo comissões), os quais valem hoje 1133 euros. Obtive portanto um rendimento negativo de -12% com os meus investimentos mais recentes.

    - Nao vendi nenhuma posição.

    - Obtive dividendos no valor de 306 euros em 2018, isto representa um retorno líquido de 3.6% em dividendos. \:D/

Imagem

    - Comparativamente com o 3T 2017 (YoY), a minha carteira desvalorizou-se 1.2%, tendo obtido as maiores desvalorizações na Corticeira Amorim e Navigator. Isto explica-se porque tenho reforçado a minha posição nestas acções agora em Bull Market, o que dilui a rendibilidade adquirida anteriormente em Bear, e tb pelas desvalorizações sofridas nestas accões nos últimos meses.

    - A minha principal dúvida actual é: Devo vender as minha posições na Navigator e/ou Corticeira? Eu tenho resistencia a vender posições porque estou nisto pelos dividendos, o que me leva a excluir vender na Navigator, mas mantenho a dúvida na Corticeira que nao paga quase nada em dividendos.. Qual a opiniao dos companheiros de f´órum para a evolução projectada da Corticeira?


2. Objectivos:
[actualizados desde 1T 2018]:

    - Atingir 21% valorização em 2019: estou actualmente com 5% de valorizacao e obviamente nao vou conseguir recuperar 15% até inicio de 2019, pelo que este objectivo é um BIG FAIL! :wall: O principal motor de valorizacao que tinha projectado para atingir esta meta era com o BCP, mas com isto de Italia já tirei o cavalinho da chuva :roll: , independentemente dos bons resultados que possa apresentar;

    - Iniciar negocaciações noutras bolsas fora de Portugal em 2019: tenho alguma relutancia com este objectivo porque o meu drive sao os dividendos, e a questao de gerir os impostos de rendimentos no estrangeiro para nao ser duplamente tributado por estes mesmos dividendos parece-me uma chatice... gostaria de ler o que teem os utilizadores do Fórum a dizer sobre se vale a pena investir no estrangeiro quando o drive sao os dividendos.. acresce que eu nao sou residente fiscal em Portugal mas a minha correctora é um banco portugues (nao sei se isso apresenta alguma vantagem!).

    - Atingir em 2040 uma carteira com valorizacão mínima de 130% e valor mínimo de 300.000 euros: ainda nao implementei nenhum mecanismo de controlo para este objectivo.
Editado pela última vez por PXYC em 1/3/2019 15:47, num total de 1 vez.
 
Mensagens: 94
Registado: 13/10/2014 16:44

Re: Portfolio PXYC

por PXYC » 1/2/2019 21:53

Segue um exercício para estimar a projecção da carteira PXYC até 2040. Ora, sabendo que isto é uma carteira "buy and hold" com preferencia por acções que distribuem dividendos, usei os seguintes critérios:

PARAMETRO_1: DY líquido médio anual
considerei que obtenho um DY líquido médio anual de 4% (ou seja, se em 2020 compro 10 acções por 10€ cada, então: em 2040 terei ganho 80€ em dividendos ---> 4% ao ano por 20 anos dá 80% sobre o valor inicial);
PARAMETRO_2: valorização média anual do valor de acção
considerei que as minhas acções teem uma valorização anual média de 2%;
PARAMETRO_3: incrementador % do valor investido anual
sendo que todos os dividendos sao reinvestidos, já tenho 4% garantidos (PARAMETRO_1), mas, além disso, vou incrementar 2% pelos meus própios meios, pelo que isto dá-me um incrementador de 6% (ou seja, se em 2020 invisto 100€, em 2021 investiria 106€, em 2022 investiria 112€; etc..)

finalmente, implementei esta lógica num excel que recebe estes parametros, e considerando que actualmente disponho de 190€/mês como capital disponivel para investir, obtive o seguinte resultado:

Imagem

CONCLUSÕES:
    - os valores a verde para 2015-2018 sao reais, ou seja, aplicando a minha própria lógica, já deveria ter 10 mil euros, mas na realidade terminei o ano de 2018 com 8 mil euros - lol.. em 4 anos de carteira já tenho menos 2 mil euros em relação aquilo que esperaria ter. :wall: :cry:

    - admitindo de que num futuro a realidade se aproxima ao esperado, e que os meus cálculos estao correctos, e fazem sentido, então em 2040 eu teria 174 mil euros para um investimento próprio de 62 mil euros. isto representa uma valorizacao de 150% em 25 anos, certo?
    ou seja... para um investimento próprio de 62 mil euros distribuido ao longo de 25 anos, receberia um total de 45 mil euros em dividendos (soma da coluna 'Dividendos Anual')... o que reinvestidos e somados aos 62 mil perfaz os 108 mil euros da coluna "Valor Acumulado Investido", e sobre isto tenho uma valorizacão que me leva aos 174 mil euros apresentados.

e agora a pergunta pertinente: isto faz algum sentido? acham que triplicar o investimento em 25 anos é muito ou pouco?

o meu objectivo é entender se devo continuar na bolsa tendo em conta as minhas capacidades e conhecimentos.. comparando aquilo que em bom senso faz sentido esperar ganhar com aquilo que realmente ganho.. ou, no meu caso, perco.
tive mais valorizacao num T1 ranhoso que comprei em Lisboa do que nisto da bolsa, por isso, ando um bocado desiludido. só me restam 25 anos para ser muito rico! :lol:
Editado pela última vez por PXYC em 1/3/2019 16:07, num total de 5 vezes.
 
Mensagens: 94
Registado: 13/10/2014 16:44

Re: Portfolio PXYC

por Zuckerman » 1/2/2019 22:09

Os livros de investimentos em bolsa referem que o retorno em ações foi de 9,6% ao ano. Se esses valores têm algum quê de verdade, ao longo de 25 anos terias de ter um retorno de 240%, o que tornaria as tuas previsões um pouco abaixo da média.
 
Mensagens: 31
Registado: 7/12/2013 20:17

Re: Portfolio PXYC

por GamesOver » 2/2/2019 15:22

Boas,
É bom ver outra carteira por aqui.
O meu objetivo é semelhante, títulos preferencialmente de dividendos mas com entradas e saídas, nada de comprar e ficar com elas prá vida.
Calcular rentabilidades da carteira é a minha lacuna, vai tudo muito certinho até fazer entradas ou saídas de capital, fico-me pelo básico que sou.

Dado teres feito projeções e não as teres atingido, consegues aferir se foi nos dividendos ou nas variações da cotação que falhastes? ou andas a falhar nos reforços?
Como estás abaixo do projetado, se calhar, como eu, achamos que a variável de ganhos anuais seria alcançável, ou baixamos a fasquia, ou então, melhorar a procura de ativos de forma a alcançar/superar as variáveis da formula.
É trabalhar mais na análise das empresas, é arriscar em títulos mais especulativos ou então, achar que as coisas correram mal por momentos e aguardar a normal caminhada antes idealizada (a ideia básica de quem não quer se esforçar).

Boa sorte na tua carteira.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 161
Registado: 17/8/2018 16:19

Re: Portfolio PXYC

por PXYC » 26/2/2019 22:41

demorei algum tempo a reanalisar os dados, mas não queria deixar os vossos comentários sem resposta.

deixo aqui a visão de retorno por cada ano investido, pelos dois criterios que apresentei anteriormente. obs: a coluna "valorização" indica somente valorização de cotação, nao tem incorporado o retorno de yield.
Imagem


Zuckerman Escreveu:Os livros de investimentos em bolsa referem que o retorno em ações foi de 9,6% ao ano. Se esses valores têm algum quê de verdade, ao longo de 25 anos terias de ter um retorno de 240%, o que tornaria as tuas previsões um pouco abaixo da média.

eu espero "apenas" um retorno anual de 6% ao ano (2% no valor de cotacão + 4% yield). para referencia: O PSI Geral teve um retorno médio anual de 6,5% ao ano, enquanto que o PSI 20 subiu apenas 2% ao ano.

GamesOver Escreveu:Dado teres feito projeções e não as teres atingido, consegues aferir se foi nos dividendos ou nas variações da cotação que falhaste?

como podes ver pela imagem que pus agora:
- na yield mais ou menos estou a conseguir obter o retorno esperado.
- na valorização de cotação estou bem abaixo do esperado, de facto estou negativo. apenas em 2016 as ações compradas estavam em média mais baixas que o seu preço actual. tenho aí maus investimentos no BCP e CTT, bons investimentos na Navigator e Corticeira Amorim, depois na REN, EDP e NOVABASE não tenho ganhos nem perdas expressivas (o valor destas cotações tem lateralizado para baixo mas a yield vai compensando). ainda nao fiz nenhum investimento em 2019 e estou a avaliar como distribuir o meu budget para novo investimento, mas não vejo nenhuma oportunidade para estas 5 ações que tenho em carteira, na verdade a única forma que vejo para obter ganhos segundo o padrão analisado é manter o cash e ir 'as compras na semana de pagamento de dividendos quando habitualmente os preços caem. :roll:
 
Mensagens: 94
Registado: 13/10/2014 16:44

Re: Portfolio PXYC

por PXYC » 13/5/2019 22:09

Actualizo com nova reflexão sobre a evolução da (minha) Carteira PXYC com foco no 4T 2018 e 1T 2019.

Imagem

Alguns dados e reflexões para este período:

    - Investi 730€ no 4T 2018 para reforçar no BCP + EDP + Navigator, e decidi também adicionar a NOVABASE 'a minha carteira.

    - No 1T 2019 nao comprei nada porque implementei pela primeira vez uma regra de comprar apenas quando "preço é inferior a X" (isto faz parte de um grupo de melhorias que me propus implementar, mas honestamente não tenho ainda um algoritmo muito preciso para calcular este valor.. o próximo objectivo é estudar a ciência do "preço certo").

    - Em 2019, e seguindo o meu plano de investimento, aumentei o montante mensal de investimento de 180€ para 190€. Em conjunção com o ponto anterior acumulei cash que gastei finalmente neste 2T 2019, mas isso fica para um próximo post quando fizer o fecho do 2T.

    - Não vendi nenhuma posição. Isto é o meu maior conflito, .. :oh: sendo que o meu investimento é de longo prazo, uma possível estratégia para aumentar o retorno seria vender em máximos de cotação para voltar a comprar quando baixasse, mas nunca pensei muito como implementar isto. Curiosamente no meu post de 2018-10-19 questionava-me se nao deveria vender a Navigator e Corticeira Amorim, as quais valiam nessa data 4.22€ e 9.81€ respectivamente, a Corticeira recuperou o seu valor nos meses seguintes pelo que até foi boa "indecisão" não vender, e a Navigator poderia ter recomprado a 3.55€ em Dezembro e aumentar a minha carteira em 94 acções a preço 0€ só com essa jogada.. bom, mas é por isto que gosto de escrever estas reflexões, obriga-me a quantificar as perdas de uma má estratégia. Mais recentemente, a EDP foi outra oportunidade perdida que eu sabia que ia descer quando fosse confirmado o fracasso da OPA, poderia ter vendido em Fevereiro e recomprar em Junho já sem efeito OPA e sem efeito dividendo.

    - A rentabilidade da carteira está nuns míseros +4% (total return), enquanto que há 1 ano atrás estava em +7%. Isto é um péssimo resultado e nem sequer antecipo que melhore este ano, dado que pelo histórico que já tenho registrado, o retorno está quase sempre nos dividendos, e pelo contrário o valor da acção nunca sobe :wall: :cry: O único ponto positivo que vejo agora que estou exposto a um maior número de acções é que algumas sobem e outras descem, então o retorno total acaba por laterizar.., e também posso decidir os melhores momentos para investir ora numa ora noutra, isto em comparação com os primeiros anos de investimento onde tudo baixava e quanto mais investia nas mesmas acções mais baixava.

    - Na secção "Retorno por Ano" comecei a registrar o retorno total de cada ano investido para ver a evolução do seu valor e o peso dos dividendos acumulados nesta evolução (pequenas fotografias de cada trimestre, como lhe chamei na imagem, e com isto espero começar a ver o resultado do efeito compounding).

    - Em 2019 estou a pensar adicionar a JER.MARTINS 'a minha carteira porque atraem-me empresas portuguesas com expansão internacional e esta empresa continua com objectivos expansionistas (novos projectos) ao mesmo tempo que também paga dividendo e tem um histórico positivo de valorização.

    - O meu feeling geral para 2019 é que nenhuma das acções que tenho em carteira tem muito potencial de crescimento, pelo contrario, vejo EDP e CTT a descer, BCP a subir (será mesmo?), e as restantes a laterizar ou castigadas pela guerra comercial pese a bons fundamentais. Seguem alguns fatores positivos e negativos que vejo em cada acção:
      1 NAVIGATOR
        [positivo] dividendo atractivo e estável, P/E atractivo, dívida reduzida, evolução crescente de resultados, mercado favorável (muitos productos de plástico a serem substituidos por papel..). Em 2019 esta vai continuar a ser a minha acção preferida e 'a qual assigno mais capital para investir.
      2 NOVABASE
        [positivo] dividendo atractivo, dinheiro em caixa e "cheiro" a dividendo extraordinário por causa do dinheiro em caixa, dívida reduzida.
        [negativo] não se verifica crescimento de resultados nos últimos anos, concorrencia feroz
      3 CORT.AMORIM
        [positivo] evolução crescente de resultados, dívida reduzida
        [negativo] P/E alto, embora a dívida seja reduzida comparada com o EBITDA também é verdade que aumentou muito no ano passado por isso é preciso estar atento
      4 BCP
        [positivo] P/E atractivo, evolução crescente de resultados (desde 2017), redução progressiva de imparidades
        [negativo] racio NPE/CreditoTotal alto, contribuições para o fundo "Novo Banco+BNP+BANIF", taxas de juro desfavoráveis
      5 CTT
        [positivo] nao tem dívida, tem (ainda) dinheiro em caixa, possibilidade turnover Banco CTT
        [negativo] resultados cada vez piores ano após ano, histórico dividend payout ratio superior a 100%, cada vez se necesita menos do servico core dos CTT, investimentos com pouco retorno, má gestao, sector muito politizado
      6 REN
        [positivo] dividendo atractivo e estável, P/E atractivo, possibilidade crescimento com novas políticas ibéricas/europeias de distribuição de energia
        [negativo] dívida elevada, apesar do recente aumento capital e aumento de dívida eu continuo sem perceber onde é que o investimento de 168M na ElectroGás fez aumentar os resultados recorrentes :-k
      7 EDP
        [positivo] a energia renovável é sexy, a especulação funciona quase sempre a favor
        [negativo] P/E elevado, dívida alta, diminuição de resultados YoY, dividend payout ratio superior a 100%, sector muito politizado, risco de OPA


Bom, e é isto, desta reflexão retenho então dois objectivos para os próximos meses:
(1) estudar a ciência do preco certo;
(2) pensar pelo menos 1x por mes se existe alguma oportunidade de vender para recomprar mais baixo e implementar uma estratégia.

Espero que possam dar os vossos comentários, seguramente nem tudo o que escrevi é o mais certo, até pelo resultado que tenho de apenas +4% de retorno para uma carteira que iniciou em 2014. :lol:
Editado pela última vez por PXYC em 13/5/2019 23:18, num total de 1 vez.
 
Mensagens: 94
Registado: 13/10/2014 16:44

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: aguiaa, Bing [Bot], Daniel@Machado, Google [Bot], LoneWolf, macau5m, nabo Zé, nsd, ppralha, rg7803, Xadrezinho e 27 visitantes
cron