BREXIT - O Referendo britânico.

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Raposo Tavares » 28/6/2016 18:01



Um abraço,
Raposo Tavares
"Se um homem tiver realmente muita fé, pode dar-se ao luxo de ser céptico."
in: Citações e Pensamentos, Friedrich Nietzsche
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3525
Registado: 4/12/2013 19:13

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por w00zy » 28/6/2016 18:21

Obrigado Raposo Tavares.

Não consigo parar de rir :lol:
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 241
Registado: 28/4/2014 12:59

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por MarketGodzilla » 28/6/2016 18:22

O que ele(John Oliver) mais foca é o Cameron! Para mim é também o principal idiota deste circo, foi ele que num momento populista trouxe o referendo para a baila.
 
Mensagens: 680
Registado: 11/1/2012 17:40

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por JohnyRobaz » 28/6/2016 18:31

Grande Raposo, obrigado, ainda não tinha encontrado o episodio completo! :mrgreen:
“E assim como sonho, raciocino se quero, porque isso é apenas uma outra espécie de sonho.”, Fernando Pessoa
“Nothing good ever comes of love. What comes of love is always something better” , Roberto Bolaño
"A ciência e o poder do homem coincidem, uma vez que, sendo a causa ignorada, frustra-se o efeito. Pois a natureza não se vence, senão quando se lhe obedece." Francis Bacon
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4283
Registado: 20/8/2014 16:50

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por acintra » 29/6/2016 13:07

Está tudo borrado de medo e então só dizem disparates ou no caso do Kerry manda os disparates para o ar sem ter convição:

John Kerry convencido que o Brexit não vai acontecer

29/06/2016

O Brexit pode, afinal, não ser irreversível. Segundo o The Guardian, o secretário de Estado norte-americano defende que há "várias maneiras" para reverter o resultado do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia. Além disso, a "maioria" das pessoas que votaram "Leave" não faz "ideia de como sair".

Segundo Kerry, o primeiro-ministro David Cameron sente-se impotente para começar a negociar "algo em que não acredita" nem "faz ideia sobre como [a saída da UE] pode ser feita". Mas não está sozinho: "Já agora, nem a maioria das pessoas que votaram na saída [sabem o que fazer a seguir]". As declarações de Kerry foram proferidas num encontro em Aspen (EUA) onde também participa a directora-geral do FMI, Christine Lagarde.

É por isso que o secretário de Estado acredita que a decisão pode ser revertida. Para Kerry, Cameron está preocupado que o Reino Unido seja forçado a abandonar a UE no final dos dois anos de negociação sem um acordo comercial. Questionado se isso significa que a saída da organização pode ser revertida, Kerry assentiu: "Acho que há várias maneiras" de travar a saída do Reino Unido.

Então e quais são essas maneiras se pode travar o Brexit? "Seria um erro" ser Kerry a colocá-las em cima da mesa, mas que existem, existem.

Os EUA foram defensores da manutenção do Reino Unido na União Europeia. A Casa Branca chegou a dizer que, se saísse da UE, o Reino Unido iria para "o fim da fila" quando começasse a negociar os acordos comerciais. Segundo especialistas consultados pelo The Guardian, um novo acordo comercial com a UE poderá demorar entre cinco a 10 anos a ser negociado.
Um abraço e bons negócios.

Artur Cintra
 
Mensagens: 2970
Registado: 17/7/2006 16:09
Localização: Cascais

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por masterpro » 29/6/2016 13:43

acintra Escreveu:Está tudo borrado de medo e então só dizem disparates ou no caso do Kerry manda os disparates para o ar sem ter convição:

John Kerry convencido que o Brexit não vai acontecer

29/06/2016

O Brexit pode, afinal, não ser irreversível. Segundo o The Guardian, o secretário de Estado norte-americano defende que há "várias maneiras" para reverter o resultado do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia. Além disso, a "maioria" das pessoas que votaram "Leave" não faz "ideia de como sair".

Segundo Kerry, o primeiro-ministro David Cameron sente-se impotente para começar a negociar "algo em que não acredita" nem "faz ideia sobre como [a saída da UE] pode ser feita". Mas não está sozinho: "Já agora, nem a maioria das pessoas que votaram na saída [sabem o que fazer a seguir]". As declarações de Kerry foram proferidas num encontro em Aspen (EUA) onde também participa a directora-geral do FMI, Christine Lagarde.

É por isso que o secretário de Estado acredita que a decisão pode ser revertida. Para Kerry, Cameron está preocupado que o Reino Unido seja forçado a abandonar a UE no final dos dois anos de negociação sem um acordo comercial. Questionado se isso significa que a saída da organização pode ser revertida, Kerry assentiu: "Acho que há várias maneiras" de travar a saída do Reino Unido.

Então e quais são essas maneiras se pode travar o Brexit? "Seria um erro" ser Kerry a colocá-las em cima da mesa, mas que existem, existem.

Os EUA foram defensores da manutenção do Reino Unido na União Europeia. A Casa Branca chegou a dizer que, se saísse da UE, o Reino Unido iria para "o fim da fila" quando começasse a negociar os acordos comerciais. Segundo especialistas consultados pelo The Guardian, um novo acordo comercial com a UE poderá demorar entre cinco a 10 anos a ser negociado.


Certamente este senhor saberá mais que qualquer um de nós, pode até estar só a fazer o seu papel de pressão sobre os Brits, mas duvido que seja por medo ou algo do género ;)
 
Mensagens: 671
Registado: 13/3/2007 14:42
Localização: 17

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por lobus3101 » 29/6/2016 14:15

acintra Escreveu:Está tudo borrado de medo e então só dizem disparates ou no caso do Kerry manda os disparates para o ar sem ter convição:

John Kerry convencido que o Brexit não vai acontecer

29/06/2016

O Brexit pode, afinal, não ser irreversível. Segundo o The Guardian, o secretário de Estado norte-americano defende que há "várias maneiras" para reverter o resultado do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia. Além disso, a "maioria" das pessoas que votaram "Leave" não faz "ideia de como sair".

Segundo Kerry, o primeiro-ministro David Cameron sente-se impotente para começar a negociar "algo em que não acredita" nem "faz ideia sobre como [a saída da UE] pode ser feita". Mas não está sozinho: "Já agora, nem a maioria das pessoas que votaram na saída [sabem o que fazer a seguir]". As declarações de Kerry foram proferidas num encontro em Aspen (EUA) onde também participa a directora-geral do FMI, Christine Lagarde.

É por isso que o secretário de Estado acredita que a decisão pode ser revertida. Para Kerry, Cameron está preocupado que o Reino Unido seja forçado a abandonar a UE no final dos dois anos de negociação sem um acordo comercial. Questionado se isso significa que a saída da organização pode ser revertida, Kerry assentiu: "Acho que há várias maneiras" de travar a saída do Reino Unido.

Então e quais são essas maneiras se pode travar o Brexit? "Seria um erro" ser Kerry a colocá-las em cima da mesa, mas que existem, existem.

Os EUA foram defensores da manutenção do Reino Unido na União Europeia. A Casa Branca chegou a dizer que, se saísse da UE, o Reino Unido iria para "o fim da fila" quando começasse a negociar os acordos comerciais. Segundo especialistas consultados pelo The Guardian, um novo acordo comercial com a UE poderá demorar entre cinco a 10 anos a ser negociado.


Acintra, podia fundamentar esta sua afirmação : "Kerry manda os disparates para o ar sem ter convição:"

É que observando a mesma, sem estar fundamentada , ela torna-se gratuita ou diga-se sem valor.
 
Mensagens: 224
Registado: 11/7/2015 18:32

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por ativo » 29/6/2016 16:16

A presença do Reino Unido no seio da União Europeia sempre foi um "travão" ao reforço da União. Até havia quem pensasse que o Reino Unido pertencia á União para, justamente, "minar" a União já que, tal, seria mais fácil estando dentro do que estando fora da União Europeia.

O aspeto mais preocupante da saída do Reino Unido da União Europeia é, sem dúvida, a possibilidade de esse movimento de saída "induzir" a saída de outros membros da União Europeia.
No entanto, também pode acontecer que, não existindo aquele "travão", haja um cerrar de fileiras dentro da União Europeia que leve a um aprofundamento e reforço da União.
Ver-se-á o que a médio prazo acontecerá ...
 
Mensagens: 3445
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por jose.pinto_fb » 29/6/2016 17:14

bom, para já a coisa acalmou.agora é aguardar:
-resultado de um governo em Espanha
-consequência do brexit se vai ou não haver desagregação da escocia, etc.
-é verdade que na europ o UK, não era muito bem visto, pelo contrário, eram vistos como aueles que não seguem as regras e fazem o que querem.

Para já ficava contente se fosse levantado o embargo à Russia.Para n´´o seria ouro sobre azul.
 
Mensagens: 45
Registado: 2/6/2016 21:34

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por acintra » 29/6/2016 20:42

lobus3101 Escreveu:
acintra Escreveu:Está tudo borrado de medo e então só dizem disparates ou no caso do Kerry manda os disparates para o ar sem ter convição:

John Kerry convencido que o Brexit não vai acontecer

29/06/2016

O Brexit pode, afinal, não ser irreversível. Segundo o The Guardian, o secretário de Estado norte-americano defende que há "várias maneiras" para reverter o resultado do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia. Além disso, a "maioria" das pessoas que votaram "Leave" não faz "ideia de como sair".

Segundo Kerry, o primeiro-ministro David Cameron sente-se impotente para começar a negociar "algo em que não acredita" nem "faz ideia sobre como [a saída da UE] pode ser feita". Mas não está sozinho: "Já agora, nem a maioria das pessoas que votaram na saída [sabem o que fazer a seguir]". As declarações de Kerry foram proferidas num encontro em Aspen (EUA) onde também participa a directora-geral do FMI, Christine Lagarde.

É por isso que o secretário de Estado acredita que a decisão pode ser revertida. Para Kerry, Cameron está preocupado que o Reino Unido seja forçado a abandonar a UE no final dos dois anos de negociação sem um acordo comercial. Questionado se isso significa que a saída da organização pode ser revertida, Kerry assentiu: "Acho que há várias maneiras" de travar a saída do Reino Unido.

Então e quais são essas maneiras se pode travar o Brexit? "Seria um erro" ser Kerry a colocá-las em cima da mesa, mas que existem, existem.

Os EUA foram defensores da manutenção do Reino Unido na União Europeia. A Casa Branca chegou a dizer que, se saísse da UE, o Reino Unido iria para "o fim da fila" quando começasse a negociar os acordos comerciais. Segundo especialistas consultados pelo The Guardian, um novo acordo comercial com a UE poderá demorar entre cinco a 10 anos a ser negociado.


Acintra, podia fundamentar esta sua afirmação : "Kerry manda os disparates para o ar sem ter convição:"

É que observando a mesma, sem estar fundamentada , ela torna-se gratuita ou diga-se sem valor.


Dizer que há varias hipóteses sem as mencionar qualquer um pode fazer mas não uma pessoa com o estatuto de John Kerry. É por estas e por outras que a classe politica é fraca e provoca grandes estragos e desilusões aos seus povos.
Um abraço e bons negócios.

Artur Cintra
 
Mensagens: 2970
Registado: 17/7/2006 16:09
Localização: Cascais

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por 5640533 » 29/6/2016 23:33

Não haverá Brexit. Os beefs vão recuar e o mundo dará uma valente gargalhada.
 
Mensagens: 896
Registado: 29/11/2007 1:36
Localização: 4

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por lfhm83 » 29/6/2016 23:44

p3droPT Escreveu: Para além que o povo britânico não é uma qualquer sociedade de iletrados incapazes de balancear argumentos e tomar uma decisão destas :roll:

Penso que existem muito mais argumentos do que amor à bandeira, tanto sociais como económicos, agora não se pode é sempre contra-argumentar com os mercados, isto hoje em dia é tudo à volta dos mercados e o que não podemos fazer para não os chatear.


Todo o povo è ileterado a partir do momento que sò pensa em defender os pròprios interesses e quando se tem atentados de grande dimensao a cada meia duzia de meses.

Sinceramente sou contra a Europa no formato actual, o tratado de Lisboa e Euro mataram a UE.

Com o passar dos anos tem-se tornado mais um monstro institucional, que deixa nas maos de meia dùzia as decisoes economicas e sociais em culturas tao diferentes como existem na UE.

Como è que alguem em Bruxelas pode decidir que se devem acolher refugiados em Portugal ou no Reino Unido. Como è que alguem em Bruxelas pode decidir que è necessàrio investir em pontes, auto-estradas e TGVs ou programas agriculas. A Europa deixou de seguir as necessiades parou de seguir as necessiades do mercado para voltar a cair nas manhas colectivismo. :wall:

Nao hà uniao cultural nem sequer ha transparencia de pais para pais nas contas orçamentais. Nao acho que a culpa seja dos Alemaes, talvez dos Franceses por forçarem o Euro e maior hegemonia na UE. Claro que os Brits nao estao para estas mer$%·$. Um povo liberal por natureza nao quer colectivismo.

È mais um exemplo de um bom começo em que se perde o controlo do rumo e a visao de longo prazo. A UE nasceu como CEE para abrir os mercados, com a UE adveio maior integraçao e livre circulaçao, defesa integrada e defesa dos direitos humanos. Com o Euro e Tratado de Lisboa criou-se um monstro sedento de soberania alheia e pelo poder centralizado de uma federaçao impossivel num Continente tao antigo como a humanidade.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2784
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Luxor » 30/6/2016 0:12

5640533 Escreveu:Não haverá Brexit. Os beefs vão recuar e o mundo dará uma valente gargalhada.


Com o FTSE parece que foi apenas um peido de alivio, deixando todos os outros mercados mal dispostos e com dificuldade em recuperar do mau cheiro.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3683
Registado: 10/4/2006 13:55
Localização: Las Vegas

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por JohnyRobaz » 30/6/2016 9:51

“E assim como sonho, raciocino se quero, porque isso é apenas uma outra espécie de sonho.”, Fernando Pessoa
“Nothing good ever comes of love. What comes of love is always something better” , Roberto Bolaño
"A ciência e o poder do homem coincidem, uma vez que, sendo a causa ignorada, frustra-se o efeito. Pois a natureza não se vence, senão quando se lhe obedece." Francis Bacon
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4283
Registado: 20/8/2014 16:50

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por chico_laranja » 30/6/2016 10:54

JohnyRobaz Escreveu:http://expresso.sapo.pt/internacional/2016-06-30-Rajoy-rejeita-eventual-adesao-escocesa-a-UE.-Se-o-Reino-Unido-sai-a-Escocia-sai

:shame: :evil:


Acharia estranho a Espanha defender outra coisa.

Se a Espanha apoiar a Escócia está indirectamente a apoiar a independência da Catalunha, País Basco e da Galiza ou por outras palavras..... a sua própria desintegração.

Quem se juntará à Espanha nesta luta? Talvez a Itália e a Bélgica pois também têm as suas lutas independentistas internas (Norte de Itália e a divisão Belga entre Flamengos e Francófonos)
Ao fim de semana o tempo é para o mercado dos afectos para com a cara metade e com os filhos .
Uma vez que o meu tempo disponível para o acompanhar o fórum é mínimo, se precisarem de algo da minha parte mandem PM que tento passar por cá.
Um abraço e bons investimentos.
 
Mensagens: 1341
Registado: 29/11/2007 2:37
Localização: Avanca

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 30/6/2016 10:59



Vamos ver agora as lutas dentro da europa!!
Uma solução para isto seria ficar num país afetado pela crise, o que ajudaria a sua recuperação... Portugal, Espanha, Grécia poderiam ser uma boa opção.
 
Mensagens: 4391
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por JohnyRobaz » 30/6/2016 11:53

chico_laranja, eu percebo, mas acho errado. Mais uma vez, países estrangeiros influenciam directamente em questões que pertencem à democracia de um país, por bastar um para vetar decisões destas. Acho que a forma como ele falou é errada. Penso que o discurso deveria ter sido mais neutro, como foi o francês. A verdade é que os escoceses querem ficar na Europa, mas serão levados de arrasto. De qualquer forma, a Escócia é diferente de qualquer região de Espanha, Bélgica ou Itália. Aliás, nem percebo muito bem porque não são como a Austrália, um país independente mas da Commonwealth. Muitas vezes são vistos como um país independente. Veja-se no futebol, por exemplo.
“E assim como sonho, raciocino se quero, porque isso é apenas uma outra espécie de sonho.”, Fernando Pessoa
“Nothing good ever comes of love. What comes of love is always something better” , Roberto Bolaño
"A ciência e o poder do homem coincidem, uma vez que, sendo a causa ignorada, frustra-se o efeito. Pois a natureza não se vence, senão quando se lhe obedece." Francis Bacon
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4283
Registado: 20/8/2014 16:50

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por chico_laranja » 30/6/2016 13:26

Johny

Entendo-te perfeitamente.

Chega ao ponto de terem primeiro ministro e parlamento próprio.

Acho que não são um país como Austrália ou Nova Zelândia por motivos históricos pois estes foram colónias enquanto a Escócia era terreno conquistado e nunca visto como colónia mas sim como parte integrante da Britânia daí só a muito custo terem autorizado o parlamento e foi numa de evitar a todo o custo que o referendo sobre o "Scoxit" de 2014 ganhasse pois grande parte dos rendimentos do RU vem dos poços de petróleo e parte deles estão na Escócia.

Vendo o que está no link abaixo dá para ter percepção de como a Escócia é importante para a economia do RU.
https://en.wikipedia.org/wiki/Economy_of_Scotland
https://en.wikipedia.org/wiki/Economy_o ... ed_Kingdom
Ao fim de semana o tempo é para o mercado dos afectos para com a cara metade e com os filhos .
Uma vez que o meu tempo disponível para o acompanhar o fórum é mínimo, se precisarem de algo da minha parte mandem PM que tento passar por cá.
Um abraço e bons investimentos.
 
Mensagens: 1341
Registado: 29/11/2007 2:37
Localização: Avanca

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por lobus3101 » 30/6/2016 14:18

Mais uma baixa de vulto no Brexit...

"Boris Johnson não é candidato a líder do partido Conservador":

https://www.publico.pt/mundo/noticia/bo ... on-1736810
 
Mensagens: 224
Registado: 11/7/2015 18:32

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por JohnyRobaz » 4/7/2016 11:09

http://expresso.sapo.pt/internacional/2 ... a-demissao

"Eu já destruí aquilo que queria, agora construir que venha outro!" :shame: :wall:
“E assim como sonho, raciocino se quero, porque isso é apenas uma outra espécie de sonho.”, Fernando Pessoa
“Nothing good ever comes of love. What comes of love is always something better” , Roberto Bolaño
"A ciência e o poder do homem coincidem, uma vez que, sendo a causa ignorada, frustra-se o efeito. Pois a natureza não se vence, senão quando se lhe obedece." Francis Bacon
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4283
Registado: 20/8/2014 16:50

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Stains » 4/7/2016 11:16

Será que o Brexit vai ser uma miragem depois desta demissão ?
que gentinha... andar a brincar assim com o país..
 
Mensagens: 115
Registado: 18/1/2016 23:14

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por NM_2 » 4/7/2016 11:24

Stains Escreveu:Será que o Brexit vai ser uma miragem depois desta demissão ?
que gentinha... andar a brincar assim com o país..

Deixa estar que por cá é provável que aconteça o mesmo com a geringonça..... :evil: :evil: :evil:


A catarina e o jeronimo são do mesmo género :-" :-" :-" :-" :wall: :wall: :wall: :-# :-# :-# :oh: :oh: :oh:


(Espero estar enganado.....)
 
Mensagens: 1536
Registado: 2/9/2014 22:13

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 4/7/2016 11:42

Stains Escreveu:Será que o Brexit vai ser uma miragem depois desta demissão ?
que gentinha... andar a brincar assim com o país..


Miragem não será de certeza... mudanças virão para Inglaterra, Escócia, país de gales e Irlanda do Norte, bem como para a Europa... mas será apenas uma passagem...
 
Mensagens: 4391
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Raposo Tavares » 4/7/2016 17:35

"Se um homem tiver realmente muita fé, pode dar-se ao luxo de ser céptico."
in: Citações e Pensamentos, Friedrich Nietzsche
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3525
Registado: 4/12/2013 19:13

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por EAGLETRADER20 » 5/7/2016 14:12

Esta classe politica inglesa é engraçada :

Montaram a tenda , deram o espectaculo e depois fugiram todos :mrgreen: .

O Cameron propos o referendo e como não gostou do resultado demitiu-se e agora sair não é nada com ele.
O NIgel Farage foi o grande impulsionador do Brexit e agora demitiu-se de lider do partido e quem quiser que lidere a saida.
O Mayor londres apoiou Brexit e agora tambem não quer assumir ser lider do pais e conduzir a saida .
Na liderança dos partidos ninguem se entende .
Varios politicos demitiram-se das funções

E aquilo aparentemente para já está entregue á sua propria sorte sem ninguem se entender .
Estes tambem montam a tenda em qualquer lado :lol:

Depois a moeda continua a bater minimos dos ultimos anos com GBP/USD nos 1.3076.
 
Mensagens: 5142
Registado: 4/3/2008 9:17
Localização: 14

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: darkreflection, jlmt e 14 visitantes