BREXIT - O Referendo britânico.

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Flavc » 27/2/2019 18:15

Pelo que tenho lido o Algarve seria a zona da tugalândia mais afetada com o Brexit e muito em particular um brexit desordenado. Mas o forza algarve... não liga a essas minudências, lol. O que é preciso é "força na verga", lol.
 
Mensagens: 585
Registado: 9/3/2017 16:10

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por djovarius » 27/2/2019 18:45

Erradíssimo caro Flavc,

O Algarve está farto de ganhar dinheiro à conta do Brexit.

É só dinheiro a entrar vindo do Reino Unido e não só de ingleses, é até mais de outros. São compras de imóveis e demais negócios à força toda, até porque franceses e italianos também estão aqui em força, só para citar alguns.

Algum pessoal associa a queda do turismo inglês ao Brexit. Também há esse fator, mas aqui temos uma queda em vista de alemães, holandeses e outros clientes habituais.
Porquê? Porque os efeitos da primavera árabe, o último dos totolotos do Algarve, já não se fazem sentir.
Os grandes operadores desses países estão a desviar o pessoal para onde é mais barato. Eles ganham mais com isso. Na verdade eles querem evitar tanto Portugal como Espanha por razões óbvias
É possível dar uma volta de 19 buracos de golfe a 40 euros na Turquia ou até a menos.... se fizermos isso aqui ganhamos o quê ?

Um operador vende quartos no valor de um milhão de euros aqui, tendo que pagar ao Hotel em Euros. imagine as mesmas vendas, tendo que pagar... liras turcas !!

E podia ficar aqui a tarde toda a dar exemplos. Eu sou um "expert" em comércio eletrónico para hotelaria expectante por uma nova oportunidade nessa área. Uma maneira simpática de dizer "in between jobs" :oh: :oh:

Abraço

dj
Cuidado com o que desejas pois todo o Universo pode se conjugar para a sua realização.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6722
Registado: 10/11/2002 19:32
Localização: Planeta Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por forza algarve » 28/2/2019 11:11

Flavc Escreveu:Pelo que tenho lido o Algarve seria a zona da tugalândia mais afetada com o Brexit e muito em particular um brexit desordenado. Mas o forza algarve... não liga a essas minudências, lol. O que é preciso é "força na verga", lol.


ligo ..e disse que como portugues seria a favor da UE, como alemao tambem mas como britanico ou italiano(onde voto) sou contra...

Cada pais tem necessidades diferentes..aqui a questao da inmigraçao quase nem se fala, em Malta e Italia e' uma questao dramatica..e assim por diante.

Eu que estou em Portugal espero que nao haja brexit..se morasse em Coventry sim
 
Mensagens: 123
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 6/3/2019 12:54

Toyota e BMW também já ameaçam retirar fábricas do UK se não houver acordo para Brexit.

Isto são ameaças, mas certamente já estarão muitas empresas a mudar mesmo os seus investimentos e orientações de investimento...

Será que esses números são públicos e comparáveis com os anos anteriores?
 
Mensagens: 4315
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 13/3/2019 13:27

Pelo que me parece é que quanto mais tempo um divórcio demora a acontecer, maior a probabilidade dos filhos sofrerem e do casal pior se entender no pós-divórcio!!!
Presumo que com o UK e a EU acontecerá o mesmo e os pequenos países poderão ser os mais prejudicados!

Com o passar do tempo, os laços do UK e os compromissos para com a EU tendem a dissolver-se ou a ficar mais ténues. Com isto e face aos conflitos de interesses entre USA e China, bem como a travagem económica que se avizinha, a EU poderá ter de tomar também algumas medidas proteccionistas ou outras medidas que envolvam todos os estados membros e nesse momento o UK baterá o pé e a EU também....

Esperemos que tudo seja um mar de rosas no futuro, mas não me parece que o seja...
 
Mensagens: 4315
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por ativo » 13/3/2019 14:16

Ordered Brexit or messy Brexit, that is the question today for the Parliament of the United Kingdom.

Diria que se espera que haja bom senso no parlamento em Londres, que os deputados sejam ordeiros. :mrgreen:
Para surpresa já chegou a votação maioritária pelo Brexit no referendo realizado no Reino Unido ...
 
Mensagens: 3146
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por ativo » 13/3/2019 18:56

Em 08/02/2019:

ativo Escreveu:
O que sempre fez mover os negociadores no processo do BREXIT foi a possibilidade do Reino Unido sair sem acordo. Neste momento isso está em cima da mesa, estando as duas partes a olharem-se olhos nos olhos, mas tendo o parlamento britânico rejeitado o acordo firmado entre a União Europeia e Theresa May, em matéria de BREXIT, o Reino Unido deu mostra de conviver bem com essa possibilidade (claro, isso pode ser um enorme "bluff" do Reino Unido).
(...)

Em 26/02/2019:

ativo Escreveu:
In Negócios Online, hoje:

«May admite adiar Brexit em alternativa a saída sem acordo.

Os deputados britânicos vão ter de escolher entre o acordo de saída negociado com Bruxelas e já chumbado pela Câmara dos Comuns, o adiamento do Brexit ou uma saída da União Europeia sem acordo.

A primeira-ministra britânica admitiu pela primeira vez esta terça-feira a possibilidade de adiar a saída do Reino Unido da União Europeia, dando aos deputados três opções: ou aprovam o acordo de saída já negociado com Bruxelas, ou o adiamento do Brexit ou uma saída desordenada da União Europeia.

A imprensa britânica já dava conta esta manhã que Theresa May estava disponível para adiar a saída da União Europeia. A primeira-ministra confirmou esta opção, tendo anunciado que será esta a alternativa caso chumbem um Brexit sem acordo.

Theresa May anunciou no Parlamento a sequência de votações que vão decorrer e que provavelmente vão determinar o adiamento da saída do Reino Unido da UE.

A 12 de março os deputados britânicos vão votar o acordo que May alcançou com a União Europeia e que, em janeiro, mereceu um chumbo estrondoso no Parlamento. Os líderes europeus têm repetido que não vão alterar o conteúdo deste acordo fechado com o governo britânico, pelo que o mais provável é que este volte a ser chumbado no Parlamento.

Neste cenário, os deputados são chamados a nova votação no dia seguinte. A 13 de março irão deliberar sobre uma eventual saída do Reino Unido da União Europeia a 29 de março sem acordo. É o chamado "hard Brexit", ou saída desordenada, que apesar de ter adeptos no Parlamento britânico tem, à partida, chumbo garantido. Os parlamentares já votaram recentemente uma emenda que exclui a possibilidade de saída sem acordo.

Assim, a votação que interessa deverá acontecer a 14 de março. Nesse dia os deputados britânicos vão votar sobre um "curto adiamento" do Brexit (que não deverá ir além do final de maio, para o Reino Unido ficar de fora das eleições europeias) .

May tinha insistido que adiar o Brexit não era solução, usando o trunfo da falta de tempo até 29 de março para conseguir concessões por parte da União Europeia. Mas os líderes europeus não cederam um milímetro face ao que está inscrito no acordo fechado com May, deixando a primeira-ministra sem alternativas a reconhecer mais uma derrota neste conturbado processo, ao aceitar uma alternativa para a qual não estava antes disponível.

"O Reino Unido só vai sair [da União Europeia] sem um acordo a 29 de março se tiver um consentimento explícito do Parlamento nesse sentido", disse May, esclarecendo contudo que uma extensão do prazo para o Brexit não "retira de cima da mesa a possibilidade de um não acordo"
.».

A queda do"bluff" do Reino Unido (e de Theresa May) de que o Reino Unido não rejeitaria um BREXIT sem acordo ("hard BREXIT") está eminente!

Hoje, finalmente, vai-se perceber se o Reino Unido andou, ou não, a fazer "bluff", ao dar indicação de que não rejeitaria um BREXIT sem acordo!!!

Aceitam-se apostas!!!
 
Mensagens: 3146
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por ativo » 13/3/2019 20:24

O parlamento do Reino Unido acabou de rejeitar o BREXIT sem acordo: 312 votos a favor de tal rejeição, 308 votos contra tal rejeição. Resumindo e concluindo: o Reino Unido não vai sair da União Europeia em 29 de março. O resto, ou seja, se sairá e se sair quando será, depois se verá ...

Quanto a sair penso que sairá, falta é saber quando ...
 
Mensagens: 3146
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por forza algarve » 14/3/2019 16:51

Hoje havera' outro capitulo desta novela ...
 
Mensagens: 123
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por MarcoAntonio » 19/3/2019 13:35

Curioso como para May um novo referendo seria desrespeitar a democracia mas como para o número de vezes que leva a votos essencialmente a mesma proposta não deve haver limite.

Políticos!...
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31526
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por MarcoAntonio » 21/3/2019 16:29

Adiamento sim, mas só com acordo aprovado, diz a União Europeia:

Europa apoia adiamento do Brexit, mas apenas se Parlamento britânico aprovar acordo

Os líderes europeus são unânimes: é preferível adiar a data de saída do Reino Unido da União Europeia do que haver um Brexit sem acordo. Mas, para que este cenário seja viável será preciso que o Parlamento britânico vote favoravelmente o acordo de saída.

(...)



Que é outra forma de dizer: ou aprovam o acordo ou saem sem acordo.

https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... var-acordo
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31526
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por SFT » 21/3/2019 17:19

Eles estão a adiar que é para juntar o máximo de papel higiénico possível.

E não é por causa do mau cheiro que isto tudo está a causar: ao que parece o UK não produz papel higiénico suficiente e com o hard brexit, com a brincadeira dos acordos e eventuais atrasos, correm o risco de ficar sem papel higiénico. É a piada da coisa.

Fica aqui a fonte:
Brexit: Toilet paper maker stockpiles in a case of no-deal
https://www.bbc.com/news/world-47640908
Quando a esmola é muita, o pobre desconfia.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1245
Registado: 20/5/2014 19:02

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por MarcoAntonio » 22/3/2019 0:26

MarcoAntonio Escreveu:Que é outra forma de dizer: ou aprovam o acordo ou saem sem acordo.


Mais alguns detalhes adiantados pela Reuters, as alternativas aparentemente serão sair a 11 de Abril sem acordo (uma curta extensão de menos de duas semanas) ou então a 22 de Maio caso o acordo seja consumado.

https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... _Destaques



Entretanto os britanicos entram em aparente desespero e uma petição para cancelar o Brexit no site governamental leva um número record de mais de 2 milhões de assinaturas e terá de ser debatido (salvo se vier a ser anulada como aconteceu com uma petição a pedir um novo referendo). Neste site é possível seguir a petição com um heat map:

https://petitionmap.unboxedconsulting.c ... ion=241584
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31526
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por forza algarve » 29/3/2019 16:04

Parlamento britânico rejeita acordo de saída pela terceira vez
 
Mensagens: 123
Registado: 25/2/2019 17:26

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 30/3/2019 16:57

O problema do UK estar na Europa é não querer estar, será um problema porque existem muitas acções que requerem o apoio de todos, e nesses momentos haverá uma voz a falar contra tudo.. E isso vai levar a tensões entre zona euro e uk... P. Ex no campo militar, na partilha de informação, investimentos europeus, contribuições, espaço territorial p. Ex Gibraltar... Etc.
Neste momento o uk já está com as malas fora da porta... Mas ainda quer beber mais qq coisa e dormir na mesma cama...
Já tiveram tempo de fazer novo referendo e voltar atrás ou acabar mais confiantes... Mas resolveram ficar a olhar..
 
Mensagens: 4315
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por lfhm83 » 2/4/2019 11:41

Diria que o hard Brexit parece ser cada vez o cenário mais provável.

https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... taquesTopo
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2535
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Flav » 2/4/2019 12:21

Esta cena do Brexit tornou-se uma comédia e um conjunto de piadas de mau gosto. É triste ver que os polítcos ingleses não sabem o que querem. Parecem uma cambada de atrasados mentais.
Por outro lado há uma série de estudos credíveis que tentam medir e "isolar" os efeitos específicos de um brexist ordenado ou desordenado no RU e no caso particular de Portugal. O Djovarius pelo contrário numa intervenção acima tenta baralhar efeitos e consequências, no caso do Algarve, misturando alemãos, holandeses e até turcos!!??
 
Mensagens: 28
Registado: 13/1/2017 13:00

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 8/4/2019 10:21

Vamos ver no que vai dar o Brexit... mas só de pensar no número de barcos que diariamente passam junto a costa do UK ou junto a Gibraltar e que poderão ser alvo de controlo alfandegário (tanto pelo UK como pela zona euro)... seria o caos...

Parece que o cenário de adiamento do Brexit será o mais lógico... qualquer cenário diferente será uma entrada num buraco negro...

Assim, o UK irá novamente eleger o mesmo número de eurodeputados e participar na UE nos próximos anos... mas sempre com a porta aberta para sair... e os restantes a empurrar :)
 
Mensagens: 4315
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Ulisses Pereira » 8/4/2019 11:56

Eu mantenho a minha opinião dos últimos 6 meses: Os políticos ingleses não se querem vincular a um acordo de um Brexit que, nesta altura, a maioria dos britânicos não deseja. Por isso, vão continuando a empurrar com a barriga até ter passado um tempo mais razoável para que seja menos mal visto voltar a referendar. E aí o Brexit não ganhará.

Cheira-me que este será o cenário.

Abraço,
Ulisses
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 28843
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Therecanbeonlyone » 11/4/2019 10:54

Ulisses Pereira Escreveu:Eu mantenho a minha opinião dos últimos 6 meses: Os políticos ingleses não se querem vincular a um acordo de um Brexit que, nesta altura, a maioria dos britânicos não deseja. Por isso, vão continuando a empurrar com a barriga até ter passado um tempo mais razoável para que seja menos mal visto voltar a referendar. E aí o Brexit não ganhará.

Cheira-me que este será o cenário.

Abraço,
Ulisses


Este novo adiamento mais prolongado confere ainda mais credibilidade a esta hipótese.
Que, diga-se, me parece que poderia ser muito interessante para todas as partes envolvidas, depois de saradas as feridas de curto prazo resultantes de orgulhos feridos...
Cumprimentos.
 
Mensagens: 25
Registado: 24/6/2009 17:31
Localização: 12

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por MarcoAntonio » 21/5/2019 18:05

Tendo-se sempre oposto a novo referendo por supostamente desrespeitar os eleitores que votaram no primeiro referendo (como se um novo referendo não fosse realizado pelos eleitores, como se os mesmos eleitores não tivessem oportunidade de votar de novo, como se existissem eleitores de primeira ou de segunda conforme a data do referendo, já para não falar dos eleitores e o eleitorado em geral ter todo o direito de mudar de opinião à luz de nova informação!...), agora que já está meio de saída abre a porta a novo referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia:

https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... taquesTopo
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31526
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por don_spiritone » 22/5/2019 12:26

Era o detalhe que faltava para no final a montanha parir um rato, embora com um país muito enfraquecido e totalmente dividido.
 
Mensagens: 74
Registado: 6/8/2013 10:15

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por Marco Martins » 23/5/2019 10:56

MarcoAntonio Escreveu:Tendo-se sempre oposto a novo referendo por supostamente desrespeitar os eleitores que votaram no primeiro referendo (como se um novo referendo não fosse realizado pelos eleitores, como se os mesmos eleitores não tivessem oportunidade de votar de novo, como se existissem eleitores de primeira ou de segunda conforme a data do referendo, já para não falar dos eleitores e o eleitorado em geral ter todo o direito de mudar de opinião à luz de nova informação!...), agora que já está meio de saída abre a porta a novo referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia:

https://www.jornaldenegocios.pt/economi ... taquesTopo


É um pouco controverso (bastante a´té) ... no entanto, acho que este segundo referendo já deveria ter sido feito... mas antes agora do que nunca.

E os países mais ocidentais da europa deveriam pressionar a este referendo... acho importante ter o peso do UK na europa, caso contrário teremos apenas uma Alemanha maior e a França a reboque... e Portugal e Espanha com menos peso.
 
Mensagens: 4315
Registado: 7/4/2007 17:13
Localização: Algarve

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por lfhm83 » 23/5/2019 15:19

Marco Martins Escreveu:no entanto, acho que este segundo referendo já deveria ter sido feito...


Que imagem daria aos que votaram sim? Que a democracia é uma mentira. E depois admiram-se que a verdadeira extrema-direita comece a ensombrar a Europa.

Isto tudo teria sido evitável, se a UE tivesse uma gestão menos federativa e mais cooperativa.
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2535
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: BREXIT - O Referendo britânico.

por MarcoAntonio » 23/5/2019 16:24

lfhm83 Escreveu:Que imagem daria aos que votaram sim? Que a democracia é uma mentira. E depois admiram-se que a verdadeira extrema-direita comece a ensombrar a Europa.



Um referendo não pode colocar em causa a democracia quando consiste precisamente em auscultar o povo. ´E o povo que vota num referendo. É do mais democrático que se pode fazer.


Um referendo imediatamente a seguir a outro poderá ser questionável. Tendo já decorrido 3 anos e existindo um montão de informação nova (nomeadamente, o que é que os orgãos políticos britanicos conseguem ou não conseguem fazer e muito particularmente, exactamente que tipo de acordo os britânicos afinal conseguem e/ou lhes será imposto... o que desconheciam à data do primeiro referendo) são motivos mais que suficientes para uma nova auscultação democrática para saber se aquilo que estão prestes a receber é afinal o que o povo realmente quer.


Aliás, na minha modesta opinião, teria sempre que existir um segundo referendo nem que não fosse para o povo validar o acordo fosse ele qual fosse. Caso contrário é auscultar o povo com informação incompleta e no final forçar/impor uma resolução com o qual ele não concorda. O que efectivamente transforma a democracia numa mentira e é na verdade uma forma muito subtil de autoritarismo: falas uma vez - e sem conhecer informação relevante - e não falas mais, daqui para a frente está tudo na nossas mãos e terás de aceitar a "nossa" resolução.




Esta situação é semelhante à que ocorreu em Portugal em 1975 com as eleições constituintes: o povo elegeu quem elaboraria a Constituição mas nunca validou o documento, a Constituição em si, nem teve hipótese alguma de o fazer. Eu não creio que a nossa Constituição seja particularmente má, mas sempre que alguém refere a Constituição, eu não posso deixar de pensar que Constituições há muitas, e que o povo português nunca disse que a Constituição que tem é a que quer ter. Foi-lhes efectivamente imposta. O que é, em si, problemático.

Outras democracias existem onde as Constituições ou suas emendas têm de passar por um referendo. O povo tem de validar a decisão/documento final. Em decisões desta importância deveria ser sempre assim, na minha opinião.




Voltando ao referendo britânico, poderá dar-se o caso de no final o povo britânico ter de aceitar um acordo, que se soubesse que era esse não o teria escolhido. O que não é particularmente democrático.
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31526
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

AnteriorPróximo

Quem está ligado: