Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por xxx...talha bestas...xxx » 21/11/2019 17:11

e prontos.... estamos no natal :lol:

https://www.youtube.com/watch?v=pR6O9yzPqRk
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 324
Registado: 19/6/2018 17:15

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Goya777 » 21/11/2019 18:23

Ontem mais um curto a reduzir 0.1% do capital social e mesmo assim fechou a perder.

Hoje haverá alguem a shortar de novo. Queda grande com bastante volume.

Vamos a ver se os 3 se aguentam. Talvez mais suporte psicologico que outra coisa qualquer...
 
Mensagens: 928
Registado: 17/7/2014 22:33

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Francisco Miguel » 21/11/2019 18:42

 
Mensagens: 60
Registado: 7/2/2019 10:55

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Triplano » 21/11/2019 18:43

Francisco Miguel Escreveu:O que caiu hoje sobe amanha....

https://www.jornaldenegocios.pt/empresa ... PushChrome


Essa notícia é boa ou má?
"You can't predict. You can prepare.", Howard Marks (cit. Mass Mutual's advertising campaign)
"Tudo deve ser tornado o mais simples possível, mas não mais simples do que isso", Albert Einstein
"É melhor estar aproximadamente certo, do que precisamente errado", Warren Buffett
"O Mundo é de quem tem "lata"!" (autor desconhecido)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 165
Registado: 29/11/2007 12:37
Localização: Europa

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Goya777 » 21/11/2019 19:07

Francisco Miguel Escreveu:O que caiu hoje sobe amanha....

https://www.jornaldenegocios.pt/empresa ... PushChrome


Eu li e pareceu-me negativo para os CTT. As tantas a descida de hoje já vem desta noticia... Amanha vemos...
 
Mensagens: 928
Registado: 17/7/2014 22:33

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Sacanitajose » 21/11/2019 20:28

Goya777 Escreveu:
Francisco Miguel Escreveu:O que caiu hoje sobe amanha....

https://www.jornaldenegocios.pt/empresa ... PushChrome


Eu li e pareceu-me negativo para os CTT. As tantas a descida de hoje já vem desta noticia... Amanha vemos...

:-k CTT, virou Banco e Juro baixos, não rendem ! Emails, deram derrocada, em Correio ! Estado deve salvaguardar, a grande Empresa, por motivos, :roll: óbvios !?
desfiz-me das minhas, porque não acredito, em " bruxas " ! Mas, que elas haiem!? Haiem !!! :mrgreen:
bons negocios :clap:
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 345
Registado: 3/5/2014 21:03
Localização: Lisboa

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por bigest » 22/11/2019 0:07

Se o Estado quiser entrar até é bom, pois tem que comprar no mercado,logo faz subir a cotação!
 
Mensagens: 425
Registado: 12/2/2014 14:33

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Goya777 » 22/11/2019 9:44

bigest Escreveu:Se o Estado quiser entrar até é bom, pois tem que comprar no mercado,logo faz subir a cotação!


Participaçoes desta envergadura nunca sao compradas no mercado... Ou estás a ver o IGCP a meter uma ordem de 50 milhoes de acçóes ao melhor? :lol:

Até poderiam entrar com um aumento de capital com diluicao dos accionistas actuais.

Ou simplesmente negoceiam um contrato de concessao mais vantajoso para o Estado. Mas agora também é a altura dos CTT exigirem um contrato justo que remunere decentemente a necessidade de manter postos de correio em localidades com pouco volume de negocio.
 
Mensagens: 928
Registado: 17/7/2014 22:33

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por _short_s_wood » 22/11/2019 12:40

porquê um aumento de capital?
o estado recebeu, ou não recebeu, da iniciativa privada na altura da privatização, os valores das OPV?

no imediato, a estrutura accionista encara a necessidade dum aumento de capital?
quais os motivos para proceder a esse aumento, substantivo?
E, porquê com diluição para os presentes accionistas? A assumir tal, seria uma perda de valor para quem adquiriu os ctt, aos valores das respectivas OPV.

Ao estado, não restam senão as seguintes alternativas:

i) adquirir qualquer participação na empresa, a preços de mercado. E, através do mercado, ou em negociação directa com os actuais accionistas;
ii) negociar o novo contrato de concessão para o serviço postal universal, compreendendo que, serviço social não é o princípio que norteia a actividade privada, pois esta persegue o lucro;

noutros países da europa onde o serviço postal é executado pela iniciativa privada, esse serviço é pago com base em parâmetros de qualidade, e assumindo o princípio do utilizador pagador.

Qualquer outro debate em torno desta temática não servirá mais do que ajustar o mercado através do buy the rumor & sell the news
Anexos
ctt.png
 
Mensagens: 25
Registado: 24/9/2019 16:54

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Goya777 » 22/11/2019 12:45

Aumento de capital é a minha ideia para a Mortagua nao dar dinheiro a ganhar a Blackrocks e afins. Nada contra. Mas era algo giro de se ver vindo do BE :lol:
 
Mensagens: 928
Registado: 17/7/2014 22:33

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Ativo » 22/11/2019 13:55

A negociação em 2020 da concessão do Serviço Universal Postal vai determinar se o Estado avança, ou não, para a entrada no capital social dos CTT. Caso essa negociação não satisfaça o Estado, o Estado poderá vir a entrar no capital social dos CTT, algo que, de resto, não é muito mal visto pelo maior acionista dos CTT.

Se o Estado quiser entrar no capital social dos CTT entrará. Não haja dúvida a esse respeito. É que o Estado tem meios persuasivos para conseguir tal. :mrgreen: Lembro que o anterior Governo conseguiu na TAP reverter a seu contento um negócio que tinha sido feito pelo Governo de Passos Coelho.

Uma coisa sei: a entrada do Estado no capital social dos CTT nunca seria feita através de uma posição permanente de compra no mercado acionista.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3672
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por MarcoAntonio » 22/11/2019 18:39

Caros, o tópico é para discutir a CTT, partilhar e debater opiniões, sempre no respeito pelo espaço e pelos restantes intervenientes do debate.

Não é para servir de palco a ataques pessoais e discussões do tipo que acabei de remover...
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 33863
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Thoth » 26/11/2019 15:13

ricardmag Escreveu:Thoth, já nem digo mais nada :-# :wink:


A LTD de inicio de 2018 está a funcionar. Talvez seja vencida pelo tempo.
Já não é mau estar a consolidar acima dos 3 euros.

Cumprimentos e bons negócios
“O que está em cima é como o que está em baixo, e o que está em baixo é como o que está em cima”
 
Mensagens: 1925
Registado: 29/9/2016 16:38
Localização: Antigo Egito

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por rsacramento » 27/11/2019 1:55

já agora deixo outra perspectiva (a força da resistência):
Anexos
CTT.png
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 9869
Registado: 29/11/2007 12:50

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Ulisses Pereira » 27/11/2019 2:20

Se o Estado quiser entrar no capital social dos CTT entrará. Não haja dúvida a esse respeito. É que o Estado tem meios persuasivos para conseguir tal. :mrgreen: Lembro que o anterior Governo conseguiu na TAP reverter a seu contento um negócio que tinha sido feito pelo Governo de Passos Coelho.


Não tem nada a ver. Reverteu o negócio da TAP praticamente depois de ter sido privatizada e havia apenas um proprietário da TAP, pelo que foi fácil negociar com ele. Como é que agora consegue convencer esta malta toda? Mesmo ameaçando com a concessão da empresa, quem é que se sacrifica por isso, quando os outros ficam a beneficiar sem venderem nada? Só venderão por um bom preço e o Estado não tem dinheiro para o fazer.

Se os CTT fossem de apenas um proprietário, ainda acreditava em histórias da carochinha, a sim é mesmo só para entreter os eleitores.

Abraço,
Ulisses
"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30303
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por rsacramento » 27/11/2019 2:54

O presidente da Associação Portuguesa de Imprensa (API), João Palmeiro, disse esta terça-feira que a associação prevê a possibilidade de, se tal for necessário e possível, "candidatar-se a comprar parte dos Correios".
Associação Portuguesa de Imprensa pondera comprar parte dos CTT

Lusa
26 de novembro de 2019 às 19:44

O presidente da Associação Portuguesa de Imprensa (API), João Palmeiro, disse esta terça-feira que a entidade pondera "candidatar-se a comprar parte dos Correios" para "não deixar na mão de particulares" o futuro das publicações que representa.

"A situação para nós é tão séria que a Associação Portuguesa de Imprensa prevê a possibilidade de, se tal for necessário e possível, candidatar-se a comprar parte dos Correios", disse João Palmeiro numa audiência no parlamento, em Lisboa, na comissão de Cultura e Comunicação.

O responsável fazia referência à situação relacionada com o fim do contrato do serviço de postal universal em 2020, e deu esta medida como exemplo do quão "determinada" está a API em "mover as montanhas que sejam necessárias".

"Uma vez deixámos na mão de privados, de particulares, o futuro das publicações que representamos. Não o vamos fazer uma segunda vez", garantiu o presidente da API.

A questão dos Correios já tinha sido abordada na audiência por Vítor Brás, vice-presidente da API. "O problema da imprensa é complicadíssimo, como todos conhecemos. Mas estamos agregados a um problema tão ou mais complicado, que são os Correios", referiu o vice-presidente.

Vítor Brás referiu que "não há experiência em Potugal de renovação de contratos deste tipo", que a negociação "demora algum tempo" e "ainda não começou".

"Um assinante da imprensa, quando assina por um ano uma publicação, se assinar em fevereiro [de 2020], termina em fevereiro de 2021. E eu não tenho a certeza que em janeiro de 2021 tenha Correios tal como tenho hoje. Porque não tenho nenhuma segurança do que vai acontecer", afirmou o vice-presidente da API.

Vítor Brás disse ainda que "sem correios a imprensa regional não sobrevive".


in Associação Portuguesa de Imprensa pondera comprar parte dos CTT
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 9869
Registado: 29/11/2007 12:50

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Ativo » 27/11/2019 12:49

ativo Escreveu:A negociação em 2020 da concessão do Serviço Universal Postal vai determinar se o Estado avança, ou não, para a entrada no capital social dos CTT. Caso essa negociação não satisfaça o Estado, o Estado poderá vir a entrar no capital social dos CTT, algo que, de resto, não é muito mal visto pelo maior acionista dos CTT.

Se o Estado quiser entrar no capital social dos CTT entrará. Não haja dúvida a esse respeito. É que o Estado tem meios persuasivos para conseguir tal. :mrgreen: Lembro que o anterior Governo conseguiu na TAP reverter a seu contento um negócio que tinha sido feito pelo Governo de Passos Coelho.

Uma coisa sei: a entrada do Estado no capital social dos CTT nunca seria feita através de uma posição permanente de compra no mercado acionista.

Ulisses Pereira Escreveu:
Se o Estado quiser entrar no capital social dos CTT entrará. Não haja dúvida a esse respeito. É que o Estado tem meios persuasivos para conseguir tal. :mrgreen: Lembro que o anterior Governo conseguiu na TAP reverter a seu contento um negócio que tinha sido feito pelo Governo de Passos Coelho.


Não tem nada a ver. Reverteu o negócio da TAP praticamente depois de ter sido privatizada e havia apenas um proprietário da TAP, pelo que foi fácil negociar com ele. Como é que agora consegue convencer esta malta toda? Mesmo ameaçando com a concessão da empresa, quem é que se sacrifica por isso, quando os outros ficam a beneficiar sem venderem nada? Só venderão por um bom preço e o Estado não tem dinheiro para o fazer.

Se os CTT fossem de apenas um proprietário, ainda acreditava em histórias da carochinha, a sim é mesmo só para entreter os eleitores.

Abraço,
Ulisses

Não penso, nem, muito menos, afirmei, que a reentrada do Estado no capital social seria algo semelhante à reversão do negócio da TAP realizado pelo Governo de Passos Coelho e operada pelo anterior Governo de António Costa. São coisas diferentes, evidentemente. Fiz alusão à reversão do negócio da TAP, apenas e só, para ilustrar a "capacidade persuasiva" do Estado. Em Portugal, ninguém quer ter o Estado contra si. Quem tem um negócio não se atreve a opor-se abertamente ao Estado. Por isso, acredito que o Estado se quisesse entrar no capital social dos CTT, de forma a ter uma posição acionista que não fosse de controle, mas suficiente para se fazer ouvir junto da administração dos CTT, conseguiria tal pretensão. Não tenho dúvida relativamente a isso. Tenho ´e dúvida de que queira isso.

De resto, o maior acionista dos CTT, Manuel Champalimaud, já se apressou a declarar ( :lol: ) que «o Estado é bem-vindo no capital social dos CTT», abrindo, assim, a porta ao regresso do Estado ao capital social dos CTT.

Ler: https://expresso.pt/economia/2019-06-01 ... al-dos-CTT
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3672
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Ulisses Pereira » 27/11/2019 13:00

ativo, entendi e percebo o teu ponto de vista. Mas de um ponto de vista prático, como imaginas essa possível operação?

Abraço,
Ulisses
"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30303
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por PETERTEAM » 27/11/2019 13:42

ativo Escreveu:
ativo Escreveu:A negociação em 2020 da concessão do Serviço Universal Postal vai determinar se o Estado avança, ou não, para a entrada no capital social dos CTT. Caso essa negociação não satisfaça o Estado, o Estado poderá vir a entrar no capital social dos CTT, algo que, de resto, não é muito mal visto pelo maior acionista dos CTT.

Se o Estado quiser entrar no capital social dos CTT entrará. Não haja dúvida a esse respeito. É que o Estado tem meios persuasivos para conseguir tal. :mrgreen: Lembro que o anterior Governo conseguiu na TAP reverter a seu contento um negócio que tinha sido feito pelo Governo de Passos Coelho.

Uma coisa sei: a entrada do Estado no capital social dos CTT nunca seria feita através de uma posição permanente de compra no mercado acionista.

Ulisses Pereira Escreveu:
Se o Estado quiser entrar no capital social dos CTT entrará. Não haja dúvida a esse respeito. É que o Estado tem meios persuasivos para conseguir tal. :mrgreen: Lembro que o anterior Governo conseguiu na TAP reverter a seu contento um negócio que tinha sido feito pelo Governo de Passos Coelho.


Não tem nada a ver. Reverteu o negócio da TAP praticamente depois de ter sido privatizada e havia apenas um proprietário da TAP, pelo que foi fácil negociar com ele. Como é que agora consegue convencer esta malta toda? Mesmo ameaçando com a concessão da empresa, quem é que se sacrifica por isso, quando os outros ficam a beneficiar sem venderem nada? Só venderão por um bom preço e o Estado não tem dinheiro para o fazer.

Se os CTT fossem de apenas um proprietário, ainda acreditava em histórias da carochinha, a sim é mesmo só para entreter os eleitores.

Abraço,
Ulisses

Não penso, nem, muito menos, afirmei, que a reentrada do Estado no capital social seria algo semelhante à reversão do negócio da TAP realizado pelo Governo de Passos Coelho e operada pelo anterior Governo de António Costa. São coisas diferentes, evidentemente. Fiz alusão à reversão do negócio da TAP, apenas e só, para ilustrar a "capacidade persuasiva" do Estado. Em Portugal, ninguém quer ter o Estado contra si. Quem tem um negócio não se atreve a opor-se abertamente ao Estado. Por isso, acredito que o Estado se quisesse entrar no capital social dos CTT, de forma a ter uma posição acionista que não fosse de controle, mas suficiente para se fazer ouvir junto da administração dos CTT, conseguiria tal pretensão. Não tenho dúvida relativamente a isso. Tenho ´e dúvida de que queira isso.

De resto, o maior acionista dos CTT, Manuel Champalimaud, já se apressou a declarar ( :lol: ) que «o Estado é bem-vindo no capital social dos CTT», abrindo, assim, a porta ao regresso do Estado ao capital social dos CTT.

Ler: https://expresso.pt/economia/2019-06-01 ... al-dos-CTT





Num Estado de Direito como Portugal, para o Estado reentrar no capital dos CTT, será sempre uma operação com vantagens / benesses para os accionistas privados. Contra a vontade dos accionistas privados só se fosse com alguma ordem judicial ou algum processo com justificação legal desencadeado por alguma entidade reguladora.

Não vejo que seja possível uma nacionalização ao estilo Chavez na Venezuela.
 
Mensagens: 65
Registado: 5/2/2014 21:40

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Ativo » 27/11/2019 15:58

ativo Escreveu:
ativo Escreveu:A negociação em 2020 da concessão do Serviço Universal Postal vai determinar se o Estado avança, ou não, para a entrada no capital social dos CTT. Caso essa negociação não satisfaça o Estado, o Estado poderá vir a entrar no capital social dos CTT, algo que, de resto, não é muito mal visto pelo maior acionista dos CTT.

Se o Estado quiser entrar no capital social dos CTT entrará. Não haja dúvida a esse respeito. É que o Estado tem meios persuasivos para conseguir tal. :mrgreen: Lembro que o anterior Governo conseguiu na TAP reverter a seu contento um negócio que tinha sido feito pelo Governo de Passos Coelho.

Uma coisa sei: a entrada do Estado no capital social dos CTT nunca seria feita através de uma posição permanente de compra no mercado acionista.

Ulisses Pereira Escreveu:
Se o Estado quiser entrar no capital social dos CTT entrará. Não haja dúvida a esse respeito. É que o Estado tem meios persuasivos para conseguir tal. :mrgreen: Lembro que o anterior Governo conseguiu na TAP reverter a seu contento um negócio que tinha sido feito pelo Governo de Passos Coelho.


Não tem nada a ver. Reverteu o negócio da TAP praticamente depois de ter sido privatizada e havia apenas um proprietário da TAP, pelo que foi fácil negociar com ele. Como é que agora consegue convencer esta malta toda? Mesmo ameaçando com a concessão da empresa, quem é que se sacrifica por isso, quando os outros ficam a beneficiar sem venderem nada? Só venderão por um bom preço e o Estado não tem dinheiro para o fazer.

Se os CTT fossem de apenas um proprietário, ainda acreditava em histórias da carochinha, a sim é mesmo só para entreter os eleitores.

Abraço,
Ulisses

Não penso, nem, muito menos, afirmei, que a reentrada do Estado no capital social seria algo semelhante à reversão do negócio da TAP realizado pelo Governo de Passos Coelho e operada pelo anterior Governo de António Costa. São coisas diferentes, evidentemente. Fiz alusão à reversão do negócio da TAP, apenas e só, para ilustrar a "capacidade persuasiva" do Estado. Em Portugal, ninguém quer ter o Estado contra si. Quem tem um negócio não se atreve a opor-se abertamente ao Estado. Por isso, acredito que o Estado se quisesse entrar no capital social dos CTT, de forma a ter uma posição acionista que não fosse de controle, mas suficiente para se fazer ouvir junto da administração dos CTT, conseguiria tal pretensão. Não tenho dúvida relativamente a isso. Tenho ´e dúvida de que queira isso.

De resto, o maior acionista dos CTT, Manuel Champalimaud, já se apressou a declarar ( :lol: ) que «o Estado é bem-vindo no capital social dos CTT», abrindo, assim, a porta ao regresso do Estado ao capital social dos CTT.

Ler: https://expresso.pt/economia/2019-06-01 ... al-dos-CTT

Ulisses Pereira Escreveu:ativo, entendi e percebo o teu ponto de vista. Mas de um ponto de vista prático, como imaginas essa possível operação?

Abraço,
Ulisses

Ulisses, a (re)entrada do Estado no capital social dos CTT poderia, por exemplo, ser efetuada através de um aumento de capital para esse efeito, reservado ao Estado, em que aos acionistas não fosse, portanto, concedido direito de preferência na sua subscrição. As condições desse aumento de capital, nomeadamente, o montante de ações a subscrever e o preço de subscrição das mesmas, seriam determinadas após uma avaliação prévia, independente, dos CTT.
Em resultado desse aumento de capital o Estado poderia ficar com uma posição acionista inferior, mas algo próxima, à atual maior posição acionista no capital social dos CTT. Quando se tem o Estado como acionista ele nunca é um acionista como outro qualquer, "pesa" e é ouvido, sempre, de forma diferente dos outros.

No meu entender, o grande obstáculo à entrada do Estado no capital social dos CTT está no facto dos CTT, atualmente, deterem um Banco. Portanto, se o Estado entrasse no capital social dos CTT, adquiriria, indiretamente, uma parcela do Banco CTT. Ora isso teria implicações políticas e teria que ser devidamente "justificado" pelo Governo junto de instâncias europeias.
Assim, na minha opinião, a entrada do Estado no capital social dos CTT talvez fosse antecedida pela separação prévia do negócio postal dos CTT, do seu negócio bancário, através de um "spin-off" do Banco CTT.

Penso, no entanto, que neste momento o Estado não está interessado em entrar no capital social dos CTT. A surgir, realmente, esse interesse, ele será ditado, para já, pela forma como decorrer a negociação da concessão do Serviço Universal Postal em 2020, como já disse.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3672
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por maceirafernandesjose » 29/11/2019 10:23

Os ctt mantem j´á tendencia de alta no curto e médio prazo,o sinal de mais longo prazo encontra-se ainda cerca de 20 por cento acima da cotação actual. :)
 
Mensagens: 1414
Registado: 17/12/2013 1:15

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por xxx...talha bestas...xxx » 29/11/2019 20:13

Porque raio foi comprar 3500 acções se há potencial de descida, segundo grande parte dos analistas :lol:

https://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/docs/TRAN73999.pdf
Anexos
696AFDDE-F587-4FCF-B72C-4447EE9A9017.jpeg
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 324
Registado: 19/6/2018 17:15

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Ulisses Pereira » 29/11/2019 20:49

Se sempre que os "insiders" comprassem as acções subissem, tínhamos aqui uma estratégia excelente para ganhar dinheiro em Bolsa. Infelizmente essa correlação não existe.

Abraço,
Ulisses
"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30303
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por Pata-Hari » 2/12/2019 0:12

e 3500 acções é efectivamente muito pouco dinheiro… nem se entende bem porque razão o fez. Parece uma compra simbólica mais do que um investimento.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 20483
Registado: 25/10/2002 17:02
Localização: Lisboa

Re: CTT - a mais recente acção da Bolsa portuguesa

por xxx...talha bestas...xxx » 2/12/2019 12:02

Ulisses Pereira Escreveu:Se sempre que os "insiders" comprassem as acções subissem, tínhamos aqui uma estratégia excelente para ganhar dinheiro em Bolsa. Infelizmente essa correlação não existe.

Abraço,
Ulisses



Ulisses,

concordo em absoluto contigo, mas, no caso dos ctt não poderá existir alguma informação que este insider conhece, que o resto da malta desconhece :lol:

é que a cotação, está a responder de forma assertiva :mrgreen:
Anexos
ctt 02-12-2019.png
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 324
Registado: 19/6/2018 17:15

AnteriorPróximo