Finanças & Fundos de Investimento

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 16/1/2016 16:47

Boa tarde,

Não só vou fazer uma análise das carteiras aqui do tópico do ano transacto como a pedido de muitas famílias (algumas vá :mrgreen: ) uma análise do que penso deste início de ano como nunca vimos :-k

Começando por aquilo que acho mais importante, uma análise do ano passado das diferentes carteiras que estão no Excel do tópico (que tenho na assinatura).

O que vou aqui escrever é com base na carteira conservadora, se bem que apenas alterando os ganhos/perdas seja valido para todas as carteiras uma vez que os fundos são os mesmos, as alocações diferentes apenas têm impacto na magnitude das subidas/quedas, não nas razões (que a verdade é que são transversais aos mercados em si, não apenas aos fundos).

Como sabemos o início do ano passado foi muito bom para todas as carteiras, apresentando a carteira conservadora cerca de 8% de rentabilidade já o final de Maio ( o que é sempre bom mas numa altura de tão baixas taxas de juro é algo de espectacular numa carteira conservadora).

Como sabem começamos no final de maio a corrigir com o "ruído" vindo da Grécia, tendo a carteira corrigido uns 4%. Honestamente achei uma correcção saudável e ficar com 4% de rentabilidade a meio do ano pareceu-me mais realista do que os 8% (embora ainda ligeiramente acima das minhas expectativas).

Quando pensávamos que as coisas estavam a acalmar e se "resolveu" o problema Grego, tendo entretanto o S&P ido praticamente a máximos e o Eurostoxx recuperado bastante, apareceu o problema a sério, que foi o Chinês, com o rebentar da bolha accionista. Tivemos uma queda de 5300 pontos para os 3000 pontos no CSI 300, uma correcção de quase 45%.

Lá foi o S&P aos valores de 1860/80 (parte mais baixa do canal de lateralização do ano passado). Quando o S&P tropeça a Europa parece que cai do precipício e por estranho que pareça (ou não) esta queda devido à China levou o Eurostoxx a a valores inferiores à da crise Grega tendo o Eurostoxx parado apenas nos 3000 pontos.

Entretando as coisas recuperaram e de novo o S&P foi quase a máximos etc etc

Resumindo depois de tanta palha passamos o ano a LATERALIZAR. Eu pergunto-me se parece o fim do mundo quando as coisas lateralizam como será quando corrigirem à séria? :twisted:

A verdade é que dá a sensação de queda enorme devido à profundidade do Drawdown, muito devido não a estarmos muito longe da média de crescimento mas de no início de 2015 termos subido demasiado. Seria menos desgastante emocionalmente lateralizar tendo apenas subido 4% do que 8%, embora em termo de números fosse dar ao mesmo uma queda de 4% é menos "pesada" que uma queda de 8%, embora ambas tivessem o efeito de deixar o ano a zeros, como no fim do Verão.

As rentabilidades são:

Carteira Conservadora: 3.5%
Carteira Moderada: 6.45%
Carteira Agressiva: 10.76%

Eu ainda estou-me a debater com os rebalanceamentos no excel, mas pelos meus cálculos levam a uma diminuição de cerca de 20 a 25% nas rentabilidades. Vou ter de testar no Financial Times para ver as rentabilidades reais, depois actualizo aqui.

Mas assim de cabeça rentabilidades realistas para quem fez as carteiras no início do ano seriam algo como:

Carteira Conservadora: 2.75%
Carteira Moderada: 5.25%
Carteira Agressiva: 8%

O que está longe de quedas, embora apresentem performance abaixo do "normal" para o que foi os últimos anos.

A evolução das carteiras apresentam agora uma linha de regrassão para quem gosta de brincar como "regressões à média". Atenção que esta linha diminui/aumenta de inclinação, não é nada de estático, embora possa ajudar a perceber se as coisas estão excessivamente "caras" (e agora olhando para trás podemos nos aperceber que de facto em Maio do ano passado estávamos muito acima da média, algo que embora sem números foi discutido aqui no tópico devido à rápida subida das carteiras).

Houve entretanto esta correcção significativa e encontravamo-nos abaixo da média no final do ano passado.

Apresento aqui o gráfico para a carteira moderada (para vem as variações) uma vez que aumentando o risco é apenas necessário aumentar a magnitude destas mesmas variações ou podem ir ver ao excel. Quem quiser ver outros gráficos e/ou desde outras alturas pode ver no excel.
Anexos
Desde 2008 carteira conservadora.PNG
Desde 2008 carteira conservadora.PNG (28.64 KiB) Visualizado 6278 vezes
Desde 2010 carteira conservadora.PNG
Desde 2010 carteira conservadora.PNG (33.92 KiB) Visualizado 6278 vezes
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 16/1/2016 17:20

Agora sobre o início do ano.

Este início de ano foi de facto algo que nunca vi assim logo a começar, aliás tivemos a 1ª pior semana do ano de SEMPRE dos mercados (anterior recordista era 2000). Mas como sabemos não se ficou por aqui e as coisas continuam a corrigir com força.

Neste momento estamos em valores de mínimo do ano passado, quer nos mercados quer na carteira conservadora.

O S&P está na parte baixa do canal de lateralização do ano passado. O Eurostoxx está ligeiramente abaixo de 3000 pontos, valor mínimo do ano passado. Mas resumindo estamos de novo a valores de Agosto, sendo que estamos com 13/14 meses sem rentabilidade quer nos mercados accionistas/obrigacionistas.

Entretanto alguns mercados sofreram alguns stresses como High Yield americano (no caso devido à queda do preço do petróleo e pânico que grande parte das empresas ligadas a matérias primas e gás/petróleo de xisto vão à falência).

Do meu ponto de vista, as variações de curto prazo pouco mais que ruído são, embora compreenda que tenham um impacto emocional elevado uma vez que estamos 10% abaixo do valores de Maio do ano passado (na carteira conservadora), embora na realidade as coisas tenham vindo a lateralizar e apenas não se tem vindo a ter lucro.

Estamos numa altura em que más notícias levam à queda dos mercados e boas notícias... levam à queda dos mercados. Há uma sensação crescente que a FED já não está a apoiar os mercados. Para além de que pós crise se viva numa clima de "Quando será a próxima crise???" que eu acho completamente contraproducente aos investimentos e de um stress psicológico inacreditável. Parece que o fim do mundo está ao virar da esquina (e não, não é só em Portugal, embora eu sinta que temos ainda mais razões que os americanos, com tudo o que se passou/passa na nossa economia e sector financeiro).

Para acalmar eu tento desligar-me e olhar para os números, e se os números dizem LATERALIZAÇÂO tento não entrar em pânico e relembrar-me que ng sabe o futuro e que os aqueles que passam, por "pros" são mais "pros" dos bitaites do que "pros" dos mercados. Vivemos num mundo do click, das vendas, de chamar mais a atenção que o próximo e que melhores notícias do que as más para chamar a atenção. Ainda me rio da Notícia do RBS sobre o "apocalipse financeiro". Gostaria que os reguladores tivessem mais atenção a essa manipulação de info e alguém me confirma-se se os gestores do RBS ou o analista que é responsável por essa notícia está curto. Há uma falta de responsabilidade de quem manda os bitaites que acho inacreditável. A TVI veio pedir desculpa pela notícia do Banif e fica tudo ok! Eu fico parvo...

Agora assumo que haja pessoas que não aguentam a pressão, que muitas vezes colocam sobre si mesmos, e queiram sair do mercado etc etc. Por razões que nos ultrapassam (e que são milenares) somos animais com medo, e essa maneira de ser "está no ADN" e mesmo sabendo que a decisão correcta é não vender (está mais que estudado e nem vou entrar por aí mas quem segue este tópico acho que já sabe o que defendo e os estudos comprovam) pode fazer sentido a nível pessoal para diminuir o stress.

Já sabemos, contudo, que uma decisão de vender vai muito provavelmente ter um preço, literalmente em euros, na diminuição da performance de longo prazo. Por outro lado fico contente por as pessoas se começarem a aperceber o que é ganhar dinheiro nos mercados, não é grátis, é o que o mercado "paga" por este stress. Se o stress é bem remunerado ou não, já é para cada pessoa decidir.

Deixo dois posts (mesmo tema, duas variações) que eu tenho praticamente emoldurado:

http://theirrelevantinvestor.tumblr.com ... ategy-ever
http://fivethirtyeight.com/datalab/worr ... dont-sell/

EDIT: Encontrei dois artigos interessantes agora mesmo na minha actualização da blogosfera:

http://thereformedbroker.com/2016/01/15 ... -too-late/
http://jimoshaughnessy.tumblr.com/post/ ... term-skill

Frase chave de cada um dos artigos:

The fact is, most investors cannot tolerate the full brunt of a bear market psychologically, and will end up doing the perfectly wrong thing at the most inopportune time. Joshua M Brown

"In the stock market, short term trends are mostly random and heavily influenced by luck. To succeed, you must ignore them and invest in strategies that have the highest probability (base rate) of succeeding in the future."

(Jim O'Shaughnessy)
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por NM_2 » 18/1/2016 12:10

VirtuaGod Escreveu:Agora sobre o início do ano.

Este início de ano foi de facto algo que nunca vi assim logo a começar, aliás tivemos a 1ª pior semana do ano de SEMPRE dos mercados (anterior recordista era 2000). Mas como sabemos não se ficou por aqui e as coisas continuam a corrigir com força.

Neste momento estamos em valores de mínimo do ano passado, quer nos mercados quer na carteira conservadora.

O S&P está na parte baixa do canal de lateralização do ano passado. O Eurostoxx está ligeiramente abaixo de 3000 pontos, valor mínimo do ano passado. Mas resumindo estamos de novo a valores de Agosto, sendo que estamos com 13/14 meses sem rentabilidade quer nos mercados accionistas/obrigacionistas.

Entretanto alguns mercados sofreram alguns stresses como High Yield americano (no caso devido à queda do preço do petróleo e pânico que grande parte das empresas ligadas a matérias primas e gás/petróleo de xisto vão à falência).

Do meu ponto de vista, as variações de curto prazo pouco mais que ruído são, embora compreenda que tenham um impacto emocional elevado uma vez que estamos 10% abaixo do valores de Maio do ano passado (na carteira conservadora), embora na realidade as coisas tenham vindo a lateralizar e apenas não se tem vindo a ter lucro.

Estamos numa altura em que más notícias levam à queda dos mercados e boas notícias... levam à queda dos mercados. Há uma sensação crescente que a FED já não está a apoiar os mercados. Para além de que pós crise se viva numa clima de "Quando será a próxima crise???" que eu acho completamente contraproducente aos investimentos e de um stress psicológico inacreditável. Parece que o fim do mundo está ao virar da esquina (e não, não é só em Portugal, embora eu sinta que temos ainda mais razões que os americanos, com tudo o que se passou/passa na nossa economia e sector financeiro).

Para acalmar eu tento desligar-me e olhar para os números, e se os números dizem LATERALIZAÇÂO tento não entrar em pânico e relembrar-me que ng sabe o futuro e que os aqueles que passam, por "pros" são mais "pros" dos bitaites do que "pros" dos mercados. Vivemos num mundo do click, das vendas, de chamar mais a atenção que o próximo e que melhores notícias do que as más para chamar a atenção. Ainda me rio da Notícia do RBS sobre o "apocalipse financeiro". Gostaria que os reguladores tivessem mais atenção a essa manipulação de info e alguém me confirma-se se os gestores do RBS ou o analista que é responsável por essa notícia está curto. Há uma falta de responsabilidade de quem manda os bitaites que acho inacreditável. A TVI veio pedir desculpa pela notícia do Banif e fica tudo ok! Eu fico parvo...

Agora assumo que haja pessoas que não aguentam a pressão, que muitas vezes colocam sobre si mesmos, e queiram sair do mercado etc etc. Por razões que nos ultrapassam (e que são milenares) somos animais com medo, e essa maneira de ser "está no ADN" e mesmo sabendo que a decisão correcta é não vender (está mais que estudado e nem vou entrar por aí mas quem segue este tópico acho que já sabe o que defendo e os estudos comprovam) pode fazer sentido a nível pessoal para diminuir o stress.

Já sabemos, contudo, que uma decisão de vender vai muito provavelmente ter um preço, literalmente em euros, na diminuição da performance de longo prazo. Por outro lado fico contente por as pessoas se começarem a aperceber o que é ganhar dinheiro nos mercados, não é grátis, é o que o mercado "paga" por este stress. Se o stress é bem remunerado ou não, já é para cada pessoa decidir.

Deixo dois posts (mesmo tema, duas variações) que eu tenho praticamente emoldurado:

http://theirrelevantinvestor.tumblr.com ... ategy-ever
http://fivethirtyeight.com/datalab/worr ... dont-sell/

EDIT: Encontrei dois artigos interessantes agora mesmo na minha actualização da blogosfera:

http://thereformedbroker.com/2016/01/15 ... -too-late/
http://jimoshaughnessy.tumblr.com/post/ ... term-skill

Frase chave de cada um dos artigos:

The fact is, most investors cannot tolerate the full brunt of a bear market psychologically, and will end up doing the perfectly wrong thing at the most inopportune time. Joshua M Brown

"In the stock market, short term trends are mostly random and heavily influenced by luck. To succeed, you must ignore them and invest in strategies that have the highest probability (base rate) of succeeding in the future."

(Jim O'Shaughnessy)

Muito interessante!!!!!!
Estas descidas criam oportunidades longas mas é melhor deixar a tempestade desenvolver e dissipar...
 
Mensagens: 1536
Registado: 2/9/2014 22:13

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por DMP » 19/1/2016 9:50

Bons olhos o vejam!

:mrgreen:
 
Mensagens: 170
Registado: 22/3/2014 13:47

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por bluestock » 19/1/2016 16:03

VirtuaGod Escreveu:Ainda me rio da Notícia do RBS sobre o "apocalipse financeiro". Gostaria que os reguladores tivessem mais atenção a essa manipulação de info e alguém me confirma-se se os gestores do RBS ou o analista que é responsável por essa notícia está curto. Há uma falta de responsabilidade de quem manda os bitaites que acho inacreditável. A TVI veio pedir desculpa pela notícia do Banif e fica tudo ok! Eu fico parvo...

X 2

Estes tipos do RBS são capazes de dizer que amanhã de madrugada vai chover torrencialmente mesmo que o teor de humidade relativa na atmosfera seja inferior a 50% e que não haja um acentuado arrefecimento noturno. Mais, estes tipos são capazes de anunciar uma intensa pluviosidade numa atmosfera sem vapor de água e desprovida de micropartículas de nucleação para a condensação do vapor de água.

"In the stock market, short term trends are mostly random and heavily influenced by luck. To succeed, you must ignore them and invest in strategies that have the highest probability (base rate) of succeeding in the future."
(Jim O'Shaughnessy)

Não é preciso o Jim vir-nos dizer este princípio básico da probabilidade estatística, que é uma ciência para-exata que tem uma elevada tendência a ser mais exata que a "ciência" dos bruxos ou adivinhos.

Depois deste break prolongado do VirtuaGod, em que ele com certeza aproveitou a paragem da sua participação neste fórum para ler montes de papers e alguns livros, agora vamos ter um VirtuaGod alavancado de saber com uma tendência em alta na aproximação a um verdadeiro RealGod. :mrgreen:
Em vez de seguires o mercado no presente, faz com que ele te siga a ti no futuro, através do teu investimento do tipo contrarian, porque só comprando barato, quando a grande maioria está a vender, é que podes tomar um grande ganho futuro.

Toma um ganho antes que a perda tome conta de ti.

A evolução do buraco da nossa dívida externa está em contraciclo com o buraco do ozono, uma vez que este está em regressão, enquanto que o nosso buraco está a ficar uma grande cratera. Conclusão: o controlo da nossa dívida externa é um processo mais estratosférico do que o controlo do buraco do ozono.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 198
Registado: 8/1/2016 22:25

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por daniel__ » 8/2/2016 10:49

Não sei o que é que se passou com o finantial times, mas há uma carradas de fundos que desapareceram.

diz Data unavailable.
Projetos

Teamlyzer
 
Mensagens: 285
Registado: 1/7/2014 14:53

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Azul10 » 14/2/2016 0:49

Mais um ano passado na carteira, já lá vão 3, este o mais agreste, começando por subidas demasiado boas para ser para durar e com duas fortes quedas, uma ainda a acontecer. Foi um ano marcado pelo volatilidade o que o boneco ilustra na perfeição, o gráfico azul mostra a evolução da carteira e o vermelho a média.

Imagem

Bom ano de investimentos a todos!
 
Mensagens: 409
Registado: 4/10/2010 11:29
Localização: 14

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Daemoon » 16/2/2016 19:07

Azul...qual o valor inicial e final que se encontram nos 2circulos que fiz??
Anexos
2evf8ua.jpg
2evf8ua.jpg (105.03 KiB) Visualizado 5259 vezes
 
Mensagens: 245
Registado: 14/2/2009 14:06
Localização: 17

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 16/8/2016 23:53

O ouro não tem correlação negativa com o mercado accionista (S&P 500)

Parece-me que muita gente pensa que o ouro tem correlação negativa com o mercado accionista. Contudo no curto prazo tanto tem alturas de correlação positiva como alturas de correlação negativa. A longo prazo isso torna-se numa correlação nula.

Uma imagem vale mil palavras:

Imagem

Em cima temos a correlação mensal (rolante) entre o SPY (ETF tracker do S&P) e o GLD (ETF tracker do ouro). Como podem ver tanto há alturas de correlação positiva como negativa. A longo prazo, e testando desde a criação do GLD no final de 2004 a correlação é de +0.04, ou seja, não há qualquer correlação entre ambos os activos.

Em 2008, e embora o GLD tenha acabado o ano ligeiramente positivo (+4,9%) a verdade é que o GLD teve um Drawdown de 15.11% (se testarmos esse ano apenas). A queda desenvolveu-se maioritariamente na segunda metade do ano, tal como o S&P, provando que não é propriamente um 'Hedge' para quedas accionistas, nem no curto nem no longo prazo.

Ferramentas: ETFReplay
Editado pela última vez por VirtuaGod em 10/9/2016 18:55, num total de 4 vezes.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 16/8/2016 23:55

Factos estilizados e curiosidades do mercado accionista

Continuando com o objectivo educativo deste tópico decidi fazer uma nova secção. Aqui irei enunciar alguns factos interessantes e/ou curiosidades dos mercados financeiros. Normalmente posts pequenos com ênfase em imagens. Provavelmente sempre com um lado mais quantitativo ou pelo menos algo que se possa provar (excluindo assim opiniões). Muitas vezes são coisas que passam ao lado de pessoas que não seguem constantemente os mercados ou dúvidas que vejo muita gente a ter.

Irei usar bastante as ferramentas ETFReplay e Portfolio Visualizer. Quem quiser pode ir testar tb, alterando os parâmetros ao seu gosto. Outras vezes poderei usar livros ou artigos académicos mas tentarei sempre deixar fonte, para quem quiser explorar mais o assunto.

Assim:
. O ouro não tem correlação negativa com o mercado accionista (S&P 500)
. O Nikkei está em Bear Market há mais de 25 anos, mas nem tudo é tão mau como parece
. A volatilidade de uma carteira não é igual à média das volatilidades individuais dos activos
. Não se somam/subtraem percentagens de retornos
. Tem a volatilidade do mercado accionista aumentado ao longo do tempo?
Editado pela última vez por VirtuaGod em 10/9/2016 18:46, num total de 3 vezes.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Mouro_Emprestado » 17/8/2016 13:10

:clap: :clap: :clap: VG.

Nem de propósito, seguem abaixo 2 portfolios diferentes para esse ano "nefasto" de 2008, em que se pode observar a descorrelação entre as acções e as Treasuries Americanas de Longo-Prazo no final desse ano:

Imagem

Imagem


photo hosting
 
Mensagens: 379
Registado: 13/9/2013 0:16

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 17/8/2016 15:13

Mouro_Emprestado Escreveu:Nem de propósito, seguem abaixo 2 portfolios diferentes para esse ano "nefasto" de 2008, em que se pode observar a descorrelação entre as acções e as Treasuries Americanas de Longo-Prazo no final desse ano:


Essa descorrelação (entre treasuries e S&P) fica para um futuro post. Mas nem sempre existiu. Só num ambiente de baixa inflacção como temos vistos nos últimos 30/35 anos (EUA).
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Rick Lusitano (New) » 17/8/2016 15:45

Welcome back, VG. 8-)

VG, uma questão, que possivelmente, já tens em calha, para abordar futuramente.

Apesar de analisar o passado, ser a possibilidade "mais viável" para tentar prever o futuro, não achas que as políticas monetárias dos bancos centrais mundiais, de certa maneira distorceram os mercados, fazendo que as series temporais fiquem também mais distantes não só da realidade actual, mas também, possivelmente mais distantes das possíveis realidades futuras? Ou seja, aumentando o "tracking error" entre o passado, presente e futuro, desviando-se cada vez mais do passado.
Fundos à la carte - UCITS (SICAV, OEIC, Unit Trusts, FCP) & US mutual funds

Fundos de Investimento, Mercados Financeiros, Gestão de Carteiras, Alternative Finance, FinTech
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2791
Registado: 10/5/2014 0:59

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 17/8/2016 15:45

O Nikkei está em Bear Market há mais de 25 anos, mas nem tudo é tão mau como parece

Normalmente as pessoas não se apercebem que o índice accionista japonês vive um Bear Market há tanto tempo. Desde o fecho anual de 1989 (o pico foi em Dezembro de 1989) até ao fecho do mês passado o Nikkei caiu 58,9%.

Contudo o Nikkei não é um índice de Retorno Total (não inclui os dividendos). Incluindo os dividendos o Nikkei "só" caiu 43,2%. Uma performance não muito agradável e que dá uma nova visão a longo prazo.

Este foi o rebentar de uma bolha que durou 4 décadas. Nos 40 anos entre Janeiro de 1950 e Dezembro de 1989 o nikkei (com dividendos reinvestidos) rendeu 20.8% anualizado. Se considerarmos essa bolha o Nikkei rendeu desde 1950 a 2016 uns 11.1% anualizados, uma performance em linha com os melhores mercados accionistas mundiais.

Aqui podem ver o gráfico de longo prazo do Nikkei (nominal apenas, ou seja sem os dividendos reinvestidos):

Imagem

Ferramentas:

dqydj.com para o cálculo dos retornos
tradingeconomics.com para o gráfico de longo prazo
Editado pela última vez por VirtuaGod em 17/8/2016 16:05, num total de 1 vez.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 17/8/2016 16:04

Rick Lusitano (New) Escreveu:Welcome back, VG. 8-)

VG, uma questão, que possivelmente, já tens em calha, para abordar futuramente.

Apesar de analisar o passado, ser a possibilidade "mais viável" para tentar prever o futuro, não achas que as políticas monetárias dos bancos centrais mundiais, de certa maneira distorceram os mercados, fazendo que as series temporais fiquem também mais distantes não só da realidade actual, mas também, possivelmente mais distantes das possíveis realidades futuras? Ou seja, aumentando o "tracking error" entre o passado, presente e futuro, desviando-se cada vez mais do passado.


Tive ontem uma conversa com um tema semelhante. Mais do que os comportamentos recentes dos bancos centrais (que não me incomodam assim tanto em termos de investimento), é o facto de vivermos um sistema monetário baseado apenas em confiança. Os Bancos Centrais com estes comportamentos têm, na minha opinião, vindo a testar/forçar essa confiança.

Não há NADA por detrás do $. Teoricamente enquanto houver confiança (que se pode medir facilmente pelo excesso ou fraca inflação) pode-se injectar todo o dinheiro do mundo na economia. Há aliás uma teoria que o BCE devia fazer um QE para o povo, depositando directamente € na conta bancária de cada cidadão europeu (uns 500 euros por exemplo).

Este sistema monetário tem apenas 80 anos (fim do padrão ouro nos anos 30). MUITA coisa pode acontecer. Ng sabe o limite que as pessoas terão confiança em papel. Por enquanto tudo tem corrido bem e por isso os bancos centrais têm vindo a aumentar as injecções de $.

Definitivamente vivemos num admirável mundo novo e tenho lido que é a primeira vez na história que existem taxas negativas (pelo escritor de 'Debt: The First 5,000 Years').

Respondendo directamente à tua pergunta relembro-te que "this time is different" devem ser as palavras mais ditas no mundo financeiro e que provavelmente levaram a maior perdas de $ de sempre :wink: Novidades haverá sempre. Mas se tivesse que apostar estaria do lado que o mundo vai continuar a ser mundo.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Rick Lusitano (New) » 17/8/2016 16:26

VirtuaGod Escreveu:Há aliás uma teoria que o BCE devia fazer um QE para o povo, depositando directamente € na conta bancária de cada cidadão europeu (uns 500 euros por exemplo).


Referes-te ao famoso "Helicopter Money"? Que também se falou em relação ao Japão, recentemente?

Que é segundo, muitos economistas e investidores, uma medida que não iria provocar o tão choque necessário para revitalizar a inflação.



VirtuaGod Escreveu:Este sistema monetário tem apenas 80 anos (fim do padrão ouro nos anos 30).


Não queres explicar melhor, essa frase? :-k

Os EUA saíram do sistema de Bretton Woods em 1971.

Não estarás a mencionar antes, as políticas económicas Keynesianas que foram adoptadas mundialmente?


PS: Vários países, saíram temporariamente (e voltaram) do padrão ouro, ao longo dos séculos, normalmente devido as guerras ou conflitos armados com outros países, aumentando consideravelmente as suas inflações, em consequência disso.
Fundos à la carte - UCITS (SICAV, OEIC, Unit Trusts, FCP) & US mutual funds

Fundos de Investimento, Mercados Financeiros, Gestão de Carteiras, Alternative Finance, FinTech
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2791
Registado: 10/5/2014 0:59

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por ZeNovato » 17/8/2016 18:18

Ainda bem que voltas-te VG
És umas das pessoas cá no fórum com quem vou aprendendo mais coisas.
Apesar de não deixar cá nenhuma mensagem por falta de conhecimentos da minha parte, gosto de ler o que escrevem.

Abraços e continuem o debate :clap:
 
Mensagens: 199
Registado: 8/3/2014 19:34

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 17/8/2016 19:13

ZeNovato Escreveu:És umas das pessoas cá no fórum com quem vou aprendendo mais coisas.


Obr. Acho que a ideia é sempre nos ensinarmos uns aos outros (tb acabo muito por aprender porque me faz ir pesquisar as coisas e fazer posts 'bonitos' com gráficos e assim). Sou muito de fases e precisava de um descanso do fórum.

P.S. Independentemente de ter feito quote do ZeNovato o post é para toda a gente que me deu as boas vindas. É sempre bom sentirmo-nos bem vindos 8-)
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 17/8/2016 19:42

Rick Lusitano (New) Escreveu:Referes-te ao famoso "Helicopter Money"? Que também se falou em relação ao Japão, recentemente?

O Helicopter Money chegou com o QE. Agora é mais qual a forma melhor de o 'distribuir'.

Rick Lusitano (New) Escreveu:Que é segundo, muitos economistas e investidores, uma medida que não iria provocar o tão choque necessário para revitalizar a inflação.

Pessoalmente acho que seria melhor e teria mais impacto do que comprar activos financeiros. O dinheiro está a chegar apenas às mãos de alguns, possivelmente nem de quem mais precisa nem de quem o iria injectar melhor na economia. Se dessem 500 euros a toda a gente acredito que iria ter maior impacto na economias locais que é onde o pessoal 'pobre' (?) gasta o $. É injecção directa na economia.

Did Quantitative Easing Increase Income Inequality? - White Paper
S&P: QE ‘exacerbates’ inequality - Notícia pequena e interessante sobre este artigo: QE And Economic Inequality: The U.K. Experience

Rick Lusitano (New) Escreveu:Não queres explicar melhor, essa frase? :-k

Não tenho muito conhecimento sobre o padrão ouro por isso aquilo que vou dizer é mais opinião do que outra coisa. Não és a primeira pessoa com quem eu tenho esta discussão. Nem sei se tenho 100% de razão mas a minha opinião é que o padrão ouro acabou nos anos 30.

Na altura os EUA não eram incontestavelmente a maior economia do Mundo como são actualmente. Houve vários países a sair em diversas alturas. Tens aqui um podcast engraçado sobre a saída da Inglaterra: http://www.npr.org/sections/money/2015/01/16/376967946/episode-253-gold-standard-r-i-p

Nos EUA o FDR fez o Gold Reserve Act e 'valorizou' o ouro de 20.67$ para 35$ a onça. Para mim (como para muita gente) o padrão ouro é quando "Under the gold standard, money holds its value. Central banks can't create (or destroy) money at a whim" . Ou seja a partir do momento em que se altera o preço do ouro deixa, na minha opinião, de ser padrão-ouro e passa a ser algo semelhante a câmbio fixo. Há até pessoas que dizem que o padrão ouro acabou em 1914 (fim da era clássica do padrão ouro, o que veio a seguir foi apenas era de convertibilidade de $/£ em ouro).

A valorização do ouro foi na realidade uma desvalorização do USD e um aumento gigantesco de 60% das reservas dos bancos. Queres melhor QE? Este foi mesmo à bruta, do dia para a noite (30 de Janeiro de 1934) de TODO o dinheiro na economia do EUA.

O que veio a seguir (Bretton Woods) vejo como um período de transição, não como padrão-ouro puro. Por outro lado tb vos compreendo. Só no início dos anos 70 é que realmente passou a a haver liberdade financeira. Mas simplesmente vejo como uma quebra do 'câmbio fixo' de 1 onça de ouro/35 USD que os EUA não conseguiram manter devido à inflação.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Artista Romeno » 17/8/2016 20:41

VirtuaGod Escreveu:
Rick Lusitano (New) Escreveu:Referes-te ao famoso "Helicopter Money"? Que também se falou em relação ao Japão, recentemente?

O Helicopter Money chegou com o QE. Agora é mais qual a forma melhor de o 'distribuir'.

Rick Lusitano (New) Escreveu:Que é segundo, muitos economistas e investidores, uma medida que não iria provocar o tão choque necessário para revitalizar a inflação.

Pessoalmente acho que seria melhor e teria mais impacto do que comprar activos financeiros. O dinheiro está a chegar apenas às mãos de alguns, possivelmente nem de quem mais precisa nem de quem o iria injectar melhor na economia. Se dessem 500 euros a toda a gente acredito que iria ter maior impacto na economias locais que é onde o pessoal 'pobre' (?) gasta o $. É injecção directa na economia.

Did Quantitative Easing Increase Income Inequality? - White Paper
S&P: QE ‘exacerbates’ inequality - Notícia pequena e interessante sobre este artigo: QE And Economic Inequality: The U.K. Experience

Rick Lusitano (New) Escreveu:Não queres explicar melhor, essa frase? :-k

Não tenho muito conhecimento sobre o padrão ouro por isso aquilo que vou dizer é mais opinião do que outra coisa. Não és a primeira pessoa com quem eu tenho esta discussão. Nem sei se tenho 100% de razão mas a minha opinião é que o padrão ouro acabou nos anos 30.

Na altura os EUA não eram incontestavelmente a maior economia do Mundo como são actualmente. Houve vários países a sair em diversas alturas. Tens aqui um podcast engraçado sobre a saída da Inglaterra: http://www.npr.org/sections/money/2015/01/16/376967946/episode-253-gold-standard-r-i-p

Nos EUA o FDR fez o Gold Reserve Act e 'valorizou' o ouro de 20.67$ para 35$ a onça. Para mim (como para muita gente) o padrão ouro é quando "Under the gold standard, money holds its value. Central banks can't create (or destroy) money at a whim" . Ou seja a partir do momento em que se altera o preço do ouro deixa, na minha opinião, de ser padrão-ouro e passa a ser algo semelhante a câmbio fixo. Há até pessoas que dizem que o padrão ouro acabou em 1914 (fim da era clássica do padrão ouro, o que veio a seguir foi apenas era de convertibilidade de $/£ em ouro).

A valorização do ouro foi na realidade uma desvalorização do USD e um aumento gigantesco de 60% das reservas dos bancos. Queres melhor QE? Este foi mesmo à bruta, do dia para a noite (30 de Janeiro de 1934) de TODO o dinheiro na economia do EUA.

O que veio a seguir (Bretton Woods) vejo como um período de transição, não como padrão-ouro puro. Por outro lado tb vos compreendo. Só no início dos anos 70 é que realmente passou a a haver liberdade financeira. Mas simplesmente vejo como uma quebra do 'câmbio fixo' de 1 onça de ouro/35 USD que os EUA não conseguiram manter devido à inflação.


:arrow: o padrão ouro foi o grande responsável pelo choque que se seguiu á crise de 1929, quem ficou agarrado a ele foi quem se tramou, não vejo logica em ter a quantidade de moeda ligada a algo com uma supply limitada. o livro lords of finance explica isto muito bem https://en.wikipedia.org/wiki/Lords_of_Finance , o foco de um banco central não deve ser o ouro deve ser as pessoas, concordo no entanto que há pouca experiencia nesta gestão, e que os eua deveriam estar a subir a taxa para proximo da neutral( inflação+ crescimento) sob pena de sobreaquecer dado que a economia recuperou. Assim apesar do padrão ouro não ser solução, pois num periodo de recessão a economia não está em full capacity use,e os preços podem ser lentos a ajustar, importa ter bom senso ao expandir a quantidade de moeda para contrariar queda do produto sob a pena de sobreaquecimento, reparemos que na europa se calhar era necessário um estimulo orçamental por parte dos paises mais fortes do norte, no entanto não é isso que se verifica...
* quanto ao padrão ouro como tal efetivamente para mim ficou enterrado bem antes de 1970, como foi dito e bem no post
:arrow: O que é o valor? o valor é a utilidade que um bem tem para uma pessoa, o dinheiro só tem valor porque dá para comprar coisas uteis, de resto é papel com uns bonecos ( um papel especial mas papel), o ouro só vale dinheiro porque é um bem escasso, a agua é muito mais valiosa que o ouro, apenas o ouro é mais escasso, mas o buffet diz e bem o ouro não dá rendimento algum é um bem morto, se de repente uma quantidade significativa de todo o ouro fosse lançada no mercado o preço ia cair a pique porque não haveria procura para o mesmo :!:
As opiniões expressas baseiam-se essencialmente em análise fundamental, e na relação entre o valor de mercado dos ativos e as suas perspectivas futuras de negocio, como tal traduzem uma interpretação pessoal da realidade,devendo como tal apenas serem consideradas como uma perspetiva meramente informativa sobre os ativos em questão, não se constituindo como sugestões firmes de investimento
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4808
Registado: 4/4/2014 18:06
Localização: Iberia

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 17/8/2016 21:43

Artista Romeno Escreveu: o livro lords of finance explica isto muito bem https://en.wikipedia.org/wiki/Lords_of_Finance

Um livro que está eternamente na minha lista de leitura :-/ Se calhar vou começar a lê-lo nos próximos dias que não estou a achar muita piada ao "Irrational Exuberance" :-k
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por LTCM » 18/8/2016 10:53

VirtuaGod Escreveu: não estou a achar muita piada ao "Irrational Exuberance" :-k


O "Irrational Exuberance", que eu gostei de ler, foi escrito (15 anos atrás) para o "average Joe", como tal, é natural que não seja muito estimulante para quem pretende alguma profundidade nestas matérias.
Remember the Golden Rule: Those who have the gold make the rules.
***
"A soberania e o respeito de Portugal impõem que neste lugar se erga um Forte, e isso é obra e serviço dos homens de El-Rei nosso senhor e, como tal, por mais duro, por mais difícil e por mais trabalhoso que isso dê, (...) é serviço de Portugal. E tem que se cumprir."
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2979
Registado: 28/2/2007 14:18

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por VirtuaGod » 18/8/2016 12:16

LTCM Escreveu:
VirtuaGod Escreveu: não estou a achar muita piada ao "Irrational Exuberance" :-k


O "Irrational Exuberance", que eu gostei de ler, foi escrito (15 anos atrás) para o "average Joe", como tal, é natural que não seja muito estimulante para quem pretende alguma profundidade nestas matérias.


Estou a ler a 3ª edição, de 2015, mas para ser honesto nem sei se ele faz algo mais que actualizar os dados. O 'problema' nem é o que dizes mas antes ser demasiado 'seco'/académico. Se fosse noutra altura provavelmente nem ligava mas de férias e depois de ler o divertidíssimo 'Misbehaving' do Thaler este acabou por não estar em linha com a disposição do momento, mais do que ser propriamente uma critica ao livro.

@Artista Romeno Achei piada que o Lords of Finance começa com a mesma história do poscast do Planet Money que deixei no post acima, com o "esgotamento" e férias do banqueiro central de Inglaterra :)
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Artista Romeno » 18/8/2016 19:46

VirtuaGod Escreveu:
LTCM Escreveu:
VirtuaGod Escreveu: não estou a achar muita piada ao "Irrational Exuberance" :-k


O "Irrational Exuberance", que eu gostei de ler, foi escrito (15 anos atrás) para o "average Joe", como tal, é natural que não seja muito estimulante para quem pretende alguma profundidade nestas matérias.


Estou a ler a 3ª edição, de 2015, mas para ser honesto nem sei se ele faz algo mais que actualizar os dados. O 'problema' nem é o que dizes mas antes ser demasiado 'seco'/académico. Se fosse noutra altura provavelmente nem ligava mas de férias e depois de ler o divertidíssimo 'Misbehaving' do Thaler este acabou por não estar em linha com a disposição do momento, mais do que ser propriamente uma critica ao livro.

@Artista Romeno Achei piada que o Lords of Finance começa com a mesma história do poscast do Planet Money que deixei no post acima, com o "esgotamento" e férias do banqueiro central de Inglaterra :)


o norman era um personagem do seu tempo, mas subir as taxas de juro numa recessão para manter o gold standard não foi de facto muito wise... felizmente nesta crise aprendeu-se algo disso, o problema e aí concordo é se é tempo demais, mas na europa há pouco apetite por risco com as yields tão baixas os mercados acionistas deveriam estar a atrair mais dinheiro daquilo que estão, repara que uma unilever cota a multiplos altos como teria que cotar, mas há boas empresas boas com pers abaixo do 15, coisa que nos eua não ocorre
As opiniões expressas baseiam-se essencialmente em análise fundamental, e na relação entre o valor de mercado dos ativos e as suas perspectivas futuras de negocio, como tal traduzem uma interpretação pessoal da realidade,devendo como tal apenas serem consideradas como uma perspetiva meramente informativa sobre os ativos em questão, não se constituindo como sugestões firmes de investimento
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 4808
Registado: 4/4/2014 18:06
Localização: Iberia

Re: Finanças & Fundos de Investimento (baixo risco)

por Rick Lusitano (New) » 18/8/2016 20:33

Acerca do "Helicopter Money", uma opinião:

Michael Biggs/Jornal de Negócios - Dinheiro atirado por helicópteros (18 Agosto 2016, 20:00)
http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/detalhe/dinheiro_atirado_por_helicopteros.html

Jornal de Negócios Escreveu:Michael Biggs é estratego na GAM.

Copyright: Project Syndicate, 2016.
http://www.project-syndicate.org
Tradução: André Tanque Jesus
Fundos à la carte - UCITS (SICAV, OEIC, Unit Trusts, FCP) & US mutual funds

Fundos de Investimento, Mercados Financeiros, Gestão de Carteiras, Alternative Finance, FinTech
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2791
Registado: 10/5/2014 0:59

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Bing [Bot], KAWA, lfhm83, MSN [Bot], PairOfJacks e 17 visitantes