Finanças & Fundos de Investimento

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Finanças & Fundos de Investimento

por VirtuaGod » 25/7/2011 13:32

Aviso: Os ganhos em fundos não são retidos na fonte e têm que ser declarados no IRS como as acções e obrigações. Para mais info perguntem no tópico ou entrem em contacto com o vosso intermediário financeiro.

Da brochura Recomendações aos investidores destaco:

:arrow: O investimento é uma decisão individual. Um produto financeiro pode ser adequado para determinado investidor, mas não servir a outros.

:arrow: Um investimento responsável exige que conheça todas as implicações. Certifique-se que conhece essas implicações e que está disposto a suportá-las.

:arrow: Todos os investimentos têm risco. Não ponha «todos os ovos no mesmo cesto». Diversifique os seus investimentos.

:arrow: Pedir dinheiro emprestado para investir [ou alavancar o investimento] aumenta consideravelmente o risco de investimento.


Este tópico que crio é para se falar de fundos de investimento de baixo risco que podem ser investimentos relativamente seguros e opções viáveis a depósitos a prazo e a produtos estruturados/produtos financeiros complexos.

Para quem quer se iniciar neste mundo recomendo a leitura de pelo menos o nível básico do cantinho da Educação que se encontra 100% em Português por isso não há desculpas para não o ler :)

Ao desafio de fazer um TOP 10 de fundos posso dizer que é algo muito difícil de fazer, pois cada fundo tem características muito próprias de volatilidade que interessam a diferentes investidores. O Rácio de Sharpe (visivel em morningstar.pt na secção rating/risco) é uma forma óptima de avaliar um fundo mas há bons fundos com risco demasiado elevado para algumas pessoas.

Irei fazer um compacto de fundos que penso ser de valor e que recomendo. Cada fundo será um link que vos levará até à morningstar onde podem analisa-los mais profundamente. Estes fundo podem ser subscritos em bancos da praça, como o BIG, BEST ou o Activobank, que são verdadeiros "supermercados" de fundos. Podem ser subscritos sem quaisquer comissões (excepto o E.S. Obrigações Europa que tem comissão de resgate se resgatado antes de 1 ano após a subscrição) e com liquidez quase imediata (3/4 dias)

São também uma excelente alternativa a quem tem medo da actual situação Portuguesa/Europeia. Muito destes fundos são americanos onde se faz simplesmente a cobertura cambial e estes bancos apenas os comercializam (mesmo que o banco vá à falência o $ está seguro e os fundos são transferíveis para outra instituição). Razão pela qual muitos destes fundos parecem só ter historial desde 2007/2006. Procurem no google pela versão Americana (normalmente uma pesquisa pelo nome do fundo, tirando o "Hedged" e "EUR" e assim dá como primeiro resultado a versão Americana), mas não pensem que vão descobrir grande novidades, são fundos muito bons que têm dado $ ano após ano.

Estes fundos não têm qualquer tipo de comissão de subscrição ou resgate no bancos indicados abaixo, assim como não paga qualquer comissão de "guarda de títulos". O E.S. Obrigações Europa é excepção pois pode cobrar comissão de resgate, ler mais info em baixo.

Á frente do tipo de fundo encontra-se o ticker (3/4 letras) do ETF correspondente. No fundo o ETF americano correspondente é o activo "puro" e o benchmark que cada fundo tem de bater. Para melhor compreensão dos ETFs ver em baixo a secção ETFs em dólares.

Perguntas e Respostas

Que sites usar para seguir as carteiras?

TOP:

Fundos Obrigacionistas

Government/Quasi Government USA (BND)

:arrow: PIMCO GIS Total Ret Bd E EUR Hdg |Bloomberg
:arrow: Schroder ISF US Dollar Bd B EUR Hdg |Bloomberg

Government World

:arrow: PIMCO GIS Global Bond E EUR Hdg Acc |Bloomberg
:arrow: Legg Mason BW Global Fixed Inc A Acc Hg |Bloomberg

Government Europe

:arrow: PIMCO GIS Euro Bond E Acc |Bloomberg
:arrow: Schroder ISF Euro Bond B Acc |Bloomberg

TIPS Global (TIP)

:arrow: PIMCO GIS Glbl Real Ret E EUR Hdg Acc |Bloomberg
:arrow: AXA WF Global Inflation Bd EC EUR |Bloomberg

Investment Grade Global (LQD)

:arrow: PIMCO GIS plc Global Investment Grade Credit E EUR (Hedged) |Bloomberg

High Yield Global (JNK)

:arrow: PIMCO GIS plc Global High Yield Bond E EUR (Hedged) Accumulation |Bloomberg
:arrow: AXA WF Global High Yield |Bloomberg

Emerging Market Bonds (EMB)

:arrow: PIMCO GIS Emerg Mkts Bd E EUR Hdg |Bloomberg
:arrow: F&C Emerging Markets Bond C-Euro Hedged |Bloomberg
:arrow: Templeton Glbl Total Return N Acc €-H1 |Bloomberg
:arrow: Templeton Glbl Total Return N Acc € |Bloomberg - Fundos de investimento sem hedge câmbial

Outros

:arrow: PIMCO Diversified Income E EUR Hedged Acc |Bloomberg - Uma mistura dos outros Pimco todos

Fundos accionistas

Large Caps USA
(SPY e VUG)

:arrow: AXA Rosenberg US Equity Alpha E EUR Hdg |Bloomberg - Segue o S&P 500 Bastante de perto
:arrow: Pioneer Fds US Fundamental Gr C EUR ND |Bloomberg

Consumer Staples (VDC)

:arrow: Fidelity Gl Consmr Industries A-EUR |Bloomberg
:arrow: EEF Equity Consumer Staples R Acc |Bloomberg - Fundos de investimento sem hedge câmbial

Fundos Globais (URTH)

:arrow: Fidelity Global Opportunities E-Acc-EUR |Bloomberg
:arrow: BNY Mellon Lg-Trm Global Eq A EUR Acc |Bloomberg

Fundos Mistos

:arrow: Carmignac Patrimoine A |Bloomberg
:arrow: Invesco Balanced-Risk Alloc E |Bloomberg
:arrow: M&G Optimal Income Fund Hedged |Bloomberg

Estes fundos são excelentes para proporcionar diversificação pois são bastante descorrelacionados com os restantes fundos do TOP.

Menções Honrosas:

Fundos Obrigacionistas

:arrow: Templeton Global Bond Euro N Acc € |Bloomberg
:arrow: Nordea-1 European Cross Credit E EUR |Bloomberg
:arrow: E.S. Obrigações Europa FI Acc Os valores da morningstar neste caso são líquidos e não directamente comparáveis com os valores apresentados nos outros fundos (Nos outros paga-se 28% de imposto sobre mais valias). O fundo pode também apresentar comissão de subscrição e/ou resgate
:arrow: UBS (Lux) BS Eurp Convergence P Acc |Bloomberg
:arrow: UBS (Lux) BS Convt Glbl EUR Hdg P-acc |Bloomberg

Especial: Um fundo em 4 partes, AXA WF Euro

:arrow: AXA WF Euro 3-5 EC EUR |Bloomberg
:arrow: AXA WF Euro 5-7 EC EUR |Bloomberg
:arrow: AXA WF Euro 7-10 EC EUR |Bloomberg
:arrow: AXA WF Euro 10+LT EC EUR |Bloomberg

Os dois com obrigações de prazo mais curto são excelentes para gerir liquidez devido à baixa volatilidade e ausência de mínimos de subscrição

Fundos acionistas

:arrow: Vontobel Global Value Equity C |Bloomberg
:arrow: Nordea-1 Global Stable Equity E |Bloomberg

Fundos mistos

:arrow: Nordea-1 Stable Return E |Bloomberg
:arrow: Fidelity FPS Moderate Growth A-Acc-EUR |Bloomberg

Fundo especial

:arrow: Amundi Fds Absolute Vol Euro Eqs SE-C

Fundo para pessoas de nível avançado, não tocar se não sabem como funciona. Não é um fundo de investimento normal

ETFs em euros

:arrow: db x-trackers II EM Liquid EuroBond ETF
:arrow: db x-trackers II Global Sov EUR Hedged
:arrow: db x-trackers iBoxx GlbInfLnk TR Idx Hdg

Para saber mais info sobre o ETF's recomendo que pesquisem o site próprio dos db X-trackers ETFs. Os ETF's que aqui falo estão na secção de "Fixed Income". São transaccionados na bolsa Alemã.


ETFs em dólares

Post sobre ETFs em dólares: ETFs em dólares

:arrow: IEF- iShares Barclays 7-10 Year Treasury - Tal como os AXA WF Euro este ETF faz parte de uma familia mais alargada. Temos assim:

iShares Barclays 1-3 Year Treasury Bond (SHY)
iShares Barclays 3-7 Year Treasury Bond (IEI)
iShares Barclays 7-10 Year Treasury Bond (IEF)
iShares Barclays 10-20 Year Treasury Bond (TLH)
iShares Barclays 20+ Year Treasury Bond (TLT)


:arrow: BOND - PIMCO Total Return ETF
:arrow: BND - Vanguard Total Bond Market ETF
:arrow: LQD - iShares iBoxx $ Invest Grade Corp Bond
:arrow: TIP - iShares Barclays TIPS Bond
:arrow: JNK - SPDR Barclays Capital High Yield Bond
:arrow: EMB - iShares JPMorgan USD Emerg Markets Bond
:arrow: ELD - WisdomTree Emerging Markets Local Debt
:arrow: VDC - Vanguard Consumer Staples ETF


Os fundos estão ordenados meio por preferência meio por nível de risco. Os fundos mais calmos da PIMCO (os primeiros 5) são fundos que recomendo a TODA a gente e sem restrições. Façam uma carteira etc...

Uma Nota especial ao PIMCO Total Return com volatilidade de 4% (a do mercado accionista é na ordem dos 15%) com rentabilidade média de 7.6% desde 1987, sem nenhum ano negativo nos últimos 15 anos+. Para mim este é um dos melhores fundo do Mundo e o gestor (Bill Gross) uma verdadeira estrela no mundo dos investimentos obrigacionistas.

Espero que deste post surjam algumas boas discussões sobre investimentos que são uma alternativa a quem procura rentabilidade mas não segue os mercados no dia à dia.

Para a posteridade

1. Subcarteira Principal - 66% PIMCO T.R.+ 34% TEMPLETON G.B.
2. Revisão de 2011
3. Subcarteira Principal - 66% PIMCO T.R.+ 34% TEMPLETON G.B. Actualização nº1
4. ETFs em Dólares
5. Fundos especiais

O cantinho da Educação


Planeio colocar aqui tudo o que eu ache relevante para melhorar a nossa educação financeira.

Nível Básico
Rick Lusitano Escreveu:Um link da Proteste Investe, que poderá ter informação útil sobre os básicos dos fundos de investimento:
:arrow: Formação - Tudo sobre: Fundos de investimento


Brochuras da CMVM Nível básico

:arrow: Acções
:arrow: Obrigações
:arrow: Fundos de investimento

Plano Nacional de Formação Financeira - Todos Contam Nível básico

:arrow: Plano Nacional de Formação Financeira - Todos Contam

Biblioteca financeira

Irão estar aqui vários livros, artigos e papers. Os livros uns foram já lidos por mim, outros que ainda pertencem a compras futuras. Para comprar estes livros já toda a gente conhece a amazon.co.uk mas eu recomendo que tb dêem uma olhadela a bookdepository.co.uk, que é a melhor opção para comprar apenas um livro, dado que na amazon.co.uk só acima de 25 libras os portes são gratuitos. Recomendo que não usem cartões de créditos normais mas utilizem antes ou cartões de "crédito" pré-pagos, disponíveis já em vários bancos como o Activobank/Bes/Caixa Geral de Depósitos ou o serviço MBNet. Não recomendo mesmo nada a colocação de números do vosso cartão de crédito na internet.

Artigos & Papers Nível Básico a Intermédio, estão organizados por ordem de dificuldade

:arrow: How to Start - Charles Rotblut, CFA, Editor, AAII Journal
:arrow: Bonds 101 - By Thomas Kenny, About.com Guide
:arrow: The Basics of Portfolio Allocation - Charles Rotblut, CFA, Editor, AAII Journal
:arrow: What Different Conditions Will Affect My Asset Allocation?- AAII
:arrow: Five Big Lessons From Market History - AAII
:arrow: Let Diversification Do Its Job - Carl Richards NYT- Bucks blog
:arrow: Five Ways to Think About Diversification of Your Investments - Carl Richards NYT- Bucks blog
:arrow: Why (and How) Diversified Investors Win - Carl Richards NYT- Bucks blog
:arrow: Managing Your Portfolio in Difficult Markets - Charles Rotblut, CFA, Editor, AAII Journal
:arrow: Think Twice, Even Thrice, Before Trading - AAII
:arrow: For Long-Term Investors, the Focus Should Be on Risk - AAII
:arrow: Starting With Dollar Cost Averaging - AAII
:arrow: Best practices for portfolio rebalancing by Francis M. Kinniry Jr. et al
:arrow: The Role of REITs for Long-Term Investors - By Brad Case, Ph.D., CAIA, AAII Journal
:arrow: TIPS and the Nature of Inflation Protection- by Daniel W. Wallick and Jill Marshall, AAII Journal

Livros de "leitura leve" Nível Intermédio

:arrow: Stocks for the Long Run, 4th Edition: The Definitive Guide to Financial Market Returns & Long Term Investment Strategies - Jeremy J. Siegel
:arrow: Triumph of the Optimists: 101 Years of Global Investment Returns - Elroy Dimson
:arrow: The Little Book of Commonsense Investing: The Only Way to Guarantee Your Fair Share of Stock Market Returns (Little Books. Big Profits) - John C. Bogle
:arrow: Portfolio Design: A Modern Approach to Asset Allocation (Wiley Finance) - Richard C. Marston
:arrow: Asset Allocation: Balancing Financial Risk, Fifth Edition - Roger C. Gibson
:arrow: This Time Is Different: Eight Centuries of Financial Folly - Carmen M. Reinhart & Kenneth Rogoff
:arrow: A Random Walk Down Wall Street: The Time-tested Strategy for Successful Investing - Burton G Malkiel
:arrow: The Art of Asset Allocation: Principles and Investment Strategies for Any Market, Second Edition - David H Darst
:arrow: The Bogleheads' Guide to Investing - Taylor Larimore & Mel Lindauer & Michael LeBoeuf
:arrow: Value Averaging: The Safe and Easy Strategy for Higher Investment Returns (Wiley Investment Classics) - William J. Bernstein
:arrow: The Investor's Manifesto: Preparing for Prosperity, Armageddon, and Everything in Between - William J. Bernstein
:arrow: All About Asset Allocation, Second Edition by Richard A. Ferri
:arrow: Frontiers of Modern Asset Allocation (Wiley Finance) - Paul D. Kaplan
:arrow: Rethinking the Equity Risk Premium - P. Brett Hammond Jr.
:arrow: A Practical Guide to Risk Management - Thomas S. Coleman
:arrow: The Ivy Portfolio: How to Invest Like the Top Endowments and Avoid Bear Markets - Mebane T. Faber
:arrow: A Practical Guide to ETF Trading Systems: A systematic approach to trading exchange-traded funds - Anthony Garner

Livros Técnicos Nível Avançado

:arrow: The New Wealth Management: The Financial Advisor's Guide to Managing and Investing Client Assets (CFA Institute Investment Series) - Roger Ibbotson
:arrow: Managing Investment Portfolios: A Dynamic Process (CFA Institute Investment Series) - John L. Maginn CFA
:arrow: Principles of Financial Engineering (Academic Press Advanced Finance) - Robert Kosowski
:arrow: Asset Price Dynamics, Volatility, and Prediction - Stephen J. Taylor
:arrow: Paul Wilmott Introduces Quantitative Finance - Paul Wilmott
:arrow: Multinational Financial Management: International Student Version - Alan C. Shapiro
:arrow: Investments by Bodie, Kane and Marcus
:arrow: Analysis of Investments and Management of Portfolios - Keith Brown

Cursos Online

Yale - - Nível Avançado

:arrow: ECON 251: Financial Theory
:arrow: ECON 252: Financial Markets (2011)

joaopedroinvestidor Escreveu:Estes cursos não são fácéis mas vêm dar uma resposta às dúvidas dos pequenos investidores no sentido de obter o melhor retorno com a ajuda do conhecimento dos Professores que ganharam os prémios nobeis.
Pedro


Outros - Vários Níveis

:arrow: Cousera: Finance
:arrow: The Great Courses Selecionar Business & Economics na opção "Show" se só interessam os da área económica/Financeira (O curso "Understanding Investments" é fortemente recomendado)

5 Podcasts sobre a crise de 2008 by This American Life

:arrow: The Giant Pool of Money - May 9, 2008
:arrow: Another Frightening Show About the Economy - Oct 3, 2008
:arrow: Bad Bank - Feb 27, 2009
:arrow: The Watchmen - Jun 5, 2009
:arrow: Return To The Giant Pool of Money - Jun 5, 2009

Publicações Finanças & Política

Agências de Notícias

:arrow: Reuters
:arrow: Bloomberg

Diárias

:arrow: Público
:arrow: Wall Street Jornal
:arrow: Financial Times
:arrow: International New York Times

Semanais


:arrow: Expresso
:arrow: The Economist

Mensais


:arrow: Corrier Internacional

De dois em dois meses


:arrow: CFA Magazine
:arrow: Morningstar Advisor magazine
:arrow: IMCA's Investments & Wealth Monitor (o "Current Issue" é acessível a todos mas os "archives" só com registo gratuito no site)
:arrow: Foreign Affairs
:arrow: Current History
:arrow: World Affairs

Trimestral

:arrow: BIS Quarterly Review
:arrow: Institutional Investor Journal Provavelmente só acessível (online) através de uma biblioteca universitária

Semestral

:arrow: IMF World Economic Outlook Reports
:arrow: IMF Global Financial Stability Report
:arrow: IMF Fiscal Monitor
:arrow: Semiannual Report on International Economic and Exchange Rate Policies

Anual

:arrow: FRB Monetary Policy Report
:arrow: BIS Annual Report
:arrow: World Bank's Global Economic Prospects
:arrow: Encyclopaedia Britannica Book of the Year (Pode ser comprada na Amazon)

Reports e papers contínuos

:arrow: McKinsey Global Institute - Financial Markets Reports
:arrow: BIS Papers
:arrow: BIS Working Papers
:arrow: CFA Research Foundation Publications - Books
:arrow: IIF 2014 Publication Calendar

Think Tanks

:arrow: Brugel
:arrow: Brookings Institute
:arrow: CFR
:arrow: CEPS - The Centre for European Policy Studies
:arrow: CERP - Centre for Economic Policy Research

Blogs

:arrow: World Economic Forum Blog (Tema: economia)

Citações

:arrow: "The market does not beat them. They beat themselves, because though they have brains they cannot sit tight." - Jesse Livermore
:arrow: "Be fearful when others are greedy and greedy when others are fearful" - Warren Buffett
:arrow: “Those who fail to learn from history are doomed to repeat it.” - Sir Winston Churchill
:arrow: “Study the past if you would divine the future” - Confucius
:arrow: “Somos todos bons traders a negociar as cotações de ontem.” - AutoMech
:arrow: "A man has to guard against many things, and most of all against himself." - Jesse Livermore
:arrow: "Given the number of financial pundits, there are no lack of theories on what financial markets may look like in the future as well the role of asset allocation. However, be careful not to be taken by storytellers. Sometimes a good story is just that and nothing more - a good story. Unfortunately, most of us want something more than just a good story; we want the story to be true. In fact, it is often said that most americans [as well as all humans] will forgive almost anything but the ultimate sin - that of being boring. So then, taken to the extreme, a lie well told is worth much more than the truth poorly spoken. Even the concept of truth is hard to keep up with. For many of us, knowledge comes from constant re-education" - The New Science of Asset Allocation: Risk Management in a Multi-Asset World
Editado pela última vez por VirtuaGod em 23/11/2017 1:50, num total de 129 vezes.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

No mesmo âmbito

por psi-20 » 25/7/2011 13:49

O que achas do fundo comercializado pelo bpi, Obrigações alto risco alto rendimento? Subscrevi algumas participações deste fundo em 2007, mas neste momento estou com algum receio devido à crise da dívida soberana (apesar de o fundo investir quase exclusivamente em obrigações de empresas.
 
Mensagens: 185
Registado: 29/11/2007 12:15
Localização: sabugal

por VirtuaGod » 25/7/2011 14:06

Tendo subscrito o Fundo em 2007 acredite que o pior já passou. O fundo em si é bom mas perde em comparação com o equivalente da PIMCO (que está na minha lista PIMCO Global Investors Series plc Global High Yield Bond E EUR (Hedged) Accumulation - IE00B11XZ327). Para um risco comparável o PIMCO rendeu 12% nos últimos 12 meses vs 6% da BPI alto rendimento.

Pessoalmente penso que High Yield (alto rendimento) será um bom sítio para estar nos próximos tempos. Contudo e como disse, as pessoas ficam com medo e às vezes a volatilidade é demasiado alta para elas. Mas sendo uma pessoa que manteve o fundo desde 2007, tendo aguentado 2008 penso que há pouco a temer. Por outro lado se se assustou e esta com medo de repetir a experiência nada como mudar para um fundo mais calmo.

Uma excelente opção para si parece-me o PIMCO Global Investors Series plc Global Investment Grade Credit E EUR (Hedged) - IE00B11XZ434. Este fundo também investe em empresa principalmente mas em empresas mais sólidas do que o que referiu. High Yield basicamente é "Lixo", denominação que se tornou famosa com a baixa de rating da Moody's.

Que tal uma carteira 50%, 50%?? Nunca recomendo que as pessoas coloquem todos os ovos numa cesta só. ;-) e já agora aproveite para mudar o BPI para PIMCO ;-).
Editado pela última vez por VirtuaGod em 25/7/2011 16:52, num total de 1 vez.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

por N. » 25/7/2011 14:59

Só para espicaçar:

Até que nível pensa que os spreads do High Yield podem comprimir (uma vez que acha que a classe será um bom investimento no futuro)?

Uma vez que aposta numa carteira de fundos global e que as taxas dos Bancos Centrais estão em valores historicamente baixos, deduzo que não acredite numa subida de taxas generalizada a nível global. Mas se realmente as taxas subirem qual é a % da sua carteira de investimento que está em obrigações? E qual o stop-loss?

Eu também acredito que o Bill Gross é um dos maiores gestores do mundo da classe de obrigações, mas a rentabilidade de 7.6% desde 1987 foi conseguida com as taxas inicialmente num valor muito elevado e num ciclo de crescimento económico que as levou até mínimos históricos e valores muito próximos de zero. O próprio Bill Gross tem uma recomendação de vender Treasuries. Qual a performance que acredita que estes fundos possam ter nos próximos 2 anos? E porquê?


Obrigado
 
Mensagens: 89
Registado: 9/7/2009 18:45
Localização: 16

por ruicarlov » 25/7/2011 16:01

Este tópico veio mesmo a calhar.
Acabo de ver no BEST que estão a comercializar um produto estruturado 1/3 DP a 6% 90 dias, 2/3 Fundo de Investimento em obrigações PIMCO Total Return Bond E EUR (Hedged) Acc.
Fui ensinado a ter cuidado com estes produtos estruturados, porque os DPs com taxas elevadas costumavam servir para deitar poeira para os olhos para a restante parte do investimento. Mas pelo que vi do fundo, até me pareceu jeitoso. Nunca investi em fundos, mas os dados apresentados mostravam boas rentabilidades anuais e nenhum resultado negativo nos últimos anos.
Acha então que é um produto bastante interessante?
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 661
Registado: 18/7/2011 11:04
Localização: Lisboa

por VirtuaGod » 25/7/2011 16:15

Até que nível pensa que os spreads do High Yield podem comprimir (uma vez que acha que a classe será um bom investimento no futuro)?


Não penso que irão comprimir mais para ser franco, apenas penso que irão ser estáveis o que com cupões na ordem dos 8% ao ano terá uma rentabilidade de cerca de 8% ano nos próximos dois anos. Gostaria de lhe mostrar um quadro de uma apresentação da Schroders que tive o prazer de assistir (mas não se encontra de momento comigo). Fizeram um óptimo apanhado histórico e as últimas vezes que as high yields tiveram com estes spreads deram origem a uns 2 anos de boas rentabilidades (posteriormente corrigiram no 3º ano).

Uma vez que aposta numa carteira de fundos global e que as taxas dos Bancos Centrais estão em valores historicamente baixos, deduzo que não acredite numa subida de taxas generalizada a nível global. Mas se realmente as taxas subirem qual é a % da sua carteira de investimento que está em obrigações? E qual o stop-loss?


Aqui está uma boa pergunta. Embora eu pessoalmente não invista em fundos (ainda) tendo em consideração um investidor ideal (vulgo um familiar que de facto existe e investe 100% segundo as minhas recomendações) a carteira neste momento é 90% obrigações, 10% DAX. Contudo, temos que ter em consideração que entre High yield e obrigações convertiveis (ambos na minha lista e que o meu familiar possui) não são fundos que sofrem muito com subida de taxas de juro. Temos que fazer uma boa carteira. Lembro que os fundos de Obrigações convertíveis em 2005 (na mesma altura que começou a subida de tx. de juro), renderam à volta de 20%.

Vejamos. Nos países em vias de desenvolvimento vemos que as taxas de juro andam de mãos dadas com a inflação (vemos isso na China e no Brasil por exemplo onde o BC aumenta a tx de juro para controlar a inflação). Que tal uma carteira 50% obrigações mercados emergentes + 50% inflation linked? Se uma render pouco a outra rende + e vice versa.

Eu também acredito que o Bill Gross é um dos maiores gestores do mundo da classe de obrigações, mas a rentabilidade de 7.6% desde 1987 foi conseguida com as taxas inicialmente num valor muito elevado e num ciclo de crescimento económico que as levou até mínimos históricos e valores muito próximos de zero. O próprio Bill Gross tem uma recomendação de vender Treasuries. Qual a performance que acredita que estes fundos possam ter nos próximos 2 anos? E porquê?


O Bill Gross alterou recentemente a estratégia. No início do ano entrou short em Treasuries e perdeu $. Entretanto fechou a posição e entrou longo em Treasuries de curto prazo (tão curto prazo que fiquei na dúvida se não seriam T-Bills mas penso que serão Treasuries entre 1 e 3 anos).

Penso que quer o Bill Gross da PIMCO quer o Michael Hasenstab da Templeton irão manter excelentes rentabilidades ao longo desta década. Mas é apenas uma opinião e está longe de ser um facto. O futuro só Deus sabe, mas a verdade é que em 2002/2003 as tx. do FED estavam 1% e o Bill Gross continuou a dar $ a ganhar na subida, na crise de 2008 e na consequente descida das tx. Eles é que são os pros das obrigações, limito-me a pôr o $ com quem sabe o que faz.
Editado pela última vez por VirtuaGod em 4/11/2012 22:55, num total de 5 vezes.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

por VirtuaGod » 25/7/2011 16:22

ruicarlov Escreveu:Acha então que é um produto bastante interessante?


Excelente. É tudo o que tenho a dizer deste Produto. Eu não sou muito simpatizante de Produtos estruturados mas neste caso é um simples DP a 6% + O melhor fundo do mundo. Sem comissões para quem o subscreve e de excelente liquidez. Só tenho pena o DP ser a 90 dias, devia ser a 180 pois penso que até para o banco seria bom uma vez que 180 dias dava melhor para o cliente se ambientar ao fundo.

Fui ensinado a ter cuidado com estes produtos estruturados, porque os DPs com taxas elevadas costumavam servir para deitar poeira para os olhos para a restante parte do investimento


E é verdade, tenha sempre um olho à espreita no que diz respeito a $. Os estruturados ainda por cima. Acho que os bancos começaram a ter mais cuidado depois de 2008 mas de qualquer forma é do nosso $ de que se fala, se o perder o banco não o devolve ;-)
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Muito obrigado pela ajuda VT

por psi-20 » 25/7/2011 19:04

Pelo sim pelo não decidi resgatar uma parte do fundo (1/3) e ir vendo como param as modas.
 
Mensagens: 185
Registado: 29/11/2007 12:15
Localização: sabugal

por ruicarlov » 25/7/2011 19:08

Mas pelo que me pareceu o fundo não é exactamente o mesmo. O do produto do BEST tem o ISIN IE00B11XZB05, e uma designação ligeiramente diferente daquela que mencionou.
Só outra pergunta, que sou inexperiente em fundos, na ficha do produto diz que o fundo apresenta comissão anual de gestão de 1,40%. É um valor aceitável, ou é aí que está o "bichinho"?
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 661
Registado: 18/7/2011 11:04
Localização: Lisboa

por VirtuaGod » 25/7/2011 19:26

ruicarlov Escreveu:Mas pelo que me pareceu o fundo não é exactamente o mesmo. O do produto do BEST tem o ISIN IE00B11XZB05, e uma designação ligeiramente diferente daquela que mencionou.
Só outra pergunta, que sou inexperiente em fundos, na ficha do produto diz que o fundo apresenta comissão anual de gestão de 1,40%. É um valor aceitável, ou é aí que está o "bichinho"?


Obrigado por ter descoberto o maior erro deste tópico. Como é possível me ter esquecido de colocar o meu fundo nrº1?? É exactamente desse fundo que falei ;-) Conheço perfeitamente o Produto de que fala. A comissão anual esta dentro do aceitável para um fundo obrigacionista. As taxas de rentabilidade que aparecem na morningstar já são liquidas dessas taxas de gestão. ;-) Fico mais chateado com os 21,5% de imposto do que com esses 1,4%.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

Re: Muito obrigado pela ajuda VT

por VirtuaGod » 25/7/2011 19:35

psi-20 Escreveu:Pelo sim pelo não decidi resgatar uma parte do fundo (1/3) e ir vendo como param as modas.


Concordo. Sempre que se sinta desconfortável nada como abrandar e resgatar parte do fundo. Procure um bom depósito a prazo (considero bom nos 5% pelo menos que actualmente é possível) ou invista num fundo mais calmo :-)

Tem depósitos a prazo promocionais para novos clientes nos bancos que referi. 6% a 180 dias no Best e 5.5% no BIG, tb a 180 dias, são bastante atractivos. Depois daqui a 6 mesitos reavalia, vendo as tx. de depósito que se praticam e o estado da economia. Tem sempre o PIMCO Total Return lembre-se ;-)
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

por ruicarlov » 25/7/2011 21:45

VirtuaGod Escreveu:As taxas de rentabilidade que aparecem na morningstar já são liquidas dessas taxas de gestão. ;-) Fico mais chateado com os 21,5% de imposto do que com esses 1,4%.


Líquidas da comissão de gestão? Nice! 8-)

Quanto ao IRS, como é que se processa a fiscalidade?
Eu estava com a impressão que em fundos, o valor das unidades de participação ia subindo, e que os "ganhos" só ocorriam quando se resgatava.
Isso quer dizer que o imposto só entra para a equação quando resgatamos, certo? E é por isso sobre as mais valias obtidas desde a subscrição ao resgate.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 661
Registado: 18/7/2011 11:04
Localização: Lisboa

por VirtuaGod » 25/7/2011 23:05

ruicarlov Escreveu:Quanto ao IRS, como é que se processa a fiscalidade?
Eu estava com a impressão que em fundos, o valor das unidades de participação ia subindo, e que os "ganhos" só ocorriam quando se resgatava.
Isso quer dizer que o imposto só entra para a equação quando resgatamos, certo? E é por isso sobre as mais valias obtidas desde a subscrição ao resgate.


Correctíssimo. Na altura do resgate o banco retem 21.5% sobre os ganhos que posteriormente dá ao Estado, exactamente com os depósitos a prazo. Nós não temos de fazer nada ( excluindo dar $ aos chup*stas! :cry:) É o que eu chamo de roubo legal... Imposto sobre o consumo (IVA) entendo perfeitamente agora imposto sobre a poupança (ou sobre os lucros de investimento dessa poupança) é coisa que não me entra na cabeça!! :?
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

por ruicarlov » 26/7/2011 9:44

É por causa disso que pode haver vantagens na compra directa de obrigações. Tanto quanto sei, se forem compradas abaixo do par, quando se chega à maturidade e ocorre o retorno, não são consideradas mais valias, logo não há IRS para essa parte, só para os cupões.

De qualquer forma, a minha situação económica actual até é vantajosa em termos fiscais. Sou bolseiro, logo não tenho rendimentos colectáveis. Fazendo englobamento de rendimentos consigo reaver grande parte ou todo o dinheiro que o imposto me come das poupanças.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 661
Registado: 18/7/2011 11:04
Localização: Lisboa

por majomo » 26/7/2011 14:04

E a sua opinião sobre este?
Invesco Euro Corporate Bond Fund E Acc - LU0243958393
Como se ganha dinheiro na bolsa?!
-Devo usar STOP's
-A tendência é minha amiga
-Não posso transformar um lucro em perda
-Devo cortar as perdas e deixar correr os ganhos
-As ações podem subir/descer mais do que penso e mais rápido
-Cumprir as regras anteriores...
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2065
Registado: 25/7/2007 15:52
Localização: Porto

por VirtuaGod » 26/7/2011 21:42

ruicarlov Escreveu:É por causa disso que pode haver vantagens na compra directa de obrigações. Tanto quanto sei, se forem compradas abaixo do par, quando se chega à maturidade e ocorre o retorno, não são consideradas mais valias, logo não há IRS para essa parte, só para os cupões.

De qualquer forma, a minha situação económica actual até é vantajosa em termos fiscais. Sou bolseiro, logo não tenho rendimentos colectáveis. Fazendo englobamento de rendimentos consigo reaver grande parte ou todo o dinheiro que o imposto me come das poupanças.


Verdade. Ainda por cima parece estar na moda a compra de obrigações por individuos, embora com mínimos sempre bastante altos. Acho que ljcarregosa, Best e BIG já disponibilizam. Há umas da PT a 2/3 anos a render cerca de 7,5% ao ano bem apetecíveis ;-) Falta o capital... ;-)
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

por Sr_SNiper » 26/7/2011 21:49

VirtuaGod Escreveu:
ruicarlov Escreveu:É por causa disso que pode haver vantagens na compra directa de obrigações. Tanto quanto sei, se forem compradas abaixo do par, quando se chega à maturidade e ocorre o retorno, não são consideradas mais valias, logo não há IRS para essa parte, só para os cupões.

De qualquer forma, a minha situação económica actual até é vantajosa em termos fiscais. Sou bolseiro, logo não tenho rendimentos colectáveis. Fazendo englobamento de rendimentos consigo reaver grande parte ou todo o dinheiro que o imposto me come das poupanças.


Verdade. Ainda por cima parece estar na moda a compra de obrigações por individuos, embora com mínimos sempre bastante altos. Acho que ljcarregosa, Best e BIG já disponibilizam. Há umas da PT a 2/3 anos a render cerca de 7,5% ao ano bem apetecíveis ;-) Falta o capital... ;-)


Falta capital porque o valor nominal são 50.000EUR... para a malta com menos guito só mesmo dívida suberana com mínimo de 5.000EUR
Lose your opinion, not your money
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 8876
Registado: 27/6/2009 22:08
Localização: Sniper World

por VirtuaGod » 26/7/2011 22:14

majomo Escreveu:E a sua opinião sobre este?
Invesco Euro Corporate Bond Fund E Acc - LU0243958393


Vamos lá analisar então:

Valores a 3 anos:

Desv.Padrão(3a.) 6.87 %
Rendibilidade média 9.77 %
Rácio de Sharpe 1.12

Para começar adoro um Sharp acima de 1. Quase que ponho de parte um fundo se tiver um Sharpe inferior. Contudo devido a 2008 é normal encontrar Sharpes anormalmente baixos em bons fundos. Só por este Sharpe quase que consiguimos ver que é um bom fundo.

A outra coisa que vejo sempre é se a Rentabilidade média é superior ao Desvio Padrão. É o caso. E não é por assim tão pouco. Excelentes valores.

Um desvio padrão de 6.87% demostra um fundo calmo, não pachorento, mas calmo. É dos fundos que acho que devia fazer parte de uma carteira de um investidor conservador.

Em 2008 as perdas acho que estão dentro do espectável e deve sempre considerar, Estarei eu disposto a aguentar perdas de 6% se acontecer de novo? E logo a seguir a um ano negativo (2007) porque sei que o fundo recuperará? Se a resposta é sim a ambas as questões acho que é um bom fundo para si.

Há melhores? Tendo em consideração o que eu analisei compare ao PIMCO Investment Grade e veja qual prefere.

Invesco

Análise Rendibilidade/Risco 30-06-2011
Medidas de Risco 1 ano 3 anos 5 anos
Desvio Padrão 4.60 6.87 5.67

Rácio de Sharpe 1.15 1.12 0.61


PIMCO Investment Grade

Medidas de Risco 1 ano 3 anos 5 anos
Desvio Padrão 3.95 6.71 5.66

Rácio de Sharpe 1.601.06 0.63


Se olhar com atenção o que acontece é que nos 3 anos passados o Invesco foi melhor mas já está a vacilar, é um fundo mais exposto às variações de taxas de juro e ao facto de o mundo obrigacionista estar em boom ou não. Pense como se o Invesco fosse uma acção que sobe mais que o PIMCO quando a bolsa está bem mas não sobe tanto quanto o PIMCO quando a bolsa está morna. O mercado Obrigaccionista neste momento está só apenas morno. Daí a muito mais alta rentabilidade do Invesco em 2009 (30% vs 19% do PIMCO I.G.). Contudo o Invesco no último ano rendeu 4.61 vs 7.21 do PIMCO I.G. Acho que já percebeu onde quero chegar. O Fundo é excelente e eu próprio fiquei positivamente supreendido por encontrar um fundo que chegue aos calcalhares do PIMCO I.G. mas pense que nos próximos 2 anos embora positivos não espere retornos de 2 dígitos, Vai-se manter entre os 5/6%.

Conclusão:

O fundo é bom? Sim, penso ser uma boa adição a uma carteira diversificada de fundos de investimento

O PIMCO I.G. é melhor? É mais equilibrado,e por isso mais do meu gosto, difícil de dizer categoricamente que é melhor

P.S. Veja as rentabilidades de 2007 (-1% vs 3% e perceberá perfeitamente o "Equilibrado". O Invesco ressentiu-se primeiro com o abradamento económico :evil: )
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

por VirtuaGod » 26/7/2011 23:24

Sr_SNiper Escreveu:Falta capital porque o valor nominal são 50.000EUR... para a malta com menos guito só mesmo dívida suberana com mínimo de 5.000EUR


Com dívida soberana não me apanham...
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

por Sr_SNiper » 27/7/2011 1:00

VirtuaGod Escreveu:
Sr_SNiper Escreveu:Falta capital porque o valor nominal são 50.000EUR... para a malta com menos guito só mesmo dívida suberana com mínimo de 5.000EUR


Com dívida soberana não me apanham...


Porquê ?
Lose your opinion, not your money
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 8876
Registado: 27/6/2009 22:08
Localização: Sniper World

por VirtuaGod » 27/7/2011 9:57

Sr_SNiper Escreveu:
VirtuaGod Escreveu:
Sr_SNiper Escreveu:Falta capital porque o valor nominal são 50.000EUR... para a malta com menos guito só mesmo dívida suberana com mínimo de 5.000EUR


Com dívida soberana não me apanham...


Porquê ?


Porque as coisas nem sempre são o que parecem! Não acredito muito que Portugal não possa pagar a dívida mas... Acho que até é provavel termos de aceitar uma reestruturação para aliviar o perigo de contágio.

A Europa está a ficar com medo e a velocidade com que se resolveram as coisas depois dos mercados irem atrás da Itália mostra bem isso. E o medo leva as pessoas a fazer coisas erradas. Acredito possível quer Portugal quer a Irlanda sejam obrigadas a fazer uma reestruturação. A Europa não vai cair no erro de "ver se podemos pagar" se isto continuar a escalar de nível de risco. mas é só uma opinião.
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

por ruicarlov » 27/7/2011 11:05

Mas por outro lado, enquanto tivermos por cá o FMI, é menos provável que não possamos pagar as dívidas. Eu estava inclinado a comprar dívida portuguesa ou irlandesa com maturidades 2012/2013 (e talvez 2014 para a Irlanda, já que as contas públicas estão melhor encaminhadas que as nossas).
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 661
Registado: 18/7/2011 11:04
Localização: Lisboa

por VirtuaGod » 27/7/2011 16:45

ruicarlov Escreveu:Mas por outro lado, enquanto tivermos por cá o FMI, é menos provável que não possamos pagar as dívidas. Eu estava inclinado a comprar dívida portuguesa ou irlandesa com maturidades 2012/2013 (e talvez 2014 para a Irlanda, já que as contas públicas estão melhor encaminhadas que as nossas).


Enquanto cá o tivermos...

http://online.wsj.com/article/SB10001424053111904888304576471812186354764.html?mod=WSJEurope_hpp_LEFTTopStories

http://online.wsj.com/article/SB10001424053111904772304576470522135010878.html?mod=WSJEUROPE_hpp_sections_world
Artigos e estudos: Página repositório dos meus estudos e análises que vou fazendo. Regularmente actualizada. É costume pelo menos mais um estudo por semana. Inclui a análise e acompanhamento das carteiras 4 e 8Fundos.
Portfolio Analyser: Ferramenta para backtests de Fundos e ETFs Europeus

"We don’t need a crystal ball to be successful investors. However, investing as if you have one is almost guaranteed to lead to sub-par results." The Irrelevant Investor
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 5657
Registado: 20/11/2002 21:56
Localização: Porto

por ruicarlov » 27/7/2011 17:12

Desculpe, não entendi bem o que quis dizer com as notícias.
Se era que futuras ajudas seriam mais complicadas, sim, tenho essa noção. Quando referi o FMI, estava a falar da actual ajuda a Potugal, não de possíveis futuras intervenções. Daí não me alargar nos prazos (e não confiar muito nos certificados de tesouro).
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 661
Registado: 18/7/2011 11:04
Localização: Lisboa

por Pickbull » 27/7/2011 17:57

Mto bom tópico.

@VirtuaGod:

Tens 2 ISIN iguais:
JPM Income Opportunity D (acc) - EUR LU0289473059
Templeton Global Total Return N Acc € H1 - LU0289473059

E já agora deixo uma questão a que me souber responder. Onde posso encontrar o significado das letras nos fundos? Por exemplo qual é a diferença entre estes 2:
AXA WF US High Yield Bonds A(H)-C EUR
AXA WF US High Yield Bonds E(H)-C EUR
Mais vale perder um lucro do que ganhar um prejuízo.

É melhor um burro vivo do que um cavalo morto.

Mais vale uma alegria na vida do que um tostão no bolso.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1427
Registado: 23/1/2008 19:18
Localização: Coimbra

Próximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: FirminoPereira, Francisco Miguel, Google Adsense [Bot], LoneWolf, m-m, macau5m, pattern, PMCSANTUNES, Shift72 e 28 visitantes