Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Por favor leiam: Começou o ataque a Portugal e à Grécia

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

por PT_Trader » 25/10/2011 15:01

Bancos: Perdoar metade da dívida da Grécia arrisca ser considerado "incumprimento"
25 Outubro 2011 | 10:33
Eva Gaspar - egaspar@negocios.pt

Perdoar metade ou até mais da dívida grega dificilmente não será considerado "incumprimento", sobretudo se esse perdão for imposto e não negociado, avisa o representante da banca credora da Grécia.

Charles Dallara, director do Instituto Financeiro Internacional e interlocutor da banca nas negociações que estão em curso com vista à redução da dívida grega, avisou ontem à noite que há limites "para o que pode ser considerado voluntário".

Reagindo à proposta dos governos europeus, que no seguimento da pressão da Alemanha querem que as instituições financeiras privadas aceitem renunciar a 60% dos créditos concedidos à Grécia, Dallara alertou para o método de negociação e para os limites que podem ser aceites pela banca sem desencadear um evento de crédito.

"Qualquer abordagem que não assente em discussões num espírito de colaboração e que envolva iniciativas unilaterais equivalerá a um incumprimento", alertou, citado pela agência Bloomberg.

Nos cálculos dos financiadores internacionais da Grécia – União Europeia e Fundo Monetário Internacional – na ausência de um perdão considerável, a espiral da dívida pública continuará a agravar-se até ao equivalente a 186% do PIB em 2013, baixando para 130% apenas em 2030.

Os parceiros do euro, em especial da Alemanha, têm condicionado a segunda ajuda à Grécia (mais 109 mil milhões de euros) a um envolvimento considerável dos privados. Esse envolvimento começou por ser calculado, em Julho, em 21%. Os bancos perderiam assim um quinto do valor emprestado ao país para garantir condições para que a Grecia possa pagar o restante, evitando um incumprimento total.

Ou os bancos perdem mais, ou Estados terão de abrir mais os cordões à bolsa

A acelerada degradação das condições financeiras gregas tornou, entretanto, estes números obsoletos: ou a ajuda “oficial” é aumentada, ou as perdas dos privados têm de ser alargadas. Berlim quer cortes de 60% assumidos pelos bancos (e respectivos accionistas) para não mexer no valor do novo pacote da ajuda dos Estados em que, no fim da linha, estão os contribuintes – em particular os alemães, dado que é a Alemanha a maior accionista do fundo europeu que ficará encarregue de financiar o essencial do empréstimo à Grécia.

Os Governos querem no entanto evitar que a renegociação da dívida grega seja interpretada como uma imposição, desejando que ela seja considerada como um gesto "voluntário" da banca, para evitar que as agências de "rating" declarem tratar-se de um incumprimento (default) grave.

Esse cenário pode gerar consequências ainda mais dramáticas para o país e abrir um precedente perigoso para Portugal e Irlanda, que poderão ser encarados como os próximos a entrar em "default" e ver os respectivos "ratings" ainda mais esmagados, deixando a banca sem activos com o mínimo de "qualidade" para serem trocados por liquidez no Banco Central Europeu (BCE).

Um incumprimento grego promete também produzir impactos relevantes na banca norte-americana, que vendeu o essencial dos "seguros" (CDS) que podem agora ser reclamados pelos investidores, se o "default" grego for catalogado de "evento de crédito" pela ISDA, a associação internacional de instituições financeiras que negoceiam com derivados.
 
Mensagens: 1191
Registado: 20/6/2011 21:48
Localização: 16

por PT_Trader » 25/10/2011 17:58

Euro
Teixeira dos Santos a favor da reestruturação das dívidas de alguns países
25.10.2011 - 17:42 Por Lusa, PÚBLICO

http://economia.publico.pt/Noticia/teix ... es-1518184
 
Mensagens: 1191
Registado: 20/6/2011 21:48
Localização: 16

por crg » 25/10/2011 18:08

PT_Trader Escreveu:
Euro
Teixeira dos Santos a favor da reestruturação das dívidas de alguns países
25.10.2011 - 17:42 Por Lusa, PÚBLICO

http://economia.publico.pt/Noticia/teix ... es-1518184


Este senhor, deu provas recentes e claras do "expert" que é. Parece que agora deu em mandar postas de pescada. Só pode ter pouca vergonha..., será que não tem um espelho para se ver?

Abraços.
“A elevação dos pensamentos denuncia a nobreza dos sentimentos.”
 
Mensagens: 486
Registado: 29/11/2007 2:45
Localização: Latitude: 40,32º / Longitude: -7,16º

K.

por El junior » 27/10/2011 21:50

Excelente análise e visão económica. Obrigado K.
 
Mensagens: 44
Registado: 18/10/2010 23:30

por assunoadr » 27/10/2011 22:23

Uma coisa é reestruturação da dívida com alargamento do prazo por ter sido fixado de forma irrealista e outra coisa muito diferente é o perdão da dívida que pode ser considerado incumprimento.

No caso português, sou da opinião que estamos a ir exactamente pelo mesmo caminho da Grécia.

Cumprimentos,
 
Mensagens: 707
Registado: 29/11/2007 2:08
Localização: Damaia

Josytoc

por Josytoc » 27/10/2011 22:34

Um incumprimento ainda que desornedado nuca é completo ou seja a figura de que se deixa de pagar e os credores nada recebem é apenas uma ficção.

As estatisticas factuais dos casos de incumprimento mostram que em média são recuperáveis 40% dos créditos.

Para quem descontava um incumprimento total e portanto da grandeza de 40% o acordo de ontem permitiu a expectativa uma recuperação adicional de 10%.

Deixo apenas uma pergunta para cada um refletir é usual os traders profissionais dizerem que este ou aquele instrumento financeiro é pernicioso?
 
Mensagens: 251
Registado: 15/9/2011 3:42
Localização: 17

por kuby » 28/10/2011 12:11

Bom dia

Deixo aqui uma passagem do relatório de análise mensal do Banco BPI sobre Mercados Finaceiros que me parece realmente resumir que, usando também uma expressão do mesmo relatório, existe no mercado uma "Esquizofrenia" global:
http://www.bpiinvestimentos.pt/Storage/ ... 8EB237F5CF

Cumps

Kuby
Anexos
BPI Out 2011.JPG
BPI Out 2011.JPG (167.99 KiB) Visualizado 1922 vezes
 
Mensagens: 367
Registado: 29/11/2007 9:35
Localização: 16

Anterior