Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Entrevista a rsacramento

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Entrevista a rsacramento

por canguru » 26/4/2010 0:05

Desde que comecei a frequentar este espaço que fui reparando em certas ‘personagens’ do caldeirão. Dentro delas há, naturalmente, algumas que se destacaram positivamente. O rsacramento é seguramente uma delas. Inicialmente pela pertinência das suas questões, posteriormente pela forma como foi evoluindo a partilhando o conhecimento adquirido, mais tarde entrando em sistemas automáticos de trading (com algumas dicas do Cem) e mais recentemente a brindar-nos com a exímia qualidade e simplicidade dos seus gráficos. Era difícil ficar indiferente à sua participação. Assim, depois de falar com o Ulisses, decidi desafiar o rsacramento para uma entrevista.

Não faço ideia nem procurei saber se o rsacramento é baixo ou alto, branco ou preto, novo ou velho, calvo ou com rabo-de-cavalo nem me interessou descobrir se tem filhos, netos, se é boémio ou católico, se passa as férias no Tahiti ou na Trafaria, se é reservado ou excêntrico, se gosta de cinema ou jazz, de cozido à portuguesa ou de lasanha de soja. O que eu pretendi saber foi como ele evoluiu como trader. O que ele leu, o que ele considera que foram, e são, os pilares da sua aprendizagem (porque no fundo estamos sempre a evoluir), que activos ele negocia, a que escala temporal dá mais ênfase, como ele lida com o risco, etc…

Aqui está ele!

Em baixo o seu primeiro gráfico no caldeirão e um exemplo do que são os seus gráficos na actualidade.

canguru - Há quanto tempo e em que circunstâncias começaste a ter interesse nos mercados?

rsacramento - Foi no outono de 2007, com o google a 740 e o banco a insistir comigo para investir em fundos, que me surgiu a ideia de poder vir a investir nos mercados; foi por essa altura que me registei no fórum.

canguru - Salta á vista que és um adepto ferrenho de AT. Passaste por aquela fase de consultar os price-targets, de ler as notícias das empresas?

rsacramento - Lembro-me de ter ido conversar com um amigo meu (investidor na bolsa nacional) e ele me ter falado em price targets (pt): havia umas casas cujos pt eram melhores que outros, e também que os pt já lhe tinham dado muito dinheiro a ganhar.
Contudo nunca negociei com base em dicas, palpites ou pt.

canguru - E a abordagem pela via fundamental? Andar à volta com os PER’s, EPS’s, DY?

rsacramento - Ainda em 2007 ouvi falar do Ganhar em bolsa, que li, e também fui à biblioteca buscar o Samuelson e um livro do Buffet, embora destes tenha desistido muito rapidamente. Aquilo não era para mim. E no entanto a minha ideia de bolsa era aquela de ir no bentley a comprar sumo de laranja e vender cobre ao telefone.

canguru - Para além dos chartschool do stockcharts.com que recomendaste imensas vezes a quem por aqui vai surgindo, o que recomendarias como complemento?

rsacramento - Ler o fórum!
Foi efectivamente através do stockcharts que comecei a estudar AT: linhas (S/R, LTs) indicadores, padrões.
Contudo já tinha lido umas coisas do Elder, que aliás foi o que me valeu pelos excelentes conselhos de money management e psicologia (aliás ele é psiquiatra).

canguru - E livros? Que livros te influenciaram mais?

rsacramento - Se só pudesse levar um livro para a tal ilha deserta não hesitava – levava o Technical analysis of stock trends do Magee.
Para não fugir à resposta tenho de admitir que as leituras do Elder me marcaram, nomeadamente quanto à importância do que ele chama os 3M: method, money management e mind (leia-se disciplina).
Relativamente a este último aspecto considero o Trading in the zone (do Mark Douglas) um livro absolutamente notável.

canguru - Queres-me descrever o teu primeiro negócio em bolsa?

rsacramento - Ainda em dezembro de 2007 li umas coisas e investi nuns fundos, mas em bolsa propriamente dita foi precisamente na JMT: analisei (enfim...) os gráficos, fiz as minhas contas, fui perguntar ao caldeirão e entrei, para sair logo uns dias depois.

canguru - Foi um trade rentável ou perdedor?

rsacramento - Foi um trade perdedor. Já estava sensibilizado para o uso de stops, de maneira que quando o urso chegou mal me arranhou.

canguru - Nessa altura começaste logo a sentir que o mercado é que manda e que ficar rico em bolsa é, em 99,999%, impossível?

rsacramento - Sempre gostei de jogos, quer de lógica (xadrez, bridge) quer controlados pelo acaso (sintético, gamão), de maneira que tinha já a ideia de que jamais ficaria “excêntrico” através da bolsa.
Para responder à tua pergunta: nem uma coisa nem outra - pouquíssimo tempo depois do negócio na JMT entrei na sonae, naquela de ganhar com as sonae capital que seriam atribuídas: sempre tinha sido um bom negócio ir a este género de coisas, como é que podia falhar?
Claro que o bear market estava a chegar cá e lá fui stopado outra vez.
Lembro-me de nessa altura ter lido posts no caldeirão a recomendar muita calma. Isto para mim foi como ir à praia para tomar banho e encontrar tudo em gelo.
Fui rever as entradas, os indicadores, as minhas notas e não encontrei nada de errado, de maneira que resolvi continuar – seria falta de sorte, mais do que oportunidade, concluí eu.

canguru - Este é o teu 1º gráfico que postaste no caldeirão ( 2º gráfico em baixo ). Lembras-te? Queres comentar?

“Tópico JMT Colocada: 4/1/2008 19:27
sou totalmente inexperiente, pelo que espero críticas construtivas às minhas conclusões do gráfico que publico. como todas as médias móveis se encontram em subida, o macd está a dar sinal positivo e os roc tbém, e tudo isto com aumento de volume (descontando as festas natalícias), creio que tudo resulte num claro sinal de transacção (compra, neste caso) o q acham?

rsacramento - Lembro-me perfeitamente! E só dei ouvidos àquilo que queria ouvir – houve quem dissesse que se calhar estava a lateralizar e só depois duma determinada ruptura é que era de entrar, mas como também acharam a minha análise boa, lá entrei.

canguru - Quando deixaste de dar qualquer importância aos indicadores? (recordo-me de um tópico muito interessante que lançaste sobre o RSI e das opiniões do M. António, do Ulisses, do tmms, do tiagopt)

rsacramento - Foi um processo gradual – por assim dizer ainda olho para indicadores; agora não lhes atribuo é a importância que então lhes dava. Hoje um indicador não é mais do que isso mesmo – uma indicação muito localizada sobre determinada relação entre preços e eventualmente volumes.
A pouco e pouco comecei a desencantar-me com todos eles, sobretudo com o macd – o meu primeiro amor. (Os nossos moderadores Ulisses e Marco também têm muita responsabilidade nisto de eu não usar indicadores)

canguru - Preço, (com suportes, resistências, LT), tempo e volume é tudo o que precisas?

rsacramento - Sim, mas usando velas, porque ajudam a ler o mercado mais de perto. Abro uma excepção para algumas notícias sobre datas de dividendos (não, não caço dividendos), apresentação de resultados, spin-offs e por aí fora.
Acrescentaria que ainda me falta (pelo menos) uma coisa importantíssima: ter o sentimento do mercado, como é que ele vai reagindo aos factos, etc.

canguru - E a volatilidade?

rsacramento - Gostava imenso de ler o Cem; isto para dizer que quando ele apareceu a falar muito de volatilidade – e isto já recentemente – passei a ter um indicador de volatilidade em todos os meus gráficos de índices sectoriais (para ver se
concluía alguma coisa); como não consegui discorrer grande coisa disso troquei-o pelo RVI que ainda hoje encontras nos meus gráficos dos supersectores europeus (mas se calhar por pouco tempo).

canguru - Porque é tão difícil ser-se disciplinado nos mercados?

rsacramento - Duma maneira simples: porque os sentimentos facilmente se sobrepõem à razão.
Mas quem definitiva e cabalmente responde a essa questão é o M Douglas no seu livro Trading in the Zone.

canguru - E money management? Como lidas com o risco?

rsacramento - Aqui identifico-me com o Marco: o meu primeiro objectivo nos mercados é a preservação do capital, de modo que tudo o que está relacionado com o mm me é fácil.
Eu fiz um algoritmo para me organizar: quando quero entrar numa acção ele já sabe a minha cave e vai-me fazendo perguntas:

- preço de entrada
- percentagem da cave a investir
- valor do stop loss
- custo das comissões
- target, se for caso disso

em função dos valores que introduzo ele diz-me:
- nº de unidades a comprar
- capital em risco
- capital investido
- rácio lucro/prejuízo
- lucro esperado

canguru - Qual foi o teu pior trade e que influencia teve ele na tua conta? E psicologicamente?

rsacramento - Foi uma coisa duma indisciplina de fazer doer os dentes: eu sabia que no dia seguinte ela ia subir, de certeza, de maneira que ultrapassei todos os limites da prudência.
De facto ela subiu – só que abriu em gap up e desceu, desceu, desceu, até que me dei por vencido e vendi no mesmo dia, com perdas significativas.
Felizmente consegui retirar umas quantas lições: nunca ser indisciplinado (leia-se guloso), não tentar adivinhar o amanhã.

canguru - Que activos negocias? Ainda são os mesmos que negociaste quando te iniciaste nos mercados?

rsacramento - Comecei com o psi, fiz umas incursões pelo psi geral mas aprendi que pouca liquidez prejudica seriamente as saídas.
Depois interessei-me pelo ibex mas era difícil colocar as ordens e então virei-me para o cac ( e os shorts).
Já este ano aventurei-me no forex e actualmente estou a estudar algumas cotadas norte-americanas.

canguru - Que tal foi a experiência de programar e testar sistemas automáticos?

rsacramento - É verdade que passei uma parte do verão de 2008 a trabalhar num sistema mecânico, e foi muito divertido: encontrar indicadores para situações de tendência, indicadores para situações de lateralização, filtros para distinguir tendência de lateralização, mais indicadores para reforçar nas retracções, e por aí fora – sempre com as notas do Cem à mão, mais o calhamaço do metastock.
Depois era pegar nas bases de dados e testar, ver os resultados, tentar perceber onde se poderia melhorar, e por aí fora...

canguru - Que influência teve o Cem nesse campo?

rsacramento - Enorme: ele sabe (e muito) do que fala, de maneira que é uma referência indispensável.

canguru - Fazes algum uso do índice rsacramento? Aposto que nele está incorporada a volatilidade…

rsacramento - Se te referes ao indicador rs sentimento CAC 40/Dax, etc, ele é exclusivamente baseado em médias móveis; aliás este indicador tem como inspiração um indicador de sentimento de médio prazo do Fogueiro, outro (ex) caldeireiro cuja leitura era-me indispensável.

canguru - Usas gráficos semanais e diários. Em que escalas negoceias?

rsacramento -Não faço intraday nem tenho fôlego para trend following (no sentido de suportar drawdowns de 40/50%).

canguru - Qual a duração média de um trade teu?

rsacramento -Nunca fiz as contas, mas às vezes dois dias, outras vezes algumas semanas, depende.

canguru - Swing trader, portanto?

rsacramento - Sim, embora actualmente procure encontrar movimentos maiores, o que implica mais tempo no mercado e simultaneamente menor frequência de negociação.

canguru - Tens, seguramente, o teu edge. Tens-te saído bem?

rsacramento -Não tão bem quanto desejaria...

canguru - Tendo em conta o teu percurso, se te tivesse de apelidar dizia que és a “jovem promessa” (jovem porque entraste há 2 anos no mercado de capitais) e que tens muitas das skills essenciais para continuar a evoluir. Nesse sentido, achas que o caldeirão desempenhou um papel importante?

rsacramento -Importante é pouco – diria crucial: a maior fatia do que sei devo-o sem dúvida ao fórum, e sobretudo àqueles que tiveram a pachorra de ir respondendo às minhas perguntas e por vezes corrigir as minhas argoladas, nomeadamente o Marco e o Ulisses.

canguru - É por isso que brindas os frequentadores do caldeirão com os teus gráficos cristalinos?

rsacramento -Também; ao princípio decidi-me a publicar uns gráficos para precisamente ser criticado e com isso ir aprendendo; a pouco e pouco fui ganhando confiança e como acredito que da discussão nasce a luz, continuo a publicar...

canguru - Porque achas que as pessoas perdem dinheiro no mercado?

rsacramento - Os mercados não são fáceis; é dito às pessoas comprem, comprem, mas raramente se lhes diz quando devem vender, por exemplo.
Outra razão prende-se com as emoções: há quem veja nos mercados um casino, ou uma enorme fonte de adrenalina.
Por fim acho que nem toda a gente tem perfil para ser pianista, ou médico ou investidor.

canguru - Quando é que tiveste noção que a bolsa é um circo em que cada interveniente (corretoras, jornais, analistas) faz o seu papel, o seu… bluff?

rsacramento - Logo nas minhas primeiras leituras bolsistas, e o Ulisses também fala bastante disso.

canguru - Reveste-te no grito de guerra do Pedro Lino, trader da Dif Broker, “as pessoas não querem saber a verdade”?

rsacramento - Não conheço a frase, mas não.

canguru - Ganhar dinheiro em bolsa é muito mais difícil do que se vende por ai, não é? Pelo menos consistentemente…

rsacramento - Ao contrário do que os media propagam, sim, claro.

canguru - Achas que os fundos de investimento são a melhor opção para um trader com scores medianos?

rsacramento - Acho que os fundos “casam” melhor com aqueles que querem arriscar só um pouco as suas poupanças, tipo a viúva que herdou uns tostões...

canguru - Porque é que muitos novatos insistem em acções, em Forex, muitas vezes alavancados até aos cabelos?

rsacramento - A ganância é uma das emoções emblemáticas da bolsa.

canguru - Porque é que muitas pessoas entram por feeling e sem ter nenhum plano de saída? O que procuram elas?

rsacramento - Porque se calhar estão dominadas pela ganância – nem lhes ocorre que podem perder; logo, para quê plano de saída, se isto vai ao céu?

canguru - Últimos conselhos para quem quer ter sucesso em bolsa

rsacramento

- Preservar o capital, em primeiro lugar
- Estudar
- Ter um plano cabal
- Ser disciplinado
- Pensar pela própria cabeça

canguru - Obrigado.
Anexos
eurcad.png
eurcad.png (8.53 KiB) Visualizado 2707 vezes
jmt.JPG
jmt.JPG (105.35 KiB) Visualizado 2704 vezes
 
Mensagens: 2240
Registado: 6/4/2008 22:41
Localização: lx

por canguru » 26/4/2010 1:36

A minha surpresa, tendo em conta que o rsacramento apresenta amiúde gráficos semanais, prendeu-se com o facto de o tomar (erradamente) como um trend follower.

canguru - Usas gráficos semanais e diários. Em que escalas negoceias?

rsacramento - Não faço intraday nem tenho fôlego para trend following (no sentido de suportar drawdowns de 40/50%).

canguru - Qual a duração média de um trade teu?

rsacramento - Nunca fiz as contas, mas às vezes dois dias, outras vezes algumas semanas, depende. [/b]


De resto, está lá tudo. Influências do Marco, Ulisses, Cem e um "chartist" simples mas com muita clarividência.
 
Mensagens: 2240
Registado: 6/4/2008 22:41
Localização: lx

por mquinaz » 26/4/2010 10:37

Parabéns aos dois pela entrevista e em especial ao rsacramento, foi este moço de cabelo espetado :mrgreen: que teve pachorra para fazer o primeiro comentário a um gráfico meu.
Carteira mquinaz

Se me interesso rápidamente sei... Prof. Salete

Bons Negócios e melhor Saúde
mquinaz
 
Mensagens: 821
Registado: 11/2/2008 18:54
Localização: Covilhã / Guarda

por Dansousa » 26/4/2010 11:52

Excelente entrevista, gostei muito.......parabéns aos dois..........


Cmpts
DS
DS
 
Mensagens: 855
Registado: 29/11/2007 2:50
Localização: VCT

por Supermann » 26/4/2010 12:00

só um aparte...

Trend-follower não tem necessariamente que suportar grandes drawdowns como refere de 40 ou 50%. É um erro assumir que TF => drawdowns grandes.

De resto 5*
 
Mensagens: 1750
Registado: 18/12/2009 18:54
Localização: 16

Re: Entrevista a rsacramento

por LTCM » 26/4/2010 14:05

canguru Escreveu: rsacramento -Não tenho fôlego para trend following (no sentido de suportar drawdowns de 40/50%).


É pena pois comprar drawdowns de 50% é uma óptima estratégia.
Remember the Golden Rule: Those who have the gold make the rules.
***
"A soberania e o respeito de Portugal impõem que neste lugar se erga um Forte, e isso é obra e serviço dos homens de El-Rei nosso senhor e, como tal, por mais duro, por mais difícil e por mais trabalhoso que isso dê, (...) é serviço de Portugal. E tem que se cumprir."
 
Mensagens: 3009
Registado: 28/2/2007 14:18

por Zeb_PT » 26/4/2010 14:29

O que acho engraçado é que cada vez que leio uma destas entrevistas encontro por lá que o muito experiente user passou uma fase inicial com indicadores nomeadamente o MACD...

Caraças! Será que ainda estou numa fase tão inical? Mas wu gosto tanto do MACD e MACDhist :(
http://marketapprentice.wordpress.com

Para muito errar e muito mais aprender!

"who loses best will win in the end!" - Phantom of the Pits

Nota: As análises apresentadas constituem artigos de opinião do autor, não devendo ser entendidos como recomendações de compra e venda ou aconselhamento financeiro.
 
Mensagens: 919
Registado: 9/3/2009 23:07
Localização: 16

por yabadoo » 26/4/2010 14:30

Uma entrevista muito interessante.
Obrigado aos dois !
"Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..." (Fernando Pessoa)
 
Mensagens: 535
Registado: 5/3/2010 17:06
Localização: 16

por Crómio » 26/4/2010 15:03

Boa entrevista, centrada no trading.
Parabéns a ambos!

Abraço
There are two kinds of investors: those who don't know where the market is headed, and those who don't know that they don't know.

William Bernstein
 
Mensagens: 2745
Registado: 2/11/2007 16:52

por Ulisses Pereira » 26/4/2010 17:12

Mais uma excelente entrevista no Caldeirão, num registo diferente das que têm sido feitas. A prova de que há lugar para tudo no Caldeirão. Parabéns a ambos.

Um abraço,
Ulisses
"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30394
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

Re: Entrevista a rsacramento

por rsacramento » 26/4/2010 19:18

Supermann Escreveu:só um aparte...

Trend-follower não tem necessariamente que suportar grandes drawdowns como refere de 40 ou 50%. É um erro assumir que TF => drawdowns grandes.

De resto 5*

LTCM Escreveu:
canguru Escreveu: rsacramento -Não tenho fôlego para trend following (no sentido de suportar drawdowns de 40/50%).


É pena pois comprar drawdowns de 50% é uma óptima estratégia.


quando disse o que disse - e mantenho - estava a pensar nos turtles, nos trend followers citados no livro do M Covel Trend following e no meu sistema mecânico que referi na entrevista:
Não tenho fôlego para trend following (no sentido de suportar drawdowns de 40/50%)


de maneira que estou de acordo com ambos :wink:
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 9901
Registado: 29/11/2007 12:50

por MarcoAntonio » 26/4/2010 19:23

Ainda não tive oportunidade para ler a entrevista completa (ainda só li algumas partes) mas aproveito para dar os parabéns ao rsacramento pela forma como evoluiu na sua participação desde que chegou ao Forum, o que de resto se estende a outros participantes ávidos de conhecimentos e com o intuito de abordar os investimentos de uma forma série e preocupada, dos quais ele acaba sendo um bom exemplo.

Boa iniciativa do Canguru que com ela enriqueceu o forum.
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 33866
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Rsacramento.

por rg7803 » 26/4/2010 22:30

Eu tambem gostei muito da entrevista e faço aqui uma confissão: é raro traçar umas linhas em qualquer titulo do cac40, sem que de seguida não vá espreitar o que o rsacramento e o elias fizeram...

Reconheço que tenho aprendido muito com ambos.

Abraço aos dois.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 3339
Registado: 1/5/2008 23:09
Localização: Almada.

por agany » 26/4/2010 23:45

Excelente entrevista.
Temos malta de grande calibre neste caldeirão.
Gostava que um dia entrevistassem o Godô.
 
Mensagens: 760
Registado: 29/11/2007 1:44

por rsacramento » 28/4/2010 22:43

canguru - Fazes algum uso do índice rsacramento? (…)

o indicador vai como que me informando do sentimento conjunto europa-américa da coisa

neste caso é curioso que hoje, em simultâneo, os 3 índices em que uso o indicador entraram no vermelho:
Anexos
psi.png
psi.png (9.87 KiB) Visualizado 1663 vezes
cac.png
cac.png (12.33 KiB) Visualizado 1666 vezes
dax.png
dax.png (10.84 KiB) Visualizado 1679 vezes
Nota: este artigo reflecte unicamente a opinião do autor, não se responsabilizando este por quaisquer decisões tomadas por terceiros baseadas no presente artigo
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 9901
Registado: 29/11/2007 12:50

por Quimporta » 29/4/2010 10:29

Só agora reparei nesta excelente iniciativa!
Parabéns a ambos! :clap:

Canguru... Espero que seja para continuares!

Abraço,
"In God we trust. Everyone else, bring data" - M Bloomberg
 
Mensagens: 2121
Registado: 9/5/2009 18:57
Localização: Região Autónoma dos Tripeiros

Re: Entrevista a rsacramento

por canguru » 29/4/2010 18:58

A mim já me tinha dado gozo mas ainda bem que foi do agrado de muitos mais.

Espero que seja um incentivo para outros forenses poderem seguir as mesmas pisadas e ou outras ideias que tenham em mente.
Pelo que percebi os moderadores estão muito receptivos a tudo o que sejam novas propostas, com mais interactividade entre participantes, desde que conduza um incremento na qualidade do fórum.


canguru Escreveu: canguru - Fazes algum uso do índice rsacramento? Aposto que nele está incorporada a volatilidade…

rsacramento - Se te referes ao indicador rs sentimento CAC 40/Dax, etc, ele é exclusivamente baseado em médias móveis; aliás este indicador tem como inspiração um indicador de sentimento de médio prazo do Fogueiro, outro (ex) caldeireiro cuja leitura era-me indispensável.



rsacramento, estava aqui a pensar que não te perguntei se é com base nesse indicador que negoceias.

Outra questão: esse indicador tem semelhanças com aquele que uma vez aqui trouxeste do Cem e que tinha tido boa performance em commodities?
 
Mensagens: 2240
Registado: 6/4/2008 22:41
Localização: lx

Re: Entrevista a rsacramento

por rsacramento » 29/4/2010 19:30

canguru Escreveu:
rsacramento, estava aqui a pensar que não te perguntei se é com base nesse indicador que negoceias.

Outra questão: esse indicador tem semelhanças com aquele que uma vez aqui trouxeste do Cem e que tinha tido boa performance em commodities?

jamais :wink: deve ser muito perdedor - grande lag

quanto ao outro se puderes dá-me o link, pois não estou a ver qual seja..
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 9901
Registado: 29/11/2007 12:50

por canguru » 30/4/2010 19:18

Não faço ideia do tópico onde vi isso, mas sei que criaste este pdf, tanto que o saquei na altura.
Anexos
rsacramento.pdf
(15.51 KiB) Transferido 130 Vezes
 
Mensagens: 2240
Registado: 6/4/2008 22:41
Localização: lx

por Quero_ser_Rico » 5/5/2010 22:23

Como total inexperiente - neste novo objectivo que tenho (que em nada tem a ver com o nick e não passa disso mesmo de um nick) que é de aumentar a minha coluna de activos em vez da dos passivos, embora tenha começado a vida ao contrário como a maior parte das pessoas é ensinada a fazer, mas ainda abri a minha mente a tempo - esta entrevista é um bom ponto de referência para quem quer começar.

Parabéns aos dois pela brilhante ideia esta de partilhar o conhecimento e experiências.

Obrigado.

Os meus cumprimentos,

Duarte
 
Mensagens: 28
Registado: 18/4/2010 2:10

entrevista a rsacramento

por hmmd » 5/5/2010 23:43

Parabéns pela reacção à entrevista.A evolução foi excelente e, eu que o diga.
Quem te viu e quem te vê.
 
Mensagens: 27
Registado: 25/6/2009 22:29
Localização: 16


Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: Phil2014 e 15 visitantes