Bovespa

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Bovespa

por Manak » 28/8/2013 13:17

Eurouro Escreveu:
andre.santos Escreveu:Segundo o que percebi, do pouco que li, esta destruição de riqueza foi porque uma das suas empresas de exploração de petroleo que tinha como objetivo 1 milhão de barris por dia afinal so consegue 100 mil (ou algo parecido) da exploração do poço e as ações cairam a pique e neste momento Eike tem uma fortuna de "apenas" 150 milhões.
Mas gostava que os mais atentos ao que se passou que deixassem comentários a explicar melhor..


Pois eu tenho a ideia que Eika não tem apenas 150 milhoes como dizes, até porque ele tem outras participações noutros sectores lucrativos. Esses 150milhoes devem dizer respeito das petroliferas...
Creio que poucos foristas seguem o que se passa no Brasil, inclusive com Eike Batista. A mim até me admira como é que as acções da Galp não tenham sofrido um revés também, mas pronto.


Pelo que diz a Bloomberg, esses 150 milhões não dizem apenas ao petróleo.
http://sol.sapo.pt/inicio/Vida/Interior ... t_id=83090

cumprimentos
 
Mensagens: 62
Registado: 27/1/2010 2:07
Localização: Lisboa

'The Economist' questiona capacidade de reação do Brasil

por ivopinto » 27/9/2013 13:54

De um foguete que apontava para o alto para uma aeronave desgovernada nos céus. Essa é a comparação feita pela capa da revista britânica The Economist ao tratar da evolução do Brasil nos últimos quatro anos. A edição distribuída na América Latina, que chega às bancas neste fim de semana, tem na capa uma imagem do Cristo Redentor fazendo piruetas no céu do Rio de Janeiro com a pergunta: "Has Brazil blown it?". A questão pode ser traduzida como "O Brasil estragou?" ou "O Brasil se perdeu?".


A reportagem especial de 14 páginas sobre o Brasil é assinado pela jornalista Helen Joyce, correspondente da revista no País. "Na década de 2000, o Brasil decolou e, mesmo com a crise econômica mundial, o País cresceu 7,5% em 2010. No entanto, tem parado recentemente. Desde 2011, o Brasil conseguiu apenas um crescimento anual de 2%. Seus cidadãos estão descontentes - em julho, eles foram às ruas para protestar contra o alto custo de vida, serviços públicos deficientes e a corrupção dos políticos", diz a revista.


"Pode Dilma Rousseff, a presidente do Brasil, reiniciar os motores?", pergunta a publicação. "Será que a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos oferecerão ajuda para a recuperação do Brasil ou simplesmente trarão mais dívida", questiona a revista. O conteúdo da revista ainda não está disponível na íntegra na internet.


Na capa, a Economist fez uma auto referência a uma capa da própria publicação que ficou conhecida no Brasil ao mostrar o mesmo Cristo Redentor decolando como se fosse um foguete. "O Brasil decola" foi capa da edição de 12 de novembro de 2009, quando a revista rasgava elogios ao País que, naquele momento, crescia rapidamente a despeito da crise financeira global.


Interferência


A reportagem afirma ainda que Dilma Rousseff tem sido relutante ou incapaz de enfrentar problemas estruturais do Brasil e interfere mais que o antecessor na economia, o que tem assustado investidores estrangeiros para longe de projetos de infraestrutura e mina a reputação conquistada a duras penas pela retidão macroeconômica".


Para a revista, a falta de ação do governo Dilma é a principal razão para o chamado "voo de galinha" do País, em referência ao baixo crescimento econômico. "A economia estagnada, um Estado inchado e protestos em massa significam que Dilma Rousseff deve mudar de rumo", resume o editorial da publicação.


O texto reconhece que outros emergentes também desaceleraram após o boom que teve o auge em 2010 para o Brasil. "Mas o Brasil fez muito pouco para reformar seu governo durante os anos de boom", diz a revista. Um dos problemas apontados pela reportagem é o setor público, que "impõe um fardo particularmente pesado para o setor privado". Um dos exemplos é a carga tributária que chega a adicionar 58% em tributos e impostos sobre os salários. Esses impostos são destinados a prioridades questionadas pela The Economist. "Apesar de ser um país jovem, o Brasil gasta tanto com pensões como países do sul da Europa, onde a proporção de idosos é três vezes maior", diz o texto que também lembra que o Brasil investe menos da metade da média mundial em infraestrutura.


Problemas antigos


A publicação reconhece que muitos desses problemas são antigos, mas Dilma Rousseff tem sido "relutante ou incapaz" de resolvê-los e criou novos "interferindo muito mais que o pragmático Lula". "Ela tem afastado investidores estrangeiros para longe dos projetos de infraestrutura e minou a reputação conquistada a duras penas pela retidão macroeconômica incomodando publicamente o presidente do Banco Central a cortar a taxa de juro. Como resultado, as taxas estão subindo atualmente mais para conter a inflação persistente", diz o texto. "A dívida bruta subiu para 60% ou 70% do PIB - dependendo da definição - e os mercados não confiam na senhora Rousseff", completa o texto.


Apesar das críticas, a revista demonstra otimismo com o futuro a longo prazo do Brasil. "Felizmente, o Brasil tem grandes vantagens. Graças aos seus agricultores e empresários eficientes, o País é o terceiro maior exportador de alimentos do mundo", diz o texto, lembrando que o País será um grande exportador de petróleo até 2020. The Economist elogia, ainda, a pesquisa em biotecnologia, ciência genética e tecnologia de gás e petróleo em águas profundas. Além disso, a revista lembra que, apesar dos protestos populares, o Brasil "não tem divisões sociais ou étnicas que mancham outras economias emergentes, como a Índia e a Turquia".


Fonte: http://br.financas.yahoo.com/noticias/t ... nance.html
 
Mensagens: 53
Registado: 30/8/2012 15:20
Localização: 14

Re: Bovespa

por Penaforte » 20/2/2017 17:24

Boa tarde a todos,

Os mais entendidos em Elliott Wave podiam deixar a sua opinião sobre o índice brasileiro estar neste momento numa w5 e qual será a sua suposta projecção?
O início da contagem seria no mínimo de Janeiro 2016.
Editado pela última vez por Penaforte em 20/2/2017 18:01, num total de 1 vez.
 
Mensagens: 721
Registado: 20/10/2014 14:55

Re: Bovespa

por Dinamicadomercado » 20/2/2017 17:59

Penaforte Escreveu:Boa tarde a todos,

Os mais entendidos em Elliot Waves podiam deixar a sua opinião sobre o índice brasileiro estar neste momento numa w5 e qual será a sua suposta projecção?
O início da contagem seria no mínimo de Janeiro 2016.


Mostra o teu gráfico com a contagem( gosta apenas de ver)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 832
Registado: 28/8/2014 13:39

Re: Bovespa

por Penaforte » 20/2/2017 18:14

Dinamicadomercado Escreveu:
Penaforte Escreveu:Boa tarde a todos,

Os mais entendidos em Elliot Waves podiam deixar a sua opinião sobre o índice brasileiro estar neste momento numa w5 e qual será a sua suposta projecção?
O início da contagem seria no mínimo de Janeiro 2016.


Mostra o teu gráfico com a contagem( gosta apenas de ver)


Deixo o gráfico de um ETF que reproduz o índice.

Atenção que eu nunca estudei Elliott Wave com o mínimo de profundidade.. os movimentos ascendentes que o índice brasileiro iniciou a Janeiro de 2016 é que me recordaram o tipo de movimento em "5 ondas". Sei que Elliott Wave pressupõe bastante mais complexidade do que o explanado no gráfico, daí o meu apelo a quem já estudou mais sobre esta "Teoria".
Anexos
LYXOR ETF IBOVESPA Elliott.png
LYXOR ETF IBOVESPA.png
 
Mensagens: 721
Registado: 20/10/2014 14:55

Re: Bovespa

por Dinamicadomercado » 20/2/2017 18:36

Penaforte Escreveu:
Dinamicadomercado Escreveu:
Penaforte Escreveu:Boa tarde a todos,

Os mais entendidos em Elliot Waves podiam deixar a sua opinião sobre o índice brasileiro estar neste momento numa w5 e qual será a sua suposta projecção?
O início da contagem seria no mínimo de Janeiro 2016.


Mostra o teu gráfico com a contagem( gosta apenas de ver)


Deixo o gráfico de um ETF que reproduz o índice.

Atenção que eu nunca estudei Elliott Wave com o mínimo de profundidade.. os movimentos ascendentes que o índice brasileiro iniciou a Janeiro de 2016 é que me recordaram o tipo de movimento em "5 ondas". Sei que Elliott Wave pressupõe bastante mais complexidade do que o explanado no gráfico, daí o meu apelo a quem já estudou mais sobre esta "Teoria".


E utilizas EW na tua estratégia?
(essa onda 3 parece ser igual em tamanho a onda 1( se for igual) não pode ser)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 832
Registado: 28/8/2014 13:39

Re: Bovespa

por Penaforte » 20/2/2017 18:38

Eu não utilizo EW nas minhas análises, nunca estudei esta Teoria o suficiente para a tornar fiável (nem perto).
Foi apenas por curiosidade ao observar os gráficos de índice e cotadas brasileiras que estão a chegar a zonas muito importantes.
 
Mensagens: 721
Registado: 20/10/2014 14:55

Re: Bovespa

por Dinamicadomercado » 20/2/2017 18:44

Penaforte Escreveu:Foi apenas por curiosidade ao observar os gráficos de índice e cotadas brasileiras que estão a chegar a zonas muito importantes.

De resistência.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 832
Registado: 28/8/2014 13:39

Re: Bovespa

por Penaforte » 20/2/2017 18:57

Dinamicadomercado Escreveu:
Penaforte Escreveu:Foi apenas por curiosidade ao observar os gráficos de índice e cotadas brasileiras que estão a chegar a zonas muito importantes.

De resistência.


Obviamente de resistência mas ao referir "zonas muito importantes" queria destacar que se tratam de valores que várias cotadas deste índice não visitam há quase 10 anos, sendo para mim zonas com grande relevância pois o seu rompimento marcaria uma inversão de médio/longo prazo e não apenas de mais uma resistência (IMO).
Daí a questão das EW e tratando-se de uma W5, gostaria de saber qual a sua projecção. Se a Teoria fica logo refutada com a dimensão da w3 ou a retracção das w2 e w4 esta presunção torna-se irrelevante.

Mas claro está, o mais fácil será pegar nos livrinhos e ir ler sobre EW ;).
 
Mensagens: 721
Registado: 20/10/2014 14:55

Re: Bovespa

por Dinamicadomercado » 20/2/2017 19:32

Penaforte Escreveu:
Dinamicadomercado Escreveu:
Penaforte Escreveu:Foi apenas por curiosidade ao observar os gráficos de índice e cotadas brasileiras que estão a chegar a zonas muito importantes.

De resistência.


Obviamente de resistência mas ao referir "zonas muito importantes" queria destacar que se tratam de valores que várias cotadas deste índice não visitam há quase 10 anos, sendo para mim zonas com grande relevância pois o seu rompimento marcaria uma inversão de médio/longo prazo e não apenas de mais uma resistência (IMO).
Daí a questão das EW e tratando-se de uma W5, gostaria de saber qual a sua projecção. Se a Teoria fica logo refutada com a dimensão da w3 ou a retracção das w2 e w4 esta presunção torna-se irrelevante.

Mas claro está, o mais fácil será pegar nos livrinhos e ir ler sobre EW ;).


se pegares no gráfico mensal e acreditares que estas numa onda 1 de baixa será mais fácil encontrares o valor que pretendes. 19.63 ou 22.51 ( digo eu, quando encontrares a resposta diz.)

Um abraço,
Ricardo
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 832
Registado: 28/8/2014 13:39

Re: Bovespa

por bigboytrader » 18/5/2017 13:04

Petrobras desaba 18% no pré-market dos EUA; Vale -12%, Itaú -16%


A bomba da JBS (SA:JBSS3) que estourou ontem no colo de Michel Temer no Palácio do Planalto já dá seus primeiros sinais de repercussão no mercado financeiro nesta manhã.

As ADRs da Petrobras (NYSE:PBR) mostram o tom de pessimismo do investidor internacional com a incerteza que tomou conta do país após a notícia de que Temer teria incentivado a compra do silêncio de Eduardo Cunha. O papel afunda 19% no pré-market do mercado de Nova York, quando as operações têm volumes limitados, e vai a US$ 8,39, menor valor desde agosto do ano passado.

As ADRs Vale (NYSE:VALE) registra recuo de 12% frente ao fechamento de ontem e vai a US$ 7,50, enquanto o Itaú Unibanco (NYSE:ITUB) despenca quase 15%.

O ETF que reúne os papéis brasileiros negociados nos EUA, iShares MSCI Brazil Capped (NYSE:EWZ), perde 16% e vai a US$ 32,90, menor valor do ano.

https://br.investing.com/news/mercado-d ... -16-244576
Anexos
pbr.png
Ou você tem uma estratégia ou é parte da estratégia de alguém." (Alvin Toffler)
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 34
Registado: 19/7/2011 22:46
Localização: 10

Re: Bovespa

por Penaforte » 25/5/2017 14:48

A Vale continua o seu caminho dentro de um canal descendente, a acompanhar.
Anexos
VALE S.A.  ADS.png
 
Mensagens: 721
Registado: 20/10/2014 14:55

Re: Bovespa

por lfhm83 » 23/11/2018 19:30

O indice do momento.
Em bull desde 2016 esta fez novos màximos recentemente e pode necessitar ganhar folego e visitar o suporte dos 81000.
Será um possivel bom momento de entrada, ou se fixer novo máximo.
Anexos
bovespa.PNG
bovespa.PNG (42.78 KiB) Visualizado 1416 vezes
bovespa_suporte.PNG
bovespa_suporte.PNG (35.93 KiB) Visualizado 1416 vezes
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2860
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Bovespa

por djovarius » 2/1/2019 17:40

Boas,

Hoje já fiz muito pelo Caldeirão :lol:

Ainda assim, assinalo o máximo histórico deste índice: em 15 anos, multiplicou por 7,5 vezes a sua cotação.

Abraço

dj
Cuidado com o que desejas pois todo o Universo pode se conjugar para a sua realização.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 6834
Registado: 10/11/2002 19:32
Localização: Planeta Algarve

Re: Bovespa

por lfhm83 » 3/1/2019 14:51

O índice do momento a fazer novo máximo, com um bull invejável que contraria toda a conjuntura internacional.

Fazer crescer um pais asfixiado pelo socialismo é fácil, tal como Portugal dos anos 90, agora resta saber se vai ter capacidade para reduzir a despesa estatal.
Anexos
bovespa.png
bovespa.png (51.32 KiB) Visualizado 1033 vezes
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2860
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Re: Bovespa

por p3droPT » 3/1/2019 16:36

A manter-se esta tendência, e se o USDBRL ajudar, o BRZU pode ser um instrumento fabuloso.
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 889
Registado: 27/6/2010 23:26

Re: Bovespa

por lfhm83 » 4/10/2019 6:29

Bull market permanece imaculado, quase triplicou :shock: o valor desde início de 2016.

Mais impressionante é que o mercado cresce de forma tão forte sem que a economia acompanhe, Será uma bolha? Difícil de entender como à tanta confiança no mercado quando a economia real aparece tão debilitada.
Anexos
bovespa.png
bovespa.png (69.95 KiB) Visualizado 355 vezes
gdp.JPG
gdp.JPG (65.29 KiB) Visualizado 355 vezes
“It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but rather the one most adaptable to change.”
― Leon C. Megginson
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 2860
Registado: 15/2/2011 11:59
Localização: 22

Anterior