Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

F. Ramada - Tópico Geral

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

por Nyk » 8/12/2008 13:40

Cofihold sai do capital da F. Ramada
A Cofihold vendeu a participação de 20,47% que detinha no capital da F. Ramada, divulgou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMMV).

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@mediafin.pt


A Cofihold vendeu a participação de 20,47% que detinha no capital da F. Ramada, divulgou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMMV).

A Cofihold alienou, a 5 de Dezembro, 5.250.000 acções da F. Ramada Investimentos correspondentes a 20,47% dos direitos de voto e igual percentagem de capital social da referida sociedade, ao preço de 0,679 euros por acção, de acordo com o comunicado emitido hoje.

“Em virtude de tal operação, a Cofihold deixou de deter qualquer participação no capital social da sociedade F. Ramada Investimentos”, refere a mesma fonte.

A venda foi feita a administradores das duas empresas sendo que Paulo Fernandes, presidente da Cofina, passou a deter 1.666.436 acções representativas de 6,50% do capital social e dos direitos de voto da F. Ramada, Domingos José Vieira de Matos passou a deter 6,80% do capital social e dos direitos de voto e Pedro Miguel Matos Borges de Oliveira passou a deter 4,22% do capital social e a Caderno Azul passou a deter 9,31% do capital social e dos direitos de voto.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por sherek_JNEG » 13/3/2009 14:27

Alguem sabe quando são apresentados os resultados desta menina referentes a 2008?
Obrigado
 
Mensagens: 523
Registado: 29/11/2007 13:19
Localização: Sobreda

por sherek_JNEG » 16/3/2009 13:23

sherek_JNEG Escreveu:Alguem sabe quando são apresentados os resultados desta menina referentes a 2008?
Obrigado



Alguem sabe alguma coisa sobre esta cotada ?Nunca mais se ouviu falar dela.
Abraços
 
Mensagens: 523
Registado: 29/11/2007 13:19
Localização: Sobreda

por Nyk » 27/3/2009 20:00

Perpectivas "bastante negativas"
F.Ramada regista lucros de 442 mil euros
A F.Ramada Investimentos registou lucros de 442 mil euros entre o dia 2 de Junho e 31 de Dezembro de 2008. A empresa sublinha que atendendo à recente constituição da F. Ramada Investimentos, não se apresenta informação financeira comparativa com o período homólogo de 2007 e diz que, para 2009, as perspectivas são "bastante negativas" devido à crise.

--------------------------------------------------------------------------------

Ana Filipa Rego
arego@negocios.pt


A F.Ramada Investimentos registou lucros de 442 mil euros entre o dia 2 de Junho e 31 de Dezembro de 2008. A empresa sublinha que atendendo à recente constituição da F. Ramada Investimentos, não se apresenta informação financeira comparativa com o período homólogo de 2007 e diz que, para 2009, as perspectivas são “bastante negativas” devido à crise.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa revela que as receitas ascenderam a 75,098 milhões de euros e que o EBITDA, ou “cash flow” operacional foi de 5,557 milhões de euros.

A F.Ramada Investimentos explica que o Grupo Ramada compreende duas actividades de negócio: Indústria, que inclui as actividades dos Aços especiais e Sistemas de Armazenagem; e Imobiliária, “que representa, em grande parte, terrenos florestais que se encontram arrendados”.

“Com o objectivo de uma melhor compreensão, por parte do mercado em geral, da performance do Grupo Ramada, optou-se por apresentar a informação financeira e operacional deste grupo referente ao exercício de 2008 em comparação com o período homólogo de 2007”, sublinha a mesma fonte.

A empresa realça, no entanto, que “para efeitos de consolidação da F. Ramada Investimentos, apenas foi incluída nas demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2008, a actividade deste grupo relativa ao período de 2 de Junho de 2008 a 31 de Dezembro de 2008”.

Em 2008 os proveitos operacionais do Grupo Ramada ascenderam a 126,212 milhões de euros, apresentando um crescimento de 14,3% face aos proveitos operacionais de 2007 que foram de 110, 455 milhões de euros.

O resultado líquido ascendeu a 2,723 milhões de euros, inferior em 62,9% ao registado em 2007, de 7,3 milhões de euros.

“Os resultados de 2008 foram negativamente afectados pela grande instabilidade dos preços das matérias-primas”, sublinha a empresa.

A mesma fonte acrescenta que, “com o objectivo de adequar a estrutura de custos a um nível de actividade mais baixo, o Grupo Ramada procedeu a um ajustamento dos recursos humanos, tendo o custo com as rescisões influenciado negativamente o EBITDA em cerca de 2 milhões de euros”.

Para 2009 a empresa afirma que a “grave crise financeira mundial que se vive actualmente e a grande incerteza que rodeia a evolução da economia europeia”, faz com que as perspectivas “sejam bastante negativas”.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 30/3/2009 17:21

Caixa BI vai incorporar perspectivas "negativas" na avaliação da Ramada
O Caixa BI vai rever as estimativas da Ramada Investimentos. O banco vai incluir nas suas previsões de resultados as perspectivas "negativas" apresentadas pela própria empresa, reflectindo a grave crise financeira mundial e a grande incerteza que rodeia a evolução da economia.

--------------------------------------------------------------------------------

Paulo Moutinho
paulomoutinho@negocios.pt


O Caixa BI vai rever as estimativas da Ramada Investimentos. O banco vai incluir nas suas previsões de resultados as perspectivas “negativas” apresentadas pela própria empresa, reflectindo a grave crise financeira mundial e a grande incerteza que rodeia a evolução da economia.

“Dada a exposição do negócio industrial da Ramada a sectores de actividade fortemente afectados pela crise mundial, é natural esperarmos que a actividade de 2009 seja significativamente prejudicada. De forma a melhor incorporarmos este cenário, iremos rever as nossas estimativas de resultados”, afirma o analista Carlos Jesus.

A Ramada divulgou, na sexta-feira, uma quebra de 62,9% nos resultados líquidos de 2008, para um valor de 2,72 milhões de euros. Segundo a mais recente cotada da bolsa portuguesa “os resultados foram negativamente afectados pela grande instabilidade dos preços das matérias-primas”.

“Com o objectivo de adequar a estrutura de custos a um nível de actividade mais baixo, o Grupo Ramada procedeu a um ajustamento dos recursos humanos, tendo o custo com as rescisões influenciado negativamente o EBITDA em cerca de 2 milhões de euros”. O EBITDA cifrou-se em 6,9 milhões.

O Caixa BI manteve, contudo, inalterada a avaliação de 1,50 euros atribuída às acções da Ramada Investimentos. Os títulos estão hoje a negociar em queda de 2,99%, com apenas 25 acções negociadas. Cada uma vale 0,65 euros, apresentando um potencial de subida de 130%, o que leva o analista Carlos Jesus a recomendar “comprar”.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por sherek_JNEG » 1/4/2009 15:06

Boa tarde
Esta cotada segundo o que já li em varios sites é das cotadas mais baratas do nosso mercado mas parece que ninguem lhe liga nenhuma pois tem um volume diario muito baixo mas será que é só pelo facto de ter um baixo volume que não tem interesse ou será mais alguma coisa ?Gostaria de escutar alguem com mais conhecimentos sobre esta cotada.
Obrigado e abraços.
 
Mensagens: 523
Registado: 29/11/2007 13:19
Localização: Sobreda

por Nyk » 3/4/2009 17:46

De 1,50 euros para 0,70 euros e de "comprar" para "manter"
Caixa BI corta preço-alvo e recomendação da Ramada Investimentos
O Caixa BI cortou o preço-alvo e a recomendação dos títulos da Ramada Investimentos depois da apresentação de resultados. A nova avaliação da empresa levou a que o "target" passasse de 1,50 euros para 0,70 euros e a recomendação de "comprar" para "manter" .

--------------------------------------------------------------------------------

Lara Rosa
lararosa@negocios.pt


O Caixa BI cortou o preço-alvo e a recomendação dos títulos da Ramada Investimentos depois da apresentação de resultados. A nova avaliação da empresa levou a que o “target” passasse de 1,50 euros para 0,70 euros e a recomendação de “comprar” para “manter”.

O banco de investimento refere que “na sequência da divulgação de resultados do exercício de 2008 da Ramada Investimentos, e tendo em consideração as perspectivas menos favoráveis dadas pela empresa para o negócio, efectuámos uma revisão das nossas estimativas para os anos que se seguem e especialmente para 2009”.

A Ramada divulgou, dia 27 de Março, uma quebra de 62,9% nos resultados líquidos de 2008, para um valor de 2,72 milhões de euros. Segundo a cotada “os resultados foram negativamente afectados pela grande instabilidade dos preços das matérias-primas”.

Os resultados referentes ao ano passado levaram o analista Carlos Jesus do Caixa BI a ajustar as estimativas para o negócio imobiliário, “de forma a reflectir a estrutura de custos apresentados”.

Já no caso do negócio do aço e armazenagem, o banco de investimento sublinha que este “reflecte de forma mais adequada a esperada degradação económica em 2009 face ao ano passado”.

Perante estes dados o Caixa BI reviu então a sua avaliação para as acções da empresa para os 0,70 euros passando a uma recomendação de “manter”.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por sherek_JNEG » 24/4/2009 8:50

Parece que está a despertar algum interesse entre os investidores pois nestes ultimos dias o volume tem sido bastante superior ao normal ,gostaria de escutar opiniões de quem está mais entendido que eu sobre esta cotada.
Abraços
 
Mensagens: 523
Registado: 29/11/2007 13:19
Localização: Sobreda

por Nyk » 24/4/2009 19:48

E para 9,85% da F.Ramada Investimentos
Caderno Azul reforça na Cofina para 9,1% do seu capital
A Caderno Azul comprou 120 mil a reforçando para 9,132% do seu capital, informou a empresa presidida por Paulo Fernandes em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt


A Caderno Azul comprou 120 mil a reforçando para 9,132% do seu capital, informou a empresa presidida por Paulo Fernandes em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo a mesma fonte, a empresa referida adquiriu em bolsa, entre os dias 21 e 24 de Abril, 120 mil acções representativas do capital social da Cofina.

“Em virtude de tais operações, a Caderno Azul, passou a deter 9.366.660 acções, representativas de 9,132% do capital social e dos direitos de voto da Cofina”.

“A obrigação de comunicado resulta do facto de haver um administrador desta sociedade que também é administrador da Cofina”, escale o comunicado.

A mesma empresa comprou também, em bolsa, entre os dias 22 e 24 de Abril de 2009, 140.000 acções ordinárias representativas do capital social da F. Ramada Investimentos.

Em virtude de tais operações, a Caderno Azul passou a deter 2.526.660 acções representativas de 9,854% do capital social e dos direitos de voto da F. Ramada Investimenos.

“A obrigação de comunicação resulta do facto de haver um administrador desta sociedade que também é administrador da F. Ramada Investimentos”.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 4/5/2009 21:21

Cardeno Azul reforça na F.Ramada
Económico
04/05/09 21:04


--------------------------------------------------------------------------------
Collapse F. Ramada valoriza

Collapse Comunidade
Partilhe: A F. Ramada anunciou hoje que a Caderno Azul comprou, em bolsa, 10 mil acções da empresa no dia 27 de Abril.

A Caderno Azul pagou por cada acção da F. Ramada 0,70 euros, ou seja, gastou sete mil euros.

Após estas aquisições, a Caderno Azul passou a deter 9,893% do capital e dos respectivos direitos de voto da F. Ramada.

A F. Ramada explica em comunicado que é obrigada a informar o mercado destas transacções pelo facto das duas empresas terem um administrador em comum.

Na sessão de hoje, a F. Ramada valorizou 0,81% para 0,75 euros.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 8/5/2009 17:59

Caderno Azul reforça para 11,102% na F.Ramada Investimentos
A Caderno Azul comprou 210 mil acções da F.Ramada Investimentos reforçando para 11,102% do seu capital, informou esta última em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt


A Caderno Azul comprou 210 mil acções da F.Ramada Investimentos reforçando para 11,102% do seu capital, informou esta última em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo a mesma fonte, a Caderno Azul “adquiriu em bolsa, nos dias 4 e 5 de Maio de 2009, 210.000 acções ordinárias representativas do capital social da F.Ramada Investimentos”.

Em virtude de tais operações, a Caderno Azul “passou a deter 2.846.660 acções representativas de 11,102% do capital social e dos direitos de voto da F. Ramada Investimentos”, sublinha a empresa.

“A obrigação de comunicação resulta do facto de haver um administrador desta sociedade que também é administrador da F. Ramada Investimentos”, conclui a mesma fonte.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

O Caixa BI tem a informação toda?

por ocart » 8/5/2009 20:40

É que a 27.04 A Caderno Azul comprou acções a 0,70 e
a 4 e 5 de Maio terá comprado entre 0,74 e 0,76 quando o Caixa BI alterou o P.Target para 0,70. Fica a pergunta
 
Mensagens: 688
Registado: 29/11/2007 11:18
Localização: agualva

por Nyk » 29/5/2009 19:57

Lucros da F. Ramada caem 81% no primeiro trimestre
A F. Ramada registou uma quebra de 81,8% nos lucros do primeiro trimestre, num período em que as receitas caíram. A área da indústria observou uma quebra nos resultados, enquanto o segmento de imobiliária reduziu os prejuízos face ao mesmo período do ano passado.

--------------------------------------------------------------------------------

Sara Antunes
saraantunes@negocios.pt


A F. Ramada registou uma quebra de 81,8% nos lucros do primeiro trimestre, num período em que as receitas caíram. A área da indústria observou uma quebra nos resultados, enquanto o segmento de imobiliária reduziu os prejuízos face ao mesmo período do ano passado.

O resultados líquido da F. Ramada diminuiu de 1,33 milhões de euros para os 242 mil euros, uma quebra de 81,8%, de acordo com um comunicado emitido para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

As receitas diminuíram 9,6% para os 27,68 milhões de euros, ao mesmo tempo que os custos operacionais caíram 6,7% para os 25,43 milhões de euros.

O EBITDA da empresa desceu 33,4% para os 2,25 milhões de euros, num período marcado pelo aumento das provisões e perdas por imparidades. Esta rubrica aumentou de 150 mil euros para os 755 mil.

A área da indústria registou uma quebra de 73% dos resultados antes de impostos, num período marcado pela descida de 11,9% das receitas (26,3 milhões de euros). A empresa diz que “acelerou a sua actividade comercial, procurando assim atenuar o impacto negativo nas vendas em consequência” da crise que afecto o mercado de aço.

“Em paralelo foram implantadas acções dirigidas à redução dos stocks e à adequação da capacidade produtiva às novas condições do mercado”, mas admite que “no próximo trimestre as condições de mercado se mantenham sem alteração significativa”.

A unidade imobiliária registou uma redução dos prejuízos, antes de impostos, passando de 169 mil para 143 mil euros. Nesta área de negócio, a F. Ramada registou um aumento dos proveitos operacionais de 82,2% para os 1,36 milhões de euros.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 9/6/2009 18:05

Caderno Azul aumenta participação na F. Ramada para 11,443% do capital
A Caderno Azul aumentou a posição no capital da F. Ramada para 11,443% após a aquisição de 87.425 acções entre os dias 3 e 8 de Junho, anunciou a empresa em comunicado.

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt


A Caderno Azul aumentou a posição no capital da F. Ramada para 11,443% após a aquisição de 87.425 acções entre os dias 3 e 8 de Junho, anunciou a empresa em comunicado.

Após as aquisições efectuadas entre os dias 3 e 8 de Junho, a Caderno Azul passou a deter 2.934.085 acções da F. Ramada, segundo o comunicado divulgado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Aquele número de acções corresponde a 11,443% do capital social e dos direitos de voto da F. Ramada- Investimentos.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 16/6/2009 21:49

Caderno Azul reforça na Cofina e F. Ramada
A Caderno Azul voltou a comprar mais acções da Cofina e da F. Ramada ao longo das últimas sessões.

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt


A Caderno Azul voltou a comprar mais acções da Cofina e da F. Ramada ao longo das últimas sessões.

Comprou 71.123 acções da F.Ramada, elevando a posição na empresa para 11,72%. Na Cofina adquiriu 115 mil acções, passando a deter 9,474% do capital da empresa de media.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Vodka7 » 24/8/2009 10:46

Sempre pensei que esta menina podesse ir de arrasto com as subidas da Altri, mas parece que não, ficou mesmo desligada.
 
Mensagens: 857
Registado: 10/11/2005 21:53
Localização: Lisboa

por Nyk » 28/8/2009 17:43

No primeiro semestre
Resultados da F. Ramada caem 89,7% para 336 mil euros
A F. Ramada apresentou um resultado líquido de 336 mil euros, no primeiro semestre deste ano, um valor que representa uma queda de 89,7% face ao mesmo período do ano passado.

--------------------------------------------------------------------------------

Maria João Soares
mjsoares@negocios.pt


A F. Ramada apresentou um resultado líquido de 336 mil euros, no primeiro semestre deste ano, um valor que representa uma queda de 89,7% face ao mesmo período do ano passado.

Durante o primeiro semestre de 2009 os proveitos operacionais do Grupo Ramada ascenderam a 58,084 milhões de euros, apresentando um decréscimo de 11,2% face aos proveitos operacionais de igual período de 2008, revela a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os custos operacionais, sem amortizações, no valor de 54.160 milhares de euros, apresentam um decréscimo de 6,6%.

O EBITDA, ou “cash flow” operacional, caiu 47,5% para 3,924 milhões de euros.

“As despesas com o pessoal reduziram 5,7% reflectindo o plano de reestruturação iniciado em finais de 2008”, refere a empresa acrescentando que o número de colaboradores do Grupo em 30 de Junho de 2009 era de 414 (em 31 de Dezembro de 2008 foi de 439).
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 4/9/2009 19:28

Caderno Azul reforça na F. Ramada para 12,1%
A Caderno Azul comprou em bolsa 118 mil acções ordinárias da F. Ramada Investimentos entre 31 de Agosto e 4 de Setembro, elevando assim a sua participação para 12,181%, anunciou a empresa em comunicado à CMVM.

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt


A Caderno Azul comprou em bolsa 118 mil acções ordinárias da F. Ramada – Investimentos entre 31 de Agosto e 4 de Setembro, elevando assim a sua participação para 12,181%, anunciou a empresa em comunicado à CMVM.

Na sequência destas operações de aquisição, a Caderno Azul passou a deter 3.123.412 acções, representativas de 12,181% do capital social e dos direitos de voto da F. Ramada, refere o documento.

“A obrigação de comunicação resulta do facto de haver um administrador desta sociedade que também é administrador da F. Ramada”, conclui o comunicado da Caderno Azul, referindo-se a João Borges de Oliveira.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 11/9/2009 19:16

Compraram mais de 75 mil acções
Administradores da F. Ramada reforçam no capital da empresa
Os administradores da F. Ramada, Paulo Fernandes e Domingos de Matos, reforçaram no capital da empresa ao adquirir, em bolsa, mais de 75 mil acções.

--------------------------------------------------------------------------------

Ana Luísa Marques
anamarques@negocios.pt


Os administradores da F. Ramada, Paulo Fernandes e Domingos de Matos, reforçaram no capital da empresa ao adquirir, em bolsa, mais de 75 mil acções.

Entre 7 e 10 de Setembro, Domigos Matos comprou 39.926 acções da F. Ramada por 34.229 euros. Com esta aquisição, passou a deter 1.782.355 acções da empresa.

Entre 8 e 11 de Setembro, Paulo Fernandes 35.800 acções por 32.472 euros. O administrador passou, assim, a deter 1.742.022 acções da F. Ramada
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 27/11/2009 18:48

Lucros da F. Ramada caem 86% nos primeiros nove meses do ano
A F. Ramada Investimentos, sociedade-mãe do grupo Ramada, reportou um resultado líquido de 503 milhares de euros nos primeiros nove meses do ano, o que representa uma queda de 86,2% face ao mesmo período do ano passado, referiu a empresa em comunicado à CMVM.

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt


A F. Ramada Investimentos, sociedade-mãe do grupo Ramada, reportou um resultado líquido de 503 mil euros nos primeiros nove meses do ano, o que representa uma queda de 86,2% face ao mesmo período do ano passado, referiu a empresa em comunicado à CMVM.

Os proveitos operacionais atingiram 77.652 milhares de euros, um decréscimo de 22,5% face ao período homólogo de 2008.

Por seu lado, os custos operacionais, sem amortizações, no valor de 71,86 milhões de euros, corresponderam a uma queda de 20,1% em relação a igual período de 2008.

As despesas com o pessoal diminuíram 10,2%, reflectindo o plano de reestruturação iniciado em finais de 2008, salienta a empresa.

O EBITDA foi de 5.789 milhares de euros, menos 43,5% que no periodo homólogo. A margem EBITDA atingiu 7,5%, contra 10,2% no mesmo período de 2008.

Na sessão de hoje, a F. Ramada fechou a perder 3,43% para 0,816 euros.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 12/3/2010 19:11

Lucro da F. Ramada cai 32,1% para 1,9 milhões em 2009
Os lucros da F.Ramada caíram 32,1% para 1,9 milhões de euros em 2009, informou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt


Os lucros da F.Ramada caíram 32,1% para 1,9 milhões de euros em 2009, informou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo a mesma fonte, os montantes de 2008 “foram corrigidos do efeito das rendas intra-grupo para se tornarem comparáveis com o exercício de 2009”. Nesse ano a empresa registou lucros de 2, 723 milhões de euros.

Os proveitos operacionais do Grupo Ramada ascenderam a 97,881 milhões de euros,

apresentando um decréscimo de 22,4% face aos proveitos operacionais de 2008. O EBITDA deslizou 23,2% para os 8,7 milhões de euros.

“Em 2009 o Grupo Ramada manteve a política de redução de recursos humanos. O número de colaboradores do Grupo Ramada em 31.12.2009 foi de 383 (439 em 31.12.2008).Em virtude desta redução, os custos com o pessoal tiveram um decréscimo de 18,7%”, sublinha a empresa.

A empresa explica que a actividade de aços especiais “está fortemente exposta” às indústrias de componentes de automóveis e fabricação de moldes para plástico e que, para 2010 admitem que nesta actividade as condições de mercado “melhorem acompanhando a lenta recuperação da economia”.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Elias » 14/10/2010 17:06

Não notam nada de estranho nestes cofs?
Anexos
framada.PNG
framada.PNG (47.2 KiB) Visualizado 6174 vezes
 
Mensagens: 35428
Registado: 5/11/2002 12:21
Localização: Barlavento

por cmcf_CALD » 14/10/2010 17:59

Estranho só as vendas que são bastantes :shock:
Abraço
 
Mensagens: 337
Registado: 7/10/2007 15:17
Localização: Guarda

por Elias » 14/10/2010 18:01

Epá o que me chamou a atenção foi o facto de haver ordens com 3 casas decimais.

Tinha ideia que os títulos fora do PSI-20 (como é o caso) só aceitavam duas décimas. Isto já não é assim?
 
Mensagens: 35428
Registado: 5/11/2002 12:21
Localização: Barlavento

por kuby » 14/10/2010 18:08

A FRAMADA desde o inicio das 3 casas que negoceia assim.

Cumps

Kuby
 
Mensagens: 367
Registado: 29/11/2007 9:35
Localização: 16

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: leomiguel77, lito, LoneWolf, manatasimao, pattern, Phil2014, rogofe, soso, stealth_15, tosses, yggy e 39 visitantes