Cofina - Tópico Geral

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: pata-hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Cofina - Tópico Geral

por novato » 10/10/2019 11:00

MarcoAntonio Escreveu:Reiterando o que o thekuby referiu e sublinhando os aspectos mais importantes de um AC:

Para acompanhar o aumento de capital é preciso investir, naturalmente. E se o aumento de capital for um AC com atribuiçäo de direitos, envolve o exercício dos direitos. O investidor tem de se mexer, manifestar o interesse junto do intermediário e ter o capital necessário para o número de acções que quer adquirir no aumento. Deixar andar pode resultar inclusivamente em perder o valor dos direitos!


Existem diverdos tópicos sbre AC's, inclusivamente com FAQs, qud podem ajudar a antecipar o que se passa normalmente num AC.


Obrigado pela atenção!!
 
Mensagens: 224
Registado: 30/3/2003 22:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por TheKuby » 10/10/2019 11:15

novato Escreveu:
novato Escreveu:
TheKuby Escreveu:Bom dia

Podes explicar o que é acompanhar a AC??, nós que temos um aposição que temos de fazer?? deixar andar ou teremos de investir mais para continuar??
Nunca passei por isso dai estas duvidas!! obrigado!


Bom dia Novato

Por agora há que aguardar o modelo em que vai ser feito o aumento de capital. Se vai ser feito por entrada de novos acionistas, se vai ser disponibilizado aos atuais acionistas ou se vai ser misto. Se for disponibilizado aos atuais acionistas, deve ser definido um valor de entrada que dará origem a um direito, que terá o seu valor consoante a relação preço de entrada cotação atual. Depois há que ter capital para acompanhar o aumento. No caso de ser na proporção referida e totalmente para os atuais acionistas podemos estar a falar de um 1 para 2, ou seja (assumindo que é feito a um valor proximo da cotação) se tiveres atualmente 10.000€ em ações, para acompanhar tens de ter 20.000€ que desejas investir adicionais na empresa. Varios acionistas, por uma questão de risk/reward ou por questão de disponibildiade financeira não estão.

Numa forma rápida espero ter ajudado.


Ante de mais agradeço a tua disponibilidade e atenção!
+- resumido, quem não tiver capital para avançar resta vender ao preço que a cotação estiver na altura porque se acontecer perder os direitos, podemos ficar com acções a cotar a um valor bem mais abaixo do actual.
grato pela atenção


De nada Novato. Este fórum tem este mesmo espirito. Ajudar / contribuir.

Em relação à tua ultima duvida não é totalmente como referes. Os atuais acionistas terão acesso a direitos com base no numero de ações e o fator multiplicativo do aumento de capital. No dia em que se separarem os direitos das ações o valor da ação corrige dessa separação (titulo exemplificativo imagina que está a 0.35€ no dia antes, no dia seguinte passa a cotar por exemplo a 0.30€ cada ação e os direitos, se for 2 por 1 ação detida, a 0.025€ cada). A partir do dia de separação dos direitos e até a data de confimação do aumento de capital, os direitos e as ações passam a negociar separadas. Quem quer ir ao aumento de capital, se for acionista pode exercer os direitos e comprar ao valor fixado, quem não for pode comprar direitos e exercer o interesse de compra.
No caso concreto se não quiseres ir ao aumento podes vender os direitos, sendo que os mesmos são extraidos do valor da ação e a partir daí é o mercado a definir a cotação pela relação procura/oferta (nas ações) e procura/oferta e fator de correlação entre a cotação e o valor de referência do aumento de capital (no caso dos direitos).

Como refere o Marco há muito tópicos que te podem ajudar.
Cumprimentos

MigRod
 
Mensagens: 85
Registado: 1/9/2006 18:07
Localização: São Julião

Re: Cofina - Tópico Geral

por MarcoAntonio » 10/10/2019 11:22

Aqui fica um onde explico como se pode determinar o valor dos direitos e o que se pode ou deve fazer em determinadas circunstancias. Ignora os valores e racios ai referidos porque dizem respeito a esse aumento de capital. O topico interessa essencialmemte para perceber a mecanica e calendario tipico de um AC:

https://caldeiraodebolsa.jornaldenegoci ... =3&t=85295
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31618
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 10/10/2019 12:41

Há alguma relação entre o aumento de capital da Cofina por atribuição de direitos ou estamos ´ só no domínio do suponhamos? :shock:
 
Mensagens: 3274
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por MarcoAntonio » 10/10/2019 13:17

Para conhecermos os moldes deste aumento de capital em específico teremos de aguardar por informação nesse sentido, nomeadamente a aprovação do prospecto pela CMVM (pessoalmente, não faço ideia nem gosto de supor nestas coisas).

Para quem (como o novato) não está familiarizado com estes processos, convirá conhecer a mecânica geral típica de um aumento de capital como trabalho de preparação. Sem se tratar de rocket science, os ac's ainda assim tendem a surpreender os investidores pelas nuances que são menos do que evidentes (conheço factualmente casos de investidores que perderam milhares de euros em direitos em vários aumentos de capital porque nunca ninguém os esclareceu de coisas essenciais como essa: se o ac envolver direitos e o investidor nao fizer nada , exerce-los ou vende-los, o valor dos direitos evapora-se-lhes no ar, é dinheiro que perdem point blank).
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31618
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 10/10/2019 16:20

A possibilidade de ir directa a 40 -que já foi suporte- existe, mas deve ser uma carga de trabalhos, pois a possibilidade de estarmos a assistir a distribuição é elevada. :shock:
 
Mensagens: 3274
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por suminvestido » 10/10/2019 16:29

Àlvaro Escreveu:A possibilidade de ir directa a 40 -que já foi suporte- existe, mas deve ser uma carga de trabalhos, pois a possibilidade de estarmos a assistir a distribuição é elevada. :shock:

Já agora Alvaro, quem achas que está a distribuir? obrigado,
 
Mensagens: 289
Registado: 15/1/2008 23:45

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 10/10/2019 16:45

Só pode distribuir quem comprou. É assim que funciona. :? Mas a probabilidade de ir a 40 existe. Penso que aí estará a barreira técnica. 40 é um preço que, sendo caro comparativamente com a Impresa, é aceitável dado o baixo freefloat e dada a possibilidade de não haver mesmo OPA. Ora o que está a acontecer resulta dessa dúvida, é essa dúvida que sustenta a cotação, porque se houver aumento de capital da dimensão anunciada a diluição do preço será muito maior, muito maior. Mesmo que uma acção dê direitos o que nos diz a história é que, mais dia, menos dia, ajustará ao novo preço. :|
 
Mensagens: 3274
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por MarcoAntonio » 10/10/2019 17:00

Se existir atribuição e distribuição de direitos, ocorrerá seguramente um ajuste da cotação na sessão de ex-direitos. Na prática, o valor do direito sai sempre da cotação e a diluição das acções novas e antigas ocorre logo aí também.

Isto para além de outros ajustes que o mercado entenda fazer conforme "veja" o aumento de capital, o que é altamente variável e matéria fértil para especulação...
Bons Negócios,
Marco Antonio
Caldeirão de Bolsa

FLOP - Fundamental Laws Of Profit


1. Mais vale perder um ganho que ganhar uma perda, a menos que se cumpra a Segunda Lei.
2. A expectativa de ganho deve superar a expectativa de perda, onde a expectativa mede a
....amplitude média do ganho/perda contra a respectiva probabilidade.
3. A Primeira Lei não é mesmo necessária mas com Três Leis isto fica definitivamente mais giro.
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 31618
Registado: 4/11/2002 22:16
Localização: Vilar do Paraíso

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 10/10/2019 18:43

O que é comum é que x diretos permitam comprar y acções ao preço z. E também é bastante comum, como foi referido, haver forte volatilidade com o preço dos direitos que, fazem oscilar o preço das acções (quase sempre, mas não sempre). O que estamos longe de saber é o valor de "Z", mas, do meu ponto de vista, atendendo ao montante "z" só se saberá depois de haver um sim dos reguladores. Como a probabilidade desse sim ser -talvez sim com uns xaropes- "z" está muito mais alto agora que ficará havendo esse sim. Embora eu acredite que a Cofina possa vir a ganhar no negócio caso a NOS entre, mas isso já são muitos "ses".
 
Mensagens: 3274
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por suminvestido » 10/10/2019 18:57

Ó Álvaro mas estão a distribuir o que compraram quando? É que o volume de ontem e de anteontem é inferior ao de hoje.há quase dois anos que a cotação não estava a menos de 0,40€ como explicas isso?sabes o que se passa, certos investidores correram a vender só porque sim, então se nada se sabe como vai ser o AC, qual é a pressa? Eu tenho uma posição razoável e tb me sinto um tanto ao quanto desconfortável ao ver a cotação a chimbalar, mas vamos com calma. É que brevemente a cofina atual vale o quê? 5 cêntimos?e o abanca e o Mário Ferreira sempre vão entrar no capital? Ao par? Administradores que compraram à cerca de um ano largos milhões entre 0,56€ e 0,70€ Não vão agora subscrever a totalidade do capital? Vão ceder aos referidos novos acionistas? Ao preço da uva mijona?
 
Mensagens: 289
Registado: 15/1/2008 23:45

Re: Cofina - Tópico Geral

por danieljpires » 10/10/2019 19:07

Deixo aqui um pequeno video sobre o que penso sobre a cofina e os erros que cometi na aquisição desta ação

Também falo de uma forma muito suscinta o método LBO (leveraged buyout)

Sinceramente nao sei se vai ser ou nao interessante o aumento de capital mas tudo depende do desconto dos direitos e claro quanto tempo temos que aguentar a ação antes de pordermos vender apos o aumento de capital

https://www.youtube.com/watch?v=C2WgihA5qNU

 
Mensagens: 421
Registado: 13/11/2008 20:09
Localização: 20

Re: Cofina - Tópico Geral

por lfa » 10/10/2019 19:59

danieljpires Escreveu:Deixo aqui um pequeno video sobre o que penso sobre a cofina e os erros que cometi na aquisição desta ação

Também falo de uma forma muito suscinta o método LBO (leveraged buyout)

Sinceramente nao sei se vai ser ou nao interessante o aumento de capital mas tudo depende do desconto dos direitos e claro quanto tempo temos que aguentar a ação antes de pordermos vender apos o aumento de capital

https://www.youtube.com/watch?v=C2WgihA5qNU




Caro danieljpires,

Obrigado pela partilha e ajuda.

Abraço
 
Mensagens: 353
Registado: 29/11/2007 9:41
Localização: Lisboa

Re: Cofina - Tópico Geral

por lito » 10/10/2019 20:44

suminvestido Escreveu:Ó Álvaro mas estão a distribuir o que compraram quando? É que o volume de ontem e de anteontem é inferior ao de hoje.há quase dois anos que a cotação não estava a menos de 0,40€ como explicas isso?sabes o que se passa, certos investidores correram a vender só porque sim, então se nada se sabe como vai ser o AC, qual é a pressa? Eu tenho uma posição razoável e tb me sinto um tanto ao quanto desconfortável ao ver a cotação a chimbalar, mas vamos com calma. É que brevemente a cofina atual vale o quê? 5 cêntimos?e o abanca e o Mário Ferreira sempre vão entrar no capital? Ao par? Administradores que compraram à cerca de um ano largos milhões entre 0,56€ e 0,70€ Não vão agora subscrever a totalidade do capital? Vão ceder aos referidos novos acionistas? Ao preço da uva mijona?


imagina que estiveram a vender no patamar 0,50€ e foram agora comprar mais abaixo 0,35€.

lita
 
Mensagens: 415
Registado: 29/11/2007 9:45
Localização: V. N. Gaia

Re: Cofina - Tópico Geral

por ativo » 11/10/2019 10:32

O preço de subscrição de um aumento de capital reservado a acionistas, isto é, com direitos de subscrição conferidos a acionistas, vai depender da entrada, ou não, de novos acionistas de referência, ou seja, de haver, ou não, também um outro aumento de capital não reservado a acionistas.
A existir esse outro aumento de capital não reservado a acionistas, destinado a ser subscrito por futuros novos acionistas de referência, quanto maior ele for e quanto mais alto for o seu preço de subscrição maior tenderá a ser também o preço de subscrição do aumento de capital reservado a acionistas.
 
Mensagens: 3390
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: Cofina - Tópico Geral

por suminvestido » 11/10/2019 11:11

ativo Escreveu:O preço de subscrição de um aumento de capital reservado a acionistas, isto é, com direitos de subscrição conferidos a acionistas, vai depender da entrada, ou não, de novos acionistas de referência, ou seja, de haver, ou não, também um outro aumento de capital não reservado a acionistas.
A existir esse outro aumento de capital não reservado a acionistas, destinado a ser subscrito por futuros novos acionistas de referência, quanto maior ele for e quanto mais alto for o seu preço de subscrição maior tenderá a ser também o preço de subscrição do aumento de capital reservado a acionistas.


Plenamente de acordo (também já chega de andar sempre às turras contigo :lol: )

Apenas e só quando soubermos as condições do AC é que deveremos tomar decisões, em meu entendimento.
 
Mensagens: 289
Registado: 15/1/2008 23:45

Re: Cofina - Tópico Geral

por ativo » 11/10/2019 12:32

suminvestido Escreveu:
ativo Escreveu:O preço de subscrição de um aumento de capital reservado a acionistas, isto é, com direitos de subscrição conferidos a acionistas, vai depender da entrada, ou não, de novos acionistas de referência, ou seja, de haver, ou não, também um outro aumento de capital não reservado a acionistas.
A existir esse outro aumento de capital não reservado a acionistas, destinado a ser subscrito por futuros novos acionistas de referência, quanto maior ele for e quanto mais alto for o seu preço de subscrição maior tenderá a ser também o preço de subscrição do aumento de capital reservado a acionistas.


Plenamente de acordo (também já chega de andar sempre às turras contigo :lol: )

Apenas e só quando soubermos as condições do AC é que deveremos tomar decisões, em meu entendimento.

Com calma, vamos lá. :lol:

A cotação da Cofina está, evidentemente, presentemente, condicionada pela perspetiva da realização de um ou mais aumentos de capital da Cofina, no próximo ano, e pelo preço de subscrição de cada nova ação nesse(s) aumento(s) de capital.
Tentar atualmente perceber qual será a cotação da Cofina na véspera da subscrição desse(s) aumento(s) de capital, sem se conhecerem as suas condições, ´e tentar adivinhar, e adivinhar é proibido!
 
Mensagens: 3390
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: Cofina - Tópico Geral

por Àlvaro » 11/10/2019 12:54

Ativo, tanto a explicação, como a conclusão estão correctas e para bom entendedor meia palavra basta. Acrescentaria uma conclusão à Guterres: é pegar no montante a aumentar, na dívida futura a suportar e fazer as contas...
 
Mensagens: 3274
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Cofina - Tópico Geral

por LISBOA_CASINO » 11/10/2019 13:04

"Apenas e só quando soubermos as condições do AC é que deveremos tomar decisões, em meu entendimento."

Em determinados momentos pode ser tarde !

Uma coisa é certa, cpm AC´s desta dimensão é adrenalina pura ! Volatilidade não faltará nos proximos tempos, pois provavelmente a atual Cofina é como um WARRANTS da futura COFINA!

Para Norte ou para SUL !



bons negocios
 
Mensagens: 941
Registado: 23/11/2011 21:02
Localização: 16

Re: Cofina - Tópico Geral

por suminvestido » 11/10/2019 14:36

LISBOA_CASINO Escreveu:"Apenas e só quando soubermos as condições do AC é que deveremos tomar decisões, em meu entendimento."

Em determinados momentos pode ser tarde !

Uma coisa é certa, cpm AC´s desta dimensão é adrenalina pura ! Volatilidade não faltará nos proximos tempos, pois provavelmente a atual Cofina é como um WARRANTS da futura COFINA!

Para Norte ou para SUL !



bons negocios

Caro Casino_Lisboa o melhor mesmo é investirmos o nosso em dinheiro em certificados de aforro e então assim nada de adrenalina :D
 
Mensagens: 289
Registado: 15/1/2008 23:45

Re: Cofina - Tópico Geral

por Celsius-reloaded » 11/10/2019 15:11

ativo Escreveu:O preço de subscrição de um aumento de capital reservado a acionistas, isto é, com direitos de subscrição conferidos a acionistas, vai depender da entrada, ou não, de novos acionistas de referência, ou seja, de haver, ou não, também um outro aumento de capital não reservado a acionistas.
A existir esse outro aumento de capital não reservado a acionistas, destinado a ser subscrito por futuros novos acionistas de referência, quanto maior ele for e quanto mais alto for o seu preço de subscrição maior tenderá a ser também o preço de subscrição do aumento de capital reservado a acionistas.


Por causa da teu texto lembrei-me do famoso ac do banif em que não existiram dtos de subscrição.

Será possivel acontecer isso neste ac da Cofina? Ou entao eles serem transaccionados em valores de tal forma infimos que equivalessem a não ter valor?
31 de Julho: dia de São Stop.
 
Mensagens: 1857
Registado: 29/11/2007 2:35
Localização: Coimbra

Re: Cofina - Tópico Geral

por LISBOA_CASINO » 11/10/2019 15:16

Celsius-reloaded,

Como alguém já comentou, sem definição das condiçoes do AC tudo é possível !

A única certeza é a incerteza que estes movimentos provocam !

bons negocios
 
Mensagens: 941
Registado: 23/11/2011 21:02
Localização: 16

Re: Cofina - Tópico Geral

por ativo » 11/10/2019 15:40

Celsius-reloaded Escreveu:
ativo Escreveu:O preço de subscrição de um aumento de capital reservado a acionistas, isto é, com direitos de subscrição conferidos a acionistas, vai depender da entrada, ou não, de novos acionistas de referência, ou seja, de haver, ou não, também um outro aumento de capital não reservado a acionistas.
A existir esse outro aumento de capital não reservado a acionistas, destinado a ser subscrito por futuros novos acionistas de referência, quanto maior ele for e quanto mais alto for o seu preço de subscrição maior tenderá a ser também o preço de subscrição do aumento de capital reservado a acionistas.


Por causa da teu texto lembrei-me do famoso ac do banif em que não existiram dtos de subscrição.

Será possivel acontecer isso neste ac da Cofina? Ou entao eles serem transaccionados em valores de tal forma infimos que equivalessem a não ter valor?

Um aumento de capital da Cofina sem concessão de direito de preferência na sua subscrição aos atuais acionistas (ficando estes, portanto, sem direitos de subscrição das novas ações, que pudessem posteriormente transacionar), ocorrerá, na minha opinião, apenas para permitir a entrada de novos acionistas de referência no capital social da Cofina. Caso não haja investidores interessados em serem acionistas de referência da Cofina, esse aumento de capital, feito desse modo, não se realizará.
No entanto, penso que haverá sempre um aumento de capital em que aos atuais acionistas seja concedido direito de preferência na sua subscrição, por outras palavras, direitos de subscrição do aumento de capital. Portanto, quer haja, ou não, esses tais investidores, será sempre realizado um aumento de capital nestes termos. Se existirem esses mencionados investidores, além de um aumento de capital assim, será realizado um outro em que os atuais acionistas não terão direito de preferência na sua subscrição, o qual será destinado a ser subscrito pelos tais investidores.

Quanto ao valor dos direitos de subscrição ele dependerá da cotação da ação na véspera do dia em que as ações deixem de negociar detendo os direitos de subscrição e do preço de subscrição de cada nova ação. Quanto maior for a diferença entre o valor daquela cotação e este preço, maior será o valor de cada direito de subscrição. Por sua vez, o valor da cotação da ação na véspera do dia em as ações deixem de negociar detendo os direitos de subscrição do aumento de capital depende do interesse que o aumento de capital suscitar e este das condições do aumento de capital (que ainda não se conhecem) …

Nota: Foi feita segunda edição do "post".
 
Mensagens: 3390
Registado: 24/1/2014 17:24

Re: Cofina - Tópico Geral

por suminvestido » 11/10/2019 16:15

ativo Escreveu:
Celsius-reloaded Escreveu:
ativo Escreveu:O preço de subscrição de um aumento de capital reservado a acionistas, isto é, com direitos de subscrição conferidos a acionistas, vai depender da entrada, ou não, de novos acionistas de referência, ou seja, de haver, ou não, também um outro aumento de capital não reservado a acionistas.
A existir esse outro aumento de capital não reservado a acionistas, destinado a ser subscrito por futuros novos acionistas de referência, quanto maior ele for e quanto mais alto for o seu preço de subscrição maior tenderá a ser também o preço de subscrição do aumento de capital reservado a acionistas.


Por causa da teu texto lembrei-me do famoso ac do banif em que não existiram dtos de subscrição.

Será possivel acontecer isso neste ac da Cofina? Ou entao eles serem transaccionados em valores de tal forma infimos que equivalessem a não ter valor?

Um aumento de capital da Cofina sem concessão de direito de preferência na sua subscrição aos atuais acionistas (ficando estes, portanto, sem direitos de subscrição das novas ações, que pudessem posteriormente transacionar), ocorrerá, na minha opinião, apenas para permitir a entrada de novos acionistas de referência no capital social da Cofina. Caso não haja investidores interessados em serem acionistas de referência da Cofina, esse aumento de capital, feito desse modo, não se realizará.
No entanto, penso que haverá sempre um aumento de capital em que aos atuais acionistas seja concedido direito de preferência na sua subscrição, por outras palavras, direitos de subscrição do aumento de capital. Portanto, quer haja, ou não, esses tais investidores, será sempre realizado um aumento de capital nestes termos. Se existirem esses mencionados investidores, além de um aumento de capital assim, será realizado um outro em que os atuais acionistas não terão direito de preferência na sua subscrição, o qual será destinado a ser subscrito pelos tais investidores.

Quanto ao valor dos direitos de subscrição ele dependerá da cotação da ação na véspera do dia em que as ações deixem de negociar detendo os direitos de subscrição e do preço de subscrição de cada nova ação. Quanto maior for a diferença entre o valor daquela cotação e este preço, maior será o valor de cada direito de subscrição. Por sua vez, o valor da cotação da ação na véspera do dia em as ações deixem de negociar detendo os direitos de subscrição do aumento de capital depende do interesse que o aumento de capital suscitar e este das condições do aumento de capital (que ainda não se conhecem) …

Nota: Foi feita segunda edição do "post".


Al efecto, las partes han suscrito un contrato de compraventa mediante el cual PRISA
transmitirá a Cofina la totalidad de su participación en Vertix, habiendo obtenido Cofina
con carácter previo a la firma del contrato compromisos de financiación del precio
pactado por parte de entidades de crédito, de sus principales accionistas y de inversores.

Este excerto do comunicado da Prisa, ver aqui tudo:https://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/docs/FR73396.pdf
dá a entender que a Prisa sabia que iriam entrar novos investidores na Cofina.
Se vai ser bom ou mau para os actuais acionistas, temos de esperar, mas quero crer que os administradores da Cofina sendo detentores de 71% do capital certamente que terão acautelado quer os seus interesses quer dos demais accionistas.Vamos aguardar.
 
Mensagens: 289
Registado: 15/1/2008 23:45

Re: Cofina - Tópico Geral

por ativo » 13/10/2019 15:47

In "Sol", hoje:

«TVI. Impresa abre guerra à Cofina.

Há anos, Balsemão assumiu publicamente a guerra contra o negócio da Altice e da Prisa sobre a Media Capital. Agora, a Impresa já começou a mexer-se nos bastidores para tentar evitar que a Cofina se transforme no maior grupo de comunicação português com a compra da TVI.

A compra da Media Capital por parte da Cofina já está a criar descontentamento junto do grupo Impresa. O SOL sabe que altos quadros da empresa liderada por Francisco Pedro Balsemão reuniram com as operadoras de telecomunicações para falar sobre este negócio, que vai criar o maior grupo de comunicações caso a operação avance.
Contactado pelo SOL, o grupo diz apenas que «é natural que a Impresa tenha contactos permanentes com as operadoras por ter com elas várias relações comerciais e contratuais e, por isso, uma forte proximidade com todas». Em setembro, o CEO tinha admitido que estava «atento a quaisquer alterações neste setor da comunicação social», acrescentando que, enquanto não houvesse mais pormenores, não iria comentar a operação.

Ao que o SOL apurou, o objetivo destes encontros passará por arrastar o processo de compra, nomeadamente junto da Autoridade da Concorrência (AdC). A ideia é desvalorizar o ativo TVI - que está neste momento avaliado em 255 milhões de euros, mas cujas sinergias no futuro grupo estão fixadas em 46 milhões de euros - e seguir o exemplo do que se passou com a tentativa de compra por parte da Altice. A operação avaliada em cerca de 440 milhões de euros acabou por esbarrar na demora das autorizações necessárias da Concorrência e de outras entidades reguladoras.

E os números falam por si: o volume de negócios conjunto das duas empresas rondará os 270 milhões de euros, tendo em conta os resultados da Media Capital e da Cofina. Um valor superior quando comparado com a Impresa, cujas receitas superam os 172 milhões de euros. No total, Media Capital e Cofina têm 1800 colaboradores.

Mas as consequências deste negócio caso avance não ficam por aqui. O grupo Impresa também poderá ver beliscadas as audiências. Atualmente a SIC tem mais audiência do que a TVI e CMTV juntas e o SOL sabe que a SIC está a fazer um profundo investimento para aumentar cada vez mais o fosso em relação à TVI. No entanto, o caso pode mudar de figura depois da junção dos dois canais. O SOL sabe que a ideia da empresa liderada por Paulo Fernandes é ter públicos diferentes em cada um dos canais (ver texto ao lado).

Tal como o jornal i avançou, a SIC tem sido, durante todo este ano - à exceção de janeiro -, a campeã das audiências. Não é novidade que a estação de Carnaxide tem estado em expansão desde a contratação de Cristina Ferreira e os números são a verdadeira prova disso. É que desde janeiro - mês em que a apresentadora se estreou nas televisões dos portugueses pela SIC -, as audiências têm disparado e, a partir de fevereiro, o canal nunca mais saiu da liderança, sendo o fosso entre as duas estações privadas cada vez maior: na audiência média acumulada desde o início deste ano, a SIC está 14% acima da TVI.

Endividamento pode condicionar

Esta preocupação junto da Impresa ganha maiores contornos tendo em conta a descida das ações em bolsa do grupo Impresa ao longo dos últimos anos e também os níveis de endividamento, que poderão condicionar uma resposta futura ao novo grupo.

Aliás, em junho, a SIC avançou com uma emissão de obrigações destinadas a investidores de retalho com vista a obter 30 milhões de euros. Para atrair os pequenos investidores propõe-se pagar uma taxa de 4,5% por títulos de dívida que têm maturidade a três anos. E, para que a subscrição fosse um sucesso, recorreu a estrelas televisivas para promover estas emissões. Cristina Ferreira, que tem puxado pelas audiências da estação de Paço de Arcos, é uma das quatro caras que foram utilizadas na campanha da emissão de dívida.

Também a desvalorização de ações tem sido uma dor de cabeça para o grupo Balsemão. Só no ano passado, os títulos registaram uma queda de 60,1%, depois de terem registado uma valorização de 70%. O cenário repetiu-se com os volumes de transação que registaram uma forte contração ao descer cerca de 73% para cerca de 200 mil ações por ação, no ano passado (ver gráficos em baixo).

Contestação

O que é certo é que vários jornalistas e comentadores da SIC têm vindo a criticar o negócio. Um deles foi Pedro Marques Lopes, comentador do Eixo do Mal. «No dia em que o país está de luto por Freitas do Amaral, o jornal do principal grupo de comunicação social portuguesa (Media Capital + Cofina) enche a primeira página com ‘Vibradores tramam pedófilo arrependido’», disse no Twitter.

Já Daniel Oliveira - também comentador do Eixo do Mal - escreveu num artigo de opinião no Expresso: «O mais poderoso grupo de media português passará a estar nas mãos de um grupo que se dedica ao jornalismo sensacionalista e que tem uma agenda política clara (...). A compra da TVI pela Cofina é, em décadas, dos momentos mais determinantes para a nossa democracia».

Também o jornalista da estação Pedro Coelho reagiu a este negócio. «Imaginem o efeito que teria num qualquer país se uma pequeníssima televisão tabloide tomasse conta de um canal nacional que foi 19 anos líder de audiências?», questionou no Twitter.

O anúncio do acordo para a compra da dona da TVI foi feito a 21 de setembro e o negócio deverá estar concluído no primeiro semestre de 2020. A transação estará sujeita a certas condições, em particular à aprovação dos reguladores e à realização de um aumento de capital da Cofina, em 85 milhões.
».

Forças de bloqueio já se começaram a movimentar ... Será que conseguirão o seu intento?
 
Mensagens: 3390
Registado: 24/1/2014 17:24

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: acintra, bigest, brunoktm, cali010201, DanielMarques196, Ferry57, Francisco Miguel, Google Adsense [Bot], JGMateus, jokerportuga, lfa, lfhm83, lito, LoneWolf, m-m, macau5m, malakas, MSN [Bot], nunorsilva, pattern, Primvs, Ropamosa, soso, suminvestido, Xadrezinho e 53 visitantes