Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

ZON Multimédia - Tópico Geral

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

por Nyk » 4/9/2007 19:40

"Spin-off" da PTM em Outubro é positivo para a empresa
O realização do "spin-off" da PT Multimédia em Outubro é "positivo" para a empresa, de acordo com os analistas do ES Research.

--------------------------------------------------------------------------------

Ana Luísa Marques
anamarques@mediafin.pt


O realização do "spin-off" da PT Multimédia em Outubro é "positivo" para a empresa, de acordo com os analistas do ES Research.

Daniel Proença de Carvalho, "chairman" da PTM, avançou à edição de hoje do Jornal de Negócios que a cisão da empresa deverá ocorrer "no final deste ou no próximo mês". A nova administração da empresa deverá ser conhecida ainda em Setembro.

Para os analistas do ES Reserach, esta é uma notícia positiva para a PTM "apesar de já ser esperada" e de significar um atraso face ao que estava inicialmente previsto. "Henrique Granadeiro já tinha avançado que o ‘spin-off’ devia ocorre no final de Setembro", refere o Iberian Daily do ES Research.

O BPI considera a notícia "neutral". "Houve um ligeiro atraso face às previsões inicias da PT – Setembro – mas o ‘spin-off’ deve estar concluído até ao final do ano", refere o banco de investimento.

O BPI manteve a recomendação de "reduzir" para as acções da PTM com um preço-alvo de 10,15 euros.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Conoco-Flips » 5/9/2007 11:02

Mais uma análise da estimada Lisbon Brokers... Espero que o Sr. John dos Santos tenha sido iluminado por uma luz "divina" e acerte em pleno. Estou dentro à uns bons meses e gostaria de realizar uma boa mais-valia antes do final do ano
Looking good so far
:lol: :lol:

---------------------------------------------------
A Lisbon Brokers reforçou as recomendações de forte compra para a Portugal Telecom e a PT Multimédia, numa altura em que as duas empresas estão a entrar na recta final do processo que vai resultar no "spin-off" da dona da TV Cabo.

Numa nota de "research" de hoje, o analista John dos Santos mostra-se agradado com o progresso efectivo da cisão da PT Multimédia, sobretudo com a performance das acções da PTM, que acumulam um ganho de 25% este ano e conseguiram contrariar a crise no mercado accionista nos últimos meses.

"Acreditamos que esta ?outperformance? mostra o potencial da empresa, não só no crescimento da base de clientes, mas também na expansão da gama de produtos", refere o analista.

A Lisbon Brokers avalia a PTM em 13,40 euros em termos fundamentais, mas atribui um preço-alvo de 14,80 euros à empresa , incluindo o "esperado aumento da liquidez, decorrente do ?spin off", não falando para já do provável aumento da especulação".

A mesma fonte lembra que os accionistas da PT vão receber 1,95 euros por cada acção no "spin off" da PTM.
--------------------------------------------------
Transire Suum Pecturs Mundo que Potir - (Transcender o espírito e dominar o mundo)
 
Mensagens: 22
Registado: 6/7/2007 14:41

ptm

por paulo godinho » 5/9/2007 15:41

O spin-off agora vem mesmo a calhar pois vao aproveitar acorrecçao no psi para o fazer e assim a pt leva um trmbolhao de pelo menos 1.95 euros devido ao spin-off e ajuda e de que maneira a fazeresta correcçao quanto a ptm e para mim a acçao mais segura nestemomento na nossa bolsa pois com o spin-off vao aparecer os rumores de opa
 
Mensagens: 537
Registado: 7/9/2005 19:10
Localização: hospital militar principal

por Nyk » 6/9/2007 6:07

Rodrigo Costa é o único nome na lista dos accionistas para a nova Multimédia
Rodrigo Costa é o único nome que está a ser discutido entre os accionistas do Grupo PT para assumir a liderança da PT Multimédia (PTM), soube o Jornal de Negócios. O actual presidente da PT Comunicações é uma alternativa consensual embora ainda estejam a decorrer negociações entre os accionistas de referência da PTM, que não são exactamente os mesmos da PT.

--------------------------------------------------------------------------------

Celso Filipe
cfilipe@mediafin.pt


Filipe Paiva Cardoso
filipecardoso@mediafin.pt



Rodrigo Costa é o único nome que está a ser discutido entre os accionistas do Grupo PT para assumir a liderança da PT Multimédia (PTM), soube o Jornal de Negócios. O actual presidente da PT Comunicações é uma alternativa consensual embora ainda estejam a decorrer negociações entre os accionistas de referência da PTM, que não são exactamente os mesmos da PT.

Uma outra fonte contactada pelo JdN sublinha que o futuro presidente executivo da PTM terá de ser "alguém em que os accionista de referência da empresa se revejam", o que é o caso de Rodrigo Costa. Este dossier, acrescenta o mesmo interlocutor, está a ser "trabalhado com muito afinco", para que se materialize a opção por Rodrigo Costa, embora "não esteja perfeitamente fechado".
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 11/9/2007 8:49

TMN quer exclusivo do iPhone
A TMN é a única operadora móvel portuguesa em negociações com a Apple para garantir a exclusividade do iPhone no mercado português, cujo lançamento deverá acontecer em Março de 2008.

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@mediafin.pt



A TMN é a única operadora móvel portuguesa em negociações com a Apple para garantir a exclusividade do iPhone no mercado português, cujo lançamento deverá acontecer em Março de 2008.

"A TMN está já há algum tempo em conversações com a Apple a propósito da comercialização do iPhone", garantiu ao "Diário Económico" fonte oficial da operadora da PT, que está "interessada em comercializar o iPhone em exclusivo em Portugal".

Embora a Apple não faça qualquer comentário a esta questão, segundo o mesmo jornal, a Vodafone Portugal e a Optimus ainda não entraram em conversações com a empresa. Ao adiantar-se no processo, a TMN pretende garantir o exclusivo de um telemóvel que nas mãos de uma operadora rival, poderia ameaçar a sua liderança do mercado português.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 11/9/2007 11:19

TMN está interessada no iPhone como noutras marcas
O presidente da TMN, Zeinal Bava, sublinhou que a TMN está interessada no iPhone como noutros modelos, à semelhança das suas congéneres, afirmando que a notícia de que a TMN quer ter o exclusivo do iPhone "é um pouco extemporânea".

--------------------------------------------------------------------------------

Ana Torres Pereira
atp@mediafin.pt


O presidente da TMN, Zeinal Bava, sublinhou que a TMN está interessada no iPhone como noutros modelos, à semelhança das suas congéneres, afirmando que a notícia de que a TMN quer ter o exclusivo do iPhone "é um pouco extemporânea".

O "Diário Económico" avança hoje que aTMN é a única operadora móvel portuguesa em negociações com a Apple para garantir a exclusividade do iPhone no mercado português, cujo lançamento deverá acontecer em Março de 2008.

Zeinal Bava, à margem da conferência do Es-escolas, afirmou " que todos os operadores estão interessados em analisar o iPhone,", dizendo que o modelo da Apple tem-se pautado por escolher um operador em exclusivo "e a TNN estará atenta como também para outros equipamentos".

O administrador sublinhou que o maior operador móvel nacional continuará à procura de aparelhos exclusivos e registados com os nossos consumidores, sublinhando que o valor acrescentado é mais importante que a venda dos aparelhos.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 12/9/2007 17:39

Spin-off avança
PT deixa de ter poderes especiais na PTM
A Portugal Telecom vai deixar de ter poderes especiais na PT Multimédia, atribuídos por 102 mil acções de classe A, que serão convertidas em acções ordinárias. O fim desta espécie de "golden share" que a PT detinha na sua participada é mais um passo para concretizar o "spin-off" da dona da TV Cabo.

--------------------------------------------------------------------------------

Nuno Carregueiro
nc@mediafin.pt


A Portugal Telecom vai deixar de ter poderes especiais na PT Multimédia, atribuídos por 102 mil acções de classe A, que serão convertidas em acções ordinárias. O fim desta espécie de "golden share" que a PT detinha na sua participada é mais um passo para concretizar o "spin-off" da dona da TV Cabo.

Num comunicado a PT Multimédia anuncia que "submeteu a registo as alterações estatutárias relativas à eliminação dos privilégios conferidos pelas acções da Categoria A detidas pela PT com a consequente conversão destas acções em acções ordinárias".

Este registo dá seguimento às deliberações da assembleia geral da Portugal Telecom de 24 de Abril, com a aprovação do "spin-off" da PT Multimédia, através da atribuição gratuita aos accionistas da PT, de acções da PT Multimédia.

Este é assim mais um passo para a concretização da operação de separação das duas companhias, que a PT quer concluir este ano.

A PT controla actualmente a maioria do capital da PT Multimédia e tinha direitos especiais na gestão da companhia, sobretudo na eleição dos órgãos sociais da empresa.

A PTM adianta que operação de as alterações foram já objecto de inscrição junto da Conservatória do Registo Comercial de Lisboa, prevendo-se que a "conversão das cento e duas mil acções da categoria A da PT Multimedia esteja concluída junto da Central de Valores Mobiliários no dia 17 de Setembro de 2007, iniciando-se nesse mesmo dia a negociação das correspondentes novas acções ordinárias da PT Multimedia em bolsa.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Conoco-Flips » 12/9/2007 17:52

Só em jeito de piada
parece que hoje o sr. 1º min José Socrates pôs o Presidente da Optimus e da Vodafone a distribuir computadores... da TMN :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
(no âmbito do programa do governo de distribuição de computadores pelas escolas)

Quer-me parecer que o nosso 1º é accionista da PTM... :lol:
talvez assim a jovem se mexesse (para cima pois tá claro)

PS: é verdade que este post nada tras de valor acrescentado mas... tinha de o colocar.
Transire Suum Pecturs Mundo que Potir - (Transcender o espírito e dominar o mundo)
 
Mensagens: 22
Registado: 6/7/2007 14:41

por bertoluci » 13/9/2007 8:06

no futuro teremos PTM + Sonae.com...
Resta saber quem compra quem...
A PTM quer investir numa rede movel, ou compra uma rede já existente ou investe numa de raíz... o mais positivo para o titulo seria comprar uma rede já a operar e com clientes... era menos um concorrente e o esforço de investimento talvez fosse menor...

A sonae.com pode dar um passo no seu crescimento adquirindo ou fundindo-se com a PTM.

Acho que o futuro passa pela concentração destes dois grupos, só assim é possivel fazer uma concorrência à altura da PTC.
 
Mensagens: 530
Registado: 19/11/2003 18:17

por Rockerduck » 13/9/2007 8:46

A PTM está em subida considerável. Era expectável devido ao spin off?
"Opportunity is missed by most people because it is dressed in overalls and looks like work." Thomas Edison
 
Mensagens: 564
Registado: 29/8/2007 17:46

por Nyk » 18/9/2007 16:37

Anacom vai manter pressão sobre a PT se “spin-off” da PTM não for suficiente
A Anacom-Autoridade Nacional das Comunicações poderá manter a pressão regulatória sobre a PT Comunicações, da Portugal Telecom, se constatar que a separação da PT Multimédia (PTM) não vai gerar concorrência entre as duas empresas, disse José Amado da Silva.

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios Online
negocios@mediafin.pt


A Anacom-Autoridade Nacional das Comunicações poderá manter a pressão regulatória sobre a PT Comunicações, da Portugal Telecom, se constatar que a separação da PT Multimédia (PTM) não vai gerar concorrência entre as duas empresas, disse José Amado da Silva, noticiou a Reuters.

O presidente da Anacom acrescentou que o regulador vai estar atento ao desenrolar da cisão da PTM admitindo que o spin-off pode até vir a trazer maior concorrência ao sector.

"A separação (da PTM face à PT) pode não chegar", afirmou o presidente da Anacom, num encontro com jornalistas a propósito da conferência sobre convergência que a Anacom vai realizar.

Sublinhou que poderão surgir dúvidas em relação aos objectivos reais da PT e da PTM se os accionistas forem os mesmos e os seus interesses também.

"(Se não houver concorrência entre a PT e a PTM) Podemos não alterar as condições do mercado", ou seja, mantendo a pressão regulatória sobre o incumbente PTC, afirmou.

"A Autoridade da Concorrência pode sempre actuar", acrescentou.

O spin-off da PTM está em marcha devendo, segundo a imprensa, ocorrer em meados de Outubro próximo.

A PT tem defendido que, após o spin-off, a Anacom deveria diminuir a pressão regulatória sobre a PT Comunicações.

Sobre a eventual separação funcional entre as áreas grossista e retalhista do incumbente no fixo, lembrou que a questão ainda está em análise a nível comunitário.

José Amado da Silva afirmou que defende esta solução como remédio, mediante uma "remuneração do capital razoável", e não como imposição às empresas com uma rede dominante como a de cobre da PT.

A Anacom promove no dia 28 de Setembro uma conferência sobre 'Regulação e Convergência' que contará com a presença dos presidentes de vários reguladres do sector, incluindo do brasileiro e do norte-americano.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 19/9/2007 19:02

Tribunal dá razão à CMVM e condena PT Multimédia a coima de 200 mil euros
A justiça condenou a PT Multimédia a pagar uma coima de 200 mil euros, por contra-ordenação de "violação dolosa do dever de informação com veracidade", concordando com a decisão da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), de acordo com a decisão do 2º Juízo de Pequena Instância Criminal de Lisboa, hoje conhecido.

--------------------------------------------------------------------------------

Isabel Aveiro
ia@mediafin.pt


A justiça condenou a PT Multimédia a pagar uma coima de 200 mil euros, por contra-ordenação de "violação dolosa do dever de informação com veracidade", concordando com a decisão da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), de acordo com a decisão do 2º Juízo de Pequena Instância Criminal de Lisboa, hoje conhecido.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 21/9/2007 16:05

Rodrigo Costa garante que PTM vai lutar pela liderança do mercado
O novo presidente da comissão executiva da PT Multimédia, Rodrigo Costa, garantiu hoje, em declarações à agência Lusa, que a operadora vai disputar a liderança do mercado português de telecomunicações.

--------------------------------------------------------------------------------

Jornal de Negócios com Lusa



O novo presidente da comissão executiva da PT Multimédia, Rodrigo Costa, garantiu hoje, em declarações à agência Lusa, que a operadora vai disputar a liderança do mercado português de telecomunicações.

Rodrigo Costa, que foi hoje nomeado presidente da comissão executiva da PT Multimédia, diz que o desafio que tem pela frente é entusiasmante e que a empresa está apta a concorrer pela liderança.

"É com imenso entusiasmo que assumo a presidência da PTM", disse Rodrigo Costa à Lusa, pouco depois da reunião do conselho de administração da operadora em que foi cooptado para a administração da empresa e nomeado presidente-executivo.

"A escolha dos accionistas é uma honra e grande desafio para mim e para a equipa que lidero", acrescentou.

A nomeação de Rodrigo Costa, que deixa os cargos que ocupava na gestão da Portugal Telecom (PT), constitui mais um passo para a separação entre a PT e a PT Multimédia.

"Seremos, sem qualquer dúvida, uma empresa independente, ágil e com uma ambição", garante Rodrigo Costa. "Estamos aptos para disputar um lugar de liderança no mercado de telecomunicações", sublinha.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 21/9/2007 16:32

Galp Energia entra no Euronext 100; Banif e PTM no Next 150
A Euronext anunciou hoje as alterações a efectuar à composição dos índices Euronext 100 e Next 150, que implicam a entrada de várias empresas portuguesas. A Galp Energia passa a integrar a carteira das 100 maiores cotadas desta praça e a PTM e o Banif o índice das 150 companhias seguintes.

--------------------------------------------------------------------------------

Nuno Carregueiro
nc@mediafin.pt


A Euronext anunciou hoje as alterações a efectuar à composição dos índices Euronext 100 e Next 150, que implicam a entrada de várias empresas portuguesas. A Galp Energia passa a integrar a carteira das 100 maiores cotadas desta praça e a PTM e o Banif o índice das 150 companhias seguintes.

"Informamos que na revisão dos índices globais da NYSE Euronext, a Galp Energia entrará no Euronext 100 e a PTMultimedia e o Banif integrarão o Next150. A Galp vai substituir a francesa M6 – Metrópole TV.

No índice das 100 maiores cotadas estão já presentes seis empresas portuguesas - BCP, BES, BPI, Brisa, EDP e PT.

No Next 150 a PTM e o Banif juntam-se à Cimpor, Jerónimo Martins, Mota-Engil e à Portucel.

As alterações torna-se efectivas a partir de 1 de Outubro.

Nestes dois índices da Euronext, praça que reúne as bolsas de Lisboa, Paris, Amesterdão e Bruxelas, passam agora a estar presentes 13 cotadas portuguesas. A inclusão do Banif merece destaque, uma vez que o banco de Horácio Roque não integra o PSI-20.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 24/9/2007 16:46

Cinveste reforça na PT Multimédia para mais de 5%
A Cinveste, do coronel Luís Silva, continua a reforçar a sua posição na PT Multimédia, antes do “spin off” agendado para Outubro. A empresa reforça o seu poder na estrutura accionista, sendo o quinto maior accionista com mais de 5% do capital.

--------------------------------------------------------------------------------

Pedro Carvalho
pc@mediafin.pt



A Cinveste, do coronel Luís Silva, continua a reforçar a sua posição na PT Multimédia, antes do "spin off" agendado para Outubro. A empresa reforça o seu poder na estrutura accionista, sendo o quinto maior accionista com mais de 5% do capital.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a Cinveste diz que adquiriu em bolsa, no dia 21 de Setembro, 574.652 de acções da PT Multimédia [Cot].

Após esta compra, a "holding" do coronel Luís Silva passa a deter um total de 15.505.120 acções, correspondentes a 5,02% do capital social e dos direitos de voto da PT Multimédia.

Com esta compra, a Cinveste reforça a sua posição de quinto maior accionista da PT Multimédia, à frente de Joaquim Oliveira (que na última comunicação controlava 3,77% da empresa) e atrás do BPI que é dono de 5,16%.

Em declarações recentes ao Jornal de Negócios, o administrador da Franquelim Alves explicou que a Cinveste admitia aumentar a sua posição, em função dos desenvolvimentos na PTM: "Depende das circunstâncias. Achamos que a PTM tem um grande potencial para se desenvolver e nós temos um histórico na área de media e telecomunicações que pode beneficiar a empresa".

O reforço da Cinveste surge a poucas semanas de se concretizar a cisão da PT Multimédia face à Portugal Telecom. Com a concretização do "spin off", a Multimédia passará a funcionar como uma empresa autónoma.


As acções da PTM fecharam hoje em queda de 0,92% para os 11,79 euros.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por acintra » 25/9/2007 8:46

Com o spin-off previsto para Outubro/Novembro e com reforço por parte de grupos interessados, não deveria ser das poucas a subir?
Um abraço e bons negócios.

Artur Cintra
 
Mensagens: 2994
Registado: 17/7/2006 16:09
Localização: Cascais

por StockGalaxy » 25/9/2007 14:32

Alguém sabe o que se passou na PTM hoje por volta das 15:37h?

vi uma ordem de 10000 acções ao melhor quando a cotação estava nos 11.11 Euros mas a ordem não executou. Acabou por desaparecer.
Depois anadaram aliuamas ordens de compra a evenda a 11.11 sem se anularem.

Ou congelaram momentâneamente a negociação (pode ser feito nas condições actuais?) ou fou um erro do streamer.

Lican
----------------------------------
nada na manga, tudo na mão.
 
Mensagens: 854
Registado: 11/2/2006 21:08
Localização: 16

por ClyssaN » 25/9/2007 14:44

Não foi uma passagem?
 
Mensagens: 311
Registado: 19/4/2007 12:54
Localização: Algarve

por StockGalaxy » 25/9/2007 14:48

ClyssaN Escreveu:Não foi uma passagem?


CltssaN,

as passagens não aparecem nos COF's ao melhor.


Lican.
----------------------------------
nada na manga, tudo na mão.
 
Mensagens: 854
Registado: 11/2/2006 21:08
Localização: 16

por StockGalaxy » 25/9/2007 14:52

acintra Escreveu:Com o spin-off previsto para Outubro/Novembro e com reforço por parte de grupos interessados, não deveria ser das poucas a subir?


acintra,

o spin-0ff não é sinónimo de subida do preço do título..
Aliás neste caso, ficando a PT como concorrente da PTM, concerteza vai tentar conquistar clientes do parque da TVCabo (PTM) e isso é negativo para a PTM.
Aliás num dia como hoje não há empresa que resista.

Lican.
----------------------------------
nada na manga, tudo na mão.
 
Mensagens: 854
Registado: 11/2/2006 21:08
Localização: 16

por Nyk » 25/9/2007 21:40

BPI recomenda «Reduce» para a acção PT Multimedia num prazo de 12 Meses
Veja mais detalhes em http://www.jornaldenegocios.pt/default. ... Ticker=ptm
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Nyk » 26/9/2007 6:05

"Cinveste cumpriu o objectivo mínimo" na PTM
Com o reforço da posição na PT Multimedia para os 5,02%, a Cinveste "cumpriu os objectivos mínimos" que definiu para este título, avançou Franquelim Alves, administrador da "holding" do coronel Luís Silva, ao Jornal de Negócios.

--------------------------------------------------------------------------------

Filipe Paiva Cardoso
filipecardoso@mediafin.pt


Com o reforço da posição na PT Multimedia para os 5,02%, a Cinveste "cumpriu os objectivos mínimos" que definiu para este título, avançou Franquelim Alves, administrador da "holding" do coronel Luís Silva, ao Jornal de Negócios.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) na segunda-feira, a Cinveste revelou ter adquirido em bolsa, no dia 21 de Setembro, 574.652 de acções da PT Multimedia, elevando para 15.505.120 acções, ou 5,02% do capital social, a posição na empresa que está em processo de "independência" da PT.

"Tínhamos como objectivo chegar a este nível de participação, agora vamos ver como é que o projecto se desenvolve para decidir como avançará o investimento", afirmou ainda Franquelim Alves. Com o reforço, a Cinveste passou a ser o quinto maior accionista da Multimedia, logo atrás do BPI, que detém 5,16% da dona da TV Cabo e considerando ainda a participação da PT.

Sobre a nomeação de Rodrigo Costa para a liderança desta operadora, em substituição de Zeinal Bava, o administrador da "holding" apontou que foi um processo "que mereceu consenso e o apoio dos accionistas" da operadora que, em termos práticos, já concorre directamente com a PT Comunicações.

Ainda sobre a participação na PT Multimedia, Franquelim Alves considera que a mesma é "estratégica do ponto de vista do potencial que vemos na empresa", ainda que admita que o investimento pode "seguir para qualquer lado [reforço ou desinvestimento]" nos próximos tempos, dependendo da evolução da empresa.

O "spin-off" da PT Multimedia deverá estar concluído em Outubro e, depois desta operação, a banca será o sector mais forte no capital Multimedia. "Estamos perfeitamente confortáveis com a estrutura accionista", diz o responsável.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

por Special_one » 26/9/2007 11:13

Alguém me sabe dizer como vai ser este spin off da PTM?
 
Mensagens: 80
Registado: 26/10/2006 14:26

por bigfoot » 26/9/2007 11:22

Como tu és special . . . . toma lá:
Anexos
Spin-off PTMultimédia.pdf
(0 Bytes) Transferido 441 Vezes
 
Mensagens: 10
Registado: 13/7/2004 16:08

por Nyk » 26/9/2007 16:58

PT Multimédia cai 12,6% em três dias
As acções da PT Multimédia caíram hoje, pela terceira sessão consecutiva. Os títulos da dona da TV Cabo têm vindo a perder valor desde que foram definidos alguns dos parâmetros da cisão do grupo PT, com alguns investidores reduzirem posições na empresa. A previsão de concorrência, no futuro, por parte da PT também está a penalizar o papel.

--------------------------------------------------------------------------------

Paulo Moutinho
paulomoutinho@mediafin.pt


As acções da PT Multimédia caíram hoje, pela terceira sessão consecutiva. Os títulos da dona da TV Cabo têm vindo a perder valor desde que foram definidos alguns dos parâmetros da cisão do grupo PT, com alguns investidores reduzirem posições na empresa. A previsão de concorrência, no futuro, por parte da PT também está a penalizar o papel.

A PT Multimédia fechou a sessão de ontem com uma queda acentuada de 6,87%, depois de ter perdido quase 1% na sessão anterior. Os títulos quebraram, ontem, a fasquia dos 11,00 euros e hoje mantiveram-se abaixo desse patamar, encerrando em queda de 5,28% para os 10,40 euros.

Em três dias, o saldo das acções é negativo em 12,6%.

Para estas descidas recentes, e acentuadas, estão a contribuir a definição de alguns dos parâmetros da separação da empresa da Portugal Telecom e também a saída de Zeinal Bava da liderança da companhia.

Na passada sexta-feira, a PT anunciou que as suas acções vão deixar de dar direito a títulos da nova empresa (que deixará de se chamar PT Multimédia) na semana de 29 de Outubro, o que tem levado muitos investidores a optarem por trocar a sua posição no capital da dona da TV Cabo por títulos da PT.

"Alguns investidores poderão estar a considerar que vão ficar com mais acções do que pretendem após o ‘spin-off’ da PT e por isso estão a reduzir exposição. Como não há muita liquidez, o impacto desta pressão vendedora é forte", afirmou um operador citado pela agência Reuters.

Forte concorrência da PT após o "spin off"

A penalizar os títulos da PT Multimédia está igualmente a perspectiva de forte concorrência, por parte da PT, perante a nova empresa, ainda para mais que a operadora é uma forte candidata à vitória na "corrida" à televisão digital terrestre (TDT).

"Os elevados investimentos necessários na TDT tornam a PT o candidato favorito neste concurso, que actualmente está em consulta pública e deverá ocorrer em 2008", referia o analista do BPI, Ricardo Pimentel Seara, numa nota emitida ontem.

O banco afirmou considerar a estratégia da PT, na conquista da TDT em Portugal, uma "boa estratégia defensiva da Portugal Telecom, pois permite segurar clientes de Internet de banda larga e defender a sua aposta no segmento de ‘triple play’".

Especulação segura PTM

A impedir uma maior descida das acções da PT Multimédia está o facto do mercado acreditar que depois da separação, a empresa fique vulnerável a movimentos de consolidação.

Grande parte dos ganhos da PTM, este ano, devem-se na sua maioria a esta perspectiva.

Em 2007, as acções estão a acumular uma valorização de 9,73%.

Os títulos da dona da TV Cabo encerraram a cotar nos 10,40 euros. No entanto, a média dos últimos seis meses (um dos parâmetros utilizados para determinar o valor mínimo da contrapartida no caso de uma OPA) situa-se bem acima, nos 11,83 euros.
"A incerteza dos acontecimentos,é sempre mais difícil de suportar do que o próprio acontecimento" Jean-Baptista Massilion.
"Só sabemos com exactidão quando sabemos pouco; à medida que vamos adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida"Johann Goethe
 
Mensagens: 12032
Registado: 2/9/2005 12:45
Localização: Algures, Perdido Neste Mundo.

AnteriorPróximo

Quem está ligado:
Utilizadores a ver este Fórum: António Vieira, fosgass2020, Google Adsense [Bot], leomiguel77, PAULOJOAO, zulu404 e 57 visitantes