Outros sites Cofina
Caldeirão da Bolsa

Impresa - Tópico Geral

Espaço dedicado a todo o tipo de troca de impressões sobre os mercados financeiros de uma forma genérica e a todo o tipo de informação útil que possa condicionar o desempenho dos mesmos

Moderadores: Pata-Hari, Ulisses Pereira, MarcoAntonio

Re: Impresa - Tópico Geral

por J_Investidor » 16/7/2020 15:42

Alvaro, não sei como tiras uma conclusão dessas.
A ação não tem tido interesse comprador.
E digo-o porque tenho uma posição perdedora.

Os touros estão claramente a pastar noutros locais.

Cumprimentos
 
Mensagens: 117
Registado: 15/12/2018 19:39

Re: Impresa - Tópico Geral

por Àlvaro » 16/7/2020 22:01

Investidor, sei que os ursos ainda controlam, mas parecem cansados. Digo isto porque já há três dias coloco umas ordem de compra só para ver se vendem e nada. Aqui há um tempo estavam ativos, tinham a mão no gatilho, agora têm a mão trémula, deve ser por finalmete terem percebido que a Netflix afinal é que não tem futuro. E ainda falta Trump levar umas taxadelas nas suas tecnológicas para ver se fica mais manso. Diria que mais 3 dias e os ursos na Impresa deitam a toalha ao chão. Não ligues que isto sou eu a sonhar :pray:
 
Mensagens: 4140
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Impresa - Tópico Geral

por Àlvaro » 16/7/2020 22:39

Eh! eh! Page, é na página ao lado. Ainda não estou, mas espero estar mais. Para o efeito aguardo duas efemérides (digamos assim): uma a decisão da Europa em relação às taxas sobre as tecnológicas, outra os resultados da Impresa. Se os resultados forem bons, aí sim, aí vai um ferro que não ser´á como o da Netflix, será um verdinho, verdinho e comprido. Page, se estás interessado na Impresa o momento não será certamente agora que as indecisões são grandes, nem sequer sabemos se haverá acordo na Europa. Diria que mais uns três diazitos e a coisa poderá ficar mais clara. Mas como a ideia que tenho é que na Impresa a certa altura entrou gente que não goza com quem trabalha decidi entrar, só por isso. Coisa pouco, não te assutes que não vale a pena. :-k
 
Mensagens: 4140
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Impresa - Tópico Geral

por Pageup » 16/7/2020 23:00

O ano passado foi quem me deu mais dinheiro a ganhar, este ano ainda nem fiz um negócio com ela, ela não mexe e contra isso nada a fazer. Agora resultados tem tudo para não serem bons.... Vai ficar o resto do ano em banho Maria, alias estou vendedor de tudo e de saída que vem aí tempestade, só deve haver uma subida expressiva quando se confirmar a vacina contra a covid-19.
 
Mensagens: 52
Registado: 1/4/2019 10:52

Re: Impresa - Tópico Geral

por optimiza » 17/7/2020 0:55

Àlvaro Escreveu:Eh! eh! Page, é na página ao lado. Ainda não estou, mas espero estar mais. Para o efeito aguardo duas efemérides (digamos assim): uma a decisão da Europa em relação às taxas sobre as tecnológicas, outra os resultados da Impresa. Se os resultados forem bons, aí sim, aí vai um ferro que não ser´á como o da Netflix, será um verdinho, verdinho e comprido. Page, se estás interessado na Impresa o momento não será certamente agora que as indecisões são grandes, nem sequer sabemos se haverá acordo na Europa. Diria que mais uns três diazitos e a coisa poderá ficar mais clara. Mas como a ideia que tenho é que na Impresa a certa altura entrou gente que não goza com quem trabalha decidi entrar, só por isso. Coisa pouco, não te assutes que não vale a pena. :-k


Álvaro, esta ação está quase a tocar em mínimos históricos e os resultados semestrais vão ser maus* (e caso insólito, sempre que reduziu o passivo em 10M, reduziu a capitalização bolsista em 10M). Nos últimos 3,5 meses, quando as homólogas americanas; Francesas e Inglesas já recuperaram as perdas Covid e Netflix acerca-se de máximos (PSI20 recupera 40% das quedas e s&P500 acerca-se de máximos). Vale uma capitalização bolsista ridícula de 23 milhões face ao seu máximo a 20 anos acima dos Mil milhões de euros (Impresa pior ainda que....o BCP em % total de desvalorização). A açáo só "existe" acima dos 0,26€ (volume/visbilidade e interesse posicional).

Há dois anos e tb graças a ti e ao Lisboa Casino, entrei na ação para ver a ação mais do que triplicar. Também pelas tuas actualizações, pela liderança reforçada em todos os horários e por 2 prolongadas mas passadas relações de parceria com o grupo Impresa continuo a seguir diariamente esta ação e penso iniciar compras de lotes liliputianos ao longo de 4 meses. Pessimista no CP, muito optimista no MP.

Neste momento, o volume de transações Impresa a 3M em mínimos históricos, a ação a 2 centimos do mínimo histórico e após uma quebra de 25% na publicidade de Março a Junho, aguarda por resultados semestrais no dia 29 de Julho.

Pressupostos base: Publicidade valeu 7/11 da receita Impresa 2019 (112M para 180M) / crescimento publicidade + crescimento chamadas valor acrescentado equivaleram em 2019 a todo o resultado líquido de 7,5M.

Pressuposições base para 1º semestre 2020: Subida da receita publicitária em 5% em Janeiro e Fevereiro / (excluindo os 3,5M de receita publicitária extraordinária do Estado), queda de 20% da receita publicitária de Março e Junho e queda de 35% da publicidade em Abril+Maio/ subida da receita de chamadas de valor acrescentado (IVR) de 10% de Janeiro a Junho / aumento das receitas de subscrições (sobretudo graças a Meo) e das receitas de vendas de séries e novelas de 10% de Janeiro a junho.

*Cenários para resultados semestrais:
Esperado » prejuízo semestral de 3,8M € /queda de faturação bruta de 9% , dívida líquida aumenta em 3M (queda abrupta da publicidade apenas parcialmente compensada por outras receitas)
Péssimo » prejuízo semestral de 7M € / queda de faturação bruta de 14%, dívida líquida aumenta em 6,5M (não contabilizados ainda os 3,5M de receita publicitária extraordinária do Estado)
Desejado » prejuízo semestral de 1,2M € / queda de faturação bruta de 5%, dívida líquida não aumenta (queda abrupta da publicidade absorvida em grande medida por outras receitas (chamadas IVR, subscrições e vendas de séries e novelas), pelo crescimento de receitas dos dois primeiros meses e por cost cutting na companhia).

Variáveis indetermináveis para 2º semestre 2020 e 1º semestre 2021:
1 - % de recuperação do Investimento publicitário para recuperação de quotas de mercado clientelares no retalho alimentar, distribuição e serviços (quando os sectores vendem menos, tem de se aumentar quota de mercado para manter ou crescer).
2 - Reflexo em receitas para os media players da taxação da UE sobre as Internet majours
3 - Estado anímico do fundador
4 - Fusão ou absorção por grupo digital/telecom/ produtor internacional de conteúdos , streaming ou por empresa transnacional de outro sector com fortes investimentos publicitários e com custos fortes no departamento de marketing e audiovisual.
5 - Reforço da Internacionalização » Reforço dos valores médios das vendas de programas, séries e novelas nos 80 países já clientes (no top ten das empresas nacionais a exportar para mais países (mas a valores considerados internacionalmente muito baixos))
6 - Iniciação da compra de ações próprias até 5% do capital - até 18% do free float (free float equivale a 27% do total de ações)
7 - Formalização e dotação no próximo OE à produção de conteúdos informativos e audiovisuais de origem nacional, como a majoração do investimento em produção portuguesa para televisão e digital.
IPR em cima do mínimo histórico LP sem qualquer interesse ou volume CP  SF 0,115 RF 0,159  PTI no fecho do GAP nos 0,18.gif
IPR em cima do mínimo histórico LP sem qualquer interesse ou volume CP SF 0,115 RF 0,159 PTI no fecho do GAP nos 0,18.gif (28.05 KiB) Visualizado 3092 vezes
IMPRESA dos 6.10€ aos 0.13€  dos 1,1 mil milhões a 22 milhões de euros de capitalização bolsista.gif
IMPRESA dos 6.10€ aos 0.13€ dos 1,1 mil milhões a 22 milhões de euros de capitalização bolsista.gif (29.85 KiB) Visualizado 3092 vezes
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1336
Registado: 1/11/2012 23:18
Localização: Ítaca

Re: Impresa - Tópico Geral

por Àlvaro » 17/7/2020 12:02

Otimiza, concordo com tudo o que escreveste, num habitual e qualificado discurso. Acrescentaria que estamos num ponto tão, mas tão decisivo que olhar para os gráficos pouco adiantará. Se houver acordo a Impresa parte em alta a diagonal descendente, feita aliás com um volume pífio. Se não houver acordo isso beneficiará as tecnológicas americanas que muito têm beneficiado da governação Trump que, por isso mesmo, tudo tem feito para destruir a Europa com a ajuda dos do costume que por cá estão sempre dispostos a lamber o poder económico dominante. :P
 
Mensagens: 4140
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Impresa - Tópico Geral

por pattern » 17/7/2020 19:08

Isto sim é uma bomba! Creio que agora vamos ver o valor do fundo desta cotada.

https://www.jornaldenegocios.pt/empresa ... GDETOUTRAS
 
Mensagens: 222
Registado: 1/3/2018 16:46

Re: Impresa - Tópico Geral

por novato » 17/7/2020 19:42

pattern Escreveu:Isto sim é uma bomba! Creio que agora vamos ver o valor do fundo desta cotada.

https://www.jornaldenegocios.pt/empresa ... GDETOUTRAS



Se pensarmos no que vão poupar!!!
 
Mensagens: 242
Registado: 30/3/2003 22:07

Re: Impresa - Tópico Geral

por DonkInvest » 17/7/2020 20:55

Contas complicadas, perder o ativo mediático mais relevante em Portugal, poupando uns milhões de euros e recebendo 2 milhões de € de indemnização...
Por outro lado, fortalece-se o principal concorrente... Será que está contratação já foi visão de mercado de Mario Ferreira?
A TVI tb faz uma espécie de all in!
 
Mensagens: 30
Registado: 19/9/2018 14:45

Re: Impresa - Tópico Geral

por NirSup » 17/7/2020 21:48

Independentemente do valor do ativo, que eu pessoalmente detesto (mudo logo de canal quando esta esganiçada aparece), o Mário Ferreira sabe bem que com papas e bolos se enganam os tolos.
Acenam-lhe com milhões que valem tostões. E ela deixou-se seduzir.
Mas é campeã de audiências e esse mérito ninguém lho tira.
Na Bolsa, não é a fé que nos salva mas o bom senso. A fé apenas nos conforta
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1366
Registado: 29/4/2014 15:34

Re: Impresa - Tópico Geral

por Celsius-reloaded » 17/7/2020 22:16

Os 4 milhões que vai receber mais o milhão por ano que vai poupar parecem-me excelentes no contexto em que nos encontramos.
31 de Julho: dia de São Stop.
 
Mensagens: 2018
Registado: 29/11/2007 2:35
Localização: Coimbra

Re: Impresa - Tópico Geral

por Àlvaro » 17/7/2020 22:30

A bolsa é mesmo isto: os que disseram cobras e lagartos do negócio da Cristina, agora dizem que era bom. Foi inesperado, mas o facto da cotação de Impresa ter resvalado como resvalou com a colossal diferença de audiências para mim é indicativo que isto se sabia em alguns meios. Nem sequer houve reação à contratação de Bruno Nogueira! Hum... não há almços grátis. Mas ainda a procissão vai no adro. Neste momento há tanta coisa em cima da mesa (e talvez também debaixo). Uma das coisas é a ERC que ameaça apanhar a licença à TVI. Ah, pois é...
Vamos ver como o mercado reage, será agora o tempo de comprar mais umas quantas? Quem sabe...
 
Mensagens: 4140
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Impresa - Tópico Geral

por optimiza » 18/7/2020 0:16

O abrupto e agressivo golpe de curto prazo sofrido pela SIC (fortemente anti-ético e anti-comercial) da saída de Cristina Ferreira aporta 7 consideráveis vantagens de médio e longo prazo que em muito ultrapassam os problemas imediatos.

1ª Vantagem SIC/Impresa (médio prazo) Como anualmente Cristina F recebia pouco mais de 1 milhão de euros diretos da SIC, o contrato só terminava em setembro de 2022 (a rescisão unilateral origina automaticamente uma indemnização de 2,5m a pagar à SIC. Mas pelo facto de publicidade+sponsors exclusivos do programa da Cristina pagarem à SIC 3M anuais, esta rutura de contrato devia originar indemnização de 6M+2,5M » 8,5M, para não mencionar a plausível indemnização por má fé/perdas e danos a exigir à MediaCapital (ou seja, os 10M da caução pagos pela Cofina à MC vão diretamente para a SIC)

2ª Vantagem SIC/Impresa (médio prazo);
A) Liderança SIC1 é de 1/3 face a TVI1 (21,2% vs 14,4% de market share) e no cômputo diário, Programa da Cristina só vale 1,4% dessa diferença. Na diferença de Mshare entre Grupos aí a diferença é abissal: de 26% da SIC para 17,8% do Grupo TVI.

B) Depois de há dois anos Cristina F ter sido instrumental na liderança SIC1canal e SIC7canais, retomada após 13 anos de 2º lugar no ranking por canal e por grupo de canais, a realidade é que o Programa de Cristina tem normalmente um spread de apenas 8% face ao programa do Goucha/TVI, logo muito próxima da distãncia normal entre canais (Audiências matinais são menos de metade das audiências de prime time).

C) Quando João Baião substituiu nas férias Cristina F as audiências subiram com o primeiro. Nesses dias aumentou em 15% as cruciais chamadas de valor acrescentado SIC (IVR: 12 milhões projetados este ano). Agora imaginem um João Baião adicionando a 3ª vantagem.....

3ª Vantagem SIC: Venham caras "novas", jovens, bonitas e simpáticas:
Pelo facto de Cristina Ferreira fazer 43 anos em Setembro e estar desgastada ao fim de 15 anos no ar (esteticamente au pair com a idade mas "alguns" furos abaixo vis a vis a beleza de uma Diana Chaves, de uma Cláudia Vieira ou de uma Andreia Rodrigues) e o facto de Goucha estar com 65 anos, a SIC1 vai certamente juntar um João Baião a um perfil tipo Andreia Rodrigues para o programa das manhãs e manter a liderança nesse horário, embora de forma apertada (até pelo facto de as vozes de ambos serem claramente mais suaves e audíveis)

4ª vantagem SIC (a vantagem dúbia): Deixa de pagar um salário+ prémio anual de 1,2 milhões passando a 2 salários que não ultrapassarão os 800.000€. Também a nível do produtor, realizador e equipa técnica poupará acima de 700.000 por ano.

5ª vantagem SIC canal1 - A) reforço nos 16 líderes de audiência do prime time e da hora de almoço dos dias de semana e fins de semana
Deixando de ser a imagem CF a omnipresente do canal 1 da SIC, dá liberdade de reforço nos mais lucrativos líderes dos Telejornais (de todos), do programa da Júlia (% mais líder do que o de Cristina), Alta definição, dos 3programas de Humor da SIC (todos em prime time e com diferenças avassaladoras para a concorrência), das 4 novelas Líderes, duas delas Portuguesas e líderes na exportação para 80 países, no casados à primeira vista, no Noivo é que sabe, no Domingão e no João Baião.
nota - 80% do cacau publicitário é investido no prime time e a rodear a hora de almoço.

B) reforço Impresa do gap tecnológico, das câmaras, dos estúdios, do magnífico edifício sede, do sistema digital revolucionário vis a vis um velho edifício abarracado e labirintico da TVI em Queluz de Baixo, com estúdios pequenos, mal insonorizados, redações atarracadas em que se ouve tudo (2 pisos numa zona com 4,5 metros de altura), e sempre com tectos baixos e corredores apertados, salas de maquilhagem, dificuldade nos acessos interiores e exteriores para mais do que 2 pessoas.
A diferença atual de instalações, de localização, de áreas funcionais, de equipamentos e de estúdios deverá valer 120 milhões de euros.

Vantagem SIC (a maior) O segredo do sucesso e liderança a longo prazo da SIC1 e dos 7 canais SIC resulta em 60% do Diretor de entertenimento e programação, o motivador e brilhante Daniel Oliveira , em 35% do terra a terra Francisco Pedro Balsemão e em 5% de Cristina F (porque só influenciava o seu programa).

ERRO CRASSO da MediaCapital em levar a madura responsável pelo sucesso de 3 horas da manhã SIC1 e esquecer-se do responsável por 24 horas de programação Líder do canal SIC1 e do SIC3 e 4 (e ganha pouco pelo que impõe-se um aumento salarial para evitar que daqui a 3 anos quando Cristina F sair em litígio da Mediacapital, venham sacar o "dono de todo o entertenimento").

7ª Vantagem SIC (a segunda maior vantagem)
Gastar ainda mais milhões para ter uma Prima Donna plenipotenciária e acionista, serve para secar os cofres da Mediacapital e para secundarizar/menorizar/desmotivar todos os restantes apresentadores e diretores. O Grande público vai decidir se esta mudança foi por "amor à TVI" ou uma "mercenária por amor aos milhões".
Cristina F como Diretora de entertenimento e programação (em contraponto a Daniel Oliveira) é receita provável para a TVI manter o segundo lugar distante, para projetos atabalhoados, para mais intrigas palacianas, fomentar os atuais salários baixos dos jornalistas e staff, para incremento de novas invejas e de ciumes obsessivos (e hoje em dia a MediaCapital já tem um ambiente inóspito), e para escolhas humanas e de tópicos mal sucedidas.

Resumindo e concluindo, estas 7 vantagens SIC são tão robustas que multiplicam no CP, MP e LP, "por 100x," as perdas de curtissimo prazo desta saída abrupta. Reforça a confiança que já tinha no projeto do Grupo Impresa no digital e nos 7 canais SIC.

p.s. Caso a Cofina fracasse no controlo da mediacapital, surgirá no LP, inevitavelmente, uma pequena 8ª vantagem, a "aliança pró-activa" de Paulo Fernandes/Cofina ao Grupo Impresa por contraponto à Prisa/Mediacapital (10 milhões de caução, pressão e litigância pesada) e a Mário Ferreira (antagonismo e deslealdades).

https://expresso.pt/sociedade/2020-07-1 ... para-a-TVI
daniel oliveira-o fulcro do sucesso presente e futuro de qualquer grupo de media e entertenimento.jpg
Avatar do Utilizador
 
Mensagens: 1336
Registado: 1/11/2012 23:18
Localização: Ítaca

Re: Impresa - Tópico Geral

por pattern » 18/7/2020 9:14

Celsius-reloaded Escreveu:Os 4 milhões que vai receber mais o milhão por ano que vai poupar parecem-me excelentes no contexto em que nos encontramos.


Vai receber? Isso veremos meu caro. A Sic nunca ganhou um processo laboral até ao momento, até o jorge schnitzer levou 500 mil de indemnização.
 
Mensagens: 222
Registado: 1/3/2018 16:46

Re: Impresa - Tópico Geral

por DonkInvest » 18/7/2020 10:27

Boas,

Bom post relativamente às 7 vantagens para a impresa, no entanto e por exemplo quando falas de caras novas vê por exemplo o que aconteceu á cara nova que substituiu a Cristina Ferreira na TVI ( já está na prateleira)...
Por outro lado, o negócio da comunicação social num país com população decrescente, prestes a enfrentar a grande crise (que afetará e muito a publicidade), e com crescente importância das redes sociais e canais de TV não generalistas levar-me a pensar que este negócio pode ser ruinoso para a TVI, mas a impresa também não se ficará a rir...
 
Mensagens: 30
Registado: 19/9/2018 14:45

Re: Impresa - Tópico Geral

por Àlvaro » 18/7/2020 11:00

Otimiza, o que dizes faz sentido, a indemnização poderá ser brutal! Repara que a rapariga sai, desvaloriza a Tvi e volta como accionista! Quem diria? Ela que vem da Malveira afinal tem a escola inteira! :lol: A intenção é claramente a de prejudicar a sic, mas para quem acredita poderá até ter criado um bom momento para entrar. Sempre estranhei a cotação da impresa não refletir o desempenho da empresa, nem a contratação de B. Nogueira fez mexer a cotação! Também achei curioso a Cofina ter ontem subido 6% com 95000 ações, quem terá sido o comprador? Terá isso a ver com isto? Não faz nenhum sentido!
https://expresso.pt/economia/2020-07-17 ... er-a-TVI-1

Aproximação Cofina - Impresa? Pouco provável, para mim o mais provável é aproximação de uma operadora à Sic. Repara que brevemente poderemos escolher especificamente os canais.

Agora que ela terá de pagar, isso é trigo limpo farinha amparo. O Mário Ferreira tem muitos milhões, isso para ele é uma coisa com piada. Veremos como fica a investigação a quem manda na Tvi. Aguardo por Ana Gomes, gostaria de a ouvir comentar toda esta novela, embora isso não deve ocorrer agora, devido ao perído de luto em que agora está. E Mário Ferreira? Como será o futuro do seu negócio dos cruzeiros e o seu próprio futuro? Para já importa ver como fica a Europa, isso sim, notícia verdadeiramente importante.
 
Mensagens: 4140
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Impresa - Tópico Geral

por Artista Romeno » 19/7/2020 11:49

optimiza Escreveu:O abrupto e agressivo golpe de curto prazo sofrido pela SIC (fortemente anti-ético e anti-comercial) da saída de Cristina Ferreira aporta 7 consideráveis vantagens de médio e longo prazo que em muito ultrapassam os problemas imediatos.

1ª Vantagem SIC/Impresa (médio prazo) Como anualmente Cristina F recebia pouco mais de 1 milhão de euros diretos da SIC, o contrato só terminava em setembro de 2022 (a rescisão unilateral origina automaticamente uma indemnização de 2,5m a pagar à SIC. Mas pelo facto de publicidade+sponsors exclusivos do programa da Cristina pagarem à SIC 3M anuais, esta rutura de contrato devia originar indemnização de 6M+2,5M » 8,5M, para não mencionar a plausível indemnização por má fé/perdas e danos a exigir à MediaCapital (ou seja, os 10M da caução pagos pela Cofina à MC vão diretamente para a SIC)

2ª Vantagem SIC/Impresa (médio prazo);
A) Liderança SIC1 é de 1/3 face a TVI1 (21,2% vs 14,4% de market share) e no cômputo diário, Programa da Cristina só vale 1,4% dessa diferença. Na diferença de Mshare entre Grupos aí a diferença é abissal: de 26% da SIC para 17,8% do Grupo TVI.

B) Depois de há dois anos Cristina F ter sido instrumental na liderança SIC1canal e SIC7canais, retomada após 13 anos de 2º lugar no ranking por canal e por grupo de canais, a realidade é que o Programa de Cristina tem normalmente um spread de apenas 8% face ao programa do Goucha/TVI, logo muito próxima da distãncia normal entre canais (Audiências matinais são menos de metade das audiências de prime time).

C) Quando João Baião substituiu nas férias Cristina F as audiências subiram com o primeiro. Nesses dias aumentou em 15% as cruciais chamadas de valor acrescentado SIC (IVR: 12 milhões projetados este ano). Agora imaginem um João Baião adicionando a 3ª vantagem.....

3ª Vantagem SIC: Venham caras "novas", jovens, bonitas e simpáticas:
Pelo facto de Cristina Ferreira fazer 43 anos em Setembro e estar desgastada ao fim de 15 anos no ar (esteticamente au pair com a idade mas "alguns" furos abaixo vis a vis a beleza de uma Diana Chaves, de uma Cláudia Vieira ou de uma Andreia Rodrigues) e o facto de Goucha estar com 65 anos, a SIC1 vai certamente juntar um João Baião a um perfil tipo Andreia Rodrigues para o programa das manhãs e manter a liderança nesse horário, embora de forma apertada (até pelo facto de as vozes de ambos serem claramente mais suaves e audíveis)

4ª vantagem SIC (a vantagem dúbia): Deixa de pagar um salário+ prémio anual de 1,2 milhões passando a 2 salários que não ultrapassarão os 800.000€. Também a nível do produtor, realizador e equipa técnica poupará acima de 700.000 por ano.

5ª vantagem SIC canal1 - A) reforço nos 16 líderes de audiência do prime time e da hora de almoço dos dias de semana e fins de semana
Deixando de ser a imagem CF a omnipresente do canal 1 da SIC, dá liberdade de reforço nos mais lucrativos líderes dos Telejornais (de todos), do programa da Júlia (% mais líder do que o de Cristina), Alta definição, dos 3programas de Humor da SIC (todos em prime time e com diferenças avassaladoras para a concorrência), das 4 novelas Líderes, duas delas Portuguesas e líderes na exportação para 80 países, no casados à primeira vista, no Noivo é que sabe, no Domingão e no João Baião.
nota - 80% do cacau publicitário é investido no prime time e a rodear a hora de almoço.

B) reforço Impresa do gap tecnológico, das câmaras, dos estúdios, do magnífico edifício sede, do sistema digital revolucionário vis a vis um velho edifício abarracado e labirintico da TVI em Queluz de Baixo, com estúdios pequenos, mal insonorizados, redações atarracadas em que se ouve tudo (2 pisos numa zona com 4,5 metros de altura), e sempre com tectos baixos e corredores apertados, salas de maquilhagem, dificuldade nos acessos interiores e exteriores para mais do que 2 pessoas.
A diferença atual de instalações, de localização, de áreas funcionais, de equipamentos e de estúdios deverá valer 120 milhões de euros.

Vantagem SIC (a maior) O segredo do sucesso e liderança a longo prazo da SIC1 e dos 7 canais SIC resulta em 60% do Diretor de entertenimento e programação, o motivador e brilhante Daniel Oliveira , em 35% do terra a terra Francisco Pedro Balsemão e em 5% de Cristina F (porque só influenciava o seu programa).

ERRO CRASSO da MediaCapital em levar a madura responsável pelo sucesso de 3 horas da manhã SIC1 e esquecer-se do responsável por 24 horas de programação Líder do canal SIC1 e do SIC3 e 4 (e ganha pouco pelo que impõe-se um aumento salarial para evitar que daqui a 3 anos quando Cristina F sair em litígio da Mediacapital, venham sacar o "dono de todo o entertenimento").

7ª Vantagem SIC (a segunda maior vantagem)
Gastar ainda mais milhões para ter uma Prima Donna plenipotenciária e acionista, serve para secar os cofres da Mediacapital e para secundarizar/menorizar/desmotivar todos os restantes apresentadores e diretores. O Grande público vai decidir se esta mudança foi por "amor à TVI" ou uma "mercenária por amor aos milhões".
Cristina F como Diretora de entertenimento e programação (em contraponto a Daniel Oliveira) é receita provável para a TVI manter o segundo lugar distante, para projetos atabalhoados, para mais intrigas palacianas, fomentar os atuais salários baixos dos jornalistas e staff, para incremento de novas invejas e de ciumes obsessivos (e hoje em dia a MediaCapital já tem um ambiente inóspito), e para escolhas humanas e de tópicos mal sucedidas.

Resumindo e concluindo, estas 7 vantagens SIC são tão robustas que multiplicam no CP, MP e LP, "por 100x," as perdas de curtissimo prazo desta saída abrupta. Reforça a confiança que já tinha no projeto do Grupo Impresa no digital e nos 7 canais SIC.

p.s. Caso a Cofina fracasse no controlo da mediacapital, surgirá no LP, inevitavelmente, uma pequena 8ª vantagem, a "aliança pró-activa" de Paulo Fernandes/Cofina ao Grupo Impresa por contraponto à Prisa/Mediacapital (10 milhões de caução, pressão e litigância pesada) e a Mário Ferreira (antagonismo e deslealdades).

https://expresso.pt/sociedade/2020-07-1 ... para-a-TVI
daniel oliveira-o fulcro do sucesso presente e futuro de qualquer grupo de media e entertenimento.jpg

Estou curioso num ponto já te ouvi falar em camaras velhas, descreves os estudios com grande detalhe! Já trabalhas te ou trabalhas neste meio?
As opiniões expressas baseiam-se essencialmente em análise fundamental, e na relação entre o valor de mercado dos ativos e as suas perspectivas futuras de negocio, como tal traduzem uma interpretação pessoal da realidade,devendo como tal apenas serem consideradas como uma perspetiva meramente informativa sobre os ativos em questão, não se constituindo como sugestões firmes de investimento
 
Mensagens: 5021
Registado: 4/4/2014 18:06
Localização: Iberia

Re: Impresa - Tópico Geral

por lfa » 19/7/2020 13:15

Caríssimos,

Intencionalmente tenho andado afastado deste fórum mas o meu silêncio não quer dizer que tenha deixado de seguir as opiniões respeitáveis de todos.

Andei por New York e acho que chegou o momento de voltar a Portugal.

Palavras serenas de um líder a seguir:

https://www.atelevisao.com/sic/daniel-o ... ra-da-sic/

Tanto ruído porque uma senhora trocou de estação que era mais que expectável pois a mesma vendeu a alma a Deus e ao Diabo,

Chamo a atenção que o João Baião nos dias que substitui a Sra. Cristina Ferreira pela ida de férias da mesma conseguiu shares ao nível da mesma
.
Quero dar os meus Parabéns pelo trabalho efectuado pelo Optimiza nos dois últimos tópicos.Uma simples palavra brilhante..

Parabéns também ao Àlvaro por manter a sua inquietude e clareza na análise diária.

Um segredo que todos esperavam:

https://www.vidas.pt/a-ferver/detalhe/s ... PushChrome

Resumindo vamos deixar passar uns dias e veremos quem ganhou com a saída da Cristina Ferreira.

Vejam a 1ª pagina do Correio da Manhã e vejam que jornalismo existe em Portugal

https://www.vidas.pt/a-ferver/detalhe/s ... PushChrome

Abraço para todos
 
Mensagens: 428
Registado: 29/11/2007 9:41
Localização: Lisboa

Re: Impresa - Tópico Geral

por Àlvaro » 19/7/2020 13:54

Ifa, que no regresso tudo decorra pelo melhor. Vamos por partes: parece agora óbvio que o golpe de Cristina começou h´ á muito, muito tempo... também se percebe agora o facto das cotações não acompanharem o desempenho da estação, pois sabendo que iria acontecer a saída da "estrela" da Malveira, isso daria sempre para entrar mais barato. Ela que se deixe daqueles paleio da casinha a cair e que pague o que deve e cada um à sua vida. Baião e Diana Chaves é uma belíssima dupla e dispensam berraria.
Faz bem Daniel Oliveira em responder no seu estilo calmo e tranquilizando os investidores. Sempre defendi que Balsemão, caso perceba que o grupo est´aem risco venderá facilmente o negócio. A Cofina até se lambia...
Em relação à 1.ª pag do CM compreendo o desespero. A ser verdade que M´ário Ferreira deixa entrar o Galinha a Cofina fica em palpos de aranha, pois os diários da Global Media dáo pazada nos diários da Cofina.
Andamos nestes enredos porque a Justiça em Portugal não funciona. Não funciona com o Banif, não funciona com as suspeitas sobre Mário Ferreira... veremos se funciona para perceber quem manda na Tvi. Parece que a Cofina desconfia que é Mário Ferreira a mandar.
Por último: como sabes, aguarvava uma ida ao suporte para reforçar a posição, veremos se será amanhã.
A paciência paga. E às vezes paga bem. :x
 
Mensagens: 4140
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Impresa - Tópico Geral

por MNPTLIS » 19/7/2020 21:22

Eu não vejo televisão, mas quando um canal de tv vive de um programa fútil e sem utilidade alguma feito por uma galinha choca que cada vez mais demonstra não ter carácter nem palavra é porque não vale mesmo nada.
 
Mensagens: 278
Registado: 7/11/2014 12:30

Re: Impresa - Tópico Geral

por Andre vez » 19/7/2020 22:04

Acho perfeitamente normal as cotações da Impresa não estarem indexadas as audiências de um programa ou de um ou outro apresentador, seria muito mau, digo eu.
Também não sou grande admirador da CF, e do tipo de programas que ela esta envolvida.
O que eu não acho normal é a Impresa, considerar a CF uma grande contratação e que galvanizou as audiências, e não a conseguir manter na sua grelha, nem sequer que cumpri-se o contrato.
Por outro lado pensava que a CF podia estar feliz e sentir-se importante pois estava a ser peça importante no retorno da SIC a líder de audiências.
É só um desabafo, opinião.
Abraço
André
 
Mensagens: 266
Registado: 25/5/2009 14:38
Localização: 16

Re: Impresa - Tópico Geral

por Artista Romeno » 19/7/2020 22:07

Andre vez Escreveu:Acho perfeitamente normal as cotações da Impresa não estarem indexadas as audiências de um programa ou de um ou outro apresentador, seria muito mau, digo eu.
Também não sou grande admirador da CF, e do tipo de programas que ela esta envolvida.
O que eu não acho normal é a Impresa, considerar a CF uma grande contratação e que galvanizou as audiências, e não a conseguir manter na sua grelha, nem sequer que cumpri-se o contrato.
Por outro lado pensava que a CF podia estar feliz e sentir-se importante pois estava a ser peça importante no retorno da SIC a líder de audiências.
É só um desabafo, opinião.

O que faz a felicidade é o $! ofereceu lhe o tipo ligado ao muito limpo manuel vicente $$$ qual e a duvida?
As opiniões expressas baseiam-se essencialmente em análise fundamental, e na relação entre o valor de mercado dos ativos e as suas perspectivas futuras de negocio, como tal traduzem uma interpretação pessoal da realidade,devendo como tal apenas serem consideradas como uma perspetiva meramente informativa sobre os ativos em questão, não se constituindo como sugestões firmes de investimento
 
Mensagens: 5021
Registado: 4/4/2014 18:06
Localização: Iberia

Re: Impresa - Tópico Geral

por Àlvaro » 20/7/2020 21:35

Então afinal nem com a fuga (mais que premeditada) da Cristina me entregaram só uma que fosse? O setor pode ficar quente com o Galinha a querer 40% da Global Media, ele que já tam 35% do jornal Economico. Muito me ria se a Cofina quisesse casar com a Impresa. Sempre me pareceu um cenário improvável, mas agora até me parece possível. É que a aproximação do Galinha ao homem dos cruzeiros deixaria a Cofina sem espaço para entrar na Tvi. Ainda a procissão vai no adro e há muita água para correr por baixo (e talvez até por cima) da ponte. Até a Cristina que está convencida que deu um golpe de sorte poderá ainda ter um forte dissabor. Veremos o que diz o regulados. Até rima. E se lhes apanharem a licença por mais que grite não haverá nada que a salve.
 
Mensagens: 4140
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Impresa - Tópico Geral

por Àlvaro » 20/7/2020 22:24

Cristina foi para a TVI e as ações caíram 9%! Porquê? Porque há tubarão na costa e o regulador poderá suspenser a licença. Tem vezes que, quem tudo quer, tudo perde.

Acrescentou ainda que, "em análise, está a eventual alteração não autorizada de domínio, que envolve responsabilidade contraordenacional e pode dar origem à suspensão de licença ou responsabilidade criminal, tendo em conta o artigo 72.º da Lei da Televisão e dos Serviços Audiovisuais a Pedido".

https://www.dn.pt/dinheiro/tvi-contrato ... Ve51AOAXaI
 
Mensagens: 4140
Registado: 31/5/2014 23:07

Re: Impresa - Tópico Geral

por Ulisses Pereira » 20/7/2020 23:30

"Acreditar é possuir antes de ter..."

Ulisses Pereira

Clickar para ver o disclaimer completo
Avatar do Utilizador
Administrador Fórum
 
Mensagens: 30381
Registado: 29/10/2002 4:04
Localização: Aveiro

AnteriorPróximo